BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

domingo, 28 de agosto de 2016

AS LEITURAS PARA ESTE DIA VINTE E OITO DE AGOSTO

Primeira Leitura (Eclo 3,19-21.30-31)
Leitura do Livro do Eclesiástico:

19Filho, realiza teus trabalhos com mansidão e serás amado mais do que um homem generoso. 20Na medida em que fores grande, deverás praticar a humildade, e assim encontrarás graça diante do Senhor. Muitos são altaneiros e ilustres, mas é aos humildes que ele revela seus mistérios. 21Pois grande é o poder do Senhor, mas ele é glorificado pelos humildes.
30Para o mal do orgulhoso não existe remédio, pois uma planta de pecado está enraizada nele, e ele não compreende.
31O homem inteligente reflete sobre as palavras dos sábios, e com ouvido atento deseja a sabedoria.

- Palavra do Senhor.


Segunda Leitura (Hb 12,18-19.22-24a)
Leitura da Carta aos Hebreus:

Irmãos: 18Vós não vos aproximastes de uma realidade palpável: “fogo ardente e escuridão, trevas e tempestade, 19som da trombeta e voz poderosa”, que os ouvintes suplicaram não continuasse.
22Mas vós vos aproximastes do monte Sião e da cidade do Deus vivo, a Jerusalém celeste; da reunião festiva de milhões de anjos; 23da assembleia dos primogênitos, cujos nomes estão escritos nos céus; de Deus, o juiz de todos; dos espíritos dos justos, que chegaram à perfeição; 24a de Jesus, mediador da nova aliança.

- Palavra do Senhor.


Anúncio do Evangelho (Lc 14,1.7-14)

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.
1Aconteceu que, num dia de sábado, Jesus foi comer na casa de um dos chefes dos fariseus. E eles o observavam. 7Jesus notou como os convidados escolhiam os primeiros lugares. Então contou-lhes uma parábola:
8“Quando tu fores convidado para uma festa de casamento, não ocupes o primeiro lugar. Pode ser que tenha sido convidado alguém mais importante do que tu, 9e o dono da casa, que convidou os dois, venha te dizer: ‘Dá o lugar a ele’. Então tu ficarás envergonhado e irás ocupar o último lugar.
10Mas, quando tu fores convidado, vai sentar-te no último lugar. Assim, quando chegar quem te convidou, te dirá: ‘Amigo, vem mais para cima’. E isto vai ser uma honra para ti diante de todos os convidados. 11Porque quem se eleva, será humilhado e quem se humilha, será elevado”.
12E disse também a quem o tinha convidado: “Quando tu deres um almoço ou um jantar, não convides teus amigos, nem teus irmãos, nem teus parentes, nem teus vizinhos ricos. Pois estes poderiam também convidar-te e isto já seria a tua recompensa. 13Pelo contrário, quando deres uma festa, convida os pobres, os aleijados, os coxos, os cegos. 14Então tu serás feliz! Porque eles não te podem retribuir. Tu receberás a recompensa na ressurreição dos justos”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Para ler na fonte, CLIQUE AQUI 

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

DIRETOR DA PREVI NÃO TEM SUPLENTE

    Para o patrocinador que manda e desmanda na PREVI, trocar um diretor indicado por ele é moleza, no dia seguinte à saída do titular, outro já está assumindo seu posto. Sabendo dessa comodidade, nem se preocupou em colocar nas regras das eleições a figura do suplente de diretor eleito. Por isso, a partir de hoje e até o dia 15 de setembro começa uma outra votação que poderia ter sido evitada se tivéssemos eleito em 2014 suplentes para os três diretores eleitos os quais obviamente ficariam sempre em "stand by".
      Como assim não é a realidade vamos ter que votar de novo. O cômico, se não fosse trágico, é que até o próprio patrocinador põe, agora, o seu candidato para concorrer: É o Zeca, recém-aposentado. Um outro é ligado ao diretor de Seguridade, já está na PREVI cedido pelo BB desde 2004, representa o sindicalismo da CUT. Em ambos vamos "dar um fora", se Deus quiser.
     Então se nos apresenta o competente Amir Santos, o número 5. Ele tem o apoio de três das cinco chapas que disputaram as últimas eleições, sendo ele candidato da segunda chapa mais votada, a "Hora da mudança na PREVI" que obteve 23.542 votos. Soma-se a chapa "PREVI Plural e Independente" que obteve 17.892 votos e a "Semente da União na PREVI" que obteve 16.300 sufrágios. Teoricamente, a soma destas três chapas lhe dariam uma somatória de 57.734. Portanto, Amir é nome de consenso para a diretoria de Planejamento.


Eleição Previ

ELEIÇÃO PREVI EXTRAORDINÁRIA



Caro Associado,
 
De 26/08 a 15/09, você vai escolher um novo diretor de planejamento da PREVI. A diretoria de planejamento é estratégica para a PREVI, pois é esta que elabora política de investimentos para cada plano.

O momento exige muita atenção e competência dos dirigentes, para melhorar a rentabilidade do PREVI futuro e solucionar o déficit do plano 1.

Por essa razão, as lideranças das chapas: Hora da Mudança na PREVI, Movimento Semente da União e PREVI Plural e Independente, indicam o candidato Amir Santos, pela competência, experiência e coragem para defender o associado.

Vamos nos unir a esta força.

Vote Amir Santos.
 

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

CASSI AVANÇA NAS NEGOCIAÇÕES COM O BB

Banco do Brasil apresenta proposta para a Cassi e debate prossegue
O Banco do Brasil apresentou nesta segunda-feira, dia 22/8, uma proposta para a Cassi, envolvendo o desenvolvimento de projetos e investimentos pelo Banco e associados, com o objetivo de dar equilíbrio financeiro e ampliação dos programas de saúde da Caixa de Assistência.
A proposta consiste em várias fases, como a de Governança, Gestão e Operação, incluindo o desenvolvimento de projetos com apoio de consultoria especializada para análise, revisão e validação dos modelos de Promoção de Saúde e Prevenção de Doença e dos modelos do Plano de Saúde.
A proposta financeira apresentada prevê contribuição mensal extraordinária dos participantes do Plano Associados (ativos, aposentados e pensionistas), no valor de 1% do salário ou benefício até dezembro de 2019.
O Banco do Brasil se compromete com a contratação e pagamento das despesas com a consultoria especializada para análise dos projetos e com o ressarcimento extraordinário, também até dezembro de 2019, de despesas mensais dos Programas de Atenção Domiciliar - PAD e Assistência Farmacêutica - PAF, das Coberturas Especiais e da estrutura própria de atendimento composta pelas CliniCassi. Estas despesas mensais seriam de programas vinculados ao Plano de Associados em montante equivalente à contribuição extraordinária dos associados.
O montante de recursos extraordinários projetado será de aproximadamente 34 milhões de reais mensais, somando-se os recursos do BB e dos associados.
ACOMPANHAMENTO, PRESTAÇÃO DE CONTAS E AUDITORIA
Como forma de acompanhamento dos projetos e implementação das propostas, a Cassi deverá fazer prestação de contas trimestral ao Corpo Social (Associados) e ao Banco do Brasil.
A Cassi deverá também instituir uma Gerência de Assessoramento ao Comitê de Auditoria (COAUD) para reforçar o papel de apoio do COAUD ao Conselho Deliberativo em relação à supervisão dos processos internos e também o acompanhamento dos projetos.
A proposta contempla ainda a necessidade de aperfeiçoamento no processo de recrutamento e seleção da Cassi e melhoria no sistema de acompanhamento de gestão, com indicadores a serem desenvolvidos e estabelecidos pela Governança da Cassi.
CONSULTA AO CORPO SOCIAL
Para ser validada, a proposta deverá ser formalizada por meio de acordo entre as entidades que compõem a Mesa de Negociação, nos colegiados da Cassi e do BB e encaminhada para consulta ao Corpo Social.
ENTIDADES COBRAM MELHORIAS NA PROPOSTA
As entidades que compõem a Mesa de Negociação afirmaram ao Banco que há necessidade de revisão nos valores apresentados, uma vez que o total dos investimentos do BB seria desproporcional à contribuição extraordinária dos associados, considerado o custeio atual da Cassi.
Os representantes dos funcionários, assessorados por dirigentes eleitos da Cassi, cobraram ainda que o Banco faça um detalhamento de cada programa no âmbito da Cassi, para que se tenha um melhor esclarecimento da proposta apresentada.
A NEGOCIAÇÃO CONTINUA
Foi acertada uma reunião entre a área técnica do BB e a Diretoria da Cassi para ser realizada até o final desta semana, quando será agendada nova reunião da Mesa de Negociação para o Banco apresentar respostas às melhorias solicitadas pelas entidades, como forma de dar continuidade às negociações.
 
(Crédito do texto e imagens: site da ANABB)
 
       REUNIÃO ACONTECEU NA SEDE DA ANABB EM BRASÍLIA (DF)

terça-feira, 23 de agosto de 2016

A NOSSA LUTA CONTINUA...AGORA FORA DA PREVI

    Sexta-feira passada, 19, cansado de ser caçado por meus algozes, enviei à PREVI meu pedido de Renúncia ao cargo de Conselheiro Consultivo do Plano de Benefícios 1 onde no início fora eleito como Suplente e recentemente sido tornado Efetivo pela renúncia do titular eleito Angelo Raphael Celani Pereira, por problemas com sua saúde.
Saio com a consciência tranquila de não haver cometido nenhum delito, pelo contrário, realizei tudo o que estava a meu alcance para dar vez e voz ao associado, razão última de nossa empreitada.


Joinville(SC), 19 de agosto de 2016.

À
PREVI/GABIN
Rio de Janeiro – RJ

Prezados Senhores,
PEDIDO DE RENÚNCIA – Refletindo sobre a grave advertência recebida da PREVI, através da correspondência confidencial PREVI/DELIB 2016/0061, DE 22.07.2016, cheguei à conclusão que é inviável a minha permanência como membro do Conselho Consultivo do Plano 1, agora na condição de titular, face à saída do Angelo Raphael CELANI Pereira.
     Continuo com a convicção de que o meu cargo de presidente da ANAPLAB e de mantenedor do blog WWW.arizanella.blogspot.com.br não agridem os dispositivos disciplinares de nosso fundo de pensão. Muito pelo contrário, sou mero portador de críticas e procuro fazer contribuições positivas para a melhoria do atendimento aos assistidos e defesa dos direitos dos participantes.
     Entretanto, como esta não é a visão de membros do Conselho Deliberativo, nem da auditoria interna, não me resta outro caminho senão renunciar a meu mandato, para poupar a PREVI de desgastantes inquéritos administrativos contra minha pessoa, numa conjuntura difícil, onde a prioridade maior devia ser a de reduzir o déficit e buscar o equilíbrio atuarial.
     Lamento tomar esta decisão e frustrar os que me elegeram em votação histórica, mas não posso mais conviver num ambiente onde me sinta cerceado e amordaçado, não podendo exercer com amplitude o meu mandato.

Respeitosamente,

Ari Zanella

domingo, 21 de agosto de 2016

OS TRÊS PODERES ATINGIDOS PELA LAVA JATO


   A delação de Leo Pinheiro, da Construtora OAS, atinge pelo menos um membro de nossa corte suprema: O ministro Antonio Dias Tóffoli, conforme relata com exclusividade a capa da Revista Veja, que teve acesso à parte do depoimento que incrimina o referido magistrado.
   Essa notícia choca a maioria do povo brasileiro devido ao grande respeito que temos pelos homens de toga. Incrível como um partido como o PT conseguiu fazer tanto estrago ao país com os propinodutos do chamado mensalão, seguido geometricamente pelo petrolão. Ressalte-se que foi o governo Lula quem indicou Dias Tóffoli para o STF e foi ele mesmo quem presidiu o TSE nas eleições presidenciais vencidas pelo PT em 2014. Longe de mim afirmar qualquer relação de causa e efeito, todavia são inacreditáveis as coincidências. Há de se provar o recebimento de tal propina, contudo, jamais alguém iria delatar se não tivesse as provas.
      De longa data eu venho sempre defendendo que os cargos do STF sejam ocupados por pessoas que prestem concurso por escrito para, assim, ser excluída esta possibilidade de indicação meramente política. No caso de Antonio Dias, ele foi advogado do próprio PT e havia sido reprovado em dois concursos para juiz de primeira instância. Confira em http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/e-o-curriculo-que-diz-quem-e-toffoli-nao-eu/
     Enfim, não sou o dono da verdade. Tem gente muito mais inteligente do que eu. Penso até que fica óbvio essa relação de subserviência de quem é indicado para um cargo tão importante. Sugiro ao próximo presidente e ao próximo congresso que se proceda uma PEC com esta finalidade, independência para cada um dos três poderes.
     Leo Pinheiro é o mesmo envolvido na construção do triplex de Guarujá, sendo que foi parceiro em alguns investimentos em que a PREVI participou como a privatização do aeroporto de Guarulhos-SP.  Em GRU a OAS participou através da Invepar mas neste ano acabou vendendo sua participação a credores no percentual de 24,4%.

sábado, 20 de agosto de 2016

LITURGIA DA PALAVRA - DOMINGO 21.08.2016

Oração do Dia
 
Deus eterno e todo-poderoso,  dai-nos viver atentos às coisas do alto, a fim de participarmos da sua glória. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

1a Leitura - Apocalipse 11,19;12,1.3-6.10
 
Leitura do livro do Apocalipse.
 
11 19 Abriu-se o templo de Deus no céu e apareceu, no seu templo, a arca do seu testamento. Houve relâmpagos, vozes, trovões, terremotos e forte saraiva.
12 1 Apareceu em seguida um grande sinal no céu: uma Mulher revestida do sol, a lua debaixo dos seus pés e na cabeça uma coroa de doze estrelas.
3 Depois apareceu outro sinal no céu: um grande Dragão vermelho, com sete cabeças e dez chifres, e nas cabeças sete coroas.
4 Varria com sua cauda uma terça parte das estrelas do céu, e as atirou à terra. Esse Dragão deteve-se diante da Mulher que estava para dar à luz, a fim de que, quando ela desse à luz, lhe devorasse o filho.
5 Ela deu à luz um Filho, um menino, aquele que deve reger todas as nações pagãs com cetro de ferro. Mas seu Filho foi arrebatado para junto de Deus e do seu trono.
6 A Mulher fugiu então para o deserto, onde Deus lhe tinha preparado um retiro para aí ser sustentada por mil duzentos e sessenta dias.
10 Eu ouvi no céu uma voz forte que dizia: Agora chegou a salvação, o poder e a realeza de nosso Deus, assim como a autoridade de seu Cristo, porque foi precipitado o acusador de nossos irmãos, que os acusava, dia e noite, diante do nosso Deus.
Palavra do Senhor.


2a Leitura - 1 Coríntios 15,20-27
 
Leitura da primeira carta de Paulo aos Coríntios.
 
Irmãos, 15 20 Cristo ressuscitou dentre os mortos, como primícias dos que morreram!
21 Com efeito, se por um homem veio a morte, por um homem vem a ressurreição dos mortos.
22 Assim como em Adão todos morrem, assim em Cristo todos reviverão.
23 Cada qual, porém, em sua ordem: como primícias, Cristo; em seguida, os que forem de Cristo, na ocasião de sua vinda.
24 Depois, virá o fim, quando entregar o Reino a Deus, ao Pai, depois de haver destruído todo principado, toda potestade e toda dominação.
25 Porque é necessário que ele reine, até que ponha todos os inimigos debaixo de seus pés.
26 O último inimigo a derrotar será a morte, porque Deus sujeitou tudo debaixo dos seus pés.
27 Mas, quando ele disser que tudo lhe está sujeito, claro é que se excetua aquele que lhe sujeitou todas as coisas.
Palavra do Senhor.

Evangelho - Lucas 1,39-56
 
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.
 
1 39 Naqueles dias, Maria se levantou e foi às pressas às montanhas, a uma cidade de Judá.
40 Entrou em casa de Zacarias e saudou Isabel.
41 Ora, apenas Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança estremeceu no seu seio; e Isabel ficou cheia do Espírito Santo.
42 E exclamou em alta voz: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre.
43 Donde me vem esta honra de vir a mim a mãe de meu Senhor?
44 Pois assim que a voz de tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança estremeceu de alegria no meu seio.
45 Bem-aventurada és tu que creste, pois se hão de cumprir as coisas que da parte do Senhor te foram ditas!”
46 E Maria disse: “Minha alma glorifica ao Senhor,
47 meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador,
48 porque olhou para sua pobre serva. Por isto, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações,
49 porque realizou em mim maravilhas aquele que é poderoso e cujo nome é Santo.
50 Sua misericórdia se estende, de geração em geração, sobre os que o temem.
51 Manifestou o poder do seu braço: desconcertou os corações dos soberbos.
52 Derrubou do trono os poderosos e exaltou os humildes.
53 Saciou de bens os indigentes e despediu de mãos vazias os ricos.

54 Acolheu a Israel, seu servo, lembrado da sua misericórdia,
55 conforme prometera a nossos pais, em favor de Abraão e sua posteridade, para sempre.
56 Maria ficou com Isabel cerca de três meses. Depois voltou para casa”.
Palavra da Salvação.
 

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

AUMENTAR O LIMITE É FÁCIL

   Aumentar o limite do Empréstimo Simples é a coisa mais simples do mundo, como dizem os ingleses "everyone does" sem qualquer dificuldade.
   Como diz o meu grande amigo João Rossi Neto, ex-gerente geral da Agência Centro Goiânia-GO, com imenso cabedal de conhecimento bancário, mais de 45 cursos pós-graduatórios na carreira, dentre eles o MBA - Master Business Administration, o limite pode ir a um milhão de reais sem nenhum prejuízo ou temor de exagero. O xis da questão não é o limite, é o prazo. Como já disse alguém nos comentários, o aumento de limite é comparado ao oferecimento de comida aos famintos e impedi-los de comer por falta de talheres (MC).
    Eu, se fosse um diretor da PREVI, proporia a meus pares o seguinte: Nós temos um patrimônio inestimável que são os nossos associados. A metade de nossas reservas lhes pertencem. Metade deles utilizam o ES e desta metade (52.000 pessoas, 70.000 contratos) somente 12.000 associados, de fato, são os "famintos". Eles necessitam de cuidados especiais, mais do que qualquer outro investimento ou participação do nosso fundo. Estamos diante  de irmãos sócios proprietários do fundo, portanto, não merecem um tratamento diferenciado? Então vamos fazer o seguinte:  Alongar o prazo dos empréstimos (sem essa discussão besta de empréstimo x financiamento) para 180 meses. Aliviamos o valor da prestação ao tempo em que enquadramos o pessoal dos 30% consignado. Acabamos com o passivo deste tipo de ação, enquadremos os tomadores para preferencialmente utilizarem somente o ES. Ajudemos concomitantemente os casos especiais, aqueles endividados em outras instituições financeiras. Neste caso, algum dinheiro da nova renegociação junto à PREVI poderia ser usado para pagar eventuais dívidas. E só para este fim.
    Enfim, é preciso ideias para inovar nestes tempos de crise e recessão. Vale lembrar que as ideias aqui expostas são apenas opiniões e podem não cravar 100% de acerto. Sejam bem-vindas novas luzes sobre a matéria.