BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

SIMPLES CONSTATAÇÃO

   O caro leitor me conhece bem, não sou agressivo, tampouco inconsequente, gosto apenas de colocar os pingos nos is. Isso posto, o tema hoje volta a ser o velho e bom empréstimo simples, das taxas mais baixas do mercado. Ninguém pode negar. Não gosto da taxa pós-fixada, preferiria a prefixada mas hoje não vou brigar por isso.
   A diretoria de Seguridade publicou no sítio do fundo os novos parâmetros do ES para o ano de 2018. Fica tudo igual ao praticado neste ano, com exceção de uma mexida (ou mordida?) no índice das taxas do FQM nas faixas dos mais longevos, a partir dos oitenta anos. Sutilmente o nosso fundo elevou a taxa da FQM a quem já tem prazo reduzido, sem, na contrapartida lhe dar mais prazo ou mais limite. Assim o nosso grande diretor Aristophanes, quando for renovar o empréstimo, o fará recebendo menor valor líquido na operação em função do aumento em sua taxa de seguro (FQM). Conclusão: O fundo só ganhou e o associado octogenário só perdeu. É justo isso, Arnaldo?
    A alegação do fundo foi de que o "empréstimo continua simples e disponível a todos os associados". Pode ser, mas que foi uma medida dura aos "velhinhos trambiqueiros" (como nos tachava o ex-diretor José Ricardo Sasseron, amigo do atual diretor), só piorando  a nossa relação com fundo. O patrocinador, outrora uma verdadeira "mãe" e que hoje manda e desmanda na PREVI, tornou-se uma verdadeira "madrasta", colocando os velhinhos indefesos na "linha". Quem não estiver satisfeito que vá se queixar ao bispo, como se dizia antigamente.


07/11/2017

Empréstimo continua simples e disponível para todos os associados

Alteração no FQM garante acesso ao serviço para todos os participantes do Plano 1, sem uma idade máxima

Qual a idade máxima para um associado fazer um empréstimo simples? Ela não existe. Associados de todas as idades podem fazer um empréstimo na PREVI, graças às alterações na cobrança do Fundo de Quitação por Morte, o FQM, que estarão vigentes a partir de 14/11 para novas contratações. Agora, em vez de cinco, serão oito faixas, com diferentes alíquotas. Os prazos para pagamento e taxa de concessão não mudam.

Por que criar novas faixas de alíquotas de FQM?

As novas faixas do FQM foram criadas para atenuar o efeito do ajuste das alíquotas nas faixas de idade mais avançadas. A taxa do Fundo de Quitação por Morte é determinada a partir de cálculos atuariais, que medem o risco de mortalidade em cada faixa etária no período de um ano e indicam qual o percentual necessário para cobrir esse risco. Então, aplica-se o critério de solidariedade distribuindo o peso desse risco entre os grupos etários, para chegar ao valor final das alíquotas. As taxas vão variar de 0,60% (para participantes até 59 anos) a 5% (para participantes com idade a partir de 90 anos).

O segredo é a solidariedade

Esse critério solidário é o segredo que garante a possibilidade de acesso de todos os participantes do Plano 1 ao Empréstimo Simples, sem limite de idade. Sem ele, o valor subiria muito, especialmente nas três faixas etárias superiores, a partir dos 80 anos de idade. Nos empréstimos para associados acima de 90 anos, por exemplo, o FQM – que será de 5% – passaria para 13,13% se não fosse aplicado o critério de solidariedade.

Para que serve o FQM?

O Fundo é uma ferramenta que garante a segurança do patrimônio da PREVI nas operações de Empréstimo Simples. Os valores arrecadados dos associados formam um colchão de segurança que quita o saldo restante dos empréstimos em caso de morte do associado. Dessa forma, os herdeiros e pensionistas não ficam com dívidas, e o patrimônio do Plano é preservado, mesmo que não haja o pagamento das parcelas restantes.

FQM traz segurança para todos os associados

Isso é importante para a saúde financeira do Plano. Afinal, o Empréstimo Simples não é apenas um serviço para o associado. Ele também é uma modalidade de investimento, que deve gerar retorno para o patrimônio da PREVI. Hoje, cerca de 50% dos associados do Plano 1 possuem contratos de Empréstimo Simples. E o FQM dá segurança a esse investimento para todos os participantes, tenham eles empréstimos ou não.

ES ajuda a PREVI a cumprir a sua missão,

Com o FQM as Operações com Participantes podem se manter vantajosas como investimento. De acordo com a legislação, a taxa cobrada nesse tipo de operação de crédito deve ser superior à taxa atuarial do Plano (hoje de INPC + 5% ao ano). Dessa forma, o retorno gerado pelos Empréstimos ajudará a garantir o pagamento seguro e sustentável dos benefícios de todos os associados ao longo dos anos.

Em quanto tempo eu posso pagar meu empréstimo?

Um mecanismo importante para o equilíbrio do Empréstimo Simples é a limitação do prazo de pagamento de acordo com a faixa etária. Hoje, os prazos máximos vão diminuindo de 120 meses para 36 meses à medida que a idade do mutuário aumenta. Isso evita, na prática, que haja uma concessão excessiva de crédito nas faixas etárias com maior risco – o que levaria ao desequilíbrio da operação, com prejuízo ao patrimônio do Plano, ou a um aumento excessivo nas alíquotas do Fundo de Quitação por Morte, que inviabilizaria o acesso dos participantes mais velhos ao próprio ES. O prazo máximo para a quitação dos contratos aumentou de 50 para 120 meses, um crescimento de 140% nos últimos 15 anos.
Atenta às sugestões de associados, a PREVI avaliou a ampliação do prazo. Mas a medida implicaria o aumento significativo das taxas de FQM para participantes de idades mais elevadas, o que inviabilizaria na prática a esperada redução das parcelas.

Qual o valor máximo que posso pegar emprestado?

Atualmente, o teto de concessão para o Empréstimo Simples é de R$ 160 mil, com as parcelas limitadas ao valor da margem consignável do participante. Esse limite será mantido até o final de 2018. Desde 2003, o teto do Empréstimo Simples no Plano 1 passou de R$ 25 mil para R$ 160 mil, um aumento de 540%, contra um INPC acumulado no período de 116,96%. Isso significa que o participante do Plano 1 teve um aumento real de mais de R$ 80 mil no limite de contratação dessa linha de crédito.

Sem suspensão

Conforme previsto no regulamento do Empréstimo Simples, as prestações continuarão a ser cobradas no prazo acordado nas contratações e renovações dos empréstimos.
Essa medida provocaria desequilíbrio nos contratos de ES com elevação do saldo devedor e consequente aumento no valor da prestação quando do recálculo anual. Além disso impacta negativamente o FQM, pois não há arrecadação para o fundo em período de suspensão.

Não tem margem? O ES-13º pode ser a solução para você.

Entre as opções disponíveis para aqueles que não possuem margem consignável disponível está o ES-13º Salário. Essa linha de crédito é uma antecipação do valor correspondente ao décimo-terceiro. É paga em prestação única, debitada em folha de pagamento no dia 20 de abril, para operações contratadas a partir de 1° de novembro. Os participantes podem ter somente um contrato de ES-13º vigente. Nesse caso, a margem consignável do mutuário não é observada, dada a garantia da operação.

Entre os melhores do mercado, sem fins lucrativos

Entre todas as Entidades Fechadas de Previdência Complementar, a PREVI é responsável por 46,28% dos recursos investidos em Operações com Participantes de todo o mercado. O valor médio dos empréstimos concedidos aos nossos associados é 13 vezes superior ao valor médio. Enquanto na PREVI não há limite de idade para a concessão de empréstimos, nas instituições financeiras, em média, o limite é de 80 anos de idade.
As boas condições oferecidas pelo Empréstimo Simples (prazos de pagamento entre os maiores do mercado, e taxas de juros que batem as do crédito consignado) só são possíveis porque a PREVI é uma entidade sem fins lucrativos e de caráter solidário, que conta com uma governança madura e um corpo técnico qualificado.
Isto permite a criação de alternativas que vão além necessidades atuariais da entidade, como o Empréstimo Simples e o Financiamento Imobiliário, excelentes opções de crédito, em que a PREVI pratica os menores encargos permitidos por lei, sem perder de vista o equilíbrio dos planos e a missão de garantir o pagamento de benefícios aos associados de forma eficiente, segura e sustentável.

Financiamento Imobiliário

As Operações com Participantes da PREVI também incluem o Financiamento Imobiliário, que assim como o Empréstimo Simples têm juros mais baratos do que os praticados no mercado, com um prazo máximo de pagamento de 420 meses. Conheça mais sobre o Financiamento Imobiliário da PREVI aqui no site, em Soluções para você >> Financiamento Imobiliário.

Confira as novas alíquotas do FQM, válidas a partir de 14/11 para novas contratações: 

NOVAS ALÍQUOTAS DO FQM
FAIXA ETÁRIAALÍQUOTA
Até 59 anos0,60%
De 60 a 64 anos1,00%
De 65 a 69 anos1,20%
De 70 a 74 anos2,50%
De 75 a 79 anos3,50%
De 80 a 84 anos4,00%
De 85 a 89 anos4,50%
A partir de 90 anos5,00%
Teto de concessão: R$ 160 mil. Prazo máximo: de 36 a 120 meses, de acordo com a faixa etária. 

________________________________________________________________________


NOTÍCIAS PARA VOCÊ

PREVI recebe proposta para negociar participação na Invepar


Proposta de investidor estrangeiro envolve aquisição de ações de PREVI, Petros e Funcef.

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

E SOBRE A SUGESTÃO DO GILBERTO?

Prezados Colegas, Ari, João Rossi Neto, Divany, Aristofhanes, Edgardo, só para citar alguns nobres colegas, e todos os demais colegas:

Sugestões existem várias, e até as solicitações do Aumento das aposentadorias e Suspensão das Parcelas do ES, o que acho ótimo.

Mas vou sugerir outra, que acho muito viável, e que não iria criar qualquer problema para a PREVI, muito pelo contrário, iria resolver várias situações, tanto para a PREVI quanto para nós aposentados, da ativa e pensionistas.

1) A previ poderia, em função da MC que a maioria dos colegas possuem, zerada ou até negativa, por conseguinte não podendo RENOVAR O ES,  EXCLUIR da FOPAG e colocar em débito em conta o EMPRÉSTIMO IMOBILIÁRIO, em vista de sua  garantia REAL(alienação). Com isto abriria MC para uma grande quantidade de Colegas - e ao mesmo tempo - RESOLVERIA O PROBLEMA DA MC QUE FICOU E VAI FICAR EXTRAPOLADA POR VÁRIOS ANOS, e assim já ficaria dentro das Normas legais.

2) Poderia para ser mais ABRANGENTE AINDA - colocar o ES no débito em conta corrente - para abrir MC e assim, também os colegas poderem RENOVAR seus ES.

Os Bancos, inclusive o nosso Banco do Brasil, a CEF, as Financeiras, as Cooperativas de Crédito e outras empresas de Empréstimos e Financiamentos efetuam os devidos Empréstimos - TANTO IMOBILIÁRIO QUANTO CRÉDITO DO CONSUMIDOR - através de boleto e ou Débito de C/C.

A PREVI efetua os nossos créditos na C/C no Banco do Brasil e O Banco do Brasil credita os salários dos funcionários também em C/C e sabe o dia e o quanto se ganha.

Porque não adotar o mesmo esquema de DÉBITO EM C/C DOS referidos Empréstimos - e resolver vários problemas nossos e normalizando a MC na FOPAG dos aposentados e pensionistas.

Mestres,  vamos levar adiante mais esta sugestão?


Contamos com vocês.

Gilberto


domingo, 19 de novembro de 2017

FIQUEI EMPOLGADO! É TREMENDO!

    Peço mil desculpas aos que não se interessam pelo tema, mas vou gastar esse resto de domingo até o início da manhã desta segunda-feira para abordar um assunto que me deixa entusiasmado: O princípio do fim.
Razões fortes para reconhecermos os sinais:

a) No século XII, o judeu Judá Ben-Samuel (1.140 a 1.217), um rabino alemão, previu a profecia dos 10 jubileus, sobre a nova era que viria para Jerusalém e sobre o povo de Israel. Cada jubileu dura 50 anos.

1. O império Turco-Otomano iria conquistar Jerusalém por 8 jubileus = 400 anos. 300 anos após a morte de Ben-Samuel, os turcos-otomanos reinaram (1517 - 1917).

2. Durante o 9º jubileu Israel se tornou "terra de ninguém". De fato, em 1917 começou o Mandato britânico que tornou Jerusalém sujeita a leis internacionais. Passados 50 anos, Israel conquistou de novo os territórios ocupados, na famosa Guerra dos Seis Dias. (1917-1967).

3. 1967 - 2017 - Último jubileu (10º) em que Israel dominaria na profecia.
Portanto, 2017 marca o início do tempo da segunda volta de Cristo. A partir de 2017 será firmado um pacto de paz com Israel que durará 7 anos (que será interrompido  na metade dos 7 anos, em 3 anos e meio, profetizados por Daniel: "Um tempo, dois tempos e metade de um tempo") interrompido pelo Anticristo.

b) Profecia de São Malaquias: No mesmo século XII um prelado irlandês, numa viagem a Roma, teve um sonho onde lhe foi revelado os próximos 112 papas desde aquela época. Cada papa era descrito com uma frase em latim. O último seria o atual Papa Francisco, que na profecia seria chamado de Petrus Romano, e que assistiria a destruição de Roma.

O fato é que tudo indica que 2017 começa o princípio das dores...Os sinais são claros: guerras, ameaças, nação contra nação, fome, pestes...A ciência se multiplicando...O comunismo avançando (no Brasil, na Venezuela...), China avançando no mundo como um dragão...Arábia Saudita como a antiga Babilônia (prostituta)...Dubai com toda a sua suntuosidade...O Islã crescendo cada vez mais e dominando países que eram cristãos...(O prefeito de Londres é muçulmano).

Cristo nos alertou que quando a figueira começasse a brotar o verão está próximo. A figueira é o símbolo de Israel. O Estado de Israel foi criado em 1948. Cristo disse que esta geração não passaria sem que tudo acontecesse (uma geração tem em média 70 anos: 1948 + 70 = 2018).

"Passarão céus e terra mas minhas palavras não passarão!" Jesus Cristo.

sábado, 18 de novembro de 2017

O INTRINCADO TABULEIRO JURÍDICO

     O STJ - Superior Tribunal de Justiça - até bem pouco tempo estava meio alheio às questões legais relacionadas a EFPC. Começou a estudar e decidir melhor naquele caso do Auxílio Cesta Alimentação (ACA) em 2011 ocasião em que o tribunal, com voto da ministra Maria Galotti, decidiu reverter uma jurisprudência de uma década, transformando o Escritório Bathomé Advogados Associados num dos mais beneficiados com a chamada sucumbência. Tudo bem, foi correto, a base ficou esclarecida posto que uma verba só pode ser devida se sobre ela gerou contribuições à EFPC.
      O STJ devia punir igualmente quem não cumpre as leis complementares 108 e 109. Na LC 109/2001 o artigo 20 está sendo desrespeitado e só agora a Justiça o refaz. Não tem a mesma sorte o artigo 35 desta lei: Vejam:

        Art. 35. As entidades fechadas deverão manter estrutura mínima composta por conselho deliberativo, conselho fiscal e diretoria-executiva.    (Regulamento)
        § 1o O estatuto deverá prever representação dos participantes e assistidos nos conselhos deliberativo e fiscal, assegurado a eles no mínimo um terço das vagas.
        § 2o Na composição dos conselhos deliberativo e fiscal das entidades qualificadas como multipatrocinadas, deverá ser considerado o número de participantes vinculados a cada patrocinador ou instituidor, bem como o montante dos respectivos patrimônios.
        § 3o Os membros do conselho deliberativo ou do conselho fiscal deverão atender aos seguintes requisitos mínimos:
        I - comprovada experiência no exercício de atividades nas áreas financeira, administrativa, contábil, jurídica, de fiscalização ou de auditoria;
        II - não ter sofrido condenação criminal transitada em julgado; e
        III - não ter sofrido penalidade administrativa por infração da legislação da seguridade social ou como servidor público.
        § 4o Os membros da diretoria-executiva deverão ter formação de nível superior e atender aos requisitos do parágrafo anterior.
        § 5o Será informado ao órgão regulador e fiscalizador o responsável pelas aplicações dos recursos da entidade, escolhido entre os membros da diretoria-executiva.
        § 6o Os demais membros da diretoria-executiva responderão solidariamente com o dirigente indicado na forma do parágrafo anterior pelos danos e prejuízos causados à entidade para os quais tenham concorrido.
        § 7o Sem prejuízo do disposto no § 1o do art. 31 desta Lei Complementar, os membros da diretoria-executiva e dos conselhos deliberativo e fiscal poderão ser remunerados pelas entidades fechadas, de acordo com a legislação aplicável.
        § 8o Em caráter excepcional, poderão ser ocupados até trinta por cento dos cargos da diretoria-executiva por membros sem formação de nível superior, sendo assegurada a possibilidade de participação neste órgão de pelo menos um membro, quando da aplicação do referido percentual resultar número inferior à unidade.

    Atentem para o parágrafo 6 ( §6) - O leitor já viu algum diretor ser responsabilizado por danos e prejuízos causados à entidade? Eu nunca soube. Até parece que nunca tivemos prejuízos (Sauípe, Sete Brasil, Hopi-Hari, Bombril...).
      Na quinta-feira me ligou o nobre advogado de Valença-RJ, nosso querido colega Alberto Myrcko, ponderando que a legislação (CF) não permite que um patrocinador possa gerir a sua patrocinada. É um assunto muito polêmico que terminaria no STJ e no STF. Quando o Dr. Myrcko diz alguma coisa podem crer que tem fundamento.
       Bom final de semana a todos, aqui em Joinville com muita chuva. A paz de Cristo permaneça em todos os corações.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

O INTOCÁVEL DÉCIMO-TERCEIRO SALÁRIO

    No começo somente era permitido o desconto do imposto de renda (IR), tributado exclusivamente na fonte. Depois a CASSI, por uma votação vencida pela maioria, foi autorizada a descontar sobre o 13º salário; e agora vejo na minha folha o desconto também para a PREVI.
       Parece que "abriram a porteira" e porteira que passa um boi, passa uma boiada. Não vai demorar muito, vão começar a descontar ES, Capec, seguros, INSS, carnês das Lojas Magazine Luiza...
     Teria como voltar ao passado, descontando apenas o que a lei prevê, ou seja, o IR na fonte? Alô legisladores federais! O salário do trabalhador é sagrado, por isso, vamos contestar???!!!
Segundo a PREVI, respondendo a um telefonema de colega Diógenes de Minas Gerais, diz que o desconto é legal (o Estatuto prevê) e foi autorizado pela PREVIC.
 2ª PARCELA DO 13º SALÁRIO
A importância paga ao empregado a título de primeira parcela será deduzida do valor do 13º salário devido até o dia 20 de dezembro.
INSS 
No pagamento da segunda parcela há incidência do INSS sobre o valor total do 13º salário. 
De acordo com a Lei nº 7.787/89, art. 1º, parágrafo único, e Regulamento da Previdência Social - RPS, art. 214, §§  6º e 7º aprovado pelo Decreto nº 3.048/99, a gratificação natalina - décimo terceiro salário pago ao segurado empregado e ao doméstico, integra o salário de contribuição. 
A contribuição é devida na ocasião de pagamento ou crédito da última parcela, efetuado no mês de rescisão do contrato de trabalho ou no mês de dezembro, e deve incidir sobre o valor bruto da gratificação, sem compensação dos adiantamentos pagos, mediante aplicação da tabela de contribuição mensal, em separado do salário de dezembro. 
O recolhimento das contribuições será até o dia 20 de dezembro (caso não haja expediente bancário no dia, deverá ser no dia útil anterior), no caso de pagamento ou crédito da 2º parcela, e até o dia 2 o mês subsequente no pagamento do 13º salário na ocasião de rescisão contratual. 
FGTS 
O FGTS incidirá sobre o valor bruto pago efetivamente, pelo regime de competência, ou seja, referente ao pagamento da 2ª (segunda) parcela. O FGTS deverá ser recolhido até o dia 7 de janeiro junto com a folha de pagamento de dezembro.  
IRRF 
No pagamento da segunda parcela do 13º salário há incidência do IRRF sobre o total.
Consulte também o tópico IRF - Décimo Terceiro Salário e Férias, no Guia Tributário Online.

      Sobre a bolsa não vou mais falar. Hoje sobe 2,72%. Afinal, se houver ganhos, como disse certo anônimo, não seremos beneficiados mesmo, quer dê lucro ou prejuízo.
      E sobre o PAS do Banco do Brasil, negaram-me o adiantamento sobre aquisição de óculos, no valor de R$ 2.100,00. Nada devo ao PAS, meu gerente disse que apenas negaram sem maiores justificativas. Pode isso, Arnaldo?


quarta-feira, 15 de novembro de 2017

ESCORREGADA DA BOVESPA PREOCUPA

    Estava indo tudo muito bem na recuperação do déficit de 2016. Neste ano, nosso fundo navegava em águas serenas de um oceano benfazejo. A recuperação empolgava a diretoria executiva - não sem justos motivos - pois a cada mês, até setembro, anunciava-se entusiasticamente um crescente superávit.
     Contudo, chegou novembro, na primeira quinzena, a maionese desandou. Nesta terça-feira, véspera do feriado que enaltece a proclamação da República, o índice Bovespa caiu 2,27%, no patamar de 70.827 pontos. Lembrando que em outubro, no dia 05, atingiu a máxima de 78.024 pontos (pico do dia) e no dia 16 fechou na máxima de 76.891 pontos. Outubro foi um mês em que a bolsa zerou seu lucro.
Então, a queda até o fechamento de hoje foi de nada menos que 6.000 pontos e a tendência é piorar.
     Parece muito claro que a confiança do mercado na aprovação das reformas faltantes arrefeceu. Queira Deus que a ação inesperada interposta pela ABRAPP, lá atrás, e prestes a ser definida pelo STJ possa, de fato, acontecer, a fim de tornar o ano da PREVI realmente com o déficit de 2016 zerado. Oxalá!
Obs: A ação judicial, se vitoriosa, renderia mais de 6 bilhões de reais.
BOVESPA ESTÁ VAZANDO NESSA QUINZENA DE NOVEMBRO, MERCADO QUE O NOSSO "TRADER" NÃO CANSA DE CRITICAR.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

BREVEMENTE A CASSI NÃO TERÁ MAIS DIFICULDADES.



Fantástico!


Entrevista do CEO  da Mercedes Benz, publicada em 16 de julho de 2017.

A nossa vida irá mudar dramaticamente nos próximos 20 anos, segundo o CEO da Mercedes. Em uma entrevista recente, Mr. Daimler Benz (Mercedes Benz) disse que seus concorrentes não são mais as outras companhias de carro, mas sim a Tesla (óbvio), Google, Apple e Amazon,  considerando que:


1. Softwares irão quebrar a maioria das indústrias tradicionais nos próximos 5-10 anos;

2. Uber é apenas uma ferramenta de software, eles não possuem carros, e são agora a maior empresa de táxi do mundo;

3. Airbnb é agora a maior empresa hoteleira do mundo, embora eles não possuam quaisquer propriedades;

4. Inteligência Artificial: Computadores se tornam exponencialmente melhores em compreender o mundo. Este ano, um computador bateu o melhor Go player no mundo, 10 anos mais cedo do que o esperado;

5. Nos EUA, jovens advogados já não conseguem emprego. Por causa da IBM Watson, você pode obter aconselhamento legal (até agora para as coisas mais ou menos básicas) em poucos segundos, com uma precisão de 90% em comparação com uma precisão de 70% quando feito por seres humanos;

6. Então, se você estuda direito, pare imediatamente. Haverá 90% menos advogados no futuro, apenas especialistas permanecerão;

7. Watson já ajuda enfermeiros no dignóstico de câncer, 4 vezes mais preciso do que os enfermeiros humanos. Facebook agora tem um software de reconhecimento de padrões que podem reconhecer rostos melhores do que seres humanos. Em 2030, os computadores se tornarão mais inteligentes do que os seres humanos;

8. Carros autônomos: Em 2018 os primeiros carros de auto condução estarão disponíveis para o público. Por volta de 2020, a indústria completa vai começar a ser interrompida. Você não vai querer ter um carro mais. Você vai chamar um carro com o seu telefone, ele vai aparecer no seu local e levá-lo ao seu destino. Você não vai precisar estacioná-lo, você só pagará pela distância percorrida e pode ser produtivo durante a condução. Nossos filhos nunca irão ter uma carteira de motorista e nunca vão possuir um carro;

9. Isso vai mudar as cidades, porque vamos precisar de 90-95% menos carros. Poderemos transformar antigos estacionamentos em parques. 1,2 milhões de pessoas morrem a cada ano em acidentes de carro em todo o mundo. Temos, agora, um acidente a cada 60.000 milhas (100.000 km), com a condução autônoma, esse número vai cair paraa 1 acidente em cada 6 milhões de milhas (10 milhões de km). Isso vai salvar um milhão de vidas por ano!

10. A maioria das companhias de carro provavelmente vão falir. Companhias de carro tradicionais tentam a abordagem evolutiva e apenas construir um carro melhor, enquanto as empresas de tecnologia (Tesla, Apple, Google) fazem a abordagem revolucionária e constróem um computador sobre rodas;

11.Muitos engenheiros da Volkswagen e Audi estão completamente aterrorizados pela Tesla;

12. As companhias de seguros terão dificuldade enorme, porque sem acidentes o seguro vai se tornar 100x mais barato. Seguros para automóveis irão desaparecer;

13. O mercado Imobiliário vai mudar. Porque se você pode trabalhar enquanto se desloca, já que os carros serão autônomos, as pessoas vão se mudar para mais longe e viver em um bairro mais bonito e quase rural;

14. Os carros elétricos vão se tornar tendência em 2020. As cidades serão menos barulhentas, porque todos os carros novos serão movidos a eletricidade. Eletricidade se tornará incrivelmente barata e limpa: produção Solar tem tido uma curva exponencial de 30 anos, agora você pode ver o impacto crescente;

15. No ano passado, mais energia solar foi instalada no mundo do que o combustível fóssil. As empresas de energia estão tentando desesperadamente limitar o acesso à rede para evitar a concorrência de instalações solares em casa, mas isso não pode durar. A tecnologia vai driblar essa estratégia;

16. Com eletricidade barata, vem a água abundante e barata. A dessalinização de água salgada agora, só precisa 2kWh por metro cúbico (@ 0,25 cêntimos). Não temos água escassa na maioria dos lugares, só temos água potável escassa. Imagine o que será possível se alguém pode ter tanta água limpa quanto quiser, por um custo muito baixo;

17. Saúde: O preço do Tricorder X será anunciado este ano. Existem empresas que irão construir um dispositivo médico (o chamado "Tricorder" do Star Trek), que funciona com o seu telefone, o que leva a digitalização da sua retina, sua amostra de sangue e respiração com ele;

18. Ele analisa 54 biomarcadores que irão identificar quase qualquer doença. Será barato, por isso em alguns anos todos neste planeta terão acesso a uma análise médica de classe mundial, quase de graça. Adeus, estabelecimento médico;

19. Impressão 3D: O preço da impressora 3D mais barata caiu dos US $ 18.000 para US $ 400 nos ultimos 10 anos. Ao mesmo tempo, tornou-se 100 vezes mais rápida. Todas as grandes empresas de calçados, já fazem sapatos com impressão 3D;

20. Algumas peças de avião já estão sendo impressas em 3D, em aeroportos remotos. A estação espacial agora tem uma impressora que elimina a necessidade da grande quantidade de peças de reposição, que costumava ter no passado;

21. No final deste ano, os novos smartphones terão possibilidades de digitalização em 3D. Você pode então digitalizar seus pés em 3D e imprimir o seu sapato perfeito em casa;

22. Na China, eles já construíram um edifício comercial completo de 6 andares com uma impressora 3D. Até 2027, 10% de tudo o que está sendo produzido será impresso em 3D;

23. Oportunidades de negócio: Se você pensar em um nicho que você quer ir, pergunte-se: "no futuro, você acha que vamos ter isso?" e se a resposta for sim, como você pode fazer isso acontecer mais cedo? Se não funciona com o seu telefone, esqueça a idéia. E qualquer idéia concebida para o sucesso no século 20, está fadada ao fracasso no século 21;

24. Trabalho: 70-80% dos empregos vão desaparecer nos próximos 20 anos. Haverá uma grande quantidade de novos postos de trabalho, mas não está claro se haverão novos empregos, suficientes em um pequeno período de tempo;

25. Agricultura: Haverá um robô agrícola de $100 no futuro. Agricultores nos países do 3º mundo poderão, então, tornar-se gerentes de seu campo em vez de trabalhar o dia todo neles;

26. Aeroponics vai precisar de muito menos água. O primeiro Petri prato de vitela produzido, já está disponível e será mais barato do que vaca vitela produzido em 2018. Agora, 30% de todas as superfícies agrícolas é utilizado para vacas. Imagine se nós não precisarmos de mais espaço. Existem várias startups que trarão proteína de inseto ao mercado em breve. Insetos possuem mais proteína do que a carne. Eles serão rotulados como "fonte de proteína alternativa" (porque a maioria das pessoas ainda rejeitam a idéia de comer insetos);

27. Existe um aplicativo chamado "Moodies", que já pode dizer em que humor você está. Em 2020 haverá aplicativos que podem dizer por suas expressões faciais, se você está mentindo. Imagine um debate político onde está sendo exibido quando eles estão dizendo a verdade e quando eles não estão?!

28. Bitcoin, pode mesmo tornar-se a moeda de reserva padrão ... do mundo!

29. Longevidade: Agora, a média de vida aumenta em 3 meses por ano. Quatro anos atrás, a vida costumava ser 79 anos, agora é 80 anos. O aumento em si é crescente e por 2036, haverá mais de um ano aumento por ano. Então, todos nós podemos viver por um longo tempo, provavelmente muito mais do que 100 anos;

30. Educação: Os smartphones mais baratos já estão em US$10 na África e Ásia. Em 2020, 70% de todos os seres humanos possuirão um telefone inteligente. Isso significa que, todo mundo tem o mesmo acesso à educação de classe mundial;

31. Cada criança poderá usar a Khan Academy para tudo, o que uma criança precisa aprender na escola em países do Primeiro Mundo. Já houve lançamentos de software na Indonésia e em breve haverão versões em árabe, Suaheli e chinês, ainda nesse ano. Eu posso ver um enorme potencial, se dermos o aplicativo em Inglês de graça, para que as crianças na África e em outros lugares,  possam tornar-se fluentes em Inglês e isso poderia acontecer dentro de meio ano.

(Texto repassado pelo amigo Edgardo Amorim Rego).