segunda-feira, 29 de março de 2021

QUESTÃO DE INTERESSES

    Leonel Brizola já dizia que tudo era interesses. Com efeito, não é de hoje que os chineses estão de olho no Brasil, comprando tudo nas posições estratégicas. Desde empresas de defesa nacional até o comércio pela internet.

    A gigante AliExpress recentemente uniu SBT e Record para uma plataforma digital chamada Alihouse. https://www.meioemensagem.com.br/home/midia/2021/03/24/aliexpress-une-sbt-e-record-tv-em-projeto-de-conteudo.html

Isso fulmina o comércio brasileiro porque, além do fechamento de nosso comércio devido à pandemia, inunda o mercado com produtos direto da China, tirando nossos já parcos empregos.

     A opção pela telefonia 5G da China é questão de tempo. O ministro que era contra já caiu. O motivo alegado é que não estava conseguindo vacinas no exterior. Parece óbvio que as vacinas só chegarão se a nação se curvar diante dos poderosos. A preferência externa é por governantes que não sejam empecilhos aos seus planos. Nesse sentido, a esquerda, aqui ou acolá, serve maravilhosamente aos seus propósitos.

     Para concluir, o alerta dado em Apocalipse 13:16-18 para receber a marca da besta, já estaria em sua fase de testes. Primeiro o uso obrigatório de máscaras (no mercado ninguém pode comprar sem estar usando), depois a picada da abelha e assim os próximos passos da agenda global até culminar com a implantação de dados na testa ou na mão para reconhecimento individual, a verdadeira e definitiva marca que vai sacramentar de vez o novo sistema da besta.

Um comentário:

JOSE ADMIR DE PAULA disse...

Prof. Ari,

Dia desses, perguntei por que a Previ não adquiria vacina contra o coronavirus para imunizar seus associados, principalmente os velhinhos aposentados. A resposta de que o governo federal teria que autorizar veio logo. Agora que não mais depende do governo, permita-me reiterar a mesma indagação: Quando é que vamos ser imunizados contra essa doença com vacinas adquiridas pela Previ/Cassi?

Obrigado