terça-feira, 30 de março de 2021

NÃO DÁ PARA DEIXAR SÓ NA VACINA


    Campanha de vacinação gerou falsa sensação de imunidade. Precisa continuar se cuidando. As variantes são sorrateiras, denominadas de novas cepas. Tem segunda onda, terceira...

   Austrália e Nova Zelândia estão aparentemente tranquilas. Caos e ordem vivendo juntos.

3 comentários:

Blog do Ed disse...

No Brasil o isolamento é difícil de realizar-se. Uma multidão mora nas ruas. Outra multidão mora nas favelas. Avós, pais, tios primos, marido, mulher, filhos e primos, habitamm só compartimento, que é dormitório, cozinha, sala de estar e banheiro. . Transporte coletivo apinhado, corpo espremido contra corpo, respiração de ar comum pela multidão. A sobrevivência exige o deslocamento diário da residência para o trabalho e vice versa. O nível educacional e domínio dos ímpetos naturais são baixos, tornando difícil o sacrifício do isolamento, já que a felicidade se localiza na aglomeração, a felicidade reside no relacionamento. Bolsonaro não é olouco e iorresponsável que a mídia esquerdista pretende depor do poder. Inexiste a opção entre morte pela fome ou morte pela pandemia. Ambas são terríveis. Ambas precisam ser evitadas.
Edgardo Amorim Rego

Trader anônimo disse...

Um detalhe adicional : na capital das Gerais tradicional rede de supermercados controla o número de presentes na loja por meio da distribuição de um papel plastificado distribuído na entrada e no caixa. Chamei o gerente : veio rápido e solícito. Expliquei o contágio...Resultado: nenhum...Continuam a usar o papel plastificado...

Outro exemplo: certo anônimo no blog diz: fundo de pensão não é casa de caridade...

Perguntamos: malícia, ou nível educacional?

Unknown disse...

Quem disse que o covid é uma gripezinha, não respeita distanciamento e o uso de máscara está certo e preocupado com os seres humanos?Estou errado?