quinta-feira, 31 de dezembro de 2020

UM TEMPO ÚNICO

 

A LIBERTAÇÃO DAS PRISÕES ETERNAS

Aristophanes Pereira

         A melhor teoria científica sugere que, a partir do momento em que uma bolinha, hiper concentrada, densa ao extremo, explodiu, num Big Bang, há quase de 14 bilhões de anos, o Universo se expande, de dentro para fora, em todas as direções, dando forma a uma bolha crescente, em busca do infinito.

         Os “estilhaços” da explosão inicial, dentro dessa bolha, não explicam de onde vieram, antes de se despedaçarem no pipoco. Não há teoria, nem cientifica, nem teológica, empenhada em explicar o “antes”. É como quem foge do assunto, com “cara de paisagem”. Parecemos nos conformar com o mistério divino e o enigma científico, que é a lacuna desse “elo perdido”, e aceitamos, como dogma, que “o criador se criou”. O que prevalece é a realidade mais compreensiva e palpável do “depois”, que se confunde com o “agora”, aguçando a nossa curiosidade e estimulando a busca, para entender o processo da criação visível, pós Big Bang.

         São bilhões de galáxias multiformes, contendo trilhões de estrelas, com seus planetas e tantos outros corpos, de variados padrões, e mergulhados no éter de poeira cósmica, dos raios, das ondas magnéticas e dos buracos negros. Tudo, aparentemente, espesso e denso, mas separados por distâncias incomensuráveis, só medidas na escala de anos-luz, e sob leis que distorcem a Física Newtoniana e a Geometria Euclidiana.

         Isolado, num braço longo e afastado do centro de nossa galáxia espiralada – que os antigos batizaram de Via Lactea – localizamos o “endereço” da nossa maravilhosa estrela – o Sol – de 5ª magnitude, dentre suas semelhantes, arrodeada de uns poucos planetas e seus satélites, cometas, asteroides e muitos mistérios ambulantes. Num dos planetas – a Terra, banhada por muita agua – joia rara enfeitada de recursos naturais, vitalidade e diversidade biológicas, a Natureza, aqui, aprimorou a vida, criando, depois de muitas versões, um ser excepcional, em forma de animal, mas dotado de consciência, que se autodenominou Homo Sapiens.

         A replicação desse fenômeno humano é problema que perturba a mente do Homo Sapiens, inconformado com sua aparente exclusividade e seu inquebrantável isolamento, na vastidão da bolha cósmica. Já sabedor, por claras evidências cientificas, da existência de outros mundos, estelares e planetários, espalhados aos bilhões, pelo imenso universo em expansão, ele formula teorias, hipóteses e se instrumentaliza, na ânsia de um “contato” com outras vidas. Ciência e religião, agora, liberadas pela supremacia do livre pensar, caminham por trilhas distintas, porém sem os freios do obscurantismo e sem os castigos da mentalidade medieval.

         Na linha da doutrina cientifica, a compreensão do mundo cósmico avança a cada dia, por descobertas fantásticas, de complexo entendimento, surpreendentes e inimagináveis, até o dia anterior. Paradoxalmente – dispensadas as fantasias e narrativas das ficções literária e cinematográfica – essas descobertas ensinam e evidenciam a impossibilidade dos contatos diretos e acessos carnais a outros mundos, além do nosso delimitado Sistema Solar. São intransponíveis as separações físicas, invencíveis as distâncias de anos-luz e insuperável a debilidade biológica dos humanos. Estamos, assim, condenados ao solitário espaço de uma eterna prisão solar.

         As crenças religiosas, por princípios de pura fé, ou pelas mensagens sagradas, propiciam à permanente procissão de transeuntes humanos, na travessia do “vale de lágrimas”, o conforto místico de uma esperançosa transposição, para um espaço imaterial, indefinido e eterno. Uma ínfima fração de vida terrestre almeja conquistar um renascer paradisíaco, numa troca de tempos desigual e incompreensível. No acesso, há juízos, avaliações de condutas venais, gradações de penas e premiações individuais. Entretanto, a infinitude desse novo espaço-tempo equaliza, banaliza e fadiga as almas, por força da prisão comunal, na exaustiva mesmice eterna.

         Entendo, na companhia de muitos, que alcançaríamos maior proveito existencial e alívio espiritual se, de um lado, aceitássemos a impossibilidade de escapar da prisão solar e, de outro, deixássemos de nos devotar à incerteza da absurda mesmice eterna. E que o direcionamento dessa nova crença realista, cultora de devoções éticas e morais, fosse feito em proveito da melhoria do nosso habitat terreno e do aprimoramento da condição humana. Seguindo o padrão singelo da Vida, que nos dá um tempo único, sem antes e sem depois, valorizando e enaltecendo o durante. S.m.j.

Jaboatão Dos Guararapes(PE) 31/12/2020


                              Foto: Site no Google; Rafael Schmall/Insight Investment Astronomy.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2020

O CHIFRE PEQUENO DO PROFETA DANIEL (Dn 7:25)


    Os sinais estão aí com nitidez ímpar. Tudo o que foi predito está em vias de se cumprir. Buscai a verdade e ela vos libertará. Cristo é o caminho, a verdade e a vida plena. Crede Nele?

segunda-feira, 28 de dezembro de 2020

ESTÃO BRINCANDO DE NOS ASSUSTAR

 

                                                       COISAS QUE NÃO IRÃO ACONTECER


                                                      VIAJANDO NA MAIONESE

domingo, 27 de dezembro de 2020

SÓ NÃO ENXERGA QUEM NÃO QUER VER


     A luta é do Mal contra o Bem. Do dragão ou Serpente contra Deus e a Igreja. Cristo disse que seríamos odiados pelo mundo, escravizados, levados a prisões por causa de nossa fé em Jesus Cristo. Chegou o tempo meus irmãos. O amor de muitos está se esfriando. O ódio está no lugar do amor. As forças do Mal são enganadoras. Mas temos a certeza que Jesus Cristo é mais que vencedor. Unidos a Ele somos mais que vencedores. E somente com Ele poderemos vencer. Amemo-nos uns aos outros como Cristo nos ama. "Cristo é o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão através de Cristo."

Perseverança, humildade, paz, amor e bondade. Compartilhamento, caridade, sofrimento. Como Rei dos reis Cristo poderia ter nascido num palácio, mas humilho-se numa manjedoura, sendo Filho do Altíssimo, nasceu pobre e despojado das coisas desse mundo. E nós? Não devemos fazer o mesmo? Quem quiser ganhar a sua vida terrena vai perdê-la. Mas quem a perder por causa de Cristo vai encontrá-la. O que importa é a vida eterna. A carne não serve para nada mas o espírito, o sopro de Deus, é que vive para sempre. Caros irmãos, atendemos ao chamado e ao convite para o banquete celestial. Cristo nos espera, creiamos. Façamos a nossa parte. Custe o que custar. Vigiemos e oremos em todo o tempo. Despertemos para a vida. Agora falta muito pouco para o epílogo. Santifiquemo-nos cada vez mais. Aleluia!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2020

A VIDA É TREM-BALA, PARCEIRO!

 



Não é sobre ter todas as pessoas do mundo pra si
É sobre saber que em algum lugar alguém zela por ti
É sobre cantar e poder escutar mais do que a própria voz
É sobre dançar na chuva de vida que cai sobre nós
É saber se sentir infinito num universo tão vasto e bonito
É saber sonhar
E então fazer valer a pena
Cada verso daquele poema sobre acreditar
Não é sobre chegar no topo do mundo, saber que venceu
É sobre escalar e sentir que o caminho te fortaleceu
É sobre ser abrigo e também ter morada em outros corações
E assim ter amigos contigo em todas as situações
A gente não pode ter tudo
Qual seria a graça do mundo se fosse assim?
Por isso, eu prefiro sorrisos
E os presentes que a vida trouxe pra perto de mim
Não é sobre tudo que o seu dinheiro é capaz de comprar
E sim sobre cada momento, sorriso a se compartilhar
Também não é sobre correr contra o tempo pra ter sempre mais
Porque quando menos se espera a vida já ficou pra trás
Segura teu filho no colo
Sorria e abrace seus pais enquanto estão aqui
Que a vida é trem-bala, parceiro
E a gente é só passageiro prestes a partir
Laiá, laiá, laiá, laiá, laiá
Laiá, laiá, laiá, laiá, laiá
Segura teu filho no colo
Sorria e abrace seus pais enquanto estão aqui
Que a vida é trem-bala, parceiro
E a gente é só passageiro prestes a partir

 

Neste Natal olhem só para Jesus e Seu Reino e buscando-O com o coração, tudo o mais lhes será dado por acréscimo! Boas Festas a todos.


 

terça-feira, 22 de dezembro de 2020

SINAIS EM TODA A PARTE

    Os sinais da volta de Jesus estão no céu, na terra, nos universo todo. A par das calamidades descritas em Mateus capítulo 24, o alinhamento dos planetas Júpiter e Saturno visto nesta semana faz-nos lembrar a estrela de Belém avistada pelos reis Magos quando do nascimento de Jesus.

     Estamos no princípio das dores mas as revelações já são bem evidentes. Tudo está se cumprindo. Precisamos aproveitar esse tempo da graça para nossa conversão, antes que venha o Justo Juiz para nos julgar para sempre. As provações chegam para nós que precisamos ser fortes e corajosos, abraçar nossa cruz dia após dia, seguir o que disse Jesus Cristo no Sermão do Monte (capítulos 5, 6 e 7) do Evangelho de Mateus. Não devemos mais estarmos com o coração nas coisas deste mundo. Quem ama o mundo não pode amar a Deus de todo o seu coração. A nova Aliança é amar a Deus sobretudo e ao semelhante como a nós mesmos. Não há outro caminho para a salvação.

     Vale lembrar que seguindo o caminho do Senhor seremos perseguidos pelo mundo por fazermos a vontade de Deus. Felizes somos quando nos insultam, perseguem, dizendo todo tipo de calúnia contra nós por estarmos firmes com Cristo. Fiquemos felizes e alegres, pois uma grande recompensa está guardada no céu para nós, porque foi assim mesmo que perseguiram os profetas que vieram antes, e por fim, com o próprio Jesus Cristo.

       A radical mudança interior com sincero arrependimento dos pecados são providências imediatas a tomar, enquanto ainda há tempo.

         Que a verdadeira paz de Cristo esteja com todos neste Natal de 2020. Amém!

           ALINHAMENTO JÚPITER E SATURNO (foto Google o municipio.com.br)

segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

CVD SOFREU MUTAÇÃO

   Nem a vacina começa a produzir seus efeitos, já temos mutações do vírus que aumentam em muito sua forma de contágio. A Europa fechou depois que o Primeiro Ministro Boris Johnson anunciou a triste notícia, embora se espere que apesar das transformações a vacina consiga produzir seu efeito desejado.

    O desafio maior agora é isolar o Reino Unido por ser o foco original do novo vírus. A França teme que já pode estar em seu país. Muitos países já bloquearam suas fronteiras com a Inglaterra a fim de impedir a disseminação.

    Novos desafios para a ciência trabalhando contra o relógio implacável do avanço da pandemia. Será necessário muita fé em Deus e reconhecimento de nossa pequenez diante Dele. Está passando da hora dos homens reconhecerem o poder de Deus e crer em Jesus Cristo único Salvador ontem, hoje e sempre.


 

sábado, 19 de dezembro de 2020

O PODER MUDOU DE MÃO (CONTRAPONTO)

 https://blogs.uai.com.br/blogdoneimar/2020/12/03/o-poder-mudou-de-mao/

Clicando no LINK acima temos uma outra visão do Brasil atual e futuro. Respeitemo-la.

 

    Contrapondo o assunto lembramos que Deus é o criador de todo o universo, inclusive tudo o que nele existe, tendo total e completo domínio sobre toda a existência onde quer que esteja, matéria ou espírito. Há conhecimento que só adquirimos com a maturidade. E o único manancial do conhecimento está contido na palavra inspirada pelo próprio Deus através do Espírito Santo. A Bíblia é composta de 66 livros, do livro de Gênesis até o Apocalipse. Foi o primeiro livro a ser impresso e de maior tiragem em todo o mundo. A edição que uso possui 1.746 páginas.

     Não se pretende aqui fazer nenhum resumo sucinto da Palavra de Deus. Senão confrontar algumas passagens nela contida com a existência terrena do homem (que pode chegar aos 120 anos) com a eternidade onde o espírito jamais morre. Vamos começar com o apóstolo João (que escreveu o Apocalipse):

"Não amem o mundo, nem as coisas que há nele. Se vocês amam o mundo, não amam a Deus, o Pai." (1João 2:15)

     E no que escreveu o apóstolo Tiago:

"Gente infiel! Será que vocês não sabem que ser amigo do mundo é ser inimigo de Deus? Quem quiser ser amigo do mundo se torna inimigo de Deus." (Tiago 4:4)

     Portanto, o verdadeiro cristão deve ter pleno conhecimento da verdade. E o que é a verdade? Responde a própria verdade:

"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim." (João 14:6)


                                       JESUS MISERICORDIOSO

quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

UM ANO ÍMPAR

Há um ano atrás, quando estávamos planejando as festas de final de ano, fizemos muitos planos para o futuro de 2020.
Reclamamos muito de 2019
Reclamamos mais  do que agradecemos, não é verdade?
Daí, chegou o tão esperado 2020.
Quantos sonhos e planos...
Quantos planejamentos e expectativas por um ano de número par... dois mil e vinte.
E 2020 foi um ano ímpar
Diferente de tudo que já vivemos até hoje
Famílias separadas
Avós adoecendo sem vê os netos
Netos sem afagos dos avós
Pai e mãe longe de seus filhos
Filhos longe de seus amigos
Partidas sem despedidas
Muito choro sem entender porquê tão rápido
Sorrisos embaixo de máscaras
Rostos cansados com marcas de máscaras
Mãos aflitas a procura de água, sabão e álcool gel
Médicos e profissionais da saúde exaustos
Cidades vazias
Hospitais cheios
Cemitérios lotados de rico, pobre, velho, jovem, crianças, negros, brancos, artistas famosos, anônimos, gente  dos quatro cantos do mundo indo para o mesmo lugar
Um lugar sem volta
Um vírus e milhões de sonhos cancelados
Um vírus e milhões de famílias destruídas
Um vírus e milhões de expectativas trancadas em casas
E você, que lição tirou de tudo isso?
Já agradeceu por ter chegado até aqui?
Você entendeu que os planos de Deus são diferentes dos nossos?
Você entendeu a importância do agradecer?
Você entendeu a importância e  a falta que um  abraço faz?
Você entendeu que a sua família vale muito?
Você entendeu que a ganância por ganhar dinheiro não vale a pena?
Você entendeu que a cor da pele não faz diferença?
Você entendeu a importância de viver o hoje?
Você entendeu a importância de dizer eu te amo pra quem você ama agora?
Você entendeu a importância de pedir perdão a quem você ofendeu?
Você entendeu que bens materiais como:  roupa de marca, o carro do ano e a mansão tão cobiçada nada disso você leva quando vai embora?
Você entendeu a importância dos minutos com seus filhos?
Você sabia que muitas famílias não vão comemorar o natal esse ano?
Você sabia que você é privilegiado em ter a sua família reunida neste Natal?
Você entendeu o que é gratidão?
Gratidão é agradecer a Deus por cada minuto vivido.
Gratidão é ter aconchego da família
É poder respirar e sorrir sem máscaras
Gratidão é poder compartilhar um abraço entre pessoas
Gratidão é viver o hoje intensamente
Gratidão é viver em harmonia
Agora eu te faço um convite:
Vamos orar e agradecer pelo ano de 2020 e planejar menos em 2021?
Vamos somente orar por dias melhores?
Vamos aproveitar mais cada minuto ao lado de quem a gente ama?
Vamos reclamar menos?
Vamos deixar Deus conduzir a maneira Dele?
Vamos refletir o que realmente importa?
Cada minuto vale muito, lembre-se disso!
Cada minuto importa.
Que Deus nos abençoe!
Amém!

(mensagem que circula nos grupos Whatsapp)

segunda-feira, 14 de dezembro de 2020

CHINA ENIGMÁTICA

    China foi o berço do vírus. Ao que consta não vacinou sua população. Não tem segunda onda. Apesar de ter mais de dois bilhões de pessoas teve somente 3.900 mortes. Está exportando todo tipo de insumo para o mundo. Foi o único país a crescer neste ano. Produz vacinas, máscaras e equipamentos como nenhum outro país.

Por que se sabe tão pouco desse país? Por que não mostram ao mundo como fizeram para conter o vírus? Será que ninguém enxerga o dragão? A Globo não fala nada de ruim de lá. Só coisa boa. Estranho né? Alguém ainda duvida que ela vai dominar todo mundo? Em compensação no Brasil e nos Estados Unidos para a Globo e para a maioria está tudo errado. E na China está tudo certo. Mamma mia! 

domingo, 13 de dezembro de 2020

ANO VINTE E VINTE

     O ano cadente marca indelevelmente a mudança radical que está ocorrendo em nosso planeta. Nunca houve nem jamais haverá anos mais turbulentos do que doravante se vislumbra. Não quero ser nenhum pessimista exagerado, porém, os sinais estão apontando para uma terra cada vez mais caótica, sem o amor de Deus presente nos corações dos homens.

"Devido ao aumento da maldade, o amor de muitos esfriará." (Mt 24:12)

     Tudo está escrito nas profecias, será inevitável. O que Deus já traçou desde o princípio vai acontecer, independente da vontade nossa. A ciência está se multiplicando e levará o homem a querer postular o lugar de Deus. A besta fará grandes prodígios que, se possível fosse, enganaria até os próprios eleitos de Deus e ninguém seria salvo. Mas por causa dos eleitos os dias serão abreviados conforme está escrito.

(Cf. Mateus 24:22)

 

sábado, 12 de dezembro de 2020

A OVELHA E O LOBO


    Diz uma comparação que certa pessoa perguntou a um sábio sobre a presença de uma ovelha e de um lobo em nosso coração, qual deles cresceria e qual morreria. O sábio respondeu que viveria aquele que nós alimentássemos. A ovelha é a concretização do Bem, do amor...O lobo é do Mal.

      O evangelho, a boa nova, é cheio de parábolas (comparações) feitas por Jesus Cristo, o Filho de Deus. Em uma delas Jesus compara a entrada para o paraíso com o acesso a uma porta estreita e apertada, a qual poucos conseguem entrar. Já a perdição é comparada à porta larga e espaçosa, a qual muitos entram por ela.

      Nesse compasso, a oração é a forma mais segura de conversar com Deus. Coloco acima um exemplo de oração que é feita diariamente no youtube (e em outras mídias como Facebook etc) pelo pastor Antonio Júnior, há dezoito anos convertido, que tem ajudado mais de seis milhões de seguidores em seu canal do youtube.

      Talvez é a oportunidade que Deus nos dá para rever muitos de nossos conceitos sobre a vida espiritual, infindável, chamada eterna. Aqui na terra viver até cem anos é nada em relação à eternidade.

"O meu povo perece por falta de conhecimento."

(Oseias 4:6)     

    

quinta-feira, 10 de dezembro de 2020

VACINA NO BRASIL JÁ!

    Quem vai controlar o povo rebelde que insiste em não se cuidar na pandemia? Mesmo sabendo que os casos voltaram a crescer (e as mortes em consequência), verifica-se aglomerações amiúde em quase todos os lugares. São festas, praias lotadas, comércio em ruas famosas de compras, onde as autoridades não conseguem controlar. Os decretos, antes respeitados e seguidos à risca, já não produzem seus efeitos desejados. Para agravar, a questão política é mais um ingrediente agravante. Todos deveriam seguir para um mesmo objetivo mas as divisões prevalecem rumo a um verdadeiro caos.
     Está faltando amor no coração das pessoas. No lugar da concórdia, a discórdia; do altruísmo, o egoísmo. Como podemos pacificar o país e remar na mesma direção? Difícil encontrar uma solução na atual conjuntura.
     A vacina está bem próxima. Que venha logo de onde vier. E que a Anvisa aprove sem delongas.


    

quarta-feira, 9 de dezembro de 2020

PREPAREMO-NOS PARA MUDANÇAS RADICAIS


     Imediatamente após a extensa pandemia deste ano, que pode durar por boa parte do ano vindouro, começam as mudanças que mexerão com 80% da economia mundial com novos paradigmas cuja finalidade é o atingimento das metas como o fechamento de milhares de empregos e a instituição do salário básico universal que deixa o cidadão 100% dependente do governo.

     Primeiramente virá a criação da moeda digital universal única (o grande reset) e para tanto o prazo final se estenderia até o ano de 2030, conforme agenda em curso.

     Muitos podem pensar que estamos achando cabelo em ovo ou mesmo, pensar que estamos prevendo coisas absurdas, podem achar esses analistas "fora da casinha". Tudo bem. Mas quem diria que a pandemia iria causar tamanho estrago no mundo? E ela é apenas o começo. Gostaria muito de estar errado e supondo coisas irreais. Porém...Quem viver, verá.

sábado, 5 de dezembro de 2020

DITADURA DIGITAL

 


A NOVA DITADURA DIGITAL

Aristophanes Pereira

          Foi o escritor britânico George Orwell, em 1949, com seu livro “1984”, quem criou a figura tenebrosa do Big Brother, um ente tecnológico que vigiava as pessoas, o tempo todo, tirando-lhes as liberdades. E o fez de uma forma genial que, amplamente, caiu no gosto de milhões de leitores, que se assustaram, por todo o mundo. Nos dias que correm, menos de 70 anos depois dessa previsão romanceada, já convivemos, em quase todos os países, com modelos pequenos e grandes de brothers que, de alguma maneira, interferem na privacidade de indivíduos – como eu e você.

         Outro notável escritor atual, Yuval Noah Harrari, numa futurologia cientifica mais sofisticada, em suas “21 lições para o século 21”, que completa a trilogia com Homo Sapiens(2015) e Homo Deus(2016), ensina e alerta que ou a democracia se reinventa com sucesso numa forma radicalmente nova, ou os humanos acabarão vivendo em “ditaduras digitais”.

         De vez em quando, aqui e acolá, esse assunto me desperta a atenção e até já escrevi algumas linhas, despretensiosamente, sobre esse interessante tema. No apanhado de muitas ocorrências, para o bem e para o mal, não tenho dúvidas de que, mesmo em proclamadas democracias, como aqui no Brasil, já não somos cidadãos livres. Muito se tem escrito, debatido e explorado em filmes e seriados da TV, sobre esse assunto real e contemporâneo, que, entretanto, de tão fantasiado, confunde-se – enganosamente – com ensaios de ficção científica. Parece engraçado, mas é coisa séria!

         Em suporte ao combate ao crime e à corrupção de colarinhos de todas  matizes; em favor da organização de estruturas públicas e privadas rápidas e eficientes; na defesa de procedimentos e engenhos digitais de comunicação em redes sociais, paulatinamente, encontram-se justificativas para comer um naco de nossas liberdades de ir e vir e de comportamentos.

         Aqui, no nosso dia a dia, reparem que quase todas as ocorrências escandalosas decorrem de vazamentos ou rastreamentos de informações digitais, armazenadas em algum big brother da vida. Ninguém escapa, basta ter CPF.

         A expressão “follow the money”(siga o dinheiro) é a gazua que abre todos os caminhos de investigação, a menos que você não exista sob a forma de algum tipo de dinheiro: conta bancária, cartão de débito/crédito, ações, boletos, TED-DOC, PIX e assemelháveis. E mesmo que use dinheiro físico, já é suspeito quem o carrega em malas, nos bolsos, ou na cueca. “Rachadinhas”, tão rotineiras e “inocentes”, em passado recente, assombram, hoje, espertos, porém descuidados arrecadadores, nas melhores famílias. O Coaf que o diga.

         Estamos vivendo um novo tempo, no qual até os segredos de alcova podem ser desvendados em segundos, pelo GPS num celular, pela câmara escondida no abajur, ou por um chip nos botões da blusa... Apesar de leis de proteção de dados, inconfidências do Big Data e da Internet das Coisas vão imperar em todos os níveis: desde graves segredos de estado, entre nações – como a briga pela tecnologia 5G – até as menores picuinhas, no WhatsApp ou Face Book, de casais ciumentos. É, realmente, uma nova forma de ditadura, a digital.

Jaboatão dos Guararapes, 4/12

 


 
Foto do livro GUERRA AO DINHEIRO, de David McRee