segunda-feira, 23 de novembro de 2020

SOLUÇÃO REAL OU PALIATIVA?

 NÃO EXISTE 'segunda onda' de covid!!!
Assim como não existiu 'primeira onda', pelo simples fato do vírus nunca ter sumido e de que ele nunca sumirá (pelo menos em curto e médio prazo)!
Não adianta você ficar em casa, não adianta você tomar banho de "alkingel", esterilizar seu pacote do mercado com luz UV, tossir no braço e etc.
Não há como você não ter contato com esse vírus!
É igual à herpes, todo mundo já esbarrou nela!
Vai esperar a vacina? Ótimo! Mas não espere que ela chegue até você antes do meio do ano que vem! Isso se for possível uma vacina!
Uma coisa que não falam pra você é que, até o momento, a cobertura imunológica é de 4 meses, e uma vacina com cobertura de 4 meses é inviável!
Vai trabalhar? Ótimo! Você precisa, sua família precisa!

Vai ficar em casa até 2022? Ótimo!
Não vai a bares e restaurantes? Ótimo!
Vai tomar uma cerveja com os amigos e comer uma carne? Ótimo!
Só parem de choramingar e achar que a raça humana será exterminada com o corona! PORQUE NÃO SERÁ!
No máximo, Eu ou você poderemos morrer, mas isso não fará a menor falta para a humanidade!
Colapso no sistema de saúde?
Quando foi que o sistema trabalhou com folga?
Quando e quanto foi gasto em hospitais de campanha que não foram usados?
A culpa do aumento de casos é do feriado, da população, do clima, dos astros, da Space X?
Não! É do vírus mesmo!
A cada 3 ou 4 meses você pode ser infectado novamente! Tipo gripe comum, H1N1, herpes, e tantos milhares de doenças que até Janeiro de 2020 você não tinha a menor preocupação!
O vírus está aí e vai ficar pra sempre, você querendo ou não, você ficando em casa ou não, e não será a vacina sua salvação!
O sarampo foi erradicado? A poliomielite foi? Caxumba? Febre Amarela? Não!
Lave as mãos, tome sol, faça exercícios e VIVA A VIDA!
É tudo o que pode ser feito de fato.

(Retirado de um grupo de WhatsApp)

quarta-feira, 18 de novembro de 2020

O FIM DO DINHEIRO FÍSICO

   O próximo lance dos que projetam um reset financeiro mundial será acabar de vez com o dinheiro físico, o chamado meio circulante.

    A chegada do PIX é o primeiro passo e a extinção do papel moeda poderá começar ser implantada já no decurso de 2021. O Reino Unido já está abolindo suas "ATM" (máquinas de pagamento em espécie) e será seguido pelos demais países, pelo menos é o que se percebe da agenda global.

    A pandemia, agora na segunda onda já prevista, contribui para essa tendência, uma vez que o contato com o papel que circula em inúmeras mãos diariamente pode ser fator de disseminação do contágio.

     O futuro é de causar espanto mas tudo já está determinado pelo Criador desde o princípio. Em breve começarão grandes mudanças no planeta, como nunca antes houve nem jamais haverá. Poucos crerão no Deus Verdadeiro (de Abraão, Isaque e Jacó); em seu Filho Salvador Jesus Cristo (único mediador entre Deus e os homens) e na ação do Espírito Santo (de quem somos o templo). "Quem crer será salvo" (Mc 16:16)

sexta-feira, 6 de novembro de 2020

CENTENÁRIO DE NILO DE SOUZA COELHO

OS 100 ANOS DE NILO DE SOUZA COELHO

Aristophanes Pereira

        Nesta última segunda-feira, 2 de novembro, dia da tradicional  homenagem aos finados, vi que a pitoresca e valorosa cidade de Petrolina prestou uma justa homenagem póstuma a seu filho ilustre – Nilo de Souza Coelho – pelo transcurso do 100º aniversário de seu nascimento.

        Além de destacar passagens notáveis da vida política do ex-governador de Pernambuco(1967-1971), o noticiário lembra que “foi ele quem ligou o litoral ao Sertão por uma malha asfáltica imensa”, no curto quadriênio de seu mandato.

        Sou um ardoroso admirador do Dr. Nilo, porquanto tive a distinção de conhece-lo, na sua dedicação à coisa pública, na sua determinação de construtor e pela sua coragem cívica. Realço, na minha proximidade, três de suas obsessões, dentre os projetos de seu governo: aquela que se tornaria a sua “marca de estradeiro”, a modernização e ampliação do banco do estado e a sua devoção ao sertão natal.

        Não foi tarefa fácil levar e pavimentar a estrada até sua Petrolina. Tempo curto e recursos escassos. A obra começou com a força do DER, sob a batuta de Erasmo Almeida. Esperava-se a chegada de um empréstimo, imprescindível, de US$10 milhões(estimo, hoje, equivalentes a uns US$70 milhões), com aval da União.  Bandepe e DER contrataram, ousada e antecipadamente, a “emissão de dinheiro”, para pagar fornecedores, sob a forma de Notas Promissórias do DER, com aval do banco e com a coragem do Governador. No final, deu tudo certo. Não sem antes levar um “puxão de orelhas” do Dr. Ernane Galvêas, então Presidente do  Banco Ce

tral – guardião da moeda –  que “engoliu” as “emissões”  consumadas de Pernambuco e, também, da Bahia.

        Nesse meio tempo, com a retaguarda do Secretário da Fazenda e irmão, Oswaldo Coelho, o Governador deu cobertura à reorganização e modernização do Bandepe, com a rápida expansão da sua rede de agências, que chegou ao Rio de Janeiro e, finalmente, a construção do moderno edifício-sede(1970), projetado pelos arquitetos Acácio Gil Borsoi e Janete Costa. Hoje, habitado pela moderna tecnologia do “Porto Digital”, o edifício traz a marca da fortaleza de Nilo Coelho, na estátua em granito do “Remeiro do São Francisco”, plantada em frente ao prédio, olhando o Capiberibe.

        Petrolina, que tanto reclamava, merecidamente, uma agência do Banco do Brasil, perdia a parada por força do lobby baiano, em defesa da exclusividade para a antiga agência de Juazeiro, do outro lado do rio. Quis o destino que nos encontrássemos, novamente. Nilo na presidência do Senado, e eu de volta à minha Casa, na Diretoria para o Nordeste(DINOR). Petrolina, finalmente, inaugurou a sua tão desejada agencia do Banco do Brasil. Foi um dia festivo, nos idos de 1979, com a prestigiosa presença do Presidente Ernesto Geisel e da diretoria do banco, numa simbólica inauguração de 100 agências – em todo o país, no mesmo dia – a partir de Petrolina. Foi a última inauguração, de obra começada e terminada, de que participamos. Belo adeus. Requiescat in pace Dr. Nilo.

Jaboatão dos Guararapes(PE), 4/11/20

Fotos do meu arquivo. Superior: cerimônia de inauguração da agência do Bandepe, com prestigiosas presenças do Governador da Guanabara(Negrão de Lima), Ministro Manoel Costa Cavalcanti, Nestor Jost, presidente do BB, dentre outras. Inferior:  Momento de descontração entre o General e o soldado.