sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

SEM CRIAR MAIS POLÊMICAS E CONTENDAS

    Está contido na Sagrada Escritura que não devemos levantar contendas entre irmãos. Um princípio básico do Cristianismo cujo sustentáculo é o amor sem limites ao próximo quer seja amigo ou inimigo, justo ou injusto, grego ou troiano. Diz Jesus que "nisso conhecereis que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros".
     Com efeito, se queremos pertencer ao Cristianismo, é fundamental seguir a Cristo, ontem, hoje e sempre. A oração do Pai Nosso nos diz a quintessência pragmática do sentimento cristão. "Perdoai-nos ó Pai assim como nós também perdoamos e seja sempre feita a vossa vontade, tanto na terra como no céu."
      Em vista dos sábios ensinamentos do Livro Sagrado (a Bíblia), nossas atitudes não podem ser outras senão curvar-se diante das evidências. As discussões fora do contexto bíblico sempre serão estéreis ou inúteis. Realçar este ou aquele governante é pura insensatez, frivolidade que deve passar longe do verdadeiro cristão. Foi esta a razão pela qual deletei a minha postagem anterior, alertado por amigos de verdade que me fizeram reconsiderar. Agradeço-lhes por isso.
      No mais, é comentar sobre o já decidido descasamento de nossas aposentadorias com o INSS. A partir de março receberemos por outros bancos indicados, lembrando que cabe, a quem desejar, fazer a portabilidade para o banco de sua preferência. A questão da correção do IR vamos deixar que seja publicada eventual decisão.
      A todos um 2020 de muita paz e amor!

9 comentários:

rubens goulart disse...

Isso mesmo, Caro Ari Zanella, temos que evitar maiores contendas, pois a vida, em seu curso, já é de dificil a sua caminhada, tudo de bom a todos.

Ari Zanella disse...

Por causa dos comentários feitos, deixarei no ar a postagem anterior por alguns dias...

Unknown disse...

Qual o percentual de reajuste das pensões??

Ari Zanella disse...

Colega 13:39

O percentual precisa aglutinar o INPC 12/2019 que só será conhecido lá poelo dia 7 ou 8 de janeiro. A expectativa é em torno de + ou - 4%

Unknown disse...

não vi comentário em nunhum lugar sobre o reajuste da tabela de importo de renda para 2020 ?????

Ari Zanella disse...

TEM ESSA NOTA NAS REDES, MAS NÃO É OFICIAL


Bolsonaro diz que irá elevar isenção do IR para R$ 3 mil; Hoje é R$ 1.904
A expectativa é que a mudança comece a valer na próxima declaração do IR, em 2020. Subir a faixa de isenção representa reajuste em 57,6%; Saiba mais!

Por Blender Barbosa
26 de dezembro de 2019

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, no dia 23 de dezembro, que subirá o limite do qual o contribuinte é obrigado a declarar o Imposto de Renda. Segundo ele, a decisão está na reta final. Ele pretende que o teto passe dos atuais R$ 1.903,99 para R$ 3.000. Se confirmado o valor, quem ganha até R$ 3.000 por mês, em média, terá garantida a isenção do IR.

Durante entrevista no Palácio da Alvorada, Jair afirmou que o secretário Especial da Receita Federal, José Tostes, faz projeções para aumento do valor. “Quem paga Imposto de Renda nessa faixa, quando chegar em março e abril do ano que vem, ele tem nota fiscal, ele recupera tudo de volta”, salientou o presidente.

“Se a gente pode evitar essa mão de obra enorme para a Receita, para o cara que às vezes tem que procurar um vizinho, um filho, tem dor de cabeça para fazer essa declaração do Imposto de Renda, passa o limite para R$ 3 mil. Para mim, o ideal seria R$ 5 mil, mas aí o impacto é muito grande. Mas se tá em R$ 2 mil e passa para R$ 3 já começa a sinalizar, realmente, uma desburocratização”, acrescentou Bolsonaro.

No início de dezembro, o presidente revelou que pretendia subir o teto de R$ 1.903,99 para R$ 2.000. No período de campanha eleitoral, a promessa era subir limite para cinco salários mínimos (R$ 4.990, em 2019).

Impacto
Segundo Bolsonaro, a expectativa é que a mudança comece a valer na próxima declaração do IR, em 2020. A elevação de mais mil na isenção representa 50% do valor total do anúncio inicial. Na declaração de 2019, estava isento quem ganhava R$ 1.903,99 por mês. Subir a faixa de isenção para R$ 3.000 significa, portanto, reajustar a faixa em 57,6%.

Calerá disse...

Eu acredito que declaração do ir de 2020 não muda nada porque é referente a 2019. Vai mudar o IR na fonte e a declaração de 2021 que será referente 2020. O INPC de dez-19 será divulgado no dia 10 de janeiro cfe. pode ser visto no site do IBGE no calendário de divulgação de índices. Desculpem a intromissão mas é só para participar um pouco. Antônio Calerá-0.869.760-4.

Ari Zanella disse...

Valeu Calerá,

Informações precisas. É isso aí mesmo.

Unknown disse...

Ari,
Voce foi muito feliz em falar sobre a abominação que a Bíblia faz daquelas pessoas que levantam contendas entre irmãos. Isto no Antigo Testamento.
No Novo Testamento Jesus vai mais longe.
Ele chega ao limite de oferecer a outra face a quem lhe agride.
Pede para aqueles que julgam que tenham direito a túnica levem também a capa.
Ele não quer saber de contendas.
Muitos não aceitam estes ensinamentos de Cristo.
Mas experimente em 2020 utilizar os ensinamentos de Jesus e se espantará com os resultados.
“Não devolva o ódio com ódio, mas vença o ódio com o amor”.
Feliz 2020 a todos na paz de Cristo
Celio