terça-feira, 12 de novembro de 2019

CAFEZINHO

"Primeiro criaram a "progressão de regime", reduzindo as penas dos criminosos a 1/6 da sentença, e nós ficamos calados.

Depois estenderam a "progressão de regime" aos crimes hediondos. Achamos estranho, mas continuamos em silêncio.

Criaram a "visita íntima" para que os criminosos fizessem sexo na prisão, e ficamos quietos. "Eles também têm direito", nos disseram. Até os estupradores.
Criaram a "remissão de pena por leitura" para reduzir ainda mais a pena para cada livro "lido" pelo preso, e achamos interessante.

Depois criaram as "saidinhas temporárias" em 7 feriados por ano, e nada dissemos.

Criaram o “auxílio reclusão”, maior que um salário mínimo, a ser pago aos criminosos presos, e muitos de nós o defenderam como uma medida justa.

Quando o CNJ criou a "audiência de custódia", com a única finalidade de verificar o bem-estar do preso e livrá-lo da cadeia em 24 horas, nem fomos informados.

Depois criaram o ECA e a Lei do SINASE, garantindo a impunidade dos criminosos com menos de 18 anos. Nem ousamos sussurrar qualquer protesto, temendo ser acusados de querer "encarcerar nossas crianças".

As ONGs dos "Direitos Humanos" se uniram contra a construção de presídios. Depois, diante das celas superlotadas, pediram piedade para os criminosos. "O Brasil prende demais", anunciaram em uma grande campanha. Acreditamos em tudo isso. Esquecemos das vítimas.

Demonizaram a polícia, e assistimos passivos à caça aos policiais.

Ensinaram às nossas crianças, por todos os meios possíveis – até na escola - que drogas são inofensivas, e fazem parte de um estilo de vida descolado e moderno. Depois glamourizaram os traficantes - "meros comerciantes varejistas" - e continuamos assistindo às novelas, minisséries e filmes sem protestar.

Proibiram o cidadão de portar armas, ao mesmo tempo em que facções passaram a portar armamento de guerra - e nos convenceram que assim estávamos mais seguros.

Enquanto destruíam nosso sistema de justiça criminal estávamos ocupados trabalhando, criando nossos filhos e pagando boletos.

Até que um dia percebemos que todo mundo já tinha sido assaltado.

Até que passamos a viver com medo permanente.

Até o dia em que o STF declara que só vai ser preso quem não tem um bom advogado.

Até o dia em que soltam um político criminoso que chegou ao mais alto cargo do país e mergulhou a nação na lama.

Esse dia é hoje.

E os protagonistas agora somos nós.

35 comentários:

Anônimo disse...

Bem isto Professor MAS o foco é pressão nos políticos pela PEC da 2a instância. Não vamos cair na onda de fazer manifestação pra tirar ministro de STF que aí a PEC fica esquecida e é engavetada. É isto que a maioria dos políticos quer. Depois da PEC voltamos a carga pra manifestações contra o STF.

Soupreviplano1 disse...


Meus amigos,
Tiraram-nos o BET e não dissemos nada, impuseram-nos a cobrança das contribuições à Previ e não dissermos nada, cobraram-nos uma contribuição extra para a Cassi e também não dissemos nada, suspenderam-nos a renovação do ES, não dissemos nada. E agora, a próxima investida contra nós, aposentados, vai ser a extinção da Cassi. Vamos continuar calados?
Gente, chega de tanta burrice por porte de nós.
Nesse referendo, vou repetir o "N Ã O"
Abraço.

Anônimo disse...

Prezado Ari,
Excelente texto. Há poucos dias tomei conhecimento de uma frase ou pensamento do escritor Lima Barreto, expressa há mais de 100 anos:" O Brasil não tem povo; tem publico". Se tivesse povo, provavelmente o STF não teria tomado aquela decisão do ultimo dia 7; mas somos publico: apenas ficamos sabendo das coisas que os outros fazem e somos comunicados do que aconteceu. Simples assim.
Quanto à CASSI, meu voto é SIM e mil vezes SIM. não sou TOLO.

Anônimo disse...

A solução é Bolsonaro , Moro e Guedes!kkk

Paulo César Fernandes disse...

Caro Mestre, a Previ aumentou o Empréstimo Simples de R$165.000,00para R$170.000,00. Nada de 180 x 180.Abraços.

Unknown disse...

Ari,
Já fiz varias sugestões de reduzirmos os custos da Cassi acabando com as CliniCassi, o PAF, etc e ninguém falou nada.
Gente, o modelo Cassi é do tempo em que éramos considerados “marajas” e ganhávamos muito bem obrigado.
Hoje são outros tempos.
Se quisermos que a Cassi dure temos que que reduzir custos na mesma proporção de redução das receitas. E matemática simples do tipo as despesas tem que bater com as receitas. Se a receita diminuir tem que ocorrer o mesmo com as despesas
Mantido o modelo vigente não vai dar.
Mas temos muitos colegas orgulhosos que não tem visão de cenário.
Pior pra nós que logo logo estaremos sem Cassi.
Mesmo com o sim ganhando temos que reduzir despesas. Que diretoria é essa?
Celio

Ari Zanella disse...

Amigo Paulo César Fernandes,

É pouco mas ajuda muito. Quem possuir MC para tirar terá mais folga no final de ano/início de 2020. Eu pretendo pegar estes 5 mil exclusivamente para amortizar outros empréstimos com juros mais altos. Agradeço muito à PREVI que atendeu, embora muito parcialmente, as sugestões feitas na postagem de 07.11.19 CADASTRO POSITIVO NA PREVI.

Felipe Osório da Silveira disse...

A PREVI pode aumentar para R$400.000,00 quem não tem margem não muda nada.

Anônimo disse...


Colegas,
Só voto SIM se a Previ suspender as contribuições, melhorar o ES, devolver o restante do BET e tornar permanente esse benefício.
Obrigado

Nao disse...

Parabens amigo Felipe Osório gostei tem toda razão

Nao disse...

Felipe tem pessoas q aceitam migalhas essa é a verdade não temos margem essa é a verdade vc tem razão parabéns por sua postura

Anônimo disse...

Amigo Ari, peço que deixe por mais tempo o que vc publica. Não da tempo nem de ler.
Quando entro aqui, já é outra postagem.
Vai com mais calma. O bom de uma postagem é o conteudo.
Quantidade nada diz.

Anônimo disse...

COLEGAS


Bom dia,

A Previ elevou o teto do Empréstimo Simples para R$170.000,00.Em janeiro/2020 deveremos ter a tão grande esperada correção dos proventos em torno de 3% e sendo assim ainda que quase precisando de lupa para ver, teremos em contrapartida o AUMENTO DA MARGEM CONSIGÁVEL para o EMPRÉSTIMO SIMPLES.
Talvez fosse melhor esperar até de 20/JANEIRO/2020 para efetuar novos empréstimos ou renovações.
SINCERAMENTE, FALTAM-ME NEURÔNEOS PARA ENTENDER MAS PORQUE NÃO SUSPENDERAM O PAGAMENTO DE PELO MENOS 03 MESES DAS PRESTAÇÕES DO EMPRÉSTIMO SIMPLES PARA DAR UM ALÍVIO PARA OS COLEGAS.
É DEMAIS.
Abraços

Anônimo disse...

A Previ já tem um critério fixo para aumento do ES.O aumento do limite tem sido mais ou menos o mesmo todos os anos e não adianta pedir ou implorar.Fizeram o que já era esperado.

Anônimo disse...

- O limite atual (R$165.000,00) eu não posso levar nada(Ausência de MC). Por mim pode botar para Um milhão.

Blog do Ed disse...

Prezado Celio
Você está certo: é preciso cortar despesas; precisamos limitarmo-nos às despesas com a saúde, de verdade.
Edgardo Amorim Rego

sss disse...

Você está trocando as bolas, amigo. O assunto em questão é referente à cassi, e não previ. Vote NÃO na cassi e não a tera nunca mais. Ou seja, perderá a cassi e não conseguirá nada com a previ. Vai vendo!!!

Anônimo disse...

Professor Ari,

Será que eles dispensarão as 6 parcelas pagas para a renovação do ES?

sss disse...

Esse aumento de limite da previ já está vigorando? Se sim, meu limite não aumentou um derréis.

Anônimo disse...

O valor do ES para o Previ Futuro foi de 7 mil (sete mil reais). Foi de 63 mil para 70 mil.
O do Pb1 foi de 5 mil. De 165 mil para 170 mil.
Why ? Why oh Why ?
CLINI CASSI : É bom , é beneficio para o plano ou é um peso morto/negativo no balanço das contas ?

Anônimo disse...

Retirar o valor do Empréstimo Imobiliário do cálculo da MC q seria bom para todos a Previ NÃO fez, aumentar 5mil no ES não adianta nada para quase ninguém.

Anônimo disse...

Na primeira noite eles se aproximam
e roubam uma flor
do nosso jardim.
E não dizemos nada.
Na segunda noite, já não se escondem:
pisam as flores,
matam nosso cão,
e não dizemos nada.
Até que um dia,
o mais frágil deles
entra sozinho e nossa casa,
rouba-nos a luz e,
conhecendo nosso medo,
arranca-nos a voz da garganta.
E já não podemos dizer nada.

Eduardo Alves da Costa

Anônimo disse...

,Prezado Ari,
Acho interessante alguns (poucos) colegas que pregam o Não, como se tivéssemos outra escolha. Isso aqui é Brasil. Se até a prisão apos julgamento em segunda instancia caiu e a população não reagiu, imagine o nosso probleminha interno com a Cassi...

Anônimo disse...

Os filhos não foram receber o pai saindo da prisão.

O liberto não ficou com a família, filhos, netos...

Não foi visitar os túmulos da esposa, do irmão e do neto mortos recentemente.

Foi fazer palanque, entrar em jatinho, comer do bom e do melhor e fazer palanque político de novo.

Esta carniça não valoriza ninguém, nem mesmo sua família!

Anônimo disse...

Aos militantes do "NÃO": historicamente perdemos todas, isso é fato, mas realmente ficamos calados? Não resultaram infrutíferos os apelos à justiça, à política, aos nossos "representantes", na rua ou em outras praças? Desta feita, por favor, digam-me se o NÃO que tanto defendem ganhar, quais serão os desdobramentos da CASSI, ES, BET, etc. Pelo que me consta, o NÃO já ganhou nos dois últimos pleitos e nada de melhoria no ES, retorno do BET, etc., a não ser o aumento do endividamento da CASSI, indiferença do patrocinador, intervenção da ANS, enfim, a situação complicou mais ainda. Agora, se a intenção é acabar com tudo, sem dúvidas, lograrão êxito.

Anônimo disse...

O povo vai morrer trabalhando depois dessa reforma; os jovens vão receber 1,5 SM se quiserem trabalhar; menos direito e mais obrigações;por que se preocupar com planos de saúde de gente que ganha mais de 10 SM e são pós-laboraise não contribuem em nada, só dão despesas? Deixem se virar com o SUS! E tem gente que ainda aplaude esse governo! Cheguei a conclusão que esse presidente é um mito mesmo.

sss disse...

O anônimo das 16:33 nao é diferente do lula. Talvez seja até pior. Quer conhecer melhor uma pessoa, observe suas explosões, principalmente as de ódio. O hipócrita engole um elefante e coa um mosquito.

Anônimo disse...


Professor Ari,

A prestação de plano de saúde do mercado é cobrada mediante débito em conta, porque o segurado é o maior interessado em manter em dia os pagamento do seu plano, sob pena de ser excluido e perder as garantias e os benefícios.

Portanto, acho que viável, racional e favorável as duas partes, que a CASSI passe a adotar a cobrança da parcela mensal em débito em conta de depósitos (Débito Automático Autorizado), sem o obrigatório trânsito pela FOPAG. A medida não iria acarretar prejuízo algum, dado que é prática consagrada pelo mercado que operacionaliza planos de saúde.

O benefício efetivo para os associados da CASSI, com a exclusão dessa consignação mensal e obrigatória da fopag, iria refletir no aumento da Margem Consignável do ES, de vital importância para quem quer contratar o empréstimo simples com o uso de maior limite de crédito.

Aliás, os aposentados do BB que não recebem os seus benefícios do INSS, através do Convênio PREVI/INSS, isto é, sem trânsito pela fopag, pagam as suas contribuições sobre essa parcela a favor da CASSI por débito em conta bancária, sem problema algum.

A bem da verdade, o plano de saúde não é nenhum tipo de empréstimo para ter o seu valor mensal consignado em fopag. Se assim fosse, a exigência do trânsito do pagamento do prêmio do seguro-saúde em fopag para ter acesso a plano de saúde iria alijar a maioria da população brasileira que não é assalariada.


Anônimo disse...

http://blogs.correiobraziliense.com.br/vicente/bb-esta-sendo-preparado-para-ser-vendido-a-estrangeiros/

Anônimo disse...

Para renovar o ES 13 só depois do dia 20?

Anônimo disse...

Ao comentario das 16.33 de 13/11/2019.
Tambem não foi visitar o amigo Palocci.

Anônimo disse...

Prezado Anônimo das 20:34 a título de informação, a contribuição para a Cassi não afeta no cálculo da MC.
Saudações

Ari Zanella disse...

20:55

Dia 19.11.2019 com o crédito para 21.11.2019.

DESCONHECIDO (EDITADO) disse...

AO Anônimo DAS 13/11/2019 17:42 Caro anonimo tudo isso faz parte de uma tática de ir vencendo pela insistência e postagens de que a CASSI vai quebrar, terrorismo psicológico, rezo a Deus que não consigam aprovar pois estaremos já com data marcada no final de 2021 para entrar em deficit novamente e em situação pior do que agora. 2-Todas as mudanças de Estatuto feitas até agora só fizeram piorar a situação, a inadimplência na Cassi é zero, é um plano que não visa lucro, mas...3-A Cassi já perdeu credibilidade faz tempo na area medica, por culpa de vários medidas tomadas que resultaram em descredenciamentos a pedido dos médicos, fui na clinica Cassi e me mandaram pra um especialista, tentei marcar e só tinha vaga pra dezembro. 4-A contribuição do patrocinador era de 1,5 o nosso valor e fixaram em 4,5% a nossa é de 3% e mais uma taxa extra de 1% que acaba em dezembro e querem aumentar para 4% sem aumentar a deles que vai continuar em 4,5%, querem cobrar por dependente, coparticipaçao e o diabo a quatro. 5-Quando chegar em dezembro de 2021 acaba a taxa de administração que eles querem pagar ate essa data donde deduzo que vai começar o rombo novamente e seremos novamente chamados para cobrir. QUEM QUISER VOTAR PELO SIM QUE VOTE, MEU VOTO É NÃO, NÃO E NÃO.

Ari Zanella disse...

Desconhecido (15:02),

Não é má vontade ou falta de respeito por não publicar. Precisei editar o seu texto porque continha suposições que não se tem prova. Ex: auditoria no órgão e determinado elemento que trabalhou na Clínica CASSI e teria afirmado que na CASSI tem disso e daquilo. Amigo, SEM PROVAS, não podemos afirmar NADA. Pode ensejar processo judicial. E daí quem vai responder? O tal DESCONHECIDO ou o blogueiro? Precisamos ter coragem de se identificar e assumir aquilo que afirmamos, meu caro.