domingo, 4 de agosto de 2019

TODOS DEVEMOS ACREDITAR

    Sem demagogia, eis um resumo de quase dez minutos de realizações alcançadas para o bem do povo brasileiro. Sem falar no maior lucro obtido pela Petrobras no 2º trimestre de mais de 18 bilhões de reais.
   Em paralelo, a fala do excelente ministro do STF, Luís Roberto Barroso, feito nesta semana em São Paulo, trata de forma singela o modo estrábico como alguns veem as investigações de autoridades pelos vazamentos fraudulentos. Muito bom senhor ministro!
A palavra de Barroso está no site da Globo.com neste link:
https://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2019/08/02/ministro-barroso-fala-sobre-caso-dos-hackers-ha-mais-fofocas-do-que-casos-relevantes.ghtml

4 comentários:

Unknown disse...

Ari,
Bolsonaro governa para o Brasil. Mas tem atitudes conflitantes.
Primeiramente Bolsonaro fez declarações criticando o Nordeste.
Agora a Caixa discrimina o povo brasileiro pagando, no caso do FGTS, primeiro para seus correntistas. Afinal de contas, a liberação de R$ 500 é um ato da Caixa ou do governo federal? Se for do governo federal os prazos deveriam ser iguais. Ou não? Desde quando eu preciso ter conta na Caixa para receber um direito meu?
Por estas e por tantas mais outras vai se desgastando o governo.
Celio

Ari Zanella disse...

Até tu Célio?
Não critica coisas irrelevantes.
O Nordeste está sendo muito bem tratado, sem assistencialismo.
Nunca vi um presidente ser tão cobrado como este está sendo.
Não te baseies nesta mídia aparelhada. Falando em aparelhamento do Estado, o novo governo está começando a desaparelhar. Já caiu o presidente do INPE e vai cair a presidente do INMETRO. Adeus ao monopólio das tomadas elétricas de 3 pinos!
E vem aí muito mais para melhorar o país. A equipe de ministros é uma das melhores que o país já teve.
Obrigado por participar.

Blog do Ed disse...

Sou bolsonarista, mesmo com todas as limitações de mente e humor do Presidente. Mas, o PResidente foi eleito para três coisas: acabar com a corrupção (expulsar os vendilhões que infestam os salões do templo da Pátria), acabar com a corte de Brasília e das finanças restritas ao compadrio (dividir o pouco peixe e pão com a multidão) e, por fim, por o povo todo a trabalhar (fraternidade como base, ordem como meio e progresso como finalidade). Muito simples: ORDEM E PROGRESSO!
Edgardo Amorim Rego

sss disse...

Fala sério. Como o cara vai acabar com o que ele e família fazem parte? Cada uma.