segunda-feira, 13 de maio de 2019

RABISCOS NA NOVA TÁBUA

     Passei alguns instantes folheando o relatório da PREVI de 2018 descartando muita coisa inútil que tem ali, uma delas entoar loas ao Conselho Consultivo, como se ele fosse consultado para alguma coisa! Trata-se de mero gastador usado nas eleições para ajudar a caçar votos para as chapas, e acomodação de executivos do patrocinador que estão ali para "treinamento" em possíveis futuros aproveitamentos em diretorias ou CD da própria PREVI.
      Ative-me mais demoradamente no painel de pessoas que compõem o quadro associativo. Em 31.12.2018 somos 113.173 participantes, distribuídos nesta proporção:
72,2% aposentados; 18,8% pensionistas: 9% ativos. Eis os números:
Aposentados  -  78.055
Pensionistas   -  21.258
Ativos             -     9.694
Não menciono aqui os contribuintes externos.
      Podemos, por dedução, checar os números de óbitos ocorridos a cada ano, Vamos a eles:
Em 2014 o total de pessoal era 116.863; em 2015 foi de 115.929; em 2016 temos 114.943; em 2017 chegamos a 114.030 para finalmente os 113.173 em 2018. Assim, diminuindo os números de um ano pelo anterior, chegamos ao seguinte quadro de falecimentos anuais:

2015 - 934 mortes
2016 - 986 mortes
2017 - 913 mortes
2018 - 857 mortes

     Não considerando os ativos, o número anual dos que "abotoam o paletó" é em torno de 1%.
A PREVI prevê para o PB1 o pagamento de benefícios até 2090 (segundo o Relatório). Sob essa ótica faz sentido a implantação da nova Tábua Matusalém. Se você não concorda, deixe seus comentários sob outros pontos de vista.
 
 

40 comentários:

Cadé disse...

Ari, registro o meu voto de aplauso a ti. "sobre esta ótica a tábua de Matusalém faz sentido". Assim, mostra a tua grandeza, combate o bom combate. Mas, reconhece aquilo que faz sentido.
Considerando a tábua de Matusalém, poder-se-ia proceder alguns reajustes na concessão do ES. Ou seja, como há uma correlação entre índice de mortalidade e FQM, por exemplo, então como ocorreu mudanças nos índices de mortalidades é cabível/recomendável alguns reajustes na tabela de cobrança do FQM (os índices poderia ser melhor diluídos entre as idades dos tomadores, pois atualmente o índice onera, excessivamente, os tomadores mais idosos). Simples assim, se a perspectiva de vida aumenta, o risco de morte se reduz, consequentemente os mais idosos passam a fazer parte de uma faixa com menor risco de morte, e que deveria pagar menos FQM.

Bem! Quando queremos ajudar/socorrer, encontramos sempre motivação e razão para tal. Mas, quando não queremos fazer, qualquer desculpa vale.

Cadé

Ari Zanella disse...

Amigo Cadé,

Muito oportuno e realista o seu comentário. Exatamente como você diz, a PREVI olha unicamente um lado da moeda. Invariavelmente o lado do patrocinador. E nós ficamos a ver navios. Parabéns pela tua sábia observação.

"Se Deus é por nós, quem será contra nós???" Rm 8:31

Anônimo disse...

Pessoal da nossa Previ quando vocês vão dar uma alternativa no ES para amenizar um pouco que seja as finanças de quem está em dificuldades? Existe outra saída?

Anônimo disse...

Funcionários, Aposentados, Pensionistas,

Quem fechará a roda em 2090?
A partir de 2019 quem viverá mais 71 anos?
Insana TÁBUA!
chamem O MALBA TAHAN, para explicar.

Anônimo disse...

Emérito Professor ZANELLA;


Quanto à “votação” na CASSI, estou “em cima do muro”. Alguém me empurre.

Anônimo disse...

Mais outra falácia da Previ. Se todos os atuais ativos do PB1 entraram no plano até 1997(quando foi fechado), os mais novos, se entraram com vinte anos, em 2090 terão 113 anos.Quantos participantes hoje terão essa idade? Talvez uns 100? ou 200?

Anônimo disse...

Em 2090 o estarei com 133 anos de idade. Considerando que o homem mais velho do mundo tem 134 anos, tenho boas perspectivas de chegar lá! Na atual crise, não será difícil arrumar uma concubina de 16 anos pra trocar as minhas fraudas em troca de uma pensão até 2090. Postura nada imoral e nem de velhinho trambiqueiro; está em sincronia com as notas da dança das cadeiras dos jetons, diretorias, conselhos, remuneração variável, sem-teto, etc.

Anônimo disse...

O meu voto é NÃO.

jair mario bork disse...

Caro anônimo das 11:10
Segundo o relatório da PREVI , em 31.12.2018 a composição dos "Matusalens" era a seguinte:
entre 90 a 104 anos : 946 associado
com 105 anos ou mais: 2 associados
acredito que com 113 anos não haja nenhum.

Anônimo disse...

Mestre Ari,

NÃO VAMOS BAIXAR A GUARDA. É EXATAMENTE ISSO QUE A PREVI QUER. TEMOS QUE PRESSIONAR.

Anônimo disse...

Mestre Ari,

Concordo com a PREVI. Ela tem razao : Estarei em 2090, com 138 anos.

Anônimo disse...


A atuaria, que rege nossos planos.



O atuário é o profissional preparado para mensurar e administrar riscos. Seu trabalho se desenvolve em projetos, pesquisas e planos de fundos de investimento, na política de gestão desses fundos, na medição e administração de riscos, no cálculo de probabilidades e na fiscalização da previdência pública, privada e de seguros.

A atividade requer desenvolvimento de estratégias para o diagnóstico de problemas financeiros e a construção de modelos de ações em qualquer âmbito do mercado de capitais.

Suas ações se estabelecem em, basicamente, três setores econômicos:
- Seguros: trabalha com a fiscalização do trabalho técnico na área de seguros, ficando responsável pelos cálculos de prêmios e indenizações, além dos cálculos de probabilidades.
- Previdência: pode trabalhar tanto com a Previdência Social como com a privada, gerenciando os cálculos de fundos a serem criados para a cobertura de compromissos futuros, além de produzir relatórios de avaliação e mensuração do alcance da previdência e de possíveis riscos.
- Capitalização e investimentos: trabalha com a pesquisa de fundos de investimento, a elaboração de planos e políticas de investimento, com a gestão desses fundos, com aconselhamento e consultoria no mercado financeiro e a medição dos possíveis riscos.

Atualmente, há 14 cursos de Ciências Atuariais reconhecidos no Brasil e dois autorizados.

Maurício Viviani disse...

Meu voto é NÃO.

Maurício Viviani

Anônimo disse...

Colegas,

Vejam abaixo que pérola recebi da CASSI!

Até hoje eu não sabia disso!

Por não saber, eu era feliz!


Brasília-DF, 13 de Maio de 2019.

Prezado(a) Sr(a) JAME,

Prezado Associado Sr. James,

Informamos que conforme prevê o artigo 35 do Regulamento do Plano Associados, para fins de Contribuição à CASSI são considerados os valores de beneficio recebido da PREVI e do INSS.

Competência 03/2019:
Benefício PREVI: R$ 5.671,49
Benefício INSS: R$ 3.820,77
Total benefícios: R$ 9.492,26


Atenciosamente,

Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil


Prendam os mal feitores, ainda há tempo.

james

Anônimo disse...

Só vou votar SIM se a Previ nos pagar o Bet, aumentar o ES 180.000/180 meses e suspender por 3 meses a cobrança do ES, ou retirar o EI da MC.

Anônimo disse...

BOAS NOTÍCIAS

Promessa de correção da TABELA DO IMPOSTO DE RENDA PARA 2020.
VAMOS FICAR NA TORCIDA, POIS GANHAMOS E A ECONOMIA TAMBÉM.

Abs.

Anônimo disse...

2090 o Nibiru já chocou com a Terra e o mundo acabou, menos pra montanha de dinheiro.
Esses atuários adoram assistir o Parque dos Dinossauros jogando uma birita pra dentro da caveira. Depois o cabra pega uma HP12 e faz uma conta que só o São Tanás entende.
Se esse elixir da juventude realmente existisse, o salário dos Sem Teto, em 2090, viraria prémio de loteria.
O Zé da Lua disse que em 2090 cada um poderá ter sua própria ambulância, porque daqui pra lá terão reajustes a dar com pau. Ele tem todas as ferramentas para fazer cálculo atuarial: doidasso

Anônimo disse...


A Previ garante: em 2090, bastará o assistido apresentar um documento de identidade com foto, e receberá integralmente a parte que lhe couber da fortuna de 180 bilhões que ainda haverá nos cofre da Previ. Aliás, a Previ não tem cofre. Diga-se no cofre do BB.

WILSON LUIZ disse...


QUE BOM SERIA SE ELES APRENDESSEM...

Caro anônimo 13.05, 16:43 hs., que beleza a habilitação dos atuários, mas continuo achando que é “astrologia” a PREVI ter, há mais de 50 anos, uma única metodologia para o atuarial do plano, um índice de inflação mais 6%, inicialmente, e atualmente 5%. Este parâmetro foi utilizado com inflação anual de 2.477% a.a., antes do plano real, e 3,43% em 2018, não acho lógico não ter sido feito qualquer ajuste, em mais de meio século.

Em um dos itens das habilitações, é mencionado que eles fazem mensuração dos riscos das carteiras de investimento de bancos, mas “passaram batidos” pela crise de 2008, que começou com o estouro da bolha imobiliária nos Estados Unidos.
Chamou minha atenção, na época, caso de mutuário brasileiro que tinha financiamento de 7 imóveis, com 22 hipotecas sobre os mesmos(cada vez que o imóvel valorizava, era possível tomar novo empréstimo); por um tempo, ele pagou as prestações com o recebimento de aluguéis, e quando o valor dos imóveis despencou, estourou tudo, se não me falha a memória, ele “desemigrou” de volta ao Brasil.

Eles(os atuários) ficam procurando pulga e deixam passar o elefante. Foram muitos milhares de casos semelhantes ao do brasileiro, o que obrigou o governo republicano do presidente Bush socorrer(lembram do nosso PROER?) os bancos em apuros com mais de 10 trilhões de dólares de dinheiro público. Ter “beijado a cruz” da intervenção do governo na economia foi um duro golpe no orgulho dos republicanos, que acham que o mercado se auto-regula.

Anônimo disse...

Meu voto é Não.

Anônimo disse...

O BB que manda na Previ não deixa nos dar auxílio para o sufoco que vivemos mas quer o nosso sim para a Cassi.Por isso meu voto é NÃO.

Genésio Guimarães - Uberlândia/MG disse...

Prezado Professor Ari,
Salvo melhor juízo, a forma utilizada pelo Professor para calcular o n° de falecimentos anuais dos colegas inscritos no PB1 da Previ, não exprime a realidade dos fatos tendo em vista que, na maioria das vezes, quando um participante ativo ou aposentado bate as botas, surge a presença de um(a) pensionista, de tal forma que o nº total de participantes do plano(ativos + aposentados + pensionistas) permanece o mesmo, e o nº de mortes não é sensibilizado.
Consequentemente, o nº de mortes ocorridos em 2015 foi maior que 934; em 2016 maior que 986; em 2017 maior que 913; e em 2018 foi maior que 857.
Nesse sentido, consultei através do site da Previ, as Demonstrações Atuariais relativas aos anos de 2015 a 2017,SEM CONSIDERAR AS MORTES DAS PENSIONISTAS (*), e encontrei os seguintes resultados:
Ano de 2015 - 1.077 mortes;
Ano de 2016 - 1.187 mortes;
Ano de 2017 - 1.109 mortes;
Ano de 2018 (**) - estimativa de 1.426 mortes, conforme previsão da Demonstração Atuarial de 2017.
(*) Não consegui obter o nº de mortes dos(as) pensionistas em cada ano, mas deve ser significativo em razão da idade. Estimo, pois não consegui esta informação, que a cada ano, cerca de 800 pensionistas passam para o andar de cima.
(**) A Previ ainda não divulgou no site a Demonstração Atuarial de 31/12/2018.
Professor, dá um baixo astral falar sobre esse assunto...prefiro falar de nascimento de baixinhos e baixinhas bem bonitinhos(as).

Abraço fraternal para todos
Genésio - Uberlândia/MG.

JBMONTEIRO disse...


Ari vocês citam sempre a expressão "sem teto". O que significa essa expressão?

JOSÉ BNEDITO MONTEIRO disse...

Ari o que significa a expressão "sem teto"?

MAUS disse...

"Anônimo disse...
O BB que manda na Previ não deixa nos dar auxílio para o sufoco que vivemos mas quer o nosso sim para a Cassi.
Por isso meu voto é NÃO.
14/05/2019 06:42"

Concordo.
Isto ocorre porque a tal Governança Corporativa que impregna as Estatais e Fundos, os Grandes Bancos e Corporações, com 1.048 Getons a pagar, justifica a qualquer ilegalidade
em troca dos Bônus 500mil.

Com certeza no BB tem Diretor-gerente que monitora o "volume morto do PB1":
- filtram quem recebe do PB1;
- apuram o montante de CDC-Salário desse público;
- o INCREMENTO e manutenção do saldo gera CUMPRIMENTO DE METAS.

SE o ES da Previ for alterado de 165.000 para 180.000 = +15.000,00 x 50.000 (considerando 50% dos assistidos)...
Temos R$750.000.000,00 para aliviar o bolso e evitar contratações de CDC-BB por 6 meses.
Vivemos no País da Maravilhosas PEDALADAS... culpa do Robinho?

PEDALADAS BNH>CEF:

Essa moda deve ter começado em 1984...
Lembram? O BNH derreteu o saldo do BNH!
Será que a CEF tem disponível o Saldo do FGTS?

https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2018/08/03/dicas-localizar-conta-inativa-fgts-anterior-decada-noventa.htm

PEDALADAS BB>PB1:

BET 7,5bi... pedalaram para o excedente de 15bi?
- por que agora geram sucessivos déficits?
- até usando a indecente tábua 113 anos?
- estão encobrindo rombos inconfessáveis?


VOTE! ou não vote.

Anônimo disse...

Hibernação.


Mês(MM) 05 Ano(AAAA) 2019
O contracheque do mês solicitado ainda não foi processado.


Unknown disse...

Afinal, por qual motivo mesmo a Previ só renova o ES se o tomador tiver margem? Será por causa da idade avançada? Se for, por que cobra o FQM? Será por que ele paga sempre com atraso ou dá calote? Também não é pois as prestaoees são descontadas em folhoa. O ES da prejuízo? Também não é esse o motivo, desde quando consignado dá prejuízo? Mas então, por que é mesmo que a Previ está quase desativando o ES para os seus aposentados? Já sei o motivo! É mesmo por puro capricho do diretor de seguridade. Mas até quando vai continuar nos humilhando?

Anônimo disse...

Algum colega poderá me orientar....o fato de estar incluído no Serasa impede de fazer cdc mesmo já tendo um em ser?

Anônimo disse...

Concordo com o anônimo das 20:58 de 13/05, também só vou votar sim se nos concederem o que o colega proclamou. Parabéns, palmas

Anônimo disse...

Pois bem colegas, Professor Ari, no meu pequeno gostaria de dar a minha opinião com tudo o que está acontecendo conosco, aposentados e da Previ:

A tábua de Matusalém foi implantada, simplesmente para diminuir o superait, e nós não ficarmos almejando alguma coisa pura maldade da Previ, a pedido do BB.

A história do ES, ao meu ver é falta de disponível, eu vejo que a contabilidade da Previ, tudo muito bonita e tal, não acredito em sua liquidez com aplicação de 50% em renda varíável, portanto caros colegas acho que quanto menos falarmos em ES melhor será.

Precisamos nos preparar para o Tsumani que vem por aí, mas podem crer o será muito maior para os diretores do Fundo. Vamos aguardar.

Genésio Guimarães - Uberlândia/MG disse...

Na Previ tudo é decidido de forma colegiada, não adianta culpar somente o diretor de seguridade.

Anônimo disse...

Mestre Ari,

Vamos ou não vamos à PREVI.
Em 2090, estarei próximo aos 135 anos. Já fui revascularizado e tomo 10 comprimidos por dia.

Anônimo disse...

ESSA SUA CONTA SOBRE A QUANTIDADE DE MORTES NO PLANO PREVI PB1 QUE VOCE ESTA FAZENDO ESTA MUITO, MUITISSIMO ERRADO.

Paulo Beno disse...

Precisamos saber a faixa etária das PENSIONISTAS DO PLANO 1 !!!!

Basta acrescentar uma coluna com a idade das 20.712 pensionistas informando e completando trimestralmente no "PaINEL iNFORMATIVO".

iNFORMAÇÃO COMPLETA É TRANSPARENCIA !!!

Anônimo disse...

Genésio Guimarães - 14/5 13:05 H


Penso que você conhece muito bem as influências que interferem numa decisão colegiada, notadamente, em órgão como a Previ...........

Anônimo disse...

MAUS
Com certeza apuram o saldo de CDC-salario desse público. Vem de encontro ao que manifestei em 09.05.19 as 9:52 na postagem NÃO VOU BAIXAR A GUARDA. No meu entender o BB usa o público do ES para CUMPRIMENTO DE METAS. Por isso não temos melhorias no produto da Previ. Por isso que um colega (que possui disponibilidade) me ligou pra saber qual o mais vantajoso. Concluiu que o CDC era mais favorável pra ele. A Previ sempre será uma serva do Banco.

Ari Zanella disse...

15:04

Está errada mas não muito. A faixa de pensionistas está há bastante tempo nos 20/21 mil. Mas que tem erro, tem. Vou apurar.

Anônimo disse...

Guedes disse que não há clima para atualizar a tabela do IR.
Tem que ser no inverno, primavera ou no verão. Kkkk Mas que barbaridade, a que ponto chegamos.

Anônimo disse...

em 2090, eu estarei com 146 anos. Quem sabe ainda chego lá

Anônimo disse...

CAMPANHA ES 180 X 180 OU ARRANJE UM GATINHO

Se cada pensionista se casar com um bombadão de 25 anos, 2090 ficará mais factível.
Faltam apenas 71 anos para chegar 01/01/90.
É rapidim
Vocês são muito reclamões

VIVA LA FANTASY