sábado, 9 de fevereiro de 2019

DENÚNCIA NÃO É CONDENAÇÃO

   Estou deixando a postagem anterior em banho-maria devido ser de bom alvitre não se conjecturar no terreno das denúncias. É prudente deixar que a operação evolua no campo judicial sem proceder qualquer juízo de valor. Por tal, transformo o dito em rascunho não tanto pelo conteúdo mas mais pelo comentários que possam ensejar animosidades desnecessárias.
      Em substituição, catei um caso de estupro julgado no Brasil há quase 200 anos quando a família real portuguesa já habitava na terra de santa cruz. O juiz teria sido, para os nossos tempos de internet e redes sociais, "um pouquinho radical". Com toda a certeza o nosso avançado STF dos dias atuais reformaria radicalmente a sentença dada pelo nobre magistrado. Boa leitura em Português arcaico:


25 comentários:

Anônimo disse...

Conxambrar dava capação. Vixe !!!
Tempos dificeis !

Blog do Ed disse...

Tempos difíceis ou tempos fáceis!
Edgardo

Anônimo disse...

Desde que ela não quisesse. ?

MAUS disse...

Fica uma pergunta:

Quem daquela ESTÁ ou NÃO ESTÁ no rol dos que conchambraram os velhinhos trambiqueiros?

Observações:
- ninguém está obrigado a acessar esse blog;
- ninguém está obrigado a opinar se concordar OU NÃO com as postagens;

SE DENUNCIAR NÃO CARREGA A mínima presunção de CULPA, por que os inocentes listados e seus cumpanheros NÃO cumpriram até hoje a TAC da PREVIC, não cobraram o ILEGAL E IMORAL BET do BB, não ajustaram os Benefícios ALÉM TETO.

Edaí, alguém quer opinar sobre o assunto?

Há 10 dias estive no RJ a negócios, aproveitei para ir no Cristo e Pão de Açúcar.
Esses atrativos não compensam o desprazer do horror da mobilidade urbana, táxi e urber com gnv, cheiro de gás ou gasolina, viaduto da linha amarela com PEDÁGIO a 200 mts da saída para facilitar arrastões.

Enfim é o CÉU e o inferno, ricos e pobres convivendo lado-a-lado.
- deduzi que o RJ não é um estado de trabalho.
- excluo o povo comum dessa afirmativa.
- basta ver aonde estão os 5 governadores...

Uma pena para uma cidade geologicamente maravilhosa.

Unknown disse...

Ari e amigos,
É o pior, capação a macete. Já imaginaram (o cabra deve desmaiar de dor)?
Vocês querem saber, se no caso de estupro o homem fosse condenado a capação por macete, muitos pensariam duas vezes antes de estruparem alguém.
Sei que nos dias de hoje não se aceita penas com requintes de crueldade, mas com certeza, a civilização se desenvolveu, mas os crimes ediondos continuam.
Já não se tolera morte de cruz, como ocorreu com Jesus, morte na fogueira, como no tempo da inquisição, enforcamento, com ocorreu com Tiradentes, nem capação por macete.
Mas temos os casos dos árabes onde quem rouba, cortam uma das mãos. Dizem que lá, as peças de ouro ficam expostas nas calçadas e ninguém rouba. Não sei se verdade.
Mas de uma coisa eu sei, algo tem que ser feito. A criminalidade e o desrespeito estão num patamar inaceitável.
Rouba-se, mata-se e estrupa-se sem pestanejar.
Oxala nos tempos antigos, onde alguns povos eram considerados como bárbaros, a barbaridade era menor que nos dias de hoje, ditos civilizados. Será?
Celio

Anônimo disse...

Hoje temos a capação química, bem mais suave. Só que infelizmente ainda não foi aprovada. Caso isso ocorra os estupros praticamente acabariam.

Ivan Rezende da Silva disse...

Na marreta?vish!....é o que deveria ser feito nos tempos atuais.
Ivan Rezende da Silva- Goiânia (GO)

Trader anônimo disse...

Adaí Rosembak,

O colega conhece de Bolsa! Belo comentário na postagem em banho-maria...

divany silveira disse...



Mestre Ari,

Vou aproveitar esta parada no fim de semana para conversar com você, pois
durante os expedientes o estresse é grande e não há possibilidade de um
diálogo . Quero enfatizar o seu ânimo para estar conosco nestes momentos
difíceis quando o otimismo não é uma constante o tempo todo: os colegas per
guntam se a Previ está estudando algo para repor nosso ganho e você com to
do altruísmo do mundo responde : "talvez no 2º semestre,saia ". De repente
chega outro memº indagando se a extração do dedo mínimo da mão dá direito
a pleitear aposentadoria. Bem , não falei dos reclamos dos ganhos que são
uma constante no dia-a-dia das correspondências. Não posso deixar de mencio
nar que já vi missivistas reclamando que as respostas às indagações estão
demorando muito e,nem sei se devo mencionar isto,um leitor aplaudiu o me -
mº do histriônico associado. Ás vezes a religião serve para acalmar as tre
pidações diárias, se acreditarmos que os cristãos solidários receberão
tratamento prioritário, embora não tenha conseguido absorver este ensina
mento mesmo após três anos como apóstolo de São Norberto no seminário Pre
monstratense de Montes Claros , acho que independente de fé a gente tem de
ter desconfiômentro e analisar como as coisas acontecem para sermos aten
didos . Assim, Mestre Ari,quero renovar minha admiração pela sua dedicação,
pelo seu espirito crstão e pelo despojanento pois poderia prestar servi -
ços a empresas que carecem nos seus quadros de pessoas como seu perfil .
Mestre, receba minha admiração e votos de muita saúde para ouvir o nosso
mau humor e solicitações,cujo pagamento foi outorgado ao Senhor do Univer
so. Atenciosamente.Divany silveira
;

rafa disse...

É, mas o Mourão está muito assanhado ultimamente ...

Anônimo disse...

Capadura feita à macete é o que estou pensando?: Dar uma martelada? Só de pensar já me dá um arrepio.

Josué PARANÁ disse...

Conxambrar e chumbregâncias com mulher alheia dava em capação. Hoje em dia, conxambram e chumbregam à vontade e não dá em nada! Evoluímos para trás!

João Lopes Rodrigues disse...

Célio, 10:12

Particularmente, sou partidário do adágio: “o mau cortado pela raiz não cresce”.

Ou ainda: no Brasil, certos crimes só se repetem porque as sanções ou são brandas demais, ou não existem.

Aplique-se a lei com o necessário e devido rigor, e o resultado certamente será outro; não obstante certas índoles más e perversas!

Era isso!

Anônimo disse...

Quem não aprovava a capação ou o corte do saco escrotal eram os hoje denominados "puxa-sacos".
Esses proliferaram e estão por aí atuantes.

Anônimo disse...

Mestre Ari e demais colegas,

Apenas para citação de alguns nomes, o Gilberto (RS), Rossi (GO), Adaí (RJ), Aristophanes (PE), Adiel (BA) e outros que manifestarem interesse + Medeiros + Ari + Rosalina, etc... Vamos ao Rio na PREVI. Senão, ficaremos lamuriando até o fim de nossas vidas e nada x NADA.

Anônimo disse...

Acho que fizemos chumbregâncias, pois nos caparam o Bet, a renda incerta, o aumento do ES e seus prazos.

Anônimo disse...

Morre o jornalista Ricardo Boechat, esse não tinha medo de falar!

Anônimo disse...

Morreram com ele....

Henrique Augusto disse...

Será que a Diretoria da PREVI é tão incompetente pra não entender que o aumento do prazo/limite do ES não causa nenhum prejuízo pra essa caixa? Eles já estão cansados de saber que tal medida não ameaça nada. Então porque não fazem tais alterações? Simples resposta: PORQUE NÃO DÃO IMPORTÂNCIA PRA ISSO. Porque não precisam, porque não querem. Se você quer que alguém faça alguma coisa, primeiro consiga que esse alguém também queira. Será que com essa omissão, eles têm consciência do mal que fazem a eles mesmos? É triste! Creio que já fizemos nossa parte. Temos consciência de que eles sabem dos nossos anseios em relação ao ES. Pior para eles. A vida é feita de escolhas.

Anônimo disse...

- Qual o aumento que incidirá sobre a prestação de número 12 do ES.

Anônimo disse...

Prof. Ari,

Na sentença ao Cabra Manoel Duda, que molestava mulheres casadas e donzelas, o Juiz aplicou-lhe pena "capital" por castração.

Entretanto, nem um Juiz, nestes tempos modernos, aplicou pena de Multa ou outra Condenação à PREVI, haja vista o estrupo coletivo continuado aplicado aos Velhinhos (há registro que um detentor do Poder Executivo taxou os Velhinhos de trambiqueiros e vagabundos)!

Será que o delito (estrupo continuado aplicado aos Direitos dos Velhinhos) não consta de nosso ordenamento jurídico?

Com a palavra os estudiosos em assunto de negação de direitos pela PREVI!

james

Anônimo disse...

"Qual o aumento que incidirá sobre a prestação l2 do ES " ?
Se for o indice fabricado pela Previ, aquele do reajuste Capec será entre 4,10% e 6,10%.
Porque o INPC da Previ é outro, diferente do oficial. Para crédito menor para débito maior.
Mas, por mais que explicam , mais controversias.
"É verdade esse bilhete ".

Anônimo disse...

Todas as vezes que completa a 12,24,36....... prestação, se não houver repactuação a prestação aumenta o valor. To errado?

Anônimo disse...

9:38, você está certíssimo infelizmente.

Anônimo disse...

Sr. Professor e Colegas,

Será que existe a possibilidade de o termo 'TRAMBIQUEIRO' trocar de indivíduos para individuo?

O tempo dirá?

SE houver a troca caberá postular uma indenização individual ou coletiva?

Devemos estar de olho, avisei meus filhos e netos sobre os fatos e eles estarão a postos para caso seja necessária uma ação civil e criminal, em defesa deste alcunhado injustamente de "Velhinho Trambiqueiro".