domingo, 24 de fevereiro de 2019

APELO À PREVI - Autor Edison de Bem e Silva

ILMO. SR. DR.

José Maurício Coelho

Presidente da PREVI.

Prezado Senhor,

Sou aposentado do Banco do BRASIL,  com muito orgulho, passei os anos de atividade, dedicando todo esforço para manter a empresa em degrau de superioridade no confronto com a concorrência e conseguir os melhores resultados possíveis. 

Como eu, milhares de colegas aposentados tentam viver dignamente seus últimos dias de vida. Para isso contavam com a PREVI e   cuidaram com atenção de suas poupanças previdenciárias.

Hoje, no entanto, vitimas de manobras frequentes em indices inflacionários, vemos nosso poder de compra diminuir com a velocidade da luz.

A revolta entre aposentados da PREVI, em todo o Brasil, contra o ridículo reajuste aplicado aos vencimentos, se torna ainda mais forte, quando nos damos conta de que nada está sendo feito  por aqueles que detém poder, para, pelo menos, tentar algo, no sentido de minorar as necessidades sentidas pela maioria dos colegas aposentados. As diversas entidades de funcionários e aposentados parece que, também, não estão sendo ouvidas.

É LAMENTÁVEL  este descaso com uma classe inteira,  aposentados estão por aí, implorando novos limites de empréstimos na PREVI ou até pagando mais de 10%, ao mês, para tomar empréstimos em financeiras, com objetivo, simples, de continuar vivendo.

A envelhecida população alvo da PREVI, a cada dia, sente a lépida elevação dos custos para viver, sem perceber qualquer contrapartida de quem deveria zelar pela preservação de seu poder de compra.

Foi constrangedor o dito reajuste e assim parece que deverá se repetir nos próximos anos, se persistirem os “técnicos” recuos inflacionários, que só aparecem no papel, ou para indexar índices, na hora de reajuste de salários de trabalhadores. 

É só entrar em um supermercado para comprovar o que digo. Inexiste baixa em produtos, ao contrário, está  mantido o silencioso, mas sempre presente, "reajuste".

Os nossos já “carcomidos” vencimentos vão continuar sendo desvalorizados, mercê de projetados índices mensais negativos do INPC, que haverão de pesar negativamente ao final do ano, deixando, assim, de cumprir a missão de preservar o poder de compra dos aposentados. 

Não é possível que o Conselho Deliberativo  da PREVI essa PRESIDENCIA e, indiretamente, o próprio  Banco do Brasil, a quem servimos por tantos anos, com dedicação  e carinho, sejam insensíveis  as necessidades do imenso público que depende de suas decisões. 

E o que mais nos deprime são as frequentes declarações de que a PREVI é nossa. Se nem aqueles em quem votamos, que deveriam nos representar, demonstram preocupação com esses problemas, muito menos os indicados pelo BANCO, para quem nem existimos, independem do nosso voto.

MISSÃO, VISÃO, VALORES: FOCO NO ASSOCIADO-EFICIÊNCIA.

Pelo visto o senhor e sua DIRETORIA, sob a tranquilidade de receberem excelentes salários, fortalecidos por gratificações especiais, nem tomam conhecimento do que está ocorrendo na base, com os "ditos donos" da PREVI. Os Estatutos e os compromissos que se explodam. 

ONDE ESTÁ O FOCO NO ASSOCIADO? E a preocupação com os seus colegas de menor renda? Onde a eficiência de sentir as dificuldades, até antes de acontecerem? E os estudos de cenários, já não mostraram tudo isso? Porque não tomar providências? É claro, aposentado não  faz greve, não tem dinheiro, sequer, para ir até a luxuosa Sede da PREVI e protestar.

Ninguém está vendo qualquer movimento no sentido de encontrar soluções, até porque os caminhos a percorrer são um pouco demorados, visto que dependemos do Ministério da Economia, PREVIC - Superintendência Nacional de Previdência Complementar e Banco do Brasil, para poder alterar os parâmetros de reajuste, conseguir abonos emergenciais ou outras soluções alternativas.

O certo é que algo tem de ser feito, e urgente, dependemos da boa vontade dessa PRESIDÊNCIA, CONSELHO DA PREVI, do BANCO DO BRASIL e da celeridade de suas ações para oferecer alternativas a todo esse povo aposentado da PREVI.

Passamos a contar com o auxílio dessa PRESIDÊNCIA para construção de alternativas que venham a minorar a situação de penúria vivida pela classe aposentada da CASA, em conjunto com a DIRETORIA E CONSELHO DELIBERATIVO DA PREVI.

SAUDAÇÕES.                                Pelotas (RS) 13.02.2019.

EDISON DE BEM E SILVA.

APOSENTADO PREVI -

30 comentários:

Anônimo disse...

Suspender algumas prestações do ES, EI, já que a tabut da vida aumentou, aumentar o ES para 200/240 meses afim de viabilizar a renovação, porque a tabela do IR já fazem anos que não é corrigida e está a onerar mais ainda a MC. E também reverificar o esquema da MC pois o EI não pode/deve estar incluído nos 30/40%.

Blog do Ed disse...

Edison de Bem! Nunca um bebê recebeu no cartório nome tão bem adequado! Foi vaticínio.
Edgardo Amorim Rego

recca disse...

Parabéns Edison! Te agradeço por fazer chegar nossos dramáticos apelos a toda poderosa Previ (seus manda-
chuvas). Infelizmente nada lhes falta no dia a dia, além dos altos salários, ainda recebem gratificações. É muito difícil que eles voltem seus olhares para a ralé. Afinal estão vivendo no apogeu e se duvidar só comem caviar.

sss disse...

Já vimos, constatamos, sentimos que cartas não irão sensibilizar ninguém na previ. Como bem disse o colega, eles têm gordos e polpudos salários, e mais ainda, bônus milionários incentivados pelo BB, exatamente para se fazerem de surdos, cegos e mudos. O interesse do banco é enterrar, o mais rápido possível, o último velhinho trambiqueiro para que a bolada da previ passe logo para seus cofres. Não vamos esperar "Sensibilidade Humana" vindo do presidente da previ. Mais cedo ou mais tarde ele, o presidente da previ, entrará nas mesmas condições que os demais, pois, inapelavelmente, envelhecerá, exceto se morrer antes.
É preciso, e urgente, que algo bem impactante seja feito mas, o quê?

Anônimo disse...

.




Com esse nome, a despeito de toda a capacidade de detalhar nossos problemas, não conseguirá se fazer entender.
Nem o colega que assina Maus e que tem bom coração atingirá o suposto espírito solidário dos destinatários.
Para eles somos apenas estorvo que insistem em atrapalhar a "Boa governança" dos recursos geridos à peso de ouro





Novamente acreditei na política. Foi a última

geraldo mendes disse...

ACABO DE ENVIAR PARA A PREVI:
"POR QUE TANTA MALDADE PARA CONOSCO?
POR QUE NÃO ATENDEM ÀS SOLICITAÇÕES DE ARI ZANELLA, MEDEIROS ,EDSON DO BEM E SILVA E MILHARES DE EX-FUNCIONÁRIOS QUE DERAM A VIDA PELO BANCO DO BRASIL?
NÃO LHES TENHO INVEJA PELO TANTO QUE RECEBEM POR MÊS, MAS COMO VOCÊS IGNORAM TAMBÉM IRÃO MORRER UM DIA E NÃO LEVARÃO ABSOLUTAMENTE NEM 0,01 E N A D A DESTA VIDA. QUE DEUS SE APIADE DE VOCÊS."

Anônimo disse...

Ninguem da Diretoria da Previ vai tentar melhorar a situação dos que estão em situação dificil., simplesmente pelo fato de estarem num nivel mais elevado de renda devido aos salarios astronomicos que recebem legal ou ilegal não interessa, só que perderam a sensibilidade que poderia fazer com que fizessem alguma coisa, pequena coisa em prol dos aposentados.

Cade Araujo disse...

Amigo Ari, muito oportuna a carta de Edison. Ele foi muito feliz em suas observações. Afinal! Só não ver quem não quer ver. O preço do feijão aumentou muito, arroz, verduras e principalmente o preço dos medicamentos. Até a tabela do imposto de renda aumentou. Enquanto isso as nossas receitas encolhem. São solicitações como essa que um site como teu fará falta. Enfatizo isso, não para interferir em tua decisão. Mas, porque é uma constatação. Pode ser que os poderosos da PREVI não façam nada. Pode ser que a carta do Edison não gere nenhuma consequência positiva para nós. Todavia, no mínimo o eco de nossas inquietações chegam aos ouvidos deles. É preciso que todos nós externemos nossas inquietações do dia 20 (outrora um dia celebrado por nós e por nossos dependentes), hoje se transformou no dia do repasse (repassamos para os cartões de créditos, para alguns credores, para alugueis, etc). De modo que sobre muito pouco para as despesas básicas. A nossa situação financeira hoje, é lamentável. Por mais que façamos controle e sejamos seletivos na hora de comprar. Desde o dia 20 de cada mês, já começamos devendo para o próximo dia 20. É claro que alguns colegas dirão que estou exagerando. Pois, entre os aposentados tem aqueles que ficaram com uma boa aposentadoria, outros que conta também com a aposentadoria do cônjuge, etc. Mas, a grande maioria, aqueles que dependem das renovações do ES, entendem o que falamos.

Finalizo parabenizando ao colega Edison, a ti pela publicação. Matérias como estas, podem até não resolver. Mas, renova a nossa esperança de que dias melhores é possível, basta que os que decidem queiram.

Cadé

Flávio Jf disse...

Parabéns, Edson! Também acho que não adianta tentar convencê-los. São frios e vivem muito bem. Na minha idade (69) só me resta torcer para, em algum momento, os colegas mais novos consigam algum benefício a mais, pois este que nós temos, pagamos por ele. Aliás, continuamos pagar por ele. Não acho que seja benefício. Que tal denominar "retribuição", "resgate", etc. Benefício? rsrs

rafa disse...

"Sensibilidade humana" vinda dos empoderados da Previ? Pode ser, pois para Deus nada é impossível. Ele pode amolecer até os corações mais endurecidos ...

Mas além de insensível, quando lemos a alvissareira notícia no site da PREVI sobre a RECUPERAÇÃO DE R$78 MILHÕES em créditos, com destaque, no texto, para a DEVOLUÇÃO DOS VALORES QUE MUITOS VELHINHOS, DOENTES E ENDIVIDADOS tinham recebido VIA JUDICIAL, percebemos uma maldade subliminar ...

Considerando que tal valor é irrisório perante os BILHÕES devolvidos para o Banco Oportunity/Daniel Dantas, não será jamais ir contra a tal "solidariedade" quando se recorre ao Poder Judiciário para exigir a DEVOLUÇÃO do que se percebe como apropriação indébita por parte dos gestores de plantão do nosso fundo ...

Muitos afirmam que grande parte do patrimônio bilionário da PREVI tenha sido construído e amontoado por conta da negação de direitos aos legítimos destinatários desses mesmos recursos. Porque, a bem do texto das LC 108 e 109 NÃO PODEM EXISTIR DÉFICIT NEM SUPERÁVIT SEM QUE HAJA A IMEDIATA REVISÃO DO PLANO E/OU DISTRIBUIÇÃO DOS BENEFÍCIOS, REDUÇÃO DE CONTRIBUIÇÕES ETC.OU COBRANÇA DE MAIS CONTRIBUIÇÕES ETC. Não é mesmo??

Mas no caso de devolução de benefícios, não consta da LC 108/109 que o próprio patrocinador também os receba! Porque, se for assim, faria letra morta da própria Lei Complementar ... O FOCO será sempre a saúde do fundo e de seus destinatários diretos ... A que título ou para que finalidade VOLTARIA para o Patrocinador/BB ( que num futuro não tão distante poderia até NÃO SER MAIS O BB!!! )tais contribuições??? O CORRETO SERÁ DEVOLVER, SEMPRE, PARA O "BOLO" DO PRÓPRIO FUNDO, E AÍ PROCEDER CONFORME A LEGISLAÇÃO PERTINENTE. Será tão difícil assim entender a clareza da situação?

Totalmente sem sentido, porque a Previ não é subsidiária do patrocinador de plantão.

Anônimo disse...

Muito bem !
Por que será que a Previ, a Previ não, quero dizer , seus empregados que se acham que são donos, seus administradores querem o tal PREVI FAMILIA ?
Para " nossa alegria " é que não é.
A Previ é um fundo de pensão. Não é seguradora nem instituição financeira.

Jeanne disse...

Alguém sabe quando vai sair o Demonstrativo IR da previ de 2018? Ja até baixei o programa da receita hoje e a previ nada ainda...abraços, Jeanne.

Cláudia Márcia Santana disse...

Bom dia!
Essa carta deveria ser encaminhada ao Presidente Bolsonaro e a todas as pessoas que estão relacionadas diretas ou indiretamente a este governo, sem parar, até que alguém a leia e se manifeste.
Uma andorinha não faz o verão, será preciso persistência, e muita.


Anônimo disse...

Todos os anos a Previ encaminha o total de rendimentos dia 28.02
Pode tb ser puxado do autoatendimento da Previ.

Anônimo disse...

Suspender prestações de empréstimos é uma medida apenas paliativa, que só beneficiaria os tomadores desse recurso. E os demais, só ficariam assistindo? Uma medida de amplo alcance seria um reajuste extraordinário nos benefícios.

Unknown disse...

Suspender prestações de empréstimos é uma medida apenas paliativa, que só beneficiaria os tomadores desse recurso. E os demais, só ficariam assistindo? Uma medida de amplo alcance seria um reajuste extraordinário nos benefícios.

Anônimo disse...

Empréstimos com carência é uma prática comum na maioria dos Bancos e financeiras. No caso da Previ não seria um benefício sem custo pois os juros incidiriam normalmente nos meses sem cobrança. No meu entendimento não haveria prejuízo ou injustiça para aqueles que não utilizarem.

ricardo o.c. albuquerque disse...

Colegas,
Vale a pena ver o ANTAGONISTA. Apenas uma dúvida.Quem mais o presi bb vai nomear além do do vicezinho. ricardo

antonia disse...

Que tal sugerir que reative o BET e nos pague o restante que estão nos devendo. Pois esse BET já foi autorizado por todas as instituições competentes na época, foi suspenso em virtude da situação ruim em que a Previ se encontrava, mas agora, que a situação melhorou, seria a hora de fazer justiça e devolver o que é nosso.

Anônimo disse...

Prof.Ari Zanella Forneça para nós o endereço e telefone de todos os diretores,o do presidente também para que possamos visitá-los e explicar pessoalmente o que se passa já que não tem outra alternativa.

Anônimo disse...


Suspender prestações quebra o galho na hora. Depois vem a cobrança com juros.
Precisamos de melhorias reais, mensais.
Não incorporaram o BET até agora por pura covardia. Preferem ver o governo comendo o excedente do bolo sozinho.

Anônimo disse...

O BET COMEÇOU A SER PAGO DEPOIS de um plebiscito, foi um contrato.A Previ não cumpriu a parte dela portanto que nos devolva esse 1 ano corrigido .

Anônimo disse...

O negócio é passar para o Capitão Bolsonaro e o General Mourão o que a PTzada dentro da PREVI anda fazendo com pensionistas e aposentados. Ainda botam na primeira página do site vangloriando-se de recuperar créditos de cestas básicas,de imóveis da carim, de ES. Paguem o nosso BET, que a Dilma surrupiou parem de cobrar de quem já pagou 360 meses eu já vou para 480 meses de contribuição. Vcs da Previ merecem os homens fortes do governo la dentro. Vereador Carlos Bolsonaro e demais cuidadores do nosso povo sofrido dê uma forcinha aí para as pobres pensionistas e os incrédulos aposentados do BB. Ministro Moro dê um rolê pela Previ, por favor!

Anônimo disse...

Caramba, 16:59 já falei tantas vezes o que você publicou.Alguem tem que chegar a eles, não é possível que não tenha um caminho.

Anônimo disse...

Essa carta deve ser colocada num INSTAGRAM com o nome PREVI para todos os colegas aposentados tenham conhecimento do apelo feito e participem...quantos mais inscritos houverem e mais likes no post colocarem...surtirá um efeito de mídia muito maior do que só os frequentadores do blog lerem e comentarem...temos q divulgar pelos canais midiáticos mais abrangentes.
E de abrir um canal no YouTube com essa carta e mais muitas do Sr Ari assim com do Sr João Rossi...precisamos usar todos os canais de comunicação para unir mais e mais aposentados da Previ.

Jeanne disse...

Ja saiu/ está disponivel o comprovante do IRPF 2018 da previ. Jeanne.

Anônimo disse...



´´´´´´pessoal, parem de reclamar da PREVI. Não é ela que vai solucionar a situação financeira de todos os associados, mesmo atendendo as diversas sugestões sobre o ES(lembram da sugestão dos "170"?), nem mesmo complementando o pagamento do BET. Não é ela que vai diminuir a inflação que nos atinge diariamente. Temos é que AGRADECER MUITO A DEUS por estarmos recebendo nossos benefícios de aposentadoria/PREVI, mensalmente, dia 20 (ou dia útil seguinte)quando, por lei, o pagamento poderá ser efetuado até o 5º dia útil do mês seguinte ao de referência, mas nunca li nenhum comentário valorizando isto. Ainda que desnecessário, permitam-me registrar que várias pessoas no país não recebem salário ou benefícios de aposentadoria tempestivamente, enquanto nós da PREVI estamos recebendo antecipadamente HÁ TEMPOS.
Desculpem o desabafo...............

Anônimo disse...

Nobre das 21:14 isto daí não é desabafo, isto dia é abafo. Ou não tem conhecimento dos 11.700, 7.500, do Bet, da cesta, das contribuições, e por aí vai, além dos bônus, dos altos salários,

Anônimo disse...

Muito ajuda quem não atrapalha.Se o colega das 21.14. está bem financeiramente, por obséquio fique calado. Não fique dando sugestões a PREVI para nos sacanear mais ainda do que ela ja tem nos sacaneado.

Anônimo disse...

O 21:14 é gente da Previ/PT.