quarta-feira, 26 de setembro de 2018

MÍDIA COMPRADA PASSA VERGONHA

    "Fake News" colocada pela Folha dando conta de uma suposta ameaça de morte à ex-esposa do candidato Bolsonaro, na prática sepulta este lamentável órgão jornalístico que sai de seu lado ético para enfronhar-se em mentira deslavada. A própria "vítima" da acusação gravou um vídeo desmentindo o jornaleco.

       Numa campanha deplorável, suja, realçando a conduta condenável de partidos de esquerda que, ao longo dos últimos 16 anos, esfacelaram o nosso querido Brasil, compreensível porque o comando do partido está "dando as cartas" diretamente da prisão, sob a concordância de seus seguidores fanáticos, cúmplices da corrupção e da lavagem de dinheiro, crimes pelos quais foi condenado.
      Atacam sistematicamente o candidato que deseja o que o povo de bem deseja: O fim da corrupção e dos corruptos no Brasil. 90% dos vídeos da Globo de "O Brasil que eu quero" pedem o fim da corrupção. Bolsonaro atende a esse anseio popular, os demais não. Queira Deus que a rejeição (sempre pedida pela rede globo aos institutos de pesquisa) e na qual Bolsonaro sempre aparece em primeiro não seja maior, no anseio popular, que a rejeição da corrupção. Se tal ocorrer, estamos definitivamente perdidos, sem perspectivas que a sociedade possa vencer esse câncer.
     O Ibope dá sinais de manipulação de pesquisa. Há uma semana dava num hipotético segundo turno entre Bolsonaro e haddad empate 40 a 40. Nesta segunda, já diz que  é favorável ao petista. Já erraram feio na eleição de João Dória Jr. onde na véspera da eleição lhe davam 35%, e na eleição Dória obteve 53%. É mole?
         O PT parece ter muita bala na agulha. Deve ter-se preparado financeiramente para umas cinco eleições. Parece que dinheiro não é problema ao partido. Ninguém falou nada para que destino seria os dólares apreendidos no aeroporto de Guarulhos (reportagem no último Fantástico) com o filho do presidente ditador da Guiné Equatorial,  de cujo país foi perdoada a dívida externa pelo Brasil e junto do qual Lula pousou muitas vezes para fotografias. Por que Lula e Dilma gostam tanto de ditadores? Não são democráticos? Que baita paradoxo!
      A rede globo está desesperada pois recebeu verbas de publicidade  dos governos Lula/Dilma. Agora se sentem ameaçados pela provável/possível eleição de Bolsonaro. Daí o esforço para fazer haddad crescer nas pesquisas e iludir o povo num cenário de segundo turno. Esperem o segundo turno acontecer. Lá serão 10 minutos de tempo gratuito para cada candidato expor as verdades. E é certo que Bolsonaro tem muito mais verdades a dizer do que qualquer de seus oponentes.
      Ainda serão vistas muita sujeira e "fake news" nas mídias brasileiras. Não será nada fácil lutar contra os príncipes deste mundo. Mas Deus está conosco, com Bolsonaro e "se Deus é por nós, quem será contra nós?"
Não tememos os que têm dinheiro. Jesus não o teve e feliz daquele que não põe sua confiança no vil metal.
     Por fim, repitamos o nosso lema, que está na boca do povo: "O Brasil acima de todos. Deus acima de tudo".


                             William Waack: "Como parar Bolsonaro?"

2 comentários:

Edmilson lopes de sousa disse...

Parabéns pela ações de 1/3 do i.r . A minha está com a Anabb,desde o século passado. Estou com 75 anos e nada. ´E uma vergonha essa Anabb.Segundo informações que a PF apurou junto a Palocci , esse dinheiro da Guiné é mesmo para o PT .

Unknown disse...

Este blog virou algo lamentável. Sempre tendencioso e que adere facilmente a candidatura deste capitão de meia tigela. Trata-se de um deputado federal que só aprovou 02 projetos em mais de 24 anos de Congresso. Sua história se confunde com arbitrariedades, misogenia, racismo, machismo e a homofobia. Sou professor universitário, bancário aposentado e não preciso de Rede Globo ou de parte da imprensa para garimpar noticias ou discernir daquilo que chamam de fatos ou de "fake news". Não iremos construir um novo Brasil apregoando "limpezas" do passado. Espero que tenhamos no futuro, menos erros e mais competência para garantir um Brasil melhor para filhos e netos!