quarta-feira, 18 de julho de 2018

PAU QUE BATE EM CHICO, BATE EM FRANCISCO

    Meu caro amigo Rafael Antônio Campagnoli, sempre muito atento aos detalhes, me envia preciosa interpretação sobre o acerto de 100% na contestação feita pelo caminho certo via OAB-DF.
     Diz o Rafael em sua mensagem eletrônica: "Além da notícia alvissareira em si, gostaria de enfatizar os fundamentos da decisão (da ministra Carmen Lúcia sobre a decisão da ANS) quanto à correta escolha de uma ação judicial para suspender um Resolução. Ou seja, a OAB Nacional utilizou-se de uma ADPF ( Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental, no caso as leis e a própria CF). Os excelentes argumentos que foram usados pela ministra para fulminar com "Resolução Normativa nº 433 da ANS) valem para qualquer RESOLUÇÃO, inclusive aquela malfadada CGPC 26 que logo deverá aportar no STF.
       Leia a íntegra da decisão da Ministra Carmen Lúcia clicando AQUI.

             Assim, o mesmo antídoto ora proclamado monocraticamente pela Ministra Carmen Lúcia, valerá da mesma forma para outros casos semelhantes e afins, mormente a frágil Resolução 26 que até o Faraó Ramsés VIII já via sepultada. Nasceu somente para subtrair os aposentados na distribuição do superávit em 2010.
        Nunca é demais lembrar que a Resolução 26 foi criada no governo do hoje presidiário Lula, aprovada por órgãos nas mãos de petistas (como José Barroso Pimentel, Paulo Bernardo, Nelson Barbosa...) que assaltaram os aposentados da PREVI, feita exclusivamente para nos roubar.

10 comentários:

Adaí Rosembak disse...

Caro Ari Zanella,

O artigo em foco é certíssimo e oportuno.
Não seria o caso de nossas entidades voltarem a levantar o assunto?
Parabéns pela nota.

Adaí Rosembak

divany silveira disse...



Grande colega Waldevino,

Não sei se foi no seu tempo, mas bons colegas que foram para Espinosa
trabalharam conosco em Francisco Sá. Dentre eles me lembro do Wilisses
Cesar, tinha um carioca,etc, mas o que me surpreendeu muito foi saber
que o colega conheceu minha família cuja raiz é Monte Azul e eram pro
prietários em Tremedal -distrito- tamto meu pai,como o pai de minha
mãe era Antunese meu avô ,conforme os mais velhos falam, era amigo do
avô da Ministra Carmen e falavam com alguma constância,pois acho que o
o avô da Senhora Carmen era comerciante.Quando nasci meu pai tinha
decidido ir ganhar a vida em São Paulo e com a 2a. guerra ganhou di-
nheiro em sociedade com um japon~es.Depois foi pagar promessa em
Bom Jesus da Lapa e na volta ,parando em Monte Azul/Mato Verdeos
amigos o convenceram a ficar lá. Costumava brincar com o "velho" di-
zendo para ele que foi a primeira pessoa que tomou prejuizo ao pa -
gar promessa, pois estando em S.Paulo, interior, era mais prático
ir à Aparecida que interior da Bahia.Lá se envolveu em política e per-
deu dinheiro.Mas é a vida.Em Francisco Sá foi feliz. Um abraço cole
ga. Troquei de óculos e pode encontrar alguns "tropeços".

Ari Zanella disse...

Grande colega e amigo Adaí,

Creio que a Ação Civil Pública em curso ( AÇÃO CIVIL PÚBLICA 0114138-20.2014.4.02.5101) já está mais que suficiente para detonar de vez a Resolução 26. Logo, logo ela chega no STF. E está no caminho correto.

Um grande abraço.

Lima disse...

"Libertas quae será tamen", num país comandado por: montadoras de automóveis; laboratórios farmacêuticos; operadoras de celular; operadoras de planos de saúde e políticos corruptos,tal decisão causa espanto!

Blog do Ed disse...

Creio, digam os juristas, que nada de mal provocaria, ao contrário, poria mais claro que o Estado não soube ler os artigos 19, 20 e 21 da LC 109 ou quis propositadamente ignorar a sua lógica diáfana (prefiro crer não ser esta última alternativa a verdade dos fatos) , se conseguissem anexar esse meu último trabalho à ACP que corre aqui no Rio de Janeiro. Já sugeri à AAPBB.
Edgardo Amorim Rego

Anônimo disse...

Amigo Edgardo,

Em post mais antigo solicitei ao Sr. Ari Zanella que a ANAPLAB atua-se como Amicus Curie, no processo, usando o texto da obra literária que escreveste.

Abração

Ghost Writer

Anônimo disse...

Prezado é imprescindível Professor Ari,

Então seria esse o escaninho correto que foi mencionado por ministro do STF, na ADIN mandraque feita sob encomenda?


Anônimo disse...

Colegas,

Leio, releio e sempre acho alguém insatisfeito com a ANABB.
Essa associação, me parece perdeu seu objetivo, de há muito.
Mas como se desfiliar?

Anônimo disse...

ADIN MANDRAQUE . Parfait, mon ami !

Jose Antonio Cabral Sinoti disse...

Teste