terça-feira, 9 de julho de 2013

SALVANDO A PETROBRAS

     A estatal Petrobras atravessa dificuldades que vão desde o controle velado dos preços para segurar a inflação até as questões tecnológicas para extrair óleo de águas profundas.
   Hora certa para tirar de nossas mentes brilhantes soluções que promovam o todo sem mexer em demasia nas partes. O blog quer dar uma faísca, a fim de impulsionar o caótico mercado de automóveis no Brasil.
    Sabe-se que comprar um veículo não é o mais difícil. Oneroso mesmo é mantê-lo com o alto custo dos combustíveis. O etanol, nascido para ser a solução, já equivale ao preço da gasolina.
    A saída estratégica é a fabricação em série de carro pequeno, adequado para rodar em grandes centros urbanos, não poluente, leve e silencioso, o fabuloso carro elétrico.
     O Brasil possui na cidade de Jaraguá do Sul-SC, uma gigantesca fábrica de motores elétricos, a WEG Motores, na qual a Previ participa acionariamente. Resolvido o desenvolvimento do motor, as montadoras fariam o design dos modelos, sendo a única preocupação o desenvolvimento de uma bateria de maior duração possível.
     E o que vamos fazer com o nosso petróleo? 
Em primeiro lugar vamos continuar produzindo carros flex. Parte dele pode ser empregado para geração de energia elétrica, para abastecer os carros elétricos. O óleo excedente pode ser exportado.
     Esta é simplesmente uma sugestão que deve ser aprimorada com profundos estudos. Se a ideia prosperar, nossas aposentadorias seriam pagas somente com os lucros da Weg e da Petrobras.

Delenda Pimentel - Sempre ele contra nós.http://www.cobap.org.br/capa/lenoticia.asp?id=56999



46 comentários:

Unknown disse...

Caro Ari,

O problema do carro elétrico não esta nos motores, mas, como citado, na pouca capacidade das baterias. Então a pesquisa mundial já esta voltada para esse seguimento, qual seja o de armazenar energia suficiente para propiciar uma maior autonomia.

Abraços,
Luiz Faraco

Anônimo disse...

Prezado Ari,
Vou pedir licença para fazer uma sugestao. Apos ver ontem no Jornal Nacional noticias sobre os velhinhos que ocuparam o fundo Aerus, proponho que, CASO a PREVI, sem o nosso consentimento resolva aplicar no trem-bala, que ocupemos a sede da Previ no Rio e fiquemos lá até que essa insanidade seja cancelada.

Anônimo disse...

Plausivel sua idéia colega anonimo das 17:11

Anônimo disse...

Será que os importadores do combustível fóssil, também não iriam produzir carros elétricos?
E que tal uma processadora de nióbio com a Previ como investidora? E aquele derivado do carbono que está sendo pesquisado e que é o material do "futuro"?
O Brasil detem 98% das reservas mundiais do nióbio e quanto ganha com isso? Quem dita o preço ?

Anônimo disse...

Prezado Ari Zanella,

Nossa dívida esta concentrada basicamente na Previ,Banco do Brasil,Cooperforte,Crediscoop,Poupex,Financeira Alfa e para aqueles que desvinculou o Inss da Previ nos empréstimo consignado.

Não vejo nenhuma das citadas logo acima,tomar qualquer medida no sentido de reescalonar,readequar os valores a nossa realidade.

O maior problema hoje é a grande concentração na folha de pagamento da previ com descontos que somados equivale a 70% dos proventos,chegando ao Banco o resto fica aprovisionado para pagar os cdc.

Nossa margem de 30% é usada para o ES,mas alem dela temos a Cassi,IRPF, que são descontos obrigatórios.

A Diretoria de Seguridade sabe que esta desenquadrada,que via judicial o aposentado ou a pensionista ganha fácil esse enquadramento dos 30%.

Repeito segundo o artigo 649,IV,do código do processo civil,estabelece que são absolutamente impenhoráveis os vencimentos subsídios,soldos,salários,remunerações,proventos de aposentadoria,pensões,pecúlios e montepios dos cidadãos.

A diretoria de seguridade ao aprovar tantos descontos em nossa fopag, esta PENHORANDO NOSSOS PROVENTOS e passando nós a viver a minguá,apenas privilegiando o sistema financeiro e as cooperativas.

Esta na hora das associações realmente cobrar uma solução,resolver esse problema, se de um lado não podemos aumentar o valor com superávit ou aumentos reais,então que se negocie uma redução nos valores descontados na fopag a começar pelo EMPRÉSTIMO SIMPLES.

Se os conselhos deliberativo e fiscal aprova milhões para aplicações duvidosas,pode também aprovar um reescalonamento e por consequência diminuição nos valores descontos de cada aposentado ou pensionista do PB-1 que esta endividado.

É o que eu Penso,respeitosamente

Rosalina de Souza
Pensionista

Ari Zanella disse...

Anônimo 18:05

Está correto. É outra fonte de recursos que resolveria os problemas de dinheiro do país. Por que o governo não revela isso? Certamente, há interesses ocultos.

Ari Zanella disse...

Grande Rosalina,

É sempre com alegria que recebo suas oportunas manifestações, nossa guerreira que muito nos honra tê-la como participante da Anaplab.
Que Deus continue sempre a te abençoar e proteger.

Anônimo disse...

Acho engraçado esses socialistas que retiram dos trabalhadores para entregar pros bancos, né Pimentel?
E ainda tem o baxim com salário altim que só quer ferrar os beneficiários aposentados e pensionistas. O Traidor é pior do que o Opressor. Tá na mesma tabela do X-9, cagueta, infiltrado, traíra, etc

Anônimo disse...

Rosalina, voce disse exatamente a realidade da situação da maioria das pensionistas e aposentados da Previ, alguma atitude deve ser tomada para alivar nossa penúria financeira.

Anônimo disse...

Pelo amor de Deus, gente... não existe almoço gratis! Com todo respeito a quem está em situação financeira difícil - e eu não sou exceção - vejo propostas aqui que mais parecem expressões de desespero e não a busca de uma solução justa e factível para as dívidas! Se alguém der calote no que deve, outro vai pagar por isso, lógico. Vamos buscar soluções reais e parar de esperar por mágicas?

Anônimo disse...

Achei muito oportuno o comentário de Rosalina - reflete uma situação, de penúria, muito peculiar a incontáveis colegas aposentados e pensionista do BB.

Particularmente, sou sócio atleta das instituições de crédito citadas por Rosalina.
Já tentei, com o FIFA/PT/Banco do Brasil um rescalonamento, onde a resposta, lacônica, remetia para prazos menores e juros exorbitantemente maiores, bem maiores .

Prezado professor - no momento de tanta manifestação, tanta bronca com o desgoverno barata tonta do PT,encareço sua providência em liderar um movimento no sentido de dar um alívio aos nossos orçamentos combalidos - tenha certeza que não sou uma voz dissonante - ´-

Tenho certeza que o senhor há de liderar este movimento.




.



Aproveite a texto da querida Rosalina e veja uma maneira de adequar a questão de endividamento do pessoal aposentado do FIFA/PT/BB

Anônimo disse...

Caro Colega das 19:15.

Não estou a favor do calote,muito pelo contrário só a favor de melhores condições para o pagamento dos empréstimos contraídos.

Veja o meu exemplo,negociei administrativamente com a cooperforte, e minha parcela de 1.164,00 hoje pago 650,00.
Negociei com a Crediscoop, e hoje falta apenas 09 prestações para liquidar todo o débito que esta em torno de 690,00 mês.
Parei de pagar ao Banco do Brasil,recebendo minha fopag através de ordem de pagamento e já recebi proposta do Banco do Brasil para quitação total por 30 mil reais,veja a dívida hoje é de mais de 100.000,00 reais, porque tamanho desconto? ou sera que os 10 anos de pagamentos religiosamente em dias já rendeu muito mais que o desconto oferecido?.
Só a favor de entendimentos,se houve um erro no passado e por "N" motivos nós endividamos, nada mais justo que uma ajuda para solução do problema.

A Previ criou para os funcis da ativa o ES-REINGRESSO para que os mesmos possa voltar a contribuir e ter seu benefício no futuro,porque nós que pagamos juros do nosso próprio dinheiro não podemos ter melhores condições de pagamento,seja com a suspenção de 12 prestações, seja com o alongamento do prazo para aqueles comprovadamente comprometido na fopag com 70% 80% até 90% com pagamento de prestações.

Caro 19:15 não é um caso isolado,pois se assim o fosse faríamos uma rifa, ou uma ajuda mesmo e o caso seria sanado.

Já reclamei muito, hoje eu prefiro buscar ajuda, o judiciário,posso ser chamada de caloteira, mas quero e vou viver com dignidade meu resto de vida.

Entra reunião, sai reunião e o que acontece, onde esta a distribuição do superávit de 2010,2011e2012? quero meu dinheiro, quero a minha parte,agora,o Banco já nos levou 7.5 bilhões roubados a troco de resolução fajuta chamada de CGPC26 e nos estamos vendo a banda passar apenas reclamando,querendo solução, mas não cobramos e nem apontamos o caminho.

Se ser caloteiro é o caminho, vamos passar por ele, mas não acho justo continuar passando fome para melhorar os balanços dos baqueiros,mesmo que esse banqueiro seja o nosso ex patrão,e ainda me roubando 40% do meu suor e do meu falecido marido Paulo Person.

Saudações Cordiais,

Rosalina de Souza
Pensionista

Anônimo disse...

Prof. Ary a situação já tá difícil, se cortarem o Bet aí nós vamos estar num mato sem cachorro, aí o bicho vai pegar!

Anônimo disse...

SOU PENSIONISTA, E FINANCEIRAMENTE ESTOU MUITO BEM. QUANDO O MEU MARIDO ESTAVA VIVO, NÓS ESTÁVAMOS BEM, ELE MORREU FIQUEI MELHOR AINDA. INVESTIR O SEGURO QUE ELE DEIXOU EM IMÓVEIS (COMECEI COM UM) HOJE TENHO 12 CASAS ALUGADAS E DOIS APARTAMENTOS. ESSAS CASAS ME RENDEM AO MÊS, 17 MIL REAIS, OS DOIS APARTAMENTOS 8 MIL. MAIS O SALÁRIO DA PREVI 15 MIL LÍQUIDOS SEM ESSE BET QUE NEM ME LEMBRO DE QUANTO É. E O INSS. 3 FILHOS FORMADOS E INDEPENDENTES E CADA UM COM SEU AP E CARRO. TENHO CASA PRÓPRIA MUITO CONFORTÁVEL E GRANDE. TEMOS CARROS DO ANO, VIAJO, ME VISTO BEM. TENHO TUDO DO BOM E DO MELHOR. NUNCA PEGUEI EMPRÉSTIMO COMO FALAM VCS.

AS PENSIONISTAS DE HOJE, NÃO SABEM LIDAR COM DINHEIRO E AS OUTRAS DO PASSADO NÃO FORAM ORIENTADAS POR SEUS FALECIDOS, E DEU NESSA COISA TODA CHAMADA DIVIDAS. SENHORES MARIDOS, ORIENTE SUAS ESPOSAS COMO ECONOMIZAR E USAR O SEGURO QUE VCS IRÃO DEIXAR. O MEU PRIMEIRO CONSELHO É NÃO ARRUMAR OUTRO MARIDO E SE TIVER QUE ARRUMAR, ARRUME UM COM MUITO. E MÃO FECHADA SEMPRE COM O SEU DINHEIRO. GASTA SÓ O DELE. SERVE PARA AMBOS OS SEXOS

SIMPLES ASSIM NÉ JUAREZ BARBOSA? SMJ Rsrsrs

Anônimo disse...

Pelos últimos movimentos demonstrados pelos políticos em Brasília, movimentos esses que respingam diretamente na Previ, VERDADEIRAMENTE NÃO ENTENDERAM A MENSAGEM ORIUNDA DAS RUAS.

Anônimo disse...

Nota de Esclarecimento:

As avaliações de investimentos feitas pela PREVI são baseadas em parâmetros técnicos e de risco, com vistas a aferir os níveis de segurança, liquidez e rentabilidade, bem como a aderência às políticas de investimentos dos planos de benefícios.

a) Porque então se prefere investir na bolsa de valores,ao invés de melhorar o ES a Carim e receber de contra partida o liquidez dos tomadores.

b) Quanto a Previ investiu no Grupo EBX.

C) E a Distribuição dos Superávit 2010/11 e 12 quando sera efetivado, ou realmente a Previc terá que intervir na Previ.

Ari Zanella disse...

Antonio Carvalho disse...

Prezado Professor Ari:

Com o objetivo de unir forças, nada obstante os abaixo assinados que estão rolando, todos com o objetivo de combater a resolução CGPC 26/2008, no final desta semana vou disparar uma campanha para um abaixo assinado diferenciado, com duração até 30 de agosto, atendendo pedidos e sugestões de muitos colegas. O novo ABAIXO ASSINADO terá as seguintes características:
- Foco no PDS 275/2012 que se encontra em estado avançado, podendo ter sua votação no Senado em prazo reduzido, a depender de nossa mobilização.
- De fácil operacionalização, será realizado por escrito.
- Extensivo aos demais fundos de pensão, como PETROS, VALIA, FUNCEF, etc e a todos que desejarem assinar, como amigos e familiares. A aprovação do PDS pode beneficiar cerca de 1.800.000 participantes de Fundos de Pensão. A Lei é pública. Nada impede buscar o apoio de todos os cidadãos que desejarem assinar.
Não tenho nada contra o PDL 161/2012. Em minha opinião, não se deve colocá-los num mesmo “balaio”, pois tem destinatários, objetivos e tramitações diferentes.
Além da campanha virtual em que disponibilizarei o modelo para ser impresso, preenchido e devolvido, para um endereço que irei indicar, pretendo gastar sola do sapato visitando agências de Santa Catarina, Salvador e Aracaju, atualmente minhas bases residenciais.
Destaco que cerca de 8.000 colegas assinaram a Petição Pública iniciada pela FAABB (Isa Musa). É um bom começo. Fazendo uma continha rápida:
Admitindo que 5.000 abnegados colegas imprimam o modelo que irei disponibilizar. Compareçam em suas agências de relacionamento, procure amigos e familiares e cada um consiga 10 assinaturas, podemos chegar a 50.000 assinaturas. Este número é possível e factível, caso haja efetivo trabalho de nossa parte. Somado às demais assinaturas dos outros abaixo assinados, o total poderá ser expressivo, capaz de sensibilizar os Senadores.
AGUARDEM!
Antecipadamente, espero contar com o apoio de todos.
VOCÊ APÓIA?
Abraço

Carvalho

Anônimo disse...

REINTEGRAÇÃO DE POSSE é esse o caminho.Primeiro começando com uma intervenção "exclusiva". Depois uma auditoria externa independente culminando com poder ao Corpo Social.

Anônimo disse...

Quero parabenizar D. Rozalina de Souza pelo excelente e oportuno comentário acerca das dívidas dos aposentados da Previ. E ao questionar autorizações milionárias para aplicações de retorno duvidoso, aquela senhora foi justa ao sugerir um reescalonamento das dívidas dos aposentados.
Parabéns!!!

Anônimo disse...

A pensionista rica eh que está certa.

Anônimo disse...

Não resta a menor dúvida - o texto apócrifo, anônimo 20:17 - só pode ter sido redigido por elementos profissionais do PT/FIFA/PREVI .

Jamais uma pensionista séria teria o disparate de enunciar , com detalhes, seu enorme patrimônio e sua confortável renda.

Brincadeira sem graça.
Coisa típica mesmo de gentalha militante da trincheira inimiga, a serviço do desgoverno barata tonta.

WASHINGTON LOPES disse...

Temos o direito de saber exatamente o quanto perdemos:


http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2013/07/1308736-fundo-de-pensao-do-banco-do-brasil-tem-perda-com-empresas-de-eike.shtml

Anônimo disse...

Estou participando deste debate por dois motivos. Primeiro, informar que acabei de ler na Folha de São Paulo (UOL) que a PREVI teve prejuízo com as empresas do Dr. Eike Batista. Teria sido pequeno, segundo teria informado a PREVI, e, se entendi corretamente, restrito ao PLANO FUTURO... O outro motivo é essa gabolice aí acima de uma PENSIONISTA RICA da PREVI. Em primeiro lugar, ela deveria saber que existem Pensionistas ricas e Pensionistas pobres, como é comum em toda comunidade, salvo naquelas expressamente restritas aos RICOS. E que existem muito mais pobres do que ricas, como em todas as comunidades, salvo naquelas restritas aos ricos. Em segundo lugar, ela fique sabendo que sucesso em INVESTIMENTO, mesmo imobiliário, é resultado de COMPETÊNCIA,sim, mas também de SORTE. Eu investi em imóveis, também, mas o resultado não me satisfez. Vendi-o. Um irmão meu, já falecido, (porque fez grande amizade com Amador Aguiar, quando este era inspetor do Bradesco no interior de São Paulo) passou a aplicar, por influência do amigo, na compra de ações do Bradesco o que conseguia economizar da renda de funcionário do Banco do Brasil. Com o tempo, formou invejável posição de ações do Bradesco. No entanto, aqui no Rio ele investiu em imóvel... e se deu mal... Investimento, como tudo na VIDA, amiga, é COMPETÊNCIA e SORTE!... Seja sortuda a VIDA INTEIRA...
Edgardo Amorim Rego

Paulo disse...

Essa pènsionista deve ser muito rica será que ela esta lutando pelos 40 % que lhes é devido?Será que é tudo verdade o que ela possui ou papo para vir dar lição de moral nas outras O marido dela devia ser da de alto escalão no bb

Anônimo disse...

Pensionista 20.17, tá na cara ( ou não é na cara?) que você arrumou um marido cheio da grana!

Anônimo disse...

Justamente é quem está bem que deve lutar pelos menos favorecidos, pensionistas rica e tão pobre de espirito, à exemplo do Professor Ari e do Dr.Medeiros que gozam de vida confortavel e se dedicam aos que passam por dificuldades, tentando sanar as inumeras injustiças que sofremos do BB e Previ.
Vá lamber sabão sua barata tonta...

Anônimo disse...

Essa pensionista aí acima deve ter tido muita sorte mesmo. Além de ter herdado a fortuna do marido, deve ter conseguido um outro que vem lhe satisfazendo muito bem sexualmente.
Pois é o que insinua quando diz "não arrume outro marido, se tiver de arrumar, arrume um com muito."
Muito o que?

Anônimo disse...

Não é tão simples usar carros elétricos!Se fosse apenas "plug and play" ou problema de armazenamento de bateria.O que acontece é que se vc desloca a frota de veículos para eletricidade, a demanda por energia elétrica ia crescer em grande escala, logo não teríamos oferta suficiente, e teríamos que apelar para uso de carvão (altamente poluente) e térmicas geradoras movidas a gás e óleo.O que dá no mesmo!

Anônimo disse...

Pensionista milionária,

Me engana que eu não gosto.
Também tem ministro de governo que já foi defenestrado por ganhos inexplicáveis.
Seja feliz com tanta grana, for verdade, é o que desejo de coração.
Abçs

Anônimo disse...

Por mais absurdo que possa parecer em comparação com a situação atual não duvido que seja mesmo verdade o relato da pensionista anon.20:17 porque quando entrei no BB em 1969 eu via que os funcis mais antigos tinham excelente situação financeira sem ajuda de suas esposas que levavam vida de madame sem trabalhar e com muito conforto.É provável que existam muitas viuvas nessa situação.

Anônimo disse...

Rosalina, valeu o dia ler o seu comentário. Você expôs a nossa cruel situação com clareza e sugeriu soluções que podem perfeitamente ser realizadas. Precisamos despertar também essa "gigante" Previ completamente adormecida para os problemas dos "seus assistidos".

Fraterno abraço!
Lúcia

Anônimo disse...

OLÁ MARCEL,

(Perguntas que dirijo ao MARCEL e aos participantes de sua chapa, que foi vencedora.
Detalhe: venceu por muito poucos votos.)

Você vai mesmo cumprir o que prometeu pra se eleger?

Se cumprir, vai começar quando e como? Existe ainda tempo para cumprí-las?

Qual será o seu novo objetivo depois de encerrar o seu "mandato" na Previ?

Você consegue dormir à noite, depois dos banquetes diários e dos bons vinhos, sabendo que existem milhares de aposentados e pensionistas implorando para que cumpra as promessas, ou que pelo menos faça alguma coisa de positivo por esses?

Você acredita em céu e em inferno?

Anônimo disse...

Olha nós na foto:
Fundo de pensão do Banco do Brasil tem perda com empresas de Eike
Folhainvest A Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, perdeu pelo menos R$ 13 milhões com ações das empresas do grupo EBX, de Eike Batista.

O cálculo considera o valor dos papéis ao final de 2011 e no término do ano passado, quando o fundo ainda possuía ações do grupo.

CVM apura mais de 15 casos envolvendo empresas de Eike, diz agência
Minoritários de empresas do grupo EBX querem bloqueio de bens de Eike
Holding de Eike resgata parte de investimento do fundo do Abu Dhabi no grupo

Em meio à forte desvalorização das ações, a Previ se desfez da maior parte dos papéis neste ano. Atualmente, ela diz possuir apenas R$ 300 mil em ações das empresas.

Segundo levantamento feito pela Folha, o fundo dos funcionários do BB tinham, no fim do ano passado, cerca de R$ 15 milhões em ações de companhias do grupo EBX, totalizando cerca de 2,8 milhões de papéis.

No final do ano anterior, o investimento da Previ equivalia a R$ 28 milhões, de um total de 2,4 milhões de ações de empresas de Eike.

A perda pode ser ainda maior dependendo da data em que vendeu as ações, o que não foi informado à Folha. No final de 2012, os papéis da petroleira OGX, valiam R$ 4,38 --no último pregão foram cotados a R$ 0,53.
fonte: IG.COM

Anônimo disse...

Favor retificar meu post sobre perda da PREVI com as empresa do EIKE, onde se lê: fonte IG.COM, leia-se: Folha de São Paulo.
Grato.

Anônimo disse...

Dá pra passar o telefone da pensionista rica? Nem precisa ser bonita

Ari Zanella disse...

10:15

Com o petróleo e principalmente com o gás natural é possível gerar muita energia elétrica para o abastecimento dos carros.

Ari Zanella disse...

10:15

Com o petróleo e principalmente com o gás natural é possível gerar muita energia elétrica para o abastecimento dos carros.

Anônimo disse...

A Rosalina sempre se destaca por ser muito franca e aberta inclusive expondo e assumindo sua própria situação sem nenhum constrangimento.Se acabou numa situação difícil, como a maioria dos aposentados, está certa em assumir, não negar sua responsabilidade mas exigir dos credores condições que possibilitem o pagamento porque eles também foram responsáveis quando ultrapassaram o limite para concessão de crédito.Que continue sendo feliz.

Anônimo disse...

Essa Pensionista Rica é a inteligência Pura.

Deve ser amiga dos diretores da Previ,e repare que ela não costuma nem verificar quanto é acrescido a fortuna pessoal o correspondente ao pagamento do BET.

Louvado seja Deus, que um dia todas as pensionistas possa estar no mesmo patamar.

Opções a seguir:

a) Mega Sena

b) segundo casamento com um milionário

c)Ser diretora na Previ

d)Candidatar-se a prefeito,vereador,deputado federal ou estadual e senador.

Anônimo disse...

ESTOU HORRORIZADO DE UMA PENSIONISTA FICAR EXIBINDO SEUS BENS PARE COM ISSO MULHER GENTE FINA NÃO FICA CONTANDO O QUE TEM ABRA BEM OS SEUS OLHOS SENÃO TEM GAVIÕES AI QUERENDO PEGAR SUA FORTUNA
AS PENSIONISTAS ESTÃO SOFRENDO PELOS 40 % A MAIS E ESSA SE EXIBINDO, SAI OOOOOOOOO

Anônimo disse...

Prof. Ari,
Amanha (11.07.2013) Porto Alegre vai mostrar pro Brasil que o aposentado do BB nao é um acomodado. Favor colocar no seu blog um aviso bem grandao . Vamos que vamos gauchos!!!!
Nada de deixar o Medeiros sozinho nesta empreitada. Ate porque ele é quem menos precisa. Ta com o burro na sombra e partindo pra luta.
A turma do perrengue, tem que tirar a bunda do sofa e correr atras do trio eletrico do Medeiros.
Nao vou pq a passagem mais barata que encontrei ficou em 1744,00. So de ida. Mas sei que a turma que mora mais perto e o nobres colegas gauchos vao nos representar.E que Deus nos ajude.

Anônimo disse...

Gaúchos! com um lider do peso do Dr. Medeiros não deixem essa oportunidade passar em branco é a grande chance da mídia também se revoltar com o massacre que sofremos da Previ.
VIVA! OS APOSENTADOS CORAJOSOS DO SUL
TODOS NA RUA AMANHÃ.

Anônimo disse...

DONA PENCIONISTA RICA, TEMHO CERTEZA QUE A SEMHORA NÃO EXISTE, OU A SENHORA E DIRETORA DA PREVI??????????QUE BAXARIA!!!!!!!ESTAMOS FALANDO DE PENCIONISTA DA PREVI,A SENHORA NAO SABE O QUE SER PENCIONISTA , SENHORA PENCIONISTA SEU TEMPO E CURTO E SÓ 4 ANOS.

Anônimo disse...

Caro Professor Ari, saudações cordiais.

Antes de tudo, parabéns, para a "pensionista bem sucedida", mas, uma sugestão: para formar a sua VERDADEIRA FORTUNA, conheça o seguinte blog e perdoe-me se já o conhece e nutre-se dele: paocelestial.blogspot.com.br.

A sugestão é extensiva a todos.

Grato, Professor, santa noite e PAZ E BEM!

Fernando Lamas
Valinhos(SP)

"Não ajuntem riquezas aqui na terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde os ladrões assaltam.
Ajuntem riquezas NO CÉU, onde nem a traça e nem ferrugem corroem e onde os ladrões não assaltam e nem roubam.
De fato, onde está o teu coração, aí estará também o teu tesouro."
Mateus 6, 19-21.

Anônimo disse...

Com excessão da Anaplab, da Associação do Rio Grande do Sul da qual é presidente o Dr. Medeiros e algumas outras, poucas, as demais incluindo anabb, deveriam seus líderes se reunirem em local previamente escolhido e discutirem ações a serem tomadas.
Saindo seus presidentes do ostracismo. Tais presidentes de associações, que são em torno de 32, estão deitados em berço esplêndido.
Seus presidentes e diretores são remunerados pelos cargos que ocupam e
parecem estar bem tranquilos vendo a banda passar.
Enquanto temos muitas questões a serem resolvidas com a Previ e o BB: Realinhamento do plano 1,resolução 26, BET em BEP,100% pensionistas, ES 170.
A concentração de riqueza nas mãos de poucos, o desrespeito às leis: Bancos, governos etc, são uma ameaça à democracia, à ordem e a harmonia do país. A população já está nas ruas.
Não podemos baixar a guarda. O segredo da paz é a eterna vigilância.
Estamos vendo o que fizeram com o AERUS.
Precisamos de líderes que conclamem nós os aposentados a nos unirmos e irmos à luta e não simplesmente de presidentes de associações contando todo mês as mensalidades recebidas.

Anônimo disse...

Está claro que esta pensionista de araque exagerou na sua mentira.
Se o aluguel de um imóvel render 4.000,00 reais por mes, baseando-se no cálculo de que o rendimento seja de 0,5 por cento do valor do imóvel, então um de seus apartamentos vale 800.000,00.
Esta deve ser pensionista de algum político condenado.