terça-feira, 7 de maio de 2013

PONDERAÇÕES

     Alguns podem ter estranhado o tom político de minha postagem anterior. Em condições normais de temperatura e pressão, minhas convicções não permitiriam ser tão condescendente. Um comentário chegou a me perguntar: "Ari, você mudou?"
     Mudei momentaneamente meu discurso, nada mais. Atitudes simples ou pueris podem revelar mais eficácia do que laudas camonianas.
     As digitais do inconformismo, de toda a maneira, estão impregnadas no pensamento e nas ações deste modesto discípulo de uma plêiade de baluartes que compõem o "top of mind" dos assistidos da Previ.
     Nada mudei. Só finjo que mudei. Como diz Fernando Pessoa, exuberante poeta português:
"O poeta é um fingidor.
 Finge tão completamente
 Que chega a fingir que é dor
 A dor que deveras sente."

5 comentários:

Anônimo disse...

Ary,

A pergunta que fiz: Ary, você mudou?

A afirmação: Ary, você mudou!!

Mudou e não mudou. como diz você.

Otimo!! Você é inteligente.!

Tem que separar o objetivo do Blog do objetivo pessoal.

Nos, beneficiários da PREVI, precisamos de você. Com voz altiva.

Nós, da PREVI, carecemos de forças Políticas que nos represente e nos defenda.

Oxalá, continua assim.

Um abraço de james.

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Em www.bancariosdf.com.br/site/index.php?option=com_content&view=article&id=11220:sindicato-cobra-abertura-de-negociacao-sobre-distribuicao-do-superavit-da-previ&catid=13:banco-do-brasil&Itemid=22 poderá ser visualizada a cópia do ofício endereçado pelo SindBan-DF para a direção do patrocinador, solicitando reabertura de negociações com vistas à distribuição do minguado superávit de 2012. As possíveis expectativas sobre a matéria pertencem aos interessados, variando de acordo com o nível de credibilidade que cada um tem para com o movimento sindical.

Anônimo disse...

Grande professor Ari, escute, tem certeza mesmo que novos gestores assumiram de fato a Previ, porque as atualizações do site continuam me lembrando a época do diretor Sasseron, com aqueles velhos destaques, como este que vi agora a pouco "Controle das Dividas!
Sai diretoria e entra diretoria e tudo parece ser "farinha do mesmo saco" so mudando a embalagem.

Viana

Anônimo disse...




Mestre Ari, com a idade que temos a gente não pode brincar com coisa séria, não é mesmo ? Mas delirei com sua mensagem à Presidenta, foi sincera, informal, afetiva e me pareceu, em alguns momentos, um ar de intimidade na medida certa. Por exemplo, no inicio da postagem você ponderou : "na falta de um lugar melhor ". e logo adiante : "Amada Presidenta ", "esse seu olhar "; " as digitais estão impregnadas nas ações "

Mestre, se o recado em tela chegar às mãos da destinatária, não tenho dúvidas que teremos possibilidades de sermos ouvidos e/ou atendidos, graças à sua versatilidade. Por favor, depois nos fale como vai explicar ´a "delegada" `, em sua casa, os versos de Fernando Pessoa ! Parabéns, estre Ari !!! Divany Silveira- Sete Lagoas-MG

Anônimo disse...

Oxalá?? Tá amarrado em nome de Jesus!!