quinta-feira, 22 de novembro de 2012

AS NOSSAS PROPOSTAS


PROPOSTAS da Chapa HORA DA UNIÃO

1. TRABALHO VOLUNTÁRIO
  Continuaremos fazendo o trabalho voluntário com a mesma dedicação.

2. ACÕES JUDICIAIS
   Continuarão a ser gratuitas, com ônus e sucumbências assumidas pela Associação, através da contribuição mensal de cada associado.

3. SEDE
   Propomos a instalação de uma SEDE para atendimento DIRETO e personalizado aos associados, em local de fácil acesso.

4. ALTERAÇÃO DO DOMICILIO DA AAPPREVI
   Todas as ações da associação são encaminhadas para o Rio de Janeiro, onde são ajuizadas, e em algumas estão sendo suscitadas, em fase de preliminares, a Exceção de incompetência em razão do lugar. Esse recurso, meramente protelatório, encarece as ações e retarda o andamento delas. O ônus desses recursos seria suficiente para arcar com as despesas de aluguel de uma sala comercial no RJ, que sediará a associação viabilizando e agilizando o trâmite de nossas ações.

5. AGILIZAÇÃO NO AJUIZAMENTO DAS AÇÕES
   Propomos modificar os atuais procedimentos de modo a agilizar o encaminhamento aos escritórios contratados, considerando-se a localização da nova sede no RJ (item 4), como também a execução das tarefas burocráticas com a contratação de apoio para a sede da associação (item 7).

6. IMPLANTAÇÃO DE BANCO DE DOCUMENTOS
   Implantaremos um "Banco de DOCUMENTOS" onde todos os documentos recebidos dos associados serão digitalizados e colocados à disposição dos escritórios de advocacia contribuindo para a maior agilização do ajuizamento e comodidade dos associados que têm dificuldade em adquirir/ enviar documentos para as diversas ações.

7. ATENDIMENTO NA SEDE DA ASSOCIAÇÃO
 Pretendemos fazer a contratação imediata de funcionários para Atendimento e execução de tarefas na área administrativa, para evitar perda de tempo e um melhor aproveitamento dos dirigentes que tratarão de assuntos de interesse geral dos associados.

8. ALTERAÇÃO DO ESTATUTO
   Propomos alterar o Estatuto atual de modo a permitir o ingresso dos funcionários do BB, de todos os Planos da PREVI, de qualquer modalidade, vez que somos vinculados a um mesmo fundo de pensão.

9. REFOMULAÇÃO DO SITE DA AAPPREVI
  Pretendemos reformular o atual  site, tornando-o mais interativo, dinâmico e de fácil acesso a qualquer associado.

10. ATENDIMENTO PRIORITÁRIO AOS PENSIONISTAS
     Propomos dispensar prioridade absoluta a esse segmento, que necessita de apoio e atenção especial personalizada, procurando esclarecer suas dúvidas em relação às suas demandas.

11. RELACIONAMENTO RESPEITOSO
  Primar por um bom relacionamento com os nossos associados (razão de ser da nossa Associação) e com as coirmãs. Embates restritos somente no campo das ideias e nunca contra os seus dirigentes. Devemos somar esforços na defesa do inimigo comum (Previ/BB/Cassi).

12. DECISÕES COMPARTILHADAS
  Procuraremos tomar todas as decisões de forma compartilhada, respeitando a maioria que será sempre soberana, de modo a resolver as divergências e conflitos internos, sem maiores atritos e sequelas.

55 comentários:

Anônimo disse...

ESTÃO BEM ELABORADAS AS PROPOSTAS..!

O caminho é por aí mesmo....!



João

Barreto disse...

Pessoal da chapa Hora da União:

gostei das propostas apresentadas, porém fiquei na dúvida do seguinte:

os escritórios de advocacia contratados pela atual gestão, continuarão prestando serviços caso essa chapa venha a ganhar?

Pergunto porque caso haja uma troca por outros escritórios, ficaria bastante complicada essa transição

José Luiz da Silva disse...

Prezado Ari,

Declaro meu voto para a chapa HORA DE UNIÃO.
Sou um dos sócio fundador da nossa querida AAPPREVI.
5.632.436-7 ZE LUIZ

Obrigado

Josue Jorge Jr disse...

Professor Zanella,

Referente a possibilidade de renovar o ES na virada do mes, não será cobrada a parcela neste, mas em contra-partida, o valor do empréstimo a renovar sairá bem menos por conta da cobrança diaria de juros. O senhor concorda?

Ari Zanella disse...

Caro Josué,

Mesmo assim, pelo menos no meu caso, compensa. Mas...cada um é cada um, devendo decidir por si.
Obrigado, estamos esperando seu voto!

Ari Zanella disse...

Muito Obrigado, meu prezado José Luiz. Muito nos alegra esta sua manifestação pública. O mesmo digo da nossa querida Rosalina e também o Rogério Luiz Carvalho, que estão conosco.

Anônimo disse...

ALTERAÇÃO DE DOMICILIO:

Pelos motivos alegados todas as cerca de 30 associações existentes no pais, deveriam se situarem no RJ. O motivo real não é o fato da candidata a Presidente residir no Rio?

Anônimo disse...

Prezado Sr. Barreto.


Pretendemos manter os mesmos escritórios de advocacia contratados na atual gestão. Não queremos que as ações já ajuizadas tenham prejuízos no andamento processual motivados por substabelecimentos, principalmente para as ações contra a fazenda nacional.
A fazenda nacional já goza de prazos em dobro. Se nem todos os participantes de determinado lote fizerem o substabelcimento, o prazo dessa ação quadruplicará.
Não desejamos que as nossas ações se prolonguem indefinidamente.

Atenciosamente.

Gilvan Rebouças

Anônimo disse...

So faltou a proposta de TRANSPARENCIA nos feitos da associaçao, informaçoes do tipo abaixo, disponibilizadas para os associados no site da associaçao:
- receitas/despesas mensais
- balanço anual
- quadro de associados
- despesas com honorarios advocaticios
- visualizaçao dos termos de qualquer especie de contrato firmado pela AAPPREVI
- informaçao do salario de contratados, estagiarios, etc....

Outra sugestao é criar um mecanismo que possibilite o aumento imediato da mensalidade quando houver previsao de deficit e a diminuiçao em caso de superavit.

Anônimo disse...

Prezado Ari,
Gostei da proposta da chapa 02.
Agora, gostaria de falar da minha experiência com a renovação do emprstimo simples: Eu sempre advoguei o alongamento do prazo,o que não aconteceu.Agora, peguei um troco de apenas $2.300,00 e ainda aumentei o valor da prestação em $16,00. O aumento na parcela até que é pouco, mas se tivesse havido o alongamento , provavelmente eu teria conseguido um troco de uns $5/6.000,00 e com REDUÇAO da atual parcela.E toda essa miseria por causa do Marcel, em quem, felizmente, eu não votei.

Anônimo disse...

Professo Ari Zanella,

Vou lhe fazer uma pergunta, que também farei no outro Blog para o o Presidente Marcos Cordeiro de Andrade:

- Em caso da REELEIÇÃO do atual Presidente, você a reconheceria como legítima a Chapa vencedora, deixando de lado as intrigas(mútuas), a ponto de uma RE-UNIÃO, em prol de nossa AAPREVI?

Abs.

João

Ari Zanella disse...

João,

É óbvio que se a eleição transcorrer sem fraudes, eu reconhecerei como legítima a Chapa vencedora, se for o caso, do atual presidente. Agora "RE-UNIÃO" é difícil, porque as divergências se tornaram irreconcilháveis. Ou nós vencemos e mudamos, ou ele prossegue sem nós.

Ao Anônimo 19:22

Suas sugestões foram encaminhadas ao Gilvan e foram consideradas ótimas.

Anônimo disse...

ALTERAÇÃO DE DOMICILIO:

Pelos motivos alegados todas as cerca de 30 associações existentes no pais, deveriam se situarem no RJ. O motivo real não é o fato da candidata a Presidente residir no Rio?

Ari Zanella disse...

Não. O motivo alegado é mesmo economia e agilidade nos processos. Como dissemos, os advogados da Previ estão sempre alegando "Exceção de incompetência", isto é, a sede da impetrante é fora do domicílio. Evidentemente, que é apenas protelatório, mas, tem custas que encarecem e tornam morosas as ações.
Além do mais, uma Associação não pode estar na residência particular de seu presidente, concorda?

Anônimo disse...

Boa noite amigo Prof. Ari, sou sócio fundador da Aapprevi, sou Su
plente do Conselho Fiscal, gostei
da proposta da chapa ¨Hora de União¨, e vou votar na chapa dos
amigos Ari e Gilvan. Abraços e Paz
e saúde. Rogério Luiz Carvalho. Pelotas.RS,

Anônimo disse...

Sou obrigada a votar?

Barreto disse...

Caro Gilvan,
o intuito da minha pergunta foi exatamente esclarecer esse ponto tão importante na condução dos processos.

antonio barreto

Ari Zanella disse...

Ninguém é obrigado a votar, porém seu voto fará muita falta para a Chapa Hora da União. Seu voto é muito precioso, querida Anônima das 21:11

Barreto disse...

Caro Ari,
gostaria que fossem esclarecidos dois pontos que me deixaram com duvidas:

1. na proposta apresentada, item 8 - alteração de estatuto - permitir o ingresso dos funcionários do BB de todos os planos - isso não viria a disvirtuar o objetivo da associação em só abrigar aposentados do PB-1 ?(se estamos com poucos associados vamos tentar associar grande gama de colegas que nem sabem que a AAPPREVI existe);
isso futuramente não poderia ocasionar certas confusões e atritos?

2.no post das 22.47 colocaste ao final a seguinte frase:
Ou nós vencemos e mudamos, ou ele prossegue sem nós.

espero que não, mas pelo que entendi vocês sairiam da AAPPREVI caso perdessem?

Por oportuno informo que não estou aqui fazendo críticas, mas sim tirando dúvidas que podem servir de respostas a alguns colegas;

e nem decidi em quem ainda vou votar, mas já estou começando a ter uma certa simpatia por uma das chapas.

antonio barreto

Anônimo disse...

AINDA A QUESTão FORA DO DOMICILIO;

Alegar motivo é uma coisa. Ter fundamento é outra. A agilidade é a mesma.O Brasil possui um dos melhores correios do mundo.Economia é inexistente.A AAPPREVI deve ter ajuizado perto de mil ações contra a previ. No máximo a previ questionaria o fator domicilio na inicial, o que não acarreta nenhum ônus extra e nenhum atraso processual. Caso contrário, a previ estaria configurando assédio processual. Além do mais, o Brasil inteiro sabe os motivos da lentidão da justiça, que são outros, e não os elencados aqui.Por último, a casa serviu de sede por 3 anos. Agora, não servir mais, não é casuismo? Eu acho que sim. E porque não se transfere a sede para Goiânia? Porque eu opino que a candidata a presidente não toparia.

fuzinelli disse...

meu voto será nulo, pela primeira vez em toda minha vida. O constrangimento é grande. Não acredito mais em promessas e propostas. Dependendo dos acontecimentos estarei me desligando. Não entendo a raça humana.
Antonio Fuzinelli
Arapongas PR

Anônimo disse...

Ainda não sou sócio da Associação, pessoalmente não considero a Previ e/ou Cassi como inimigo comum, como citado no ítem 11 da proposta, muito pelo contrário graças a essas duas entidades posso ter uma vida digna. Concordo que a AAPrevi tenha uma atuação vigilante e combativa em desvios que eventualmente possam ocorrer com a administração dessas duas Caixas. não contra as mesmas.

Cordialmente

Wanderley

Anônimo disse...

Prezado Ari.
Compartilho da nota das propostas para a AAPPREVI e novamente manifesto meu apoio incondicional à CHAPA 02 HORA DA UNIÃO, sobre o qual eu posso dizer hoje a seguinte frase: “As palavras podem até convencer, mas é o exemplo que arrebata multidões”.
E é assim, com sua capacidade de conciliar, que dia a dia, o Ari, o Gilvan, a Lázara, a Jane, vai agregando novos apoios.
Pensionistas vão votar nestas eleições da AAPPREVI.
Pensionista chega de viver em cima do muro, decida.
VOTE CHAPA 02 HORA DA UNIÃO
Respeitosamente
Rosalina de Souza
Pensionista
Matrícula 18.161.320-4

Anônimo disse...

Caro Sr. Ari,

Com essa postura - ou nós/eu ou eles/ele, fica difícil.
O sr. está agora radicalizando, sem ainda ser eleito, que dirá depois.
Essa atitude não serve nem para o sr. nem para o sr. Marcos, muito menos para os associados da AAPPREVI.
Todos aqueles que forem "derrotados", tem que abandonar a associação?
Que lástima, esse seu pensamento!
Saudações de paz!

Anônimo disse...

Ari,

..."se a eleição transcorrer sem fraudes...'

Essas suas palavras foram de uma infelicidade impar. Existe uma comissão eleitoral que acredito ser dirigida por pessoa integra.

Ari Zanella disse...

Anônimo 22:27

Não disse que vou abandonar a Associação. Leia novamente a pergunta do João - foi a ele que dei a resposta. Ele perguntou se haveria possibilidade de reconciliação depois das eleições. Ora, se não há antes (que seria o mais sensato) como poderia haver depois?

Wanderley,

Se as duas entidades são nossas amigas, como você diz, então por que nos prejudicam tanto?

Anônimo das 22:02

Você está insistindo tanto nessa questão que desconfio esteja a serviço da outra chapa. Já explicamos que as nossas ações estão todas no Rio, e o sucesso das ações dependem muito do bom e ágil relacionamento com nossos advogados ou escritórios. E se você parar pra pensar, concordará que o nosso nicho mercadológico hoje são as ações que se encontram no Rio ou foram iniciadas lá. Infelizmente, as ações Cesta-Alimentação e Renda Certa não prosperaram (não culpo os advogados, mas as manobras do STJ) e nossa "menina dos olhos" agora são as ações que se encontram no Escritório Silvio Manhães. A partir do momento em que um associado tiver ganho comprovado numa ação, o prestígio da Associação se multiplicará.

Felipe disse...

É não fiquei muito de acordo mesmo com abri as portas da AAPPREVI para o PreviFuturo, penso que ela mesmo foi criada especialmente para o pessoal do Plano 1.

Ari Zanella disse...

Caro Antonio Barreto,

Este "prossegue sem nós" não significa deixar a AAPPREVI. Significa que não pactuaremos com o Status Quo. De minha parte ficarei por longo tempo como associado porque apenas o custo das ações judiciais que tenho já me é uma grande vantagem.
Eu penso que será bom abrir o leque para abrigar sócios de outros planos da Previ. Eles têm anseios parecidos com os nossos e não razão para não fazê-lo.
Obrigado pelos questionamentos.
Aconselho-o a enviar suas sugestões (se as tiver) para o Gilvan gilfortal@yahoo.com.br
que serão bem-vindas. Nossas propostas não são fechadas, havendo convencimento do contrário, mudaremos.

Ari Zanella disse...

Felipe,

Vocês devem dar feedback do que não estão de acordo. Já dei o email do Gilvan acima. Expliquem as razões pelas quais discordam. Poderemos repensar se houver muita resistência.

Anônimo das 22:43

A empresa que presta assessoria de informática à Aapprevi é dirigida pelo filho do sr. Marcos Cordeiro, cujo nome é MC Informática (de Marcos Cordeiro Junior).
Nós já informamos o fato ao coordenador Raul Avellar (que disse desconhecer o fato). Somos de parecer que, excepcionalmente para estas eleições, fosse controlada por pessoas independentes, sem interesses no resultado do pleito.
Você não acha que o processo seria mais isento? Mal comparando, é como se uma decisão do campeonato brasileiro fosse arbitrado pelo presidente de um dos clubes na disputa.

Elias disse...

ARI, ARI...

Caro mestre, espero continuar tendo-no em alta conta, mas corrija-me se estiver errado. Sua afirmação: ""Agora "RE-UNIÃO" é difícil, porque as divergências se tornaram irreconcilháveis. Ou nós vencemos e mudamos, ou ele prossegue sem nós"" Seu Post "Golpe Baixo" - que causou um grande e irreparável mal à nossa Associação dos Aposentados e Pensionistas da Previ - levam-me a duvidar que suas reais intenções sejam o crescimento e o fortalecimento da AAPPREVI e a efetiva Defesa dos Aposentados e Pensionistas do PB1. Espero, sinceramente, que eu esteja equivocado e que Você demonstre isso, não apenas com palavras, mas com gestos e atos de real grandeza.
PAZ E BEM!
Elias

Marisa Moreira disse...



Sr, Ari, Boa Noite!

".. as divergências se tornaram irreconcilháveis..."

Ainda bem que são as divergencias,independente de quem vença, eu peço que surpreendam a
DEUS o unico que tem todo PODER, que haja a liberação de perdão, antes que Deus surpreenda a todos.
Não se esqueçam nunca pessoas amigas, que TODOS estamos no comando do Pai.
Que Deus nos abençõe.

Com carinho

Marisa Moreira

Anônimo disse...

Obrigado Prof.Ari por sua resposta de 22/11/12 20:47

Obs:

Como eu disse, também fiz a pergunta ao mesmo tempo para o Presidente Marcos, no seu Blog.

Até o momento não foi impostada, nem a pergunta, nem uma possível resposta...


João

Anônimo disse...

Como a pessoa que me perguntou, não se identificou, copio aqui seu questionamento:

"Wanderley,

Se as duas entidades são nossas amigas, como você diz, então por que nos prejudicam tanto?"

Pergunto: No que essas duas Caixas nos prejudicam tanto? Se elas não existissem, nossa vida seria melhor?

Abraço

Wanderley

Anônimo disse...

Senhor Ary,

Existem algumas expressões interessantes muito empregadas em algumas regiões, que não me agradam particularmente, tais como "caiu a ficha", "chutou o pau da barraca", "chutou o balde", etc.
As duas últimas costumam ser entendidas como uma reação agressiva, tal como virar a mesa, quebrar a casa, por exemplo.

Sobre a última, ouvi certa vez uma comparação divertida. Seria como a vaca que produz 40 litros de leite, e em seguida dá um coice no balde. Ou seja, alguém realiza um trabalho meritório e depois, em consequência de suas ações, deixa de fazer jus ao reconhecimento (por favor, não tenho a menor ideia da capacidade produtiva de uma vaca leiteira, foi assim que ouvi).
Conclusão: não se pretende deixar de reconhecer a produtividade da referida vaca. Mas também não se pode concordar com o COICE NO BALDE.

Russel Furtado disse...

Alô Sr. Ari,
Aqui é o anônimo das 22;02
Voce critica o outro lado por ser agressivo, mas retruca com ilações
ofensivas.Meu nome é Russel Furtado dos Santos, resido em BH e sou associado da AAPPREVI há cerca de dois anos.Não estou a serviço de ninguém e de chapa nenhuma. Nunca vi e nunca conversei com o senhor e nem com o atual Presidente.A única coisa que me move é o meu livre pensar. Não conheço e nunca vi nenhuma das pessoas que constituem as chapas. Ninguém jamais me contatou. Passo a
comentar as propostas da sua chapa:

1-Trabalho voluntário
Consta do estatuto
2-Ações judiciais
Consta do estatuto
Obs.: É como se um candidato a Presidente da República tivesse como proposta deixar os Estados de Minas e São Paulo como estão.

3-Sede
Seria bom ter um espaço comercial
4-Alteração de domicilio
Em minha opinião, é sómente pela candidata residir no Rio. Os argumentos não se sustemtam.
5-Agilidade no ajuizamento de ações.
Hoje, na posse do presidente do STF foi unânime que a demora processual ocorre após o ajuizamento.
6-Implantação de Bancos de Documentos
É uma teoria sem fundamento. Cada caso é um caso. Cada ação é uma ação.Cada processo exige documentos proprios, especificos e atualizados.
7-Atendimento na sede
Seria uma boa alternativa a se somar com os outros veiculos de atendimento já existentes.
8-Alteração do Estatuto
Misturar Plano em Extinção com Recursos Bilionários com Plano incipiente e recursos reduzidos. É simplesmente querer fazer um balaio de gatos. Foi a partir de ações afins que a ANABB se desvirtuou.
9-Reformulação do Site
Como não tenho grandes demandas em TI , considero o atual fácil de conexão e navegação.
10-Atendimento Pensionistas
11-Relacionamento Respeitoso
12-Decisão compartilhada
Os 3 últimos itens são basilares e fazem parte das atividades normais da Instituição desde o seu nascedouro. Ao menos, é o que deveria ser. Caso não foi, competia às partes, questionar às épocas próprias e por escrito. Assim, as vozes teriam o respaldo necessário para não se tornarem vozes solitárias.

Anônimo disse...



Gente, o nosso co-irmão Henrique Pizzolato foi condenado a pagar vultosa multa , além de anos de cárcere. Vamos mostrar nosso espirito cristão ajudando o irmão a quitar este debito? Caso contrário ele vai ter de vender o AP de Copacabana, adquirido a dura penas !. Aproveitemos parte do ES , gente ! Holy Adão.Terezina-SE

Ari Zanella disse...

Amigos(as),

Marisa, meu grande objetivo é agradar a Deus embora para isso seja preciso desagradar os homens.

Gente, eu não estou "chutando" a AAPPREVI. Já fiz uma comparação com a videira. É preciso que o vinicultor PODE os galhos velhos para que ela produza mais e melhor. (pode = verbo podar).

Wanderley - A previ nos prejudica porque só obedece ao BB (que é nosso inimigo, considerado por muitos críticos como o João Rossi, a Sra. Isa Musa, etc.) Veja o caso agora da incorporação da GS para o pessoal da ativa. Bastou o BB mandar que o CD da Previ se reuniu e aprovou. Para quem está na ativa foi muito bom, mas o Conselho Deliberativo é da PREVI ou do BB?
E a isonomia neste caso? Nenhum aposentado foi beneficiado.
A Cassi é um plano falido. Ninguém mais atende por ela. Eu mesmo sou melhor atendido pelo SUS do que pela Cassi. Talvez você esteja na ativa, e nesse caso eu pensaria igual a você.

Ari Zanella disse...

Elias,

Lamento ter causado este mal irreparável que você diz. Eu tenho minhas razões e por enquanto não vou expô-las. Como eu já disse, não sou melhor porque me elogiam nem pior porque me criticam. Sou o que sou aos olhos do Senhor.
Não devia dizer isso, mas torço para perder porque assim voltarei a ter paz na minha vida. Na vida, às vezes, nos decepcionamos com as pessoas.

Anônimo disse...

Caro Mestre Ari,

Sempre admirei muito seu trabalho e sua atuação na AAPPREVI, e por isso participei muitas vezes postando no seu blog.

Sou franco em dizer que não gostei das propostas de sua chapa em aceitar o pessoal do Previ Futuro no quadro de associados, já que associação foi criada para defender os interesses do Plano 1. Se colocado em prática essa proposta, a AAPPREVI corre o grande risco de se tornar um shopping de negócios, como aconteceu com outra associação. Então, nós ficaremos novamente a "ver navios".
É verdade que com o passar dos anos a associação "desaparecerá" juntamente com o Plano 1, que tem tempo limitado de existência. Mas terá cumprido a sua missão.

Pedro 8214780

Ari Zanella disse...

Colega Russel Furtado,

Ainda bem que uma das chapas apresentou propostas e você pode contestá-las, não é mesmo?
Respeitamos muito a sua opinião. Em Curitiba nós não temos sede. A sede da Associação é a residência do presidente, que não gosta de receber associados.
Nossas propostas foram pautadas num consenso. Você diz:
"Os 3 últimos itens são basilares e fazem parte das atividades normais da Instituição desde o seu nascedouro. Ao menos, é o que deveria ser. Caso não foi, competia às partes, questionar às épocas próprias e por escrito. Assim, as vozes teriam o respaldo necessário para não se tornarem vozes solitárias"

Eu ressalto: AO MENOS É O QUE DEVERIA SER.

Você pode imaginar o Michel Temer(Vice-presidente da República) questionando a Dilma Rousseff (Presidente da República)? Quem tem mais autoridade?

Anônimo disse...

Colega do exemplo do balde.
A VACA CHUTA O BALDE PORQUE NÃO PENSA.
Sr. Ari o sr. quer podar os galhos velhos como nós idosos fomos podados no ES pela formula mágica?
Não considero a Cassi um plano falido.Pode ser que tenha problemas localizados, mas, ainda assim é melhor que muitos planos.
Como o sr. sugeriu ao Marcos proporcionar via AAPPREVI descanso ao Gilvan, lembra-se?, me desculpe
mas a sua afirmação "voltarei a, ter paz na minha vida",não revela cansaço criado por essa situação?

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

As propostas estão aí para serem analisadas e discutidas. Ao final do texto foi dito: “Procuraremos tomar todas as decisões de forma compartilhada, respeitando a maioria que será sempre soberana”. Só aí já há um avanço bastante significativo com relação à postura atual que impera na associação. Não me recordo, neste três anos de existência da entidade, de algum momento no qual o quadro de associados foi instado a se manifestar, seja qual fosse o motivo da consulta. Imagino que, se eventualmente se manifestasse, com certeza não seria ouvido em razão do modelo de administração praticado. Volto a destacar que na chapa Hora da União prevalecerá sempre a vontade soberana da maioria, representada pelos seus mais de três mil associados. É óbvio, mas nunca é demais lembrar, que os associados são a razão maior de existência da Aapprevi, terão sempre que ser recebidos na sede da associação e tratados com todo o carinho, respeito e consideração, sejam eles aposentados ou pensionistas.

Anônimo disse...

O homi do blog preto ta chamando vcs de chapa de Judas, incrível como ele nao tem pejo. Alerto a vcs que esse processo eleitoral nao tem nenhuma credibilidade, pois é feito no computador do presidente, na casa do presidente, pelo filho do presidente! Vcs vão permitir isso? Estão querendo perder por goleada? Tão malucos???. Há, depois vão a justiça pedir os "logs" do sistema de informática? Qu qua qua nem em 10 anos terão a ação julgada fiquem espertos fiquem espertos

Ari Zanella disse...

Claro que todas as propostas não seriam aceitas por unanimidade. Cada um defende os seus próprios interesses, e eu acho até normal, mas não podemos nos pautar por interesses particulares. O interesse coletivo deve prevalecer antes do interesse particular.
Temos que olhar para o futuro. Devemos ficar atentos para o poder de decisão dos integrantes do PLANO PREVI FUTURO numa eleição para as nossas caixas (PREVI/CASSI). A última eleição para a PREVI nos deixou uma lição.
As nossas propostas não estão engessadas. Acatamos sugestões que possam torná-las melhores e em prol do bem comum de todos.


Gilvan Rebouças

Anônimo disse...

Lamentável, estamos num beco sem saída, duas chapas bem compostas, componentes dígnos, porém interesses de fora nos rodeiam, precisamos analisar muito antes de decidir, mas de uma coisa eu já tenho certeza, não deixarei de votar e O MEU VOTO SAIRA PARA A CHAPA QUE SE COMPROMETA APENAS COM O PB1 E OS PENSIONISTAS, essa idéia de acrescentar sócios de outros planos com a proposta da "Vontade Soberana da Maioria", seremos nós do PB1 e pensionistas, por acaso a maioria? pode até ser no papel, mas na realidade não somos pois grande parte está alienada porque estão doentes e passam necessidade financeira.

Anônimo disse...

Definir melhor a questão da transparência e, o ponto principal: A Associação DEVE continuar EXCLUSIVA dos PLANO 1. Misturar não vai dar certo. Já tem um monte de associações que fazem isto e no fim, NÃO FAZEM NADA.

Anônimo disse...

A AAPREVI tão recém criada ainda não deu conta de solucionar ,ou ao menos amenizar os anceios do PB1 e dos pensionistas e já quer voar abrir para outros planos? não concordo ,se isso acontecer vou me desvincular, só entrei nessa associação para rever na justiça as perdas no benefício, não preciso estar visitando a sede da associação, me basta apenas um blog, um telefone e minhas ações andando e com essa proposta de crescer como ficam as contribuições? Eu não tenho bruto de 19.000 como um aposentado relatou não, meu bruto é de 6.000 com as consignações fico com líquido de 1.800, os 11,50 que contribuo atualmente é compatível com minha renda , se aumentar não vou conseguir pagar.

Anônimo disse...

Caro Ari, Poderia por favor levar até a Jane Torres de Melo ,candidata a presidente da AAPREVI, pela chapa 2, uma pergunta minha?- É sobre os aposentados de 98, pelo que observo foi o cálculo de aposentadoria mais massacrado do plano 1, confuso,cheio de contradições.Sendo ela aposentada desta época, deve estar totalmente embasada, pois nada como sentir na pele a dor do outro.Pergunto: quais os planos de ação para que as ações RMI venham contemplar esse grupo de forma satisfatória e rápida, pois pelas conversas nos blogs são eles na maioria, os endividados criticados. Sugiro também que se torne público nossos benefícios para podermos provar as desigualdades.

Anônimo disse...

Caro Gilvan, voce fala do poder de decisão do PREVI FUTURO, referindo-se as eleições da PREVI e acha devido basear-se nisso, porem, o resultado da eleição PREVI foi desastroso para nós aposentados e pensionistas. Entendo que todas as associações de aposentados devam estar sempre unidas para elegerem os representantes na PREVI que é de todos nós, mas, se a própria PREVI se dividiu em vários planos por outros interesses que não os nossos, o certo é que cada plano tenha sua associação representativa, caso contrário a PREVI vai pender só para um lado.Criou-se a AAPREVI para defender um segmento de aposentados com razões diferentes dos outros segmentos, é só incentivar os aposentados que estão acomodados e isso é possível, já foi comentado nos blogs com excelentes idéias e assim teremos a representatividade dos aposentados do PB1 e pensionistas na hora do voto da PREVI e não são poucos votos, será que é porisso que ninguém move uma palha nesse sentido? será que querem esse grupo eternamente adormecido? por que será? o voto do PREVI FUTURO tem mais valor que o nosso?

Ari Zanella disse...

Respondo pelo Gilvan:

O Previ não tem mais valor do que o nosso. Mas, a prática confirma que são eles que estão decidindo a eleição na Previ. Infelizmente o nosso PB1 se OMITE nas votações: Mais de 60% não votam.

Anônimo disse...

Sr.Ari, o sr. disse que não queria mais nada com o sr. Marcel Barros.
Estava num post e comentário anterior seu.
Supondo-se que sua chapa seja vitoriosa, o sr. vai" atende-lo ao telefone"? A associação vai dialogar confiante no diretor ou vai confiar desconfiando?
A AAPPREVI vai voltar aos braços da FAABB? Vai esquecer que a associação foi atingida, embora o alvo fosse o seu presidente?

Anônimo disse...

A candidata da Chapa 2, JANE TORRES DE MELO, tem que se apresentar aqui neste Blog, URGENTEMENTE...
Temos de conhecê-la em suas explanações/discussões, etc, senão fica difícil a gente tirar conclusões para que a gente possa fazer a escolha certa na hora da votação...

João

Anônimo disse...

Prezado Gilvan:
Diante de toda controvérsia que vemos nos dois blogs, das duas chapas que concorrem à eleição da AAPPREVI, me senti como se estivesse diante de eleições na CASSI, na ANABB (da qual não sou mais associada) ou na PREVI. Um bombardeio de informações e acusações de todos os lados. A gente, de longe, fica sem saber o que pensar, em quem confiar...
Por outro lado, sempre achei muito estranha a postura defensiva e quase grosseira (com palavras muito bem escritas, claro) do Presidente Marcos quando fiz alguns pedidos de informação. As respostas - que me deixaram na mesma - sempre vindas dele, assinadas pessoalmente, me deram a impressão que ele é uma pessoa um tanto inflexível e instransigente, que não admite qualquer crítica, pois enxerga desconfiança em uma simples pergunta (não se pode nem pensar em duvidar dele!).
Achei ótimo que hajam pessoas com competência para levar a associação adiante, uma vez que tantos sérios compromissos foram por ela assumidos. Mas me preocupam algumas propostas da sua chapa: 1)Por que mudar a sede para o Rio de Janeiro? Existe um levantamento exato dos custos - que estão sendo maiores em função do domicílio ser em Curitiba? Concordo que tem que sair do "fundo do quintal", mas não seria o caso de um espaço em Curitiba mesmo? 2)Não concordo - absolutamente - com a inclusão de colegas da ativa. Embora façam parte da mesma PREVI, seus interesses são totalmente diferentes dos nossos. Lembremo-nos da manipulação quando do 'plebiscito' do "sim" ou "não". Realmente, como disse o Marcos, eles têm PLR, auxílios alimentação/refeição e sindicatos a apoiá-los. E como se daria essa alteração nos Estatutos? Com consulta ao corpo social?
Cada post que eu leio, de um lado e de outro, me deixa confusa. Porque, tirando as acusações de traição, entre outras, da parte do Marcos - o que confirma sua incapacidade de aceitar o contraditório - ele é firme na questão do domicílio e da associação dos ativos, com o que eu concordo. Mas creio que, não fosse, principalmente, a proposta de afiliação dos funcionários da ativa, uma vez que você pode ter um argumento que me convença a respeito da mudança de domicílio, meu voto já seria da chapa 2.

Ari Zanella disse...

Cara Anônima 23:22

O Gilvan já está dormindo, foi vencido pelo cansaço de hoje. Tomo a liberdade de responder por ele.
O Gilvan tem tudo estudado a fundo. Não mudaria a sede se não fosse vantajosa financeiramente para a AAPPREVI e por consequência, para os associados. A questão dos ativos, tem que ser alterado no Estatuto e isto irá passar por consulta ao associado. Estas são apenas propostas. Confie em nós. Vocês vão receber um tratamento melhor e mais ágil. O Gilvan é o coração da Associação. Entenda isso. Um forte abraço.

Anônimo disse...

Como faço pra votar?