quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

PRIVATARIA...PETISTA!!!

        Bem ao oposto do que sempre pregou, o Partido dos Trabalhadores deixou de lado sua índole estatizante e privatizou logo de uma vez três estratégicos aeroportos do país: o da capital da república, o de Campinas, denominado "Viracopos", e o de Guarulhos em São Paulo, o maior do país.
        O aeroporto internacional de Cumbica nos afeta diretamente, posto que a Previ entrou no negócio não por vontade dos associados, mas por imposição do patrocinador. Esta é a característica do PT. Entrar em privatizações que ele considera  rentáveis através dos Fundos de Pensão (que também se considera dono) para continuar tendo o poder de decisão nas suas mãos, nomeando seus camaradas nos postos chaves.
          O governo falsamente nos fez crer que a concessão mal renderia 6 bilhões. Arrecadou 24 bilhões já sabendo de antemão, porque foi ele quem determinou ao BB, mandante da Previ que tem maioria na INVEPAR, a propor a absurda oferta de 16,2 bilhões. Ou seja, o PT retirou da Previ e de outros fundos uma bela soma sob a maquiagem da privatização. Como tem acontecido sistematicamente nos dois últimos decênios, nosso patrimônio da Previ está sendo dilapidado, sem anestesia.
        O retorno, se houver, será a longo prazo. Mas, o PT não está preocupado com o nosso retorno. Já temos mais de 63% alocados em renda variável. Com mais esta aumenta-se 5% ao já aloprado número. Estão no limite da irresponsabilidade e não há Conselho Fiscal ou Deliberativo que faça alguma coisa. Nem a justiça é capaz de frear este rombo que o PT faz em nossa Caixa.
        Ó Senhor, livrai-nos do PT, amém!

24 comentários:

Anônimo disse...

Frase ouvida de umdos participantes desistentes do leilão:"Seria necessario abrir mao do lucro para cobrir a proposta vencedora"(16,2 bi). A receita da Infraero ano passado foi de 770 milhões e, salvo engano, o consorcio vencedor pagará como valor da outorga 800 milhões/ano. Junte-se a isto os investimentos de 4,6 bi para 2014 e 2016 e aja esforço para gerar retorno ou lucro ! SErá que os nossos independentes e capazes diretores conseguirão? Lembremo-nos de Costa do SAuipe.

Anônimo disse...

Prof. Ari, o que podemos fazer se nem a justiça é capaz de frear este rombo que o PT faz em nossa Caixa?
Santas PRIVATARIAS TUCANA e PETISTA.

Profº Ari Zanella disse...

Uma das saídas seria revogar alguns artigos da Lei Complementar 108/2001 que dão excessivo poder ao BB. Esta Lei foi promulgada pelo FHC do PSDB, outro traíra de marca maior.
Por outro lado, ainda está um tanto nebuloso este negócio. Dizem que a Infraero ficou com 49% no leilão. Se assim for, a Invepar entrou com 51% dos 16 bilhões. Outro fator é que o BNDES teria financiado 80% do empreendimento. Se tudo esso é verdade, então saiu menos dinheiro da Previ do que se imagina. O problema é o retorno...

Anônimo disse...

Quem precisa esclarecer,dar detalhes aos participantes/donos do fundo é a Previ,sócia na Invepar.Pelo que se entende do noticiario ,a empresa a ser constituida pelo consorcio para gerir Cumbica terá como socia no negocio a Infraero condiçao do leilao.A nova empresa sera socia da Infraero em 49% mas,o consorcio paga os l6,2 bi.O que o BNDES podera financiar em até 80% são os recursos para investimentos estimados hoje em 4.6 bi.A Infraero não tinha um tostão.Esclareça Previ.

wilson luiz disse...

Caro Profº Ari,
O grande Karl Marx, ainda hoje o ídolo de muitos petistas, uma vez escreveu:"a história se repete, a primeira vez como tragédia, a segunda como farsa"
Veja como é verdade, houve a privataria tucana, e agora temos a privataria petista.
Os petistas sempre foram contra as privatizações, não por convicção, mas por oportunismo; para eles, quanto mais empresas em mãos do Estado, mais cabides de emprego para pendurar os "cumpañeros".
Pelo menos nas privatizações de FHC, não sobrou nenhum cabide, vamos ver como fica nas privatizações petistas.

Anônimo disse...

Como de hábito, blogueiros só sabem dar palpite errado. Não fossem as privatizações, como a da Vale, não haveria superávit da Previ para distribuir. Somente depois de privatizada (e comprada em parte pela Previ) a Vale passou a dar lucro. E vcs ainda criticam as privatizações, ora bolas.... Não sabem da missa o intróito! Só falam M....

Profº Ari Zanella disse...

Não conheço alguém que seja contra à participação da Previ na Cia Vale do Rio Doce. Deveria, à época, ter adquirido os 100% dela. Minérios e recursos naturais cada vez serão mais valorizados.
Agora...aeroporto, meu amigo! Tomara que você saiba da missa mais que o introito.

wilson luiz disse...

Caro Profº Ari,
Menos mal que o "grande negócio" da privatização do aeroporto de Cumbica será pago em 20 parcelas anuais, a parte da PREVI deve representar uns R$ 267 bilhões/ano; vamos torcer para que haja algum lucro, para diminuir este valor.
Sugiro à PREVI que aplique no negócio um pouco do patrimônio do PREVI Futuro, pode ser interessante, pois é um Fundo que deve durar tanto quanto o Banco do Brasil, e a longo prazo, talvez seja bom negócio.

wilson luiz disse...

Caro Profº Ari,
Veja a ironia; quando da privatização da Vale, os petistas/sindicalistas, então na oposição, faziam campanha nas agências para lutarmos contra a participação da PREVI, alegando que o negócio era "dilapidação do patrimônio do povo brasileiro". Hoje, metem a mão em metade dos superávits de nosso fundo, os quais são, em grande parte, originários da participação nas privatizações do governo FHC.

wilson luiz disse...

Às vezes, leio esperançosos comentários para que o provisório BET 20 seja transformado em permanente. Na situação atual, isto é impossível. Todo dia 20, os fundos previdenciários criados para pagar os benefícios para nós e a parte roubada para o Banco, tem seu saldo reduzido em, aproximadamente, R$ 217 milhões (R$ 2.6 bilhões no ano). Ocorrendo o zeramento destas contas, o pagamento deverá ser suspenso, já que não há a possibilidade de fazer saques em outras reservas. A única esperança seria se, havendo superávit, o Banco fizesse um "arreglo" para continuar os pagamentos. Como não acredito nisto,não fiz qualquer financiamento baseado nos recebimentos do BET.
Agora, acabo de ler, no site da VALIA que ontem, dia 8, a PREVIC aprovou, preliminarmente, proposta da Diretoria(com D maiúsculo) do fundo de pensão dos funcionários da VALE, para que o pagamento do superávit(o BET deles) seja acelerado. A proposta é a seguinte:
-pagamento, em junho/2012, de abono correspondente a 3 vezes o valor do benefício;
-pagamento, a partir de 2013, em junho de cada ano, de abono equivalente a 6 vezes o valor do benefício;
-manutenção do pagamento do BET deles, que é de 25%.
Se a diretoria(com d minúsculo, microscópico) da PREVI se interessasse, também poderíamos conseguir, mas como escreveu o saudoso Barão de Itararé, "de onde pouco se espera, daí é que não vem nada, mesmo".

Anônimo disse...

Prof. Ari,

A quesão maior não é como e onde a previ está investindo seus recursos; o que há muito tempo vem preoculpando e até aterorizando os seus aposentados é a forma injusta como os lucros estão sendo distribuidos. Portanto, que tal mudar os rumos da Caixa em favor dos aposentados e pensionistas? As eleições vem aí!!!

-x-x-x-x-x-

Prof. Ari,
Por favor, esclareça-me algumas dúvidas em Inglês:
Usamos a expressão "Com licença" quando pedimos passagem em meio a muita gente. Em situação semelhante, como se expressam os gringos de lingua inglesa?

A expressão "Desculpe-me" ou "Me desculpe" usamos quando, involuntariamente, tropeçamos ou ofendemos alguem. Para evitar o revide, como falam os britânicos e demais povos de lingua inglesa.?

Muito obrigado.

Anônimo disse...

Prof. Ari,

Os tucanóides são encontrados em todo lugar. Esses aí das 13:29 e 13:30 tem razão, senão vejamos: o payback da Vale foi de 2 anos; uma semana após o leilão (?)foi anunciada a descoberta de uma mina de ouro; os recursos da Vale devem ser exaurídos muito em breve, depois de 400 anos. Agora essa privataria PTista... jamais terá meu apoio. Ah se este País fosse sério...

Profº Ari Zanella disse...

Caro Anônimo:

Todas estas formas que tirei da internet são usadas, só que no caso específico citado por você é preferível dizer "so sorry" ou simplesmente "sorry".
----------------------------------
"Vamos aprender hoje algumas expressões muito úteis para pedir desculpas em inglês e também responder a esses pedidos.

Forgive me. – Perdoe-me.
I’m terribly sorry about … – Sinto muitíssimo por …
I’m awfully sorry about … – Sinto muitíssimo por …
Please accept my apologies for … – Por favor, aceite minhas desculpas por …
Please excuse my son. – Por favor, desculpe meu filho.
I would like to apologize for … – Eu gostaria de pedir desculpas por …
I apologize for … – Peço desculpas por …
I’m sorry. I didn’t mean to … – Desculpe. Não tive a intenção de …
Did I do that? I’m sorry! – Eu fiz isso? Desculpe!
Sorry about that. – Desculpe por isso.

Você pode responder a um pedido de desculpas com as seguintes expressões.

That’s quite all right. – Tudo está bem.
I understand completely. – Entendo perfeitamente.
You really don’t have anything to apologize for. - Não há pelo o quê se desculpar.
Don’t worry. – Não se preocupe.
That’s all right. – Está tudo bem.
It’s nothing to get upset about. – Não há com o quê se preocupar.
That’s all right. It can happen to anyone. – Tudo bem. Pode acontecer com qualquer um.
I wouldn’t worry about that if I were you. – Não me preocuparia com isso se fosse você.
Forget about it. - Deixa pra lá.
That’s / It’s OK. – Está tudo bem.
It’s not your fault. – Não é culpa sua.
Well, that’s life! - São coisas da vida!
Stuff happens. – Coisas assim acontecem."

Carlos Valentim Filho disse...

Prezado Professor Ari,

Antes de detonar sua metralhadora giratória, atirando para todos os lados, Você deveria ter pesquisado melhor a respeito.
Da Invepar,a Construtora OAS detém 50% do capital. Os outros 50% estão divididos entre PREVI, PETROS e FUNCEF.
A PRIVATARIA do PT não vendeu patrimônio público. Apenas alugou as instalações para uso comercial, recebendo R$ 800 milhões por ano, com carência de 12 meses. Desses R$800 milhões caberá à PREVI cerca de R$ 200 milhões, segundo imagino. Ao final de 20 anos, terminará o contrato e o Governo de plantão poderá voltar a explorar o uso ou fazer novo leilão.
Bem diferente da PRIVATARIA DO PSDB, que vendeu o partrimônio público a preço de banana, sob falsas premissas,dando preferância para grupos estrangeiros. O dinheiro arrecadado sumiu, os espertinhos se locupletaram e a dívida pública junto aos organismos internacionais cresceu.
A propósito, sugiro que Você leia o conteúdo do Blog da Cecília Garcez, postado dia 7-2-2012, sob o título: Leilão de Concessão dos Aeroportos. É longo, mas muito esclarecedor.

Grande abraço
Valentim

Bernardo Mallmann - Lajeado-RS disse...

Ari,
Preciso de melhor interpretação para os números do negócio. Senão, vejamos:
- oferta total-16,1 bilhões de reais, divididos em 20 anos de concessão, ou +/- 805 milhões por ano;
- consórcio vencedor: Invepar 90% (14,4 bi) e Acsa 10% (1,6 bi);
- composição da Invepar: OAS 50% (7,2 bi), Previ/Petros/Funcef 50%;
- gastos previstos nos 20 anos de concessão: 4,6 bi, sendo 1,4 até 2014;
DÚVIDAS QUE FICAM:
- participação da Previ na Invepar;
- A OAS, sabe-se, não está ai para perder. Seu interesse maior deve ser nas obras de ampliação, onde poderá superfaturar;
- a receita atual do aeroporto é de pouco mais de 600 milhões. Não dá nem para amortizar as parcelas do investimento;
- a Infraero permanece com 49% do aeroporto. Participará das obras nesta proporção? E na receita?

Está muito confuso!!!!

Henriqueta disse...

Prof. Ari,

Parabéns pelos novos tons do blog - a sua leitura tornou-se bem mais agradável.
Acredito que, somando-se à qualidade dos temas aqui abordados, esse novo layout vai proporcionar um aumento de visitantes.

Profº Ari Zanella disse...

Confuso mesmo, amigo Bernardo.
O governo leiloou somente 51% do empreendimento, pois 49% permanecem com a Infraero (estatal). E a Infraero também vai participar dos investimentos previstos?
Penso que o Rene Sendas teria a obrigação de explicar a negociata no site da Previ. Afinal, a Previ precisa prestar contas a nós, os donos do Plano ou não?

Meu melhor muito obrigado ao Mestre Valentim, sábio e longevo amigo que sempre enaltece os comentários. Paradoxalmente, com ele sinto-me alegre ao receber críticas...(este conhece...)

Colega Henriqueta:
Muito me alegra receber este seu comentário de alento. Muito obrigado!

Anônimo disse...

Ari, e como fica o nosso Betinho, vão mesmo pegar de volta?


Abraço.

Pensionista.

Bernardo Mallmann - Lajeado-RS disse...

Ari e colegas,
Vale a pena ler no blog da Cecília a fala do presidente da Invepar ao Valor Econômico sobre Guarulhos. Pode ser que o bicho não seja assim tão feio como parece.

Anônimo disse...

O PT não resolveu privatizar. O PT foi obrigado a privatizar. Por que? Por que a grande gerente de cerda, percebeu que nada ficará pronto para a Copa e as Olimpíadas, contando com estes inaladores de dinheiro público que loteiam os cargos do governo.
Portanto privatizar foi preciso.
Rosa Calixto

Juarez Barbosa disse...

Prezado colega Ari,

Parabéns pelo novo leiaute de seu Blog.

Um fraterno abraço.

Anônimo disse...

Permita-me colocar para esclarecimento,numeros extraidos do site da Invepar e esclarecer os esclarecidos: Composiçao do capital da Invepar: PREVI 36,85%- OAS construtora 14,72% - OAS investimentos 2,95% -( total de 17,67%) - Petros 25% - Funcef 20,48% Na compra da outorga de Cumbica,a Invepar participa com 90% e a ACSA com 10%.Sempre que há uma construtora no negocio,me lembro de Costa do SAUIPE. La tambem tinha uma e a Previ esta com o osso para roer.Como já se disse, a incognita e o retorno,mesmo considerando o otimismo de nossos funcionarios(diretores da Previ).Para atender governos de plantão,já compraram gato por lebre antes.

Anônimo disse...

A invepar esta assim constituida:Previ com 36,85% - OAS com 17,67% - Petro com 25% - Funcef com 20.48%. No leilao entraram com 90% e administradora de aeroportos ACSA com 10%. A Infraero continua com 49% "do aeroporto",sendo portanto,socia dos investidores.

Anônimo disse...

colegas, pelo q se le qto ao investimento em Cumbica, o que vai sobrar p a PREVI eh um buraco negro nas contas.Nunca vamos saber o q se passa na realidade.Ateh 2014 soh gastos, nada de retorno.Depois, soh Deus sabe.Se acham essa opiniao um mau agouro, me desculpem.Mas deem uma espiada nos megainvestimentos efetuados por esse governo ateh hoje:transposiçao do Rio SFrancisco,transnordestina, usina Belo Monte,e ots.Animadores.