sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Cesare Battisti

O governo petista está prestes a não extraditar para a Itália um grande terrorista que na década de 70 matou quatro pessoas inocentes na Itália, através de atos extremistas semelhantes ao que fazia no passado a nossa ex-guerrilheira e hoje presidenta Dilma Rousseff.
Battisti foi um dos líderes do PAC, uma organização proletária armada pró-comunista da Itália, nada a ver com o PAC da sra. Dilma hoje responsável pela construção de bondinhos no complexo do alemão no Rio. Battisti chegou ao Brasil em 2004, ilegalmente, vindo da França do governo socialista de Mitterrand. Em 2007 foi preso pela Polícia Federal em Copacabana também no Rio. Em 2009 ganhou a condição dada por Tarso Genro(PT) de refugiado político embora não fosse procurado na Itália por sua ideologia política, mas sim pelos crimes que cometeu.
Como no Brasil o presidente Lula protegeu outros crimes de colarinho branco como o mensalão, não me deixa surpreso a decisão de não extraditá-lo, apesar de existir entre Brasil e Itália um Tratado bilateral de extradição.
Fique tranquilo Cesare Battisti. Desta justiça terráquea você pode respirar calmamente pois você está entre "companheiros" e tal qual Barrabás serás solto brevemente.
Lá também na Judeia Pilatos perguntou ao povo: "Quem desejais que solte, Jesus ou Barrabás?"
Logo, logo, sr. Lula, voltará o Homem de Nazaré fazer a verdadeira Justiça!!!

Nenhum comentário: