BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

quinta-feira, 23 de março de 2017

ANNUAL BALANCE AND ACCOUNTING STATEMENTS

   Está na hora da revelação do balanço anual e demonstrações financeiras do gigante espelhado em Botafogo, no estado fluminense.
     O balanço de uma simples subsidiária tem mais impacto econômico que a do próprio conglomerado patrocinador. Sexta-feira será o dia da revelação.
     Tendo em vista que até "experts" têm dificuldades em interpretar as contas, o fundo prestaria um ótimo serviço aos seus aposentados se, paralelamente às demonstrações oficiais, elaborasse uma espécie de cartilha para que um leigo como eu pudesse entender melhor o jogo. Tal tradução das ciências contábeis para um linguajar onde até o Lula pudesse  compreender seria extremamente salutar. A título de ilustração, na distribuição do superávit de 2010 a reserva especial para revisão do plano era de 25 bilhões, no entanto, foram distribuídos 15 bilhões (7,5 + 7,5). E qual foi a destinação dos outros 10 bilhões? Poucos sabem que serviram para o desenquadramento, exigido pela resolução. Com a popular cartilha nem haveria mais necessidade de expor os resultados aos aposentados (apresentações).
     O time que ajuda o blogueiro na análise de balanços já está se aquecendo para sexta-feira, 24. Nos darão posições mais clarificadas que serão aqui publicadas. O palpite do Rossi é que em 2016 teremos um déficit (equacionado) entre 7 e 9 bilhões de reais. A conferir.
PREVI DIVULGARÁ SEU BALANÇO EM 24.03.2017 ATRAVÉS DO LINK QUE ESTARÁ DISPONÍVEL EM WWW.PREVI.COM.BR
   

7 comentários:

Anônimo disse...

A Todos,

Mais uma vez do mesmo, explicações que não explicam, informações que não informam, reuniões estrategicamente dirigidas para que não se obtenha a transparência que é de Lei.
Ou estou redondamente enganado velho e decrépito?

Anônimo disse...

Professor,

Convidarei meu amigo que tem o apelido de "Rolando Lero" para assistir junto comigo.
Ele é especialista nessa questões de fugir de ir direto ao assunto. Perguntei pra ele pq não me pagou a grana que tá me devendo, e ele acabou me emocionando com o fim do amor trágico de Romeu e Julieta. Tudo a ver com meu cascalho...

João Rossi Neto disse...


Caro Ari e colegas,

Para clarear melhor a situação acerca da minha projeção de resultado para a PREVI do ano passado, acho que haverá é um SUPERÁVIT técnico no balanço de 2016 da ordem de R$ 7 a 9 bilhões, já descontados os R$ 16,13 bilhões de déficit de 2015. Portanto, leia-se superávit em lugar de déficit, na parte final deste texto, como meu palpite.

joao trindade disse...

Não, colega das 10:15.
Você não está velho, talvez idoso e, decrépito, nunca.
Seu pensamento está corretíssimo. O que veremos (sempre do mesmo) é o retrato fiel da governança política brasileira, ou seja, muita fala, muita dissimulação e os fatos mostrando o oposto. Talvez, se demorarmos para morrer, vamos ver o ¨cão chupando manga¨.
Também estou velho e desesperançado com tudo o que se vê, à cada instante, e o país indo rumo a Venezuela.

Anônimo disse...

uma indagação que não quer calar:sob que condições a Previ inseriu em nossa folha de pagamento operações de crédito consignado de cooperativas,bancos etc..garantindo-lhes liquidez
absoluta,ultrapassando em muito o limite de 30% permitido em lei.

Divany silveira-S.lagoas-mg disse...



" CURSO MOBRAL PARA ENTENDER BALANÇOS DE FUNDOS DE PENSõES'

MESTRE, antigamente, as pessoas analfabetas recorriam aos letrados
para lerem cartas de parentes que moravam fora,principalmente em
São Paulo. Cansei de ver meu pai lendo cartas que vinham para seus
fregueses iletrados e muitos faziam questão que o leitor fosse ele
o leitor pela capacidade criativa do mesmo que acrescentava: " o
menino tem a natureza da vó e parece com a mãe ".estas pessoas eram
as melhores compradoras. Coitado, fazia isto para angariar fregueses
e pagar estudos de 05 filhos,sendo tres em Montes Claros. Sei que
que isto não é novidade para a maioria dos leitores.;entao, vol -
temos ao que nos trouxe aqui,que é balanço de fundos e grandes em-
presas e podemos afirmar; se não for técnico,tem de chamar al-
guém do ramo, cujo parecer pode ter firulas como as de meu pai.

Anônimo disse...

Colega de 10:15,

Suas colocações são extremamente pertinentes. A decrepitude está na ideia de quem promove aquilo que você sabiamente descreveu...