BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

sábado, 18 de fevereiro de 2017

É ESTE O BRASIL QUE DESEJAMOS?

    Não faz um ano um ministro do STF comentou em meio ao debate que se desenvolvia sobre a linha sucessória existente no caso do impedimento da então presidenta. Ele expressou-se mais ou menos assim: "São estes aí que temos?" Como a opinar que tínhamos (e ainda temos) políticos sem as mínimas condições de exercer cargos de presidência.
       Com efeito, quase todos são suspeitos de algum ilícito. O delito mais comum é o financiamento extra de campanha, o chamado "caixa 2" já reconhecido pela ministra Carmen Lúcia como crime eleitoral. Chegamos ao cúmulo de formação de comissão que irá sabatinar o indicado para o STF na qual dos 13 membros, 10 (dez) são investigados na Lava Jato, inclusive o presidente da comissão, o senador Edison Lobão.
      Mais um fato bisonho nesta panaceia chamada Câmara dos deputados. No dia de ontem, o ministro Luiz Fux do STF reencaminhou à Câmara o projeto das dez medidas anti-corrupção que havia sido totalmente desfigurado por deputados e senadores. Pois bem, Rodrigo Maia disse que não sabia o que fazer com este projeto! Dá para acreditar num poder legislativo assim? E um cara desse é o primeiro a suceder eventual ausência de Michel Temer.
      O problema é que nossa democracia está totalmente refém da classe política. O PT de Lula odiava privatizações porque via nelas supressão de cargos fáceis para os correligionários. O PMDB, por exemplo, é dono das indicações no BB. Vejam o caso do filho do senador Edison Lobão, indicado há dez anos para a subsidiária do BB Brasilcap, com salários que chegavam ao pico de R$70.000,00. Se um cara desses fica mais dez anos pode se aposentar pela PREVI sem nunca ter prestado concurso no BB...
     Em 2011 este Edison Lobão conseguiu destituir o presidente da Vale, Roger Agneli, recentemente falecido, porque este discordou de propinas solicitadas à CVRD.
         O Brasil só caminha razoavelmente porque tem recursos naturais que lhe garantem a sobrevivência. As matérias-primas não nos deixam afundar de vez. Mas no campo político estamos mergulhados em injustiças, corrupção e políticas desastrosas. Só na copa do mundo conseguimos propinas em quase todos os estádios. Que o diga o Maracanã e a arena Corínthians. E a usina de Belo Monte, heim? Tão reclamada pelo governo Dilma para que houvesse "investidores" tipo PREVI. Viram aí as propinas na operação Leviatã?
ALGUNS SENADORES DENUNCIADOS E INVESTIGADOS NA OPERAÇÃO LEVIATÃ, SOBRE A USINA DE BELOS MONTES.

19 comentários:

divany silveira-S.Lagoas-mg disse...

'DUM FELIS DORMIT SALIUNT MURES''

MESTRE,infelizmente, o conceito de politico está tão baixo,
claro que não são todos, mas a situação está ficando,ás vezes ,
cômica. Vejam o que ocorreu : uma adoleMcente que veio dePortugal
teve sua mala extraviada. MMuito triste e chorosa foi consolada
pela aeromoça que lhe disse: fique calma,nós vamos achar sua ba -
gagem,logo,logo, ao que a menina respondeu: se foi deputado não
vejo solução,pois eles têm foro especial.Diz, quem viu,que hou
ve um silêncio sepulcral.Traduão do proverbio latino: enquanto
os gatos dormem,os ratos aproveitam.!!!

joao trindade disse...

O que podemos esperar de um país comandado por gente que se revesa, desde sempre, preocupada em se locupletar? Ninguém é patriota e, raríssimos são honestos (gostaria que alguém citasse nome de um só).

Anônimo disse...

Essa novela tem a idade do Brasil : 500 anos, vindo desde as Capitanias Hereditárias e não vai mudar. Ninguém espere algo diferente. O Brasil é terra de ninguém.

Anônimo disse...

Não serve nem pra fazer sabão! Deviam enviar essas malas sem alça para passar um mês em pedrinhas junto com os colegas de profissão

Anônimo disse...

A tolerância do povo brasileiro, principalmente na véspera do carnaval, é intolerável.
Os últimos movimentos da cúpula política foram despudoradamente inaceitáveis.
Espera-se q as Forças Armadas ainda não tenham sido picadas pelas moscas azul, vermelha e de outras matizes.

Anônimo disse...

Quantos administradores tiveram seus salários rebaixados pelo não atingimento de metas do OUROCAP? Agora a fratura ficou exposta! Unicamente para manter estes vermes com salários nababescos.

Anônimo disse...

Passivos, alegres e carnavalescos, eis o nosso perfil. Prato cheio para as raposas fazerem a festa no galinheiro. Alá-la-la-oh, oh, oh
Merecemos!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Estava no saara passeando com a Raimunda,
Sol estava quente e queimou a nossa cara,
alá-la ô ô ô

Viva a maior expressão cultural do bananão. Melhor do que isso só aquela peça teatral que todos ficavam em roda, um enfiando o dedo no fiofó do outro, patrocinados pela Lei Rouanet



"...mostra sua cara quero ver quem paga pra gente ficar assim"


Reflexo disso está estampado na foto. Acham que nosso povo está representado a altura por essa classe política, ou ainda tem q piorar?

A carreta de óleo de soja capotou e viram as camionetes que pararam para roubar a carga?
Merecemos! Acredito que a representatividade de honestidade está elas por elas.
Hipocrisia pura dizer o contrário. Sem punição vira essa anarquia generalizada. O ser humano precisa de limites pq esta natureza foi corrompida.
Dez anos na presidência de uma subsidiária? Já imaginaram se realmente passassem a peneira no período?


Como diz o Filósofo Inglês Tomy Rhoulla: it is phoda

fernando disse...

Professor Ari, realmente está dificil esperar dos legisladores alguma coisa boa para nós. Muitos falam, olha na hora da urna, escolher teu candidato. Teu voto é o teu único trunfo. Mas passa 4 anos, mais 4 anos e a coisa só piora. Para começar a semana, tinha como certo, para 2017 o reajuste da da tabela do imposto de 5 %, isso amplamente divulgado ano passado. Agora para minha surpresa, náo houve o reajuste e o Governo está pensando em dar algum reajuste a partir de abril, e nem se sabe o índice(que talvez nem chegue a 5%). Ora , estao brincando com o classe trabalhadora, aposentados, que pagam o imposto de renda na fonte, descontado no seu beneficio . NOsso benefício de 6% se foi pro ralo. Infelizmente.

Anônimo disse...

Donde vem essa raça?.....
Com a paciência já no limite vou mudar de banco, chega de estatal cabide de empregos, se o filho desse sujeito não for pro olho da rua. Sempre achei ourocap uma droga, agora manter na presidência um fulaninho com um salário desses? E a gente aqui, com peninha do funcionário do BB que tem meta prá cumprir.

Jair Bork disse...

O pior é que toda essa cambada (Renan, Jucá, Lobão, Collor, Barbalho, Raup etc ), nas próximas eleições, serão reeleitos. Não adianta ter 200 milhões de eleitores contrários, bastam alguns milhares em seus Estados para reelegê-los e eterniza-los no poder. E depois criticaram o Pelé quando, 40 anos atrás declarou quer o brasileiro não sabe votar.

Anônimo disse...

Na internet fizeram até uma música para O Big Wolf Son.



Refrão

Sou playboy filin de papai
Comissão 30% mas agora quero mais
Sou plauboy filin de papai
Acordo 9 horas mais queria dormir mais

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=cl-rJVdFsuw

Anônimo disse...

Só muita oração para que Deus nos dê força para aguentar o que ainda está por vir.

Anônimo disse...


Belo monte de dinheiro jogado fora.

Anônimo disse...

Praticamente todos do norte/nordeste.

Anônimo disse...

https://www.youtube.com/watch?v=fjwiR9gEkJE

Depois de assistirem a esse vídeo concluirão que não há nada que político não seja capaz de trambicar. No trecho do vídeo que está em 1:01:50 o entrevistado diz q supostamente, o texto da constituinte de 1988 foi adulterado.

Anônimo disse...

Início » Notícias » O segredo constitucional de Nelson Jobim e Gastone Righi
O segredo constitucional de Nelson Jobim e Gastone Righi

Eduardo Militão Apesar de já ter atingido a maioridade, a Constituição Federal, promulgada em 1988, ainda desperta polêmica. Um estudo de dois professores da Universidade de Brasília (UnB) afirma que parte de um artigo foi incluído na Carta Magna sem passar pelo Plenário. …
Apesar de já ter atingido a maioridade, a Constituição Federal, promulgada em 1988, ainda desperta polêmica. Um estudo de dois professores da Universidade de Brasília (UnB) afirma que parte de um artigo foi incluído na Carta Magna sem passar pelo Plenário. O dispositivo inserido, segundo eles, beneficiou credores internacionais da dívida externa. As alíneas “a”, “b” e “c” do artigo 166 (172, na versão original) tratam de privilégios para o pagamento da dívida, de pessoal e de transferências aos estados e municípios (veja aqui).

Os autores do trabalho responsabilizam pela inserção do texto o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Nelson Jobim, então deputado constituinte pelo PMDB gaúcho e líder do partido, e o ex-deputado Gastone Righi (SP), que liderava a bancada do PTB. Os dois negam a acusação (leia mais).

Há quatro anos, Jobim admitiu ao jornal O Globo ter inserido, sem submeter ao Plenário, dois artigos na Constituição. Um deles, revelou, era sobre a independência dos poderes – o artigo 2º. Sobre o outro artigo, ele nada explicou. O ex-líder do PMDB prometeu escrever um livro para explicar tudo, mas até hoje não deu início à obra.

Com essa dúvida em mente, o professor de Segurança da Informação Pedro Antônio Dourado de Rezende e o advogado e consultor legislativo do Senado Adriano Benayon começaram a pesquisar para saber qual foi o outro dispositivo inserido sem a necessária aprovação dos deputados e senadores.

No ano passado, os dois publicaram o artigo acadêmico Anatomia de uma fraude à Constituição (veja a íntegra), no qual apontam Jobim e Righi como os responsáveis por inserir um texto não votado pelos constituintes. “Isso aqui foi enxertado. Os dois deixaram rastros”, afirmou Rezende, ao exibir uma folha dos Arquivos da Assembléia Nacional Constituinte (ANC), que comprovaria as alíneas “alienígenas”.

Segundo o estudo de Benayon e Rezende, o fato ocorreu no momento em que os constituintes cuidavam da discussão do texto final da Constituição. Naquela fase, nada de novo poderia ser acrescentado, eram admitidas apenas emendas para corrigir o texto, melhorando sua redação, ou suprimir dispositivos.

Entretanto, de acordo com os autores do estudo, um requerimento de três páginas para fundir os artigos 171, 172 e 173 incluiu uma folha estranha à matéria. Isso aconteceu em 27 de agosto de 1988, um sábado. A página continha a alínea “b” do artigo 172 (atual 166), pela qual não era mais necessário indicar fontes de receita nas emendas destinadas ao pagamento do “serviço da dívida”. Para Rezende, a folha deveria ter a rubrica de todos os 14 líderes partidários. Mas continha apenas as dos líderes do PMDB e do PTB, Jobim e Righi (veja aqui

Fonte:http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/o-segredo-constitucional-de-nelson-jobim-e-gastone-righi/

ÚLTIMO QUE SAIR APAGA LUZ. SERÁ QUE DEIXO MINHA FILHA CONTINUAR O CURSO DE DIREITO?
POR FAVOR OS COLEGAS COM FORMAÇÃO JURÍDICA FAÇAM A GENTILEZA DE COMENTAR

ATÉ A LEI É FORA DA LEI?

tarcísio augusto bulhões martins disse...

Prof. Ari, bom dia. VALE TEM NOVO ACORDO DE ACIONISTAS. QUE MARAVILHA......REFRESCANDO A MEMÓRIA DOS VELHINHOS TRAMBIQUEIROS.....POIS FOI A NOSSA VALE A RESPONSÁVEL PELA A SUSPENSÃO DAS CONTRIBUIÇÕES DE 2007 A 2013, BEM COMO, O BET CONCEDIDO AOS ASSOCIADOS(OU ASSISTIDOS??), QUE CARA DE PAU, E OS 12 MESES QUE NOS DERAM O CANO???????????? SERÁ QUE OS POBRES DIRETORES MAL REMUNERADOS E OS INDIGITADOS SEM TETO VÃO QUITAR ESTA DÍVIDA(BET)??????????????? ME AJUDA DEUS TODO PODEROSO. Tarcísio.

Anônimo disse...

Colegas,


O plano administrado barra o BET ajuíza o Cesta Alimentação, aumenta o FQM, trava o ES, etc... e tal.

VEJAMOS:
Não pode pagar o Cesta Alimentação por não ter havido contribuição, duvidoso;

Pode pagar para mais de 250 estatutários as aposentadorias SEM CONTRIBUIÇAO PRÓPRIA, NEM DO PATROCINADOR na época ideal e qu3e seria legal.

Se o fizeram agora, foi com dinheiro do Plano o que é indecente , no mínimo.

Mas continua a FERRAR os velhinhos trambiqueiros.

Que triste idade esta...