BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

OS GARGALOS DA CASSI

   As contas da nossa caixa de assistência foram equacionadas até dezembro de 2019, via acréscimos nas contribuições dos usuários e aporte de capital do patrocinador. Entretanto, o empirismo continua nas soluções de problemas de mediana complexidade. Recebi um relato de um nosso colega cujo teor vou reproduzir abaixo, omitindo dados que possam facilitar a identificação:

Moro no Amazonas (cidade omitida pelo blog) e como em agosto/2016 estive em São Paulo, na Beneficiência-SP, foi confirmado que estava com um Câncer de Próstata.  Voltei ao Amazonas  e após resolver assuntos pessoais de ordem financeira, para voltar a São Paulo e fazer o tratamento adequado.

Cheguei em 21 de novembro/16, após consultas e exames complementares, desta feita no Hospital A.C. CAMARGO, referência mundial em tratamento de câncer. Dia 28-11-16, fui consultado com o médico radioterapeuta, Dr. Guilherme - A.C. CAMARGO - o qual indicou um tratamento com RADIOTERAPIA IMRT, pela situação existente,  e por esse tratamento ser menos invasivo e com menos efeitos agudos colaterais, também por causa da minha idade 75 anos.

Com surpresa e perplexo, recebi a notícia  no dia 02-12-16 de que a CASSI NÃO HAVIA AUTORIZADO simplesmente alegando que esse procedimento somente é utilizado em cabeça e pescoço, fiz outro apelo, desta vez com justificativas em carta a CASSI-CENTRAL BRASÍLIA-DF, obtive em 21-12-16, como resposta outra NEGATIVA, igual a primeira.  Apelei para uma reanalise ao setor de regulação CASSI-SP, com anexos de todos os documentos que me foram exigidos,  DIA 29-12-2016, TIVE COMO RESPOSTA UM INDEFERIMENTO SEM EXPLICAÇÃO DO PORQUÊ.

Resolvi fazer outra carta, desta vez, após três negativas, postei no correios no dia 30.12.2016, com AVISO DE RECEBIMENTO, conforme o anexo.

ANGUSTIADO E FORA DO MEU DOMICÍLIO ENFRENTANDO despesas pecuniárias extras em São Paulo-SP, gostaria de saber se poderia obter alguma ORIENTAÇÃO JURÍDICA DA ANAPLAB, pois não sei se os associados poderão obter esse tipo de atendimento jurídico, bem como um outro caso, que informo abaixo:

Caso "B", diante dessa INDESEJÁVEL E INJUSTIFICADO ENTRAVES BUROCRÁTICOS DA CASSI,  ocorrência com nítida falta de CIDADANIA E  DIREITO.  Pensei no único recurso que acumulei  há uns 3 anos foi um pagamento de um consorcio de imóvel que fiz na BANCORBRAS, e que cheguei a fazer uma carta pleiteando uma devolução do valor por volta de 60 mil reais  aproximadamente, aceitaria até que fosse parcelado porque é a único recurso que eu posso lançar mão para custear o meu tratamento de Câncer de próstata, DOENÇA DE PARKINSON, recentemente diagnosticado e o pior a minha esposa, que somos casados há 55 anos, fizemos hoje dia 06, entrou numa profunda depressão por tudo isso.

E  NO AMAZONAS, HÁ UM ADÁGIO POPULAR, QUE DIZ : ESTOU ME SENTINDO NUM MATO SEM CACHORRO.

Aguardo uma breve resposta.

    Alô Humberto, diretor eleito da CASSI, se o procedimento é autorizado para cabeça e pescoço, qual é o motivo (justificável) para não ser utilizado num câncer de próstata???!!! Será que só fará efeito para os membros superiores??? Peço que reveja este caso imediatamente, antes que o paciente denuncie a CASSI à ANS, com toda a razão. Se isto ocorrer, preparem-se para pagar multa de R$80 mil, como é de praxe. Ou, como o procedimento é autorizado pelos planos de saúde, qualquer juiz de 1ª Instância dará liminar. Parece que entra diretor, sai diretor e a CASSI não aprende mesmo!



84 comentários:

Anônimo disse...

Estamos jogados aos descasos das instituições das quais contribuímos a vida inteira, para chegarmos no momento da vida em que precisamos de utilizá_las e nos deixam desamparados sem dó nem piedade, é simplesmente assustador o q estamos passando, precisamos nos unir e procurar socorro jurídico ninguém está livre de ser a próxima vítima.

Anônimo disse...

Gente, gostaria de ser ajudado também. Fiz recentemente uma cirurgia de catarata nos dois olhos. Como sempre tive medo da procedimento, protelei o quanto pude. mas, quando fui renovar a CNH, em novembro/16, fui considerado inapto, por enxergar MUITO mal. Resolvi, então, consultar meu oftalmologista (era uma quinta-feira) para que ele me receitasse um óculos, que me permitisse ser aprovado. Fui surpreendido: o médico MARCOU a cirurgia de catarata para o primeiro olho já para a quarta-feira seguinte, dia da semana em que realiza as cirurgias. Segundo ele, uma emergência, devido ao estado da catarata em meu olho direito. E me receitou as tais lentes importadas. Argumentei que não tinha dinheiro, mas não adiantou. Me disse que "me virasse", parcelasse, etc., etc., mas teria que operar. Bem, fiz a cirurgia NOS DOIS olhos, está tudo bem (apesar do pavor que senti) e estou enxergando maravilhosamente bem. Acontece que as tais lentes importadas custam (o par) R$ 5.000,00 e, como muita gente "assistida" da PREVI, estou completamente sem grana, e não estou conseguindo vender meu carro(que está em bom estado, mas é Tempra SX/98...rs) nem pedindo 60% da Tabela Fipe.Nenhuma oferta.
Gostaria de saber se aquele financiamento através do P.A.S. ainda existe, e se se estenderia ao meu caso.
Nas instruções a que tive acesso, consta apenas o financiamento para óculos/lentes de contato, prazo de 360 dias e valor máximo de 2.000 US (que o iludido aqui inicialmente pensou que poderia ser 2.000 dólares...rs). depois , descobri que era unidade de alguma coisa (talvez serviço), o que limita o valor a ser financiado a pouco mais de 1.000 reais.
A bomba do telefone do GEPES 2- (061)3104-2001 e 2002 - em Brasília NÃO ATENDE EM MOMENTO ALGUM DO DIA, chegando a dar desespero na gente. Consegui falar em uma unidade do GEPES em São Paulo, mas informaram que só poderia falar/tratar com Brasilia.
Será que alguém poderia me ajudar? PRECISO de um financiamento de R$ 5.000,00 do P.A.S., preferencialmente num prazo de 24 meses (antigamente, dependendo do valor, chegava a 48 meses) para quitar minha dívida com o médico/clínica, ou passarei o ano todo como se não houvesse reposição da inflação(defasada) da PREVI.
Por favor, me AJUDEM. Qualquer informação será muito bem vinda.
Obrigado.
Nascimento.

Anônimo disse...

Quem poderia imaginar que chegaríamos a esse
ponto? que DEUS tenha piedade de nós obrigado CASSI.

Anônimo disse...

A Unimed não tem êsse tipo de atendimento. Lá as regras são mais transparentes. Não há como fazer migração de plano?

Anônimo disse...

O sonho dessa gente é a criação de campos de concentração

Anônimo disse...

Na segunda negativa o colega já deveria ter apelado para o judiciário, com pedido de liminar, além de, por força da idade, ter direito ao tramite preferencial do processo.

Anônimo disse...

Estão venezuelando ou cubanizando o atendimento médido brasileiro...

Anônimo disse...

Colegas,

Espero que tudo dê certo com vocês. A que ponto a Cassi chegou....
Quando entrei no banco, a Cassi era considerada o melhor plano de saúde e hoje...dá temor de ficar doente...

Anônimo disse...

Realmente, não dá para entender.
Investem na tal CliniCassi que é um mico e, quando efetivamente se precisa de MÉDICOS não se tem atendimento decente. A Unimed está séculos à frente da Cassi, onde moro.

Blog do Ed disse...

Quando entrei para o Banco, ano de 1955, alguns dos catedráticos famosos da UFRJ, que conheci, não eram médicos credenciados da CASSI. Mas, alguns outros eram. A UFRJ era ainda, então, a nata dos grandes mestres da ciência, inclusive, médica, no Brasil. As boas clínicas médicas no Brasil, com alto número de exceção entre as mais famosas, aceitavam e até procuravam credenciamento junto à CASSI. Muitas somente aceitavam credenciar-se à CASSI. Consideravam esse credenciamento não apenas lucrativo, mas também prestigioso. Era um marketing. Fui operado, numa fratura rara, a de omoplata, na clínica dele, na década de 60, pelo maior cirurgião ortopedista do Brasil, que foi, anos a fio, diretor do Miguel Couto, catedrático de Ortopedia da UFRJ. Essa clínica era credenciada à CASSI. Tempora fluent!
Edgardo Amorim Rego

Anônimo disse...

Caros colegas aposentados,


Triste sina a nossa de aposentados do banco do brasil s.a.
Não temos mais dignidade de idosos com estatuto e tudo, e ainda mais o que penaliza o ancião, a indiferença pelo seu deplorável estado.
Gente sem escrúpulo, nem a simples atenção para com os idosos se faz.
Gente que talvez esteja estatutária e nem liga para os mais pobres.
Gente que se limita em negar sem conhecer o caso com profundidade.
Não levam em conta a tristeza, aquela que invade o aposentado cada vez que precisa, necessita de auxílio médico, através dos convênios assinados com nosocômios etc. e tal.
Gente sem alma que talvez não tenha conhecido os pais, não tenha irmãos, nunca ligou para filhos e sequer vislumbre ter netos e bisnetos.
Gente sem noção da realidade em que vivem os idosos aposentados de menor salário/benefício, de "jubilados".
Gente que ganha jetons em cima de jetons, bônus e mordomias não transparentes, SMJ, ignoram os combalidos assistidos, ou melhor desassistidos.

Cansado, mas um dia ainda irei ver os malvados apodrecendo em seus catres, com soluções ao alcance mas negadas por seus pares.

2017 mais um na batalha desta infame guerra.




Anônimo disse...

Lá, são proativos:

http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,participantes-da-funcef-querem-plebiscito-sobre-vale,10000098660

Aqui, amargamos o leite derramado.

Anônimo disse...

CLINI CASSI.
Já houve auditoria ou análise de retorno, custo/beneficio ???
Talvez o que se dispende poderia trazer melhores resultados (para os associados) p.exemplo, esses tratamentos hoje negados.
Será que o Banco já efetuou o aporte de recursos prometidos ou seria pagamento por serviços ?
Diziam que chegaria a um bilhão até 2019.
Santo numero, Batman !!!

Anônimo disse...


Entram presidentes e saem presidentes na Cassi, sempre eleitos sob muitas promessas de melhorias, mas, mas, mas......nada melhora!

Anônimo disse...

Estou com os colegas que criticaram a Clini Cassi. Fui uma única vez para obter autorização para compra de medicamento. Pelo que foi feito achei uma inutilidade que deveria ser extinta.Um absurdo manter essa clínicas pelo custo que devem ter.Só pode ser cabide de empregos.

Ari Zanella disse...

Eu já sou um dos que defendem a CliniCassi. Pelo menos em Joinville funciona legal. Temos uma médica de família, Dra. Carmen Lúcia Gregório (25 anos de Medicina) que é bem eficiente nos diagnósticos de doenças (para mim é muito importante o diagnóstico certo). Dra. Carmen atende todas as manhãs das 08h às 13h
No período vespertino temos a Dra. Tatiane para atender emergências (é cardiologista, embora não tenha sido contratada para esta finalidade).
O único senão, a meu ver, é o alto preço pago de aluguel mensal para a pequena clínica instalada R$ 10.000,00.

Anônimo disse...


Fiz cirurgia da próstata (prostatectomia radical) há algum tempo. Agora em dezembro fiz uma ressonância que indicou presença de nódulos na região da bexiga. O médico analisou-a internamente através da uretra. Mas estava tudo ok. Então solicitou que fizesse um PET SCAN para melhor avaliação na parte exterior do órgão urinário. Disse que esse exame evitaria uma nova cirurgia e indicaria a localização exata dos nódulos e poderia analisá-los. Mas a Cassi NEGOU!!!! Será que é devido ao custo elevado do exame?

Anônimo disse...

Prezado Ari,
Os colegas pensam que as coisas vêm de graça. Ledo engano. Temos de nos organizar a fim de recuperarmos o nosso direito de VOZ no NOSSO fundo. E que fique claro que a Previ é nossa e NAO do BB. Mas é preciso AÇAO.

Anônimo disse...


Prof. Ari

Cumprimentos por ter levado a público assunto de extrema relevância. Concordo com o Sr. que nas Clini Cassi tem profissionais competentes. Mas paro por aí. Isso não deve ser tudo que a Cassi deve nos oferecer. Digo DEVE por que estamos a pagar a décadas e ver médicos abandonando o plano e ter exames de última geração negados quando são necessários para salvar vidas É UMA VERGONHA. Por isso também sou solidário com as críticas. Pelo jeito que vai só querem pagar exame de PSA e aquele de toque na próstata dos velhinhos. Quem salva é Jesus. Associado bom é aquele que não dá despesa, como nos tempos da ativa, um exame periódico por ano e passe bem.

Anônimo disse...

Colega de 07/01/17 14:44

Possivelmente, pois a CASSI se atem aos procedimentos tradicionais.

Veja que em introdução de endoprótese na aorta infra renal, o cirurgião utilizou uma espécie de "cola" ao invés da tradicional sutura, e a glosa veio em seguida: "tecnologia sofisticada".

É de rir para não chorar...

Anônimo disse...

Ari e demais colegas,

Minha esposa é portadora de doença autoimune desde 2008. Teve a recaída ano passado, quando ficou internada e teve de submeter a diversos procedimentos: ressonância, pulsoterapia, plasmaférese. Somente para a plasmaférese onde foi aplicada na UTI, o custo girou em torno de R$ 50mil.

Sempre tivemos ótimo atendimento na CliniCassi, até o momento.

Fiquem com Deus.
Feliz 2017 a todos.

Anônimo disse...

Trabalhei na DG (direction generación) de determinado banco, que um auditor chefe depois de inspencionar a área de seguridade foi nomeado diretor da área de saúde. Pareceu um cala boca
Depois não sabem pq o trem não anda. Colocam apedeuta para tratar de física quântica

Anônimo disse...

Colegas,

AGORA IMAGINEM, EU E MINHA ESPOSA COM 64 ANOS NÃO TEMOS PLANO DE SAÚDE. GRAÇAS A DEUS ESTAMOS BEM, SOMENTE JOELHOS, ALGUNS PROBLEMINHAS COM IMPLANTES DENTÁRIOS.

DEPENDER DE SUS???????????????? IMAGINEM??????????

Ainda assim. todos os dias: louvamos e agradecemos ao nosso bom DEUS, poorque temos saúde.
Sou pedevista aposentado e só não vou identificar-me.

Abs.

sss disse...

Professor Ari, por gentileza, acaso tens notícias do Dr.Medeiros? Obrigado.
Manoel Sales

Ari Zanella disse...

Caro Manoel Sales,

Ele está participando constantemente no "Facebook". Basta entrar no "Face" e colocar o nome "Bernardo de Medeiros Medeiros". Não tenho falado com ele nos últimos tempos mas até onde sei ele está muito bem de saúde, graças a Deus.

Divany silveira-Sete Lagoas disse...



FELIZMENTE, A CASSI EM BELO HTE É NOTA DEZ,C/LOUVOR"

Mestre, achei de bom alvitre comentar o otimo atendimento
que recebo do pessoal da CASSI- BH e tenho notícias que
serve bem a todos.

rafa disse...

ES- Professor Ari, por favor uma dica: pretendo renovar ou reescalonar ES apenas para alongar prazo e reduzir valor mensal da prestação. É melhor fazer agora, antes da atualização do saldo devedor e respectiva correção? ou depois do dia 20? E se quiser fazer outro ES (tenho margem ) estarei bloqueado por 6 meses? obrigado pela atenção.

Ari Zanella disse...

Meu Caro Rafa,

Independe você fazer antes ou depois do dia 20. Se fizer agora ou depois do dia 20, a prestação de janeiro será debitada de qualquer modo. A correção no ES é feita somente 60 dias após o aumento de janeiro, portanto, em março/2017.
Eu faria lá pelo final de janeiro para crédito no início de fevereiro (embora não tenha crédito novo mas o sistema exige data de contratação e dia do crédito) pois deste modo não se desconta a prestação de fevereiro.

Quanto à carência no ES-B (a segunda modalidade que você quer fazer) não tenho certeza, seria melhor você consultar o 0800 da PREVI.

Carlos - Rio Pardo(RS) disse...

Sr. Ari, quantos ao comentário do Rafa das 7:24 e seu das 8:21, fiquei um pouco sem entender.
1. O Sr. falou que a correção no ES é feita 60 dias após o aumento de janeiro. Penso que cada caso é um caso, eu entendo que depende da data de contratação de cada um, o meu por exemplo ocorre em outubro de cada ano.
2. Também, assim como o colega Rafa, penso e simulo para tentar reduzir minha prestação no ES, apesar de não vislumbrar grandes mudanças agora no processamento da folha/nova margem consignável. O Sr. acha que mesmo não havendo crédito, já que é renovação, dependendo da data que fizermos, poderemos ficar um mês sem pagar a prestação?
Um abraço,Carlos

Cade Araujo disse...

Bem colegas! Todos estes relatos são muitos tristes. É claro que a velhice nos traz vários problemas de saúde. Lamento e fico muito triste em ler notícias destas.
A situação é muito grave, pois nossos benefícios serão reajustados com um ipca de 6,..., enfrentamos uma inflação de 20% (real, não temos onde requerer uma ajuda financeira, e para piorar ainda mais ficamos sabendo notícias destas sobre a cassi.
Será que os diretores da previ farão algo para minorar a situação financeira neste inicio de ano? A situação está difícil para muita gente.
Cadé

Ester Blamire disse...

Sr Ari já saiu o inpc acumulado para nosso aumento em janeiro obrigada se me responder abracos

rafa disse...

Obrigado professor. Ao colega Carlos, pelo que li no site da Previ sobre o reescalonamento, NÃO ACHO vantagem fazê-lo porque fica bloqueado por 6 meses pela carência e não é permitido nenhum outro ES, mesmo tendo margem. O ideal seria fazer ES Novo no valor do SD e alongar o prazo ... Aí vc ficaria livre para fazer um ES Novo (ES B; aliás, foi para isso que se criou ES A e B ).Acho que é isso.

Anônimo disse...

Ester,
O inpc sai dia 11, quarta feira. Será aproximadamente de 6,74%.
Como tivemos acréscimo de 1% na mensalidade da Cassi, o reajuste líquido será pouco mais de 5%.
Não sei se vocês notaram, houve uma remarcação geral nos preços em janeiro. O governo fala em inflação baixa para este ano, mas não acredito muito não.
Aproveitando o ensejo, vaga de gerente de marketing na Previ com salário de 33 mil. Pra que?
A Previ é corporativa, não precisa de vender nada. E o carro chefe, o Plano 1, está fechado.
Um gerente com 13 funcionários para editar uma revista interna não é gasto demais?
Só tem uma explicação: criar cargo para os apadrinhados da Corte. Depois, se aparecer déficit amanhã, não tem problema, é só aumentar a nossa contribuição mensal.
Eles são muito espertinhos. Assim fica fácil. Para agradar os amigos nem somos consultados, depois, se necessário, nos mandam a conta.
Mas isso um dia acaba, não é possível que essa pouca vergonha, esta gastança continuem por muito tempo. Ou será necessário acontecer o que está ocorrendo com a Funcef para que fechem as torneiras desnecessárias?
Como diz o Casoy: isto é uma vergonha.
Celio

Anônimo disse...

Afinal, a quem interessa o informativo Previ in english?Temos tantos associados no exterior que não se lembram mais da do idioma nativo?Tudo são despesas inuteis que somando uma a uma se elevam.

Anônimo disse...

Pessoal,

Já que nunca mais vamos ter participação na distribuição dos superavits, só os diretores vão ter, quando será então que essa diretoria da previ, que tomou posse durante o governo do PT, vai nos devolver o BET que ela mesma nos concedeu um dia mas nos tirou antes do tempo previsto?

Abraço

Ari Zanella disse...

Obrigado ao Célio por responder à Ester. Tinha esquecido. O IBGE além de manipular os índices neste mês resolveu bater o record máximo (em demora) para divulgar. Dia 11/01, oitavo dia útil do mês! Devem estar bolando em como divulgar um índice BAIXO com três aumentos da gasolina, mensalidades escolares, etc.

Quanto ao ES (Carlos), realmente é preciso ler o regulamento que, confesso, não estar bem por dentro.

Anônimo disse...

Parabéns ao colega Divany das 7 X 1 Lagoas. Criticar o que merece e elogiar o q faz por merecer. Isso é coerência.
E olha q é botafoguense...

joao trindade disse...

Lamentavelment, desde sempre e, para agradar os especuladores internacionais, o governo brasileiro manipula índices e dados de toda ordem como se fôssemos otários (nos tratam assim), pois os gastos obrigatórios diários mostraram uma inflação real (medida no bolso) de mais de 40% em 2016. No caso específico da Cassi, nada mudará e essas tais CliniCassi na prática não passam de abrigos para os amigos do rei . Somos a Venezuela verde-amarela e quem duvida disso procure ver como os países sérios da comunidade internacional vêem o Brasil. Nossos olhos recebem colírio de pimenta para não vermos a realidade.

Anônimo disse...

Colegas, o emprestimo simples B pode ser utilizado, mesmo não poder renovar o empréstimo simples A? Andei lendo no site da Previ e não achei nada a respeito.

Anônimo disse...

Colega, 14:25 Pode mas vc preciza ter margem disponivel aí vc fica com dois emprestimos simples, sem grilo.

Anônimo disse...


O desconto de 1% ref. à CASSI é sobre o valor e não sobre o índice (7-1=6). Ex: aumento de 7% sobre benefício de R$10.000,00 será de R$700,00. Então o desconto da CASSI será de 1% sobre R$700,00=R$7,00x4%= R$28,00 a mais do que já é recolhido. E só olhar no espelho de dezembro. Meu benefício é de R$9.288,20 e paguei a mais R$92,88 para a CASSI.

Anônimo disse...

Anônimo dia 6, 22 hs., dá para migrar da Cassi para a Unimed. O pequeno detalhe(o diabo mora nos detalhes) é que lá um aposentado com mais de 60 anos e a patroa terá que pagar mais de R$ 3.000,00 mensais.

Anônimo disse...

Sr. Ari
Avise ao Sr. que está com câncer na próstata e Doença de Parkinson, que pelo fato dele ter sido diagnosticado com Parkinson, ele deixa de pagar Imposto de Renda, e é devolvido a ele o que ele pagou desde que foi diagnosticado. Ligar na Previ que ela tem a obrigação de orienta-lo sobre o que fazer. Sei porque veio esse aviso na contra capa do espelho há tempos, mostrei ao meu cunhado que é portador da doença, e é aposentado pela CESP, ele recebeu a restituiçao de 1 ano e não desconta mais IR na fonte.

Marly

Anônimo disse...

Toda nova operação de ES tem carência, seja renovação (novo empréstimo) ou renegociação. Só ficam liberados do cumprimento dá carência as operações que estão em andamento caso haja aumento de teto.

Anônimo disse...

A correção do saldo devedor é pro-rata. O recálculo dá prestação é que é anual e acontece no aniversário dá contratação, como você disse.

Anônimo disse...

Desculpem minha insistência. NINGUÉM sabe me dizer se as lentes importadas (para catarata) podem ser financiadas através do P.A.S. (Plano de Assistência Social)? Quem tiver informações, divulgue, por favor. Estou precisando urgentemente acertar meu débito com a clínica que fez a cirurgia.

Nascimento.

Anônimo disse...

Dia 20/01 poderemos renovar o ES mesmo que não tenha 6 prestações pagas?

Cade Araujo disse...

Ari, considerando a situação de dificuldade financeiras que passa a grande maioria dos aposentados. Gostaria de ti pedir em meu nome, e em nome de todos os que estão precisando, que através dos teus contatos com os conselheiros que mandam na previ, tu envidaste esforços visando alguma regra de exceção agora na fopag de janeiro de 2017. Pois, a "coisa" tá brava, e um reajuste da ordem de 6% a.a. para uma inflação real da ordem de 20% a.a. fica muito difícil administrar a situação financeira neste inicio de ano. Veja o que consegue com eles. Neste momento de desespero, qualquer modificação serve, por exemplo, eles poderiam autorizar as renovações para todos desde que tenham margem consignável ou suspender a prestação de janeiro e fevereiro de 2017. Já seria uma ajuda muito conveniente neste momento. Pensa, no caso com carinho de professor. Boa sorte caríssimo colega.
Cadé

Carlos - Rio Pardo(RS) disse...

Sr. Ari - O Sr. saberia informar se agora no contra cheque de janeiro, nosso IR virá com a correção aprovada no ano passado, se não me engano algo em torno de 5%???
Obrigado e abr
Carlos

Anônimo disse...

O desconto da co-participação da Cassi diminui a margem para o ES?

Carlos - Rio Pardo(RS) disse...

Ao anônimo das 11:28,,,,se vc se refere ao 1% extra da Cassi, SIM, infelizmente reduz a margem. Acabei de calcular minha margem de 30% e ela impacta.
Abr
Carlos

Anônimo disse...

Colega Nascimento (09/01/17 09:34)

Conforme cartilha do PAS, no site da CASSI, informa que em casos especiais o aposentado e pensionista deve dirigir-se diretamente ao patrocinador BB-GEPES Brasília II – Ed. Brasília 50 – SEPS 702/902 – Bloco C - 4º Andar Asa Sul – CEP 70.390-025 Brasília (DF).

Ao menos foi o que entendi, lembrando que minha esposa realizou o procedimento e a CASSI só abonou o valor de lentes nacionais -- tive que pagar a diferença por fora, pois parece que o PAS veda adiantamento de valores que ultrapassem a TGA.

Anônimo disse...

Também já tive que comprar as lentes importadas para a cirurgia de catarata.Absurdo a Cassi não dar cobertura como se dependesse de nós não querer a nacional.

Anônimo disse...

Gostaria que algum colega informasse se quem faz a renegociação de um ES pode solicitar ou renovar outro ES.

Anônimo disse...

Se alguém lhe perguntar qual a melhor marca de cigarro, diga que é aquela que você não usa; na mesma lógica, o melhor plano de saúde é aquele que você não usa (mas paga).

Anônimo disse...

Colega 09/01/17 13:26

Para obter resposta segura é melhor consultar a própria PREVI.

Anônimo disse...

umpade aí de 09/01/17 13:26, eu tenho quase certeze de que você, se fizer, terá que cumprir a carência.

Anônimo disse...

11:46, a co-participaçao que me refiro e o percentual sobre exames.Obrigado.

Anônimo disse...

Anônimo das 13:23 hs

Nenhuma operadora de plano de saúde cobre aquisição de lentes importadas para cirurgias de catarata. Não é só a Cassi que age dessa forma.
Conheço pessoas de outros planos que também tiveram que pagar a diferença entre a lente nacional e a importada.
Nem a GEAP, que é dos servidores públicos federais, cobre.
Havendo similar nacional, os planos irão optar por este material.

Anônimo disse...

Prof Ari, acredito q com esse mísero aumento q vamos ter em janeiro, algum trocado na MC fique positiva para eu depois de 30 parcelas pagas consiga renovar algum valor, você poderia me informar quanto tenho q ter de MC positiva para cada R$ 1.000,00 de ES?

Blog do Ed disse...

Há uns vinte anos que suspeito que cirurgião algum oculista no Brasil admita substituir o cristalino por lente fabricada no Brasil. Penso que essa unanimidade tenha motivo outro que o preconceito sobre a qualidade do produto nacional...
Edgardo Amorim Rego

Anônimo disse...

Prezado Ari,
Fiz cirurgia de catarata de apenas um olho. A Cassi pagou a parte dela, nao sei quanto foi e eu paguei a diferença de CR$1.500,00 por uma lente importada, de qualidade.

Anônimo disse...

"Os aposentados e pensionistas do Plano Petros do Sistema Petrobrás (PPSP) terão a primeira parcela do décimo terceiro salário de 2017, correspondente a 50% do benefício, depositada no dia 24/02." (site da PETROS)
Para nós, a parcela do décimo terceiro salário já foi ofertada desde 2016 (não me lembro do mês) na modalidade EMPRÉSTIMO, tanto pela PREVI como pelo BB (GULOSOS).
Isso me fez lembrar o pregão deselegante de um vendedor ambulante numa feira livre:
"Pra ver Deus é preciso morrer, então morre aqui na minha mão."

Anônimo disse...

Caro Colega Sr. Cadé,

Duvido que alguém consiga algo de bom na Previ, ainda mais com a transferência de mais de 10.000 funcionários do BB para a aposentadoria.
Estão com um considerável problema de caixa com esse advento.
O BB mais uma vez, antes do tempo, FERRANDO A PREVI e como consequência os velhinhos trambiqueiros.
Tenho pena dos neófitos participantes do DRAMA PREVI.

Amigo, se assim posso nominar o colega, temos que rezar para o AERUS não aterrissar em nossos campos que estão na capa da gaita, na lonca.
Abraço e a esperança é a última que nos leva...

Anônimo disse...

A questão é que a pessoa paga um convênio para ter o atendimento que precisa.Na hora de fazer uma cirurgia necessária os médicos pedem materiais importados e não aceitam os nacionais. E se a pessoa não tem como pagar? Se a Cassi garante que o material nacional é de qualidade deveria questionar o médico porque pode ser que ele tenha alguma vantagem na compra do importado.Quando aconteceu comigo o médico disse que ele mesmo compraria a lente e pediu que eu fizesse o pagamento diretamente a ele.Só acho que a Cassi deveria verificar o que ocorre porque se ficar comprovado que as lentes nacionais não são de boa qualidade existe o risco até de perder a visão.

Jose Roberto Eiras Henriques disse...

Com tantas denuncias de mutretas em procedimentos médicos, quem garante que a lente implantada na operação de catarata é a importada, recomendada pelo médico.
Alguém já pediu segunda opinião para confirmar ?

Anônimo disse...

Será que os Super Tetos passam por essas situações?
Ou é só pegar o telefone e ligar pros "homi"?
As castas também existem na saúde?

Anônimo disse...

Colegas,

Para apuração da margem do empréstimo simples (aba empréstimo simples), que está negativa, a Previ fez o seguinte cálculo:

(PREVI + INSS) menos (I.Renda, Cassi, Capec, empréstimo Crediscoop e contribuição PREVI). Jogou nessa diferença 30% e, nessa margem abateu o empréstimo simples. Ficou em -48,32. Minha dúvida é porque disseram que seria apenas as consignações obrigatórias e não citaram os empréstimos de outras entidades, no caso a Crediscoop.

Já na margem de 30% no contracheque, está em -693,31, mas não consegui entender como chegaram.

Alguém pode tentar me esclarecer?


Anônimo disse...

SMJ é uma máfia, também.
Cobram lente importada e fazem o implante; como não dá para ver o selo de garantia de origem, comemos gato por lebre (também).É comum tratar a operação com o médico que faz o acompanhamento e a operação ser feita por outro profissional. Tem coisa que é melhor não precisar...

Anônimo disse...

Alguém sabe se o valor da Anabb aumentou, bem como a Odontoprev para os dependentes. Tem um lançamento futuro na minha cota com um valor maior do que eu pagava, mas sem discriminar os valores. Entrei na Anabb e não vi nada.

Anônimo disse...

Aqui em minha cidade tem uma clínica oftalmológica que cobrava pela lente importada e usava a cedida pelo SUS. Apesar da Cassi não autorizar certos procedimentos devemos ficar atentos a certos diagnósticos médicos pois em todas as profissões tem picaretas.
Comigo mesmo aconteceu há mais ou menos 12 anos, tive um mal súbito e um determinado médico me diagnosticou com esclerose múltipla, receitou interferon(1 injeção por semana) que há época custava R$ 1.200,00. Não satisfeito e graças a Deus procurei uma segunda opinião de outro neuro que me acompanha até hoje e vamos levando sem o interferon que além de caro só deve ser administrado em último caso, portanto devemos sempre ficar de olho.

Carlos - Rio Pardo(RS) disse...

Ao anônimo das 19:16hs. Eu hoje me debrucei para entender e decifrar a margem de 30%. No contracheque, cheguei exatamente no cálculo.
Soma-se a Previ e o Inss. Daí se pega os 30% para somente depois decrescer cassi,capec,contribuição previ, empréstimo da alfacash, da crediscoop, empréstimo simples da previ,,,,e Não entra o Imposto de Renda.
Pra mim fechou nos centavos.
Espero ter ajudado, abr.
Carlos-Rio Pardo(RS)

Anônimo disse...

Colega 09/01/17 19:16

Verificando meu contracheque de dezembro passado constatei que o cálculo da margem consignável continuava sendo efetuado na fórmula antiga:

Renda Total x 30% menos Consignações Totais (excluídas as co-participações CASSI em exames, consultas, etc.).

Já para o ES o cálculo foi:

Renda Total menos Contribuições Obrigatórias (CAPEC, contribuição PREVI, contribuições CASSI) x 30% = Margem para ES
Margem para ES menos prestação atual = margem disponível para ES (aquela que aparece no autoatendimento no site da PREVI).

Note que as co-participações da CASSI não foram deduzidas em ambos os casos.

Anônimo disse...

Colega 09/01/17 11:28

Com fundamento no último contracheque confirmei que as co-participações para a CASSI, relativas a consultas, exames, PAF, etc., não impactaram nem a margem consignável e nem a margem disponível para o ES.

Anônimo disse...

A situação mencionada pelo colega das 20:09 se repete em todas as cidades. Isso é fruto da ganância e corporativismo, ranço da cultura de corrupção em que vivemos. Quem morre mais cedo se livra disso.

Anônimo disse...

Ao Carlos de Rio Pardo -09/01/17 21:53
Ao Anônimo 09/01/17 22:12..

Obrigado pelas respostas. Havia indagado a Previ, mas eles respondem de uma maneira que as pessoas ficam com mais dúvidas.

Eles estão colocando as consignações de empréstimos das entidades, junto com as obrigatórias e somente então, jogando os 30% para encontrarmos a remuneração disponível. Os empréstimos de terceiros somente deveriam ser abatidos depois de encontrada a remuneração disponível. Vocês não acham?

Anônimo disse...

Colega 09/01/17 20:02

No caso que relatei de minha esposa, foi a própria oftalmologista credenciada que solicitou o exame para estabelecimento das lentes mais adequadas.
Ela também executou os procedimentos e nos entregou os selos de garantia das lentes.
Somos clientes dela desde 1978 e sempre correspondeu às nossas expectativas.
Felizmente!!

Anônimo disse...

Colega 10/01/17 00:00

Concordo com sua conclusão, mas parece que o novo procedimento estaria previsto para este mês de janeiro.

Carlos - Rio Pardo(RS) disse...

Ao colega das 22:12hs, do dia 09.01. A margem dos 30% no contra cheque eu consegui descobrir. Essa do auto atendimento não. Fiz a sua fórmula mas comigo não funcionou. Exemplo, eu tenho além do ES, a alfacash e a crediscoop. Considero eles como o ES? mas daí a margem para mim seria muito mais negativa do que está no auto atendimento.
Abr
Carlos

Anônimo disse...

Colega anônimo 09.1.17 - 19,16 hs.
Para ajudar, passo o cálculo do meu contracheque e respectivos valores:
CÁLCULO MARGEM CONSIGNÁVEL – “ES”
BENEFÍCIO 11.668,65
(-) IMPOSTO DE RENDA -1.403,59
(-) PREVI PESSOAL - 560,10
(-) PREVI PATRONAL - 560,10
(-) CAPEC - 403,05
SUB TOTAL 8.741,81
CÁLCULO DE 30% 2.622,54
EMPRÉSTIMO PREVI -2.173,07
DISPONIVEL 449,47
( fui no site Previ na aba "Emprestimos simples" e verifiquei "Margem disponível "449,47". Bateu. (folha de dezembro 2017.
No caso da margem constante do espelho é só abater o valor da CAPEC que chegará na margem disponível do site.

Anônimo disse...

Coléga de 10.01.17 das 09:37, só não entendo, o porque não pagas a CASSI, tem algo errado no teu cálculo.

Anônimo disse...

Quantos cálculos diferentes e todos estão "batendo"???????????

Anônimo disse...

Prof. ARI, considerei muito importante o espaço para que seja exposto as opiniões diversas, com as quais se apura um "feedback".
LENTES PÓS CATARATA - Fiz no CBV - CENTRO BRASILEIRO DE VISÃO - Em Brasília-DF, segundo o médico foi utilizada uma lente importada para leitura, VISÃO PRÓXIMA E DISTANTE. Após a cirurgia, recebi um certificado da lente que fora utilizada.Há mais de 10 anos, QUANDO A CASSI EXERCIA CIDADANIA E DIREITO do ASSOCIADO, TUDO PAGO PELO PLANO, HOJE, INFELIZMENTE, VAMOS TER QUE RECORRER AO PODER JUDICIÁRIO. Principalmente, no meu caso que em 05-01-17, completei 52 anos de contribuição, e pela segunda vez, injetando recursos vultuosos para sustentabilidade do PLANO ASSOCIADO CASSI, sem o mínimo reconhecimento. Continuo aguardando em São Paulo, fora do meu domicílio, porque confio em Deus e em Homens Livre e de Boa Vontade.

Anônimo disse...

A preferência por lentes importadas nas cirurgias de catarata se deve ao fato de que as mesmas podem ser dobradas e é feita uma incisão menor, o que acarreta menos problemas no pós operatório.