BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

MEDEIRÃO DE RETORNO

   Boas notícias advindas do sul do Brasil, da terra dos pampas de Getúlio Vargas e de Borges de Medeiros, do mate e do bom chimarrão, das lindas gurias deste torrão meridional do Brasil. Falo do intrépido doutor Medeiros de um vozeirão inconfundível, vara verde que se verga ao extremo mas não quebra.
   Achei certo exagero do mestre em afirmar que o excesso da próstata extirpada se assemelhava ao tamanho de uma laranja...Todavia, acreditemos!
   O que mais desejamos ao ilustre paciente é saúde! Que sua recuperação seja breve para voltar em plena força com sua calejada sapiência a nos mostrar o caminho.
   Logo, logo, se Deus quiser, ele estará, de novo, a mil por hora. Cuide bem dele dona Ana! Tem enfermeira nova no pedaço!

REPRODUÇÃO FOTO EXTRAÍDA DO FACEBOOK.

20 comentários:

Anônimo disse...

sim, já saiu a FOPAG de dezembro e com o desconto de + 1% para a cassi, isto não era para começar somente a partir de janeiro/2017 (??), não perdem tempo e, ainda mais, se a inflação "cair em dezembro" nosso aumento nem chegará em 7% em janeiro/2017, então com o desconto para a previ + 1% para a cassi + o saldo devedor do ES sendo corrigido desta forma atual, teremos uma velhice estressante/incomodante e curta e, portanto, sobrará muito R$ para o banco no fim da previ, infelizmente.

Goulart disse...


Glória a Deus, e aleluia, felizmente, homens de bem são abençoados, e o Dr. Medeiros, é merecedor das graças divinas. Feliz retorno, caro colega, e tenha uma excelente recuperação, na paz de Deus/Jesus. colega do Paraná.

Anônimo disse...

Conforme já disseram (anon 20.40) a Anabb publicou informações bem mais claras sobre os novos parâmetros da margem consignável. Ponto para eles e zero para a Previ que não tira todas as dúvidas de uma vez.

Ari Zanella disse...

Ao meu bom amigo Carlos de Rio Pardo(RS)

Como o meu amigo Medeiros deixou de publicar o meu comentário lá em seu blog, dou-lhe, de minha conta, as informações que você me solicitou, sem, contudo, ter muita certeza. Trata-se de uma resposta do que eu "acho" sobre os fatos.
A reunião do CD possivelmente ocorrerá amanhã, dia 16.12
Penso que o assunto "suspensão de parcelas" já é página virada, não será mais tratado. Em todo o caso, oxalá seu otimismo tenha acolhida por quem de direito.
Receba meus cumprimentos.

Anônimo disse...

Pra cobrar e descontar são rápidos mas quando e pra nos ajudar NÃO PODE!!!!!! Lamentável!!!

Anônimo disse...

Já que que o 1% a mais já foi descontado em prol da Cassi, presumo que o BB também já assinou o acordo, pois se não estou enganado, somente haveria essa contribuição extra dos associados da Cassi, após também o Banco contribuir com sua parte.

Wanderley

Anônimo disse...

Prof.Ari,
No mês de novembro a Cooperforte ficou fora de minha folha de pagmento.O débito da prestação daquele mês foi através de conta corrente, já que a PREVI tem que se adaptar ao novo sistema dos 30 por cento.
Não entendi o porque a prestação da Cooperforte este mês foi debitada na folha de dezembro.Não teria que ficar de fora também?
A contribuiçao para a Cassi foi debitada neste mês de dezembro/16.Não teria ue começar em Janeiro/17.Para facilitar nossa vida a PREVI não está nem aí, agora quando é para debitar alguma coisa resolvem rapidinho.
Lourival

Carlos - Rio Pardo(RS) disse...

Sr. Ari - Inicialmente agradeço sua imensa boa vontade em elucidar minha dúvida. Eu também imagino que possa ocorrer amanhã a reunião do CD. Penso que se na sexta a noite ou durante a segunda não vierem notícias acerca da suspensão no site da Previ, então sim teremos que sepultar de vez as esperanças.
Será uma pena, porque infelizmente atualmente só temos notícias difíceis para todos nós.
Por exemplo, eu estava acostumado a mensalmente solicitar empréstimo na Crediscoop, que apesar do valor não ser muito elevado, ajudava bastante. Em 20.11.16 já não foi mais possível esse feito e até hoje o BB não se manifestou para que o débito das prestações possam ser via débito em conta, o que inviabiliza novos empréstimos, segundo a Crediscoop.
Seria uma mão na roda essa suspensão, nem que fosse apenas 2 meses.
Mas, fazer o que, e o brabo é que segundo minhas estimativas, mesmo com o INPC em baixa e o saldo devedor do ES não estar mais aumentanto tanto, em janeiro, com o aumento salarial, ainda não poderei renovar o ES.
Um abraço, Carlos.

Anônimo disse...

A Margem consignável de 30% ficou na mesma coisa, trocaram meia dúzia por seis, e a de 40% é só para enganar a maioria dos trouxas, para quem não tem mensalidades, entidades, associações ficou na mesmice.

Professor Ari, o desconto de 1% para a Cassi não era para iniciar em janeiro de 2017?

A situação na Previ irá continuar muito feia, vamos nos preparar para a participação no déficit, ocasionado pelos iluminados, estão só esperando o encerramento de 31.12. e na folha de março vem chumbo grosso.

Salvo melhor Juízo!!!

WILSON LUIZ disse...

AINDA SOBRE SALÁRIOS EXTRA-TETO E NOSSOS SEM-TETO

Colega comentou que o projeto aprovado no Senado, estabelecendo teto de R$ 33.700,00 para servidores públicos, de estatais e fundos de pensão, será desfigurado quando for examinado na câmara de deputados. Pode até ser, mas os tempos são outros. Os políticos sabem que o povo está de “saco cheio” com eles, e as redes sociais são verdadeiros big brothers, espiando o que faz cada parlamentar, acho que não terão coragem de desvirtuar a proposição.
Mesmo com emendas marotas, voltará ao Senado, que poderá restabelecer o projeto original e encaminhá-lo para sanção presidencial.

EFEITOS SOBRE O BANCO DO BRASIL E A PREVI

Sendo mantido o texto como está, creio que afetará o BB e a PREVI da seguinte forma, quem sabe, talvez, se Deus quiser:

-salário de diretores, tanto do BB quanto da PREVI, será, no máximo, de R$ 33.700,00

-participação nos resultados, no BB, será considerada extra-teto, e não poderá ser paga

-o vergonhoso abono incompetência dos diretores da PREVI será considerado extra-teto, e não poderá ser pago

-tanto diretores do BB quanto da PREVI não poderão se aposentar com benefício superior a R$ 33.700,00, e as aposentadorias já concedidas que excederem terão que ser reduzidas.

Dirão os pessimistas “aí vamos acordar”.
Vamos ter fé, o povo é que está acordando.

Anônimo disse...

Eita Medeirão para ter imã para mulher bonita

Anônimo disse...

A Anabb colocou nos 30% Cassi, Previ, empréstimos, seguros e até IR. Está certo?

rafa disse...

Governo reunido agora à tarde para deflagrar um pacotão de benefícios para incrementar economia: suspensão de dívidas, prorrogação etc. Será que vai incluir ES da Previ?

Edmilson lopes de sousa disse...

Ari, a borsa está derretendo em 58.000.Perguntar não ofende.Sabe me dizer se em jan-17 haverá a famosa Caravana da Previ,pelo País afora,ganhando diárias,mostrando que os velhinhos trambiqueiros quebraram a Previ?Será que a Previ ,desta vez, manda me prender, agora é moda?

Anônimo disse...

Professor Ari,

Sugestão de leitura. Tem tudo a ver com tudo...



PETROBRAS: UMA HISTORIA DE ORGULHO E VERGONHA
autor: Roberta Paduan
editora: Objetiva




SINOPSE

Como a empresa que por tanto tempo foi espelho do que o Brasil tem de melhor se tornou sinônimo de roubo em grande escala? É o que a jornalista Roberta Paduan explica no impactante ""Petrobras - Uma história de orgulho e vergonha"", que a Editora Objetiva lança em julho. Fruto de um trabalho extenso de pesquisa e apuração, o livro narra como a estatal foi cenário de vários casos de mau uso político e desvio de verbas ao longo de sua existência, nos governos posteriores à ditadura militar, até se tornar totalmente refém de um esquema de corrupção bilionário sob as presidências de Lula e Dilma.

Repórter e editora da revista "Exame", onde cobriu o Petrolão de perto, Roberta revê a cronologia do escândalo combinando histórias chocantes de bastidores com informações apresentadas de maneira acessível, ajudando o leitor a compreender a magnitude dos danos feitos à petroleira e seus desdobramentos. A Operação Lava-Jato surge como fio-condutor nos principais momentos, muitos dos quais ganham ares de thriller dado o ritmo do texto e o caráter cinematográfico dos personagens e suas ações. Um retrato revelador do debacle de um dos maiores simbolos do Brasil.


http://www.travessa.com.br/petrobras-uma-historia-de-orgulho-e-vergonha/artigo/6d0e3aaa-9b84-49d4-8c77-525d8b688a47

Ari Zanella disse...

Caro Edmilson,

Você não pode citar pessoas pois são elas quem a CF defende. A PREVI, como instituição, não pode processá-lo. É o mesmo que criticar o Congresso Nacional. Se você não menciona nomes de deputados ou senadores, não há o que TEMER.
Forte abraço.

Caro Rafa,

Coincidentemente, enviei nesta tarde uma missiva por email para o ministro Henrique Meirelles, pedindo sua interferência no ES-PREVI. Adicionalmente, tentei explicar a ele o problema do ANATOCISMO existente no ES.

luis fernando disse...

Professor ARI, ta feia a coisa. Entraremos 2017, com um aumento do beneficio em torno de 7%. Tira dai, 4,5% da tabela do imposto de renda q nao foi alterada este ano, 1% para a Cassi, e sem falar numa possivel contribuicáo para o deficit da PREVI. Entao , entramos o ano, tal como se nao tivessemos aumento algum.
Outro ponto, eh o Teto de Beneficios que ficou num valor fora da realidade. A disparidade entre os que ganham em torno de r$ 3000 a 5000, a maioria, em de- trimento da minoria que vai ficar com beneficios de r$ 40 a 50 mil reais. Haja reserva matematica para tanto. Comento , no sentido de preocupacao com o nosso futuro.

Anônimo disse...

Algum colega pode me explicar sobre a Renegociação de Dividas - CDC + divida de cartão de credito? Tenho um CDC que e debitado todo dia 20 e estou devendo ourocard que venceu dia 03/12 e ainda não paguei. Recebi carta do bb mandando fazer renegociação.Essa renegociação que engloba CDC e cartão e em quantas prestações? Obrigado.

Anônimo disse...

Colega 19:08 Essa renegociação do BB com os aposentados é uma vergonha. Se tiver devendo R$ 10.000,00 mandam assinar um instrumento de crédito com 20 folhas e você fica pagando aproximadamente 380,00 durante 96 meses. Assinei para entancar o cheque especial e o cartão que estavam cobrando juros superiores 15%ao mês. Dia 20 debitam tudo e você que se vire. Minha esperança é a ação 30% consignado que vem caminhando a todo vapor.

Anônimo disse...

Colega de 12:12, obrigado pelo contato. Estou devendo 280,00 do pagamento mínimo que venceu dia 03/12, como cortaram meu cheque especial de 900,00(vencimento 30/11), não pude pagar, pretendo acertar no dia 20 mas já recebi o comunicado do banco mandando fazer a renegociação ou ligar para um 0800 ou ir a agencia. Meu cheque especial foi cortado porque no mês anterior, venc 03/11, eu paguei o mínimo de 200,00 e era 204,00 o gerente disse que ficou em aberto 30 dias os 4,00(pagamento menor que o mínimo).