BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

NOVA FACE OU NOVO ROSTO?

    Comunicado do Banco do Brasil sobre o novo plano de reestruturação da instituição:

FATO RELEVANTE
Em conformidade com o § 4º do art. 157 da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, e com a Instrução CVM nº 358, de 03 de janeiro de 2002, o Banco do Brasil S.A. (BB) comunica que foi aprovado pelo conselho de administração um conjunto de medidas para reorganização institucional.
2. Dentre as medidas aprovadas está a revisão e o redimensionamento da estrutura organizacional do BB em todos os seus níveis: estratégico (direção geral), tático (superintendências), de apoio (órgãos regionais) e de negócios (agências). A implementação dessas medidas deverá ocorrer ao longo de 2017.   
3. A rede de atendimento será reorganizada de forma a adequar-se ao novo perfil e comportamento dos clientes, com o aproveitamento de sinergias, a otimização de estruturas e a ampliação de serviços digitais, sem comprometer a presença do BB nos municípios em que atua. Ao final, 379 agências serão transformadas em postos de atendimento (PA) e 402 serão desativadas.    
4. A economia anual com despesas administrativas, exceto pessoal, é estimada em R$ 750 milhões, sendo R$ 450 milhões decorrentes da nova estrutura organizacional e R$ 300 milhões da redução de gastos com transporte de valores, segurança, locação e condomínios, manutenção de imóveis, entre outras.      
5. Paralelamente, foi aprovado Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada (PEAI), com período de adesão voluntária até 09 de dezembro de 2016, que prevê incentivo aos funcionários que reúnam condições para se aposentar. Atualmente, até 18.000 funcionários estariam aptos a aderir voluntariamente ao plano. Os impactos financeiros do plano serão divulgados ao mercado após o encerramento do período de adesão.   
6. As medidas anunciadas não impactam as projeções (Guidance) divulgadas para 2016.    
7. O BB reitera o seu compromisso de prover serviços e soluções adequadas aos seus clientes e ao público, reforçando o uso de sua plataforma digital como meio de atendimento.    
8.  Fatos adicionais, julgados relevantes, serão prontamente divulgados ao mercado.

Brasília (DF), 20 de novembro de 2016.

José Maurício Pereira Coelho - Vice-presidente de Gestão Financeira e Relações com Investidores

Brasília, 20h10min


16 comentários:

Anônimo disse...

A restruturação do guloso faz e acontece, mas reduz de 27 para 25 o número de diretorias.
Reduz o número de funcionários e agências onde a maioria da captação de dinheiro novo é feita. Fecha 28 Superintendências Regionais, mas aumenta de 12 para 34 o número de "escritórios de negócios digitais" - leia-se 6 por 1/2 dúzia - o que deve ser uma versão hi-tech do cesec para marajás.
E tudo isso é para chegar ao mesmo gasto com folha de pagamento que bradesco e itaú apresentaram.
Conclusão? O fundo da pensão continuará sendo o melhor fabricante de lucro para o incompetente e desastrado paquiderme, porque o atendimento piorará assustadoramente. Se com a quantidade de funcis já está uma catástrofe, imaginem "COM MENAS MÃO DE OBRA" (parafraseando o apedeuta).

Socorro Trump

Anônimo disse...

Quando lembro do 'Novo Rosto' início dos anos 90, me dá até arrepios. Fase terrível, parecia um 'pega-pra-capá', fui parar a contra gosto num desses cesec's da vida, comemos o pão que o diabo amassou.
Graças a Deus e conselhos de familiares, continuamos no banco até a aposentadoria (PAA), em 2007.

Josué
PARANÁ

Anônimo disse...

Cabidão de empregos para apadrinhados políticos !!! Quantas Vice-Presidências e Diretorias são mesmo, hein ??? Pilantras !!!

Anônimo disse...

Acho que o BB vai ser privatizado

Anônimo disse...

Paulada

Na minha cidade tem uma praça
Na minha praça tem um banco
No meu banco tem um cafajeste
O seu cafajeste se chama paulo
Paulo Cafajeste

Autor desconhecido

Anônimo disse...

Estava tomando banho e pensando na conjuntura atual e cheguei a seguinte conclusão: CULPADO É O SEU EDGARDO.
Depois de ler vários textos escritos por ele, concluí que devido sua inalcançável capacidade, pensaram que tudo que era oriundo daquela instituição tinha o mesmo quilate.
Daí, pegaram o monte de cabeça-de-bagre (tem hífen?), colocaram em postos que não tinham expertise necessária. Penso eu, que no momento da nomeação eles concluíram: Eles vem do mesmo lugar que o grande ED.
Conclusão, caíram do cavalo e levaram o país junto.

Isso comprova minha imparcialidade de análise conjuntural. Culpo até os que estão do lado de cá...

Renato Sant Ana disse...

Ninguém me tira da cabeça: o mesmo plano usado em 1995, no famoso PDV que provocou até mesmo suicidios, está sendo usado agora, com alguma maquiagem. Esta história que não haverá demissões é pra boi dormir. Óbvio que os gerentes, lutando pela própria sobrevivência, vão pressionar funcionários à demissão. Será um cenário de terra arrasada. Triste, amargo, cruel, mas é o futuro que espera os colegas mais antigos ainda na ativa. Entre eles, muitos batedores de panelas na ingênua crença de que estariam livrando o País da corrupção.

divany silveirira-Sete Lagoas disse...



Mestre, ningúem pode avaliar a carga da PREVI, embora,penso , que

os com maior tempo de banco não vão aceitar, pois o mercado interno

não está para amadores. O certo é que a noticia e o programa vão

repercutir na bolsa de valores.

Anônimo disse...

Concordo com o anônimo 12:38 - 21/11/16, também acho que o BB vai ser privatizado.
Será que a Previ poderia liberar a gente pra receber o pagamento em qualquer banco que não seja o BB?

Josué
PARANÁ

Anônimo disse...

Emérito Professor ZANELLA:


Não derramarei "uma lágrima sequer", caso o BB-Guloso seja privatizado.

antonia disse...

Esse governo até agora só fez melhorias pra eles, pro judiciário e pra mídia. Não confio que venha nada bom, só espero que não tenhamos saudades do BB gulodo após uma privatização.

Luis-BH disse...

Que azar! Me aposentei em 2010. Teve um PAI antes e agora vem mais esse. Se o funci está pronto para sair, bom ter uns 15 salários a mais no bolso. hehe

Anônimo disse...

Com a senho PO 14, emitida as 11:42, fui atendido às 12:52 para a emissão de TED. Uma vergonha esse BB. E via piorar, com essas demissões.Ficam com a nossa folha, ganham a comissão sobre nosso trocados e ainda esse péssimo atendimento.Deveriam liberar a nossa folha para levarmos para outro Banco.

Anônimo disse...

Funcionários da Caixa terão que fazer contribuição extra de 11 a 22% para cobrir rombo.

Anônimo disse...

Quando os gênios incorporaram a Nossa Caixa, o BB ficou com duas e até três Agências na mesma praça, diria até concorrendo entre si. Na mesma época, por ser um Banco oficial, não pôde participar dos processos licitatórios/leilões da FOPAG das Prefeituras, Estados e outros órgãos público, perdeu vários convênios. Aconteceu o óbvio.

Anônimo disse...

Sr. Ari Zanella e Colegas,


Desculpem, mas vou escrever em caixa alta.

FICA CLARO, CRISTALINO, LÍMPIDO DE QUE NÃO DIMINUÍRAM AS DIRETORIAS, PELO FATO DE QUE TODOS SE APOSENTARÃO COMO ESTATUTÁRIOS E ASSIM COM AS BURRAS CHEIAS, PODERÃO PAGAR UNIMED REFESTELAR-SE EM CHAMPANHAS EM CAMBORIU, NÃO! EM CANCÚN OU NO RAIO QUE OS PARTA.

E RECLAMAM DA DITADURA.........................

que a justiça divina cobre o justo para essas "sumidades"