BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

sábado, 5 de dezembro de 2015

O GOLPISMO É MAIS UMA MENTIRA DA DILLMA, DO LULLA E DO PT

A Presidente Dillma fala em golpe, mas onde está o tal golpe, dado que se de fato ocorrer o seu impedimento, é o seu vice e aliado Michel Temer-PMDB que assume a Presidência da República.
Comprovadamente cometeu ilícitos fiscais, gastou mais do podia para se reeleger, descumpriu a Lei de Responsabilidade Fiscal, tanto que assinou de próprio punho os vários decretos sem números para burlar a lei e se safar do crime de responsabilidade com o aval do Congresso e, agora, para tirar o foco sobre as irregularidades cometidas em 2014 e continuadas em 2015, vem com essa mentira deslavada de “golpe”.
Todas as vezes que são pegos em crimes e roubos esses Governos do Lula e da Dillma vêm com a tese neurótica da perseguição das elites para enganar o povo mais humilde. Mentem descaradamente e negam as falcatruas, os esquemas montados para saquear empresas estatais importantes como a Petrobras, porém, o estranho é se falassem a verdade e confessassem os seus vergonhosos delitos.
Não é factível e aceitável que a Presidente Dillma que se diz zelosa e atenta a tudo, tenha visão seletiva somente para aquilo que deseja ver e não enxergasse o que estava acontecendo na Petrobras, sobretudo porque a compra fraudulenta e criminosa da Refinaria de Pasadena foi por ela autorizada, negócio desastroso e absurdo que gerou mais de US$ 1 bilhão de prejuízo para a nossa petroleira. Quem vai restituir ao país esse desfalque bilionário?
Portanto, a Dillma mente à Nação quando diz que não desviou recursos públicos da sua finalidade. A verdade é que se não roubou, foi omissa e deixou a organização criminosa roubar e quebrar a Petrobras durante o seu mandato.
Além do bem fundamento pedido de impeachment em curso, alicerçado nas pedaladas fiscais efetivadas em 2015, já que a Dillma não poderia ser denunciada pelas pedaladas de 2014, mas por se tratar de crime continuado e repetido, conforme atestou o TCU, pesa contra ela e o Temer, no TSE, grave ação impetrada pela oposição, sobre crime de Abuso de Poder Econômico, onde a PF está investigando o recebimento de falsas doações feitas por empreiteiros presos na operação Lava Jato, para sua campanha eleitoral de 2014, cujo dinheiro teria vindo de propinas da Petrobras e, portanto, consta que ganhou as eleições à custa de dinheiro sujo e ilegal. Penso que se escapar do processo de impeachment, não escapará do outro no TSE.
O principal instrumento jurídico que possibilitou o descobrimento desse emaranhado de crimes ultra bem arquitetado foi à lei da Delação Premiada, sem ela a maioria dos roubos na Petrobras se perpetuaria.
Hoje, depois da Lava Jato, acredito que a sensação de impunidade vai reduzir bastante e assim que tudo for revelado (segundo o Ministro Teori o pior está por vir) tenho a sensação de que a tendência é que caia mais ainda a segurança dos meliantes em relação às punições.
A prisão do senador Delcídio do Amaral no exercício do seu mandato foi uma prova inquestionável e concreta de que o STF esta funcionando a contento e cumprindo a sua missão institucional. Ao que tudo indica, o exemplo de retidão, competência e diligência do Juiz Sérgio Moro irradiou positivamente para outras esferas do Judiciário.
Por outro lado, o vestal filho do Cerveró, ao pegar como um patinho, na armadilha, naquela gravação, o senador Delcídio e outros, episódio em que o Lulla classificou o Delcídio de imbecil e burro, prestou, por vias transversas, um enorme serviço ao Brasil, eis que o senador ao citar nomes de alguns Ministros do STF, mexeu em vespeiro ao ferir o brio dos magistrados da Alta Corte e agora poderá pensar em fazer uma delação premiada, porquanto não conseguirá habeas corpus do Supremo para relaxar a sua prisão preventiva (por tempo indeterminado). Em outras palavras, podemos dizer que o Delcídio cutucou onça com vara curta.  
Parece que os delatores perderam o medo de entregar os cabeças, os autores intelectuais das negociatas espúrias e roubos. Os larápios roubam tanto que a tarefa mais difícil é dissimular, dar origem e aparência de legalidade as montanhas dinheiro sujo produto dos crimes e acabam se embaraçando nas próprias teias.
Roubos que pareciam perfeitos, indissolúveis, estão vindo à luz do dia pelas confissões dos delatores, o que gera um clima de preocupação e apreensão aos que ainda estão em liberdade, quando parceiros próximos, como o José Carlos Bumlai (amigo particular do Lulla), o Delcídio do Amaral, o Cerveró, o João Vaccari, etc., são levados à prisão, porque ao ver o sol nascer quadrado a ansiedade fala mais alto e a fidelidade se esvai e surgem as nuvens negras das delações premiadas como ameaças iminentes sobre os comparsas. Veja que a claustrofobia já está assediando o Delcídio na pequena sala onde está encarcerado e minando a sua resistência emocional.
Essa tática de usar laranjas e deixar imóveis e outros bens em seus nomes nunca é segura. Os filhos do Lulla, por exemplo, moram em apartamentos de luxo que estão em nome de amigos do pai, sem pagar nada de aluguel, o que desperta justas suspeitas. O maravilhoso sítio que o Lulla possui (“usa”) está em nome dos sócios do Lulinha.
O apartamento tríplex do Guarujá reformado graciosamente para o Lulla está em nome da OAS-Construtora e por aí vai. Certamente a pessoa que trabalha e compra honestamente o seu lar, é mais feliz ao dizer: “Tenho casa própria, adquirida com o fruto do meu trabalho”.
Sinceramente se vier à tona desdobramentos comprovando que o Lulla e a Dillma são culpados pela mafiosa e incomensurável corrupção que se instalou no Brasil, após as suas posses, confesso que não vou aplaudir a desgraça de ninguém, mas na minha ótica a Dillma terá pecado mais pela omissão do que pela ação, e tudo leva a crer que agiu dessa forma em face da gigante dívida moral que possui com o seu criador Lulla por tê-la guindado ao cargo máximo da República, aonde a Dillma nunca chegaria pelas suas próprias pernas, uma vez que não é “técnica e muito menos política”. Vamos torcer sempre pelo bem do Brasil e que se puna os culpados, doa a quem doer.
Doravante, vou grafar os nomes da Dillma e do Lulla com dois “LLs”, logicamente por analogia do Collor.

(João Rossi Neto - Goiânia-GO)

19 comentários:

joao trindade disse...

Caminhamos, nós aposentados do PB-1, para o mesmo destino dos colegas do Aerus e Postalis.

Anônimo disse...

Professor Ari,

Na sua douta opinião a presidenta conseguirá se sustentar no cargo? Conseguirá ajuda suficiente como conseguiu o Botafogo para subir à série A? Ou cairá para a série B como caíram o JEC e o Vasco?

jurandir waltrich disse...

brilhante texto do João Rossi, meus parabéns!

Anônimo disse...

Diante disso tudo, dá orgulho de ser brasileiro?

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.

SOB FORTE PRESSÃO!!
Prezado Professor Ari, estimadíssimo colega, Dr.Rossi, acredito que a Presidente Dilma renunciará, num gesto surpreendente, até para os seus próximos, devido à forte pressão geral, a que está submetida.
Todavia, "vamos torcer, SEMPRE, pelo Brasil."

Grato e PAZ E BEM!

"Criai, em mim, ó Deus, um coração puro."
Salmo 51(50), 12

Ari Zanella disse...

Amigos,

Na atual conjuntura a melhor coisa que poderia acontecer, para o bem do Brasil, seria a RENÚNCIA da presidenta. Sairia de modo honrado e deixaria o "pepino" para os verdadeiros culpados, notadamente LULLA. Concordo totalmente com o fraterno amigo Fernando Lamas.

Anônimo disse...

Senhores,

A renuncia deverá ser também dos srs. Renan e Cunha.
Todos os envolvidos no petrólão e outros zelotes, deverão permanecer presos até que provem que não misturaram o seu com os do público.
Busque-se mais envolvidos em denuncias...
Tem que prender os idealizadores e os executores das desgraçadas apropriações indevidas do patrimônio do povo.

Anônimo disse...

haja pixuleco p comprar votos contra impeachment!

Anônimo disse...

O blog do Ossami não está abrindo.

joao trindade disse...

O golpe foi dado pelos lesa-pátrias que estão no comando do Brasil.
Sem se alongar mas, referindo-me ao pessoal aposentado/pensionista do PB 1, sofreremos duplamente, no próximo ano, presumidamente, os efeitos de uma inflação descontrolada que irá engolir, já no primeiro mês de 2016 o REAJUSTE(?), teremos que engolir um aumento expressivo na contribuição CASSI, congelamento da poupança (quem tiver), volta da CPMF e quiçá receberemos pílulas de cloreto de potássio para nos suicidarmos...

Anônimo disse...

GOLPE NÃO DÁ DIREITO À DEFESA. DILMA VAI TER DIREITO A DEZ SESSÕES NO CN PARA DEFENDER-SE. SÓ VAI SER CULPADA SE DE FATO TRANSGREDIU ALGUMA LEI. SE NÃO VAI PERMANECER NO CARGO. A PROPRIA DILMA JA QUER FAZER PRE-JULGAMENTO OU SE DEFENDER ANTES DO TEMPO?

Anônimo disse...

Um deputado de São Paulo está sendo duramente criticado por um projeto que propõe o ensino bíblico nas salas de aula. Tudo bem que o Estado é laico, mas não vejo o mesmo endurecimento quando se trata de cartilhas gays. Fez lembrar a frase de Moody:

Ou a Bíblia me afasta do pecado, ou o pecado me afastará da Bíblia (D.L. Moody)


E assim Fernando Lamas, sempre citando a Palavra de Deus, vai caminhando a sociedade para o abismo

Anônimo disse...




" GENTE, CUIDADO C0M O MOSQUITO ''

MESTRE, a coisa ta feia nos sertões de minas. cheguei hoje de viagem
e o caseiro veio logo me perguntando ;o senhor soube a respeito do
o que d. Dilma falou sobre o mosquito da dengue ? Nao ouviu^? vou te
contar ,doutor ; primeiro -não sentar em cadeira quente ,que pega a
doença ; 2° - mulher grávida, se sentar pode perder a criança ou nas-
cer com defeito. E tem mais, chefe, homem da idade do patrão se sentar
na cadeira quente fica desanimado . como desanimado, Ilmo ? patrão,
fica querendo ver novela, arrumar cozinha e usando desodorante pra fi-
car cheiroso e chamar atenção dos outros e mania de tomar banho todo
dia. Perai, Ilmo , você não toma banho todo dia ? Patrao, minha patroa
fala que homem só toma banho uma vez por semana, se nao perde a força.
E o que mais a Presidente falou ? falou que o mosquito vem da flores-
ta e vou dar uma ideia : pros bicho nao aumentar muito, nós teremos
de comer os mesmos no almoço e na janta.cruz/credo.Divany/ S.Lagoas

Anônimo disse...

Que atitude oportunista e de mau caráter do cearense junto com o comunista e mais uma corja. Sempre nas horas estratégicas esse figura nefasta aparece querendo ser o salvador da pátria.

Vc é conhecido no cenário camarada. Tenta sempre tirar proveito nos momentos críticos.

A
Sempre na contra mão da opinião pública

Anônimo disse...

Colegas,

Com o bet destinado ao bb estaríamos a salvo, por enquanto.

Anônimo disse...

A título de DRU (Desvinculação das Receitas da União), desviaram 60 bi da receita do INSS, em 2014, para pagar os juros da dívida pública. Salvo melhor entendimento, esse montante corresponde a 20% da receita da Previdência Social. Mas, ainda não estão satisfeitos, porque, através da PEC 87/15, querem renovar a DRU até 2023 e ampliar desvinculação para 30% da receita. Falam em aumento de 30% da receita da União como um todo, mas o alvo principal é a receita de seguridade.
http://www.portaleducacao.com.br/direito/artigos/66854/a-dru-e-a-previdencia-social
http://www.cobap.org.br/noticia/58023/fundo-do-regime-geral-de-previdencia-nunca-saiu-do-papel-da-lei
Esse pessoal não se cansa, desculpem-me pelo termo, é sacanagem mesmo. É daí que vem o déficit da Previdência que alardeiam para equacionar com o fator previdenciário, desvincular o SM das aposentadorias, etc.

Anônimo disse...

A COISA TÁ FEIA

Plena segunda-feira, os sindicalistas que não gostam de trabalhar, lotam o parlamento em Brasília. Acostumados com a semana começar na terça-feira e terminar na quinta, a cambada de preguiçosos tá querendo trabalhar até em Janeiro. Quem te viu e quem te vê! O q o cagaço é capaz de fazer

Anônimo disse...

Ao colega das 15.40, perfeito... Disse tudo

João Rossi Neto disse...

Caro Ari e colegas,

PRESIDENTE DILMA CONFESSA O CRIME

A presidente Dilma Rousseff justificou na noite desta segunda-feira (7) as chamadas "pedaladas fiscais" como forma de manter em funcionamento programas sociais como o Bolsa Família e o Minha Casa, Minha Vida.

"Uma parte do que me acusam é de ter pago o Bolsa Família e o Minha Casa Minha Vida. Paguei sim. Nós pagamos com o dinheiro do povo brasileiro. Não foi empréstimo, foi o dinheiro legítimo dos tributos pagos pelo povo deste país", afirmou.

O artifício das "pedaladas fiscais" consiste em utilizar recursos dos bancos públicos para o pagamento de despesas da alçada do Tesouro Nacional. Com isso, os balanços do governo apresentaram resultados artificialmente melhores, driblando a necessidade de cortar gastos. Por esta razão, o Tribunal de Contas da União rejeitou as contas de 2014 da gestão de Dilma Rousseff à frente da Presidência da República.
CONCLUSÃO
O dinheiro depositado nos bancos públicos (BB e CEF) pertence aos seus clientes e essas instituições financeiras são fieis-depositárias deles, devedoras, os quais podem sacá-lo à medida das suas conveniências e necessidades, de modo que não estão à disposição dos Governos para utilizá-los na solvência de Programas Sociais da sua responsabilidade direta, como foi feito, em 2014 e 2015, pela Dilma, sem o aporte de recursos, pelo Tesouro Nacional, aos dois bancos estatais, o que configurou “empréstimo” e as despesas superiores às receitas, redundaram em déficit fiscal assombroso em 2015 superiores a R$ 119 bilhões, cujo “crime de responsabilidade fiscal” ficou sobejamente comprovado e confessado pela própria Presidente.

Claro que o País pode e deve melhorar a distribuição de renda, via de programas sociais, todavia, antes de inundar e criar programas em excesso, precisa saber antecipadamente se existem reservas de recursos suficientes para pagá-los e se o Brasil suporta tanta carga tributária.

Em sã consciência não é possível refutar, pela falta de argumentos convincentes, que os Governos Petistas ampliam “ad eternum” os valores das bolsas família com segundas intenções, numa velada compra de votos nos bolsões de pobreza para garantir o seu projeto de poder.

Acho estranho o desinteresse dos colegas pelos assuntos políticos, os quais refletem diretamente sobre a PREVI e sobre as nossas vidas. Temos a plena certeza de que a Dilma não irá debelar as crises que criou e que estraçalhou a economia do Pais, vez que a falta de credibilidade é o principal fator para esse estrondoso fracasso. O Brasil precisa de mudanças urgentes e estão não serão feitas pelo PT.