BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

MARASMO OU LESEIRA

       Estes dois substantivos do título servem para descrever nosso atual governo e momento econômico motivados por vultosas corrupções nunca dantes vistas na história deste país.
Marasmo significa tédio, vazio, nada para fazer, enfraquecimento das forças morais, falta de coragem, desânimo, indiferença, apatia.
Leseira é sinônimo e quer dizer falta de energia, de ânimo, de disposição (especialmente para agir), moleza, preguiça, indolência.
          Quando uma nação é guiada pela incompetência e pela corrupção não há como ser revelada outra fotografia senão a descrita pelos vocábulos acima. Não conseguimos avançar em nenhum campo infraestrutural, tampouco em tecnologia de ponta e para piorar, enfrentamos o nosso primeiro grande desastre ambiental no Estado de Minas Gerais. Outras commodities não deslancharam como o petróleo que seria extraído nas camadas do pré-sal; e os minérios que afetam a nossa maior mineradora devido aos desastres ambientais que nos deixam gigantes reveses.
         As perspectivas são negativas. O país se afunda no lamaçal da corrupção que parece sem fim. A recessão avança mês após mês. A inflação já atinge dois dígitos. A crise já está instalada. O efeito "dominó" está em curso.
           A solução é um governo de coalizão já! Um governo vigoroso que não tenha dó de cortar despesas, de fazer reformas notadamente a tributária, não aumentando a carga mas a base de arrecadação, de estimular quem produz e trabalha e eliminar parasitas como as entidades sindicais. Reduzir pela metade o número de deputados e para 2/3 o número de senadores. Nomes como FHC, Lula, Dilma, Aécio, Temer e todos os envolvidos em corrupção devem estar fora. É indispensável ficha limpa para guiar o povo e a nação para uma nova era, sem corrupção e com salários justos. É impossível uma nação crescer com salários tão altos pagos nos três poderes da república.

31 comentários:

Pr.guima disse...

-Esperar o que destes (des)governantes? Quando um diretor da empresa responsável pela tragédia em minas, diz (admite) que outras barragens tem problemas e vem o governador de minas Sr.Pimentel "irresponsavelmente" declarar que não há risco com a terceira barragem. Meu Deus do céu, será que eu estou ficando louco, será que minha paciência se esgotou? Que país estamos vivendo?

Anônimo disse...

Já está disponível para consulta (*) o contracheque do INSS com a segunda parcela do 13º salário para quem não utiliza o convênio prisma da Previ.
(*) - https://www8.dataprev.gov.br/SipaINSS/pages/hiscre/hiscreInicio.xhtml

joao trindade disse...

Prezado professor Ari,

Èsse é o país que gostaríamos de ter,mas,infelizmente,por vias pacíficas,ficaremos apenas sonhando,pois os lesa-pátria e falsos brasileiros,sem patriotismo e lisura estão espalhados em todos os cantos.Basta ver a história dos Estados Unidos,França e tantos outros países sérios,cuja luta não ficou apenas em palavras para fazê-los o que são hoje.Nosso país precisa de cirurgia de alto risco (para ontem,não para amanhã),infelizmente.

Anônimo disse...

Postei o comentário abaixo no blog do Dr. Medeiros e, estranhamente, pelo menos até o momento, não foi publicado.
“Antes de fechar o blog não se esqueça do que foi publicado, prometido, e que se encontra abaixo transcrito.
Medeiros disse...
Hoje recebi uma informação bárbara de nosso interesse na Previ. Se ninguém o fizer, divulgarei na próxima quarta feira, quando, após revelado o resultado final da Anabb, computados os votos dos Correios, farei a última postagem.
11 de novembro de 2015 20:15”

HELENO PINTO NOBRE disse...


AGRADECIDO AO ANÔNIMO MADRUGADOR 18/11/2015 ÁS 07:39 A INFORMAÇÃO DE QUE O CONTRA=CHEQUE DO INSS JÁ ESTARIA DISPONÍVEL .
JÁ ESTAMOS COM O CONTRA=CHEQUE NA MÃO EU E A MINHA VÉIA . DIGO ESPÔSA . AHAHAHAHAHAH ELA ME ATURA HÁ 43 ANOS SÓMENTE . CASAMOS EM 04/03/1972 EU NEM TRABALHAVA NO BB AINDA ; ENTREI SOMENTE EM 06/06/1977 . EU ERA ESCRAVO DO BRADESCO NESTAS ALTURAS . E PÉSSIMA ESCRAVIDÃO NAQUILO DURANTE 06 ANOS E O CANALHA QUE ME BOTOU PARA A RUA
FOI POSTO PARA A RUA COMO LADRÃO .
APENAS PORQUE VIRAM QUE EU TINHA PASSADO NO BB . SAFADO

ELA JA FICOU BEM CONTENTE . O DELA VEM DAQUI UMA SEMANA; ELA RECEBE APENAS 01 SALÁRIO MÍNIMO .
MAS SERVE PARA ELA PELO MENOS NO PRIMEIRO DIA QUE RECEBE . AHAHAHAHAHAHAH

Anônimo disse...

CPMF e Déficits...é triste!

Anônimo disse...



O ministro Levi, sendo uma pessoa inteligente, por acaso não percebe q a cpmf mesmo q aprovada ñ vai resolver coisa alguma por causa da grave situação de perda mensal de arrecadaçao? Só qUem for cego ñ vê

Anônimo disse...

REFLEXÕES DE UM AP0SENTAD0

Mestre, contam no sertão de Minas que um patrão que não cumpria
suas obrigações com seu capataz e por isto vivia ás turras com ele,
resolveu por fim ao conflito e ordenou ao mesmo que cavasse um
buraco nos fundos da casa. Recebida a ordem, o subordinado se pôs a
cavar, cavvar e cavar. Depois de horas, já cansado, o operário per-
guntou ao patrão se o buraco estava bom, ao que o patrao respondeu:
o buraco é pra você e deu m tiro no mesmo,pondo fim á animosidade.
No nosso caso ,dadas as similaridades só falta dar o tiro, pois o bu-
raco está pronto.divany silveira-SeteLgooas-mg

Anônimo disse...

Tbm perguntei no blog do Medeiros se a noticia barbara sai hoje ainda.

joao trindade disse...

Vamos ter fé,pois Deus está no controle.
Disse Jesus,já há 20 séculos: NO MUNDO TEREIS AFLIÇÕES,MAS TENDE BOM ÂNIMO,POIS VENCI O MUNDO.

Unknown disse...

Amigos,
Muitos brincam com nossa situação, mas o momento não é para brincadeiras. A Previ sofrerá um baque sim, assimilável, devido sua renda variável estar muito concentrada na Vale. Além disso recessão significa baixo lucro das empresas e porconseguinte, para seus investidores como a Previ.
Fica difícil até de escrever porque o que ocorre hoje ocorreu ontem e ninguém faz nada. A gatunagem corre solta e de tanta repetição, as pessoas não mais se indignam e até parece como algo trivial. É preciso que se faça algo, é preciso que apareça alguém que faça algo. Que Deus tenha misericórdia dessa nação de tranbiqueiros e de povo "mosca morta".
E muitos continuam deitados em berço explendido, não notando que os cupins estão a devorar toda a sua madeira. Que os homens de boa vontade deste país acordem a tempo. Que esta nação se volte para Deus. Celio

Anônimo disse...

..lulla e o bando vao ser os imperadores do Brasil.transformaram a dge maioria dos brasileiros em idiotas e mortos de fome.

Ari Zanella disse...

Caro Anônimo do Gr 19

Mande o e-mail para tesouraria@anaplab.com.br e tenha a certeza que receberá a resposta.

Mariano Branquinho disse...

Prof. A ANABB agora vai melhorar, dos 21 mais votados, 14 ser~~ao reeleitos. kkkk

Cuidado João Botelho, dos 11 que assinaram o documento contra você, 10 estão voltando.

A Anabb, é muito eficiente. Espero resposta de uma correspondência enviada com AR desde 18.08.15 e já reiterada por 2 vezes através do Fale Conosco.Fazer o que esperar mais.

A maioria dos aposentados são bonzinhos, não elegeram nenhum colega do MSU e nem o grande Dr. Medeiros, paciência né. Sds Mariano Branquinho

Ari Zanella disse...

AGORA HÁ POUCO...

Medeiros disse...
Olhem, não vou deixar de cumprir o que prometi. Só não fiz ontem porque não deu tempo. A notícia boa é que houve decisão do STJ no sentido de que não cabe devolução dos valores recebidos por liminar na cesta alimentação por se tratar de verba alimentar e previdenciária, que, recebida de boa fé, não se devolve. A notícia ruim é que a Ministra Isabel Galloti e dois ministros julgaram desfavoravelmente a ação da AFABB RS sobre ouro vida. Existem outras notícias e ficam definitivamente suspensas minhas cinco postagens, que havia preparado com profundidade e, sem dúvida, mexeriam em alguns dos temas que mais nos interessam. E tchau. Tchau mesmo. A partir de agora, só lazer.

19 de novembro de 2015 09:34

Lucia Siza Siza disse...

E quem ja começou a ser descontado a cesta? Sera se a previ vai devolver? Grata peka resposta.

Anônimo disse...


Ari

Se puder responda por favor. Essa mineradora Samarco deverá ter um prejuízo fabuloso com esse desastre, certo? Como ela é um braço da Vale isso deverá afetar a empresa-mãe, certo? Por consequência também trará resultados a Previ?
Obrigado.

Ari Zanella disse...

Lúcia,

Temos que aguardar. O correto é verificar junto ao advogado de sua ação, ele terá melhores informações.

Ari Zanella disse...

10:58

Com certeza terá reflexos na mineradora-mãe. De todo modo, este não é nosso único investimento. Há outros setores que podem compensar.

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.

OBRA SEGURADA
Estimado Professor Ari e demais colegas, na última segunda-feira, quando assistia o Jornal da Cultura(TV Cultura), ouvi, do Dr. Airton Soares que os reparos da tragédia de Bento Rodrigues estão todos segurados, SEM QUALQUER IMPACTO, para a Vale.

Grato por tudo e PAZ E BEM!

"Deus nos guarde de abandonar a Lei e os mandamentos do Senhor."
1Macabeus 2,21

Anônimo disse...



A maioria foi REeleita na Anabb. Isso significa que NADA mudará por lá.

WILSON LUIZ disse...


Certa vez, um cronista esportivo, se não me engano o inesquecível Armando Nogueira, escreveu: “Zico não ganhou a Copa do Mundo? Azar da Copa”.

Eu apenas digo: O Medeiros não foi eleito para a ANABB? Azar da ANABB.

Ari Zanella disse...

Estou neste momento em Florianópolis numa reunião sobre a CASSI.

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.

INATACÁVEL!!
Prezado Professor Ari, primeiramente, respeito o direito à liberdade de expressão, mas, por dever de consciência, quero expressar a minha inconformação, por causa de vários comentários ácidos e desrespeitosos e injustos e ingratos, para com uma pessoa que considero inatacável: o Doutor José Bernardo de Medeiros Neto, nosso digno Conselheiro Deliberativo, na Previ.
Evidentemente, o honorável colega não precisa de defesa, porque, simplesmente, a sua trajetória luminosa atesta, em todos os sentidos, a sua retidão de consciência e quitação, para com todos os seus compromissos.
O “irmão mais velho”, Doutor Medeiros, tem como única obrigação, assim entendo, a digna suplência no CD/Previ e dela manifestar-se, quando o desejar.
Por fim, independentemente “deste ou daquele” eleito, sugiro que usemos, sobretudo, o faleconosco ou o 0800 da Previ, para queixas, obviamente, sustentadas por sólidos argumentos. Por esses caminhos, a Previ responde a todos, COM BASE NA IDENTIFICAÇÃO do consulente.
É como penso, com o máximo respeito.

Grato por tudo e PAZ E BEM!

“Oh Pai, meu coração não se orgulha e meu olhar não é soberbo. Ao contrário, me acalmo e tranqüilizo, como uma criança alimentada, no colo da mãe.
Assim está a minha alma.”
Salmo 131(130)

Blog do Ed disse...

Prezado Mestre Ari

Notei o seu comentário acima sobre as aplicações da PREVI. Entendo que o amigo está me dizendo que elas são de fato ADEQUADAS. Passo a confiar na sua informação. Só quero obter mais uma informação: quando elas, que são boas aplicações, passarão a barrar o crescimento do déficit? Já este ano?
Edgardo Amorim Rego

Ari Zanella disse...

Mestre Edgardo,

Este ano e o ano de 2016 não serão bons para a economia brasileira. Penso que a PREVI poderá AMENIZAR os estragos, porém eles são inevitáveis a essa altura do campeonato. "God save us".

Anônimo disse...

Acho absolutamente desnecessários os comentários contra ou a favor do candidato não eleito para a Anabb.A opinião individual não representa nada em comparação aos milhares de associados que votaram.

Blog do Ed disse...

Prezado Mestre Ari

Elas são INEVITÁVEIS, mestre amigo, mesmo se:
- as alocações de recursos PUDESSEM ser diferente NO MOMENTO?
- a ESTRATÉGIA DE APLICAÇÃO A LONGO PRAZO HOUVESSE SIDO OUTRA?
Agradeço sua resposta a essas duas indagações.
Um abraço amigo do
Edgardo Amorim Rego

Ari Zanella disse...

Mestre Edgardo,

Perfeitas as tuas duas indagações. Nestas hipóteses o resultado final poderia ser bem diferente.
Há duas coisas a considerar:

1) Não se pode descartar uma participada que durante anos foi a responsável pela nossa gigantesca alavancagem econômica. Quem poderia imaginar que o ventos fossem mudar tão adversamente nos últimos anos?

2) Nada obstante, na renda variável (ações Ibovespa) poderia (e deveria) haver existido uma mudança gradual e contínua, uma decisão tomada lá trás depois de 2011, objetivando um percentual neste setor na faixa dos 30%. Hoje já existe esta premissa em nossos dirigentes (melhor tarde do que nunca). O que não se pode fazer é sair vendendo no atacado pois derruba o mercado que se alimenta de especulação.

Hoje o melhor para todos nós é que o país voltasse a crescer e que estas empresas de commodities se recuperassem rapidamente.

Anônimo disse...

Se forem aprovadas as mudanças na contabilização dos investimentos e no cálculo dos prejuízos dos Fundos das Estatais, em estudo no CNPC, dois eventos típicos do mundo das pedaladas ocorrerão, sendo que o primeiro é pontual e virá sob medida, a saber:
- Patrocinadores, principalmente dos fundos das estatais, se livrarão da contribuição extra para equacionar os déficits;
- se tal metodologia, conforme demonstrado, implicará na redução para 1 décimo o prejuízo do FUNCEF, ou seja, de 5,6 bi para 500 milhões, e se for aplicada na PREVI, a mesma fechará o balanço com superávit suficiente para geração de Reserva de Contingência e Especial.

Anônimo disse...

Essas mudanças deverão gerar superávit nos fundos de pensão das estatais, que serão compelidas por Medida Provisória -- que estaria no prelo, a fazer aplicações em infraestrutura nas áreas indicadas pelo governo federal.

Se isto se confirmar, talvez caiba ação para impedir mais esse desmando.