BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

terça-feira, 13 de outubro de 2015

WAR IN BRASÍLIA

           Ainda bem que deixei Brasília na sexta-feira porque hoje a capital brasileira será palco de intensos bombardeios políticos, culminando com o iminente pedido de impeachment de nossa atual presidente.
                   De um lado a senhora Rousseff usando o feriadão de descanso para reunir-se com seu núcleo de apoiadores para tentar barrar o pedido no Congresso; de outro lado os fatos concretos (pedidos) que pairam sobre a cabeça do presidente da casa, Deputado Eduardo Cunha, acuado por acusações da Lava Jato e igualmente com a cabeça a prêmio. É certo que se Cunha aceitar um dos pedidos de impedimento, desviará o foco que a grande imprensa está dando sobre sua pessoa no caso de contas na Suiça.
                          É perceptível a parcialidade do procurador Rodrigo Janot. Para ele Lula e Dilma nada fizeram de errado, seu foco está apenas em cima de Eduardo Cunha. Mais imparcialidade senhor Janot!
                   Outro fator que escancara a nossa frágil democracia é a presença de vanguarda nas decisões do ex-presidente Lula. Como pode haver políticos e empresários que ainda se ajoelham a seus pés? E como pode não ser acusado de coisa alguma? Dá para entender?
               De toda a forma, a semana de 4 dias promete ser eletrizante. Quem vai escapar da degola?

8 comentários:

João Rossi Neto disse...

A MENTIRA TEM PERNA CURTA E A VERDADE SEMPRE APARECE

Fatos estranhos em andamento no âmbito do Governo Dilma, na Presidência do Eduardo Cunha, na Câmara, e na Presidência do Renan Calheiros, no Senado, induzem que existe muito coisa leviana e suja neste jogo de xadrez entre as três maiores autoridades do País.

Inimigos declarados, Dilma e o Cunha protagonizam um esconde-esconde, de rato e rato, porque aí todos são culpados, onde a primeira oferece ao segundo, através de seus Ministros, notadamente pelo George Wagner, garantia de que o PT não pedirá o seu afastamento do cargo em troca de salvá-la do impeachment, tão almejado pelos partidos de oposição e pela população.

Nitidamente numa situação de compasso de espera, como que no aguardo de ordens da Presidente Dilma e do Lula, enquanto não se resolve as negociatas e conluios estratégicos e táticos, a PGR mantém-se impassível como mera expectadora dos acontecimentos, da briga de cachorros grandes, e inexplicavelmente ainda não pediu ao STF, o afastamento do Eduardo Cunha. Será que está esperando o quê?

A propósito, impende realçar que o jornal a Folha, em diversas matérias, publicou que a PGR possui fartas e contundentes provas, vindas do Ministério Público da Suíça, sobre a existência de várias contas secretas em nome do Eduardo Cunha e de seus parentes que foram usadas para encobrir o rasto do dinheiro relativo ao recebimento de propinas da Petrobras.

Isto se comprovando, realmente o Rodrigo Janot estará jogando fora a criança com a água, pois poderá perder a credibilidade da PGR e comprometer o trabalho efetivo da PF, MPF e do Juiz Sérgio Moro.

Por enquanto, acho que o Sr. Janot merece o benefício da dúvida e não creio que ele poderá vir a ser a maçã podre a contaminar todo o trabalho exitoso, elogiável e exemplar realizado até o momento.

Que a coisa parece ser nebulosa, obscura e a camuflar segundas intenções e a proteger interesses governamentais, sendo conduzida em banho-maria, isto não resta dúvidas!

A sociedade precisa ter paciência, tranquilidade e acompanhar tudo de perto para, se for o caso, execrar os verdadeiros culpados que virarem a casaca para salvar os criminosos lesa Pátria, responsáveis pela roubalheira assombrosa na Petrobras.
Uma rede de corrupção dessa envergadura, sem precedentes na história do Brasil, e uma organização criminosa de grande porte, que rouba bilhões, teve e têm lideres de grande calado que avalizaram o esquema ardiloso.

O Judiciário não pode se satisfazer e limitar as ações corretivas em prender os peixes pequenos, aqueles que executaram os roubos propriamente ditos, deve ir muito além e punir os “Autores Intelectuais” que ainda estão livres, leves, soltos e tentando atrapalhar o desvendamento dos crimes, porque os deixando impunes, amanhã ou depois, seguramente, voltarão a delinquir.

Certamente o butim foi dividido de acordo com a importância e o prestígio de cada envolvido na engrenagem delituosa. Só gente poderosa dos hostes petistas e governamentais poderia autorizar o majestoso assalto à Petrobras, maior estatal brasileira.

Vai chegar a hora em que o Paulo Okamoto, do Instituto Lula, vai ter que calar as suas falsas informações, já que contra fatos concretos não existem argumentos. A lama decantada vai subir à tona.

Anônimo disse...

APARELHADO: LIMINAR DO STF SUSPENDE TRAMITAÇÃO DO IMPEACHMENT CONTRA DILMA

DILMA 1X0 POVO?
Começou a bandalheira

Ari Zanella disse...

Alguém perguntou sobre o FIDEF - Fórum Independente em Defesa dos Fundos de Pensão:

Trata-se de questionamentos feitos aos órgãos governamentais (PREVIC, Previdência Complementar etc) sobre diversos assuntos que invadem os direitos de associados de diversos fundos dentre eles alguns utilizados por políticos que lhe causaram prejuízos, não é o caso da PREVI. Os eleitos da chapa 3 desde ano passado prestam este serviço de solidariedade, até como forma de evitar possíveis investiduras futuras contra a PREVI. Precaução e caldo de galinha não fazem mal a ninguém. O nobre Dr. Medeiros não quis declinar seu nome nos documentos, embora estivesse presente na reunião. Eu coloquei lá na hora o nome com meu email, depois soube que o Medeiros não tinha colocado seu nome, então pedi para retirar o meu nome pois sempre acompanho o Medeiros. Como fiz o pedido de exclusão somente nesse feriadão meu nome saiu no documento. Mas não tem a minha assinatura.

Anônimo disse...

Sr. Fernando Lamas,

Em postagem anterior o senhor disse que estava tendo dificuldades em atualizar seus dados bancários da conta-salário no site da PREVI, a fim de receber a partir de dezembro seus proventos nesta nova conta, já que a modalidade SCR está para ser extinta a partir desse mês. O senhor conseguiu seu intento?

Pergunto-lhe porque estou tendo muitas dificuldades em atualizar meus novos dados bancários com a conta-salário que abri recentemente.
A PREVI me respondeu: "Enquanto sua conta corrente estiver com status "conta sem movimento", o sistema de validação de contas do Banco do Brasil não permite o cadastramento da conta no sistema da PREVI. Sugerimos ao senhor verificar junto a sua agência de relacionamento do Banco do Brasil os procedimentos necessários para resolver essa situação. Verifique com sua agência sobre a possibilidade de abrir uma conta corrente comum, para recebimento de seu benefÿcio e após o primeiro crédito, transformá-la em conta salário".

Ainda não fui ao BB tentar abrir uma conta corrente, o que acho muito difícil que ocorra, até porque sou réu em uma ação que o BB move contra mim. Agradeço imensamente se me informar como está sua situação nessa questão, pois estou muito apreensiva com a relutância da PREVI em não atualizar meus dados bancários e eu não receber minha pensão a partir de dezembro.
Um abraço.

Silvana Costa

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.

EXTINÇÃO DO SCR - CONTA-SALÁRIO
Prezado Professor Ari, com a sua licença, uma palavra, para a Silvana Costa. Tranquilize-se, cara colega, porque o serviço é simples e rápido e acredito que, já em outubro, receberá na sua conta-salário, na forma da Resolução 3402, CMN. Se não, em outubro, sem dúvida, em novembro.
Procure um comentário meu, na postagem do Professor Ari, como segue: dia 25 de setembro, "Apelo aos Diretores Eleitos" e o meu comentário é do dia 28 de setembro, às 15:53h, nessa mesma postagem.

Conte-nos, depois, sobre a sua nova conta.

Grato por tudo e PAZ E BEM!

"Disse Jesus: 'A vida vale mais do que o alimento e o corpo, mais do que as roupas."
Lucas 12,23

CONTA SALARIO..... disse...

Caro Ari,
Permita-me colaborar com a colega Silvana sobre a conta salário.
O mesmo ocorreu comigo, em conta que abri em agencia diversa da que estava cadastrada.
Isso foi em 26 de agosto, e em diversas tentativas e consulta que fiz à previ, a resposta foi a mesma que a sua. Entendo que os atendentes da previ, em razao de outros casos ocorridos, poderiam nos orientar melhor, inclusive fazendo tratativas com o BB em busca de solução.
Mas como resolvi, após idas a agência que nao solucionou. Fiz uma queixa junto ao BACEN, historiando o assunto e acusando o BB de descumprimento da resolução 3402.
Dois ou tres dias após, o funcionário da agencia me ligou com a solução que foi a de criar tambem uma conta corrente comum, com o mesmo número da conta salário, conforme, aliás informações prestadas pelo colega Lamas anteriormente.
Aí, a alteracao de conta e salário foi aceita no sistema da previ.
Mas nesses casos, percebe-se a má vontade do BB, que é quem provocou a necessidade, em resolver o assunto.
E também tenho pendências junto ao bb.
Luiz

Anônimo disse...

14/10/2015
Inflação dos idosos passa de 10%

Leda Antunes
do Agora

A inflação da terceira idade, medida pelo IPC-3i (Índice de Preços ao Consumidor da Terceira Idade), já passa de 10% nos últimos 12 meses, segundo a FGV (Fundação Getulio Vargas).

O índice ficou em 10,21%, acima da inflação geral acumulada no mesmo período, medida pelo IPC-BR, que foi de 9,65%.

No terceiro trimestre do ano, a variação da cesta de consumo das famílias compostas por pessoas com mais de 60 anos ficou em 1,23%, abaixo dos 2,46% registrados no segundo trimestre deste ano.

Anônimo disse...



Mestre Ari precisamos de novidades do ES....A Esérnça que se adia faz a alma adoecer. Quando serâo anunciadas as mudanças ?