BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

sábado, 3 de outubro de 2015

PROFESSOR PARDAL NA SAÚDE

        O Brasil carece de tributaristas o que abre campo para médicos psiquiatras soltarem suas pérolas em discurso de posse. A "nova" CPMF vai ser aplicada nas duas pontas: 0,2% no débito e 0,2% no crédito, perfeito! Assim "fecha a contabilidade" do ganho duplo, uma invenção que nem Einstein seria capaz de engendrar.
         Como sugestão ao nobre psiquiatra que ora assume o ministério da Saúde, seria mais viável estender os propinodutos existentes e aqueles que vierem a ser formados, dando-lhes destinação exclusiva à saúde. Ou talvez tributar pesadamente os produtos que certamente causem danos à saúde, entre eles cigarros, cachimbos, fumo em corda, bebidas destiladas como cachaça, whisky, vodca, etc. Citando exemplo do cigarro: Hoje o imposto é de 80%. O novo imposto seria de 280% sendo 200% destinado exclusivamente à saúde como forma de compensar os gastos que o país tem todo ano com internações e tratamentos de cânceres. Essa é a ideia que deveria advir de um médico que assume o ministério da Saúde!
         Em vez disso, a ideia de jerico acima, a CPMF do debitado e do creditado! Mamma Mia!

26 comentários:

Anônimo disse...

Diz o ditado que de médio e louco todos nos temos um pouco.

Mas esse ministro realmente passou da conta: com essa proposta ele deveria é providenciar sua auto internação em um hospício.

E concordo que os impostos sobre cigarros, bebidas e afins deveriam ser bem elevados. 200% para mais.

Blog do Ed disse...

Estimado Mestre Ari
Não fale mal do Ministro da Saúde ora nomeado. Ele é boa gente como o José Barroso Pimentel, piauienses os dois como eu, tudo boa gente... e sabida, nós três... Isso dito, sugiro que todos leiam na Folha de São Paulo na Internet, hoje, resumo do livro que o economista norte-americano, Prêmio Nobel de Economia, acaba de lançar "A Grande Divisão". Como Paul Krugman ataca a concentração de renda nos Estados Unidos, diz que é ainda maior do que na Grécia, que desfigura a sociedade norte-americana, infelicita 99% da população, destrói a economia do Bem Estar Social, é provocada pelo Governo, desembocará na revolução social e advoga a taxação das grandes fortunas.
Edgardo Amorim Rego

Anônimo disse...

O que mais tem em Brasilia é jumento nomeando jumento para detonar o povo.
Não há patriotismo,nem comprometimentos dos políticos com os destinos do Brasil.A prova disso é a situação em que chegamos.Constantemente trocam os cachorros,mas insitem em manter as mesmas coleiras.Que falta de criatividade.

João Trindade

Anônimo disse...

Criticam mas advogam aumento de impostos.
Simplória a visão de gastos na saúde derivados de fumo, bebidas e etc.etc.etc.

Fernando disse...

Professor Ari, eles estão testando nosso poder de resignação, de abrir a boca. O CPMF é o tributo mais caro para o contribuinte. Duma operação, numa cadeia produtiva, chega a ser pago até 07 vezes, conforme estudos. Agora, essa pessoa querer duplicar o imposto seria muito desaforo, e não é de duvidar que os políticos já vejam com bons olhos , para aumentar ainda mais a carga tributária. Estão brincando com a nossa cara.

Ari Zanella disse...

09:56

Dos males, aqueles que sejam mais "justos" além de matar dois coelhos fazendo muitos abandonar o vício.
Há outras alternativas como aumentar a tributação do lucro dos bancos. Todos têm que passar por aprovação do Congresso. A preferência, pelo que se nota, é tirar do trabalhador os 0,2% porque este já está esfoliado mesmo. Raça de víboras!

Anônimo disse...

Caro Ary,

Saúde!

Nota 10 para esse Ministro da Saúde ao dar a "mágica" sugestão ao Dr.LEVY, Ministro da Fazenda, que é PHD em MACROECONOMIA, que é expoente internacionalmente conhecido do FMI-, do BANK OF LONDON, BIRD - FEDERAL RESERVE /USA e outros, no sentido de cobrar do povo brasileiro a CPMF em 0,2% na conta débito e 0,2% na conta crédito.(Kékékéké!!!).Tenho a impressão de que KEYNES, ADAM SMITH, MALTHUS, ALAN GREENSPAN ,BEN BERNANKE e STUART MILL e o grande CELSO FURTADO perderiam FEIO para esse Ministro. (Kékékékéké!!!!).Bom final de semana para vc e sua distinta Família, amigo aposentado da PREVI! -Williams Silva-9.843.050.5

Anônimo disse...

No comentário 03/10/15 01:26

"Diz o ditado que de médio e louco todos nos temos um pouco."

peço a gentileza de trocar "médio" para "médico".

E favor avisar ao douto psiquiatra que em compra de medicamentos de uso contínuo hoje realizada, consta o seguinte:

Total da compra: R$ 515,53

Tributos aproximados R$ 175,01 (33,95%)

Esses medicamentos não são abonados pela CASSI no programa PAF, pois não estão incluídos na lista própria já que são de última geração.

Aí entra a famosa explicação: tecnologia "sofisticada"...

Só que tem um porém: após termos iniciado seu uso, 90% dos sintomas desapareceram e os cardiopatas sabem muito bem o que isto significa.

Fica uma sugestão: colocar esse psiquiatra como Ministro da Fazenda que tudo será resolvido na forma usual, ou seja, o povão pagando a conta duplamente.

Haja paciência!!!

Anônimo disse...

Concordo plenamente com a posição do professor Ari, tanto no artigo como no comentário em 03/10/15 10:15.

Em abstinência de álcool e tabagismo desde 1994 e 2002, respectivamente, senti na própria carne o quanto de gastos decorreram desses vícios, inclusive a queda na produtividade que, no mínimo, seria a diminuição da produção de riquezas para o país.

E não se enganem: os hospitais e penitenciárias estão lotados com seres humanos sujeitos a esses vícios -- e outros talvez até mais graves.

E as contas são pagas por todos os membros da sociedade, em maior ou menor valor.

É muito dinheiro jogado fora, que poderia ser melhor aproveitado.

Anônimo disse...

Com essa nova RE-reforma dos ministros da Dilma o brasil acaba de ganhar 2 prêmios nobel. O primeiro de economia com o Joaquinzão Levy e o segundo de matemática com o ministro da saúde, piauiense, conterrâneo do Zé Pimentel, cujo nome ainda não sei. Só sei que ambos devem fazer um tratamento com um PSIQUIATRA.

Anônimo disse...

p fazer parte do gov dilma.pt, soh sendo debil mental........

WILSON LUIZ disse...

Caro Professor Ari, o novo ministro da saúde está em sintonia com a presidenta. Ainda não atingiram a meta de aprovar a CPMF de 0,2% e já querem dobrar a meta.

Para completar a loucura do psiquiatra, ele sugere que sua CPMF dobrada seja permanente, já o governo se considera feliz se aprovar 0,2% apenas por dois anos.

Anônimo disse...

Essa escolha da Anabb deveria ser feita pelo FUNCI

Edmilson lopes de sousa disse...

Começou mal. O novo ministro da Saúde vai ser demitido por telefone feito com caixinha de pó de arroz marca coty e linha de carretel.É só aguardar a bagaça.Só falam em impostos,impostos.

Ari Zanella disse...

Caro Wilson Luiz,

Este teu comentário foi genial. Parabéns...

Anônimo disse...

Eu só queria a suspensão da parcela do ES de outubro à Dezembro 2015, mas parece que tudo que é pedido no seu blog e do Medeiros fica determinantemente sem chance de aprovação eles da Previ pensam que estão brincando de pirracinha sequer imaginam o que os aposentados e pensionistas passam.

Anônimo disse...

Dos três blogs mais importantes, Ari, Cecília e Medeiros, apenas este não está, neste instante, tratando do tema eleições Anabb. Um deles chega a destacar que as eleições Anabb são o assunto do momento. Outro condiciona a continuidade do seu blog ao êxito de sua candidatura no referido certame. Antecipação salarial de 7%, não cobrança das prestações em outubro, novembro e dezembro do ES-Previ, além de nova configuração desse produto que realmente atenda às necessidades dos tomadores, na sua grande maioria sem margem consignável, foram colocadas para escanteio. Como já foi dito, o interesse de poucos está se sobrepondo às necessidades e dificuldades de muitos. Os personagens citados, todos, foram eleitos e não estão nem aí para os graves problemas que ora estamos atravessando. Parabéns prof.º Ari, cada vez mais o Senhor cresce no meu e no conceito da maioria dos associados do “PB-1”.

Anônimo disse...

Pelo conteúdo e o espaçamento de notícias,parece que o blog do dr.Medeiros será mesmo desativado (palavras do mesmo).

João Trindade

Unknown disse...

Ari e amigos,
A Semente de União perdeu as eleições e sumiu. Agora volta. Modelo de fazer política no Brasil. Será q essa gente não tem desconfiômetro que estamos cansados de espertinhos q só aparecem nas eleições. Precisamos de pessoas como o Ari e Medeiros que estão conosco durante todo ano. Acordem aposentados da Previ. Celio

Anônimo disse...

A Anabb é má até a véspera da eleição quando se torna a solução para todos os problemas

Anônimo disse...

Mestre Ari, o sr, acha que este ano vai acontecer alguma coisa com o ES ?? Mesmo que seja apenas um aumento no prazo. Mestre esta muito dificil para muita gente, Responda ai mestre,

Ari Zanella disse...

Não tenho mais ilusões que tenhamos qualquer alteração no ES neste ano, exceto aquela em que são feitos estudos (novembro) para novos parâmetros anuais. Noto que, infelizmente, muitos estão preocupados apenas com cargos e eleições. Então, decisões simples que muito nos ajudariam, não são tomadas. É triste mas é verdade.

Goulart disse...

É colega e Mestre Ari Zanella, a coisa é por ai, sempre que tem um assunto importante, aparece outra novidade, para o provo se distrair, e os assuntos mais importantes, vão deixado de lado, não é fácil, não...

Anônimo disse...

Professor estamos preocupados com esse tribunal do RJ nosso processo dos trinta por cento completou um ano e só existe uma anotação do mês de junho/15 dizendo que os documentos foram anexados eletronicamente. A cooperforte já começa a encher nossa paciência com telefonemas e notificações. Estamos aflitos.E olhem só: é prioritário por sermos idosos. Não fique zangado não pois somos sofridos e do bem e acreditamos muito na Anaplab.

Anônimo disse...

Deu no Blog do Marcel Hoje:
Caro Cláudio

Já aprovamos na Diretoria um processo de renegociaçao do ES que permitirá que a grande maioria dos associados que tem operações possam renovar por um prazo maior, diminuindo assim as parcelas. Estamos tentando priorizar na setor de informática para que as alterações sejam rápidas e possamos colocar em pratica o mais rápido possível.
Repito que suspender as consignações é prejudicial aos associados, pois terão seus saldos devedores aumentados e ainda mais dificuldades em estabilizar suas financas. A renegociaçao permite alongar o perfil da dívida ao mesmo tempo em que dá uma folga no orçamento mensal.

Obrigado por sua participação e continue acompanhando nosso blog.

Ari Zanella disse...

Excluí três comentários de anônimos. Não posso politizar nada aqui no blog. Assuntos em estudos somente depois de implementados. Queiram desculpar-me.