BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

domingo, 6 de setembro de 2015

SETE DE SETEMBRO : NÃO FAZ SENTIDO GASTAR

          Você meu amigo que tem uma renda mensal e que por razões diversas essa renda caiu consideravelmente nos últimos tempos continuaria a celebrar seus aniversários do mesmo modo que fazia antes? A resposta, obviamente, seria não, sob pena de aumentar em demasia as suas despesas.
Pois bem, neste sete de setembro o Brasil celebra o aniversário de sua independência política de Portugal. Porém, a chefa da nação, prefere a comemoração mesmo que isso aumente os nossos gastos já retratados no Orçamento deficitário para 2016 enviado ao Congresso Nacional. É a festa da pompa e da circunstância, do "a coisa está feia mas não perco a pose".

                Chegaram a construir um muro de aço para isolar o povo das comemorações! Ora! O povo! Dele só queremos os impostos! Talvez se fossem todos bajuladores tivessem uma chance. Mas só aparecem aqueles que pretendem criticar a rainha!
MURO DE BERLIN CONSTRUÍDO AGORA NA ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS EM BRASÍLIA-DF

               Esta é a feliz democracia tupiniquim. Aqui damos exemplo ao mundo de como distribuir as riquezas a todos, inclusive a governos bolivaristas amigos. A "Pátria Educadora" vai avançar com o Programa "Mais Médicos"com mais uma ajuda do governo cubano que nos enviará mais um pelotão de médicos. Damos exemplo também de como distribuir debêntures de nossa ex-melhor estatal, a famosíssima   Petrobras. Pena que ao desfile não possam comparecer o José Dirceu, o João Vacari Neto, o Renato Duque, o Pedro Barusco e outros aliados de relevância.
                  Um ótimo desfile a nossa grande presidenta! Sorria bastante no carro aberto, não esqueça dos acenos!

APÓS O "PIXULECO" GRUPO CONTRÁRIO AO GOVERNO CRIA A BONECA DE DILMA.(JORNAL ASAS NO FACEBOOK)

12 comentários:

Anônimo disse...

nao tem como "esvaziar" essa coisa ridicula e absurda???? ei dilma, ninguem quer pegar vc nao, soh queremos q suma de nossas vidas com seu partido quadrilha!

Anônimo disse...

Nunca antes na história desse país...

Fecha a conta e apaga a luz


Como dizia um conhecido de Brasília frequentador das altas rodas: " Quando achava que a festa não estava boa, vestia a roupa e ia embora"

fernando disse...

E o povão de pé, e nas galerias "as autoridades convidadas de Brasília" . E esse muro quanto não gastaram....para duas horas de desfile patriótico. Tá feio mesmo. E viva a abundância, no país das diferenças.

Anônimo disse...

Emérito Professor ZANELLA:

Por sorte não ESTAMOS EM GUERRA com nenhum país. Já pensou nossas FORÇAS ARMADAS tendo como COMANDANTE CHEFE, a GENERALA DILMA ROUSSEF?

Anônimo disse...

Prezados amigos,

Algum de vocês pode me explicar o porque de um empréstimo feito em 2013 de 50.000,00 reais hoje após 23 prestações pagas me dá um saldo de 43.000 devedor Não entendi nada.

Anônimo disse...

Cê viu fessô?

O Pixuleco arranjou a namorada Pixuleca. Isso me fez lembrar de Valdirene...

Anônimo disse...





COMEMORAMOS A INDEPENDÊMCIA , MAS . . HÁ CONTROVÉRSIA !!1

Mestre, não nego meu amor a esta terra de Santa Cruz, e confesso
que nas vezes que estive ausente dela senti saudades e mesmo que
venha a ser um homem rico ( embora o tempo trabalhe contra ) nunca
a deixaria por outra nação. Na minha restrita cultura, acho que
pátria é igual mãe : só há uma !!! Mas dai a gente achar que es -
tá tudo 100% há uma enorme diferença .Na verdade, segundo alguns
historiadores só ficamos livres de Portugal porque a Inglaterra dei-
xou, mesmo sendo amiga de Portugal, uma vez que este não vinha cum-
prindo os prazos combinados com a coroa inglesa e esta viu a pun -
jança do novo pais banhado de sol , de ouro e diamantes.Assim, fi-
camos independentes, mas como não fizemos o dever de casa, outros
grilhões apareceram, a saber : o cultural, o tecnológico, o monetá-
rio ( como pode uma agência internacional amedrontar o Brasil quan-
do diz que vai baixar sua nota de conceito ).Deste modo, se somos
ainda dependentes de tantos elementos, a luta continua !!! E tem
mais, Mestre : Com esse Zé Povinho que tá em Brasília, SEI NÃO !!!!
Cordialmente,Divany silveiira -Sete Lagoas-mg

Anônimo disse...

Caro anônimo 07/09/15 11:12

O nome disso chama-se atualização monetária pelo INPC.

E o motivo é bem claro: deixaram a inflação desenfreada tomar conta de tudo neste nosso país.

Como não temos o dinheiro necessário para quitação da dívida, então teremos que seguir o conselho do economista Delfim Neto: dívida não se paga, simplesmente se administra.
Quando falou isto ele era Ministro da Agricultura ou da Fazenda, não me lembro, mas tinha influencia bastante para fazer com que o Tesouro Nacional aumentasse a base monetária (emissão de dinheiro) sem o devido lastro.

Lembro que nos anos de chumbo um padre teria se recusado a oficiar uma missa comemorativa no 7 de setembro e por essa razão foi devidamente "enquadrado". Alegava o sacerdote que nos ainda não havíamos nos tornado realmente independentes.

Hoje, mesmo fora do regime militar, parece que a história se repete, pois estamos cada vez mais longe do ideal libertário, presos aos desmandos praticados por essa quadrilha que tomou de assalto o Planalto -- e ainda com a conivência do voto de milhões de brasileiros.

Lembro, com saudades, do tempo em que, como escolares, desfilávamos garbosos juntamente com as forças armadas. Nosso peito se enchia de orgulho ao seguir a amada bandeira do Brasil.

VIVA A PÁTRIA!! ABAIXO ESSA CORJA DE LADRÕES E CORRUPTOS!!

Anônimo disse...

Em se tratando do dinheiro que nos pertence, chamar isso de atualização monetária é nos fazer de trouxas. Nunca vamos conseguir pagar esse maldito SALDO DEVEDOR do EMPRÉSTIMO SIMPLES.

Anônimo disse...

QUEM QUISER COMUNISMO QUE VÁ EMBORA PARA CUBA OU VENEZUELA.

BRASIL NÃO É, NÃO FOI E NEM NUNCA SERÁ COMUNISTA!!!

Anônimo disse...

No facebook tem um vídeo do shouw do Fabio Junior em Nova York, ele manda um recado para Dilmanta.junto com o povao.....

Anônimo disse...

07/09/15 21:58

Certo. Quando contratei o meu já pensei, como velhinho trambiqueiro que fui apelidado, que o FQM se encarregaria do pagamento do saldo.
Afinal não sou associado, mas um mero pós laboral assistido.