BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

ENTREGAR ANÉIS, PERMANECER COM OS DEDOS

            Nas manifestações da presidente vemos otimismo de que logo, logo superaremos a crise. Ledo engano. Os indicadores econômicos dizem exatamente o contrário. Não há mais como elevar juros ou aumentar receitas via criação de novos impostos. Assim, só temos um caminho, penoso é verdade, o corte de gastos.
             Os gastos de custeio não podem ser cortados, sob nenhum pretexto. O caso do Rio Grande do Sul é isolado, histórico, não apareceu de uma hora para outra. Oxalá no resto do país não ocorra algo semelhante. A única exceção é o corte de cargos comissionados, afinal, comissão é valor adicional que depende de nomeação. Assim como se pode nomear também se pode cassar a nomeação para um cargo. Um exemplo é a recente nomeação do ex-ministro das Comunicações para a Itaipu Binacional. Se a maioria fosse cortada teríamos uma economia de mais de um bilhão de reais. Não importa se pouco ou muito, o importante é economizar. Toda economia é muito bem-vinda.
                   Torna-se quase impossível cortar gastos quando a eleição foi ganha em cima da manutenção do "status quo". Por isso, a tarefa seria facilitada se a democracia fosse interrompida por um ano ou dois, a fim de que um Conselho Nacional de Notáveis, suportado pelas FFAA, pudesse agir livremente com a suspensão dos poderes executivos e legislativos. Imaginem tirar do Orçamento os gastos do Poder Executivo e do Legislativo! Acabaria o déficit, simples assim. Quanto ao Judiciário deveria permanecer para julgar os crimes cometidos contra a Nação. Porém, não teriam aumento neste ano para aliviar o déficit no Orçamento.
                 É um caminho radical a seguir, pode ser melhorado desde que mantidas as premissas básicas. Podem apostar, o Brasil sairia da crise em menos de um ano. Não se pode combater uma infecção com antitérmicos. Às vezes, o remédio é muito amargo. É dar os anéis para não perder os dedos.

44 comentários:

renato machado disse...

Onde anda o PTista Tarso Genro, responsável pela falência do Rio Grande do Sul, onde está a voz antes democ´rática do Senador PTista Paulo Paim em toda esta história?

Anônimo disse...

Quem fez o emprestimo simples em agosto de 2014 neste mes de setembro teve a prestação reajustada em 9,31%, minha prestação subiu de R% 2.031,51 para R$ 2.221,81 e com 12 prestações pagas de um emprestimo no valor de R$ 145.000,00 em 120 meses,o saldo devedor hoje é de R$ 143.593,72

Anônimo disse...

Seria estado de exceção? Não sentiria saudades do Renan, Barbalho, Sarney, Collor, Dirceu, "Pimentel", Jucá e mais pessoas da melhor estirpe como essas? Sem esquecer de tirar o Seu Cunha da reta...

Anônimo disse...

Professor:

as Forças Armadas foram sucateadas justamente para não poderem reagir nestas situações (o "exército do Stédile" e as milícias dos morros têm melhores armas). Forças Armadas não existem mais no Brasil, inclusive suas mentes não têm mais ideais como no passado.

Anônimo disse...

Professor Ari,

Gostaria de homenagear os colegas vascaínos com o bordão do Malandro:

SALSIFUFU

Anônimo disse...

Acabei de assistir um vídeo do Juiz Sérgio Moro no site da Veja.

Ainda existe esperança nas criaturas de Deus

Anônimo disse...

Mesmo que não tenhamos votado no (des)governo atual, cabe-nos juntamente com aqueles que foram enganados, ingerir o remédio amargo de combate à inflação e ao desemprego.
Prefiro, mesmo que por algum tempo tenhamos uma democracia medíocre, a continuidade deste regime do que uma junta governante mesmo que composta só por civis.
Não existe melhor modelo de governo do que a democracia.
Mas, assim penso, s.m.j., que nosso regime deveria migrar do presidencialismo para o parlamentarismo.
Aí, sim. Deixariam de existir essas crises institucionais.

Anônimo disse...

Moro eh fantastico mesmo, parece um ser normal, mas p os padroes brasileiros de malandragem,nao eh.soh q dilma estah no governo e sinceramente, alem de estar com de nos,povo, jah estou com pena dela.alem de doida, eh patetica,suas falas se parecem com as de pessoas dopadas, sai no tranco.........

Anônimo disse...

E sobre cortar gastos dos governos (federal, estaduais e municipais) existe condição sim: basta mandar embora 75% dos comissionados (os tradicionais aspones).
Tenho visto e lido casos em que prefeitos estão cortando seus próprios salários e de seus secretários.
Quem não gostar que caia fora.
Com certeza poderíamos chamar isso de "efeito Sérgio Moro".
Existe, sim, luz no fim do túnel, é não é de um trem vindo contra nos.

Marcelino Maus disse...

Agenda da Câmara:

Comissões
CPIBNDES - CPI - BNDES
Audiência Pública Ordinária
09h00 - Anexo II, Plenário 02(Local Previsto)
Comissões
CPIFUNDO - CPI - FUNDOS DE PENSÃO
Reunião Deliberativa Ordinária
09h00 - Anexo II, Plenário 12(Local Previsto)
Comissões
CPIPETRO - CPI - PETROBRAS
Audiência Pública Ordinária
09h00 - Foro da Seção Judiciária do Paraná(Local Previsto)

Os Marajás SEM TETO vão grudar a retina na telinha.

Bom dia - que seja bom para nós DESassistidos.

Anônimo disse...

Aposentados,

Quando a mentira vem à tona os responsáveis pela má administração saem de cena, de fininho.
Mostram a covardia em não explicar suas péssimas administrações, tanto no governo federal como no caso do estadual e prefeituras é claro.

Anônimo disse...

Há controvérsias quanto a ser o melhor regime, segundo a professor Raimundo...
Nos bancos escolares aprendemos que é o regime que mais favorece à corrupção. Precisa prova melhor? Entretanto, os outros regimes apresentam suas mazelas de outros naipes. O dilema é saber e ficar com o menos ruim.

Anônimo disse...

Parabéns Dr. CLÁUDIO BALDINI MACIEL, pelo seu brilhante e ético pronunciamento na Audiência Pública (https://www.youtube.com/watch?v=UFND2lZW1v4). Vale muito a pena ouvir, mais de uma vez.

Anônimo disse...

Emérito Mestre MEDEIROS:


Desculpe a IGNORÂNCIA, mas o que é que ESSE PESSOAL QUER? Já HOUVERAM DOIS PLEBISCITOS, propondo PRESIDENCIALISMO, PARLAMENTARISMO e MONARQUIA, com AMPLA REJEIÇÃO dos DOIS ÚLTIMOS. Talvez o MELHOR REGIME fosse a MONARQUIA. Já pensaram LULA COMO REI e sua SALTITANTE CORTE?

Marcelino Maus disse...

http://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-temporarias/parlamentar-de-inquerito/55a-legislatura/cpi-fundos-de-pensao/aoVivoSinais?codReuniao=40801

Anônimo disse...

NEM TUDO SÃO FLORES E ROSAS PARA ESSA CORJA



CPI dos Fundos de Pensão convoca Dirceu, Gerson Almada e irmãos Pascowitch

A CPI dos Fundos de Pensão aprovou nesta quinta-feira, 3, a convocação, como testemunhas, do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, do empresário Gerson Almada, sócio da Engevix, e dos irmãos José Adolfo Pascowitch e Milton Pascowitch, apontados como operadores na companhia em irregularidades investigadas na Operação Lava Jato.
Na série de requerimentos aprovada há pouco por consenso, a CPI convidou ainda, entre outros, o diretor-superintendente da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), Carlos Alberto de Paulo, para "prestar esclarecimentos acerca da dilapidação do patrimônio de grandes fundações patrocinadas por empresas estatais", a presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Julia Damazio de Barroso Franco, e o ex-presidente da Sete Brasil, João Carlos Ferraz.

Fonte: Estadao Conteudo

Anônimo disse...

Como a lei protege você de casos como o da Unimed Paulistana?

Uma decisão da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), anunciada na quarta-feira (2), determinou que a Unimed Paulistana encontre uma outra operadora de planos de saúde para comprar sua carteira de 744 mil clientes.

O prazo para essa mudança é de 30 dias. Até lá, a empresa tem de garantir o atendimento aos consumidores. Se não surgir uma nova empresa no prazo, a ANS fará uma oferta pública para que as operadoras interessadas apresentem propostas de novos contratos aos beneficiários da cooperativa.

No mesmo dia, muitos clientes da Unimed Paulistana reclamaram nas redes sociais sobre a qualidade do atendimento da empresa e mostraram-se apreensivos quanto ao período de transição.

Leia também:

Unimed Paulistana está falida e tem 30 dias para repassar clientes, decreta ANS

Segundo a Proteste, quem tiver contrato com a Unimed Paulistana deve aguardar até que haja uma substituta para a prestação de serviço. Se não conseguir o atendimento, o consumidor deve denunciar o problema aos órgãos de defesa do consumidor e à ANS.

Veja outras orientações da Proteste:

1) A lei prevê que a Unimed Paulistana garanta a assistência aos clientes até que a transferência para outra operadora seja feita. Em contrapartida, os consumidores têm de manter o pagamento dos boletos em dia. Do contrário, perdem o direito à migração do contrato.

2) Na migração para outro plano, o consumidor tem garantida a mesma prestação de serviço com a qual conta atualmente.

3) No caso da Unimed Paulistana, o novo plano de saúde não pode exigir carências do consumidor, a chamada portabilidade extraordinária. Se o cliente da Unimed estiver em fase de carência atualmente, o prazo restante deverá ser cumprido pela nova operadora.

4) Para facilitar a portabilidade, os planos oferecidos nas regiões onde estão concentrados os clientes das empresas que sofrem intervenção da ANS, como no caso da Unimed Paulistana, podem ser consultados na opção na opção pesquisa de planos de saúde do guia de planos ANS, no site da agência. Com base nesta consulta, o usuário poderá fazer a portabilidade diretamente na operadora de sua escolha, que deverá aceitá-lo imediatamente.

5) A orientação é para que o consumidor, depois de escolher o novo plano, procure a empresa com CPF, RG, comprovante de residência e os boletos pagos na operadora que sofreu a intervenção dos últimos seis meses.

6) Se o cliente tiver dificuldades, deve procurar a ANS. O telefone é 0800 701 9656. O atendimento é feito de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 20h (exceto nos feriados).

Fonte:http://economia.ig.com.br/2015-09-03/como-a-lei-protege-voce-de-casos-como-o-da-unimed-paulistana.html

Anônimo disse...

Para que serve a PREVIC, então? Os fundos de pensão gastam milhões por ano para manutenção da Previc para que, se o patrimônio de alguns fundos estão sendo dilapidados?

Pr.guima disse...

-CPI dos fundos: "Gueiteiro mais liso que muçum". Deputado questionou sobre transferencia para BB 50% do superavit. O sr.Gueiteiro limitou-se a dizer que não conhece a contabilidade do BB. Se realmente defende-se nossos interesses, bastaria ser objetivo e claro e dizer que realmente o banco apropriou-se de 7,5 bi de nossos resultados. Parece existir um desconhecimento de alguns deputados ( talvez nossas entidades deverão municiar melhor os integrantes da CPI ). Quem sabe buscar de volta estes valores.

Anônimo disse...

Assistindo a VT da CPI do CARF realizada em 27/08 fiquei impressionado com o arranca-rabo entre o presidente da CPI Senador Ataídes PSDB/TO e o líder do mesmo PSDB Cássio Cunha Lima.

Essa é a oposição! O sujo contra o mal lavado

Anônimo disse...

A transferência dos 7,5 da PREVI para o BB está representada contabilmente nos dois lados, e, por conseguinte, é só consultar a escrituração da PREVI, onde um débito numa conta do grupamento Reserva Especial foi feito, e, pelas leis das partidas dobradas, um crédito correspondente tbém o foi, de mesmo valor e com históricos pormenorizados. A consulta não é complexa, principalmente para alguém que se destacou no BB exatamente pelo trabalho de escrituração da incorporação do patrimônio da Nossa Caixa. E esse pessoal da CPI não sabe contestar tamanho disparate?

Anônimo disse...

Professor SOCORRO!

A CBF decidiu afastar um juiz e cinco bandeirinhas. Desse jeito como é que o TIMÃO será campeão?

É nóis no desespero

paraguassu76795203 disse...

Os deputados deveriam estar muito bem informados com o que se passa na PREVI e essas informações deveriam partir daqueles que nos representam, ou deveriam nos representar,nossas ASSOCIAÇÕES. Que fosse formado um grupo de associados para se deslocar até Brasília, bancados por nós, caso as associações não dispuserem de recursos, despesas rateadas, pois essa oportunidade É ÚNICA e os senhores deputados nada, ou quase nada sabem , do que está ocorrendo com o nosso fundo de pensão. Devem, em decorrência de nosso silencio, achar que na PREVI está tudo de acordo com as normas regulamentares. Não podem imaginar que existem "assistidos" passando fome literalmente, nem que fomos assaltados através da criminosa res. 026, muito menos imaginam que os diretores se premiam com salários e vantagens altíssimos, chegando a ser vergonhosos. Deveriam saber que esse mesmo presidente que compareceu na CPI, dizendo desconhecer os trâmites da inconsequente res. 026 e que nada sabe da contabilidade do Banco do Brasil, mentiu descaradamente aos assistidos desesperados financeiramente, prometendo um tal Empréstimo Simples CAPEC, que estaria em fase adiantada de estudos e que nunca saiu do papel e que esse senhor não teve o brio de se desculpar da mentira que levou os associados a "pensar" que a situação de penúria poderia se abrandar. A hora é essa e se deixarmos passar , esqueçamos dias futuros melhores.

Anônimo disse...

Temer diz que é difícil Dilma resistir mais 3 anos com popularidade baixa

Anônimo disse...

NUNCA ANTES NA HISTÓRIA DESSE PAÍS, HOUVE UM MOMENTO TÃO PROPÍCIO PARA MANIFESTAÇÃO NA PORTA DA PREVI

Colegas de infortúnio,

Nem o Professor Ari e nem o Dr. Medeiros podem organizar um movimento na porta do Mourisco. Por isso, necessitamos que outros líderes se levantem para nos organizar. Tenho sugestões de nomes, mas acho que isso é bem pessoal. O fato é que estamos com uma CPI, houve a audiência pública no TCU, as notícias fervilhando sobre o derretimento de bilhões de reais das reservas dos velhinhos, a opinião pública com os políticos atravessados na garganta - que por sua vez estão com o c... na mão com medo das próximas eleições.

O momento nunca foi tão propício para fazermos uma manifestação entregando panfletos relatando essa mentira deslavada que é a nossa situação.

Que as lideranças se manifestem

Mário Luiz

paraguassu76795203 disse...

Mário Luiz, estou pronto prá luta, mas onde estão os outros combatentes???

Anônimo disse...

poderiamos ter novas eleiçoes impichando dilma.mas, vamos ter q engolir Temer, q,pelo menos eu, nao sei de onde veio nem p onde vai.o arranjo vem do andar de cima.vamos ter q aguardar 2018 p ver se teremos melhores dias.ou piores........

Anônimo disse...

Não me entusiasmo em "impichimar" a Dilma e ter que ficar com o Temer.

Anônimo disse...

Colega Paraguassu,

Pelo visto somos apenas nós dois que achamos que a situação está difícil. Vamos fretar uma motocicleta para fazer o "barulho" lá na Previ...

Mário Luiz

Anônimo disse...

O poste tem tudo a Temer. Parece que o prognóstico de alguns religiosos de que um satanista assumiria a presidência se confirmará

Ari Zanella disse...

11:08

Com efeito, o "IMPEACHMENT" eu não desejo. Eu quero é a apuração das doações da campanha de 2014, onde, com certeza, houve doações ilegais que o TSE deveria apurar e consequentemente retirar-lhe o MANDATO por tal motivo.

Fique tranquilo porque tal como você existem incontáveis brasileiros IGNORANTES que só olham para o próprio umbigo. Felicidades.

Anônimo disse...

Sr.
Disseram coisa muito mais chocante e agressivas do que as minha e não tive meu texto publicado.
Sinto o desprezo...de quem admira seu blog...

Ari Zanella disse...

Meu Caro,

Não estou publicando mais nada sobre os dirigentes da PREVI, pelo menos provindos de anônimos. Já estou com sérios problemas com o nosso fundo e como proprietário do blog sou o responsável.
Com pessoa identificada até sou um tanto mais brando. Espero que compreendas a minha atitude, senão vai sobrar para mim.

Anônimo disse...

O pior do ES é quando a inflação está em alta porque aí o saldo devedor ao invés de diminuir, aumenta. 2)E a prestação do ES sempre acompanha a inflação ou seja ela não é fixa, depois de 12 prestações pagas todo ano ela aumenta de acordo com o aumento salarial ou seja o INPC.

Anônimo disse...



Caríssimo ( sentido afetivo) Mestre Ari, ficaria agradecido e, acre-
dito,, centenas de colegas, se o amigo fizesse um comentário sobre
as mudanças intestinas que certamente ocorrerão na administração da
PREVI , principalmente quanto aos efeitos alusivos à resolução 26 /
2008 que versa sobre a matéria. Para atender colegas, gostaria que
opinasse quanto às mudanças na primeira eleição após a negociação
e se haveria ingerência do patrocinador no pleito inicial. Anteci -
padamente agradeço,Divany Silveira- SeteLagoas-mg .







Ari Zanella disse...

Se bem entendi seu questionamento, meu Caro Amigo Divany, expresso-me dizendo que a Resolução 26 possui grande influência nas decisões da PREVI. Segundo o nosso fundo, ela faz parte integrante da LEGISLAÇÃO VIGENTE, por isso deve ser obedecida em todos os seus ítens.
Evidentemente que se ela for revogada ou reformulada perderá proporcionalmente sua relevância.
Mas uma coisa é certa. O patrocinador sempre vai manter a sua supremacia para dela sempre se fazer valer.

PREVI PLANO 1 : QUANTOS SOMOS ? disse...

No Plano 1 da PREVI, tínhamos os números dos participantes até junho/2015, agora com a APRESENTAÇÃO do Presidente Gueitiro, na CPI dos Fundos de Pensão, novos números foram divulgados,ontem, 03/09/2015, a saber :

ATIVOS......eram 23.908 (-4.371) = 19.537

APOSENTADOS eram 72.246 + 4.129 = 76.375

PENSIONISTAS eram 20.220 + 24 = 20.244

Total : 116.374 (- 218) = 116.156

Surpreende o alto numero de pedidos de aposentadorias neste inicio do segundo semestre de 2015. Os ativos do Plano 1, agora são em menor número que as pensionistas! Nota-se uma diminuição (mortes) de 218 associados, num curto período dois meses (de fim de junho até fim de agosto/2015).

Ari Zanella disse...

17:16

Não esqueça que somente com o PAI50 ingressaram 4.992 novos aposentados em agoato 2015.

Anônimo disse...

Emérito Professor ZANELLA:


Tomando como base o TOMA LÁ, DÁ CÁ, que já se tornou uma INSTITUIÇÃO NACIONAL, praticada em TODOS OS QUADRANTES, e, como a SITUAÇÃO DIFICILMENTE VENCERÁ as PRÓXIMAS ELEIÇÕES, será que haverá PRORROGAÇÃO de alguma prestação do ES, nem que seja para DEZEMBRO/2015? Será que não surtiria MELHOR EFEITO, fazendo tal pedido com BOA ANTECEDÊNCIA, a COOPERFORTE, que, por sinal, é MUITO GENTE FINA? O Sr. verificou que eu não citei explicitamente, nada nem ninguém da IPVER?

Unknown disse...

Amigos,
Caro Anônimo das 17:16. Nada me tira da cabeça que querem mandar para o buraco o mais breve possível o maior número. Nada obstante, esse número de cerca de 100 falecimentos por mês bate com as previsões de término do plano. Mantida essa tendência, em 63 anos todos os aposentados estarão mortos, chegando ao ano de 2078. Isso sem contar as pensionistas e o pessoal da ativa hoje.
Mas estão criando mecanismos para apressar isso. Esse ES que só faz crescer sem possibilidade de renovação, a devolução da cesta alimentação, a situação de penúria de muitos sem ter ninguém que os acuda, e agora vem aí mais uma pérola: o ES 13, para piorar a situação dos que já estão na pior. Se a Previ quisesse o bem dos aposentados o correto seria aumentar o prazo, sem desembolso de valores, mas com redução na prestação. Essa ação, essa sim, geraria um valor extra mensal para todos que tem ES. Mas não, nem pensam nisso.
Considerando que mais da metade dos aposentados tem mais de 60 anos, o coração já estava esperando um descanso que não veio. Assim o caixão fica mais perto. E para piorar a Cassi no interior tá difícil obrigando muitos a se deslocarem para as capitais para ter atendimento. Espero que o BB não abandone a Cassi, pois se abandonar, em cerca de 10 anos a Cassi já acenderá a luz amarela. E isso significa aumentos e mais aumentos na contribuição. Para muitos, tirar de onde? Só notícia ruim, meu Deus.
Por falar em notícia ruim, e o dólar pessoal? Fechou em R$ 3,86 o oficial. O turismo, base para as faturas do cartão, está acima de R$ 4. Bolsa em queda com poucas perspectivas de melhora vislumbra o fim da verba de contingência, quiça não gere déficit.
Vamos rezar mais gente, vamos orar mais gente, porque a coisa tá feia. Só Deus mesmo para nos ajudar. Celio

Anônimo disse...

Sr. Ari,

A prestação do meu ES está aumentando tanto que já está quase superando os 30% do valor do benefício, proibidos por lei. Quando isso acontecer vou ligeirinho a um advogado particular para processar a PREVI.

Abraço.

Anônimo disse...

Vamos supor que eu tivesse dinheiro para emprestar a juros com o mesmo percentual do ES, certamente seria preso por agiotagem.

Anônimo disse...

04/09/15 20:18

Negativo, caro colega, pois o juro do ES é de 5% a.a., enquanto a Constituição Federal autoriza até 12% a.a. -- matéria ainda não regulamentada por não interessar aos banqueiros.
O que nos "mata" é a atualização monetária por força da inflação desenfreada plantada por erro, omissão e má administração dos governantes de plantão.
Chegará um momento em que a PREVI para evitar a ação dos 30% e elevado nível de inadimplência, terá que ampliar o prazo do ES, sem liberar valor adicional, na forma como muitos colegas já preconizaram.

Ari Zanella disse...

Anônimo das 22:41

Bela resposta. Parabéns!