BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

domingo, 16 de agosto de 2015

SEMANA CHEIA NO RIO

         Meus amados,

         Sigo daqui a pouco para o Rio de Janeiro onde amanhã e terça-feira participarei do Encontro de Governança Corporativa que acontece todos os anos. Em seguida, na quarta e quinta estarei na reunião ordinária do Conselho Consultivo que, para diminuir custos de translado, foi feita contígua ao Encontro de Governança.
          Soube que o meu grande amigo e parceiro Dr. Medeiros estará ausente, fato que me impedirá de trocar com ele, preciosas ideias. Mesmo assim veremos o lado positivo dos gabaritados palestrantes. Na reunião ordinária do CC temos a oportunidade de pedir esclarecimentos sobre a polêmica do adiantamento conforme denuncia o diretor Marcel em seu recém-criado blog. Pretendo averiguar a fundo esta matéria posto ser de suma importância para todos os associados.
          Como não poderei monitorar o blog amiúde vou liberar os comentários para opiniões de identificados, deixando portanto, até a próxima quinta-feira à noite, os caros anônimos de fora. É que não consigo me dar bem com o tablet, vivo "brigando" com essa tecnologia "touch screen".
                  Um feliz domingo a todos e uma ótima semana!

"O Senhor não vê o homem pela aparência...mas Deus olha diretamente para o coração." 1 Samuel 16:7

18 comentários:

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.

RESOLUÇÃO 3402, CVM
Prezado Professor Ari, seja uma empreitada abençoada, para que tenhas mesmo um ótimo proveito.
Se puderes, sem prejuízo dos assuntos importantes, peça que a Seguridade facilite, ao máximo, dentro das normas, claro, a efetivação da utilização da conta-registro/salário(Resolução 3402, CVM), porque, provavelmente, vários colegas providenciarão isso, pela cessação, próxima, do SCR.
Estou na expectativa do próximo dia 20, especialmente, pela efetiva utilização dessa conta que pedi fosse aberta, em julho, como foi, com previsão de funcionamento, justamente, dia 20 de agosto.
Peço-lhe, porque foi difícil a aceitação, pela Previ, ora, pela alegação de conta inválida, ora de sem movimento, enquanto que o funcionário da Agência garantiu-me que a conta já estava ativa e validada e, quanto ao movimento, eu repliquei que, o primeiro movimento, será inaugurado, justamente, pelo primeiro crédito do Benefício Previ, neste agosto.

Antecipadamente, grato pela atenção e segue um PAZ E BEM!

"Disse Jesus: 'Que a luz de vocês brilhe, diante dos homens, para que eles vejam as boas obras que vocês fazem e louvem o Pai de vocês que está no céu."
mATEUS 5,13-16

Blog do Ed disse...

Terrível esta opinião do escritor Ivan Sant'Anna: "O risco PT sumiu, mesmo que volte o Lula, que se tornou um homem de negócios burguês, gordo, próspero. Só lhe falta um relógio de algibeira."
Edgardo Amorim Rego

Unknown disse...

Ari,
Averigue realmente se está não é mais uma mentira do Marcel. Ele é do time da Dilma. E como a Dilma prometeu mundos e fundos e depois de eleito não cumpriu nada. Pura enganação. Agora vem dizer que a ideia do adiantamento em julho foi dele. Você acredita? Que ele prove. Se sair o adiantamento em setembro retroativo a julho acreditamos nele. Mas duvido. Celio

KARLTON SILVEIRA disse...

''GENTE , É MELHOR CHAMAR O MORO !!! ""

Mestre Ari e Caros Colegas, a gente que mora longe de Brasília não
tem aceso `as informações de cocheira e às vezes temos de usar o
"feeling " para falar sobre as coisas inerentes à PREVI ,como fiz
ontem às 17,33, pois achei estranho que um valor a ser creditado,
mesmo sendo inexpressivo para a maioria, no entanto era esperado
por milhares, deveria ser esclarecido pela PREVI o que estava acon-
tecendo , pois quem gerencia recursos de terceiros tem de divulgar
tudo com clareza e no tempo certo ; lembrando sempre que embora se-
ja figura de destaque hoje, mas esta situação tem prazo de validade.
Hoje,deparo que após decidirem antecipar a correção dos salários de
acordo com os índices do governo, alguém pega a ata e rasga num ato
de loucura, aliás, perdoem-me, num ato irresponsável que demonstra
falta de comando e tudo que há sobre como agir em um grupo.Colegas,
não quero ser alarmista nem fazer carnaval com a miséria dos outros
e que reflete em nós, mas como aceitar que num Fundo de Pensão clas-
sificado entre os maiores do mundo, alguém pega um documento que diz
respeito a milhares de pessoas e r a s g a.É o fim do mundo. Cadê o
Moro, senão eu morro ? Um abraço,Divany Silveira - Sete Lagoas-mg

João Rossi Neto disse...

Caro Ari e colegas

Antes de tudo, é ponto pacífico e ninguém contesta que a contribuição da CASSI incide sobre os benefícios recebidos do INSS e PREVI, independente de transitarem ou não pela fopag.

Como foram vários os colegas que se manifestaram sobre o assunto, vou tentar esclarecer os fatos no atacado. Assim vejamos o que eu disse na postagem anterior que deu origem a celeuma:

“(...) - Vejo desvantagem na opção de colegas que optaram por receber fora do Convênio PREVI/INSS, justamente pelo que acabei de expor. Por outro lado, quem assim o faz fica livre dos 3% da CASSI sobre aquela VERBA, já que o valor não transita pela FOPAG”.

Ocorre que a PREVI por norma não pode e não deve avançar com consignações sobre proventos que não transitam pela FOPAG, tanto que existem duas verbas para isso, sendo a B-823 – BASE CASSI – para os benefícios do INSS com trânsito pela FOPAG e a C-820 – CASSI Contribuição pessoal apenas sobre o benefício da PREVI.

Sobre ficar livre dos 3% da CASSI no âmbito da PREVI é uma expressão de retórica, por assim dizer, porque as duas verbas afetam a Margem Consignável e sem o trânsito via fopag a MC aumentaria. Livre em termos, uma vez que o acerto será feito a posteriori diretamente com a CASSI, consoante determina o artigo 38 do Regulamento.

O citado artigo 34 do Regulamento cuida especificamente das obrigações dos associados ou pensionistas com a Caixa de Assistência, senão vejamos:

CAPÍTULO X – DAS OBRIGAÇÕES DOS ASSOCIADOS OU PENSIONISTAS

(...) - Art. 34 São obrigações dos associados ou pensionistas, além daquelas previstas no Estatuto:

IV - informar e comprovar, junto a CASSI, no prazo máximo de 30 (trinta) dias, a contar da data do primeiro pagamento, o valor dos benefícios recebidos do órgão oficial da Previdência Social fora da folha de pagamento da Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil – PREVI.

Relativamente à definição dos rendimentos que servem de base ao cálculo das contribuições, o artigo 35 do Regulamento reza o seguinte:

CAPÍTULO XI – DAS CONTRIBUIÇÕES

Art. 35 - A contribuição mensal ao Plano de Associados é devida com base nos seguintes parâmetros:

II - se associado na condição de aposentado de que trata o inciso II do artigo 3º ou pensionista: 3% (três por cento) sobre o valor total dos benefícios de aposentadoria ou pensão pagos pelo Banco do Brasil S.A. e/ou Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil e/ou Instituição Oficial de Previdência Social, incluída a gratificação de natal e excluídas quaisquer outras vantagens extraordinárias.

Como fecho para sedimentar o entendimento quanto aos aposentados e pensionistas que recebem fora da FOPAG da PREVI, o artigo 38 do Regulamento elucida que o acerto se dará da seguinte forma:

Art. 38 - Os associados beneficiários de aposentadoria ou pensão recebidas diretamente da Instituição Oficial de Previdência Social devem manter saldo suficiente em conta de depósito no Banco do Brasil para o débito de suas contribuições no dia 20 (vinte) de cada mês, assim como para o débito de quaisquer outras quantias devidas nas datas fixadas.


Marcelo disse...

Assistindo as mídias no "blogmarcelbarros.wordpress.com". onde trazem entrevistas antigas, da época da distribuição do BET,(superavit de R$ 15 bi em 2010) com o Marcel, com o Sasseron e com Paulo Assunção, notamos o quanto nos enganaram para o tal ACORDO COM O BB, em consulta aos associados do Plano 1 em 2011. Assistam e pasmem !

MARCEL DIZ: "ações da Petrobrás a R$ 14,80 temos (Previ) que COMPRAR ! -Eu compro - diz Marcel.

SASSERON DIZ "O BET está garantido para todos associados do Plano 1 por 60 meses, até DEZEMBRO DE 2014 !! e já está no orçamento para manter tal Benefício PERMANENTE AOS ASSOCIADOS... será o BEP Incorporado! (disse sasseron!)

PAULO ASSUNÇÃO diz:"BB não pagará seu compromisso com seus Pré-67, na verba P-220, que é o BET dessa gente", mas a PREVI, vai continuar depositando o BET para todos e vamos tentar cobrar do BB, não será fácil(sic)!!!!

PAULO ASSUNÇÃO diz: "O Acordo do su´peravit será bom para nós, melhor que a resolução 26 prevê, pois ficaremos com mais de R$ 8 bilhões e o BB ficará com R$ 7.5 bilhões E NÃO SACARA ESTE DINHEIRO DA PREVI, pois irá usando para pagar seus próprios compromissos com o Plano 1, numa conta especial, que lhe renderá o "atuarial" INPC+5%ao ano!!!... De fato, o BB diz que paga seus compromissos com tais rendimentos e, em 31/12/2014 já tinha MAIS DE OITO BILHÕES A SEU FAVOR, DEPOSITADOS DENTRO DO PLANO 1 DA PREVI....mas aos associados restavam R$ 1 bi e acabou seu BET em 31/12/2013....voltou as contribuições para nós e o BB se utiliza de seus rendimentos para quitar-se com seus compromissos do Plano 1...quer dizer:só usa dinheiro nosso, para pagar seus próprios compromissos...

Assistam e comentem...

OUTRA DO MARCEL: "lOGO, LOGO voltaremos com as reservas matemáticas acima da quota dos 25% e teremos MAIS RESERVAS ESPECIAIS PARA DISTRIBUIR AOS ASSOCIADOS ( KKKKKKKK!!!!).
O que vimos são as "Reservas" caírem de R$ 24 bi, para R$ 12 bi em 2014 e agora em 2015 caírem de R$ 9 bi para 8 BI e mergulhando.....

Um abraço (e)leitores
Paulo Beno - Carazinho (RS)

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.

TALVEZ, UM ENGANO!
Prezado Professor Ari, já li duas mensagens, dando conta de que já saiu o contracheque do Inss, sem o adiantamento do 13º salário.
Pode ser um engano, porque o contracheque que aparece, ainda, no sítio da Previdência, é o de agosto, REFERENTE O BENEFÍCIO DE JULHO, portanto, obviamente, sem o adiantamento.
Vale conferir ou aguardar confirmações, de que, realmente, aparece o contracheque de setembro, referente o Benefício de agosto, sem o adiantamento.
Grato por tudo e PAZ E BEM!

"Quem não ama, não conhece a Deus, PORQUE DEUS É AMOR."
1Jo 4,8

Unknown disse...

Colega Fernando Lamas (16/08/15 20:30)

Algo não está fechando pois acabei de verificar no site da PREVI e consta lá em meu contracheque deste mês:

Data do crédito: 20/08/2015 Competência: 08/2015
Verba Nome Competência Valor
P440 INSS BENEFICIO-13-ADIANT 08/2015 818,80

Luiz Faraco

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.

Prezado Professor Ari, o estimado colega Faraco consultou a fonte da polêmica: o sítio da Previ.
A consulta a que refiro-me é o sítio da Previdência.

Grato e PAZ E BEM!

"Disse Jesus: 'Eu deixo para vocês a paz; eu lhes dou a minha paz."
João 14,27

Unknown disse...

Caro colega Fernando Lamas,

Peço desculpas pois realmente incidi em erro.

Abraços,
Luiz Faraco

Blog do Ed disse...

Paulo Beno
Temos que entender que há colegas nossos que são bancários e políticos. Bancário e comerciário estão na base da pirâmide social. Enquanto político está lá no ápice da pirâmide social, junto com os CAPITALISTAS... Mais, dizem os filósofos que a moral do político é mais laxa, não é igual à moral do homem comum... Entre as diferenças está essa de APARENTAR DIZER A VERDADE... Tudo isso é a CIÊNCIA QUE DIZ, NÃO SOU EU... Cuidado, portanto, colegas, quando forem votar, seja qual for a eleição... até nessa da CASSI, que dizem virá e proximamente.
Edgardo Amorim Rego

Blog do Ed disse...

Olhem o futuro que espera pelos brasileiros, lendo a descrição do Brasil atual por Fernando Canzian: "O resultado tem sido menos atividade econômica, menor arrecadação e aumento da dívida pública. Que é corrigida pelos juros altos e que não está sendo contida por cortes de gastos. Tudo isso sem abalar a expectativa de descontrole nos preços. No cotidiano dos manifestantes, o que importa é o desemprego. Passou de 6,2% em março para 6,9% em junho (último dado disponível). A população desocupada subiu a 1,7 milhão de pessoas. Em relação a junho de 2014, esse grupo cresceu 45%, o maior aumento anual de toda a série do IBGE, iniciada em 2002."
Edgardo Amorim Rego

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.

FATO CONSUMADO
Prezado Professor Ari e colegas, agora, é fato consumado: o contracheque de setembro, referente o Benefício de agosto, já aparece no sítio da Previdência, sem o adiantamento.
Então, com a palavra, a Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil-PREVI, sobre a "batata quente" que traz em suas mãos, sobre o adiantamento, por sua conta, não rentável, de cerca de R$ 120 milhões que receberá, em dezembro próximo.

Grato e PAZ E BEM!

"Disse Jesus: 'Eu, porém, lhes digo: amem os seus inimigos e rezem, por aqueles que perseguem vocês."
Mt 5,44

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Já foi dito aqui e eu também compartilho da opinião de que esse adiantamento do 13º salário servirá como um “adoçante” para tentar diminuir o gosto amargo que virá para todos os aposentados e as pensionistas com a negativa por parte do DELIB, na reunião do dia 24, da antecipação salarial de 7% pleiteada. Um sintoma foi a negativa por parte dos indicados pelo patrocinador na reunião de diretoria em que se discutiu o assunto. Acredito que somente os conselheiros eleitos votem a favor do pleito. Caso isso aconteça mais uma vez o patrocinador terá que se valer do odioso, truculento, covarde e antidemocrático voto de minerva para, mais uma vez, barrar uma justa inciativa a favor dos associados do plano.

Zara Trusta disse...

- Deixa esta "bendita" antecipação prá lá, já que só faltam 4 meses, e a mesma será compensada/descompensada durante o ano 2016.

João Rossi Neto disse...

Ari e colegas,
Participei no blog do Marcel com os questionamentos abaixo:
Parte I
João Rossi Neto disse:

17 DE AGOSTO DE 2015 ÀS 02:49

Prezado Marcel,

É incrível e lamentável que uma matéria banal como a antecipação do pagamento do reajuste tenha que subir ao Conselho Deliberativo, por pura intransigência dos demais Diretores indicados pelo BB e que contou com a má vontade do Presidente do Fundo.

Ao deslocar o assunto para o órgão máximo, onde a coisa é decidida pelo Voto de Minerva, os associados podem esquecer desse direito justo pleiteado. Outro aspecto que reflete desorganização e falta de responsabilidade foi o fato da Ata da Reunião ter sido inutilizada por ação doidivana do autor, que você amenizou com o eufemismo de ato insensato.

Ao que tudo indica os negociadores, no âmbito da Diretoria Executiva, onde as decisões colegiadas são definidas por maioria simples, já que não existe o odiado Voto de Minerva, não se entendem para resolver sequer as matérias de pequena monta, sobrando os conflitos internos para os associados, os maiores prejudicados.

Confesso que achei estranho o seu voto a nosso favor nesse episódio da antecipação do reajuste de 6,8% ou 7% (INPC acumulado até julho/15), dado que a boca pequena, as informações que nos chegam é de que você veste a camisa do patrocinador BB e quiçá que nem mereça o benefício da dúvida nesse sentido.

O principal ponto que angustia o Corpo Social, sem dúvida alguma, é o prazo do Empréstimo Simples de 120 meses para reposição, eis que encarece as prestações e as deixam incompatíveis com a capacidade de pagamento, posto que corta fundo nos valores dos benefícios. As reivindicações nem é tanto quanto ao limite, mas ao prazo de 180 meses para reduzir o valor das prestações mensais e propiciar uma folga financeira no depauperado orçamento doméstico.

Faça gestões nesse sentido (aprovação dos 180 meses no ES) e terá a gratidão dos associados, porquanto os cenários econômicos interno e externo são desalentadores em relação à geração de Reserva Especial para revisão do PB-1. As perspectivas são tão ruins que nem em longo prazo é possível antever alguma melhora.

Pelo contrário, os superávits da PREVI estão descendo sem freios a ladeira financeira, haja vista que o resultado de 2013 de R$ 24.7 bilhões despencou para R$ 12.5 bilhões em 2014, redução de 50%, e as demonstrações contábeis do primeiro semestre de 2015 atestam que o superávit foi de apenas R$ 8 bilhões, ou seja, nova queda de 50%. O fato é que a economia do País é totalmente caótica e sem recuperação na visão dos analistas do mercado e a PREVI caminha para o fundo do poço e se fechar com superávit reduzido, entre três e quatro bilhões no final deste exercício, poderemos soltar fogos de artifício. Seguramente, em 2016, pelo andar da caruagem, teremos um déficit monumental.

O que assusta é que em janeiro/14 o BET foi cortado antecipadamente e tivemos o retorno das contribuições que estavam suspensas, quando o superávit de 2013 era de R$ 24.7 bilhões, bastante significativo em face dos fatores adversos conjunturais, onde faltava cerca de R$ 3 bilhões para respaldar a Reserva de Contingência, numa providência açodada e ultra-rigorosa da Diretoria Executiva, imagine o nível da retaliação que será feito para cobrir o déficit de 2016, conquanto hoje a situação financeira dos associados já é insustentável.



João Rossi Neto disse...

Caro Ari e colegas,

O Marcel, em sua resposta, sem entrar no mérito e explicar o que é a nova linha de crédito, disse apenas que foi criado o ES-13, mas que devido a entraves técnicos operacionais (ajuste na informatização), o mesmo só será implantado no início de 2016, o que, convenhamos, é um tempo muito exagerado para quem alardeia que tem um quadro técnico muito competente.

O nosso ponto de discórdia e de insatisfação reside no recorrente posicionamento da Diretoria Executiva, sempre criando obstáculos para atender as nossas reivindicações, sem pressa, com estudos intermináveis. Cobrem uma explicação do Marcel acerca do ES-13, uma vez que a linha de crédito já foi aprovada e boa ou ruim, não haverá retrocesso, de modo que nada impede a sua divulgação para o Corpo Social.

Parte II - final

RESPOSTA

Marcel Barros disse:

17 DE AGOSTO DE 2015 ÀS 13:00

Caro Colega, o assunto é de alçada do Conselho, mas antes deve ser apreciado pela Diretoria Executiva. Quanto ao incidente, está em análise pelos órgãos da casa.
Sempre defendi e continuo a defender os associados, infelizmente pessoas sem compromisso e que sempre estiveram alinhadas com o Banco, construindo suas carreiras e perseguindo funcionários, agora aparecem como “salvadores da pátria”.
Estamos realizando diversos estudos em relação ao empréstimo simples. Neste mês aprovamos a criação da linha ES-13, mas dependemos da área de informática para implantar, o que só deve ocorrer no inicio de 2016. A situação da economia mundial exige cuidados e estamos atentos a isso. Decisões difíceis foram tomadas, todas elas para cumprir a legislação, nunca a título de retaliação ou qualquer coisa do gênero.
Muito Obrigado por sua participação em nosso blog.

Felipe Osório da Silveira disse...

Oque é esse ES13?