BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

sábado, 1 de agosto de 2015

E O POVO APLAUDE!

           A semana finda com um memorável discurso dado numa cerimônia do Pronatec.
Que dizer de pessoas que aplaudem um disparate desses? Seria cômico se não fosse trágico.
              O meu dileto amigo João Rossi Neto diz sobre uma entrevista do FHC, num comentário da postagem anterior, o seguinte:

"É muito curioso o FHC dizer que a Dilma é honesta. Onde existe honestidade nas pedaladas fiscais que a Dilma deu, as quais foram superiores as do Lula e do próprio FHC juntos, em apenas quatro anos de governo?

Não sei por que o PSDB deixa esse velho caduco manifestar-se em nome do partido? Ele não precisa ter medo das suas pedaladas serem investigadas, já que as suas contas foram aprovadas pelo TCU e não tem mais volta.

Caso a Dilma fosse de fato honesta, não teria autorizado, de próprio punho, em decisão isolada, de sua única responsabilidade, a compra fraudulenta da Refinaria de Pasadena, no Texas que resultou num prejuízo de US$1,3 bilhão à Petrobras.

Demais disso, ela não servia para ser Presidente da República por incompetência, omissão, leniência e conluio, dado que não enxergou essa assombrosa e assustadora rede de corrupção que arrasou a Petrobras, nesse estrepitoso arrastão da roubalheira comandada pelo PT, PMDB, PP, funcionários de estatais e empreiteiras, onde a propina correu solta. Dizer que não sabia de nada não é crível e não convence a ninguém.

Embora a palavra de FHC não tenha valor algum, alguém precisa por um fim nos seus devaneios inoportunos e improcedentes. Piedade e consideração com os mais velhos também têm limites, pois enchem o saco."

              Endosso cada palavra que disse o nosso grande Rossi. Com efeito FHC é bananeira que já deu cacho e não merece mais qualquer consideração. Que fique na sua insignificância e cale de vez seu discurso fora de moda.
                Voltando à vaca fria das metas não estabelecidas mas mesmo assim dobradas, essa senhora já fez tanto mal à nação brasileira e mesmo assim, se desconhece até que ponto ainda pode chegar. Mesmo com aprovação no piso, popularidade no chão, parece que temos medo de perder a democracia. Eu prefiro perder a democracia, as eleições, tudo... pela honestidade! Será que não temos pessoas honestas neste Brasil continental? Eu confio em nossas instituições que já provaram suas idoneidades: Exército, Marinha e Aeronáutica. Que eles intervenham por alguns anos, o suficiente para moralizar nossa nação. A tarefa não é difícil, basta assumir o comando deste país, agir doravante com honestidade, sem o congresso nacional. Apenas com o Judiciário na punição dos corruptos, como já está em curso. Os poderes corrompidos hoje são o Executivo e o Legislativo. 
            Sem uma solução definitiva (e rápida) nos afundamos cada vez mais, tornando cada dia mais sofrível a redenção do Brasil.
JÔ SOARES QUE MUITAS VEZES NO SEU PROGRAMA DIVULGA AS "PÉROLAS" DE ESTUDANTES DE VESTIBULARES E ENEM, PODERIA FAZER AGORA UMA PARÓDIA DAS "METAS"  DA SUA "RAINHA".
                       

39 comentários:

Anônimo disse...

Insone mestre,

Hoje FHC ficou falando abobrinhas, mas não podemos esquecer de seu maior feito: a implantação do Plano Real, que realmente debelou a inflação e que o (des)governo da honesta Dilma deixou ressurgir (infelizmente para todos nos).
No mais nada a discordar do artigo claro e contundente.

Anônimo disse...

Emérito Professor ZANELLA:

Tem um lugar nesse país que merecia um KRISTALLNACHT

HELENO PINTO NOBRE disse...


ACORDEI E FUI LER O QUE TINHAS PARA DIZER ; COMO FAÇO TODO SANTO DIA . SINCERAMENTE TU FALAS A LINGUA DAS PESSOAS HONESTAS E EXTREMAMENTE RESPONSÁVEIS DESTE TRISTE BANANÃO QUE NÃO MERECIA PASSAR PELO QUE ESTAMOS PASSANDO .
O MOTIVO DA MINHA MANIFESTAÇÃO APÓS LER E CONCORDAR PLENAMENTE COM TUDO O QUE DISSESTSES NESTA POSTAGEM .
COMO SEMPRE EU AGRADEÇO POR ESTAS PALAVRAS E ACREDITO QUE UM DIA ; ESTE BANANÃO VAI LEVANTAR . POR ENQUANTO ELE ESTA DEITADO EM BERÇO EXPLÊNDIDO ABATIDO POR TANTA CANALHICE .!!
QUE DISCURSO . PARABÉNS GRANDE ARI ZANELLA . COMO SEMPRE TENHO TE DESEJADO MUITA SAÚDE E ENERGIA PARA CONTINUARES SENDO A PESSOA QUE ÉS . TU ÉS UM VERDADEIRO SER HUMANO PREOCUPADO COM O PRÓXIMO .
AGRADEÇO A DEUS TER CONHECIDO VOCÊS ; TU E O GRANDE GILVAN REBOUÇAS ; SEMPRE NA RETAGUARDA TE DANDO UM SUPORTE IMENSO E SEI O QUE VOCÊS TEM FEITO POR MUITOS DE NOSSOS COLEGAS ; LUTANDO NA RETAGUARDA .
VOCÊS SÃO PESSOAS HIPER ESPECIAIS .
FIQUEI REALMENTE SENSIBILIZADO POR ESTE "DISCURSO" .
ASSINO EMBAIXO ; QUEM ME DERA TER A CAPACIDADE QUE TENS DE EXPRESSAR TÃO CORRETAMENTE OS SENTIMENTOS QUE A GRANDE MAIORIA DE NÓS QUE VEM SOFRENDO OS EFEITOS DE TANTA COISA RUIM QUE VEM ACONTECENDO NESTE BANANÃO .
TE DIGO JÁ NOS ALTOS DOS MEUS 64 ANOS ; JAMAIS IMAGINARIA EM MINHA VIDA PASSAR POR TANTA COISA RUIM E TRISTE E C CONCORDO COM TU O QUE DISSESTES A RESPEITO DO MALDITO FHC . ESTE FOI E CONTINUA SENDO UM CRÁPULA E EU TENHO BATIDO DIRETO NOS MEUS COMENTÁRIOS . TENHO PAVOR DESTE ENERGÚMENO POIS ME FERROU EM 12/1998 QUANDO LANÇOU O TAL DO FATOR PREVIDENCIÁRIO E ELE É TÃO IDIOTA QUE É A FAVOR DA DES+CRIMINALIZAÇÃO DAS DROGAS .
EU DIGO QUE NA REALIDADE ELE É UM TRAFICANTE ; POIS ALGUÉM QUE DESEJA LIBERAR O USO DAS DROGAS ; TEM QUE TER INTERESSE EM SE BENEFICIAR DA QUESTÃO .
EM SÍNTESE É UM SEM NOÇÃO QUE FEZ MUITO MAU A MUITOS DE NÓS E PIOR NÃO RESOLVEU M.... ( FEZES ) NENHUMA EM BENEFÍCIO DO BANANÃO . SÓ NOS FERROU . NÃO PERDÔO ESTE CANALHA .

BOM TENHO QUE AGRADECER ; TE DESEJANDO A TI E AO GRANDE GILVAN REBOUÇAS QUE VOCÊS TENHAM ENERGIA PLENA E TE DIGO MAIS ISTO É QUE É SER UM VERDADEIRO CRISTÃO .
MUITA SAÚDE PARA VOCÊS E SUAS FAMÍLIAS QUE DÃO O SUPORTE PARA QUE VOCÊS CONTINUEM SEMPRE COM SAÚDE E SEMPRE ATENTOS . DE CORAÇÃO MEU IRMÃO ; VOCÊS SÃO PESSOAS DE MÁXIMA QUALIDADE QUE POSSAM CONTINUAR NOS AJUDANDO .
REPITO MUITA SAÚDE E AMOR E QUE JAMAIS NOS ABANDONEM .
BOM TRABALHDO E MUITA ENERGIA PARA VOCÊS E SUAS FAMÍLIAS . ASSINO EM BAIXO DE TUDO O QUE SEMPRE VENS ARGUMENTANDO .
BOM DESCANÇO PARA VOCÊS .!!!

Blog do Ed disse...

"NÃO VAMOS COLOCAR UMA META.Vamos deixar a meta aberta. QUANDO ALCANÇARMOS A META, vamos dobrar a meta."
Quem diz isso, sabe realmente o que diz? E que PORTUGUÊS!... É esse tipo de governante que queremos? Uma coisa é certa, a saber, estamos numa DEMOCRACIA... pelo menos, aparente...
Edgardo Amorim Rego

Valim disse...

Caro Professor Ari Zanella.

Bom dia,

Meu texto já está pronto desde à madrugada. Será que pessoal ainda não acordou. Trabalho até tarde e gosto da madrugada e já acordei há muito. Doutra feita falaram que eu precisava dormir. Acho sim, que precisam de meias, cachecol, e babador. Estão ainda dormindo? Não acredito.

Professor será que é o senhor que ainda não soltou as blogagens? Não acredito, pois a saliva está escorrendo pelo canto da boca.

Vamos aguardar!!!!!

Vou aguardar os que dizem que fazem e acontecem para depois publicar o meu texto sobre o assunto.
Certo ou errado, parabéns pela coragem.

sss disse...

Neste pacote de expurgo no qual será colocado o FHC tem que colocado, também, o lula, pois anda metendo demais a colher onde não deve.

tarcisio augusto bulhoes martins disse...

Prof. Ari, bom dia. Com sua permissão; Ao anônimo 01.08.15,2:40.... E o Itamar franco, como fica nisso???????????????? e a intervenção na PREVI e a criação do FAMIGERADO VOTO DE MINERVA???????????? Desculpe o termo só fez MERDA.e O MOLÚSCULO DEU MAIS QUALIDADES, E VIVEMOS COM DIARREIA. Esquece o nome desse FDP, e, por via de regra; do SAPO BARBUDO E DA PRESIDANTA. Tarcísio.

Anônimo disse...

Não foi o maldito FHC quem criou o voto de minerva para o patrocinador? e chamou os aposentados de vagabundos? Canalha.
Carlos

Anônimo disse...

A Previ não iria prestar contas todo mês daquilo que acontece em suas reuniões?
Enrolation, enrolation! E nós, nossas associações que dizem nos defender, etc quietinhos no canto, pois não se pode "ofender" estas mentes brilhantes! Temos que ficar puxando o saco desta gentalha! Pode isto Arnaldo?
E a Anabb tomando conta das discussões importantes (vide caso da Cassi). Eu era sócio desta coisa desde a sua fundação e tinha ação correndo lá. Saí, já há 3 anos, e dane-se a ação. Pelo menos poupo um bom dinheirinho no final de cada ano, sem ilusões.
Do jeito que a coisa vai, o tal do Riede vai aparecer numa boquinha muito boa. Aguardem.

Valim disse...

Caro professor Ari Zanella.


" A verdade é filha do tempo, não da autoridade, como disse Abraham Lincoln"
Caro Professor Ari Zanella.

Boa madrugada.

Quero te conhecer pessoalmente, eu te vigio e você me vigia, fora que não mexe comigo que não ando só. " música de Maria Bethânia, linda".

Existe muito pavão por aí. Só porque fala um inglês, pensa que é alguma coisa. SE DEPENDESSE DE ITAMAR FRANCO, FHC NÃO TERIA SIDO PRESIDENTE.

Última entrevista do ex-presidente Itamar Franco ao jornalista Mauro Santayana e foi publicada no Jornal do Brasil em 6 de junho de 2010.
Título: "Itamar Franco - O poder de um homem ético".

FHC foi a terceira opção de Itamar Franco: 1ª - José Aparecido de Oliveira, diplomata unindo a língua portuguesa, amedrontando Portugal com suas antigas colônias.
2ª Jornalista Antonio Brito, recusou por ser muito jovem, preferia governar o Rio Grande do Sul.
3ª FHC.
Havia uma coisa que aborrecia Itamar Franco, O PLANO REAL. O plano nada tinha de original, baseado que foi no PLANO SCHACHT, da Alemanha dos anos 20, e já adapatado - sem êxito - pelo argentinos, com o PLANO AUSTRAL.

Itamar lembrava que só aprovou depois de conferir os seus números, trabalhando várias horas nisso. Como engenheiro, e bom conhecedor de matemática, corrigiu alguns de seus itens, antes de aprová-lo e correr todos os riscos políticos da decisão.

Com a palavra Fernando Henrique Cardoso?. FHC - inventou sim um crime de lesa-pátria, privatização da VALE, CSN e para ele o que significa a Petrobrás sendo privatizada.
Depois vem o BB, CEF, etc. Tudo junto e misturado e como queria há tempos.

FHC é sociólogo e não quis sociologia nas escolas, quem é você? Eu sei?

Sabe a única coisa que talvez você tenha escolhido um pouco melhor, foi a jornalista Ana Paula Padrão como amante, que não é essas coisas.

Valim disse...

Professor Ari Zanella.

Parabéns pela coragem.

Para que eles não fiquem pensando que somos idiotas. Possuo meus pequenos guardados físicos e intelectuais guardados para quando precisar. Este seria preciso a publicação para vermos que nem todos são iguais, duvido até da minha sombra, por que não fazem nada, pois sabem de tudo?

TEXTO 1

Globalização - Crime de Lesa Pátria/Petrobras
Petrobras

Nesta 25ª postagem vamos ao fatos que ocorreram no primeiro mandato do governo FHC, em relação aos crimes de Lesa Pátria na Petrobras, a fonte agora será O FIO DA MEADA - capítulo XII.

Até agora muito já foi revelado pela Operação Lava Jato sobre os crimes de corrupção (20 bilhões de Reais), mas poucos, ou apenas, Ribas Paiva e Adriano Benayon escreveram sobre os crimes de Lesa Pátria praticados nas ações e jazidas da Petrobras, estes valores estão na casa dos trilhões de Reais ou se você preferir, na casa dos trilhões de Dólares, basta fazer a conversão, mas impressa só diz sobre "martelo de ouro".

Observe como tudo é um grande combinado entre corsários e vassalos.

Jorge Barreto

“PETROBRAS – PLANO ROTHSCHILD”

Os Bancos Rothschild e Merrill Lynch, foram convocados pelo BNDES para coordenar a colocação das ações ordinárias excedentes do controle da Petrobras, no mercado.
“Esta será a maior oferta global da história dos países emergentes”, avaliou o diretor do Rothschild, Osírio Ribeiro.
(Gazeta Mercantil 26/1/2000)

A privatização das estatais inglesas, no governo Thatcher foi feita desse modo, pulverizando a posição acionária do Estado nas Bolsas de Valores, decisão que prejudicou o patrimônio público daquele país, favorecendo a “City” de Londres (grupo de financistas capitaneados pelo Barão Rothschild, que controla a economia mundial a partir de Londres). Na época, a desculpa apresentada para a adoção desse “modelo” privatista foi a suposta socialização das ações das empresas públicas. Esse golpe, possibilitou ao Grupo Rothschild e seus associados, assumir o controle acionário das estatais, comprando, apenas, 17,5% do capital votante.

No decorrer do processo de privatização o governo conservador, após 8 anos, perdeu apoio no Parlamento Inglês, colocando em risco a incursão da “City” sobre as estatais. Para manter Margareth Thatcher no poder e concluir o golpe da privatização inglesa, os financistas provocaram a guerra das Malvinas, com o apoio dos americanos, que incentivaram Galtieri a invadir as ilhas, prometendo-lhe neutralidade. O presidente argentino, objetivando fortalecer-se no poder, invadiu as Malvinas e foi derrotado pela Inglaterra, com o apoio dos EUA. A “vitória” possibilitou mais 4 anos para o governo conservador, que concluiu a desestatização planejada, após 12 anos de governo.

O jornal The Economist, há algum tempo, elogiou Fernando Henrique, afirmando, que em apenas quatro anos de governo, ele teria privatizado mais do que Thatcher em doze. O editorial concluiu, afirmando, que ainda faltaria muita coisa para FHC terminar o “processo”.

Valim disse...

TEXTO 2

O assalto às estatais inglesas não satisfez a ganância do grupo da "City", que comprou estatais em todo o mundo, na Itália, na França e, principalmente, na América Latina. No Brasil, com o apoio de seus títeres no governo, assumiram o controle da CSN, Vale do Rio Doce, Comgás e de grande parte das telefônicas, através de seus associados, espanhóis e portugueses. Agora, querem apossar-se das outras “jóias da coroa”: Petrobras, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.

Objetivando apossar-se da Petrobras e outras estatais, a preço vil, os financistas ingleses programaram a reeleição de FHC e pretendem repetir o golpe da privatização inglesa no Brasil, pulverizando ações com direito a voto, porque o controle acionário de uma empresa vale várias vezes a cotação de bolsa dos lotes normais, que não comprometem o controle. Portanto, QUANTO MAIOR A POSIÇÃO ACIONÁRIA, MAIOR O VALOR DE TRANSFERÊNCIA DO CONTROLE DA EMPRESA. A União detém 84% do controle da Petrobras. Para que pulveriza-lo a preço de banana??? Está claro que é para favorecer os ingleses!


Seguindo o “Plano Rothschild”, o desmonte da Petrobras começou com a nomeação do “primeiro genro” para a Agência Nacional do Petróleo, o qual indicou o atual presidente da empresa, um francês com passado de terrorista no Brasil, desprezando, inexplicavelmente, os naturais da terra para o cargo.

A Agência Nacional de Petróleo está “coordenando” a entrega da Petrobras na Inglaterra, conforme noticiário abaixo compilado.

“Uma comitiva da ANP estará em Londres, na semana que vem, para apresentar a segunda rodada de licitações para exploração e produção de petróleo no Brasil. A agenda inclui reuniões com a Sociedade Britânica de Geólogos do Petróleo e com representantes de 700 indústrias do setor petrolífero do Reino Unido.”
(Folha de São Paulo – 10-02-2000)

O vultoso negócio da venda “pulverizada” de ações da Petrobras, conduzido pelo Banco Rothschild, maestro oculto das finanças mundiais, à partir da “City” de Londres, é mais um lance para a doação da empresa, e seu real objetivo é baratear o negócio para o comprador, que será o próprio Grupo Rothschild e ou seus testas de ferro, como Soros e outros, menos conhecidos.

A incursão contra a Petrobras atende, perfeitamente, o objetivo estratégico da City, que é ampliar o controle de toda cadeia produtiva de commodities estratégicas. Para manter o domínio da economia mundial, basta ao Grupo Rothschild e seus aliados, puxar ou derrubar as cotações da comoditie petróleo, por exemplo. Como as importantes reservas de petróleo na Amazônia e em outros locais do território brasileiro põem em risco os “projetos” da City, de submissão total do Brasil em razão de suas reservas de minerais estratégicos, o grupo de Londres tudo fará para apossar-se da Petrobras, como já fez com a Vale do Rio Doce. A venda pulverizada do bloco de ações minoritárias é apenas o primeiro passo.

A venda das ações da Petrobras, coordenada pelos próprios interessados na compra, é caso de polícia. Esse crime já foi praticado anteriormente, na doação da Vale do Rio Doce. As financeiras que “modelaram” a privatização, representavam os compradores. É o caso, agora do Banco Rothschild e sua controlada Merrill Lynch, que também participou da tomada da Vale, “modelando” a sua privatização. É importante lembrar, que as “modeladoras” não auditaram a empresa, apenas fizeram consultoria, opinando sobre o seu valor, supostamente, baseado na sua capacidade de gerar recursos no futuro.

Anônimo disse...

Corta-se 3 bi da saúde e educação, doa-se 1 bi em emendas parlamentares, libera os depósitos judiciais para os governadores, e xeque mate. Eles têm muito cacife (nosso bolso, nossa CASSI, nossa aposentadoria, etc.)! Sem chance! Eis os resultados: apologias oportunistas e absurdas, processos de investigações por tráfico de influência arquivados, declarações de ameaças forjadas pra inviabilizar as delações premiadas, etc. O velho desdobramento à vista: PIZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZA.
Que o último, ao sair ou cair, apague a luz!

Valim disse...

TEXTO 3

No caso da Vale, o governo vendeu o controle da empresa pela cotação de bolsa, para lotes de 1.000 ações, desprezando o patrimônio líquido, o valor da transferência do controle, as concessões de lavra e pesquisa e o potencial estratégico da empresa, que é o nosso principal instrumento para a extração de riquezas minerais. Para pressionar o mercado internacional a importar produtos brasileiros, basta, administrar a produção de minérios, influenciando as cotações da Bolsa de Metais de Londres. Cioso do seu poder, o grupo Rothschild, manipulador das cotações dos metais e outras commodities e que, em razão disso, domina o sistema financeiro internacional, apoderou-se da Vale com a clara colaboração do governo FHC.

A Petrobras também é o nosso instrumento para extrair o petróleo do subsolo e detém valiosas concessões em lençóis de petróleo. Nessa medida, não há como vender a empresa sem ceder a soberania, porque os compradores são os mesmos concorrentes que há décadas procuram ocultar a existência de óleo em nosso subsolo. Como não deu mais para esconder o potencial petrolífero do país, os concorrentes estrangeiros resolveram “comprar” a Petrobras, barato, com a colaboração de seus “aliados” no governo.

Está claro, que o objetivo do governo FHC é submeter o perfil energético do país aos concorrentes externos. As elétricas já estão sendo vendidas a preços de “ocasião”. Doando a Petrobras, a Nação certamente será tangida, ao bel prazer da pirataria internacional.

Valim disse...

TEXTO 4

No caso da Vale, o governo vendeu o controle da empresa pela cotação de bolsa, para lotes de 1.000 ações, desprezando o patrimônio líquido, o valor da transferência do controle, as concessões de lavra e pesquisa e o potencial estratégico da empresa, que é o nosso principal instrumento para a extração de riquezas minerais. Para pressionar o mercado internacional a importar produtos brasileiros, basta, administrar a produção de minérios, influenciando as cotações da Bolsa de Metais de Londres. Cioso do seu poder, o grupo Rothschild, manipulador das cotações dos metais e outras commodities e que, em razão disso, domina o sistema financeiro internacional, apoderou-se da Vale com a clara colaboração do governo FHC.

A Petrobras também é o nosso instrumento para extrair o petróleo do subsolo e detém valiosas concessões em lençóis de petróleo. Nessa medida, não há como vender a empresa sem ceder a soberania, porque os compradores são os mesmos concorrentes que há décadas procuram ocultar a existência de óleo em nosso subsolo. Como não deu mais para esconder o potencial petrolífero do país, os concorrentes estrangeiros resolveram “comprar” a Petrobras, barato, com a colaboração de seus “aliados” no governo.

Está claro, que o objetivo do governo FHC é submeter o perfil energético do país aos concorrentes externos. As elétricas já estão sendo vendidas a preços de “ocasião”. Doando a Petrobras, a Nação certamente será tangida, ao bel prazer da pirataria internacional.

Valim disse...

TEXTO ACHO QUE É 5

Está claro, que o objetivo do governo FHC é submeter o perfil energético do país aos concorrentes externos. As elétricas já estão sendo vendidas a preços de “ocasião”. Doando a Petrobras, a Nação certamente será tangida, ao bel prazer da pirataria internacional.

Que é feito do capital arrecadado, até agora, com as “privatizações”? Desapareceu em forma de pagamento de juros.

Juros, “data venia”, paga-se com saldo de exportações, com trabalho, não com a doação do patrimônio público. Contudo, sintomaticamente, as exportações brasileiras declinam desde a posse de FHC, cujo governo, ano a ano, acumula “déficits” comerciais, com claro intuito de provocar a crise, para subordinar nossos interesses à ganância da “City”. Os tímidos valores das exportações do governo FHC dão conta disso. Enquanto o México exporta 125 bilhões e a pequena Bélgica 165, o Brasil exporta apenas 46 bilhões. A liberação predatória de importações de supérfluos também demonstra a ação do governo, contrária aos interesses do país. Sequer conta o governo FHC com o fundamental Ministério do Comércio Exterior! Denunciada essa omissão, criou a “Câmara de Comércio Exterior”, que em nada tem contribuído para fomentar as exportações. O Brasil continua exportando empregos e impostos!

Coroando o processo de submissão do país aos interesses da City, FHC multiplicou o endividamento interno e externo, sem nada realizar. Em 1997 tentou doar, por 600 mil reais a mina de NIÓBIO do Pico da Neblina, que está avaliada em UM TRILHÃO DE DÓLARES, golpe traiçoeiro, que não foi adiante porque denunciado a tempo.

Qual a grande obra deste governo? Nenhuma. O que salta aos olhos é o projeto de internacionalização da economia com risco real de perda de soberania. Agravando o caos, dolosamente implantado, o crime organizado permeia os poderes da República, estando embricado nos três níveis de governo. Está claro, que o projeto Brasil de FHC é a quebra da unidade nacional, para ceder o potencial mineral da Amazônia aos reis da City.

A venda pulverizada de ações é o golpe da “desossa” para entrega da Petrobras, ao preço que for imposto pelos compradores e, se possível, com financiamento do BNDES. Tudo isso apoiado pelos caciques do PFL, do PSDB e PMDB.

O “grande negócio”, de 8 ou 9 bilhões de dólares, mencionado pelo diretor do Banco Rothschild no Brasil, na realidade é uma incursão danosa ao patrimônio público, porque na negociação do controle acionário, considerando-se a condição estratégica da Petrobras, as ações que o Ministro Tourinho, quer “pulverizar”, vendidas em bloco, com o controle, valeriam cinco vezes mais. O golpe em andamento visa saquear o Tesouro Nacional em cerca de 30 bilhões de dólares. Portanto, mesmo que a privatização da empresa fosse conveniente, a venda pulverizada de ações seria danosa, em virtude do aviltamento do preço final.

O eleito deve defender o interesse público! A venda da Petrobras, mesmo pelo seu justo valor, certamente não é do interesse da Nação, e deve ser, incondicionalmente, barrada, sob pena da perda irremediável da soberania.

São Paulo, 03 de fevereiro de 2000
GRUPO DAS BANDEIRAS
ANTÔNIO JOSÉ RIBAS PAIVA
Presidente

OBS: Não escondo conhecimento, eles sim com um corte de R$ 1 bilhão na Educação. É MILITARES SEM MEDO DE ERRAR ESPERAMOS VOCÊS, só será motivo de espanto se estiverem misturados, não creio.

Valim disse...

Professor Ari Zanella.

Pode ser enfadonho, mas é fato, não sei como foi o meu português, mas dane-se, estou contigo. Veja como nosso corpo é aguerrido. Esta de anônimo é para imbecil ver, o TCP-IP está aí, ninguém é anônimo. Parem de deixar de não se identificarem. Esse anonimato só serve para o professor Ari Zanella e os demais donos de blog. Para eles, os poderosos covardes dono de Clubinho entram na Casa Branca, Palácio do Alvorada, não iriam entrar no seu Chalé?

Sinceramente, que apóio. O mundo dá voltas, se um dia sofrer a incumbência de votarem em mim, só votem se estiverem dispostos a ouvir o meu chamamento, caso contrário não votem. Que político sou eu e o professor?, político honesto pois sem a força do povo nada pode ser feito. Vejam jogos vorazes são 3 capítulos, o último acontecerá em Novembro, dará tempo para verem os dois que já passaram.

Não troco meu cachorro por uma criança pobre, esta devo tirá-la da pobreza e ficar com meu amigo cachorro, este eu brigo e no dia seguinte é como se não estivesse acontecido nada. AMIGO, ainda acredito.

Valim disse...

Caro professor Ari Zanella.

Não posso calar, se me permiti:

Não existe SOCIALISMO, CAPITALISMO, ESQUERDA, DIREITA, EXTREMA ESQUERDA, EXTREMA DIREITA. Existem grupos políticos que se aliam a verdadeiros bandidos.

A grande questão é : ESTADO X GOVERNO.

Quem está no governo tiram do Estado, sejam quem for. Parece pela sua coragem, você é o meu nome para Diretoria de Seguridade, Presidente da ANABB, e algo mais.

Dependendo de mim, estou aqui.

O homem não precisa trabalhar por dinheiro nem por prazer, tudo é falso. O Homem tem que trabalhar por VOCAÇÃO. E o que é vocação: é fazer aquilo que acredita que seja sua missão na terra, para quando estiver perto da morte, falar, eu fiz a minha parte neste mundo. Pensam que sou babaca, posso garantir que não sou, e peço desculpas ao idolatrar ao sr. João Rossi, pois não preciso disso. Críticas e elogios vou pela minha cabeça.

Alguém escreveu isso: " A hora que você está mais sozinho é na hora de tomar a sua decisão". E neste momento não sopesamos críticas favoráveis nem desfavoráveis. Mas fica aqui a minha admiração ao sr. João Rossi.

Veja o que estão fazendo com a gente, acreditamos mais no nosso cachorro, do que nos nossos colegas. Isso estraga qualquer Nação.

FHC, fique quietinho senão o juiz Ségio Moro acabará lhe enquadrando.
Crime de lesa-pátria não possui prescrição nem decadência. Vou pesquisar, vou estudar este assunto. Seria de muito bom grado vermos FHC e DILLMA com o fortão COLLOR, juntinhos e agarrados em qualquer lugar, cercado e bem protegido.

Parabéns Ari Zanella por sua coragem, estou falando com as estranhas. Quem ocupa cargos de tamanha envergadura não podem ter medo. Medo e ansiedades todos temos, mas devemos sabê-los enfrentá-los.

Anônimo disse...

Quem está interessado no que o FHC fala? Já passou da hora de se recolher.

Anônimo disse...

Há uma noticia sobre o pagamento da metade do 13º na folha deste mês.
Será que vai "colar"?
Link abaixo:


http://odia.ig.com.br/noticia/economia/2015-07-19/metade-do-13-do-inss-vai-sair-na-folha-de-agosto.html

Anônimo disse...

01/08/15 11:10

Não é possível comparar as mazelas de uma inflação desenfreada com as dificuldades de classes em diversas oportunidades.
E ficou bem claro: ele, como Ministro da Fazenda, foi responsável pela implantação do plano e não por sua criação.
Recomenda-se:
1. leitura atenta do artigo e respectivos comentários;
2. pleno entendimento do que o articulista e comentaristas querem transmitir;
3. não ficar usando matérias comparativas como subterfúgio para ataques destrambelhados;
4. respeitar sem a opinião alheia, mesmo que não concorde com ela.

Rubens disse...

CARO E COLEGA ARI ZANELLA E GILVAN REBOUÇAS, CONCORDO COM AS PALAVRAS E COMENTARIO DO COLEGA HELENO PINTO NOBRE, ONDE ELE MUITO DISSE, E AGRADEÇO MAIS UMA VEZ AS BRILHANTES E INTELIGENTES COLOCAÇÕES DO ARI E GILVAN A RESPEITO DE MUTOS ASSUNTOS, PRINCIPALMENTE A RESPEITO DE NOSSA PREVI, CASSI, ASSUNTOS DE NOSSO PAIS, ONDE A POLÍTICA E OS HOMENS QUE A COMPÕE JÁ PERDERAM A COMPUSTURA. e PEÇO LICENÇA AO COLEGA HELENO P. N OBREA POR ESCREVER EM LETRAS MAIÚSCULAS, QUE É PARA CHAMAR A ATENÇÃO MESMO. É ISSO AI COLEGAS, A COISA NÃO ESTA MOLE, ESPEREMOS DIAS MELHORES. COLEGA DO PARANÁ. TUDO DE BOM ao Ari, Gilvan e colega Heleno e na esperança de dias melhores, pois neste mes, voltam os cartórios Judiciais, termina o recesso da Justiça e as ações devem voltar a ter o andamento... assim seja.

Anônimo disse...

A classe política, sem cor partidária, está combinada para lesar e agredir o provo. Triste este nosso destino.

Ari Zanella disse...

Sinceros agradecimentos pelas palavras meus colegas de coração:

Heleno Pinto Nobre (gaúcho bom de briga)

Rubens Goulart (paranaense dos bons)

Valim disse...

Professor Ari Zanella.

Mais uma vez demonstrando total coragem em publicar o que precisa para um povo sem cultura.
Através destas grandiosas atitudes, que causam inveja sim, dos corsários e vendilhões e covardes, que sabem de tudo e preferem ficar onde se encontram e não lutam contra o Leão. Por isso vejo você no momento atual, e tudo é questão de "time" político, seu nome vir surgindo com muita força, como do sr. João Rossi, e o Dr. Medeiros. Não nego que opto por qualquer nome, não é questão de ficar encima do muro é questão de Justiça e pouco convívio para melhor termômetro, estou falando politicamente.

Tudo gira em torno de cargos, nada mais justo, mas os que ocupem façam por merecer, e não deixarmos perder a própria dignidade.
Voltando ao FOCO, sugiro a COLIGAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES em torno de um nome de consenso, e infiltrarmos vários colegas das demais associações nas nossas empresas, enquanto há tempo.

Esta é minha posição sincera e honesta. Fico na esperança do sr. João Rossi Neto ao dar continuidade juntamente com todos vocês ao "Valeu Valim", sem orgulho e ambições. Não penso em outra coisa a não ser em colegas necessitados tendo dado o suor de seu trabalho a uma casa grande da senzala.

Espero mais uma vez que possuamos META, FOCO.
Parabéns Zanella e tenho a certeza de fazermos com a oposição verdadeiras crianças não sabendo nem aonde se caminha para o gol. Nós sendo os adultos na honestidade e nos valores que acreditamos que como DEVER devamos nos pautar.

A hora é agora, e desculpe-me as veemências anteriores, mas não posso deixar de dizer mais essa: quando os socialistas desistem da estatização integral dos meios de produção e os capitalistas aceitam o princípio do controle estatal, o resultado, hoje em dia, chama-se " TERCEIRA VIA"- palavra muito usada por FHC.

Onde já se viu, eu desfazendo da comunidade, onde deveria aprender há muito tempo: "está tudo dominado".

O negócio deles FHC e DS (Dillma Rousseff) é esse: Vocês trabalham por dinheiro ou prazer? Respondem os dois: por dinheiro e por conseguinte por prazer. Só faltou a vocação, que é o que deixarão para este mundo!!!. Nunca serão felizes, terão a certeza disso quando estiverem no leito de morte, tudo passará como flash em suas cabeças, aí vão conversar com papai do céu, ele é pai, mas justo.

Deixa de blá, blá, blá, por hoje. O culpado foi você professor.
Mas toquemos em frente e vamos esperar com ação. Ainda aguardo os SIM na PREVI. Até agora só eu e o Paraguassu.

Anônimo disse...

Diversas postagens falam sobre a crítica situação da Cassi. Era a gota d"agua que faltava para levar os velhinhos para o buraco. Hoje lhes falta dinheiro, só falta lhes tirar o plano de saúde. No SUS muitos não aguentam 6 meses. A Previ agradece. Celio

Anônimo disse...



MESTRE ARI, PEÇO DISSIPAR UMA DÚVIDA QUE TENHO !!!

Mestre, comenta-se no meio científico que o contato, mesmo
manual, pode ser causa de contágio de doenças.Onde quero che-
gar, que o JÔ Soares além de ter servido de escada para a
sofrível Presidenta, ainda cometeu um ato pouco ético , ten-
tando levantar o ibope de sua amiga, se é que isto ainda é
possível. Eu gostaria de falar sobre as eleições na PREVI ,
mas no meio do caminho me lembrei de que esta é minha segunda
inserção de texto no mesmo dia e por questão de foro íntimo
acho que deveria ser só uma postagem, exceto se for assunto
de interesse maior ou conveniência do Blog. Cordialmente ,
Divany Silveira- matric. 2480700-1-Sete Lagoas-mg -

paraguassu 76895203 disse...

Interessante é que conseguiram antecipar a reunião do CD do dia 29 para o dia 24 e que "tentarão" colocar em pauta a antecipação dos 7%¡!!!!!!!!!!!!! INCRÍVEL como são competentes os nossos representantes, pois caso seja concedida a ESMOLA, ela somente seria concedida no contracheque de setembro. E o E.S. simplesmente sumiu!!!!! Eita povinho competente!!!!!!!

Anônimo disse...

o STF sentou em cima dos processos sobre as poupanças ref a planos economicos onde fomos roubados e os bcos estao lucrando como doidos onde todos estao na penuria.o processo 1/3 ir recolhido indevidamente (galinha morta),pelo menos o meu,estah rolando ha mais de 10anos e nada.o Brasil foi p o brejo...........

Anônimo disse...

Sr. Valim!

Perdoe-me a intromissão... mas, é ético monopolizar o blog do Prof. Ari com tantas divagações? Qual a contribuição, afinal?

Valim disse...

Professor Ari Zanella.

Concordo piamente com o anônimo das 21:19 negar-lhe seria uma mentira escabrosa minha. Devo salientar a paciência e a honradez de ser suportado aqui pelo nosso professor.

Fique certo anônimo, que falarei pouco, pois estou sendo até imprudente ao levantar tantas questões, que talvez, apenas para mim sejam de supra importância. Vou me calar, mas as vezes não consigo, mas a partir de hoje prometo.

Sou associado da ANAPLAB e ficaria feliz se fosse também, pois fui muito bem recebido pelo Sr. Gilvan, que sabe da correria da minha vida, mas sinceramente está até me desgastando junto aos meus familiares a minha vontade de entrar no vídeo e conversar para mudar.

Professor desculpe-me este que não foge a luta, este que vence o medo, e este que pensa não só no seu umbigo, mas no umbigo de todos, pois nunca seremos felizes ao vermos um mendigo ao relento, sabendo que um dia foi uma criança cheio de sonhos como nós fomos. Devo estar ficando gagá, sentimental, mais humano.
Sério, tenho que ficar mais homem grande falando pouco e ouvindo mais, devo tirar deste desejo de mudar o mundo, não quero desanimar ninguém mas as vezes como agora, vejo que não conseguiremos.
Fica aqui minha força a todos que me suportaram e aos que não, vão catar coquinho e, quanto ao específico anônimo, OBRIGADO pela força. Conto contigo homem prudente e não corajoso.

Governar até a sua casa é agir, e não produzir frases de efeitos. O Brasil quer atos e não palavras. Por isso tchau, se muito só vou olhar os comentários.

Não consigo ser conciso, adoro conversar, sou um prosador.
Obrigado pelo respeito e carinho professor, gostei muito de você, e não sairei de sócio, e só agora estava falando em seu blog, pois me cativou com suas blogagens de "entranhas".

Valim.


Carlos - Rio Pardo(RS) disse...

Igualmente ao comentário do Sr. Paraguassu das 23:51 de 01.08.15,
digo o mesmo.
ELES, os SUPER PODEROSOS, só tem competência para fazer jus a um super salário recheado de bônus, já competência para decidir algo, JAMAIS.

Ganham rios de dinheiro para nem serem capaz de dizer SIM ou NÃO, pois por mim que peguem essa esmola de 7% e façam bom proveito. E o ES que o ilustríssimo presidente disse que a quase 3 meses atrás estaria em estudos avançados. Meu Deus, eu era como o Dr. Medeiros, sempre esperançoso e otimista, mas agora confesso, perdi totalmente as esperanças.

Tudo bem que o Sr. Dan (ado) não vinha até as associações. Até preferia assim, bem melhor do que vir e iludir o povo pessoalmente com promessinhas falsas.

Então que tenha peito e diga, NÃO VEM NADA, nem ES, ES/capec, 7% e por aí afora.

Tudo porque não sabe o que dizer diante de uma pressão cara a a cara.

Fico muito triste com esse episódio, novela ou sei lá o que. Novela não, pois ali ainda acaba em final feliz....

Abraço a todos.

Carlos - Rio Pardo(RS)

ANTONIA disse...

Prof. Ari,
Essa Diretoria está administrando os recursos que foram debitados de nossas contas e agem como se fôssemos INDIGENTES. Não dá a menor importância para nós. O que queremos, não interessa. Um exemplo foi agora na reunião passada, a antecipação dos 7% sequer estava na pauta, não era assunto essencial, apesar de ser a nossa única reivindicação. Foi falado por um dos nossos eleitos, como assunto secundário e trataram logo de postergar a decisão para a próxima reunião. Essa diferença deveria ser apontada na CPI dos Fundos de Pensão. Quando se trata de matéria em proveito da Diretoria, TEM PRIORIDADE ABSOLUTA.Porém, quando é para nós, fica em último plano, falta vontade e interesse em resolver. DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS.

Fernando disse...

Prof. Ari, acho que nossa derrocada ,de funcionários do Banco do Brasil como exemplo de cidadão junto á comunidade, participando ativamente, filhos em colégio particular, Lions,Rotary,associações beneficientes, construíndo AABBs com nossos recursos, rifas,foi sem duvida o caçador de marajás, o Collor,que nos jogou à população. A partir daí, ficamos sem anuênio, 08 anos sem aumento,perdemos nossas promoções automáticas. E o resto todo mundo sabe e convive.

jose hermano 5561330-6 disse...

Ola Prof.Ari, gostaria de saber, se a reunião CD foi antecipado para o dia 24.08, é realmente verdadeira.

Anônimo disse...

"Com efeito FHC é bananeira que já deu cacho e não merece mais qualquer consideração. Que fique na sua insignificância e cale de vez seu discurso fora de moda."

Quem mais se encaixa neste contexto?
Os vagabundos de FHC? Os aposentados prestes a serem esquecidos pela CASSI? O Lula? Talvez os que concordam com o texto acima? A lista seria enorme e nem me atrevo a pensar em quantos assentaria essa carapuça infeliz, desumana e com efeito bumerangue.

Ari Zanella disse...

Caro José Hermano,

Liguei agora há pouco para o Carvalho, nosso membro titular no CD, e ele me confirmou que recebera solicitação para antecipar a reunião do dia 28, respondendo ao Coordenador que sua única data disponível seria dia 24. Ele disse estar quase certa a data para o dia 24 mas que ainda não havia recebido a devida confirmação.

Anônimo disse...

Quem matou o leão - o dentista americano - está sendo atacado por todos. Querem até sua extradição.

Anônimo disse...

Caro Colega Valim.

Acho mesmo que com sua inteligência estes não é o seu terreiro. Fica claro que existe edição. Colocando os pingos nos is: até com você tentam te calar ao abrir o olho de muita gente, com belas explicações. Eles querem nos enrolar e você fala a verdade que dói muito a eles.