BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

terça-feira, 25 de agosto de 2015

E O PIOR AINDA ESTÁ POR VIR

           Prenúncios catastróficos introduziram a semana entrante como uma espécie de prévia setembrina de acontecimentos muito preocupantes. Sem querer ser profeta do apocalipse, não há como fechar os olhos diante dos sinais visíveis que surgem claramente nos momentos presente.
             A falta d'água é um sinal irreversível. A China vai abalar a economia mundial. O mundo é uma engrenagem e a China tem a maior relevância. A dívida americana para com o país asiático é astronômica. Os chineses já ameaçam liderar uma nova moeda lastreada em suas reservas de ouro. A "explosão" em Tianjin pode ter sido obra de retaliação do Pentágono por esta supremacia de moeda. Setembro é o mês do Shemitah judaico, é um sinal bíblico  em relação ao povo judeu. Lembremos que 2001 tivemos após o ataque às torres gêmeas, uma violenta queda na bolsa de NY; em 2008 outra crise ainda de maior duração. O ciclo é de 7 anos, em 2015 haverá mais uma queda(?). Hoje a bolsa caiu no mundo inteiro (prévia?).
             Não queremos de modo algum alarmar ninguém. Tenhamos fé em Deus mas que ninguém se encontre dormindo com todos os sinais visíveis de que Deus está perdendo a paciência conosco.
               Em nosso mundo previano estamos no mato sem cachorro. Ou alguém pensa que a bolsa em 45 mil pontos não nos afeta em nada? E ela poderá provavelmente cair ainda mais. Que ninguém mais se iluda. Não teremos adiantamento, nem qualquer benefício extra. Oremos pela manutenção de nossas aposentadorias.
A TERRA JÁ MOSTRA O SEU LAMENTO - CREIAM NO SENHOR JESUS CRISTO!

85 comentários:

Ari Zanella disse...

Caro Ari e colegas,

SALVE-SE QUEM PUDER

Depois da onda de pânico nas principais Bolsas de Valores do mundo, no dia de hoje, onde a maioria fechou em baixa significativa, a Bovespa que durante o período todo havia caído 6,5% acomodou em 3,3%, no final do pregão, e fechou nos 44.000 pontos, indicador que chama a nossa atenção para os riscos iminentes que a PREVI corre, neste momento, em que desce a ladeira sem freios e tudo indica que o balanço de 2015 será um desastre total, podendo, evidentemente, zerar os R$ 8 bilhões de superávits apurados em 30/06/15, que constituem parte da Reserva de Contingência e o balanço patrimonial se inverter para déficit.

Outra coisa preocupante é a desaceleração da economia chinesa, grande parceira do Brasil em importação de soja, minérios e petróleo, que pode reduzir as compras da Petrobras e da Vale e ou baixar os preços dessas commodities, empresas determinantes na performance da Bovespa.

Além disso, a queda no preço do barril de petróleo para US$ 38, em decorrência do excesso de oferta pelo Irã e Estados Unidos, sem dúvida vai inviabilizar a exploração do pré-sal, da Petrobras, visto que o custo da extração é superior ao preço de comercialização. Esse fator vai agravar bastante a combalida situação financeira de alguns países produtores, especialmente da Venezuela que sabidamente tem no petróleo a sua principal fonte de divisas.

Fora de controle, o câmbio flutuante elevou, nesta data, a cotação do dólar para R$ 3,55 o que, seguramente, vai contaminar e aumentar a taxa da inflação, vez que o seu efeito se espalha por diversos preços, a começar pelo pão e todos os produtos sujeitos a transporte e componentes importados na sua fabricação. A dívida pública de R$ 2.6 trilhões vai explodir em decorrência do dólar supervalorizado.

Enfim, não bastasse a crise econômica, política e de credibilidade em que estamos mergulhados e sem perspectivas de recuperação, soma-se os efeitos deletérios do mau desempenho da economia Chinesa para exacerbar o cenário que já era ruim e pode nos empurrar para abaixo do fundo do poço.

Extinta a mina dos superávits, sobra, para nós, associados da PREVI, como alternativa mais viável e palpável, da alçada da Diretoria Executiva, a dilatação do prazo do ES para 180 meses com vistas a ensejar a redução das prestações, sem cogitar elevação de limite de crédito, com o objetivo precípuo de acomodar uma situação instalada, existente, qual seja, de sanear os empréstimos vincendos do ES, ajustando-os a nossa real capacidade de pagamento.

Qualquer credor proativo sabe muito bem que às vezes é preferível fazer uma concessão (aumentar prazo) como melhor medida em defesa dos seus créditos a sacrificar o seu público alvo (Corpo Social), fazendo-o sangrar e levá-lo a insolvência.

Depois das experiências negativas e insustentáveis que estão ocorrendo no ambiente macroeconômico das Bolsas de Valores mundo afora, não é possível que a Diretoria Executiva da PREVI ainda vai insistir na estratégia suicida de concentrar o grosso dos nossos recursos em aplicações de Rendas Variáveis.

(Comentário de João Rossi Neto na postagem anterior)

Anônimo disse...

Este modelo de ES de 180 meses so funciona se a inflação estiver em queda ou estabilizada em 4,5% ao ano, ou seja juros+correção monetaria+fqm tem que ser no maximo 1% ao mes, vamos fazer uma simulação nesse juros de 1% em 120 meses e em 180 meses, em 120 meses com 1% daria uma prestação de R% 2.080,33 e em 180 meses com 1% ao mes daria prestação de R$ 1.740,24 não vejo uma redução muito significativa fora o fato de aumentar em 60 meses o prazo para quitar a divida. Os juros cobrados de um dinheiro que é nosso, no caso da PREVI são cobrados 5% ao ano, inviabiliza este emprestimo, fica sem solução no meu entender. Não consigo alcançar o que o colega João Rossi Neto acha que é a solução. No meu entender so o prazo de 180 meses não resolve, o que resolveria seria o prazo de 180 meses e juros ZERO JÁ QUE O DINHEIRO É NOSSO.

Anônimo disse...

E os escandalosos bônus, acompanhados das aposentadorias polpudas continuarão sendo pagos? Será que esses diretores abrirão mão dessa regalia?
O governo decidiu extinguir 10 Ministérios e, cerca de, 1.000 cargos comissionados, nomeados sem concurso. E a Previ? O que fará?

Anônimo disse...

E ainda temos a CPI dos fundos de pensão, não temos nem idéia do que está vindo por aí. Droga. Se puxam uma pena e vem uma galinha...... não vai ser fácil.

Anônimo disse...

Emérito Professor ZANELLA:


Por quê a CASSI, via BB-GULOSO e PREVI, não faz um ACORDO tipo PDV, do qual têm tanta experiência, para QUEM QUISER SE DESLIGAR DA CASSI? Eu pessoalmente ME CONFORMO COM R$ 50.000,00 (NADA DE PARCELAMENTO, É TUDO NA MÃO DE UMA SÓ VEZ)!
Por falar em conformidade, TENHO A IMPRESSÃO que as minhas mensalidades na ANABB estão sendo empregadas SOMENTE PARA RESOLVER QUESTÕES JUDICIAIS ENTRE SEUS DIRIGENTES! Quando se lê a página da ANABB, SÓ SE VÊ CONFUSÃO, AMBIÇÃO e PODER, NADA DE ÚTIL para seus associados.



Anônimo disse...

O correto seria tirar o controle do dinheiro (ativo) do plano 1 da previ da seguinte forma !
A previ abrir uma conta poupança para cada um dos aposentados e pegar todo ativo e fazer a distribuição proporcional a que cabe cada um. Liquidariamos de vez o plano 1 e cada um administre seu dinheiro.
V A M O S P E N S A R N E S T A I D É I A

Cláudio Almeida disse...

Prof.

Calma, já passamos por crises econômicas piores.

Não podemos perder a objetividade.

E sobre a antecipação e sobre a reunião do CD em 24.08.2015?

Cecília de férias (o que não muda muita coisa) , Dr. cuidando da

saúde merecidamente, só contamos com o Prof.

Ainda resta a suspensão das parcelas do ES. Alçada da Diretoria

Executiva, implantação rápida, não precisa margem consignável, e

sobre o saldo devedor corre juros, cumpre a meta atuarial.

O ES é um produto hoje melhor que renda variável.

Em janeiro, com 10% de aumento, tudo será resolvido.

Abraços

Anônimo disse...

A desculpa da Dilma agora para os desmandos cometidos é a China.

Anônimo disse...

ASSIM SEJA, ASSIM SEJA, ASSIM SEJA.

Anônimo disse...

Crises sempre existiram e sempre a humanidade sobreviveu à elas, no nosso caso de beneficiários da Previ, alguma solução tem que ser apresentada, não podem deixar um universo tão grande de pessoas numa situação de penúria extrema, que aprovem alguma medida de socorro imediato porque do jeito que está não há condições de sobrevivência.
Seja lá a dilatação do ES para 180 , ou a suspensão das parcelas até dez/2015, que a Previ volte a estudar o ES CAPEC, melhor usa_lo agora do que morrer de fome para deixa_lo para a família, não faz sentido, é como ter uma poupança e pagar juros de cheque especial, ou esse ES 13 que venha já sem juros e sem precisar de MC.
Se a Cassi está no fundo do poço é porque nossos salários estão tão baixos que os 3% não conseguem mais cobrir suas despesas.
Somos aposentados mas estamos vivos, precisamos do mínimo para viver, não é possível tanta injustiça tudo sempre aprovado para a diretoria da Previ e para o patrocinador e quando chega nossa vez NADA!!!

renato machado disse...

Caro colega, creio que ser o amigo um cristão, pergunto lhe se puder responder, de qual denominação?

Anônimo disse...

Sr Ari pessimista demais.

João Rossi Neto disse...


NEGOCIAÇÕES SOBRE A CASSI PODEM CHEGAR A BOM TERMO

Devido às pressões dos negociadores (ANABB, AAFBB, FAABB, CONTRAF E CONTEC) o BB fez ajustes em sua proposta e incorporou alguns importantes itens a serem observados no acordo, de sorte que a situação teve uma melhora acentuada, começa a clarear e caminha para o equacionamento satisfatório da situação.
Dentre as novas condições acordadas pelo banco, constam as seguintes: Concorda com a implantação plena do Modelo de Atenção Integral à Saúde; Não haverá prejuízos aos direitos de ativos, aposentados e pensionistas; Fará investimentos necessários nas ações estruturantes propostas pelos eleitos, o que reduzir o ritmo de crescimento das despesas da Cassi; Aceita participar do rateio de eventuais déficits futuros; Concorda em manter o princípio da solidariedade como está hoje; Está aberto a incluir no Estatuto da Cassi texto que garanta a revisão periódica do custeio da Cassi, deixando clara a continuidade de sua responsabilidade com o Plano de Associados.
Acho que podemos dar a nossa parcela de sacrifício e concordar com algum aumento na contribuição da CASSI, em percentual razoável, desde que fique comprovada a sua imprescindibilidade para ajudar na solução do atual desequilíbrio financeiro entre as contas de despesas e receitas.
O importante é que a gestão, doravante, seja mais rigorosa e que estanque as comportas dos gastos supérfluos, fontes permanentes da retroalimentação de despesas discutíveis e dispensáveis. Neste particular, penso que os próprios associados podem contribuir para evitar determinados gastos com consultas, exames e outros procedimentos sem tanta urgência, quando for o caso.

João Rossi Neto disse...

Parte da propina paga ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha(PMDB-RJ), no esquema de fraudes da Petrobras teria sido feita por intermédio da Igreja Evangélica Assembleia de Deus. Segundo consta na denúncia da Procuradoria-Geral da República, o lobista Júlio Camargo, que prestava serviços para a Toyo Setal, efetuou dois depósitos no valor de R$ 250 mil para a igreja.

Inclusive existe e-mail de funcionária da igreja para o Júlio Camargo, em poder dos investigadores, sobre a arranjada doação. Confirmando-se a denúncia da PGR, uma entidade religiosa que colabora com ato ilícito, desviando da sua finalidade, passa a ser uma oficina do diabo. Uma casa de Deus não pode agir levianamente, dessa forma vergonhosa, e decepcionar os fiéis. Que mundo é este? Será que estamos próximos do Juízo Final?

Anônimo disse...

Este ES 13 seria um empréstimo no valor total do INSS+complemento ?
Quem pode explicar melhor ?

Ari Zanella disse...

Meu Caro Renato Machado,

Prefiro responder no devido blog onde fiz a postagem:

www.paocelestial.blogspot.com.br

Muito Grato.

Ari Zanella disse...

Alô Amigo Rossi,

Obrigado pelas boas notícias sobre a CASSI.

Anônimo disse...

COMO DIZ O SÉRGIO MALANDRO: SALSIFUFU

PT acata ex-presidente Lula e trata Eduardo Cunha com 'cautela'

A posição dos deputados petistas, a segunda maior bancada da Casa, é considerada decisiva para fortalecer o incipiente movimento que deseja a saída de Cunha do cargo
Pressionada por integrantes do governo, do PT e até pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a bancada petista na Câmara se reúne nesta segunda-feira (24/8) com o presidente do partido, Rui Falcão, para discutir se decide apoiar um pedido de afastamento do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), após ele ter sido denunciado, na semana passada, por corrupção e lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato.
Como mostrou o jornal O Estado de S. Paulo ontem, Lula defende "cautela" por parte dos petistas para evitar que partido tenha papel de protagonista em ações contra Eduardo Cunha.
A posição dos deputados petistas, a segunda maior bancada da Casa, é considerada decisiva para fortalecer o incipiente movimento que deseja a saída de Cunha do cargo. No dia da denúncia, parlamentares do PSOL, PSB, PT, PPS, PDT, PMDB, PR, PSC, PROS e PTB divulgaram manifesto anônimo contra o peemedebista por considerar "insustentável" a permanência dele no cargo.
Antes do encontro, Falcão já deu o tom, em entrevista, da posição que deve defender. Segundo ele, embora considere o fato "gravíssimo", pretende esperar uma decisão do Supremo Tribunal Federal - se aceita a denúncia transformando Cunha em réu - para exigir o afastamento do presidente da Câmara. "Não vou prejulgar", afirmou.
Reclamação

A simples discussão dentro do PT tem irritado Cunha. O presidente da Câmara ligou para o vice-presidente e presidente do PMDB, Michel Temer, para reclamar da postura do PT, que chamou de inaceitável e cobrou dele providências. "Se o PT quer partidarizar, vamos partidarizar também", disse um aliado de Cunha, a quem foi relatada a conversa entre ele e Temer.

Petistas consultados pela reportagem temem que, em retaliação a uma decisão mais agressiva da bancada, Cunha aumente a pressão sobre o governo, com quem rompeu em julho. A posição majoritária dos deputados petistas é esperar uma posição do STF ao mesmo tempo que aproveitam para expor o que chamam de seletividade da oposição: não pedem o afastamento de Cunha, denunciado, mas querem o impeachment de Dilma, contra quem não há nenhum processo.

Um dos vice-líderes do PT, Afonso Florence (BA), considera que não há uma maioria na bancada favorável ao afastamento de Cunha. Mas reconhece que a situação dele está se degradando "muito rapidamente". "Se não quero golpe contra a presidente, não vamos fazer o mesmo com ele", disse ele.

Para outro vice-líder, o deputado Henrique Fontana (PT-RS), a consistência da denúncia contra Cunha mostra que ele não tem condições de continuar na presidência da Câmara. "Vou atuar com o objetivo que ele se afaste", adiantou.

O deputado Carlos Zarattini (PT-SP) disse que, embora considere Cunha oposição declarado que ataca permanentemente o PT, vai defender a posição de se aguardar a manifestação do Supremo. "Ele (Cunha) foi legitimamente eleito pelo povo (para a Câmara) e pelos deputados (para a presidência da Casa).

Fonte: http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2015/08/24/internas_polbraeco,495763/pt-acata-ex-presidente-lula-e-trata-eduardo-cunha-com-cautela.shtml

Unknown disse...

Ari e colegas,
Os culpados pela situação de penúria de muitos aposentados são o BB, que nos tratava como um pai (lembram-se?) e nos mesmos que acreditamos que entrou no BB estávamos tranquilo para o resto da vida.
Lembro-me de 1977 quando entrei no Banco. Trabalhava e recebia Cr$ 860,00 (eram cruzeiros), um bom salário, e passei a receber Cr$ 3.200,00. Além disso ganhei um cheque ouro de Cr$ 5.000,00 mais um adiantamento salarial de Cr$ 3.200,00 para ser pago em 24 vezes sem juros. Para quem recebia Cr$ 860 era dinheiro demais... Poucos meses depois comprei meu primeiro carro, um fusca, por Cr$ 7.000,00.
De tanto a TV nos chamar de marajás o governo do Fernando Henrique nos deixou 8 anos sem qualquer aumento, embora houvesse inflação. Isso levou a um grande desnivelamento dos salários entre ativos e aposentados, pois a Previ continuou reajustando as aposentadorias pela inflação e os da ativa nada recebiam (exceto um abono fixo).
Outro fator motivador da penúria de alguns foi a educação dos filhos. Eu comecei a trabalhar com 15 anos de carteira assinada. Hoje tem filhos de 30 anos nas costas dos pais. Se fosse uma situação normal o aposentado e sua esposa morariam só e receberiam a visita dos filhos nos finais de semana. O que ocorre é que muitos filhos moram ainda com os pais e algumas filhas se separam e voltam a morar com os pais, trazendo filhos. Claro que o orçamento não dá. Ai chegam os "amigos" e sugerem o empréstimo simples. E a situação que já não era boa fica pior porque agora tem a prestação do ES.
Minha mãe, viúva, recebe R$ 2.000,00 de aposentadoria. Suas despesas são R$ 100 de luz, R$ 30 de água, R$ 60 de telefone e R$ 600,00 de supermercado. Ainda sobra para pagar a faculdade do neto; não aprovo pois ele trabalha e dinheiro para a cerveja ele tem, para pagar a faculdade não. Mas o dinheiro é dela, porém fico de olho.
Eu e meus irmãos crescemos na chinela e na correia. Todos estão bem. Porém, hoje não se pode dar um tapa em um filho. Isso leva a filhos que não respeitam seus pais. Final dos tempos, não tenham dúvidas. Jesus está voltando. Tá na Bíblia.
Para finalizar uma frase: Amor demais estraga. Celio

Anônimo disse...

A tal reunião foi ontem e ninguém sabe nada até agora (15:20)? Estranhíssimo...

João Lopes Rodrigues disse...

Colegas!

Sou solidário ao desabafo do colega Célio, acima (14:45).

De fato, é lamentável que avós sejam "pais duas vezes". Explico: que criem seus filhos, e ainda sejam "obrigados" a criar os filhos desses.

Ora! Para filhos, deixa-se "educação", e não uma "montanha de dinheiro". Pelo menos, é o que penso! Se criamos nossos filhos, demos-lhes educação (certamente a melhor que pudemos dar!)... se os encaminhamos na vida... O natural seria que eles viessem, em nossas velhices, nos amparar. O que vemos, no entanto, é a realidade do do relato do colega acima: filhos "eternamente" dependentes dos pais!

Nesse aspecto, entendo haver certa parcela de culpa dos pais, que ao invés de incentivarem seus filhos a ir à luta, a se virar, aceita-os ainda sob suas asas... quer seja por piedade, carência afetiva, ou outro sentimento qualquer. Será que assim não estaremos dificultando mais ainda o voo?

Quanto à afirmação do colega de que "amor de mais estraga", realmente há uma grande confusão quanto a esse tipo de sentimento. Confunde-se "amor, zelo, cuidado" com "permissividade, ausência de limites, poder abusivo". Daí, o estrago é grande.

Sinceramente, penso que "o mal cortado pelo raiz não cresce"! Muitas vezes, a melhor e mais eficaz resposta é o "não". Em muitos casos, é o remédio para se sair da inércia e começar a caminhar com as próprias pernas.

E senhores pais e avós! Não tenham receio de dizer "não" aos seus "entes queridos". Se esses verdadeiramente os amam, entenderão suas razões. Falo isso como psicólogo clínico que sou.

Era isso!

Anônimo disse...

SALSIFUFU 2 - A LAMBANÇA CONTINUA


Costa e Youssef confirmam repasses para a campanha de Gleisi Hoffmann
"Quem me fez o pedido para a campanha da Gleisi foi Paulo Roberto Costa e eu fiz o repasse. Reitero o meu depoimento anterior", disse Youssef

Os delatores da Operação Lava Jato Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef confirmaram à CPI da Petrobras que houve repasse de recursos provenientes de propina para a campanha de 2010 da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR). "O valor foi repassado integralmente para a campanha da senadora. O Alberto efetuou esse pagamento", contou Costa. Segundo os delatores, foi repassado R$ 1 milhão à campanha da petista, com intermediação de seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo.

"Quem me fez o pedido para a campanha da Gleisi foi Paulo Roberto Costa e eu fiz o repasse. Reitero o meu depoimento anterior", disse Youssef. Mais cedo, Youssef disse não conhecer o ex-ministro Antonio Palocci, mas afirmou que um outro delator ainda vai esclarecer o suposto pedido feito pelo petista por recursos provenientes de propina para a campanha da presidente Dilma Rousseff em 2010. "Vou me reservar ao silêncio porque existe uma investigação nesse assunto do Palocci e logo vai ser revelado", respondeu.

O doleiro repetiu na CPI da Petrobras que, em seu entendimento, havia conhecimento do Palácio do Planalto sobre o esquema montado na estatal. Costa teria pedido uma "sinalização" ao Planalto sobre mudanças no comando do PP e a continuidade do esquema.

Fonte:http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2015/08/25/internas_polbraeco,496022/costa-e-youssef-confirmam-repasses

Anônimo disse...

SALSIFUFU 3 - O FIM

Leia Mais:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,gilmar-mendes-pede-investigacao-de-empresa-contratada-pela-campanha-de-dilma,1750399
Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
Siga @Estadao no Twitter

Anônimo disse...

Digníssimo Sr. Ari Zanella,


Essa turba que vem administrando, há anos, a Previ foi instada, em várias reuniões de demonstração de resultados, a aplicar em prazo fixo e não no montante absurdo que tem ações.
Sempre, desde rosa a flores e outros, disseram que a melhor opção estava nas bolsas e que o governo pt nunca deixaria os aposentados sem eira nem beira.
Deu no que deu.
SMJ, devem ser punidos por administração temerária e PRESOS!
Ministério Publico e Policia Federal neles , por favor.
Associações mexam-se para punir os que nos deixaram nessa situação.
Estou a beira de um enfarto...

Anônimo disse...

Colegas,

Tem cada ideia maluca, se me permitem o termo, receber um dinheiro e administrá-lo, logo ali estaremos no buraco e que buraco.
O conjunto mesmo com deficiências e bem controlado é melhor do que o individual.
Sem pedradas hein...

Anônimo disse...




DILMA , PEDE VERAO OU THEZÃO PARA TRAZER UMA GELADA E UMA PINGA,

MAS SE ELAS NÃO VIERAM, VOCÊ MESMA ATENDA O PEDIDO E RÁPIDO !!!

Mestre, a postagem de hoje está tão interessante que podia ser a-
té cobrada.Aliás, esquece minha idéia senão, em represália,nin -
guém lê minhas incertas linhas, Mestre, esta semana tive a oportu-
nidade de me encontrar com um amigo de muitos anos e que é co -
bra criada,mas cobra tipo cascavel, que é venenosa e carismáti-
ca , e na conversa que tivemos ele me falou que se a PREVI tiver
juízo ela devia chamar os diretores e encontrarem uma solução,
mesmo que temporária, para os associados, porque se um grupo pro-
var a um juiz que está em situação de penúria (talvez a palavra te-
nha sido outra) além da forma draconiana que o Banco do Brasil a-
ge, e que não é segredo nem para o porteiro do tribunal ( QUE É SUR-
DO, MAS SABE ! ), assim,naõ será surpresa se uma sentença reparado-
ra acontecer. Deus o ouça. E o advogado arrematou: os tempos estão
bicudos, amigo ! Para terminar,imaginem como a religião mudou : eu,
quando estudei no seminário menor,quase fui excomungado porque,depo
sitário de muitos tipos de lombriga, surripiei (tinha 10 anos) uns
chocolates suíços do Reitor, agora quero ver se a justiça fecha a
coletoria adventista e cassa o beneficiário Cunha.Gente, não sou ro
mantico nem desligado,mas crises são como ondas, vêm e passam,que -
rem ver as crises que tivemos e que causaram alvoroço ? Pau Brasil,
cana de açúcar,mineração, cacau, cafe, a da Córéia,no final de 90,
e tantas outras que Mestre Ari não me dá espaço,mas sobrevivemos !
Divany silveira --Sete Lagoas-mg











Anônimo disse...

Prezado Divany (com todo respeito que mereces):

crises localizadas são uma coisa, mas crises mundiais são outra. Nunca se vivenciou tanto descontrole, tanto a nível de governos, quanto de economias, sem falar das crises morais. A coisa "tá pegando geral" e não é só no nosso quintal.

Anônimo disse...


REUNIÃO DO CD - NÃO GOSTO DE COMENTAR OU PERGUNTAR SOBRE ALGO QUE JÁ SABEMOS A RESPOSTA PORQUE É IDIOTICE, O QUE NÃO TEM REMEDIO, REMEDIADO TA
SÓ NOS RESTA CHORARMOS EM SILÊNCIO.

Fernando disse...

Ao colega UNknown, me identifiquei com os valores por ti apresentados. Tomei posse em maio de 1977, na carteira constando R$ 3.210, exatamente. Mais um adiantamento....Bem como citaste no texto. O resto tods nós vamos , estamos pagando o pato , pela caça aos Marajás. Vida digna à família de classe média, já era.

Anônimo disse...

Nenhum comentário sobre a reunião sobre a antecipação dos 7%. Isto é pelo menos desrespeitoso com os que acompanham este blog. Sei não!!!!!!!!!!!!!!

Ari Zanella disse...

20:07

O assunto não foi abordado na reunião.
A postagem anterior baseou-se em expectativas de que o assunto fosse colocado em pauta.
Hoje sabemos que não foi e que não há interesse do BB em conceder tal adiantamento.
Infelizmente, entre os eleitos não estamos falando a mesma língua como fazem os indicados do Banco.

Anônimo disse...

Tadin do Bernardo. Ajudou agente com o bet junto com o Camilo e agora tá todo enrolado.
Tão bonzin, com aquela loirinha com aquele nariguin

AFFFFFFFFFFFFFF

Valim disse...

Caro Professor Ari Zanella.

Não possuo receio de que pior do que está ficará!!!.
Tenho absoluta certeza e confiança nos anjos.

Não pense caro professor, que a CPI dos FUNDOS DE PENSÃO deixará de fora quem deixou que o direcionamento de nossas poupanças fossem aplicadas em RENDA VARIÁVEL, onde a maioria dos aposentados possuíam idade para RENDA FIXA, única aplicação responsável e que a vontade intrínseca do governo presume-se, se fez prevalecer para interesses outros.

Ganância ou irresponsabilidade estão em disputa, mas aquela seria para quem?
Nossas aposentadorias são limitadas e quando houve superavit o BB levou a metade.

Onde está o cálculo atuarial e o estudo do risco? São responsabilidades que deverão ser assumidas, por Diretores, Presidente do BB, e Presidente do Conselho da PREVI.

Quem pretendia fazer dinheiro as nossas custas visava nossos interesses ou do GOVERNO e seus afilhados?. A clareza de raciocínio é que visavam no mínimo repartir nosso superavit, como aconteceu sem risco algum para eles. A finalidade da PREVI não é lucro, e sim a manutenção das nossas aposentadorias.

Mais uma vez o BB terá que arcar com nossas aposentadorias.

PRIVATIZE-O E ACABAREMOS COM FALSA ESQUERDA, e SOCIALISMO.

Aumentemos o valor da aposentadoria; na era FHC eram 20 SM, na era do LULA passou para 7 SM, aí está o tudo para o povo, fora o FATOR PREVIDENCIÁRIO de FHC, que tanto criticou e não fez nada, aliás vetou sua queda.

VIVA O CAPITALISMO SELVAGEM DA ALEMANHA E DOS ESTADOS UNIDOS. Quem quer Estado forte, quer corrupção. Estado só para EDUCAÇÃO, SAÚDE, e SEGURANÇA, e APOSENTADORIA não em regime de partição simples e sim de capitalização, e o restante nós cuidamos ao trabalhar e não fingir que estamos trabalhando como os burros das cabeças "pensantes" colocados por seus padrinhos socialistas de araques em cargos e posições.

Porque professor coloca terror em nossos aposentados e não move uma palha para uma solução?

" A coragem é a primeira virtude do estadista. Sem ela, todas as outras desaparecem na hora do perigo" Winston Churchill.

WILSON LUIZ disse...


Caro Professor Ari, o que eu acho mais preocupante é que esta seita maldita que tomou o poder em nosso país está tirando até a esperança do sofrido povo brasileiro. A rejeição ao governo não se enquadra mais como oposição política, é verdadeiro ódio aos governantes, isto pode não acabar bem.

Na festa do peão de boiadeiro de Barretos a presidenta, mesmo sem estar presente, foi saudada com o coro de “Dilma, vá tomar no TCU”, o ex-presidente foi saudado com “Lula cachaceiro, devolve o dinheiro”.

ÀS ARMAS, CUMPAÑEROS, PARA DEFENDER NOSSAS "BOQUINHAS"

”...nós sabemos brigar também, principalmente quando o Stédile colocar o seu exército a nosso lado”. – ex-presidente Lula

“...ir para a rua, entrincheirados com arma na mão, se tentarem derrubar a presidenta Dilma Rousseff” – Vagner Freitas, presidente da CUT

“diálogo é diálogo, pauleira é pauleira” – Dilma Rousseff,presidenta da república

“...y, personalmente, vamos a defender a Dilma y el partido de los trabajadores”. – Evo Morales, presidento da Bolívia.

Além de todo o mal que causaram ao país, será que vai ser necessário derramamento de sangue para retirar esta corja do poder?

paraguassu76795203 disse...

E nós continuamos como "gado", cabeça baixa, envelhecidos, cansados e o que é pior, acovardados!!. Não somos nem sombra do que fomos e representamos para nosso país, pois nos acomodamos, deixando nossa caixa entregue nas mãos de pessoas totalmente isentas de boas intenções. Estamos vendo a derrocada da CASSI, nos negam revisão humanitária do produto Empréstimo Simples, seguro, rentável e nosso dinheiro emprestado prá nós mesmos (juros caros). Ninguém tem coragem de tentar reverter essa situação calamitosa????? Todos os assistidos estão doentes, sem condição de se deslocar até o Rio????? Vamos deixar que essa corja que se instalou no Mourisco (com altíssimos salários, concedidos por eles mesmos) continuem a nos humilhar???? Vamos dar um basta nisto. Vamos nos organizar fora dos blogs e mostrar prá nos mesmos que nossa fibra continua viva dentro de nosso peito. Se entre nós tiver algum colega disposto a partir prá guerra, que se manifeste aqui e então estudaremos una forma de nos comunicar com segurança.

WILSON LUIZ disse...


Outrora orgulho nacional, nossa sofrida Petrobrás, para fazer caixa, está liquidando, a preço de banana, as jóias mais valiosas de sua dilapidada coroa. Anunciou que vai alienar 25% de sua participação na BR Distribuidora, a subsidiária mais rentável da companhia. Na campanha, a presidente disse que os adversários é que queriam vender a empresa.

SÉTIMO MANDAMENTO DA SEITA PETISTA: “NENHUM CUMPAÑERO SERÁ ABANDONADO SEM UMA BOQUINHA”.

Demorou, mas nosso colega, o ex-ministro Paulo Bernardo, foi nomeado presidente da Itaipu Binacional.

Anônimo disse...


Ao anônimo das 19,16, de hoje

'DILMA, AQUI É DA BOLSA DE VALORES, CADÊ O BALANÇO DE DEZEMBRO/14 ?

MESTRE, permita trocar ideias com um colega super gente fina. Com-
panheiro, concordo que a situação é diferente, mas naquele momento
pensei mais no desastre que o café em 1929 causou ao Brasil, quase
o levando à bancarrota. Igualmente o ouro negro ao preço de U$ 38
se extraído do pre-sal vai quebrar o Verde Oliva.Colega,vc falou
em desordem mundial, mas se as nações são desiguais porque elas
teriam os mesmos sintomas? Paul Krugman diz que estouro na Bolsa
é como latido de cachorro. Um late e sai correndo e di repente 100
caes estão latindo, da Coreia ao Paraguai e tome especulação.Ah,
fala-se que tudo é resultado da superioridade, no momento, da si-
tuação quanto ao estoque de titulos do governo dos EEUU em poder da
China e que causaria certo constrangimento ao Tesouro Americano.Na
verdade, é um muno louco e ninguém sabe a origem de tudo.Vc concor-
que é como surto de gripe ? Onde exatamente está a raiz Obrigado p/
aparte-DivaySilveira -SeteLagoas-mg.







Anônimo disse...



COM RELAÇÃO ´Á NOTÍCIA DAS 22.11 ,TEM UM DETALHE !!!!

Mestre, comenta-se que o mesmo pode mudar de destino : e
mais o mineiro aqui nao diz,pois não é bobo !!!
DivanySilveira-SeteLagoas-mg

Anônimo disse...

vale discutir as mudanças de comportamento das pessoas nos ultimos tempos.como contribuiçao, cito meu caso e de muitos outros q tem pais bastante idosos sob sua responsabilidade,dependentes financeiramente.o que temos q discutir,a meu ver,eh BB.Previ.governo, q nos roubaram acintosamente e de todas as maneiras.plantamos bem,mas colocaram pragas em nossa plantaçao.......

Anônimo disse...

O correto seria tirar o controle do dinheiro (ativo) do plano 1 da previ da seguinte forma !
A previ abrir uma conta poupança para cada um dos aposentados e pegar todo ativo e fazer a distribuição proporcional a que cabe cada um. Liquidariamos de vez o plano 1 e cada um administre seu dinheiro.
V A M O S P E N S A R N E S T A I D É I A
25/08/15 09:28

- Correto. Como o atual capitalismo bursatil é uma espécie do gênero conspiração sobra apenas essa alternativa aos associados do Previ. Antes tarde do que nunca...

PS. Prevaleceu o bom senso: o comentário pequeno ao comentário de 09:28 (25/08/15) foi removido.

Anônimo disse...

Bom dia!
No blog Olhar de Coruja de Leopoldina Correa de ontem, tem uma matéria sobre Ação 30% Consignado onde ANAPLAB conseguiu o deferimento da Tutela.Poderia confirmar?

Fernando disse...

Prof Ari, se náo ganharmos nada, se não mexerem do empréstimos simples, na suspensão das contribuições da PREVI para quem pagou 360 contribuições, o negócio é lutarmos para ESTANCAR a sangria das aposentadorias milionárias, SEM TETO, pelo menos isso. Quanto a CASSI, vejo que o BB é que tem o poder de de tirar do corredor da morte ou calar-se. Está com o R$ na mão, e barganha maior que essa não há. Conseguirá seu intento, pela agonia financeira da CASSI. Infelizmente

Anônimo disse...

Parabéns aos colegas da ação 30% que conseguiram a tutela a Anaplab e a Dra.Vania.No sntido inverso em outra ação a Juiza não apenas julgou improcedente como criticou os endividados e determinou que sejam negativados no SPC/Serasa.O tal Juiz surtou!

Anônimo disse...

A Anaplab tem sido uma associação bem atuante e ninguém fica se promovendo.A carta a CPI dos fundos de pensão é uma prova.

Jeanne disse...

Eu li no blog da Leopoldina e o juiz deixou claro que ja esta pacificado no stj e no stf o limite de desconto de 30% do salario. Aos que tiveram a sentenca desfavoravel no 1 grau fiquem tranqüilos que certamente ela sera reformada. Jeanne.

João Rossi Neto disse...

Caro Ari e colegas,

Ah, o Brasil realmente não é um país sério! Só aqui mesmo para existir essa vergonhosa inversão de papéis, onde o INVESTIGADOR, titular da PGR, é sabatinado pelos INVESTIGADOS para aprovarem ou não a sua recondução ao cargo.

Hoje o Procurador Rodrigo Janot está sentado frente a frente com os 15 Senadores envolvidos na Lava Jato e denunciados por ele, sendo que o Collor foi o primeiro a chegar para inquiri-lo.

Esses cidadãos deveriam ter a noção plena do ridículo, da desfaçatez e um pouco de dignidade para se considerarem impedidos para essa missão, por razões óbvias.

O próprio Senado deveria ter alguma norma proibitiva para regular procedimento atípico dessa natureza. Um descalabro desse não poderia prosperar, onde os virtuais Senadores-réus, momentaneamente, se transformam em Juízes vingativos e retaliadores, sem levar em conta que o Procurador-Geral faz um trabalho sério, imparcial e republicano para o bem da Democracia,do Estado de Direito e, enfim, da sociedade.
Os delinquentes que cometeram os atos ilícitos, sejam fortes ou fracos, que façam as suas defesas no processo legal, porque a lei deve ser aplicada para todos, indistintamente. E os que forem culpados que sejam punidos.

Rosalina de Souza disse...

Prezados Colegas do Blog,

Segundo informações do próprio Marcel J.Barros, a suspensão das parcelas do ES, como ocorreu em 2014, não foi boa para os tomadores do ES, que os endividou ainda mais.

Segundo informações dele em uma troca de mensagem, ele afirma que os Estudos que estão sendo produzidos pela Diseg é para equacionar o problema das demais consignações e ver como a Previ pode não prejudicar as entidades conveniadas e os aposentados e pensionistas.

No mais não temos nenhuma novidade, o fato é que a Previ sabe que as ações 30% consignado veio para ficar, para cumprir a lei, que sempre foi objeto de barganha entre os Diretores e as entidades com acordo disfarçado de beneficio para nós os participantes.

Eles criaram esta situação, que agora invoca a nossa responsabilidade dizendo que a Previ apenas repassa as verbas, e que não tem culpa, já que o contrato é firmado entre ambos.

A Previ não autoriza débitos na folha, apenas as operacionaliza. Quem autoriza são os próprios Associados que obtém empréstimos e financiamentos em entidades conveniadas.

Que esta mesma Previ já desconta seu ES, com margem de 30%, e libera o resto para quem bem entender, sem verificar como a sua família vai continuar vivos comprometendo tudo que ganha com pagamento de empréstimos.

Segundo ele os ESTUDOS É PARA VERIFICAR COMO A PREVI PODE REVER ESSES CONVÊNIOS SEM PREJUDICAR AS ENTIDADES E DE MODO A NÃO MAIS ENDIVIDAR OS APOSENTADOS E PENSIONISTAS DA PREVI.

Pode ser que em breve teremos SIM alguma mudança, mas ela é fruto da nossa mobilização, principalmente das AÇÕES 30% CONSIGNADO.

A Previ esta sendo obrigada a rever a questão das consignações em folha, mais cedo ou mais tarde algum juiz vai obrigar como norma a limitar apenas os 30% que já é lei,mas que a Previ diz estar acima desta lei, por ser um fundo de pensão.

Atenciosamente

Rosalina de Souza
Pensionista
Matricula 18.161.320-4

Anônimo disse...

Mereceu a resposta dada, o Senador Collor, "pau que dá em Chico dá em Francisco". É tão mau educado que insiste em chamar o procurador de Jánó. Embora este se esquive de respostas como a investigação da dona presidente.

Anônimo disse...

Mestre Ari

E agora, caiu também a Súmula do CDC. O STJ revogou!!!
O que será de nós?

Anônimo disse...

Vejam esta:
Mesmo após tantas denúncias da "Lava Jato" e etc., senadora Gleisi
continua aprontando...


Caiado consegue adiar votação de MP 675 após denunciar matéria estranha da Celg no texto

O líder do Democratas no Senado Federal, Ronaldo Caiado (GO), conseguiu adiar a votação da MP 675 em comissão mista, nesta terça-feira (25/08), após atentar para um artigo referente à venda da Celg, matéria completamente estranha ao conteúdo da medida provisória.

O senador protestou em relação ao Artigo 13, que versa sobre repactuar dívidas em moeda estrangeira de empresas incluídas no Programa Nacional de Desestatização (PND). A medida indexaria a dívida da Celg com a Itaipu, que é em dólar, ao valor da moeda em janeiro desse ano.

“Estão aceitando perder dinheiro para vender a maior empresa pública do Centro-Oeste. No meio de uma grave crise nacional, querem enfiar um corpo estranho na MP 675 para preparar a Celg para ir à leilão. O que estão querendo esconder?”, indagou Caiado.

Ele apresentou questão de ordem apontando que o tema não tem nenhum tipo de relação com o conteúdo da MP. A emenda teria sido incluída pela relatora Gleisi Hoffmann (PT-PR), supostamente a pedido do governo federal e do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB-GO), interessados na venda da empresa.

“Estou pedindo a retirada desse texto na MP 675. O governo de Goiás quis enfiar seu ‘jabuti’ na MP sem que ninguém notasse. Querem embalsamar o corpo da empresa para a privatização após venderem a maior empresa de Goiás a preço de banana para o governo federal”, acusou.

Com uma série de requerimentos de obstrução, a sessão se alongou até o início da ordem do dia na Câmara e no Senado, o que obrigou o presidente, deputado Domingo Sávio (PSDB-MG), a encerrar a reunião. O assunto deve voltar a ser discutido somente na próxima semana.

https://www.facebook.com/ronaldocaiado25?fref=ts

O governo de Goiás e o governo federal tentaram enfiar um "corpo estranho" na MP 675 que discutia tributação bancária. Tentaram embalsamar o corpo da Celg para a privatização ao incluir um artigo que indexaria a dívida da empresa com Itaipu, que é em dólar, ao valor da moeda de janeiro desse ano. Ou seja, querem perder dinheiro para vender a maior empresa pública do Centro-Oeste. Por quê? Para terminar de esconder que quebraram a empresa para depois vendê-la a preço de banana para a Eletrobras? Conseguimos obstruir a sessão até cair e vamos continuar na próxima semana até que se retire esse artigo que nada tem a ver com a matéria e que pode ser do interesse do governador, mas com certeza não é do interesse de Goiás.

Anônimo disse...


Está acontecendo esta votação para premiar os melhores do Congresso Nacional,Deputados e Senadores.
Mas vejam só a surpresa que tive ao ver qual é um dos patrocinadores...tchan.. tchan..tchan tchan

a nossa mais eficiente e batalhadora associação ANABB

http://www.premiocongressoemfoco.com.br/

Anônimo disse...

Professor Ari,

E agora? é verdade o que andam comentando sobre o CDC no STF nos nossos processos?? perdemos nossos direitos? como fica isso? quem paga essa conta? nós aposentados?

Ari Zanella disse...

Não tomei conhecimento sobre CDC no STJ. Vou pedir ajuda aos universitários.

Anônimo disse...

Collorido subiu no telhado

João Lopes Rodrigues disse...

Anônimo das 18:26

É lamentável a participação dessa "senhora" nesse "negócio". Por outro lado, não nos estranha. Dessa "mata", pode-se esperar de tudo; menos defesa nossa! Pena!

Era isso!

Anônimo disse...

Professor Ari,

Papão ki nada! Fluzão 2 a 1

É nóis

Rumo a Tóquio

Papão só papa na B e C - Quando pega time grande dá nisso

Anônimo disse...


Pagar associação para gastar grana desse jeito é FO...

Vou desassociar

Deu

Tô fora!

Anônimo disse...

Para conhecimento dos seguidores do blog, posto, a seguir, mensagem por mim dirigida à PREVI onde sugiro uma renegociação do saldo devedor do Empréstimo Simples que, se aceita, viria beneficiar todos os aposentados e pensionistas, principalmente os que estão impedidos de renovação, em razão de insuficiência de margem consignável:

Data: 19/08/2015 13:53:37
Assunto: Empréstimo Simples
Tipo: Sugestão

Mensagem:
ÿ Especial Atenção do Presidente da PREVI, Sr. Geitiro Matsuo Genso
Levado pelo desespero que angustia milhares de associados desse Fundo de Pensão, dentre os quais eu me incluo, com os benefÿcios aviltados e tendo que conviver com uma inflação já próxima dos dois dÿgitos, mais uma vez volto ÿ presença de V. S.ª, a fim de apresentar sugestão que, se aceita, virá minorar a desesperadora situação financeira por que passa a maioria dos aposentados e pensionistas, especialmente daqueles que tiveram tolhido o direito de renovar o Empréstimo Simples, em razão de insuficiência de Margem Consignável.
Preocupado com o crescimento do saldo devedor do Empréstimo Simples, em decorrência da atualização monetária feita pelo INPC e da cobrança mensal da taxa de juros de 5% incidente sobre o saldo do empréstimo corrigido, além do FQM (com taxas nominais que variam de 0,6%a.a a 4,0%a.a.) e consequente recálculo da prestação mensal que ocorre no mês de aniversário do contrato, peço vênia para sugerir que V. S.ª determine ÿ Diretoria de Seguridade desenvolver estudo visando o reescalonamento do saldo devedor em até 150 prestações fixas, a exemplo da linha de crédito CDC do Banco do Brasil, prazo de carência de 06 (seis) meses, mantidos os encargos pactuados.
Já que, a meu ver, nenhuma solução a curto prazo será dada para uma possÿvel renovação do Empréstimo Simples por aqueles que se encontram impedidos de fazê-lo, espero que a sugestão ora apresentada venha a ser aprovada pela Diretoria Executiva da PREVI, como medida alternativa, o que viria diminuir consideravelmente a consignação mensal além de conceder aos mutuários oportunidade de solucionar débitos pendentes com outras instituições financeiras e agiotas, minorando, assim, as condições financeiras de milhares de aposentados e pensionistas, além de permiti-lhes recuperar a credibilidade junto aos credores e entidades de proteção ao crédito.
Atenciosamente,
Filomeno José Linard Costa - Aposentado Matr. 3288840-6

Matrÿcula: 3288840
Nome: FILOMENO JOSE LINARD COSTA
DDD-TEL: 88 Telefone: 35234202
E-mail: filoedenna@oi.com.br
________________________

Blog do Ed disse...

Estimado Mestre Ari
Sei não! Mas, lá naqueles idos muito longínquos de minhas atividades, acho que as associações dos funcionários, e até o próprio Banco do Brasil, tinham um setor de assistência aos funcionários laborais e pós laborais, inclusive pensionistas, com problemas, inclusive financeiros. Claro, resolver tais problemas exige muito sacrifício do infortunado, muita vontade de libertar-se, muita clarividência de diagnóstico. Não seria o caso de dar eco a esse clamor por salvação aí acima. Mas, um trabalho clarividente de apoio e de AUTOCONSTRUÇÃO! A VIDA É CONQUISTA RESPONSÁVEL!
Edgardo Amorim Rego

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.

Prezado Professor Ari, farei modesto depósito, para a Lena, mas que situação de desassistência é essa, de viúva de funcionário do BB, sem Inss e sem Cassi? Não duvido da colega. Seria colocar-lhe mais um fardo.

Grato por tudo PAZ E BEM!

"Deus, meu Deus, ouve esta pobre viúva. Tu és Deus dos humildes, o socorro dos oprimidos, o protetor dos fracos, o abrigo dos abandonados, o salvador dos desesperados."
Judite 9,4.11

Anônimo disse...

Concordo com a sugestão apresentada pelo Filomeno José Linard Costa as 06:37 hs só que não pode ser mantido os encargos pactuados ou seja o INPC uma vez que este tipo de correção é pos-fixado e no CDC do BB é prefixado, fora isso é a solução, o saldo devedor não esta diminuindo mesmo com o pagamento das parcelas. Com esse prazo de 150 parcelas fixas com o tempo as prestações vão diminuindo devido ao aumento salarial anual. Até agora essa é a unica proposta que resolveria os problemas dos tomadores do ES. E outra coisa o ES está ruim até para os que podem renovar, não é só para os que não podem.

Anônimo disse...

Professor Ari,

Minha situação é igual a de muitos colegas, mas não chega a ser igual da Sra. Maria Helena. Professor desculpe perguntar se confirma a história relatada. Caso positivo depositarei 10 reais...

Anônimo disse...

Referente ao limite de 30% para desconto de empréstimos questionei a Previ por 3 vezes, mas eles respondem que não seguem a lei 10820/03 porque ela se refere aos empregados/CLT. Ocorre que o art.6º da mesma lei impõe ao INSS o mesmo limite.De acordo com a Previ os fundos de pensão não estão enquadrados em nenhuma lei mas não é o que o Judiciário tem entendido pois tem aplicado a mesma lei nas ações contra a Previ.Não seria melhor para a própria Previ resolver essa questão até para não ter os gastos judiciais?

Anônimo disse...

26/08/2015 - 16:31
AUDIÊNCIA PÚBLICA
Sorteio de expositores para debate sobre previdência complementar acontece nesta quinta (27)

O ministro Paulo de Tarso Sanseverino, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), comandará nesta quinta-feira (27), a partir das 14h, o sorteio da ordem de apresentação dos expositores que vão participar da audiência pública sobre o cálculo da renda mensal inicial dos benefícios dos planos de previdência complementar.

O sorteio acontecerá no gabinete do ministro, no quinto andar do Edifício Ministros II, na sede do STJ, em Brasília. A audiência pública será realizada na próxima segunda-feira (31), a partir das 9h, na sala de julgamentos da Segunda Seção.

A audiência pública tem o objetivo de subsidiar os ministros da Segunda Seção do tribunal com informações técnicas, econômicas e sociais para o julgamento do recurso repetitivo que vai definir qual regulamento deve ser aplicado ao participante de plano de previdência privada para fins de cálculo da renda mensal inicial do benefício complementar. Sanseverino é o relator do recurso.

Em razão do grande número de entidades inscritas (25), será concedido a cada uma o prazo de 15 minutos, tempo que deverá ser dividido se houver mais de um representante. Os expositores que desejem utilizar audiovisuais deverão enviar os arquivos da apresentação por e-mail até as 10h de sexta-feira (28).

Anônimo disse...

Prezados colegas aposentados e pensionistas:

mesmo sendo anônimo, afirmo: de hoje em diante não vou ler mais blog nenhum que tenha relação com Previ, Cassi etc, pois as notícias só servem para desanimar. Sou covarde? Não! É que os meus nervos não aguentam e, em sendo assim, estou fazendo um favor a mim mesmo, pois favores não recebo de ninguém.

Anônimo disse...


Ilustre Prof.

Infelizmente a desgraça bateu na porta de muitos assistidos da Previ,inclusive na minha. Nós aposentados da casta miserável (Pós 97) estamos comendo o pão que o diabo amassou. E as pensionistas também. E as coisas devem piorar mais. Hoje circulou notícia que o Governo já ensaia a volta da CPMF. Devem esperar o desfecho do Presidente da Câmara. No Senado a redução da maioridade como está não vai passar. Da Previ não da para esperar mais nada. Inviabilizaram o ES. Muita gente relata verdadeira situação de penúria.

Anônimo disse...

Caro colega Filomeno, agradeço sua iniciativa e sugestão apresentada à Previ, por me encontrar na mesma situação de aflição financeira que você expõe, aguardo que a direção da Previ aprove sua sugestão.

Anônimo disse...

A Previ deveria ter um olhar de compaixão para com os associados da Previ, e implantar alguma medida de socorro, como suspender ate o final do ano as parcelas do ES, ou dilatar o prazo do ES para 180 meses, ou liberar o ES 13 agora, entendo que com os salários milionários que eles recebem, fica difícil imaginar que idosos estão passando à pão com manteiga literalmente para não morrerem de fome, é desumano não se importarem com esse universo de pessoas sob seus comandos, vivendo na penúria.

Anônimo disse...

Avise a Maria Helena que solicitou ajuda de R$ 10,00 que a agencia esta com o prefixo errado, fiz a transferencia procurando o digito correto da agencia que é 0127-9 conta 37.362-1 conforme abaixo:
SISBB - Sistema de Informações Banco do Brasil - 27/08/2015 - Autoatendimento BB - 12:34:51
Agência: 1885-6
Debitado Creditado


Agência:1885-6
Conta:

Agência:127-9
Conta:37362-1
Nome:MARIA HELENA G LEAL

Data: Nesta data Valor: 10,00

Anônimo disse...

Anônimo Anônimo disse...
A ação 30% aqui no Rio não anda!! Paguei a advogada, e até agora nada. Alo Doutora Vânia! já vai para 2 anos que entrei com essa ação e nada?? Não adianta telefonar e nem passar emails que a senhora não atende. Gastei o que não tinha, me endividei mais ainda e agora?
Acorda!! Quero os meus direitos.

NÃO AQUENTO MAIS COLEGAS!! É MUITO TRISTE O QUE ESTOU VIVENDO. AS DIVIDAS COM O BB, COOPERFORTE, PREVI, E AGIOTAS. EU VIVO COM O SALÁRIO QUE A PREVI ME PAGA. NÃO TENHO INSS E NO DIA 20 NADA SOBRA. ESTOU COMENDO O PÃO QUE O DIABO AMASSOU. FOI POR DEUS QUE NÃO PERDI MEU FILHO HÁ 30 DIAS ATRÁS. ELE TEVE A APÊNDICE ESTOURADA E NÃO TENHO CONDIÇÃO DE PAGAR UM PLANO DE SAÚDE PARA MEU FILHO E POR POUCO ELE NÃO MORREU. TIVE QUE INTERNA-LO EM UM HOSPITAL PUBLICO, MAS DEU TUDO CERTO COM A GRAÇA DE DEUS. MAS COMO FICA AS NECESSIDADES BÁSICAS?? A LUZ?, A ÁGUA? O GÁS?, A ESCOLA?, ETC... O ESTOMAGO NÃO ESPERA, COMO DIZ A ROSALINA. SE ALGUÉM PUDER ME AJUDAR COM QUALQUER QUANTIA EU FICAREI MUITO GRATA. NADA TENHO SEU ARI, E PEÇO EM NOME DE DEUS QUE ME AJUDEM. 10 REAIS DE CADA UM IRAM FAZER A DIFERENÇA E MATAR A MINHA FOME E DE MEU FILHO DE 13 ANOS.TENHO PROBLEMAS NO CORAÇÃO E ME FALTAM OS REMÉDIOS. ME AJUDEM!!!

AG: 0127-9 CC:37.362-1

Maria Helena.. Obrigada. 17055020-6

Anônimo disse...

Emérito Professor ZANELLA:


Por favor avise a Sra. MARIA HELENA, que em 20/SETEMBRO/2015, transferirei R$ 15,00, pois o dinheiro terminou no dia que entrou e voltei ao FAMOSO FIADO DE CADERNETA. Tenho IMENSA PENA daqueles que INVOCAM a PREVI para MINORAR SEUS SOFRIMENTOS, a PALAVRA PIEDADE lhes é COMPLETAMENTE ESTRANHA!

Anônimo disse...

Professor Ari,

A situação não está nada boa, nem o dinheiro para o debito do emprestimo da cooperforrte, no dia 20, tem aposentado que não está podendo mais deixar. Tá sacando tudo! Entrou em inadimplência até com a cooperforte.

Que coisa!

Anônimo disse...

Queridos colegas, das 10:51, das 12:38 e o Sr. Fernando Lamas.

Eu jamais entraria aqui se não fosse esse meu estado de penúria na qual me encontro. Não mentiria para receber ajuda. Já deve ter um ano ou quasse isso, que postei comentário semelhante ( PÃO COM OVO) Ontem, na madrugada, resolvi escrever o comentário acima. Sinto muita vergonha de dizer tudo isso, mas não tenho outro jeito. As coisa para mim não andavam bem. E com a retirada do BET ficou pior. Além disso, descobri que sou portadora de cardiopatia grave. Tenho a Cassi sim, na qual me trato. Eu não tenho é INSS. Mas para que eu vá ao médico preciso do dinheiro da passagem e não tenho. Como entrei com a ação dos 30% TODOS fecharam as portas. Não tenho margem para mais empréstimos e nem posso por causa da ação.

Estou até a essa hora sem comer nada! Sinto fome! Fazer o quê? Só me resta pedir e orar. Já estou assim faz tempo, e as vezes a fome passa, mas volta. Emagreci 13 quilos e fiquei com anemia por falta de nutrientes para o organismo. Os médicos pedem que eu coma carne, peixe, legumes e verduras mas de que jeito? E assim fiquei com anêmica. Preciso dos remédios para o coração, pressão alta, anemia, mas depressão. Podem procurar o post onde pedi ajuda.

Sei, entendo que estamos numa canoa furada e sem rumo, mas o meu estomago dói e muito! Daqui a pouco estarei com úlcera também.

Até o momento depositaram 130 reais. Agradeço do fundo do meu coração!

Pouco com Deus é muito. Me ajudem em nome de Deus.
AG: 0127-9 CC:37.362-1

Maria Helena Gonçalves Leal. 17055020-6. Sr. Ari, Deus lhe pague.

Anônimo disse...

Pessoal do Rio de Janeiro,

A agência da Dona Maria Helena, salvo engano, é em Campo Grande RJ. Alguma associação, grupo de amigos, igreja, por favor...

Anônimo disse...

'



COLEGAS, NO MOMENTO NÃO PODEMOS SER SÓ COIRMÃOS ,TEMOS DE SER CRISTÃOS


MESTRE, estou preocupado, como você e o Mestre ED e ,sei, muitos que
não podem ajudar , além daqueles que sofrem calados. O caso é o segui-
te : avolumaram-se impressionantemente os relatos de dificuldades fi-
nanceiras ao Blog , que, sabemos, não tem condições de atender,embora
o seu titular tenha coração de chagasico Acho quem dá uma ideia de-
ve dar a solução, que é seguinte ; Mestre Ari faria um convite para a-
queles que quiserem fazer um fundo para resolver pequenos problemas de
pensionistas, cuja contribuição seria mensal, debitada em conta, em
valores que seriam a partir de R$10,00 e maximo de r$50,00. Trimestral
mente, fariamos uma distribuição entre os contribuintes que foram sor-
teados ( 33% do total do vlr arrecadado).Poderia até premiar mais quem
aplicar mais de c$30,00 e um percentual a ser estudado acudiria os ca-
sos viáveis. Caso minha modesta sugestão seja aceita contribuirei com
R$20.00,cuja autorização está firmada a ser debitada na conta corrente
cujo numero a ANAPLAB detém.Mestre Ari e Gilvan podem melhorar esta pro
posta,com certeza. Divany Slveira -Sete Lagoas-mg







Anônimo disse...

ECONOMIA BURSATIL

HJ A BOLSA DISPAROU 3,64 PC CHEGOU AOS 47.700 PTS

LOGO EM BREVE VOLTA O SUPERAVITE.

E O PETROLEO SALTOU MAIS DE 10 PC HJ

SO NOTICIA BOA, KI BELEZA.

Anônimo disse...

RATIFICAÇÃO.

Sr Ari, e demais colegas. Venho através desse comentário pedir desculpas a Doutora Vânia sobre o comentário feito por mim ás 13:23. Quando disse que o processo não anda etc...
Não foi minha intenção denegrir a imagem da mesma. Ela entrou em contato e me esclareceu sobre o andamento do mesmo.
Peço desculpas.

Maria Helena Gonçalves Leal. 17055020-6.

Obrigada.

Anônimo disse...

Acredito que uma boa saída para os endividados seria a agilização e acompanhamento da ação 30% consignados. Inclusive com uma cobrança simbólica de honorários de quem obtivesse a tutela antecipada, algo em torno de 10% do valor reduzido na fopag, durante 6 ou 8 meses, desde que a sentença fosse breve. Uma sentença desse tipo não pode demorar muito. Somos maiores de 60 anos e beneficiados com o estatuto do idoso. É uma ação com muitas jurisprudências nos tribunais e no STJ, e muitos serão beneficiados. Essa limitação de 30% atinge os CDCs e os débitos na conta corrente. Necessita apenas de aumentar a quantidade de advogados. As jurisprudências são sempre favoráveis aos que estão com consignações acima de 30%.

ANTONIA disse...

Maria Helena,
Tenha fé, que ela não costuma falhar. As coisas vão melhorar.
Com certeza, os colegas, também como eu, vão te ajudar.
Um abraço,
Antonia.

Anônimo disse...

Alguém copia e cola as mensagens para a CPI dos fundos de pensão. Enquanto isso se bonificam por produzirem esse caos.

Assisti o documentário do L. King sobre reivindicar sem violência, mas tem hora q vou te dizer uma coisa...

E chega perto de eleição ainda tem a pachorra de mandar e-mail...


Tá de brincadeira

Anônimo disse...

Obrigada Antonia, e demais colegas. Até o momento 150 reais. Graças a Deus consegui jantar algo. Deus abençoe e multiplique com saúde.
Bjs Helena.

17055020-6.

Anônimo disse...

A DONA
HELENA NÃO É SÓCIA DA APPREVI?

LEMBRO DO MUITO QUE ELA CONTRIBUIU COM ESSA ASSOCIAÇÃO; INDO PARA BANCOS FAZENDO CAMPANHAS. ACHO QUE ESTÁ NA HORA DA RECOMPENSA. UMA BOA RECOMPENSA. O MUNDO DA MUITAS VOLTAS!!!!

Maria José.

Anônimo disse...

Professor Ari,

Sabe dizer se na Papuda tem ala feminina? Tadinha da loirinha com aquele nariguim e aquele sotaque vestida de metralha

ô pena

Anônimo disse...

Acho lamentável que frequentemente alguém tire o foco do blog prejudicando os demais.

Anônimo disse...

13:03

Não sou proprietário do blog, mas concordo com sua colocação.
Penso que os comentários deveriam versar sempre sobre o artigo em questão e, eventualmente, algum assunto a ele correlato.
Smj.