BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

CONTO DO ENGRAXATE

             Terça pela manhã dirijo-me a pé do Rio Othon Hotel ao Sofitel Convenções num trajeto aproximado de mil metros, quando em determinada passagem fui alertado por um jovem de que meu sapato estava sujo com um creme amarelado, tipo mostarda. De imediato constatei a veracidade ao que o mancebo gentilmente aproximou-se, prontificando a auxiliar-me. Deitou sua pequena caixa no calçadão equipada com escovas, pasta de engraxar, e até um frasco com água de cheiro. Seu discurso era de que a sujeira provinha de dejetos humanos mas que não me preocupasse pois com sua água cheirosa eu não iria exalar mau cheiro algum. Curioso é que a imundície grudou somente no couro de sapato, a sola estava limpa, o que significa dizer que não pisei em nada estranho. Também não sei explicar como aquilo foi parar ali já que não percebi nenhuma aproximação. Deve ter sido a esperteza carioca ou a minha baixa percepção tendo em conta minha visão monocular.
           Encerrado os trabalhos de limpeza, perguntei-lhe o valor a pagar: São 30 reais. Paguei-lhe e agradeci como alguém que de fato sentiu-se ajudado. No restante do caminho me senti um perfeito otário, refletindo quão fácil foi ter sido ludibriado. E olhava a cada instante ao redor e para os pés.
     

46 comentários:

Blog do Ed disse...

Estimado Mestre Ari
Já dizia Maquiavel: o Mundo é dos espertos!... E, por estas bandas, o Mundo está cheio deles...
Edgardo Amorim Rego

Unknown disse...

Ari,
Permita-me responder ao Fernando Lamas com toda educação.

Caro Fernando Lamas,
Em 1976 fiz concurso para o BB e para engenharia em universidade federal. Passar para o BB era até mais difícil do que vestibular para federal. Exigia conhecimento. E em cima desse conhecimento é que cresceu o BB. Do BB saíram grandes cabeças pensantes desse país. Contudo agora vejo essas pessoas, que foram aprovadas em concurso de grande magnitude e parecem que perderam toda a sua destreza. Foi essa a razão do meu desabafo, pelo que peço desculpas se ofendi alguém.
Mas de repente alguém precisa gritar. Vi em um blog que para encontro da Cassi a pessoa convidou 2 mil aposentados via e-mail; só compareceram 4. Cade esse povo que só sabe reclamar sentado? O Ari e o Medeiros são 2 abnegados. Jesus, o Filho de Deus, sentiu isso na pele. Na hora de repartir o pão e peixes tinham muitos, na hora do calvário ninguém.
Vocês Ari e Lamas querem saber. O BB vai dar um jeito de fazer consulta ao corpo social sobre a Cassi e vai dar BB na cabeça. Vocês esperam algo diferente? Claro que não esperamos que isso aconteça, vamos lutar, não vamos entregar de graça, mas tá difícil, tá muito difícil. A postagem do Medeiros atual mostra o seu desalento.
Com relação a conta salario também fui professor como o Ari, a universidade pagava em banco particular que repassava tudinho para o BB automaticamente. Ninguém falou em convênio não. Sempre achei que a portabilidade era para atender o correntista que envia seu dinheiro para onde entender. Acho que a Previ só paga no BB, mas a lei da portabilidade me permite direcionar meus recursos.
Ari, gostaria de sugerir que a Anaplac tivesse assistência jurídica remota mediante o pagamento de um valor mensal, tipo R$ 10 ou R$ 20. Só para orientação, sem processo. Vejo nosso pessoal muito carente de assistência jurídica. Se o advogado da Anaplac ligasse para o gerente do BB o tratamento seria outro, de acordo com a lei. Pense sobre isso. Obrigado.
Tenham todos um bom dia.
Celio

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.

A CONTA-GOTAS
Caro Professor Ari, somente, hoje, recebi três correios, oferecendo planos de saúde. Coincidência?
Professor, para conhecer a Cidade Maravilhosa, até gostaria de cair no conto do engraxate, do taxista, do feirante, ...
Por fim, expresso, aqui, o meu melhor apreço, especial, pelo estimado colega Célio, meu irmão no Senhor.

Grato por tudo e PAZ E BEM!

"Senhor, tu me guias, com teu conselho e com glória me conduzes."
Salmo 73(72),24

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

“No restante do caminho me senti um perfeito otário, refletindo quão fácil foi ter sido ludibriado”. O sentimento que Você teve, retratado na frase acima repetida, é o mesmo que eu e muitos colegas temos hoje. Olha que essa sensação de ter sido tungado já vem desde set/08, quando foi editada a malfadada resolução 26 do então CGPC.

divany silveira disse...




""FAÇA O QUE EU FALO , MAS NÃO FAÇA O QUE EU FALO ""


Mestre, é um prazer ver que o amigo está no seu habitat de novo .
Mestre, antes de entrar no rotulo do assunto, como diria meu profes-
sor de história, preciso agradecê-lo pela censura que aplicou à mi-
nha postagem anterior, por achar que ela estava agressiva. No momen-
to achei que o Mestre estava excessivamente cuidadoso, mas,por res -
peito e admiração, não quis prolongar o assunto.E o destino mostrou
que o amigo estava certo, como se depreendeu da presepada do Dr. Pau-
lo que o denunciou, conforme você levou ao nosso conhecimento.Mestre
Ari, você é mineiro? Eu sempre achei que você fosse sulino, com an-
cestrais italianos, porque esta história de cair no conto do malan-
dro carioca e paulista é coisa de mineiro do Triangulo Mineiro na
metade do século passado. Mas de servir de consolo pode anotar o se-
guinte : só cai quem tem boa índole !!!Saúde, Mestre !DivanySilveira.


i

divany silveira disse...




""FAÇA O QUE EU FALO , MAS NÃO FAÇA O QUE EU FALO ""


Mestre, é um prazer ver que o amigo está no seu habitat de novo .
Mestre, antes de entrar no rotulo do assunto, como diria meu profes-
sor de história, preciso agradecê-lo pela censura que aplicou à mi-
nha postagem anterior, por achar que ela estava agressiva. No momen-
to achei que o Mestre estava excessivamente cuidadoso, mas,por res -
peito e admiração, não quis prolongar o assunto.E o destino mostrou
que o amigo estava certo, como se depreendeu da presepada do Dr. Pau-
lo que o denunciou, conforme você levou ao nosso conhecimento.Mestre
Ari, você é mineiro? Eu sempre achei que você fosse sulino, com an-
cestrais italianos, porque esta história de cair no conto do malan-
dro carioca e paulista é coisa de mineiro do Triangulo Mineiro na
metade do século passado. Mas de servir de consolo pode anotar o se-
guinte : só cai quem tem boa índole !!!Saúde, Mestre !DivanySilveira.


i

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.

CORAGEM!
Prezado Professor Ari, gostaria de passar um depoimento positivo, mas, infelizmente, fracassou a minha boa expectativa, de receber o primeiro crédito do Benefício Previ, via conta-registro(Res. 3402, CMN).
Desde meados de julho, mantive entendimentos, com a Previ e, no BB, parece-me que está tudo em ordem, com a conta validada e cadastrada no CRS, conforme exige tal modalidade. Mas fracassou!
Já escrevi, para a Previ e aguardo a resposta.
Interessante que a própria Previ mencionou, não, necessariamente, recomendou, o direito à abertura dessa modalidade de conta, no seu correio eletrônico que recebi, via Gepag. Assim, como o tempo é curto, espero que entraves sejam superados/sanados, rapidamente, para que não paire a impressão de que a conta-registro que AMPARA E PROTEGE os proventos, seja indigesta, em alguma instância.
Assim que souber mais, comentarei.

Grato por tudo e PAZ E BEM!

"Portanto, não percam, agora, a coragem, para a qual, está reservada uma grande recompensa."
Hebreus 10,35

lourival josé do carmo Rezende disse...

Ao colega Fernando Lamas,

Sendo o amigo expert em conta salário queria que me tirasse uma dúvida:Ontem fui ao BB abrir a conta salário e fui informado que somente poderia ativar referida conta se fizesse acordo com os débitos em CDCs.Conforme esclarecimentos de um colega no blog,denunciei no BACEN os desmandos do BB e fui novamente à agência com cópia da denúncia e imediatamente prontificaram a abertura da conta salário. A conta que constava no cabeçalho do holerite da PREVI foi desativada por não movimentá-la no prazo de 6 meses.O atendente disse que o mais fácil seria reativar minha conta de matrícula, a famosa em que o Banco aprovisionava os débitos de CDCs. Questionei o funcionário que assim o BB debitaria as parcelas do CDCs, deixando o restante em minha conta.O atendente disse que essa dívida não está mais com o BB e terceirizada com a Empresa ATIVO e que não há problema algum de aparecer débito nessa conta de matrícula.Lí o termo de opção bancária(TOB) e lá consta a seguinte cláusula:ESTOU CIENTE DE QUE:eventuais descontos relativos a parcelas de operações de empréstimo, de financiamento ou de arrendamento mercantil poderão ser debitados na conta de registro, transferindo-se para o banco e agência especificados o valor líquido remanescente, conforme autoriza a Resolução 3.402/2006.Não seria golpe do BB para prejudicar os aposentados com essa história de término das ORPAGs-=scr? O funcionário do Banco disse-me que tanto faz a matrícula como qualquer outro número de conta essa cláusula permanece.Como você disse que hoje sua conta será movimentada,será que seu benefício vai entrar integralmente na conta salário e a mesmo tempo transferido para a outra agência? Grato pela informação.

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.

SOU LEIGO
Prezado Professor e caro colega Lourival, eu li a Resolução 3402 e extraio as minhas conclusões, mas como leigo.
Se a conta foi aberta e você assinou o TOB, está amparada na Resolução 3402, é a conta-registro e não importa o número da conta.
Esse "ciente" mencionado integra o TOB, mas a Resolução traz: "transferências...para outras instituições...admitida a dedução de eventuais descontos com eles(Os beneficiários) contratados, PARA SEREM REALIZADOS NAS CONTAS DE QUE TRATA O ART. 1º(A conta-registro), relativos a ...empréstimos, (etc.)"

Entendo que o que será deduzido, em caso de portabilidade, é o que foi contratado na conta-registro. Ora, como eu, você contratou as suas antigas operações, noutra conta, sem qualquer vínculo com essa conta-registro que, aliás, nasceu , hoje, certo?

Caro colega, é como entendo e espero que a Previ facilite, dentro das normas, claro, o que ela mesmo mencionou, sobre o direito à conta-registro no correio eletrônico que recebi, sobre a extinção do SCR.
Como escrevi, anteriormente, neste agosto falhou e, parece-me que está tudo em ordem, da parte do BB. Escrevi, para a Previ e aguardo a resposta.

Grato por tudo e PAZ E BEM!

"Javé, nosso Deus, esteja conosco, assim como esteve com os nossos antepassados."
1Reis 8,57

Adaí Rosembak disse...

Meu Caro Amigo Ari Zanella,

Essa da sujeira no sapato é antiga.
É um dos "pequenos" golpes aplicados.
Mas o valor de R$30,00 foi exorbitante.
Agora lhe resta rir do episódio.
De resto espero que tenha apreciado a paisagem do Othon até o Sofitel Convenções.
Na atual conjuntura temos de apreciar os bons momentos e rir das adversidades.

Um abração

Adaí Rosembak

Ari Zanella disse...

Com certeza, meu caro Adaí. Hoje quando saí do Rio, da PREVI até o Santos Dumont, o dia estava lindo e mesmo no táxi apreciei demais as belíssimas vistas do aterro do Flamengo. Indescritíveis. Ainda vou ao Rio exclusivamente a passeio (turismo), se Deus quiser.
Forte abraço meu caro.

Anônimo disse...

Posso renegociar a divida com o BB para reativar minha conta e credito de proventos da Previ mesmo tendo entrado com acao 30% consignado? Qual a implicação se a ação vingar? Alguem saberia orientar? Agradeço.

Ari Zanella disse...

20:21

Vale a decisão judicial. Depois dela o BB não vai negociar porque ele tem que respeitar a decisão liminar da justiça. Falei hoje com um diretor do Banco que é Conselheiro Consultivo e ele me garantiu que a disposição do BB é sempre negociar.

WILSON LUIZ disse...

Aparentemente, começa bem a CPI dos fundos de pensão. Já na primeira reunião, convocaram diretores dos conselhos executivo, deliberativo e fiscal da PREVI, FUNCEF, PETROS E POSTALIS. Em seguida, serão chamados representantes das entidades representativas dos associados, AAPBB e a FAABB relativamente aos aposentados do Banco do Brasil.

Começou bem, espero que, no caminho, não se transforme em “cavalo paraguaio”, aquele que nunca chega a lugar algum. A lamentar que o presidente da câmara dos deputados, Eduardo Cunha, tenha se enrolado tão cedo, na operação Lava-Jato, esta CPI só saiu da gaveta porque ele quer destruir este governo.

Anônimo disse...

Prezados colegas, gostaria mesmo de saber por que não podemos mais continuar recebendo por ORPAG e qual a garantia de que não haverá débitos na conta salário?Também aguardo ação 30% , quantos colegas se encontram nesta situação?

Anônimo disse...

No caso de ter o nome no SPC/SERASA, gostaria de saber como fica a situação com o cheque.Posso passar cheque normalmente?
Obrigado, aguardo orientação.

Anônimo disse...

Emérito Professor ZANELLA:


Sinto-me AMIGO DE TODO MUNDO e NÃO ESTOU CRITICANDO NINGUÉM, pois também sou um sofredor, mas acho que já é hora de ABRIR o BLOG CONTA SALÁRIO.

Anônimo disse...

Emérito Professor ZANELLA:


À PRESIDENTE e o PT ESTÃO SE ACHANDO. Depois de um PAVOROSO INFERNO ASTRAL, estão NO MOMENTO, NAVEGANDO EM CÉU DE BRIGADEIRO, com a VISITA de ANGELA MERKEL e a QUEIMA DE ARQUIVO EDUARDO CUNHA. É BOM SE ANTENAREM. Em BRASÍLIA às COISAS MUDAM IGUAL ÀS NUVENS NO CÉU.

Anônimo disse...

APOSENTADOS DA PREVI, NÃO TEMOS DE QUE RECLAMAR, TEMOS O BB INTEGRAÇÃO E AGORA O ES 13, SE MELHORAR ESTRAGA.

Anônimo disse...

Se o engraxate é assim cheio de "manobras", fico imaginando do que são capaz os executivos. Devem consertar relógio no escuro com luvas de boxe

Chora cavaco

Anônimo disse...

Sr. Ari Zanella,

Consultado advogado sobre a situação da CASSI, ou seja a retirada do BB.
O causídico informa que mesmo que uma consulta ao corpo social seja "favorável" ao BB, o contrato de trabalho foi individual, portanto quem não aceitar a exigência do BB em sair do plano, terá direito ao que foi acordado/exigido quando assumiu como funcionário do estabelecimento.
Cada um individualmente tem o direito de aceitar ou não.
Quem NÃO aceitar estará coberto pela justiça.
Se houver alguém que possa aprofundar o tema... e já sei quem é: O Ilustrado Colega EDGARDO.

Tem fundamento a explicação do advogado, Sr. Edgardo, Sr. Ari?

Anônimo disse...

Tenho conta salário. O crédito entra nela e sai para a
conta corrente e o Banco retira tudo que tem direito. Como
fazer para sustar esses procedimentos.

Fernando disse...

Prof Ari, não é por nada que Walt Disney , isso na década 1940 ,criou o personagem "Zé Carioca", o malandro. Acho normal, tanto que o golpe do bilhete premiado é até hoje, um dois mais usados. Agora não podemos ser ludibriados pelos governantes e pelo que nos representam nas nossas associações. Muito bom o seu artigo.

Anônimo disse...

VIDA SOFRIDA DE ENGRAXATE NO RJ

(30,00 x 6 clientes x 30 dias = R$ 5.400,00/mensais)

Se o engraxate engraxar 6 pares por dia, ganha bem mais por mês que muitos funcionários aposentados do BB.

E mais: não paga imposto, não paga plano de saúde, não paga inss, não tem chefe chato, etc., etc...

Só precisa ter boa pontaria ao colocar mostarda nos sapatos dos turistas e demais transeuntes.

Blog do Ed disse...

Estimado colega anônimo das 9:59
O que disse, em meu texto de 19 do corrente, é MAIS do que esse nobre jurista lhe disse: cláusula contratual ou direito social de seguridade social, ambos são IRRENUNCIÁVEIS E INDESTRUTÍVEIS, DE MODO QUE SÓ PODEM SER MODIFICADOS PARA MELHOR! Essa é opinião de um leigo, que gasta seu tempo de velho aposentado (89 anos) estudando, nos livros didáticos de Direito que pode comprar, os direitos previdenciários que a lei lhe confere.
Edgardo Amorim Rego

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.

Prezado Professor Ari, com a sua licença, uma opinião, sobre a situação do colega anterior(11:53h).
Colega, é certeza que você refere-se à conta-registro, amparada, na forma da Resolução 3402, do CMN?
Caso seja "sim" a sua resposta, você assinou o TERMO DE OPÇÃO BANCÁRIA-TOB, na abertura. No TOB, nos ítens "b" e "d", do "ciente", está a sua resposta.
Noutras palavras, você pode, a qualquer tempo, com antecedência de cinco dias do crédito e por escrito, pedir que o BB altere os "Dados para crédito".
Meu caro, pelo seu relato, parece-me que você deve manter a conta-registro, mas de modo que o crédito SEJA MANTIDO NELA e intocado, sem qualquer transferência.

Grato por tudo e PAZ E BEM!

"São, naturalmente, insensatos, todos os homens que ignoram a Deus e que, ATRAVÉS DOS BENS VISÍVEIS, não reconhecem Aquele que existe."
Sabedoria 13,1

Ari Zanella disse...

11:53

O que pode ser feito é abrir conta em outro banco e utilizar a PORTABILIDADE desta conta salário. Desta forma, o valor do salário que cai nela é obrigado ser transferido para a conta aberta em outra instituição.

09:59
Não sou advogado mas penso que depende do tipo de consulta. O caso citado só é possível para uma consulta individual. SMJ

07:29
Até o cadastro do banco onde você tem cheques não for afetado, pode usar cheques normalmente. Porém, se o banco impor a restrição certamente ele vai bloquear novas emissões de cheque para uso.

Jaime Murari disse...

Anonimo: 21/08/15 11:53


Colega o banco não pode transferir o crédito da conta salário para quaisquer outras contas sem a sua autorização por escrito, inclusive conta interna. Isso chama-se apropriação indébita. O salário é verba alimentar, inalienável e impenhorável, exceto para casos de pensão alimentícia.

Você deverá enviar correspondência protocolada ao banco, na pessoa do gerente geral, solicitando o estorno imediatamente das transferências indevidas por afronta ao Código do Consumidor Bancário e a Constituição Federal. A instituição financeira possui outros meios legais de cobrança dos seus créditos.

Caso contrário, solicitar via judicial, inclusive danos morais. Você possui direito de ajuizar ação revisional de todos os contratos referentes aos últimos 10 anos. Fale com um advogado de sua confiança.

João Rossi Neto disse...

Caro Ari e colegas,

DATAFOLHA TENTA ENGANAR O POVO

O jornal Datafolha neste caso da comparação sem pé e sem cabeça, entre duas manifestações sociais tão díspares e diametrais realizadas, uma pelo povo livre, sem cabresto, no dia 16/08/15, a favor do impeachment e contra a corrupção e a outra do PT, CUT e MTST pró-Dilma, age como marqueteiro mercenário e com tendência muito nítida de que tem pacto com o Governo, para tentar defender o indefensável e confundir a opinião dos mais pobres e carentes.

Enquanto as manifestações do dia 16 foram espontâneas e com pessoas de todos os estratos sociais, em defesa da honra, da ética, da legítima democracia, do Estado Democrático de Direito e, sobretudo, contra a corrupção sistêmica e avassaladora, o fraco movimento arquitetado pelo Governo e seus aliados foi mercantilizado e que possivelmente forneceu transporte, faixas e cartazes, lanche e cachê, tudo quiçá bancado com o dinheiro público, isto é, recursos do próprio povo.

Conclusão que se afigura como quase certa, vez que os pardos e pretos, em percentual de 49%, conforme salientou o Datafolha não teriam condições financeiras para arcar com esses gastos.

Efetivamente, fizeram massa de manobra dos pobres coitados que em troca do vil metal, os seguem nessas passeatas como robôs e respondem aquilo que é ensinado e serve aos propósitos dos patrocinadores. Que valor prático tem uma pesquisa com pessoas notoriamente manipuladas, que recitam as palavras colocadas nas suas bocas pelos patrões e que o Datafolha descaradamente expõe como contraponto às manifestações contra a Dilma, informando que foi de 54% o índice de aceitação da Presidente apurado nesse ato pró-Governo.

Outro ponto pesquisado e que não merece crédito algum, dado que foi feito por conveniência, obviamente forçado, é à pergunta se votariam no Lula na próxima eleição para Presidente da República e, evidente que nesse ambiente contaminado por má-fé daria o Lula na cabeça, em prejuízo dos seus opositores. Por que o Datafolha não questionou a forma de participação e se os participantes estavam sendo remunerados?

É lamentável que um veículo de imprensa, que alega ser sério, se preste um desserviço ao País, tentando encobrir esse mar de lama existente em todos os quadrantes, oriundo de uma corrupção inimaginável, de proporções gigantescas e ramificações que só Deus sabe aonde vai e uma desordem econômica, política, financeira e crise de confiança irrecuperáveis, frutos de uma gestão petista (12 anos) desastrada. As alternativas para a Dilma são: Impeachment ou Renúncia, porque suicídio ninguém deseja nem ao seu pior inimigo.

Anônimo disse...

G1 HÁ 1 HORA ATRÁS:
FAZENDA PROPÕE PAGAR O ADIANTAMENTO DO DÉCIMO TERCEIRO EM 2 PARCELAS, SENDO UMA NO INÍCIO DE OUTUBRO(25%) E OUTRA INICIO NOVEMBRO (25%).
TROPA DE "PTralhas". Enquanto não dermos um recadinho para a tal de PREVI, mostrando nossa cara, nada acontecerá!

Edmilson lopes de sousa disse...

No Valor econômico de hoje, o minist.J.Levy,dez que a receita melhor e que o governo vai pagar a metade do 13o.em setembro e restante em outubro.Olhe uma notícia boa.

Anônimo disse...

Sr Ari, eu já tenho os cheques, minha preocupação e se o cheque pode voltar mesmo com saldo na conta.Nao conheço o procedimento.
Obrigado.

Anônimo disse...

Não acredito que o engraxate tenha jogado mostarda? em seu sapato Sr. Ari. O Rio tá cheio de b para todos os lados, e nesse trajeto que o amigo fez na parte da manhã, as madames andam com seus cãezinhos por ali. Se bem que b tanto de cachorro, ou de humano não tem essa cor rsrs. Vai ver era mostarda mesmo. Isso eh sorte rsrs.

HELENO PINTO NOBRE disse...


PARA O ANÔNIMO 21/08/2015 ; HORA ; 11:53 . NÃO CONSEGUES TE IDENTIFICAR COMPANHEIRO ? OU NÃO QUERES ? A DITADURA ACABOU HÁ MAIS DE 30 ANOS .!!!!

SIMPLESMENTE TEM QUE ENCERRAR A CONTA CORRENTE E TER SOMENTE A CONTA SALÁRIO. NO DIA DO PAGAMENTO ;. SACA NO CAIXA ELETRÔNICO COM O CARTÃO DA CONTA SALÁRIO TODO O TEU DINHEIRO . EM QUALQUER AGÊNCIA DO BB .! TE DESLIGA ANÔNIMO.

DE PREFERÊNCIA ABRE CONTA NUMA AGÊNCIA DIFERENTE DA QUE TINHAS A CONTA COM A MATRÍCULA .
O MEU CASO RESOLVEU.
AGORA QUERES MANTER CONTA CORRENTE PARA QUE ?? SE ESTÁS EM LITÍGIO . A CONTA SALÁRIO ELES NÃO PODEM MEXER . MAS SE TIVERES A CONTA CORRENTE LIBERADA PARA MOVIMENTAÇÃO ; ESTÁS FERRADO .
VÃO TE COMER TODO O TEU DINHEIRO .
O CAMINHO É ABRIR CONTA SALARIO NOUTRA AGÊNCIA ATÉ E ENCERRAR DEFINITIVAMENTE A CONTA QUE TINHAS COM A TUA MATRICULA .

OUTRA DICA SEPARA O TEU PAGAMENTO DA PREVI DO PAGAMENTO DO INSS .
PELO MENOS EU APRENDI A LIÇÃO . TEM QUE ENCERRAR A CONTA CORRENTE COM A MATRÍCULA . AQUELA CONTA JÁ ERA .

VOCÊ DECIDE . EU NUNCA FUI ANÔNIMO ; PELO MENOS DESDE QUE NASCI EM 20/04/1951 E PARA O BANCO A PARTIR DE 06/06/1977 E VOU USAR O MEU NOME ATÉ DEPOIS DE MORTO ; POIS NINGUÉM MUDA DE NOME DEPOIS DE MORRER ; E O MEU COM MUITO ORGULHO O TENHO : HELENO PINTO NOBRE . EX-MATRICULA : 3.984.740-3 .

JÁ ERA . FOI ALGO DE BOM EM MINHA VIDA .
DE 04/2014 ACABOU QUANDO ACABARAM COM O BET E COM O AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO DA VELHARADA .!!!!
FILHO DO VELHO : AMÉLIO NOBRE E DA VELHA EDITH PINTO NOBRE ; JÁ FALECIDOS .
CHEGA DE ANONIMATO COLEGA ( ? )

Anônimo disse...

Prezado Dr. e demais amigos do blog. Publico abaixo o mesmo texto que fiz no Blog do Medeiros.
Venho, através deste espaço, solicitar o encaminhamento do mesmo para o Conselho da PREVI antes da reunião de 24 de agosto próximo.
Meu pai, Francisco Carlos Marcondes (matrícula 3378520-1), ingressou no Banco do Brasil em 1964 e aposentou-se em 1992, tendo trabalhado durante todo o período na mesma agência (0306-9), em Guaratinguetá (SP).
Eu e minha irmã somos muito gratos por tudo o que ele fez por nós. Porém, o tempo foi passando e sua saúde piorando. Fez quatro operações para desobstrução das carótidas no Hospital Beneficência Portuguesa/SP e, há cinco anos, encontra-se totalmente acamado devido a dois AVCs. Para maior tristeza, minha mãe, Yara Maria Vaz Marcondes, também passou pelos mesmos problemas, encontrando-se também totalmente acamada há seis anos, vítima de três AVCs. A CASSI amparou os mesmos nos hospitais, mas, mesmo com laudos e relatórios médicos, pagou apenas alguns meses o serviço de enfermagem, tendo negado até hoje por repetidas vezes. Tudo já feito para mudar a situação, mas a mesma não cede.
Em virtude disso, hoje gastamos com três enfermeiras particulares, com os devidos encargos trabalhistas, com medicamentos para infecções recorrentes, fralda geriátrica para ambos, além de todos os gastos obrigatórios que têm uma família. Somente na parte específica de enfermagem e cuidados com a saúde deles especificados acima, o gasto mensal ultrapassa a R$ 5.000,00. Como sou casado, não moro há tempo com eles, mas sou o procurador de ambos e administrador da casa.
O meu problema é o mesmo que muitos: as despesas são maiores que as receitas. Com isso, foi necessário recorrer a empréstimos no Banco do Brasil e ao ES da Previ. Mas está difícil. Mês passado, por exemplo, em que pagamos férias de enfermeira, além de uma outra para cobrir férias, a situação ficou insustentável.
Não somos revoltados com a vida. Pelo contrário. Somos gratos por ainda termos como nos mantermos. Nem com os múltiplos AVCs. Jesus foi claro: "No mundo, tereis aflições...". Deus manteve a fala, a alimentação e a memória de ambos. Estou toda semana lá. Cada vez que entro, a dor é única. Os pais, com o tempo, viraram filhos. Totalmente dependentes. Pai e mãe. Totalmente acamados. Isso dói. Mas levo os netos para eles verem, leio uma passagem bíblica e saio mais feliz. Tenho a consciência de que tudo não é mais do minha obrigação. Ainda é pouco perto de tudo que ambos fizerem por mim e minha irmã.
Em virtude do exposto, solicito, humildemente, o repasse deste para leitura na reunião do Conselho da PREVI do dia 24 próximo, requerendo o adiantamento do reajuste de sete por cento nos proventos, a suspensão do desconto do ES PREVI até dezembro deste ano e a revisão dos valores e do tempo do mencionado empréstimo. Três medidas que não envolvem fatores externos e podem, caso queiram, serem aplicadas de imediato, o que, em nosso caso, trariam, ao menos, alívio temporário para mantermos o tratamento e a saúde de meus pais. Além disso, este relato serve como exemplo do que diversos aposentados devem estar passando. Às vezes, é necessário ler e meditar sobre um fato real para sair de análises contábeis e matemáticas.
A todos os leitores do blog, peço apenas vossas orações, a fim de que meus pais tenham, ao menos, um fim de vida digno. O dia de amanhã pertence a Deus.
E, aos diversos amigos do Banco, visitem meu pai. Ele está lúcido e sente falta de todos.
Assim seja.
Fiquem todos com Deus.
Francisco Augusto Vaz Marcondes.
Guaratinguetá (SP).

Blog do Ed disse...

Que filho! Que vida! Por onde anda a Constituição Brasileira do Bem Estar Sccial!
Edgardo Amorim Rego

Anônimo disse...

Emérito Professor ZANELLA:


Três informações, PELAS QUAIS ME RESPONSABILIZO, para alguns BLOGUEIROS AFLITOS: 1) - O NOME no SPC/SERASA, desde que a INCLUSÃO NÃO SEJA POR CHEQUES SEM FUNDOS, NÃO INIBE A EMISSÃO DE FOLHAS de CHEQUES/TALONÁRIOS; 2) - O CHEQUE, se NÃO HOUVER NENHUMA CONTRA-ORDEM, só pode SER DEVOLVIDO por FALTA DE FUNDOS (e nada mais) e 3) - AFLITO DA CONTA-SALARIO: vá em uma DELEGACIA DE POLÍCIA, LEVE O NOME DO FUNCIONÁRIO/ENCARREGADO ou GERENTE que estiver DIFICULTANDO AS COISAS, FORMALIZE UMA DENÚNCIA e DEPOIS DIGA NESTE PRESTIGIOSO blog o QUE ACONTECEU.

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.

Prezado Professor Ari, ainda, sobre o colega acima(11:53h), acrescento ao meu comentário anterior que entendo que o BB não age irregularmente, nesse caso, pois, pelo depoimento, transparece que há autorização, para as transferências.

PREVI 1
A Previ explicou-me que não realizou o crédito na minha conta-registro, em agosto,como previsto, porque o cadastro da conta não foi alterado,o que será programado, para setembro. Além disso, manifestou pedido de "desculpas pelos possíveis transtornos". Publico isso, não para acusar fraqueza/falha, mas, bem ao contrário, por ser um gesto elegante e, sobretudo, elevado que compartilho com todos e estendo, para todos.
PREVI 2
Recebi, também, a resposta, sobre a consignação da minha contribuição, para a Cassi, junto com a da Previ(Verba B823), não transitando o meu Inss, pelo contracheque Previ.
A Previ cuida das consignações, em favor da Cassi, como cuida das outras instituições(Poupex, Anabb, Cooperativas, Unicef, etc). Recebe e transfere valores, indistintamente de afinidade.
Não mencionou normativos de relacionamento com a Cassi e recomendou-me consultar a própria Cassi, para saber da regularidade das consignações.
Ora, Professor Ari, colegas e, especialmente, distinto colega, Dr. Rossi, após 32 meses da exclusão do Inss do contracheque Previ, a Cassi havia cobrado, caso necessário, concordam?

Grato por tudo, tenham todos um ótimo e abençoado fim de semana.
PAZ E BEM!

"Disse Tobit a Tobias: 'se você agir conforme a verdade, será bem sucedido em tudo o que fizer, como todos os que praticam a justiça."
Tobias 4,1-21

Anônimo disse...

O relato do filho Francisco é de emocionar e serve de lição para nós que temos um problema menor e nos queixamos. Vamos orar para que seus pais tenham um fim de vida digno e que a Previ atenda a reivindicação dele que também é de todos nós.

Anônimo disse...

Caro Senhor Edgardo,

Muito obrigado pela resposta.
Saúde e muitas alegrias na sua bela vida de pessoa dedicada e superinteligente.

Anônimo disse...

Obrigado colega de 17:34 pela informação sobre cheque.
Muito obrigado.

Anônimo disse...

Tenho notado a ausência do senhor doutor Gueitiro do noticiário de nossos blogs.

Blog do Ed disse...

Estimado colega das 9:59 e 18:39
Rogo-lhe atentar que concordo com o advogado que lhe disse que o nosso contrato de trabalho é um contrato individual. E exatamente por isso, e porque o PATROCÍNIO DO PLANO DE ASSOCIADOS DA CASSI É UM DIREITO SECURITÁRIO, UM DIREITO SOCIAL e UM DIREITO TRABALHISTA, qualquer funcionário pós laboral pode ingressar com ação judicial para evitar ser dele despojado, caso isso acontecesse por acordo coletivo de Patrocinador e Representantes.
Edgardo Amorim Rego

Anônimo disse...

Ilustríssimo Professor Ari Zanella,

Por acaso existe no direito a possibilidade de uma RETRATAÇÃO PREVENTIVA?
Explico:
Eu estou precisando sentar o bambu num cabra safado e o citado instrumento me protegeria de uma futura ação judicial contra a minha pessoa. Tipo habeas Corpus preventivo, muito utilizado pelos aloprados para não ir em cana depois de fazer a caca

Chora cavaco

Ari Zanella disse...

10:21

É preciso ser didático e aprender com os seus próprios erros. Jamais cite nomes ou afirme algo de que você não tem certeza. Generalize sempre que possível. É melhor prevenir do que remediar. Acautelai-vos! Cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguém!
Que a paz do Senhor Jesus Cristo, ÚNICO caminho que nos leva ao PAI, esteja sempre com você e com todos os nossos irmãos.

"Disse Jesus: Amai-vos uns aos outros, nisso todos reconhecerão que sois meus discípulos." (Está nos evangelhos)

Anônimo disse...

ESTRATO OU EXTRATO ?3 anos atrás •por Carmem Sueli ESTRATO OU EXTRATO ?


Palavras homônimas, isto é, palavras com a mesma grafia ou a mesma pronúncia, mas com significados inteiramente distintos, sempre causam muita confusão na hora da escrita. Estrato e extrato são um exemplo disso. Mas é possível fazer a escolha certa conhecendo seus significados. Vejamos:

Estrato com “S” equivale na Geologia, a uma camada de terreno sedimentar; na Botânica, a uma porção de uma comunidade vegetal em determinado lugar, na Meteorologia, à nuvem que se apresenta em camadas, na Sociologia, refere-se ao nível social, ou camadas sociais.

Ex.: Lula conquistou a sociedade brasileira em todos os seus estratos.

Já Extrato com “X” vem do verbo extrair, refere-se, portanto àquilo que foi tirado, extraído de algo, fragmento, porção.

Ex.: Meu perfume é de extrato de rosas brancas.

Meu extrato bancário está incompleto.