BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

quinta-feira, 9 de julho de 2015

NEGOCIAR É O CAMINHO (J. Rossi Neto)

Penso que o termo “Representante” é muito frondoso e incompatível para designar os “ELEITOS” para cargos na PREVI, dado que as ações que dizem desenvolver e que desconhecemos, porque não vêm à tona, não resultam em melhorias de espécie alguma para os associados, daí a conclusão de que a eleição é um processo burocrático inútil e que serve apenas para satisfazer exigências da LC 108/2001, na composição e funcionamento da estrutura organizacional das EFPCs, e sem serventia para a o Corpo Social. 

Caso houvesse um boicote às eleições, como a PREVI funcionaria pela falta de quórum? Essa medida extrema e atípica, por certo, faria desmoronar o sistema atual e indicaria que a LC 108/2001 carece de refrescamento, porquanto o modelo se esgotou. À alardeada administração compartilhada é para inglês ver e o Voto de Minerva é entulho da ditadura, do manda quem pode e obedece quem tem juízo. 

Com efeito, os eleitos não diferem dos políticos partidários profissionais, nos métodos de enganar o povo, visto que após as eleições se descolam dos problemas dos eleitores que não têm controle sobre os seus atos e nem podem substituí-los, pois se julgam donos dos mandatos, não prestam contas, se dizem autônomos e independentes e a sociedade que se exploda.

No âmbito da PREVI, os eleitos sabendo de antemão que entram numa batalha perdida, devido ao odiado Voto de Minerva a favor do patrocinador, desistem de combater o bom combate e abandonam as prometidas LUTAS das campanhas eleitorais e debandam para o lado de vencedor (BB), aceitando de bom grado as contradanças das cadeiras para os Conselhos de Administração das empresas participadas pela PREVI, como forma de incrementar os seus robustos Salários Fixos e as Remunerações Variáveis, essas últimas específicas para a Diretoria Executiva.

Hoje, portanto, ser Diretor Executivo eleito ou não no nosso Fundo de Pensão é melhor que ganhar na loteria. Nós, associados, precisamos de um choque de realidade para enxergar que temos na PREVI office-boys de luxo que não vão desempenhar com êxito os seus mandatos, no que respeita à melhoria dos nossos benefícios. 

De onde não se deve esperar, é que não sai nada mesmo! Sequer os eleitos deram conta de resolver a questão da fórmula proibitiva que nos veta o acesso ao ES. Muitas vezes, nas grandes empresas, executivos do corpo técnico funcionam como “despachantes de crédito” e agilizam a contratação dos empréstimos e os nossos eleitos não servem nem para isso!

Sem dúvida que o fato do BB usurpar os nossos direitos e se apossar dos nossos recursos, através de meios ardilosos e imorais como nos golpes aplicados no passado e agora pela Resolução 26/2008, é algo revoltante, todavia, temos que concordar que é compreensível a obediência cega dos seus indicados no cumprimento das suas ordens. O que soaria estranho seria a desobediência desses mandatários.

Na minha concepção, poderia ser aberta uma frente de negociação com o patrocinador BB, capitaneada por entidades de classe, no sentido de estabelecer um acordo ou uma trégua com o banco, da seguinte forma: 

A)- Que o BB defenda os seus direitos é inevitável e fora de controle, mas sem que seus emissários, na PREVI, obstaculizem as legítimas e justas pretensões dos associados, a começar por dilatar o prazo e aumentar o limite do ES (fórmula 180/180); Suspender as contribuições por prazo indeterminado e de conceder um adiantamento de 10% sobre os benefícios PREVI a ser compensado na próxima destinação da Reserva Especial;

B)- O colapso financeiro em que o país está afundado, sem luz no final do túnel, terminou por agravar e tornar insustentável as dívidas dos associados, aliado ao corte do BET e volta das contribuições que foi o golpe de misericórdia (o tiro na nuca), de modo que se impõe uma série de medidas saneadoras para salvar o sofrido Corpo Social da PREVI, o qual, apesar da penúria reinante propicia substancial retribuição ao banco traduzidas em verdadeiras fortunas de receitas devido à concentração dos recursos do Fundo de Pensão, a custo zero, fidelidade essa, forçada ou não, é real e legítima.
QUE O BB DEFENDA SEUS DIREITOS É INEVITÁVEL...MAS SEM QUE SEUS EMISSÁRIOS, NA PREVI,  OBSTACULIZEM AS LEGÍTIMAS E JUSTAS PRETENSÕES DOS ASSOCIADOS

78 comentários:

Anônimo disse...

Tudo verdade o que o colega ROSSI disse. Tudo sem mudar uma virgula. Tem que ter uma solução urgente na PREVI. Eles só resolvem os beneficios dels, continuam sem teto, bonus e o diabo a quatro tudo rapidinho sem nenhuma sequela, salarios milionarios. Agora, os associados continuam a ver a caravana milionaria passar num acinte aos colegas necessitados.

Adaí Rosembak disse...

Ari Zanella,

Como sempre você se superou nos comentários.
Não importa que o autor seja o J. Rossi Neto, o blog é seu e, portanto, 50% do mérito é seu.
Vá colocando esses esclarecimentos.
A massa dos aposentados tem de abrir os olhos e tomar conhecimento de tudo isso.
Parabéns.

Adaí Rosembak

Anônimo disse...

O pior é que continuamos no sofrimento, pois ainda não recebemos o derradeiro "tiro na nuca".
Mas, pelo andar da carruagem, deverá acontecer em breve...

Anônimo disse...

Concordo com gênero, grau e número.

-ADIANTAMENTO DE 10% JÁ A PARTIR DE JULHO/2015 -

Agora, quero ver o que este novo presidente da Previ, a que veio!!!

Abs.
Celso Bernardes

tarcisio augusto bulhoes martins disse...

Prof. Ari, bom dia. É gratificante ler, logo pela manhã, o comentário lúcido e competente do SR. JOÃO ROSSI NETO. Entendo, ao meu juízo, ser um grande REMÉDIO, para as nossas frustrações. QUE DEUS PROTEJA ESSA VOZ QUE SE LEVANTA EM NOSSA DEFESA. OBRIGADO SR. JOÃO ROSSI NETO. Tarcísio.

Antonia disse...

Sr. Rossi,
Esse bônus pago por desempenho é totalmente irregular, tendo em vista que os rendimentos gerados pelos recursos de nosso plano foram tão insignificantes, que nos fizeram perder: o BET, a suspensão das contribuições, margem consignável e renovação do ES. Beneficiou a quem?????

Anônimo disse...

Emérito Professor ZANELLA:

INPC nos ÚLTIMOS 12 meses: 9,27. E nosso ADIANTAMENTO de 7%, COMO ANDARÁ?

Anônimo disse...

Emérito Professor ZANELLA:



Estou TRANSIDO de MEDO! A PREVI AGORA está ME CHAMANDO de ASSOCIADO! Quanta GENTILEZA! Se PREPAREM! QUANDO, COMO e ONDE, virá a CACETADA TRAIÇOEIRA, que me ESFOLARÁ MAIS UMA VEZ?
Creio que o OUVIDOR NÃO OUVIRÁ o BARULHO da PANCADA, pois o ÚNICO RUÍDO QUE ELE se PREOCUPA EM OUVIR, é o TILINTAR de INCONTÁVEIS REAIS, CAINDO EM SUA CONTA CORRENTE.



Anônimo disse...

Colegas,

Admiro e concordo com as colocações do Sr. Rossi.
Mas, após tantos anos de pilhagem em nossos direitos feitas pelo PT/PSDB, não acredito em medidas que nos favoreçam.

É só fazer um paralelo com o que está acontecendo para todos os trabalhadores, REDUÇÃO DE SALÁRIO feitas pelo PT o " grande defensor dos operários " .
Além de que, se nos aumentam valores perdem eles em distribuir para si e para o BB superávits e outras indecências.

Dialogo com quem? Diriam alguns com as hienas que hoje se acomodam em polpudos salários e jetons de empresas cotadas.

Anônimo disse...

NA REALIDADE, É FOGO PARA APAGAR INCÊNDIO

Mestre, sou apologista da negociação, mesmo que que o resultado
ao fim da contenda não seja o ideal.Entretanto, no caso presente,
como só há uma parte querendo entendimento e o outro contendor se
julga invencível, como os nazistas um dia se julgaram, o jeito
será fazer uma guerra de terra arrasada . Acho que será um episó-
dio onde os dois lados perderão, ressalvando que quem tem o po -
der sempre perde mais, pois a parte menor, nós, já não temos qua-
se nada pra perder. Tal perspectiva não precisaria estar sendo
tratada se a Rainha dos Trópicos, ex-ANABB , atentasse para a fi-
nalidade para qual foi criada e atuasse com a força de seus 100
mil associados e o poder de R§40.000.000 (milhões) anuais, m/m ,
e exigisse nossos direitos e, registrando que , no caso de nega -
tiva, usaria seu poder eleitoral, pois os eleitores estão guarda-
dos no seu computador.Não querendo ser amargo,quem sabe oferece-
ria para a ANAPLAB UMA BANCA DE ADVOGADOS, com pedigree,para tra-
tar das LCs,por demaiss draconianas e anti-democráticas.Também ,
acho que o adiant° deveria ser de 30% pois os sangue-sugas tiveram
03 salários.NO mais, TÔ DENTRO !!! Divany Silveira-Sete Lagoas-mg

Anônimo disse...

Para eles tudo e rápido. Por que tanta demora em dar a noticia sobre os 10%, por que tanto suspense, ainda que fosse algum percentual grande mas 10%??????
Vamos la Previ, minha geladeira esta vazia, estou devendo conta de telefone, não paguei a taxa de incêndio, estou tomando meu remédio da pressão dia sim, dia não para durar mais.
Que vida meu DEUS!!!!
SOCORRO, me ajude!!!!!!

Anônimo disse...

Pouca gente que foi ABRAÇADA por uma sucuri sobreviveu para contar a história.
Os previanos estão abraçados por uma sucuri de dimensões fantásticas,sem nenhuma chance de sobrevivência e médio e longo prazo.
João Trindade

Anônimo disse...

O BB lançou o programa de integração com os aposentados e entre as medidas está o crachá para aqueles que já se desligaram do Banco.Conheci muitos colegas na ativa que não gostavam de usar crachá mas era uma necessidade.Por isso acho uma bobagem crachá para aposentado.Mas se o BB quer uma aproximação deveria estender aos aposentados o que é concedido aos da ativa como por ex. a utilização do PAS em caso de decontrole financeiro que os aposentados não tem direito.

Anônimo disse...

PARABENS ANAPLAB PROF.ARI E GILVAN pela solicitação a Previ para que seja concedida a antecipação do aumento (10%). Por favor, solicitem também que limitem os descontos consignados a 30%.
Enquanto isso a ANABB..........

Marcelino Maus disse...

SOBRE AS ESMOLAS que nós "desassistidos" estamos implorando:

1) ES-CAPEC:
- inviável tecnicamente, esbarraria sempre na MC 30%.
- deve ter sido uma opção extrema de ajustar o saldo devedor além do teto, em decorrência da suspensão por 6 meses em 2014.

2) Senhores ARI, MEDEIROS, CECÍLIA, CARVALHO - favor insistir no CD:
- a opção ES $160x144 ou $180X144 meses É PLENAMENTE POSSÍVEL.
- a MC 30% e a idade(FQM), limitarão o teto e o prazo !

3) ANTECIPAÇÃO DE 7%:
- não podemos admitir que seja na forma de Adiantamento, pois seria mais um complicador a devolução em 2016, impactando mais ainda a MC 30%.
- só será bem vinda como ANTECIPAÇÃO DE REAJUSTE pelo INPC JAN/2015 a JUN/2015.

Abraço a todos.

PS: CATARINAS, convidem o Juiz MORO para o encontro em BC.
Senhores das AAFFAAs da vida, municiem o mesmo com a TAC da PREVIC e demais documentos pertinentes.
Quem sabe nosso herói expeça um MANDADO DE PRISÃO POR DESOBEDIÊNCIA CIVIL.
- o CD não deveria SUSPENDER OS BENEFÍCIOS SEM TETO ???????????

Humberto disse...

Ao ilustre João Rossi Neto; muito elucidativos os teus comentários a respeito da situação de nossa Previ, porém, apesar de parcos conhecimentos no assunto, pois estou sempre aprendendo com colegas como o João Rossi, Ari Zanella e Dr. Medeiros, permito-me discordar de alguns pontos ali abordados.

Em primeiro lugar, alguém disse que "toda unanimidade é burra", em vista disso, penso que não devemos boicotar as futuras eleições, haja vista que nossa omissão, em tempos passados, certamente ajudou a eleger pessoas destituídas de capacidade em termos de conhecimento e, até mesmo, em termos de conduta moral e profissional, os quais tomaram conta desses cargos para agir em proveito próprio, esquecendo-se, por completo, daqueles que os elegeram.

Penso que temos de deixar em segunda plano algumas vaidades pessoais e formar chapas fortes para as próximas eleições, o quanto antes melhor, para poder assim trabalhar em prol dessas chapas, tanto para a Previ como para a Cassi.

No que se refere a colegas por nós eleitos que depois se bandeiam para o lado do patrocinador, em busca de vantagens pessoais, tais como cargos em empresas participadas, lembro que, há poucos dias atrás, enviei email aos teus cuidados, propondo algumas alterações em nosso Estatuto.

Sabemos que, por força estatutária, conforme Art. 81 do referido, toda e qualquer modificação deverá ser feita por deliberação do Conselho Deliberativo, após aprovação pelo B.B.

Em vista disso, cabe a nós, através de propostas bem consistentes e que contemplem os anseios da maioria dos aposentados, pleitear ao C.D., seja através de blogs, e-mails, abaixo assinados e outros meios, solicitar essas mudanças no regulamento, desde que elaboradas por pessoas como o próprio João Rossi, Ari Zanella, Medeiros e outros, possuidores de largos e profundos conhecimentos desses assuntos, deixando de lado entidades tais como a Anabb, a qual defende apenas alguns interesses pessoais e também do B.B., hoje nosso maior algoz, pois a cada alteração feita, a grande maioria dos aposentados sempre sai perdendo benefícios legítimos e que foram conquistados ao longo do tempo.

Cito especificamente a Anabb tendo em vista seu comportamento no final de 2.011, quando do famigerado acordo para distribuição do superávit, pois em todos os documentos e memorandos de entendimento apresentados pela entidade, em momento algum ficou explícito que teríamos que entregar 7,5 bilhões de reais ao BB.

Após realizada a votação, onde prevaleceu o SIM, daí então começaram a aparecer os "bodes na sala", entre os quais essa entrega de nossos recursos ao BB, além de jamais terem sido implementados os demais itens acordados entre as partes, no caso BB e nossos "representantes".

Fui muito longo nesses comentários, porém tenho muitos outros assuntos e sugestões a respeito da atual situação da Previ e Cassi, os quais pretendo externar através de outros meios de comunicação, sempre com o intuito de colaborar, aprender e jamais ficar omisso e depois querer colocar a culpa nos outros.

Espero ser bem compreendido pelo colega e continuo apreciando teus comentários lúcidos e esclarecedores, bem como divulgando a outros colegas de meu relacionamento, com a tua permissão, é lógico, conforme já solicitado algum tempo atrás.

Humberto Stumpf - Caxias do Sul

Edmilson lopes de sousa disse...

Quando Collor se viu enroscado por falta de sustentação política no Congresso, o primeiro partido a levantar a faixa de "Fora Collor" foi o PT. E hoje o principal líder petista, o ex-presidente Lula (na verdade, o presidente moral do País), tem em Collor um seu fiel aliado. O que é até natural, tendo em vista que, em 2002, já vitorioso nas urnas, Lula se aliou a José Sarney e, por osmose, a Renan Calheiros, Jáder Barbalho, Paulo Maluf e Romero Jucá - todos eles até hoje implicados em graves denúncias que ainda dormitam sob a toga do Supremo Tribunal Federal.

E depois do mensalão, dos dossiês fajutos contra José Serra, Fernando Henrique Cardoso e sua falecida esposa Ruth Cardoso, da quebra de sigilo bancário do caseiro Francenildo, do vazamento de dados fiscais feito ocorrido dentro da Receita Federal, os brasileiros ficam sabendo que o fundo de pensão do Banco do Brasil, o Previ, é uma "fábrica de dossiês" que funciona como um "bunker" e "braço partidário" que age sob o comando de líderes do sindicalismo petista que se acha infiltrado na estrutura do poder nacional, segundo confessou, há seis anos, Geraldo Xavier Santiago, ex-diretor e ex-assessor do Previ.

Por não encontrar adjetivo pertinente a essa prática antidemocrática, convido o raro leitor a refletir sobre o que pensam os petistas a respeito da Democracia e do Estado de Direito. E que tenha fé: acreditar que estamos apenas passando por um pesadelo político e que promotores e juízes bem cuidarão de extirpar e enterrar de vez a república do sindicalismo pelego que Lula inventou para se perpetuar no poder - e que contou para isso com uma certa bandidagem de doleiros, empreiteiros, mensaleiros, petrolões e marquetões políticos.

Tenhamos bom sonhos, portanto.

Bom dia.

Zeza Amaral é jornalista, escritor e músico

Edmilson lopes de sousa disse...

Imagina só os pequenos

De acordo com dados reunidos pelo deputado Augusto Carvalho, são muitos os fundos hoje em situação controversa. "O Funcef, da Caixa Econômica Federal, aparentemente praticou operações temerárias, que levaram até a mudanças na diretoria e até a Previ enfrenta denúncias e guerra interna", diz o deputado.

De acordo com Augusto, ao se tomar decisões nos fundos de pensão, "passa-se um trator sobre quem não pensa como o Palácio do Planalto". E, completa, se em gigantes como a Funcef ou a Previ ocorrem situações como essas, imagine-se só o que ocorre nos fundos mais vulneráveis.

Anônimo disse...

Professor Ari,

Chegou na minha cidade uma peça teatral que está bombando intitulada:

O anão que saiu do armário.

Conta a história de uma pessoa que virou a casaca

Pr.guima disse...

-Não devemos perder a esperança. A luta não será fácil. A retomada da Previ pelo seus legítimos donos (associados) passa pela "desconstrução" deste sistema que aí está. No popular, pra ficar bem claro: mandar para casa este partido (pt) que está no poder e "aparelhou" nossas instituições (em todas as esferas). Já passou da hora..

Anônimo disse...

A Previ e dos aposentados e pensionista . Mas os diretores estão pensando pensando que e deles !!! Estão usando e abusando de nossos direitos . Eles são responsáveis pela situação que os aposentado a e pensionista estão passando se eles não podem melhorar a nossa situação e porque essa diretoria e imcompetente estao ale para se aproveita e em gorda suas contas bancarias .

Anônimo disse...

Correto o que diz o caro João Rossi Neto.
Mas, entra eleição sai eleição o sistema continua sendo usado.
A contradança das cadeiras se repete, com a ajuda de novos "líderes", que ingenuamente ou convenientemente, apoiam os parceiros do baile.
É preciso um boicote a essa forma de administração na Previ.
Boicote às eleições, que somente ocorrerá quando os colegas associados "cairem na real" e deixarem de seguir cegamente os promessinhas de sempre.
Não adianta só comentarem nos blogs o apoio, aplaudirem o que dizem colegas esclarecidos como João Rossi Neto, mas, de outra parte continuarem defendendo aqueles eleitos, os "profissionais" participantes de Previ, Cassi, associações mil e que uma vez lá dentro da Previ, se prendem ao discurso burundanga ou ao "nada podemos contra o voto de minerva".
Quando ocorrerem eleições, se não quiserem boicotar, ao menos pesquisem o currículo dos candidatos, a fé-de-ofício e suas ligações.
Renovemos o sistema ou ao menos, renovemos os "dançarinos".
O futuro também a nós pertence, não só ao Previ Futuro.

Anônimo disse...

Miserável situação a que fomos submetidos: afundados no ES, suplicando por migalhas a título de adiantamento para postergar a fome e prestes a sermos lançados na fila do SUS, que conduz aos corredores da morte.

João Rossi Neto disse...

Caro amigo Ari e colegas,

CORRUPÇÃO ENDÊMICA NA PETROBRAS

Gosto de filmes de espionagem, sobretudo daqueles com tramas intrigantes e planejamentos detalhistas para as execuções de missões reputadas impossíveis. Impressiona-me, sobremodo, a guerra travada entre as agências de inteligência, como a CIA, KGB e as investigações especiais do FBI, subsidiadas por recursos tecnológicos inovadores.
Tenho também o hábito de ler livros de ficções da literatura estrangeira voltados para elucidação de assassinatos misteriosos, assaltos, tráfico de drogas e redes de corrupção, etc.
A narrativa da complexa perseguição e morte do Bin Laden no Paquistão, contada pelos Estados Unidos que deve ser fictícia e fantasiosa, mas que nem por isso deixa de ser impactante, buscou mais vingança do que justiça. A implosão das torres gêmeas debaixo das barbas do Pentágono mexeu com o brio dos americanos e foi uma questão de honra o acerto de contas para apagar a neura da afronta.
Agora, dentro da nossa realidade, estou bastante curioso para descobrir as manobras que antecederam esse audacioso e sórdido esquema que, literalmente, tomou de assalto a Petrobras quase a levando à falência. Isto, talvez vá vazar no futuro, porque os autores podem querer preservar o modus operandi para usá-lo em outros roubos.
Uma coisa é certa, a PF e MPF não vão conseguir desvendar 100% desse golpe magistral, gigantesco, conquanto os delatores não vão revelar as facetas gravíssimas que os comprometem e alguns também podem estar negociando com os comparsas influentes, soltos, por medo de retaliações contra suas famílias ou em troca de vantagens financeiras para serem usadas quando estiverem soltos, em liberdade.
Por ser uma quadrilha que tinha ramificações dentro e fora da Petrobras e envolveu mais de uma centena de meliantes, entre funcionários, dirigentes, empreiteiras, políticos e partidos políticos (PT, PP e PMDB), certamente o planejamento estratégico tinha um plano B na agulha, sabendo que uma roubalheira dessa magnitude que assombrou o mundo, não iria se sustentar durante todo o tempo. Núcleos cirurgicamente divididos e com funções pré-determinadas, funcionaram como dentes de uma engrenagem perfeita.
Não fosse a delação premiada, os investigadores não desmontariam o esquema criminoso e nem recuperaria nem 20% dos recursos públicos roubados. Seguramente são mentes malignas, sem escrúpulos, sem caráter, sem dignidade e honestidade que bolaram esse plano maquiavélico, entretanto, diga-se de passagem, são inteligentes e dispostas a tudo, sem medir as consequências, confiantes que as fictícias doações legais com dinheiro sujo de propina não seriam descobertas.
Os contratos de consultorias fajutas para maquiar o recebimento de propinas também foram usados em volume altíssimo.
Entendo que a PF e o MPF precisam aprofundar à exaustão as suas investigações e prender os autores intelectuais desses roubos estratosféricos que lançaram na lama a reputação e o patrimônio da Petrobras.
Em raciocínio lógico é sobejamente equivocada a conclusão de que empregados subalternos da laia de João Vaccari Neto, Paulo Roberto Costa, Renato Duque, Nestor Cerveró e outros teriam poderes para agir sozinhos e esfacelar os recursos da Petrobras por conta própria.
Está na cara que um ou dois, no máximo, chefes MAIORES, teceram a rede dessa infernal corrupção e autorizaram a ladroagem desenfreada e insaciável na Petrobras. Tanto que têm caciques petistas, temendo serem presos em face dos desdobramentos da Lava Jato e estão impetrando pedidos habeas corpus preventivos.
Esse capítulo negro vai tisnar as páginas da nossa história ad eternum, nódoa indelével da mesma textura vergonhosa da derrota de 7x1 que a seleção brasileira sofreu para a Alemanha, fatos escabrosos que nunca se apagarão das nossas mentes.
Essa agressão monstruosa sobre a Petrobras dará filme, livro e quem se dedicar a este assunto palpitante vai explorar um verdadeiro filão, uma vez que o tema está alojado no inconsciente popular.

Rosalina de Souza disse...

Mensagem encaminhada a Previ:

Data: 9/7/2015

Tipo: Reclamação

Mensagem: Ao Presidente da Previ,

Sr. Gueitiro Matsuo Genso,

No contra cheque que recebemos em nossos lares, desde quando passei a receber a minha pensão no ano de 2001, recebemos propagandas de produtos e também da Cooperforte, numa flagrante agiotagem institucional, já que a Previ sempre alardeou que usa a margem consignável dos 30%, para o seu produto Empréstimo Simples.

Na revista que é nos enviado sempre há destaque ao programa de educação financeira e previdenciária da previ, mas a mesma Previ, faz propaganda a gastança com uma serie de propagandas que faz com que em muito casos tenha paginas extra na confecção dos contra-cheques.

a) A Previ recebe por estas propagandas, existe contrato firmado para que estas empresas e até mesmo o patrocinador faça uso deste espaço,quanto a Previ arrecada com tais propagandas?

b) Quanto foi o gasto com o programa de educação financeira e previdenciária da Previ, não é uma contradição muito grande ter um programa sobre educação financeira quando se faz apologia a gastança.

c) A LEI No 10.820, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2003, é descumprida pela Previ, a mesma mudou os critérios na ultima revisão do Empréstimo Simples, mas na pratica ficou negativa, mas acima do permitido dentro dos 30%, pois existe uma grande maioria que esta com descontos acima dos 80%, numa flagrante afronta a lei e que nunca foi proibida a sua pratica na previ que abriu a folha a todos os convênios, jogando para os participantes a sua responsabilidade e mesmo com a concordância do mutuário a com pedido administrativo a Previ continua a invocar os contratos de terceiros para manter a desobediência as leis e aos verdadeiros donos da Previ, como o Senhor gosta de chamar nós participantes e assistidos do PB-1.

d) Por ultimo pedir um aumento nos nossos benefícios previdenciários na ordem de 10%, já a contar desde 20/07/2015, pois a nossa situação esta a beira da falência alimentar, e invocando o ADIANTAMENTO que os DIRETORES e o PRESIDENTE da previ recebem com o BÔNUS agora com o nome charmoso de REMUNERAÇÃO VARIÁVEL, uma pequena quantia para as melhores cabeças da Previ, os premiados, os justiceiros, os SEMI DEUS do palácio de cristal Mourisco.

Diante de tantas injustiças damos como certo estas justas reivindicações nossas, no momento em que a inflação esta galopante e num quadro agudo de desconfiança dos participantes pela gestão dos nossos ativos, muitos administrados pela BB-DTVM, mas que dão o credito para que os Senhores se torne um pouco mais ricos, diante da nossa pobreza extrema, pobreza mesmo de faltar o alimento na mesa, enquanto os figurões dos CARGOS continuam o toma la da ca.

Atenciosamente

Rosalina de Souza
Pensionista
Matricula 18.161.320-4

Elvira Pasinato disse...

Gostaria de cumprimentar nosso colega João Rossi Neto, pela lucidez e clareza de seus comentários, de suas idéias.Devemos ir sim a luta para que o que é nosso de direito nos seja concedido, e que isto aconteça sem que precisemos estar mendigando a diretoria da PREVI, que se julga acima do bem e do mal, para fazer com o nosso dinheiro o que bem entendem .Colega João, juntamente com o nosso valoroso colega Medeiros, Ari, vcs poderiam encabeçar esta frente de negociação com o BB, ver se amolecem o coração empedernido dos nossos colegas, pois também eles mais dia, menos dia estarão "APOSENTADOS". (Elvira E.P.Pasinato)

Anônimo disse...

Agora até chorei, por ver que existe um amigo aposentado que entende e expressa com clareza absoluta o desespero por que passam os aposentados e pensionistas da Previ, e uma vez que não há chance dos eleitos com boa vontade ou sem ela de fazerem alguma coisa concreta à nosso favor, só resta apelar para serem implantadas medidas de socorro emediatamente...NÃO DÁ PRÁ SOBREVIVER DO JEITO QUE ESTÁ... Colegas coloquem esse texto do brilhante ROSSI no face de cada para conscientização dos colegas que não acompanham os blogs dos aposentados da Previ.

Anônimo disse...


Valeu Rosalina, nossa guerreira!!!!! Nota DEZ novamente!!!

Anônimo disse...

O site da Previ é de um acinte que me dá asco , ali esta uma vida linda , maravilhosa e feliz , tudo está a contento a funcionando bem , os diretores todos jovens e com seus ternos bem talhados se reunindo a tarde para degustarem um ótimo café , traçando planos de viagens e conversando amenidades , enquanto isso a massa utilizada para eles estarem lá ficam entregues a migalhas e sobras , já disse que se nós quisermos algo teremos de gritar LÁ no mourisco e incomodá~los no seu reduto , ai vem as eleições e esses caras de pau mandam folders com todos eles sorridentes e prometendo uma previ nova e pronta a realizar tudo que não foi feito , em agosto a casa vai cair seus FDP.

Anônimo disse...

Ao anônimo da 10:50 de hoje.Sabe me dizer se kit cara crachá dos aposentados já chegou na casa de cada um ou o banco desistiu da ideia?Faz 40 dias e nada vai chegar junto com o adiantamento?

João Rossi Neto disse...

Nobre colega Humberto Stumpf,

Antes de tudo, obrigado pelas suas considerações. São com participações equilibradas como as suas que nós mostramos a nossa cara para os nossos adversários.
Sobre o texto que eu trouxe à baila, note que, na parte relativa ao processo eleitoral, o que eu disse foi no futuro, como: "Caso houvesse boicote às eleições", “caso viesse a ser cogitada a medida extrema, atípica”, tudo em hipóteses, como descortino de um atalho, um xeque-mate matreiro para o Governo abrir a guarda e rever a lei e extinguir o Voto de Qualidade, de sorte que as votações e decisões colegiadas do Conselho Deliberativo fossem aferidas por maioria simples de votos, já que na Diretoria Executiva não existe a prerrogativa do Voto de Minerva. isto sim, ensejaria uma GESTÃO COMPARTILHADA legítima, justa e equânime que nós almejamos.
Do jeito que é hoje, a gestão compartilhada é por conveniência. Para os assuntos banais, corriqueiros é consentida, todavia, em matéria polêmica o BB interfere e nos casos de empates nas votações o Presidente do CD aplica o Voto de Minerva e a Inês é morta, ou seja, faz o que bem entende, manda e desmanda na PREVI sempre o Governo precisa de determinada decisão. O procedimento é legal, mas imoral.
Fora de pressão do Corpo Social, mesmo que as ameaças sejam apenas para colocar o bode na sala, o Governo nunca vai querer mudar uma vírgula no conteúdo da LC 108/2001, dado que ela conferiu ao seu pupilo BB o poder decisório no Fundo de Pensão por força do Voto de Minerva.
Como o Governo manipula os recursos da PREVI? Mandando o cachorro (BB) executar as suas ordens e este manda o rabo, determinando aos seus indicados o cumprimento rigoroso das tarefas. Tudo de cima para baixo, autoritariamente. Infelizmente, é a assim que a banda toca.

Anônimo disse...

Sr. Divany,

Ex-Anabb!

Caro Colega essa Anabb é BBNABA!
Me diga uma só vez, uma vezinha só, que essa "associação" defendeu o coletivo dos aposentados do PREVI 1.
Ah! vão dizer que ganham muita ações para os funcionários do BB, claro ações que levam mais de década para serem realizadas e ainda cobram os olhos- da- cara em honorários advocatícios o que outras associações sérias não cobram absolutamente nada além das mensalidades.
E veja agora Senhor Divany a tal Bancoop que a Anabb "assegura" os pagamentos, por intimação judicial, segundo afirmam alguns escreventes em blogs, está enroladíssima com o tesoureiro preso em Curitiba, pelo Exmo. JUIZ, de verdade, Sr. Moro.
Essa Anabb estaria parecendo um GRANDE CABIDE DE EMPREGOS PARA DEFENDER O PATROCINADOR.S.M.J.
COMO O SR. diz ARRECADA 40 MILHÕES ANUAIS , PARA QUE?
Para defender o algoz BB e pagar altos salários aos seus dirigentes, eleitos por funcionários desavisados do BB? OU não?



Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.

DE ESPERANÇA EM ESPERANÇA
Prezado Professor Ari, na linha corretíssima da conversação, da negociação, do encontro de pessoas do bem, equilibradas, apontada, novamente, pelo colega Dr. Rossi, sugiro acrescentar à oportuna proposta da antecipação do reajuste do Benefício, a suspensão do ES, APENAS, em julho e agosto, por dois motivos: 1) Em julho, para alívio imediato e 2) Em agosto, idem e em homenagem ao dia dos pais.
Vale lembrar que, mantido o histórico, em agosto, para a maioria que recebe os Benefícios, no mesmo contracheque, a Previdência adiantará, em 50%, o Abono Anual(13º Benefício). No meu caso, Inss excluído do contracheque Previ, receberei em setembro.

Grato por tudo e PAZ E BEM!

"Mas nem tudo está perdido, porque os seres humanos, capazes de tocar o fundo da degradação, podem também SUPERAR-SE, VOLTAR A ESCOLHER O BEM E REGENERAR-SE, para além de qualquer condicionalismo psicológico e social, que lhes seja imposto."
Carta Encíclica Louvado sejas, parágrafo 205 - Papa Francisco

Jose Roberto Eiras Henriques disse...

Sr. João Rossi,

No segundo parágrafo, o Sr. escreve;


"...LC 108/2001 carece de refrescamento, porquanto o modelo se esgotou..."

Meu alerta é para que tomemos cuidado pois não há nada tão ruim que não possa piorar ainda mais.

Principalmente porque os responsáveis por qualquer alteração nas regras do jogo, estão de olho em nosso patrimônio e ávidos para devorá-lo

Anônimo disse...


A ESCALADA DA CRISE ECONÔMICA PREOCUPA......

Com tamanha crise na economia do país, o patrimônio do nosso fundo de pensão torna-se vulnerável ao "olho gordo" do governo. É hora de testarmos a fibra dos diretores. Fiquemos, pois, atentos!!!!!!!

Marcelino Maus disse...

ENGAVETAMENTO DA CPI DOS FUNDOS DE PENSÃO:

Motivo: veja na postagem do Adaí em 03/07/2015.
http://adairosembak.blogspot.com.br/2015/07/rebate-ao-comunicado-prestando-contas.html

Essas irregularidades, principalmente na PREVIC, levariam muitos Diretores das Estatais e Fundos de Pensão, inclusive BB, PREVI e PREVIC para a prisão.
Assuntos para serem abordados e cobrados em BC dia 17/07.

E o Departamento Jurídico da PREVI, que vive aterrorizando os DESassistidos ao COBRAREM A DEVOLUÇÃO dos valores do VALE ALIMENTAÇÃO?

Por que não COBRAM a SUSPENSÃO e DEVOLUÇÃO dos Benefícios de 300 Marajás que RECEBEM ALÉM do teto?

Anônimo disse...

Algum Colega já recebeu o kit cara crachá,carteirinha.Fala-se que chegará junto com o adiantamento de 7%.É verdade ou quá?

Anônimo disse...


CPI dos fundos de pensão: Enquanto Senado recua, Câmara avança
O deputado Mendonça Filho (PE), líder do DEM na Câmara, afirmou em entrevista a Joice Hasselmann que "é preciso desbaratar" os rombos nos fundos de pensão dos funcionários de empresas estatais e promete a criação de uma CPI na Casa que investigue as falcatruas no início do próximo semestre. Acompanhe a entrevista:

http://veja.abril.com.br/multimidia/video/propinoduto-da-petrobras-desagua-em-fundo-de-pensao-diz-lider-do-dem

Anônimo disse...

A Previ poderia mesmo suspender a parcela do ES de julho e agosto, estamos pela hora da morte, não temos como chegar no dia 20, os nossos benefícios não dão mais para sobreviver, uma esfirra no Habibs que custava R$ 1,00 à dois meses atrás hoje está R$ 1,70... O kilo do frango dobrou de preço e os remédios de uso contínuo triplicaram.
Não temos crédito, estamos na miséria, vamos todos ligar na ouvidoria da Previ e fazer nossos pedidos, não podemos esperar mais.

Luís Eustaquio Castro disse...

Caros Ari e João Rossi, a diretoria executiva da Previ tem alçada para atender essa solicitação ?

Anônimo disse...

Prezados Ari e colegas,
!"Em seu Estatuto, a partir de 1973, determinava que: “a filiação à Caixa passa a ser obrigatória e registrada em contrato de trabalho dos funcionários do BB. A contribuição pessoal do associado é fixada em 1% de seus proventos gerais, enquanto o Banco contribui com o dobro, assumindo também a direção da entidade”. Com o tempo, diversas alterações estatutárias foram promovidas, mas jamais foi rompida a responsabilidade do Banco do Brasil sobre a assistência à saúde. Contudo, o PLANO ASSOCIADOS DA CASSI – CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS DO BANCO DO BRASIL, o mais antigo Plano de Saúde do Brasil está em dificuldades. Este Plano de Saúde atende somente funcionários do BB, seus aposentados, pensionistas e dependentes.


Anônimo disse...

Sete Brasil | Folha.com | Opinião | BR
De Marcelo para Sergio
SÃO PAULO - Os e-mails apresentados pelo juiz Sergio Moro para justificar a prisão do empresário Marcelo Odebrecht são muito mais reveladores do que sugerem a análise superficial dos investigadores da Operação Lava Jato e a versão adocicada que a Odebrecht defende.
As mensagens são de março de 2011 e foram encontradas pela Polícia Federal em buscas realizadas nos computadores da empresa no ano passado. Elas mostram Marcelo Odebrecht discutindo com quatro executivos do grupo uma estratégia para conquistar um contrato bilionário para construir e operar sondas destinadas à exploração do pré-sal.

Um dos e-mails fala em "sobrepreço" ao debater o plano sugerido pela Odebrecht à Sete Brasil, empresa criada pela Petrobras para contratar as sondas. A ideia era oferecer um preço camarada para construir os navios e compensar a diferença depois, cobrando mais caro pelos serviços de operação das sondas. Tudo perfeitamente legal, diz a Odebrecht.

Anônimo disse...

Emérito Professor ZANELLA:

Aceito DEIXAR IMEDIATAMENTE a CASSI, desde que ela ME DEVOLVA, com JUROS + CORREÇÃO, devidamente ATUALIZADAA, os 48 ANOS de CONTRIBUIÇÕES que verti para ela. O CÁLCULO É SIMPLES: 48 X 12 X 346,00. É PEGAR OU LARGAR!

Anônimo disse...

Anonimo das 11h10m.........interessante essa reportagem sobre a CPI dos Fundos de Pensão, pra variar todo mundo sabe o que acontece.....mas nada acontece.
SERÁ QUE ESSA CPI SAÍ??

Anônimo disse...

Colega das 16:24 - Dizem que as investidas criminosas nos patrimônios dos Fundos das Estatais têm a mesma dimensão do Petrolão, em termos de volume de dinheiro desviado via corrupção. Infelizmente, as ameaças de CPI dos Fundos, já frustradas no Senado, historicamente não passam de moeda de troca com ótimo poder aquisitivo no mercado de cargos e de emendas parlamentares, eis que, muitos signatários vendilhões retiram suas assinaturas. Espero que está, no âmbito da Câmara dos Deputados, seja atípica e, de fato, levada a efeito.

Anônimo disse...

Prezado ARI: estou muito interessado no aumento de prazo do financiamento imobiliário, já que me ofereceram um ótimo imóvel por um preço incrível (de herdeiros). Mas, lá na PREVI, me disseram que não qualquer indicio (ou estudo) nessa área. Você realmente sabe de alguma coisa? Tenho apenas 5 meses para comprar o imóvel, depois "expira" a minha classificação e teria que me candidatar novamente ( e ninguém sabe como será 2016). O aumento de prazo comprometeria menos meu salário liquido, com a diminuição da prestação. Alguma notícia?

NASCIMENTO.
P.S.: O aumento do prazo do E.S. Finimob (sempre que houvesse o aumento de prazo do Empréstimo Simples) aliviaria muitos colegas, pois também aumentaria o salário líquido. E não há risco algum para a PREVI, que só faz operações dentro do limite da reserva de cada um.

Ari Zanella disse...

Prezado Nascimento,

Os técnicos da Seguridade estiveram na reunião do CC do dia 18/19 de junho, da qual participei, e eles expuseram claramente que havia um estudo avançado sobre o alongamento da idade (igual a da expectativa de vida, hoje em 85 anos). Desta forma, o financiamento imobiliário alongaria o prazo em 05 anos pois hoje o limite é de 80 anos.
Eu perguntei para a pessoa que estava explanando se isso demoraria. Ele disse que não, que já era concenso e que achava que poderia ser batido o martelo em + ou - três meses.
Mas é sempre assim, quando você faz a pergunta na PREVI, eles dizem não saber de nada. Cadê a transparência?

Rosalina de Souza disse...

Prezado Ari Zanella,

Com a mudança da expectativa de vida, de 80 anos para 85 anos, teoricamente não derruba a tese do Diretor Marcel de que empréstimo só pode ter 10 anos e que alem disso é financiamento.

Veja o caso da Carim hoje no mercado existe prazos bem maiores nos bancos com prazo até 35 anos (420 meses) 30 anos (360 meses) Previ 20 anos ( 240 meses).

Sera que a politica imobiliária da Previ não esta ultrapassada, mesmo com a mudança da expectativa de vida em 85 anos, já que ainda temos outros colegas mais jovens que pode ter acesso ou financiamento imobiliário pela própria previ, que em muitos casos recorre a outras formas de financiamento que não a Carim.

Palavras do Marcel, temos que ser prudentes num plano que tem a maturidade do plano 1.

Atenciosamente


Rosalina de Souza
Pensionista
Matricula 18.161.320-4

Anônimo disse...

ROSALINA, MAQUIAVEL É 'FICHINHA' PRA ESTA TURMA !!!!!

Mestre, a perspicaz Rosalina indaga a razão de a Caixa Econômica
fazer empréstimos com prazos longos e a PREVI se nega a estender o
prazo do empréstimo simples ; e analisando o problema penso que a -
chei a resposta : pra não faltar recursos para os amigos ! O prin-
cipe Nicolau Maquiavel dizia que primeiramente os meus, depois se
houver conveniência os teus.Divany Silveira- Sete Lagoas-mg

Edmilson lopes de sousa disse...

Bom dia,Divany. Meu e-mail:---------py4bsl@gmail.com------------.

Anônimo disse...

Interessante a Justiça, e NÓS????
Quando vai chegar nossa vez????


Teixeira e o Estatuto do Idoso

Teixeira beneficiado pelo estatuto do idoso no STJ
Depois de perder nas instâncias inferiores, Ricardo Teixeira recorreu ao STJ no processo que move contra o jornalista Juca Kfouri. Teixeira quer de Kfouri uma indenização por danos morais por uma reportagem publicada na internet em 2010.

O recurso chegou ao STJ no dia 2 de julho e vai furar a fila na tramitação processual. A pressa, no entanto, não se deve à figura de Teixeira, e sim à sua idade. Como tem mais de 65 anos, o ex-presidente da CBF é encaixado no estatuto do idoso, que dá preferência à sua ação.

Por Lauro Jardim

Anônimo disse...

A Carim antigamente emprestava se não me engano até 30 anos, alguem pode confirmar e explicar porque mudou ?

Anônimo disse...

ESTA NOTICIA VAI AUMENTAR A MARGEM CONSIGNAVEL DA PREVI ?? RACHEL GAMARSKI - O ESTADO DE S. PAULO
10 Julho 2015 | 22h 27
Governo federal deve apresentar na segunda-feira MP que amplia o limite de desconto em folha de pagamento, hoje de 30%
BRASÍLIA - Com o objetivo de aumentar o crédito e estimular a economia, o governo federal prepara uma medida provisória (MP) que ampliará o limite de desconto em folha de pagamento, o chamado crédito consignado, de 30% para 35% da renda do trabalhador.

João Rossi Neto disse...

Amigo Ari e colegas,

VUVUZELA ENCHE O SACO DE QUEM OUVE EM FRAÇÃO DE MINUTOS

O Presidente Renan Calheiros mandou recado para os funcionários do Ministério Público, que estavam do lado de fora do Congresso Nacional, de que não votaria o reajuste de salários deles se não parassem com o barulho das vuvuzelas.

Tendo em vista que serviu para incomodar lá, no Senado, também servirá cá, para a PREVI, devendo a ideia ser copiada e no próximo ato social de protesto às portas do Mourisco, agraciar os ouvidos dos interlocutores com o som agradável de algumas vuvuzelas.

Este instrumento extremamente barulhento alcança elevados níveis de decibéis e alvo escolhido (dirigentes do Fundo) em longa distância e pouquíssimas pessoas (no máximo 6) são suficientes para causar um enorme alarde/estrago.

Isto mostra que pressão certa funciona e que os pais poderiam até levar os filhos para tocar as estrondosas vuvuzelas, coisa que adolescentes adoram fazer. É observando que se aprende tática para tirar o sossego dos "inimigos" luxuosamente entrincheirados.

Anônimo disse...

Boa tarde ... é preciso pensar tbém nos mais velhos sobre o ES ... Eles reduziram o número de parcelas para 36 ... assim vou morrer e nunca mais conseguirei renovar o meu ES ... cada mudança só piora para os mais velhos ... é uma vergonha essa PREVI ... Obrigada ...

João Rossi Neto disse...

Caro Ari e colegas,

PASSEIO COM O DINHEIRO PÚBLICO.

A presidente Dilma andou em rede suspensa do solo na Itália, na Expo Milão e disse que para não cair precisava de ajuda, parecendo mais uma metáfora em relação ao seu segundo mandato.

Sua acompanhante, a Ministra da Agricultura, Kátia Abreu, com entusiasmo juvenil, falou, vou tirar os sapatos de saltos altos e vamos de saia e tudo. Imagem se elas estivessem desprevenidas de roupas íntimas e alguém olhasse para cima, iria ficar cego no ato, de susto com a dantesca visão.

Perdida como está no auge do caos da sua gestão, andar na rede é pouco para caracterizar o seu estágio de decadência moral, política e administrativa, por isso o ideal é que estivesse voando de um trapézio para outro, sem rede de proteção.

Consta que a Presidente durante o seu passeio estava mascando chicletes, o que reforça a tese de que as pessoas idosas tendem a ser crianças novamente, no momento em que voltam a usar fraldas, andar com andadores e a comer balas doces. Sem dúvida, afora a pieguice o chiclete serve para mascarar o bafo.

Anônimo disse...

Recado para py4sl-grande MOC -mandei confirmação- Internet c/problema-acuse recbº
DivanySilveira-SeteLoas-

Anônimo disse...

Socoooooorro!!! Fluminense contrata Ronaldinho Gaúcho!

AGORA PAGAREMOS A SÉRIE B DE QUALQUER JEITO

Anônimo disse...

E a CASSI, gente? Cadê auditoria, cadê transparência, cadê BB, O gato comeu? Srs. pós-laborais, para eles o prefixo pós não significa após, é pó, ao pó mesmo. Exercitemos os pulmões para soprar vuvuzelas e cerremos fileiras rumo ao Mourisco, para que os decibéis fragmentem o a sua cobertura de cristal.

Edmilson lopes de sousa disse...

Certo, Divany. Quando puder, meu e-mail é-------py4bsl@gmail.com------.

Anônimo disse...

11/07/15 11:00

O meu, liquidado no final de 2014, tinha esse prazo de 30 anos.
Agora, porque o prazo total foi reduzido só a PREVI sabe

11/07/15 12:09

Essa é a intenção: aumentar a margem consignável. E aí a PREVI estará amparada pela lei até os 35%.

Anônimo disse...


Será facinho arrumar 50 vuvuzelas barulhentas aí no RJ, onde residem centenas de aposentados. Se tiverem preguiça de ir com elas para o palácio de cristal, aí sim, será uma VERGONHA e NÂO ADIANTA MAIS RECLAMAR DE NADA.

Anônimo disse...

Alô Edmilson:

Mestre Ari, com a sua anuência, vou transmitir uma mensagem para
um seu leitor centenário, visto que não consigo enviar email.
Edmilson, vá a Caixa e peça um modelo para portabilldade de
conta. De posse do impresso peça ao BB para dar o "de acordo",
acrescentando que você esta fazendo uma reforma na casa e a
Caixa exige temporariamente uma conta, até mesmo por motivos
cadastrais. Você não deve encerrar a conta no BB, alegando que
haverá crédito de dividendos,Bancorbras,etc,etc . Diga que s/
crédito ira para o outro banco na forma de TED. Colega, estou
usando esta via porquanto já mandei 03 emails mas o sistema não
aceita. Por outro lado eu entendo de informática na proporção que
você entende da lingua grega.Asssim, não vi outro meio para aten-
dê-lo rápido. Divany Silveira- Sete Lagoas-mg

Anônimo disse...

Tristezas, decepções, falta de esperanças, dores, amarguras, necessidades mil. A minha fé acabou. Estou tão mal que prefiro morrer.

Valim disse...

Ari Zanella.

Você não pisa em sapato de Cinderela. Não possui sábado, domingo nem feriado de descanso no seu blog. Quem ocupa um cargo de Conselheiro, Diretoria não pode se dar a esse luxo.
Quem quiser dar uma de fazer cc cheiroso vai fazer em outro terreiro. Para mim aqui cc é cc, não tem classe A, B, nem C. Sou pobre mas sou limpinho. O meu "churrasquinho de laje" como diz o Falabella no antigo programa SAI DE BAIXO é mais gostoso e não cai pesado no estômago como muitos que possam imaginar estar comendo file mignon com bom tempero mas sem saber ou sabendo, caindo pesado.

O QUE PUBLIQUEI NUM BLOG E NÃO PUBLICARAM ou PUBLICARÃO ATRASADO:

Quanta jurubeba, mas é preciso tricotar enquanto há tempo ainda.
Quanto desperdício aos aposentados e pensionistas.
Enquanto alguns estão almoçando fora, tomando uísque, e nós aposentados e pensionistas em sua maioria comendo salsicha... Aguardem.
Que povinho frouxo.
Que país é este? Dizia Francelino Pereira, grande exemplo....
Eu digo: que povinho é este?
Puxa vida, parem de pedir, requeiram na porta da PREVI. Não existe ninguém dos eleitos que coloca seus dinheiros em jogo a favor dos aposentados e pensionistas, não é mesmo?
Esperem mais um pouco para ver se Papai Noel existe....!!!!!!!!

Não sou deselegante, mas paciência, obediência e resignação não é viver uma vida de gado. Se for - berrem na porta da PREVI - e não esperem ninguém.

Ari Zanella, coloca um infiltrado para mobilização, está tática infantil no qual nenhum de vocês políticos "pensaram ainda" nada lhe ferirão e a verdade é a seguinte: vocês não fazem porque não querem, todos vocês.

FATO:

Não comungo com Ciro Garcia em seus pensamentos políticos, mas já vi muitos que o desdenharam COM SUA CORAGEM em face do BB e se apequenar diante do BB, ou ser traído pelo mesmo. Não sei qual é o pior!!!

" Que um filho teu não foge à luta" - este é o nosso Hino.
Estou de saco cheio dos Dirigentes e dos aposentados.

OBS: A CPI dos Fundos de Pensão irá sair e o TCU irá fazer o seu papel, respondendo a Dilma Rousseff.

Anônimo disse...

Professor Ari,
Gostaria se possível de algumas informações:
meu nome foi incluído no SERASA/SPC, o BB pode apropriar da minha aposentadoria depositada pela PREVI.
Grato
Jose Carlos

Anônimo disse...

Prof Ari, se o consignado mudar de 30 para 35% por medida provisoria, a acao de 30% consignado mudara para quem ja enfrou?

Anônimo disse...

Emérito Professor ZANELLA:

Não quero TIRAR as ESPERANÇAS de ninguém, mas os DESAVISADOS que acreditam que o OUVIDOR ouvirá UM OU OUTRO de nossos PLEITOS, se ACAUTELEM, pois o OUVIDOR já NASCEU DEFEITUOSO, sendo portador de NECESSIDADES ESPECIAIS (SURDEZ PROFUNDA e INCURÁVEL).

Anônimo disse...

No post anterior da Terceira Via, será que a entrevista com o Chefe da PF não mostrou o caminho? No momento atual da economia brasileira, os diretores da Previ se darem aumentos milionários é caso de Polícia Federal

Anônimo disse...

Parabéns Magistrado Rossi, pelas suas observações!

Valim disse...

Caro Ari Zanella.

É preciso que alguém fale, e fale alto, e diga tudo, custe o que custar.
Os Conselheiros juntamente com a Diretoria, estão com medo eleitos que foram por nós, de colocarem seus cargos e salários em risco, colocando-nos a escanteio em nome disso.
Mas aguardem, pois pode ser que o salários estejam com os dias contados.
Advirto esta tática que pelo termômetro que está caminhando. a perda será inexorável.
Não adianta Sarney ser maioria com Renan, Jucá, Lobão, pois não conseguirá passar por Eduardo Cunha digo isto referente ao TCU e CPI FUNDOS DE PENSÃO.
Já fiz várias publicações neste cerne só que mais aguerrido, talvez não elegante como este.

Prefiro a verdade, mas agora está polido como deve ser "politicamente correto", mas devo confessar o medo embota.

Valim.

Goulart disse...

A T E N Ç A O C O L E G A S QUE MORAM EM BALNEARIO CAMBORIU SC E PERTO, POR FAVOR COMPAREÇAM NA REUNIAO DAS ASSOCIAÇÕES ASSUNTO DE NOSSO INTERESSE ESTARAO PRESENTES O PRESIDENTE DA PREVI SR GUEITIRO GENÇO E O DIRETOR DR MARCEL, POR FAVOR OS QUE PUDEREM, O B R I G A D O, POIS O ASSUNTO É DE NOSSO INTERESSE, MAIS UMA VEZ OBRIGADO A REUNIAO E NO DIA 17 DE JULHO DE 2015. POR FAVOR COMPAREÇAM POIS QUEM MORA EM BALNEARIO CAMBORIU FICA MAIS PERTO. OBRIGADO MAIS UMA VEZ... colega aposentado de Cambé-PR, na esperança de dias melhores. E divulguem em seus emails, smartfones, etc...

Anônimo disse...

Professor,

Ronaldinho no Fluminense é pior que Marcel diretor da Previ!

Pensando bem, nem tanto...

Melhor, exagerei monstruosamente demais

WILSON LUIZ disse...

Parece que o aumento para descontos de crédito consignado subirá, mesmo, para 35%. Mas, como o diabo mora nos detalhes, os 5% a mais seriam para despesas com cartão de crédito.É mais um incentivo para tentar melhorar a economia, só que apenas resultará em maior endividamento dos consumidores.

Anônimo disse...

Se for aumentada a margem para 35% vamos todos enviar emails para a Presidenta, para a Previc e outros mais para que a Previ cumpra o limite legal.Deveríamos inclusive colocar nos jornais e na internet que a Previ sendo controlada pelo governo federal não cumpre as leis federais.Não adianta deixar margem negativa no contracheque e deixar os descontos ultrapassarem 50% da renda.

Anônimo disse...


Para obtermos melhorias a solução será apelar para as vuvuzelas e colocá-as em ação em frente ao mourisco.

Edmilson lopes de sousa disse...

Boa tarde,Divany. Entendi sua mensagem de hoje das 00:05. O e-mail não funcionou. Muito grato.edmílson.

Anônimo disse...


As vuvuzelas iriam assustar muito os habitantes do palácio de cristal e seríamos recebidos e ouvidos para evitar os vexames que lhes causaria a barulheira.