BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

segunda-feira, 27 de julho de 2015

ESTAMOS PERDENDO FEIO

            Nossa condição de aposentados enfrenta, de novo, após 21 anos de estabilidade, o dragão da inflação, em meio a uma conjuntura econômica que derrubou nossa reserva especial de 24 bilhões de reais, posição de dezembro/2013, para alguma coisa ao redor de 5 bilhões nos dias atuais (números sem confirmação oficial mas com tendência a virar pó em dezembro deste ano.) Talvez esta previsão não divulgada tenha sido o real motivo da perda do BET no início de 2014 com o retorno das contribuições.
            O pior é que as medidas tomadas até agora não estão surtindo efeito no terreno inflacionário, a nossa perda de poder de compra. Eis um paralelo da inflação do ano passado em comparação com o ano presente, realçando que, via de regra, a cada ano de abril a agosto, a tendência sempre foi de queda, menos neste ano de 2015. Mau sinal.

MESES           2014         2015

Janeiro           0,63          1,48
Fevereiro        0,64          1,16
Março              0,82          1,51
Abril                0,78          0,71
Maio                0,60          0,99
Junho              0,26          0,77
Julho               0,13             ?
Agosto            0,18              ?
Setembro        0,49
Outubro           0,38
Novembro        0,53
Dezembro        0,62

           A tendência não é animadora. Ainda mais se perdermos o grau de investimento pelas agências de risco. Na prática ao que parece isso já está acontecendo com a recente decisão de revisão das metas na esfera federal. Contribui o fato de não ter havido cortes no custeio, continuamos com 38 ministérios e 105 mil cargos comissionados. Falam que o ministro Levy não vê com bons olhos os super salários dos apaniguados em estatais, incluídos os fundos de pensão. Será? Se assim fosse sugeriria à presidenta mudanças, não acham?
            O amigo Carvalho, em que pese todo seu esforço, tentou convencer o Conselho Deliberativo para aprovar o adiantamento de 7% a ser compensado em janeiro/2016. Tudo o que conseguiu foi adiar a decisão para final de agosto. Será que não faltou empenho do Haroldo e do Rafael? Estes dois estão nos devendo, afinal, foram eleitos e por que não brigam por nós? A não ser que haja algum motivo impeditivo como, por exemplo, falta de fluxo de caixa. Pouco provável pois o presidente Gueitiro afirmou em Balneário Camboriú que a PREVI sempre trabalha com fluxo de caixa folgado justamente para evitar contratempos. Ou então, seria o acréscimo de 5.000 novos colegas que aderiram ao PAI neste mês de julho? Se não aprovarem, com certeza nos devem explicações.

15 comentários:

Anônimo disse...

Prezado Zanella!

Quando o Presidente Geitiro disse em BC que os executivos do BB e da Previ deveriam ganhar bem, pois os executivos do Itau e do Bradesco, ganham até 4 vezes mais, ele não mencionou que estes altos salários vão inflar as aposentadorias deles na Previ, imagine o BB com 50 cargos na Presidencia, Vice presidencias e diretorias e sub-diretorias, há cada 36 meses, estarão engordando a folha da Previ, através da resolução 26, temos que mudar o Estatuto ou não sobrará nada para nós que fazemos parte da "micharia",
Jurandir Waltrich - BC

Anônimo disse...

O JORNAL 'GAZETA DO POVO' DE CU-RITIBA DE HOJE DIA 27.07.15 TRAZ EM SEU EDITORIAL DE SEGUNDA FEIRA A SEGUINTE MANCHETE

'DUAS CPIS MAIS QUE NECESSARIAS'

REFERINDO SE A DO BNDES E DOS FUNDOS DE PENSÃO.

O LINK PARA A MATERIA É:

http://www.gazetadopovo.com.br/opiniao/editoriais/duas-cpis-mais-que-necessarias-3gf5t72pr6trzjlitlqqb7vbn

Anônimo disse...

Um colega, frequentador constante, quase que diário, dos principais espaços voltados para os associados da Previ, pergunta de forma incessante, pelo que eu consegui entender, quais são as causas da criação do voto de minerva, da resolução 26 e da mudança do estatuto para beneficiar o patrocinador. A causa é uma só: possibilitar ao governo um fácil acesso aos recursos dos fundos de pensão patrocinados por empresas estatais.

Anônimo disse...

Emérito Professor ZANELLA:


Com Vossa honorável permissão, enumero abaixo, COISAS POSSÍVEIS, que APOSENTADOS/PENSIONISTAS/ASSOCIAÇÕES (exceto ANABB), JÁ DEVERIAM TER FEITO e OUTRAS PRESTES a FAZER:,

1) - TER DENUNCIADO ao Ministério Público ESTADUAL e/ou FEDERAL, consoante à ÁREA DE COMPETÊNCIA), a PREVIC, por NÃO FISCALIZAÇÃO do FUNDO PREVI;
2) - TER DENUNCIADO, igualmente ao MP, o TAC(Termo de Ajuste de Conduta), para os ALTOS SALÁRIOS, até hoje não cumprido pela PREVI, com OMISSÃO CLARÍSSIMA da PREVIC;
2) - TER NEGOCIADO, a nosso favor, NOSSA FOLHA DE PAGAMENTO com outros Bancos, com DENÚNCIAS ao MINISTÉRIO PÚBLICO (de preferência) e JUDICIALIZAÇÃO (se necessário);
3) - TER NEGOCIADO a nosso favor, TODOS OS RECLAMES/PROPAGANDAS/PUBLICIDADES ESTAMPADOS em nossos CONTRACHEQUES, com REVERSÃO DOS VALORES a nosso crédito;
4) - TER FEITO VERIFICAÇÃO COMPLETA, em que situação se encontram os nossos PROCESSOS MOVIDOS CONTRA À PREVI;
5) - A MÍDIA FAJUTA nacional pode querer COBRAR CARO ou NADA PUBLICAR, então DEVEMOS NÓS MESMOS, ESPALHAR, DENTRO DA LEI, o que ocorre na PREVI e se possível INCLUINDO também o BB-GULOSO, nas MÍDIAS SOCIAIS;
6) - TÃO LOGO se apresente à OCASIÃO e desde que seja COISA FORMAL, DENUNCIAR ao MP o caso da CASSI e IMEDIATA JUDICIALIZAÇÃO (se necessário).

Espero que o Mestre e os amigos do blog, ACRESCENTEM MAIS OCORRÊNCIAS.




Anônimo disse...

Não importa, tal cenário não coloca em risco a remuneração variável, eis que a manutenção da reserva de contingência não está no rol de indicadores para o seu mérito, tampouco a formação da utópica reserva especial. Neste contexto, se consolida mais uma premissa desse governo socialista do caviar extensiva aos seus: cortar na própria carne, somente no âmbito da retórica e do perímetro dos palanques. Adeus à CASSI, à PREVI, à velhice segura, todos portando o cartão amarelinho nas filas das lotéricas, filas do SUS, corredores dos hospitais e outros redutos a que pretendem remeter a classe média fascista.

Anônimo disse...

O grande problema destas CPIs nos CONGRESSOS é que geralmente não resulta em nada, basta fazerem um novo acordo que a CPI morre e é enterrada. Agora se fosse uma CPI pelo judiciario como o juiz federal SERGIO MORO está fazendo seria outra coisa.

Anônimo disse...

Caro Ari, agora você falou tudo certo, palmas para o GRUPO DAS VUVUZELAS...como já sugeriu o genial Rossi.

GRUPO VUVUZELAS...Já!!!

Anônimo disse...

O tempo passando e eles da PREVI só curtindo a vida mansa deles com salarios astronimicos, por acaso eles estao lá ligando para a periferia ou seja de que nos chamam, com suas aposentadorias de mais de R$ 50.000,00 a vida fica mansa e tudo fica bonito. Saiu o Dan Conrado e entrou outro que só fez até agora levar a turma na conversa, participa de reuniões mas não decide nada em prol dos aposentados e pensionistas.

Anônimo disse...

Emérito Professor ZANELLA:


A ANABB está ARRECADANDO TANTO, que seus DIRIGENTES estão FRENÉTICOS e SEM SABER O QUE FAZER COM TANTO DINHEIRO, que ao invés de AVENTURAR-SE pelo TERRENO MOVEDIÇO do Setor Imobiliário, de Seguros e outros afins, que está GERANDO GRANDE TUMULTO na CÚPULA, bem que poderia ENVEREDAR pelo SETOR DE EMPRÉSTIMOS SIMPLES, aos seus SEDENTOS ASSOCIADOS, podendo os mesmos serem vinculados aos processos em andamento. Para os que estão ingressando com questões AGORA, o prazo poderia ser de no mínimo 20 ANOS, tempo geralmente gasto para o RECEBIMENTO do ALVARÁ.

Anônimo disse...

Eles não querem abrir o cofre para nós então fechemos o deles , JUSTIÇA E DENUNCIA , CHEGA DE FICARMOS COM O PIRES NA MÃO ;

paraguassu 76895203 disse...

Caro Professor, esses dirigentes da PREVI que estão inflando seus salários e outras benesses, em caso da instalação da CPI dos fundos de pensão e a iminente queda do PT, poderão ter suas situações revistas, respondendo judicialmente por sua atuação temeraria??? Terao que devolver os valores recebidos indevidamente, devidamente corrigidos, da mesma forma que estão cobrando o pessoal que recebeu o auxílio alimentação??? Responderão judicialmente por seus atos criminosos???

Ari Zanella disse...

Meu Caro Paraguassu,

O objetivo de uma CPI não é este. Eles irão verificar se houve negócios estranhos ou desvios aos objetivos do fundo.
Forte abraço ao amigo.

Anônimo disse...

Prezado Zanella,

Mas o Paraguassu não deixa de estar certo. Se a CPI levantar provas ou indícios de delito ou crime, o assunto será remetido à apreciação da PF para instrução do competente inquérito, e, se evidenciada materialidade, o submeterá à apreciação do MPF para possível denúncia que este poderá fazer ao juizado competente.

anonimo disse...

pREZADO ZANELLA.

uma luzinha vermelha me acendeu: Talvez até a antecipação dos BONUS da Diretoria tenha tenha sido por medo de que daqui a uns meses seria inviável o pagamento desta gorda remuneração variavel, sabe como é - EM CASA DE FARINHA POUCA MEU PIRÃO PRIMEIRO. fica ai a possibilidade de mais uma maquinação oportunista.

Anônimo disse...

Prezado Zanella,
QUEM SABE ESTA PRESSA DE ANTCIPAR O BONUS DA DIRETORIA TENHA POR BASE ALGUMA PROJEÇÃO QUE INDICAVA A INVIABILIDADE DE PAGAMENTO PARA OS PROXIMOS MESES
FUTUROS, PORT FALTA DE FUNDOS, DESSA REMUNERAÇÃO VARIÁVEL? SABE COMO É - EM CASA
DE POUCA FARINHA MEU PIRÃO PRIMEIRO. sEI NÃO...