BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

sábado, 25 de julho de 2015

QUANDO NÃO SE QUER, NADA SAI

Quando não se quer resolver absolutamente nada se cria o chamado grupo de trabalho para cuidar de determinado assunto. Hoje, na Previ, o “mantra” é que as coisas estão em estudo ou em estado avançado com vistas a uma definição (vide ES-Capec). “Estudam” tanto mas não chegam a conclusão alguma. Aliás, estou sendo injusto. Quando o assunto envolve os membros da diretoria logo se chega a uma conclusão que, sempre, contraria os interesses do corpo de associados. No caso específico do adiantamento de 7% não houve consenso entre os membros da diretoria executiva. Pode-se inferir, sem exageros, que apenas os eleitos, Décio e Cecília, foram os que se manifestaram favoráveis à antecipação. O assunto subiu para o conselho. Não será surpresa, imagino, que semelhante decisão possa vir a acontecer com o consequente empate entre os conselheiros eleitos, a favor da antecipação, e os indicados votando contra. Mais uma vez a coisa poderá ser decidida, contra os nossos interesses, mediante aplicação do malfadado voto de minerva. Confesso que não estou sendo, de forma alguma, pessimista nas minhas colocações. O decorrer do tempo e dos acontecimentos fazem com que eu me comporte da forma a mais realista possível, a fim de evitar maiores decepções diante da expectativa que foi criada em torno dessa reunião do DELIB de amanhã, 24.07.2015.

(Comentário de Jorge Teixeira - dia 23.07 na postagem
  "DOIS MESES DECISIVOS")

Nota do Blog

Atendendo pedido do colega Ricardo Albuquerque, retirei do ar o comentário de Arnaldo Jabor que a mim também agora pareceu com certo exagero.

30 comentários:

Anônimo disse...

Ai de ti, aposentado e pensionista da Previ, passamos fome para os nossos dirigentes se esbaldarem com bônus milionários sugados do nosso sangue,e nem ao menos nos concedem a esmola de um novo ES para sobrevivermos.

Valim disse...

Prezado Ari Zanella.

Só quero a causa e não a consequência:

FIM DO VOTO DE MINERVA, RESOLUÇÃO 26, MUDANÇA DO ESTATUTO (EM CASO DE EMPATE NAS VOTAÇÕES, A PARTE ELEITA GANHARIA) POIS SÃO OS ESCOLHIDOS PELOS APOSENTADOS E PENSIONISTAS, É O GRITO DE GUERRA.

Marco Orlando disse...

Amigo Ari,
Acabo de repassar seu artigo(Arnaldo Jabor) para todos os meus amigos no Fac ebook.

Solicito a todos os seus seguidores e dos Blogs do Medeiros, Carvalho e Cecília que façam o mesmo.
Admiro a sua coragem e temos que compartilha-la!
Um grande abraço.
Marco Antonio Orlando

Adaí Rosembak disse...

Caro Ari Zanella,

Você saiu na minha frente.
Li esse artigo e ia publicá-lo no meu blog.
Aprecio demais o Arnaldo Jabor.
Parabéns pela publicação.

Adaí Rosembak

WILSON LUIZ disse...

PETISTAS À BEIRA DE UM ATAQUE DE NERVOS

O Juiz Sérgio Moro determinou a transferência de oito acusados na operação Lava-Jato para uma penitenciária estadual, no Paraná. Zé Dirceu está escondido debaixo da cama, tremendo de medo, pois agora há vagas na carceragem da Polícia Federal em Curitiba.

O PT está fazendo o diabo para livrar o Lula da cadeia. Lançaram a idéia de ele ser nomeado ministro da presidenta, para passar a ter foro privilegiado.

Acabou o feitiço. Nos bons tempos, quando Lula convidava alguém para conversar, era a consagração. Agora, fogem dele como o diabo da cruz. Para tentar dar algum fôlego à presidenta Dilma, evitando que o podre regime que aí está desmorone de vez, enviou emissários ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, a quem chamava de nazista, para fazer um “pacto pela governabilidade”. Ao que parece, desta vez FHC parece ter aprendido, teria declarado que “não se deve salvar o que não merece ser salvo”. Espero que seja verdade, quando estourou o mensalão, Lula, todo meloso, foi a ele e pediu que não apoiasse seu impeachment, insinuando que apenas queria terminar seu mandato, e não seria candidato à reeleição. O tucano caiu como um patinho, e deu no que deu, o desastre moral que aí está.

Anônimo disse...




"""COLEGAS, PENSEM ANTES DE DIZER A IDADE """""

Mestre, antes mesmo de entrar na agência, a moça me ofereceu um
café, o qual agradeci. Aliás, como estamos em família, posso con-
tar um segredo meu . O caso é o seguinte: quando a atendente ,de
modo geral jovem ,bonita e insinuante, se aproxima de mim e per -
guntas : o senhoor aceita um café, uma água ou algo diferente ?
Quando ela fala ou algo diferente eu sinto como se uma pedra ti-
vesse caido na minha cabeça, pois não raciocino mais e fica aque
la coisa martelando na cabeça . . ."ou o senhor prefere algo di-
ferente ? ou um sorvetinho, pois está tão quente !!!! Depois da
da última oferta, eu pensei que eu pudesse estar com labin -
rintite,tal minha cabeça "rodava".Assim, resolvi ser breve e anun-
ciei meu proposito de fazer um consignado e baixar meu saldo no
cartão de crédito. ??Após dar um sorriso,partiu ( lembrei então o
que minha mulher sempre diz : quando uma jovem rir 2X prá vc,
fique esperto !! ) Logo depois ela aparece e dando mais um ,diz:
infelizmente, a idade do senhor não permite,o senhor tem 76 anos.
Mas não é até 80 anos,perguntei!! Não acredite em tudo que lê,
senhor !!! Mas eu financiei 25 p/comprar um carro de 75 e estou
em dia. As coisas mudam,senhor ,ponderou !!!Moral da hist´oria:
errei quando disse a verdade.Baixar o saldo.O banco não vai em -
prestar a 21% p/receber aplicado a 30%. Colegas idosos,cuidado
com o sorriso das jovens. . . .!!! E compensa dizer a verdade ?
Um abraço,divany Silveira -SeteLagoas-mg
















Anônimo disse...

Anônimo disse...(Blog do Medeiros)

[...]

Eu tenho experiência em encaminhar solicitações em massa a deputados e senadores e ter sido atendido.
Temos que acreditar, senão nosso fundo vai pro buraco.

25 de julho de 2015 10:14

-
1. Vários estudos biológicos demonstram que um sapo colocado num recipiente com a mesma água de sua lagoa fica estático durante todo o tempo em que aquecemos a água, mesmo que ela ferva. O sapo não reage ao gradual aumento de temperatura (mudanças de ambiente) e morre quando a água ferve.
Inchado e feliz.

Por outro lado, outro sapo que seja jogado nesse recipiente com a água já fervendo, salta imediatamente para fora. Meio chamuscado, porém vivo!
Às vezes, somos sapos fervidos. Não percebemos as mudanças.

Achamos que está tudo muito bom, ou que o que está mal vai passar – é só questão de tempo. Estamos prestes a morrer, mas ficamos boiando, estáveis e apáticos, na água que se aquece a cada minuto. Acabamos morrendo, inchadinhos e felizes, sem termos percebido as mudanças à nossa volta.
Sapos fervidos não percebem que além de serem eficientes (fazer certo as coisas), precisam ser eficazes (fazer as coisas certas). E para que isso aconteça, há a necessidade de um contínuo crescimento, com espaço para o diálogo, para a comunicação clara, para dividir e planejar, para uma relação adulta. O desafio ainda maior está na humildade em atuar respeitando o pensamento do próximo.
2. [...] destaca que graças ao “cérebro de lagarto” dos investidores, ninguém vai perceber o crash até que ele ocorra.
3. PUT A PREMIUM ON EXPERIENCE

Can you really explain to a fish what it's like to walk on land? One day on land is worth a thousand years of talking about it, and one day running a business has exactly the same kind of value.
Warren Buffett

4. Entenda por que?
• O retorno ao real nos reenvia em última análise, à exploração dos trabalhadores*, que é o verdadeiro “fundamento” da Bolsa;
• O atual capitalismo bursatil é uma espécie do gênero conspiração;
• A tendência da Bolsa brasileira é de baixa irreversível...
• REPIQUES podem acontecer na Bolsa brasileira, mas não REVERSÃO. Tal assertiva já foi provada matematicamente; portanto, quanto mais tempo o cidadão (fundo de pensão) permanece comprado em títulos bursateis, mais perde.

*Trabalhadores = associados dos fundos de pensão (aposentados + pensionistas)

Ajude-nos. Você estará te ajudando. Faça seu depósito na conta abaixo:

Caixa Econômica Federal
Agência: 1532
Tipo de conta: 013
Número da conta: 14167.1

Segue uma amostra do nosso trabalho: https://drive.google.com/file/d/0B9XGyMFsJ0D8bGhpNzNZeXo0Z0lUWmxqekQxc3JIZDd5VnpB/view

Anônimo disse...

Enquanto o PT não cair de fato, nada vai melhorar para nos da Previ...por isso nossos algozes estão metendo à mão enquanto podem...

Anônimo disse...

uma sugestão prof remeta os artigos do Joaõ Rossi e as postagens mais contundentes a Previc , devemos cobrar e no bom sentido entupir a Previc de reclamações e denuncias se eles estão irregulares deve haver um limite legal para os abusos contra as nossas reserva nos Estados Unidos haverá ações contra a Petrobras em virtude de terem lesado as economia e recursos dos acionistas , de uma forma ampla somos tb aplicadores de nossas rendas na previ e não se pode usar de nossa poupança a bel prazer. , aplausos para os Americanos !!!!

Anônimo disse...

Felizmente o molusco,chefe mor da quadrilha, que tanto nos ferrou,como é
o caso da Previ, deverá ser preso logo,logo e espero que a petralhada en
castelada no nosso Fundo de Pensão
venha responder por seus atos, pelo menos da CPI, o ideal seria na justiça.















Anônimo disse...

Sr. Valim...

Me perdoe, mas seus comentários ultimamente têm sido um tanto quanto exdrúxulos! Não dizem coisa com coisa! Acredito que devem estar dando um nó na cuca do Prof. Ari.

ricardo o.c.de albuquerque disse...

Atenção, Sr.Ari.
Esta crônica do ex-comunista e agora gozando as delícias do capitalismo, é uma condenação a todo POVO BRASILEIRO. Na hora de colocar essas coisas no blog é preciso esquecer os odios e idiossincrasias e pensar mais em nós. Sinto-me profundamente ofendido. Peço retirar o artigo da página. Ricardo 86073001

Anônimo disse...

Arnaldo VAPOR ? Pelo amor de Deus! Só continuarei a ler o blog para saber do E.S.

Nascimento.

Valim disse...

Prezado Ari Zanella.

Só quero a causa e não a consequência:

FIM DO VOTO DE MINERVA, RESOLUÇÃO 26, MUDANÇA DO ESTATUTO (EM CASO DE EMPATE NAS VOTAÇÕES, A PARTE ELEITA GANHARIA) POIS SÃO OS ESCOLHIDOS PELOS APOSENTADOS E PENSIONISTAS, É O GRITO DE GUERRA.

Valim disse...

Grande professor Ari Zanella.

Muito obrigado pelas postagens.

Anônimo disse...

Concordo com o anon 11:06 Temos que passar a questionar a Previc.As matérias do Rossi do Prof.Ari são ótimos para serem encaminhados a Previc e também as respostas da Previ as nossas solicitações que são sempre vagas e não resolvem nada devem ser encaminhadas a Previc para que dê seu parecer.Qualquer tentativa diretamente com a Previ é pura perda de tempo.

Valim disse...

Para o grande professor Ari Zanella.

Digo isto pois tenho para o meu termômetro diagnosticado posicionamento límpidos e translúcidos. Obrigado pelas minhas postagens, e sabedor que é sabedor de um bom português bem melhor do que o meu, espero que continue com minhas mensagens subliminares. Se continuar no seu as minhas postagens e nos demais, muito obrigado.

Vai aqui uma mensagem do CLUBE MILITAR:

MORTAIS COMUNS

Estavam nossos políticos postos em sossego, na onipotência olímpica em que vivem, com seus menores desejos atendidos e pagos pelos brasileiros, quando de repente, não mais que de repente, como diria Vinicius de Moraes, seu mundo onírico desabou: a Polícia Federal, cumprindo 53 mandados assinados por três ministros do Supremo Tribunal Federal, amanheceu nas casas de vários deles, inclusive de deputados, senadores e do ex-presidente Collor.
Não foi o juiz Sérgio Moro que expediu os documentos, pois os políticos investigados têm direito a foro privilegiado e só podem ser julgados pelo STF, que foi a origem dos mandados.
A surpresa foi geral, para consternação dos investigados, que tiveram documentos, bens e computadores aprendidos, e para alegria dos mortais comuns que, finalmente veem poderosos senhores feudais, que mandam e desmandam no país, serem atingidos por medidas desse tipo.
Pasmos, incrédulos, assustados, os políticos não se conformaram.
Inicialmente, declararam que a medida era arbitrária, uma intromissão do Judiciário no Legislativo, como se mandato eleitoral assegurasse impunidade criminal aos eleitos.
A seguir, partiram para o contra-ataque, aprovando a instalação de diversas CPIs que desagradam ao Executivo, por atribuírem a este Poder a responsabilidade por não ter interrompido as investigações antes de as mesmas chegarem tão longe. Sabem, mas fingem ignorar, que a iniciativa, há muito tempo, está com o Judiciário. Atacam o Executivo para aumentar a confusão e poderem alegar que todos são igualmente corruptos.
Fora do poder formal, mas vendo o cerco se fechar, o ex-presidente Lula também tem suas preocupações aumentadas: se o STF não aliviou das investigações o também ex-presidente Collor, por que haveria de dar-lhe este benefício?
A grande novidade, porém, foi-se verem todos atingidos por medidas que, tradicionalmente, não os atingiam, dando-lhes a ilusão de serem semideuses, super-homens todo-poderosos, acima do bem e do mal, colocados além das leis do país por sua condição de detentores de mandato eletivo.
Estupefatos, descobrem-se mortais comuns, como eu e você.


Gen Clovis Purper Bandeira - Editor de Opinião do Clube Militar

OBS: General Clovis, gostaria de uma informação, se verdadeira e possível de vazamento, de que já estariam convocando pessoal da reserva com condições de um possível confronto de irmão contra irmão. Digo e repito que o Exército Brasileiro com as demais forças estão observando o país, com muita prudência para nos resguardar. Certo da impossibilidade de tal informação, gostaria da confirmação da vigilância para mais uma tranquilidade de nossos velhos aposentados e pensionistas, para uma futura manifestação na PREVI.

Ao anônimo das 11:44 se for quem eu penso,e de qual clube você participa, sem rancores, vocês já não estão vendo coisas com coisas há muito tempo. A casa literalmente caiu. Eu pediria para sair. Aliás não me imagino nesta casa.

Tudo muito calmo, com serenidade, paciência, OBEDIÊNCIA, e resignação para o que Jesus nos impor o que devamos fazer.
Que assim seja.

Anônimo disse...

Prof. Ari, permita-me:

Colegas aposentados,
Tenho uma solução prática para arrancarmos dos dirigentes mentirosos da previ uma solução para nossos problemas: desfiliação em massa da ANABB. Bastaria essa associação receber, por dia, um pedido de desfiliação por parte dos aposentados para, em menos de dez dias, a situação se reverter em nossos favor.
E por falar em desfiliação de aposentados, vale lembrar que a ANABB é entidade pertencente aos funcionários da ativa, e não de aposentados.

Um paradoxo:
Se a Cassi lhe abandonar, como a anabb lhe abandonou, você vai continuar mandando dinheiro para engordar a conta bancária dos seus diretores, da Cassi?

cordial abraço.


Anônimo disse...

Ô anônimo das 10.28 que está pedindo doações, pelo menos divulgue o nome junto com o número da conta. Se formos fazer doações, para nossa causa, vamos doar para o Zanella e o Medeiros defenderem nossos interesses, não para um aventureiro saido não se sabe de onde.

Anônimo disse...

Professor Ari, acho que já passou da hora de procurar uma das associações para organizar uma manifestação dos aposentados e pensionista em todo Brasil , e gritar perante a mídia como se encontra a situação a nossa situação hoje . Não podemos mas esperar a situação e gritante e caso de vida ou morte.

Anônimo disse...

Concordo que quando não se quer nada sai.Verdadeiro absurdo o que fazem nessas reuniões.Não resolvem nada e deixam para o mes seguinte??
Não podemos mais tratar nenhum assunto com a Previ mas só com quem estiver acima.Se a Previc fosse séria entraria nas causas dando um prazo para a Previ apresentar soluções ou ela própria resolveria.

Anônimo disse...



A internet é ótima quando temos as postagens do Medeiros e do Ari mas também se presta para muita bobagem e coisas que aborrecem. Estes espaços deveriam ser usados prioritariamente para assuntos de interesse da nossa coletividade.

ricardo o.c. dealbuquerque disse...

Prezado e eminente colega.
Parabéns e obrigado. Apenas uma observação. Quando me senti ofendido foi na substituição que fiz de BRASIL por povo brasileiro e senti as injustiças para todos nós batalhadores e honestos que, muitas vezes, que acordam às 5 da manhã para ganhar pão de cada dia e sustentar suas famílias. Mas uma vez obrigado. ricardo

Adaí Rosembak disse...

Caro Ari Zanella,

Conversei com alguns colegas sobre a ida do presidente da PREVI à AAFBB. Todos se mostraram satisfeitos com o homem.
Por outro lado , os indicados pelo patrocinador não podem ir contra as diretivas do BB. E aí, com o voto de minerva, por mais que os eleitos queiram, nunca vão ter sucesso.
É frustante.
Acabei de ler um artigo do Medeiros em que ele coloca essa mesma impressão.
A propósito é por isso que gosto dos artigos do Arnaldo Jabor.
Ele não tem barreiras. Joga o barro no ventilador.
É uma pena que o comentarista tenha pedido para tirar a nota.

Um abração

Adaí Rosembak

Anônimo disse...

Parece que não entenderam o artigo do Arnaldo Jabor.

"Ai de ti, Brasil!*" foi publicado em 09/06/2015 em coluna do autor no jornal O Globo, com expressa "(*) Homenagem a Rubem Braga".

E na escrita de Jabor o sarcasmo e o deboche são corriqueiros...

Solonel Drumond Jr disse...

Mas Ari, em 02/06/2014 você dava lôas à posse da Cecília como a salvação dos Associados. E daí, o que mudou?
SolonelJr

Ari Zanella disse...

Pois é, Solonel. Nem sempre as nossas expectativas se cumprem. Penso que menos por culpa das pessoas, mais por culpa do patrocinador que governa estatutos e regulamentos. Mesmo assim, acho que a Cecília faz o que está a seu alcance para nos ajudar. Não esqueça que dos seis atuais diretores, quatro são "contra nós". Dos dois que estão do nosso lado, um deles é do PREVI 2, logo só nos resta a Cecília, meu caro...
Exceto se no ano que vem você e a Rede SOS consigam emplacar o novo diretor de Seguridade que poderia ser até o seu grande amigo Marcos Cordeiro, por que não?

Anônimo disse...

IGUALZINHO LÁ

Segundo o noticiário, dias atrás, na Coréia do Norte, ocorreram eleições "democráticas". Existia somente um candidato por cédula e esse era indicado pelo governo. Era proibido votar contra, em branco, nulo ou não comparecer às urnas. O castigo para que descumprisse essas ordens era a pena de morte.

No nosso fundo de pensão, o Presidente e alguns diretores são indicados pelo patrocinador. E ali também é proibido votar contra os interesses do seu "patrão" e são criados grupos de trabalho/estudo sempre que queremos alguma melhoria. O grupo se reúne para decidir a melhor forma de negar os benefícios por nós solicitados e saber como justificar o injustificável. Foi assim com a retirada do BET, que ocorreu antes do prazo estabelecido. Depois aconteceu também ao doarem 500 mil de bônus aos felizes e bem nutridos diretores. Já no adiantamento de 7% a partir de julho, foram centenas de minutos de estudo do grupo, para dizer.... NÃO!!!!!!!! Mas para criar a renda variável o estudo foi bem rápido. Custou apenas trocar umas palavras entre o grupo e vapt....dito e feito..... APROVADO!!!!!!!

Se os indicados pelo patrocinador não cumprirem a vontade deste, também poderão ser castigados. A pena poderá ser ser a perda do cargo. Teriam coragem da contrariar o patrão?

Do jeito que tá nunca teremos melhorias. Devemos acabar com a resolução 26 e outras interferências ao NOSSO Plano1 1.

Temos que criar e organizar urgentemente o GRUPO DAS VUVUZELAS e irmos em frente ao mourisco. Agarrem-se nas bengalas e vamos lá!

Anônimo disse...

kkkkk gostei do seu comentário Ari, com o colega da REDE SOS. Esse Solonel...

Anônimo disse...

Caro Ari, agora você falou tudo certo, palmas para o GRUPO DAS VUVUZELAS...como já sugeriu o genial Rossi.

GRUPO VUVUZELAS...Já!!!