BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

sexta-feira, 5 de junho de 2015

TORNADOS, VENTANIAS E FURACÕES

      Mês que vem começa o segundo semestre, um dos mais explosivos no padrão a que estamos acostumados. A previsão é minha, espero estar enganado. Inobstante haver dados para lá de preocupantes na economia nacional: inflação em lenta desaceleração, desemprego crescente, sistema de energia no fundo do poço, juros nas alturas, escândalos e falcatruas quase impunes são nitroglicerina pura.
      O FBI americano entrando de sola no caso FIFA, com respingos em diversos países, o Brasil incluído, deixa claro que o fim da impunidade nos casos de corrupção está próximo. Aliás, próximos estão o fim de muitos que usurparam e vilipendiaram a rica nação brasileira. Ronaldo Fenômeno afirmou que a ramificação FIFA ainda vai pegar muita gente no Brasil. Com efeito, seria impossível termos promovido uma copa do mundo ano passado quando todos sabem que os subornantes da FIFA agora presos  estavam à época agindo livremente. Quando foi anunciada a copa no Brasil em 2014, no ano de 2010, lá estava na sede em Zurique a comitiva brasileira chefiada pelo ex-presidente Luiz Inácio, eram claras as intenções de negociar porque para a FIFA o futebol nada mais é do que uma fábrica altamente lucrativa. Investimos pesado em estádios, todos padrão FIFA, em vez de saúde e educação. Hoje sabemos que o lucro foi todo da FIFA e o Brasil ficou com os prejuízos. Aguardemos a continuidade das investigações no primeiro mundo bem diferente do que acontece onde o acusado tem a liberdade de responder o processo em liberdade ou com prisões relaxadas pelo STF.
      A nossa Caixa de Previdência sofre as influências dos governos de plantão, por isso, não está isenta dessas presumíveis contaminações. Sabemos que diretores eleitos professam simpatia e até são adeptos do partido que nos governa. O caso da Sete Brasil está aí para provar que fomos "convidados" a investir nesta empresa, com prejuízo certo. Outro exemplo é o completo domínio do patrocinador, respaldado pelos ministérios da Fazenda, do Planejamento e da Previdência e pela base governista no congresso nacional.

      Não teremos boa notícias nos próximos dois anos. Desculpem o pessimismo. Mas um fato novo vai ocorrer em breve. Preparemo-nos.

31 comentários:

Anônimo disse...

Caro Professor Ari que fato novo seria esse, é para nos prepararmos para o pior ??

Anônimo disse...

Nem com a chegada do PIZZOLATTO para jogar caca no ventilador teremos boas notícias?

Blog do Ed disse...

O tenentismo era movimento para moralizar a política dos coronéis. A Revolução de 30 pretendeu moralizar a política dos coronéis. Getúlio dizia que era honesto e impedia a política dos corruptos. Os governos militares diziam que impediam a política dos corruptos. Em 1985 o ontem falecido General Leônidas Pires Gonçalves exigiu que os políticos (Ulysses Guimarães, Sarney e outros que por aí andam) respeitassem a Constituição e dessem posse a Sarney da cadeira vacante da Presidência da República. Foi a submissão das Forças Armadas ao Poder Civil da República, como até hoje está ocorrendo. Mas, é esse o Poder Civil que temos... Não sou subversivo... Quero o respeito à LEI e admiro aquela juizinha de Mato Grosso que declara submeter-se à LEI, embora a ache EXECRÁVEL,... MAS É A lEI QUE TEMOS... O terrível é ter Ministro e Senador que faz a Resolução CGPC 26/08... Mas, até isso é a LEI QUE É O ÚNICO PODER QUE NOS DEVE SUBMETER... BRASIL,DESPERTA! O jovem assessor econômico de Obama diz hoje em entrevista que o Brasil (a Presidente vai aos USA no fim do mês) não espere a salvação dos USA nem do Exterior, pois a salvação do Brasil está DENTRO DO BRASIL, A POLÍTICA ECONÔMICA QUE O BRASIL ADOTAR AQUI DENTRO...
Edgardo Amorim Rego

Anônimo disse...

Caro Edgardo,

É isto aí e muito bem dito!
Abraço

Anônimo disse...

Caro Ari e colegas,
Um dos grandes motivos que levaram muitos colegas ao endividamento extremo foi o orgulho de ser funcionário do BB, por muitos apelidados de marajás. Esse sentimento da sociedade de que tínhamos um excelente salário foi um dos motivos que levou o governo de FHC a nos deixar por quase 8 anos sem reajuste salarial, apesar da inflação.
Muitos colegas não conseguiram trazer para as suas famílias a nova realidade e se perderam em dívidas na Previ, Cooperforte, etc. Já há muito tempo colegas vem alertando sobre essa prática daninha que foi disseminada em nosso meio de renovações em cima de renovações do empréstimo simples. Para piorar a situação, com a posse do diretor Marcel as normas do ES foram mudadas sob a égide de motivos discutíveis.
O fato é que o ES, ovacionado pelos dirigentes da Previ como de baixo custo, já não mais o é. Isso principalmente devido a inflação galopante de nossos dias e seus efeitos no saldo devedor no ES, com reflexos mensais. Devido a isso, o valor das prestações mensais não vem cobrindo nem o reajuste mensal do saldo devedor, inviabilizando a prática de novas renovações. Fala-se em aumentar o prazo para 180 meses, o que não é remédio, pois, em pouco tempo, estarão pedindo seu incremento para 200, 220, 240 meses.
É mister que a diretoria da Previ se mostre sensível ao problema dos endividados crônicos e institua um programa de refinanciamento, aumentando o prazo excepcionalmente para 180 meses, por exemplo, com redução da prestação mensal (isso gerará renda adicional ao colega), sem direito a renovações.
O que não pode é deixar como está e fingir que nada esta ocorrendo. Afinal, se o problema de caixa fosse do BB, rapidinho editariam um nova resolução, tipo a 026.
Por que quando o problema é do beneficiário (pobre) é tão difícil uma solução? Alias, quando o problema é do beneficiário RICO eles resolvem o problema rapidinho, mesmo burlando normas, como, por exemplo, a excrescente aposentadoria do ex-presidente Bendine e de outros vice-presidentes e diretores mais. Antes tínhamos os marajás do BB e achavam que eram todos nós. Pelo menos era justo. Hoje temos os marajás da Previ, uns poucos beneficiários da Corte para os quais as normas e procedimentos não se aplicam.
Como diz o Boris Casoy: isso é uma vergonha.
Celio

Anônimo disse...


A colunista Eliane Catanhêde,Estadão de hoje(05/06/2015), comenta a volta do ladrão Pizzolato e como os PeTralhas tomaram de assalto as Dire-
torias do BB. Previ e Cassi.


Marcelino Maus disse...

D.D. Ari, peço licença para replicar aqui postagem do blog amigo:

Resposta ao anônimo abaixo e a TODOS que por aqui passarem:
"Anônimo disse...
Eu não chorei, so vejo bla bla bla e nenhuma ação.... vamos para a porta da previ, qual a dificuldade sr Medeiros?????????
5 de junho de 2015 10:16"

Assumi no BB em 13/12/1982, por concurso Público, saí do BESC de Rio do Sul SC, attravessei a praça e adentrei ao Banco do Brasil.

Sempre fiz valer meu compromisso com a FUNÇÃO PÚBLICA do Banco e da minha investidura como FUNCIONÁRIO CONCURSADO, imexível, intocável.

Nunca tive afinidades com GESTOR NENHUM, no BESC e no BB, até que LUIZ FERNANDO TRENTO, um funci da muita capacidade como poucos que conheci no BB, me nomeou Gerente da Carteira Agrícola em CORONEL VIVIDA PR, carteira recém-criada pelo "Sistema" da qual eu era o encarregado.

Sempre tive desavenças estritamente profissionais com VÁRIOS GERENTES no BB, sempre em defesa do funcionalismo e dos clientes. SIM, os interesses do BB (Empresa Pública) sempre ficaram em Terceiro Plano: primeiro o cliente, os funcionários, depois o BB. Nem por isso o Banco poderá reclamar que você seja ÉTICO e haja dessa maneira, porque o BB nunca foi o último nessa preferência, pois é possível ser eficiente e correto com os TRÊS: Cliente, Funcis, Banco.

Os PeTralhas "Q.I." que se promovem pensando só em $$$$ hoje estão ma DG (54 diretores?) recebendo mais de R$1.000.000,11 ao ano para pensar somente no BB + PT + Pqp.

Então COLEGAS ANÔNIMOS... favor postarem apenas SUGESTÕES nos blogs do ARI e MEDEIROS.

E lembrem-se: os funcis concursados deveriam (TODOS OS DIAS) pautar sua conduta pela ÉTICA, sem medo dos Gestores Mercenários, fazendo valer a estabilidade que o CONCURSO PÚBLICO lhes confere.

A propósito do concurso, BENDINE e GENSO entraram pela porta dos fundos?

Anônimo disse...

Só vislumbro uma solução para o ES: taxa de juros pré fixada. Estou avaliando a migração do meu ES para o CDC BB, mesmo com juros inviáveis, mas certo de que o valor da prestação será fixo até a última e não ficará ao sabor da variação do INPC, que está atrelado à infração galopante que se avizinha. Com essa expectativa inflacionária, o ES será uma bola de neve, eis que as prestações não amortizam totalmente os encargos, que, capitalizados mensalmente, aumentarão o saldo devedor e os reajustes das prestações. É ilusão aumentar o prazo, seja para diminuir o valor da prestação ou abrir margem para mais empréstimo, porque as prestações diminuirão somente no início, e, ainda, ocorrerá o inverso com os encargos, enfim, será um ciclo vicioso. A taxa de juros pré fixada, as prestações serão fixas, e, ao contrário do sistema atual, se a inflação estourar, você, em tese, sai ganhando, porquanto a aposentadoria sofre reajustes, com ganhos aquisitivos em cima de uma prestação fixa. Resumindo, o ES seria um embuste, se você se pautar só pelo jrs. de 1,5%m. Seriam proativos, para se evitar o caos, se os dignos administradores da PREVI promovessem mudanças no ES, entre as quais sugeriria:
- aumento dos prazos, com a opção por encargos pré ou pós fixados;
- opção pelo sistema SAC ou PRICE, extensiva na renovação;
- possibilidade de pagtos. extras pela ordem decrescente da data de vencimento das prestações vincendas, ou seja, das últimas para as primeiras.
SME.

Anônimo disse...



A DEUS CABE A ULTIMA PALAVRA !!!!

Anônimo disse...

Concordo com o Célio (06.05.2015 10:49).

O que poderia ser feito em conjunto (BB/PREVI/Cooperforte), alongar os prazos das dividas de todos os endividados de forma a adequar o total devedor ao limite dos 30% da margem consignável em tantas parcela forem necessárias, sem direito a renovação ou novos empréstimos.
Com isso se evitaria desgastes de ambas as partes (credores/devedores) com ações judiciais e danos a saúde e dignidade dos aposentados

Marco Antonio Orlando
Matr.6.796.956-9

Obs.: não estou conseguindo postar via Google.
Como o Heleno, jamais anônimo.

Roberto Martines 8670089-8 disse...

SR. Ari vamos ser práticos senão as coisas vão continuar agravando, fim da parcela PREVI, fim das contribuições apos 360a, suspender também as prestações do IS por seis meses opcional e um vale alimentação pra todos de R$ 1,000,00 acredito que isso dará um folego pra todos e são medidas não tao difíceis de serem tomadas. Quando queremos amenizar pra todos se faz isso ou não chegaremos a lugar nenhum. Eu sou um futuro miserável da PREVI sou pos/97 e os atuais aposentados da PREVI demoraram para chegar nos chegamos mais rápidos nesse estagio.

Rio Brilhante MS, 05,06,2015

Ari Zanella disse...

Amigos,

Teve alguém (anônimo como sempre) simpático ao poder que diz que estou fazendo terrorismo barato. Ora, está mais que evidente a intenção do PT (Lula) em implantar um ditadura comunista no Brasil:

01 - Agora em julho, o PT vai insistir em realizar um congresso na Bahia sob o tema: PT - CADERNO DE TESES - UM PARTIDO PREPARADO PARA A GUERRA.
Vão querer demonstrar a "força" que têm e subjugar de vez a nação brasileira, nos moldes comunistas da Rússia (Putin), de Cuba (Castros) ou Venezuela (Chavez e Maduro).

02 - É lógico que haverá fortes reações de nossas Forças Armadas e do povo em geral que não deseja uma ditadura comunista no país.

03 - Entrementes, há o comando dos EUA no combate à impunidade que já começou na FIFA.

Não se trata de terrorismo, trata-se de antever os fatos com as cartas que estão postas na mesa.
Quem viver, verá.

Anônimo disse...

Esse tal Estado Democrático de Direito deve ser muito bom noutros países. Como pode uma pessoa criar uma resolução ilegal enfiar goela abaixo de milhares de pessoas? Como podem os sistemas de controle permitirem que bilhões sejam roubados da Petrobrás por uma década sem que nada seja percebido? Como pode o governo se apossar da Previ privilegiando uma minoria com super salários? Onde está o tal Estado Democrático de Direito? Teve ter saído de férias permanente.

Está na hora de atitudes mais contundentes e concretas. Eles não tem nenhum escrúpulo em nos prejudicar. A imprensa finalmente está do nosso lado. E então?

Zé Furtado

Anônimo disse...

Senhor Ari Zanella,

O Sr. está corretíssimo em dizer que o terror está no íntimo do PT e seus petralhas comandados pelo Sr. lula.
Está mais do que provado pelos múltiplos escândalos em que estão envolvidos, já julgados, condenados e ainda mais, estão novamente sendo indiciados em todos os setores em que atuam ou atuaram em nosso país.
Segundo a imprensa nacional e estrangeira são criminosos que assaltaram e assaltam os cofres público, a atividade privada, chantageando funcionários, empresas, em todas as áreas possíveis.
Transformaram este Brasil em antro de curruPTos.
Senhores petralhas, leiam os jornais, assistam televisão, naveguem na internet e seus dirigentes estarão sendo citados em todas, como integrantes de ações e atividades criminosas.
Ouçam seus líderes, SENHORES PETRALHAS, com acuidade e concluirão que MENTEM, MENTEM, MENTEM!
Texto de alguém que já acreditou nessa petralhada, hoje com imensurável VERGONHA irá até a morte para combate-los.

Anônimo disse...

Colega 05/06/15 12:12

Eu também já tinha aventado essa hipótese de migrar do ES para um CDR-Funci, em virtude de este último ser prefixado. Nos dias de hoje, porém, com a elevada taxa de juros praticada isto é praticamente inviável, pois a prestação fixa decorrente seria muito elevada. Talvez no futuro, se houver queda geral das taxas, conseguiremos melhor avaliar a medida por você sugerida e de uma vez por todas nos livrarmos do ES.

Anônimo disse...


Quando o PT assumiu, afastou-se dos EUA e de importantes países da União Européia e abraçou-se à Venezuela, Cuba, Rússia, Irã e China, todos países comunistas ou de regime totalitário.

Em Cuba tá construindo um mega-porto, mais moderno que os portos brasileiros, que já estão sucateados; há poucos dias fechou um mega-negócio com a China para a construção da rodovia (ou ferrovia?) que liga o Brasil ao oceano pacífico, e assim vai.

Os principais lideres petistas estão respondendo por corrupção e muitos cumprindo pena. O Lula em seu discurso aos militantes petistas, falou de colocar em ação o exército de Stédile.

Qual é o regime a que o Brasil está se encaminhando com o PT?




Anônimo disse...

Colega 05/06/15 14:56

Desculpe, mas vou escrever uma resposta óbvia: "socialismo bolivariano" que, no caso específico da América Latina, é uma mistura de comunismo com roubalheira em favor dos que estão no poder.

Anônimo disse...

Senhores,
o Brasil sempre foi um país de degredados; ladrões e assassinos que Portugal não queria em seu território foram mandados para cá para colonizar a nova terra. E deu no que deu, no que estamos vendo e vivendo. Honestidade, ética, honra, justiça, respeito são valores distantes de nosso cotidiano, principalmente na esfera política.
E isso já vem de longo tempo. Para recordar transcrevo o célebre discurso de Rui Barbosa de 1914:

DISCURSO DE RUI BARBOSA NO SENADO EM 1914

A falta de justiça, Srs. Senadores, é o grande mal da nossa terra, o mal dos males, a origem de todas as nossas infelicidades, a fonte de todo nosso descrédito, é a miséria suprema desta pobre nação.

A sua grande vergonha diante do estrangeiro, é aquilo que nos afasta os homens, os auxílios, os capitais.

A injustiça, Senhores, desanima o trabalho, a honestidade, o bem; cresta em flor os espíritos dos moços, semeia no coração das gerações que vêm nascendo a semente da podridão, habitua os homens a não acreditar senão na estrela, na fortuna, no acaso, na loteria da sorte, promove a desonestidade, promove a venalidade, promove a relaxação, insufla a cortesania, a baixeza, sob todas as suas formas.

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto.

Essa foi a obra da República nos últimos anos. No outro regime, o homem que tinha certa nódoa em sua vida era um homem perdido para todo o sempre, as carreiras políticas lhe estavam fechadas. Havia uma sentinela vigilante, de cuja severidade todos se temiam e que, acesa no alto, guardava a redondeza, como um farol que não se apaga, em proveito da honra, da justiça e da moralidade gerais.

Na República os tarados são os tarudos. Na República todos os grupos se alhearam do movimento dos partidos, da ação dos Governos, da prática das instituições. Contentamo-nos, hoje, com as fórmulas e aparência, porque estas mesmo vão se dissipando pouco a pouco, delas quase nada nos restando.

Apenas temos os nomes, apenas temos a reminiscência, apenas temos a fantasmagoria de uma coisa que existiu, de uma coisa que se deseja ver reerguida, mas que, na realidade, se foi inteiramente.

E nessa destruição geral de nossas instituições, a maior de todas as ruínas, Senhores, é a ruína da justiça, colaborada pela ação dos homens públicos, pelo interesse dos nossos partidos, pela influência constante dos nossos Governos. E nesse esboroamento da justiça, a mais grave de todas as ruínas é a falta de penalidade aos criminosos confessos, é a falta de punição quando se aponta um crime que envolve um nome poderoso, apontado, indicado, que todos conhecem ..."

Celio

Anônimo disse...

Ninguém vai comentar no artigo da Elaine Canhandê? Aproveitem a imprensa gratuita. Comentem lá aqueles que sabem por favor! Falem da Cassi e da Previ.

Anônimo disse...

Professor Ari,

Com a chegada do Pizzolatto muda alguma coisa na república sindicalista? Será que a Miriam Belchior arrumará uma bocada na CEF?

Anônimo disse...



todos nos deveriamos e ter vergonha na cara e sair da zonas de conforto.ficar naqui chorando o leite derrmado nada adianta a vaca continua viva. não é possivel que nenhuma destas associações nem a AAPPREVI que achava quempudesse fazer alguma coisa. de quem foi descontado todos os meses quemhoje formam o patrimonio da previ °°° este dinheiro e nosso. sera que vai precisar de meia duzias de loucos e o resto acompanhar e juntar tofas copias que estão em todos estes blogues e levar na RECORD que esta aberta a tudo ou num programa deste policial para mostrar o que estão rfazendo com a gente; Se não podem fazer nada, para sim de fazer terrorismo com os aposentados ja não aguentamos mais nada. Cade o estatudo do idoso ? ade o MPF ??? pelo amor de Deus vamos nos mexer. rAPIDO. ALGUEM PARA ORGANIZAR COM PESSOAS SERIAS UM MOVI,ENTO NO MOURISCO MAIS COM NUMEROS EXPRESSISOS NÃO CONTANDO SO COM PESSOAL DO RIO. VAMOS NOS ACAMPAR, VENHAM DEM TODO O BRASIL. MAS SEM CONTAR COM GERARDO E OUTROS. MEIA DUZIA DE COLEGAS NÃO ADIANTAM DE SER QUE MAIS DE 500 E PARA NÃO SAIR DE LA ENQUANTO NÃO TIVER SOLUÇÃO; POR FAVOR. VAMOS NOS MEXER. BLOGUES E BLA, BLA BLA JA ERA

Anônimo disse...

Pior do que estar não pode ficar. Relaxa

Cade o nosso amigo Heleno?

Anônimo disse...

SE VCS TOPAREM EU VOU PARA A PORTA DA PREVI E FICO NUA (TENTADO AO PUDOR) ASSIM ALGUÉM CHAMA A POLÍCIA PARA ME PRENDER. SOU JOVEM E TÁ TUDO NO LUGAR. É NÓS NA FITA. É SÓ MARCAR, VIU ANONIMO? DAS 21:21

Anônimo disse...

muito bom o texto da Eliane Cantanhede " o BB nao eh a Petrobras".estah na pagina on line da Veja.

Anônimo disse...

O que poderia ser feito seria para quem quiser liquidar o ES com a capec. Esta opção escolhida o mesmo não teria mais ES.
A capec a previ vai ter que pagar mesmo um dia e porque não agora em vida liquidar o ES. Não teria mais prestação para descontar. Tai uma opção muito boa.

Anônimo disse...

Eu preferiria que Pizzolatto ficasse preso na Itália, porque teríamos certeza que ficaria preso.
Vai voltar ao Brasil em pouco tempo já estará solto, porque Tofoli, Levandosvik e raio que parta vão solta-lo.
Porque é do PT.

Anônimo disse...


Temos que fazer igual os aposentados da VARIG fizeram: ACAMPAR NO MOURISCO, e não sair de lá sem obtermos melhorias reais em nossos benefícios que estão sendo achatados há muitos anos. Ele lutaram e conseguiram!

Anônimo disse...

Wanderley disse: gostei das ponderações do colega das 21:21hs. O único problema que ele prefere ficar no anonimato. Se alguém quiser contar com ele para colocar sua idéias em prática, como ira fazer se o mesmo não diz seu nome?

Wanderley

Anônimo disse...

Pr Ari!! o Brasil e o Mundo sabe a situação dos brasileiros e do Brasil, situação nunca vista na nossa historia. Diante da situação da PREVI estar bem claro e evidente que oque os dirigentes da PREVI querem e que todos aposentados e pensionista morram pra eles ficarem livres n e pera isso eles estão lutando ( matar no sufoco ) Na minha todas as cartas já estar na mesa n temos agora e entrar no jogo, temos motivos de sobra pra denunciar a situação dos aposentados a Policia Federal, o mas brevie possível. Não adianta estar esperando !!!!!

Anônimo disse...

Vamos começar com sugestões concretas de como organizar a maniifestação na porta do mourisco. Primeira coisa é não colocar a responsa só no Professor e no Dr.
Com a antecedência necessária precisamos de um panfleto bem resumido com as denúncias, reivindicações, explicações a sociedade via imprensa e no corpo a corpo.
Confirmação do número de participantes.
Confecção de faixas, compra de apitos, batucada, etc
Colchonetes para dormir no Mourisco.
Confecção de camiseta a ser adquirida (cores bem diferentes para evitar infiltrados)
Disponibilização de conta-corrente para colegas de estados distantes participarem contribuindo com valores dentro de suas possibilidades.
Não restringir a participação aos aposentados e pensionistas. Familiares também estão sofrendo as consequências.
Tentar organizar caravanas fretando ônibus para baratear custos.
Pessoal do Rio: se puder coordenar agilizaria (se não outras alternativas).

Esperar o papai noel chegar já levou embora vários colegas. Vamos correr ou enfrentar?


Zé Furtado

Anônimo disse...

Ok colega 1.33H você tem razão sim quanto ao anonimato. Meu nome é Adolpho