BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

sábado, 6 de junho de 2015

O ALVO DEVE SER MAIS ACIMA

     Colegas escrevem regularmente sobre acamparem na porta do Mourisco. Os  inquilinos do 3º e 4º andares do edifício-sede vão alegar que apenas obedecem ordens superiores ou simplesmente dizer que nós estamos recebendo aquilo que nos foi prometido quando trocamos nossa reserva matemática pelo atual benefício.
        Há, contudo, uma série de obstáculos que, na contramão de factíveis melhorias de benefícios, nos colocaram para exatamente impedir nossas melhorias permanentes. O caso mais emblemático é a conhecida resolução 26 que distorceu completamente o espírito da LC 109/2001 em seu capítulo 20 mais especificamente. Sucede que mesmo que obtivéssemos aprovação da diretoria (a nosso favor) seria uma ação inócua posto que na mesma hora seriam trocados, evidentemente quem pertencesse aos indicados do Banco. A questão do hediondo abono, por exemplo: Para mantê-lo o BB coloca no Conselho Deliberativo o Robson Rocha (este mesmo que viajou a Londres no trem da alegria) com a suplência de Carlos Neri que é o preposto do BB para nos ferrar nas negociações tanto da CASSI quanto da PREVI. E assim ele nos domina nos postos-chaves da nossa Caixa, isto é, aqueles conselhos onde os eleitos serão sempre votos vencidos.
        Se eu fosse o dono do fundo (nós todos UNIDOS somos) demitiria todos os diretores e todos os conselheiros, BB-DTVM e demais. Em seus lugares faria um contrato de produtividade com empresa de mercado, poderia ser a Empiricus Research. Dou certeza absoluta de que nosso ativo renderia no mínimo 20 bilhões por ano. Nossos benefícios poderiam ser reajustados cada ano em dez por cento. Se não for verdade, pelo menos pior do que está não fica.
          O nosso alvo deve ser sempre a presidência da república. É ali que as mudanças acontecem - ou nenhuma mudança acontece.
Senhores e Senhoras - Não errem o alvo!

69 comentários:

Anônimo disse...

Isso mesmo!!! Temos que pressionar lá em Brasília e acabar de uma vez por todas com tanta safadeza!!! Pra cima da Dilma, do Lula, do Temer que manda muito agora...aí é que está a avenida!!! Eles já estão bem trincados com tantas manifestações!!! Certamente, depois do que a jornalista do Estadão publicou ontem, um movimento nosso no DF vai fazer muito barulho!!!

Anônimo disse...

Pois é ainda me lembro da senhora, presidente de uma federação, aterrorizada com a possibilidade da retirada de patrocínio por parte do bb, me lembro das suas palavras de terror e de desespero.
Tudo que eu gostaria é de enfiar um pontapé nos fundilhos do banco, isso não tem preço.

Anônimo disse...

Artigo claro e conciso. O Prof. Ari disse a que veio.

paraguassu 7.689.520-3 disse...

A solução será acamparmos no Mourisco. Uma manifestação bem estruturada, com faixas, apitos, camisas e muita determinação, trará bons frutos. Esse movimento não passará em branco se conseguirmos atingir a mídia, pois serão inúmeros idosos "explorados e maltratados" por aquela que deveria protege-los, a desnaturada PREVI, através de dirigentes insensíveis e um presidente sem palavra.







Anônimo disse...

Acampamento em Brasília é melhor pq tem proteção policial na Esplanada dos Ministérios.
Se for de camiseta vermelha ainda ganha marmitex.

Anônimo disse...

Quando o MARIN foi preso na Suíça ele falou: - Só eu? E os outros?

Será que o Pizzolato fará o mesmo? Vai entregar o sapo cachaceiro? Rosas?

Tomara que botem a cotovia pra piar. Ah! Esqueceram de avisar ao companheiro Pizzô que o ex governador petista do DF inaugurou uma ala VIP na Papuda para os correligionários.

Anônimo disse...

Sensibilizar quem? Tem gente que ainda quer apelar para o MP. Será que não se deram conta de que tudo converge para a suprema aparelhada corte? Congresso, lá impera o dá lá, toma cá. Mídia, por quê? O nosso problema não é universal, é afeto à apenas a um segmento, dito de marajás... a sociedade está se lixando para isso. RS 26/2008 x ordenamento jurídico? Leis, os poderosos interpretam a bel prazer, com respaldo em parecer de encomenda, customizados, recheados de jurisdicês. Retirada de Patrocínio pra quê? Somos um passivo insignificante. Matar a galinha de ovos de ouro? Bater panelas em Brasília? Olhem quantas manifestações ocorreram nas ruas, em Brasília, etc. Deram em nada.

Anônimo disse...

Colega de 21:44,

Se o pessoal do Aerus ficasse parado não teria conseguido nada. O pessoal da Previ é igual político: sempre preocupado com as aparências. Responde as matérias da imprensa para esconder a verdade.

Respeito a opinião do Professor, mas penso que se conseguíssemos um número expressivo de pessoas no Mourisco o estouro na imprensa seria maior

Zé Furtado

Anônimo disse...

Já se estimou/calculou o custo benefício de uma
retirada de Patrocinio ?
O Banco parece querer se retirar da Cassi. Onerosa.
Será que se retiraria da Previ ? Lucrativa.
Qual é o custo dos administradores eleitos e indicados ?
O custo dos rendimentos, dos bônus e dos "cursos".
Qual o custo da administração do "capital " da Previ ?
O quantum investido, por exemplo, em Guarulhos/Cumbica e quanto
ainda vai ser necessário investir, trará retorno a nós pobres
sócios proprietários ?
Se o benefício for maior, a retirada não será melhor ?
Do jeito que a coisa anda...

Ari Zanella disse...

Sempre apoiarei a mobilização de nossa categoria. Isto é uma necessidade, os dirigentes do fundo precisam sentir-se pressionados. É uma pena que o pessoal do Rio não consiga agregar-se, posto que o pessoal de fora fica muito sacrificado na empreitada. De minha parte vou procurar fazer esta pressão dentro do Mourisco com os demais eleitos.

Sobre a retirada de patrocínio o banco quer largar a CASSI mas faz questão de continuar com a PREVI.

WILSON LUIZ disse...

TUDO COMO DANTES, NO QUARTEL DO MOURISCO

Declarações do presidente da PREVI, Gueitiro Genso, na reunião de Goiânia, em 15 de maio p.p.

- ES/CAPEC – “ está em fase de estudos bastante adiantada”; por quê causar tanta ansiedade para os associados mais desprotegidos e necessitados, que precisam trocar seu seguro de vida por um alívio em suas finanças?

- TETO DE BENEFÍCIOS - “esta questão será resolvida até o final deste mês” (maio);

- BÔNUS DA DIRETORIA – “este problema estará solucionado até junho” (ainda a conferir, mas duvido).

Palavras ao vento, como fizeram todos os presidentes anteriores. Estes Dons, Rosas & Flores e Gueitiros, não sabem que um requisito básico para exercer um cargo importante como presidente da PREVI, é ter credibilidade, só deveriam abrir a boca para divulgar algo quando o assunto estivesse 100% resolvido. Estes fantoches assumem iludidos que mandam alguma coisa, mas logo são enquadrados pelas “forças ocultas”.

Gueitiro, como descendente de japoneses, poderia aplicar o Bushido, código de honra dos samurais, que prega o respeito e a compaixão com os desfavorecidos; ele poderia aplicar isto para os associados da PREVI.


É MORALMENTE INDEFENSÁVEL O PAGAMENTO DE BÔNUS PARA A DIRETORIA, SEM A SIMULTÂNEA DISTRIBUIÇÃO DE SUPERÁVITS AOS ASSOCIADOS.

Anônimo disse...

Gostaria de saber dos 20 bilhões quanto a EMPIRICUS lhe daria, e também qual é sua composição no Contrato Social na JUNTA COMERCIAL. Bonzinho, hein.
Gostaria de salientar que essa proposta não leva em conta quem receberia menos do Resultado e sim direcionada explicitamente a EMPIRICUS. Pega mal, oh meu!!!!!!!

Anônimo disse...

Ari,

Você está certo quando diz que a pressão deve ser mais em cima, não tenho dúvida de que na PREVI não há alçada para decidir sobre nossas questões. E nem o próprio banco vai resolver, lá também ninguém tem poder prá nada, só obedecem ordens.

Assim, de fato, o buraco é mais em cima. Considero, entretanto, importante um movimento na porta da PREVI porque vejo ser uma forma de se chegar até os gabinetes do Palácio do Planalto.

Tentativas para se chegar até à presidente já fizemos no ano passado, muito civilizadamente pedimos até audiência e nada conseguimos.

Uma presença forte de aposentados na frente da PREVI poderia gerar repercussão e chegar até o Palácio do Planalto.

Saber de nossos problemas e nossas broncas, com certeza a presidente sabe, mas ela está sabendo também da nossa inércia e, por essa razão, não toma qualquer providência para nos ouvir.

Acredito que, no momento, o quê o governo menos quer é mais um segmento da sociedade a lhe encher o saco, com pressões e divulgação na imprensa.

Por isso penso que um protesto bem articulado na porta da PREVI pode dar algum resultado. O negócio é fazer o barulho chegar no ouvido da mulher lá em Brasília.

É isso aí, colegas, o tempo tá passando e o andar de cima nos espera, vamos lutar enquanto estamos vivos.
Lydio

Anônimo disse...

Prof. Ari,


Quando Vamos gritar "Fora Gueitiro!"


Pois ele mal se acomodou em seu gabinete, já começou a humilhar os aposentados com mentiras e promessas.

Um abraço

Ari Zanella disse...

Caro Anônimo 01:42

Pode ser qualquer outra que seja "expert" em ações, sem essa de ficarmos presos ao mercado nacional. O dinheiro não tem pátria. O que não podemos é entrar em "furadas" como fizeram com o Funcef aplicando em títulos da Argentina e até Venezuela. Vamos deixar uma empresa especializada cuidar de nossa renda variável. O mercado de ações oferece boas oportunidades em tempos de crises (aliás, crise só aqui no Brasil, concorda?). Não estou fazendo apologia da EMPIRICUS. Existem tantas outras sérias no mercado (já que você diz que esta não é...) Minha opinião sobre eles está no vídeo "O Fim do Brasil" onde vejo muita coerência no que dizem. Exatamente no perigo que corremos nesses tempos difíceis termos nosso belo patrimônio à disposição dos PeTralhas.
Acho que o nosso "modus operandi" está suspeito.
Não tenho uma opinião final e conclusa.

Blog do Ed disse...

Mestre Ari
Somos bancários e banqueiros, os funcionários do Banco, laborais e pós-laborais. Construímos um dos maiores e mais lucrativos bancos do Mundo! Vi um representante do maior banco daqueles idos de 80 do século passado dizer num gabinete de diretoria: "Não temos como competir com vocês!..." Será mesmo que precisamos apelar para jovens economistas estranhos ao nosso espaço? ou necessitamos saber escolher os nossos administradores: em lugar de aceitarmos EU SOU O CARA (sustentado por dinheiro de associações e sindicatos), escolhermos VOCÊ É O CARA! Estou lendo no economista da moda atual, Thomas Piketty: "O problema é que o sistema de preços não conhece limites nem moral." É ou não é verdade?
Edgardo Amorim Rego

Anônimo disse...

Meus amigos:
muitas propostas apresentadas em blogs dependem de alterações no estatuto, no regulamento e não sei mais o que da Previ. Quem vai fazer/autorizar estas alterações? Nós, aposentados? O BB com a ajuda do voto de minerva? Acho que estamos de mãos atadas, isto sim. A nossa realidade é dura!

Anônimo disse...

sou a favor de uma manifestação inclusive dentro do prédio da previ, a uns dias atras um solitário torcedor foi a porta da CBF com vassoura e água protestar contra a sujeira que existia lá dentro e a imprensa foi lá e destacou o seu protesto solitário pq não podemos sair da zona de conforto e enchermos o saco desse burocratas que querem ser dono das nossas vidas , proteste já ainda esse mês.

Anônimo disse...

Ô Professor Ari,

O petista de 01:42 deve ser alguém da Previ que tem algo a perder se sua excelente proposta for levada a cabo. E deve ser alguém muito despreparado para o cargo, apesar de falar em petista depreparado para o cargo ser uma tremenda redundância.
E tem mais: o Rivotril acabou e deve tar enchendo a caveira de Wisky.

Anônimo disse...



Nos últimos dias ocorreram 15000 afiliações ao PT. Por convicção ideológica? Claro que não!

Em detrimento da saúde, educação, segurança, etc, vejam o destino dos impostos que pagamos:

http://caraibasfm.com.br/noticia/roseana-sarney-recebera-pensao-vitalicia-apos-deixar-governo-do-maranhao

A ex-governadora do Maranhão ingressou nos quadros da Casa sem prestar concurso nos anos 1980
Fonte:http://epoca.globo.com/tempo/expresso/noticia/2015/06/senado-aumenta-aposentadoria-de-roseana-sarney.html


Anônimo disse...

Concordo com seu texto doutor. No entanto, esta empresa, a Empiricus Research, não merece tanta confiança assim. Existe no mercado imensa desconfiança dela, pode se tratar de um tremendo golpe. Nem pensar colocar nossos recursos suados nas mãos deles. Mas concordo, que do jeito que está, também não está bom.

Anônimo disse...

UMA GRANDE MANIFESTAÇÃO NO DF OU RJ É POSSÍVEL SIM!

Todo e qualquer grupo de manifestantes deve sempre ter um grande líder. Se o Dr Medeiros, Prof. Ari, Dna. Musa, Dr. Rossi, etc. estiveram no mourisco tomando a frente, com certeza muitos aposentados e pensionistas se acamparão lá também. Mas tudo deve ser combinado com a antecedência necessária para organizarmos a ida ao DF ou RJ.

rafael campagnoli disse...

Às vezes o alvo é tão acima das nossas possibilidades que me veio à mente a Oração da Serenidade, muito apropriada para os momentos atuais:
"Concedei-nos Senhor a serenidade necessária para aceitar as coisas que não podemos modificar; coragem para modificar aquelas que podemos, e sabedoria para distinguir umas das outras". Os aposentados e os de mais idade sempre foram protagonistas,quando mais jovens. Agora, como diz S. Pedro, "outros te cingirão e te levarão para onde não queres ir ..." Entretanto, acredito que sempre haverá algo que possamos fazer ( ou mandar/pedir para fazer ... )

Anônimo disse...

Somos resultado dos desmandos feitos na calada da noite no Palácio das Sombras(Planalto).
Nossa Previ acabou,pois os chupa-cabras instalados no poder,não respeitam leis nem o povo.Vamos morrer de fome.
João Trindade.

Anônimo disse...

Ari Zanella,

Não que tenha duvidado de você sobre a EMPIRICUS acredite, conheço o Gilvan.
Só lhe proponho uma coisa que não traga suspeita futuras.
Passeata na PREVI puxada por você? Se topar te digo no blog quem sou eu, sem precisar ir no TCP-IP, e prometo-lhe enchermos a PREVI.
É só falar que estará à frente.
Ao Medeiros seu amigo e meu colega que tanto fala que não possui inimigos políticos, "jogo de palavras", tanto pedi em verdadeiros momentos - (times)- exatos e nada foi feito.
Conte comigo caso assim queira para o sucesso estrondoso na PREVI com certeza absoluta.

Anônimo que vocês sabem quem é.

César-RS disse...


Prof. Ari,


Sobre a RETIRADA DE PATROCÍNIO, parece que o assunto começa a ser levantado por alguns colegas.
Eu mesmo já me manifestei aqui em seu Blog.
Concordo com Vc. quando afirma que o Banco não quer largar e faz questão de continuar com a PREVI.
Mas, posso estar enganado, me parece que essa decisão não passa pela vontade do Banco.
O que precisa é que nós, os participantes/assistidos --verdadeiros donos da PREVI -- nos manifestássemos
em carta dirigida à PREVIC, pedindo o desligamento do Banco, ou seja, a RETIRADA DO PATROCINADOR.
A decisão final seria da PREVIC, em nada dependendo da "vontade" do Banco em aceitar ou não.
Penso que seja a única forma de nos livrarmos o quanto antes das decisões dos Diretores escolhidos pelo Banco,
que nunca atenderão aos nossos interesses, e sim sempre os deles --Banco/Governo.
Acho que é chegada a hora de começarmos a discutir essa questão seriamente, o quanto antes melhor.

César-RS

Anônimo disse...

Eu continuo dizendo aos aposentados que não exercem cargos que não são blogueiros :
Não podemos esperar mais por associação nenhuma. Só servem para escrever. Palavras sem atitudes não adiantam.Só temos Deus mesmo. Ja li muitos comentários sobre ir ao Mourisco. Seja la onde for. Coragem é palavra de ordem. Kd o Sr.Carvalho, Cecilia?? Ja que não temos um que queira colocar a cabeça a premio e olha que ia dar certo, temos que nos mesmos fazer alguma coisa. Infelizmente não tenho profundo conhecimento. Queremos nossos direitos. Qto a Brasilia não precisamos de uma massa. Mas de colegas com muito conhecimento e que tenha disposição de ficar la sem se retirar ate que fossem atendidos. Os indios e muitos outras sem peso nenhum como a PREVI fizeram e deu certo. Sou a favor de manifestação SIM. Concordo com todos que tb acham. Ad

Anônimo disse...

Sr.Ari pq o Sr não convoca o pessoal que esta disposto a ir em Brasília por e mail
Convocação geral independente de associação e vamos nos acampar lá. Garanto que alguma coisa vai acontecer. Creio que já todos estamos cansados de ler e ler. Quem poderá ir falar com o oriental nos representando?? Mas ir e trazer respostas e não conjecturas.

Anônimo disse...

"Tudo isso acontecendo e eu aqui na praça dando milho aos pombos"

Zé Roela

Marco Orlando disse...

Ari,

Acho que podemos mandar confeccionar nós mesmos os nossos crachás de aposentados do BB.

O crachá pode vir com várias inscrições, tais comos: "BB, pare de nos explorar", "BB, devolvo o que é nosso", "BB, estou cheio de você", "BB, não te amo mais", "BB nunca mais", "BB, ame-me ou deixe-me" e muitos outros.

Vamos abraçar esta campanha e mostrar toda a nossa indignação com o BB e a PREVI/CASSI.

Marco Antonio Orlando
Matr. 6.796.956-9
Obs.: Não estou conseguindo postar via Google.
Como o Heleno, Jamais anônimo.

Marco Orlando disse...

Ari,

Se o Pizzolato for mesmo extraditado, podemos fazer uma grande manifestação no aeroporto, quando de sua chegada ao Brasil, portando várias faixas (grandes) com os dizeres "DELATA PIZZOLATO, DELATA"
Um abraço.

Marco Antonio Orlando

Anônimo disse...

Ari e demais colegas,

Tenho por mim que alguma coisa na PREVI, nas relações inter-pessoais, não anda bem, clima meio tenso, comunicação meio truncada entre integrantes da cúpula e cara feia prá todo lado. E bastante disso, naturalmente, envolve o novo presidente. Não é um bom indicativo para uma boa administração.

A sensação que tenho é que querem boicotar o homem, emparedá-lo e desestimular a adoção de iniciativas diferentes das até agora usuais.

Transparece que há por lá uma corrente política que não quer mudança, rema contra e torce para que a pasmaceira continue do mesmo jeito.

Fico me perguntando se não seria receio de interesses contrariados de uns e outros em fim de mandato...?! ou então seria um "ciúmizinho" bobo, daquele bem próprio de adolescente que se apaixona pela primeira vez...?

Na hora certa, o Medeiros tá começando a chutar o balde, penso que o Gueitiro tem que partir para essa mesma estratégia: chutar o balde e botá-lo prá cair pesado na cabeça de quem estiver embaixo e obstruindo o seu trabalho.

Se assim não agir, vira fantoche não só do patrocinador, mas também de subordinados na hierarquia da PREVI.

Ele dá a impressão de ser um rapaz competente que, num clima saudável e livre, poderia até gerar bons frutos. Entretanto, como disse acima, há algo sinalizando que paira no ambiente da PREVI, não apenas o ar refrigerado que se respira por lá, mas também uma poluição tipo a do mangue.

Quisera eu fosse em razão da proximidade do Mourisco com aquela área fedorenta do Rio de Janeiro.
Lydio

Anônimo disse...

O anônimo das 01:42 é o mesmo das 14:32. Repito, é só conclamar que será uma chuvarada que vão nos mandar entrar, com medos de raios e trovões. Agora quem está dizendo chega sou eu, vamos ver o que uma disposição não faz. Caso queira nos conduzir seria melhor, pois não possuo representatividade. Sou filiado da ANAPLAB e da AFABB-RS.
Seria melhor estarmos juntos, pois do contrário, mostrarei minha vontade política sem precisar de ninguém de Associações.
Só peço uma coisa se estivermos juntos: Reunião na ANAPLAB, para fazermos nossas estratégias e após junho, pois até lá coisas acontecerão, coisas de minhas intuições...

Anônimo disse...

"Viking só teme Viking!

Apoiado na sugestão do colega Marco Orlando procuremos através de nossas associações SECRETAS de aposentados, diretorias dos bancos concorrentes para saber qual deles quer:

a) nossa folha de pagamento;
b) seguros de vida;
c) plano de previdência de nossos familiares;
d) aplicações, poupança
e) etc

A contrapartida seria financiar e dar respaldo político para nossa independência.

Já imaginaram uma manchete: Aposentados do bebê guloso migram para outra instituição financeira. QUE ESTRAGO!

Não acharam que somos idiotas? Não tripudiaram com o Projeto Integração?



Ex petista com remorso por ver pensionista passar fome

Anônimo disse...

Vamos Prof Ari

M A N I F E S T A Ç A O....Urgente.

Anônimo disse...

Professor!
Os fundos de pensão norte-americanos investem em qualquer país desde que tenha o grau de investimento concedido pela agências classificadoras de risco.
Nosso país ainda detém o grau, mas está à perigo.
A economia está uma tartaruga na expressão muito usada pelos chineses.
Abraços

Blog do Ed disse...

Thomas Pikotty é o economista da atualidade. Olhem o que ele diz:
"(Nos últimos vinte anos)elevação espetacular da desigualdade reflete... a explosão sem precedentes de rendas muito elevadas do trabalho, verdadeiro abismo entre os RENDIMENTOS DOS EXECUTIVOS de grandes empresas e o RESTANTE DA POPULAÇÃO... é que os EXECUTIVOS CONSEGUEM ESABELECER A SUA PRÓPRIA REMUNERAÇÃO, às vezes SEM LIMITE ALGUM ou mesmo SEM RELAÇÃO CLARA COM SUA PRODUTIVIDADE INDIVIDUAL..." Não existiria essa grande disparidade na PREVI e na CASSI, que nem EMPRESAS SÃO?...
Edgardo Amorim Rego

Anônimo disse...

Colega anônimo 18:59,

Acho uma boa idéia, mas no meu modo de pensar, só se fizéssemos esse acordo com a Rede SICOOB/BANCOOB, porque os grandes bancos, como Itaú, Bradesco, Santander, HSBC, etc., são os maiores agiotas e perigosos...interligados aos governantes de plantão, mantendo suas taxas de juros nas alturas, etc.,e seus maiores desejos são, verem o BB e a CEF virarem tamboretes...
Mas que a direção do BB e seus superiores estão precisando de levarem uma chacoalhada... há!... eles estão...
Li notícias publicados hoje que o Bradesco, para financiamento imobiliário, aumentou o valor da renda para o dobro, ou seja prestação de 3mil e pouco, renda de 20mil, pode, isto? e a CEF c/esta de diminuir o percentual do imóvel a ser financiado, é objetivo dos demais Bancos em receberem mais propostas... Levy é do Bradesco, Marina Silva ligada ao Itaú, e aquela operação Zelotes, da Polícia Federal, dizem que o Itaú está nela, deixou de pagar muiito imposto...

Ari Zanella disse...

Caro Anônimo das 19:42

Como já disse, sempre apoio as manifestações, porém delas não posso - por força de exercer cargo na PREVI - participar. Repito que posso ser mais útil fazendo as reivindicações nas reuniões em que participo.

Anônimo disse...

Como diz mestre Edgardo em comentário acima, precisamos é nos libertar da comodidade (ou ingenuidade) de escolher o EU SOU O CARA, aquele amparado por associações ou sindicatos.
Também precisamos aprender a analisar, a discutir o perfil e buscar conhecer o verdadeiro interesse da figura. Não basta a indicação ou
o apoio de colegas conhecidos e de participações nas redes e em blogs.
Às vezes são ludibriados. As escolhas erradas vem de a muito tempo, não é só de hoje, não é só de petralhas ou sindicalistas.

Marcelino Maus disse...

Colegas, bom dia.

A QUANTAS ANDA A AÇÃO ANABB-1/3 IR PREVI?

Solicito a quem tiver notícias.
Vejam meu caso que indaguei no site da ANABB:

"Solicito informações da Ação 1/3 IR Previ.

1 - Se o fale conosco fosse de agrado da ANABB, estaria no início do Menu...
2 - Aposentei-me no BB, pela PREVI em 23/10/2012.
3 - o BET foi creditado em Novembro/2012.
4 - há 18 meses ocorre "depósito judicial" de 1/3 do IR.
5 - em Março ou Abril enviei Procuração/Contrato da Ação 1/3.
6 - SOLICITO informar minha situação, se estou incluído nos NOMINADOS para levantamento dos valores.
7 - filiei-me no sitio da ANABB - me ligaram para acertar mensalidades.
8 - se estiver incluído na LISTA DO LEVANTAMENTO DE VALORES, me confirmem via e-mail - daí conversamos sobre as mensalidades."
OBS: o BET pago de 2013 em diante teve tratamento diferente.

Acho muito confuso esses procedimentos - parece cama-de-gato dos Núcleos Jurídicos da ANABB e das AAFFAAs da vida.

No Brasil, a SRF, Bancos, Associações de Funcionários, etc., adoram litígios e não se esforçam para evitá-los.

20 anos depois vem a PGU, MPF, etc., pacificar as decisões OU EXTINGUIR OS FEITOS, a exemplo da correção do FGTS, POUPANÇA, EMPRE´STIMO COMPULSÓRIO DOS COMBUSTIVEIS (extinto)...

Agradeço qualquer informação sobre a Ação 1/3 IR PREVI.

Abs.

Anônimo disse...

Bom Dia Prof. Ari

Poderíamos começar votando certo. Eleger pessoas comprometidas com nossos interesses e nunca mais Marcel e seus cumpanheiros.
Espero que a amarga experiência sirva de lição.
Fora Sindicalistas...

Obrigado pela seu empenho.

Abraços

Marcelino Maus disse...

Sobre:

"... é que os EXECUTIVOS CONSEGUEM ESTABELECER A SUA PRÓPRIA REMUNERAÇÃO, às vezes SEM LIMITE ALGUM ou mesmo SEM RELAÇÃO CLARA COM SUA PRODUTIVIDADE INDIVIDUAL..." Não existiria essa grande disparidade na PREVI e na CASSI, que nem EMPRESAS SÃO?...
Edgardo Amorim Rego
07/06/15 20:59"

Concordo totalmente e acrescento:

Os Mega-Salários dos Executivos (Bancários principalmente) se justificam pelas ILEGALIDADES QUE COMETEM junto ao FISCO/CMN, Supremos, Governos(União e UFs), etc., como também no âmbito interno das ESTATAIS e FUNDOS DE PENSÃO.

A Resolução 26, Bônus 500.000, Salário/Benefícios de R$60.000,00, PDV de R$2.000.000,00 para os "cumpanheros" Diretores do BB, são exemplos disso.

Ab.

Everton disse...

Prezados Senadores do PSB,
Recebi uma resposta de vocês a respeito da retirada de assinatura, dizendo que são muitas CPI por isso essa atitude.
E agora, como você explicam o apoio de vocês na CPI do futebol que foi apresentada após a CPI dos fundos?
Por que o tratamento diferente?
O público envolvido no futebol é mais importante do que os quase 10 milhões de associados, familiares e dependentes dos fundos?
Everton Pereira

romario@senador.leg.br, lidice.mata@senadora.leg.br, robertorocha@senador.leg.br, joao.capiberibe@senador.leg.br, antonio.carlos.valadares@senador.leg.br, fernandobezerracoelho@senador.leg.br

Anônimo disse...

Colegas,

Nas duas intervenções do Edgardo ele disse tudo em poucas palavras.
É isso aí caro Amigo Edgardo.

Anônimo disse...

Consultei a Anabb sobre a ação 1/3 Previ que encaminhou a seguinte resposta:

em atenção ao seu contato, esclarecemos que a ação coletiva de IR previ sob o nº 14460-60.2010.4.01.3400, está em tramite regular no TRF. O mérito já foi julgado procedente e no momento está em fase de julgamento do Reexame Necessário, que é a exigência da lei para dar eficácia a determinadas sentenças. Consiste na necessidade de que determinadas sentenças sejam confirmadas pelo Tribunal ainda que não tenha havido nenhum recurso interposto pelas partes. Por oportuno, lembramos que houve a baixa dos autos até a juntada das autorizações para regularização da representatividade processual, o que já ocorreu. A ação voltou a tramitar e lembramos que ai nda caberão recursos ao Superior Tribunal de Justiça. Julgados os recursos, o processo voltará à vara de origem para execução, fase onde serão feitos os cálculos e a liquidação da sentença. Sempre ao seu dispor para esclarecimentos. A ANABB agradece o seu contato.

Atenciosamente, Josy Barbara
Atendimento ao Associado
ANABB/VIREF

Anônimo disse...

Eu também acho que o nosso alvo deve ser a Presidência da República mas também acho que deveríamos cobrar os dirigentes da Previ para que fiquem do nosso lado porque se eles também defendessem nossas causas teríamos muito mais força.Se eles próprios não tem poderes para resolver nada cobrem de quem tem mas não podem ficar como estátuas inúteis.

Anônimo disse...

Cá pra nóis,

Essa Anabb é um fiasco, para não dizer que está se valendo de ações para manter contribuintes, é o que se suspeita.

Anônimo disse...

Ari e colegas,
No momento temos 2 emergências: o ES e a Cassi.
Fala-se muito do ES, pouco da Cassi.
A Cassi foi criada numa época que os funcionários do BB eram bem remunerados. Entrei no Banco em 1977 com salário de Cr$ 3.200,00 (vejam que é em cruzeiros) e um fusca custava CR$ 7.000. Deram-me um cheque ouro de CR$ 5.000 mais um adiantamento de um salário para pagar em 25 meses sem juros. Era muita grana.
Hoje um funcionário entra no Banco ganhando R$ 2.500, paga 3% de Cassi (R$ 75,00) e o BB 4,5% (R$ 112,50) e muitas vezes é casado, tendo mulher e filhos. Que plano de saúde pode atender 3 ou 4 pessoas com mensalidade de R$ 187? Estava na cara que não ia dar certo, tava na cara que a receita não seria suficiente para cobrir as despesas. O déficit era iminente.
E o BB, engraçadinho, quer pagar um valor fixo, continuar colocando os sindicalistas do PT como presidente e diretores que não entendem nada de nada (vejam só a situação do país), muito menos de saúde coletiva, e se seus apadrinhados com bônus de R$ 500 mil fizerem coisa errada, a conta vem para a gente e pro BB "nadica de nada". É muita safadeza, é muita cara de pau. Claro que eu não estava na reunião, mas o representante do BB, provavelmente PT de carteirinha, deve ter colocado sua posição com a maior cara lavada. Como o Medeiros escreveu: ELES ACHAM QUE SOMOS IDIOTAS.
Gente, não vou escrever mais não porque senão vou criar problemas para o Ari, mas é algo que beira o intolerável. O Banco nada em lucros bilionários, mete a mão no dinheiro da Previ por meio de uma tal resolução 26, que é superior a própria lei, e ainda quer nos tirar direitos que ele mesmo colocou como cláusula contratual; se eu não aceitasse não era admitido.
Antes o Brasil não era um país sério, hoje piorou, nem o respeito as leis é mais observado.
Falar o que mais?
Celio

Anônimo disse...

Professor Ari,

E o JEC? Tá mais por baixo que rodapé de minhoca! Como isso foi acontecer?
Poderia pedir ao presidente para contatar o Messi ou o Neymar? Ora bolas!


ricardo albuquerque disse...

Sr. Ari,
Gostaria de solicitar-lhe um favor para quando de sua próxima passagem pela PREVI. Que a mesma faça um pronunciamento oficial sobre possíveis atrasados pagos pelo INSS na questão sobre o "buraco negro". Vou explicar o porque. Até anos atrás a entidade não se apoderava dos atrasados pagos aos ganhadores de ações(inss) Agora parece-me até os atrasados são capados da conta. Atitude até meio burra, se for verdade, pois quem irá acionar o inss sabendo que tudo ficara para o fundo, este não se beneficiará nem por um aumento de futuros pagamentos oficiais, com a consequente diminuição da parte PREVI, além de que nos pagarmos os advogados. Atenciosamente ricardo

João Lopes Rodrigues disse...

Marcelino Maus, 8:02

Acerca da Ação IR Previ 1/3, reproduzo abaixo comentário meu já divulgado aqui, em outra ocasião.
-----------------

Caso sua ação IR Previ 1/3 for a de nº
144606020104013400, sugiro muuuuita paciência.

Sobre essa ação, em abril/14 a justiça determinou que a Anabb deveria possuir autorização "individual" de todos os integrantes da ação. Entretanto, a Anabb nada fez, e foi para a próxima audiência (nov/14) SEM as devidas autorizações. Resultado: a justiça "concedeu" prazo de 120 dias para que a associação recebesse as devidas autorizações.

Considerando que foi a responsável pelo atraso na condução da ação, o próprio presidente, Sr. Sérgio Riede tentou "consertar" o mal feito: o próprio enviou e-mail aos associados, solicitando "encarecidamente" o envio do tal documento.

Infelizmente nem todos atenderam ao "pedido" do senhor presidente. Por que será?

Em nova audiência, agora em mar/15, a Anabb, alegando não ter recebido todas as autorizações, ela mesma, que deveria envidar esforços para agilizar o desfecho da ação, ela mesma solicitou dilação de prazo de 90 dias. Ou seja: mais uma vez foi a responsável por atrasar maid ainda o andamento da ação.

Pergunto: é essa a associação que queremos? É essa a associação que nos defende? Que envida todos os esforços possíveis para atender o mais breve possível as demandas de seus associados?

Infelizmente, a Anabb é uma associação preocupada apenas com seus interesses. Além de ser conivente demais com o governo.

Mensalmente, costuma "alardear" em seu site as "inúmeras" ações judiciais ganhas na justiça. Ora! Ações que ficaram lá, "transitando" por 10, 15 ou mais anos? Para ações que demandam tempo como esses, não precisamos de associações! Precisamos?

É lamentável que uma associação reconhecida nacionalmente tenha uma postura de "descaso" com seus associados! E a comunicação da Anabb? Burocrática demais, emperrada, em pouco ou nada acrescentando às demandas. Se for sobre demandas judiciais, em geral apenas "repetem" o que podemos ver e acompanhar no site dos tribunais. Nunca dá justificativas para seus (poucos) atos. Digo, suas omissões. É uma pena!

Era isso!

Anônimo disse...

Como disse o colega acima a Anabb é um fiasco.O convênio odontológico é uma droga principalmente os planos pagos por nós.A ação IR 1/3 é um verdadeiro descaso e falta de competência. Quem entrou por conta própria ou em outras associações muito tempo depois da Anabb já ganhou a causa.Essa ação é a maior vergonha da Anabb.

Marcelino Maus disse...

A FOME e a VONTADE de comer.

Duas postagens se completam:
- AÇÃO IR 1/3 PREVI.
- Mega-Salários/Bônus de Executivos.

1) Os depósitos Judiciais ficam no BB ou na CEF... Quantos Milhões já se acumularam?
2) Quanto serão os honorários sobre R$300.000.000,00 ?
- Benefício médio de R$7.000,00 gera IRPF 300,00 x 12 x 36 meses (prazo do saldo IR/95):
R$10.800,00 em 36 meses x 30.000 Previanos (ou mais)... 50.000 = 500.000.000,00

Tá explicado?

Anônimo disse...

O que a ação 1/3 IR requer é a devolução de 1/3 do imposto no período de 36 meses?

JOSÉ BENEDITO MONTEIRO disse...

José Benedito Monteiro disse:

E aí Professor, como está a situação dos aposentados pré 67, no que diz respeito ao BET da verba 220: Vamos a ver navios? O Banco deita e rola e ninguém, parece que tem coragem de enfrentá-lo. Como vai ficar a situação desses aposentados?

Marcelino Maus disse...

"Anônimo disse...
O que a ação 1/3 IR requer é a devolução de 1/3 do imposto no período de 36 meses?
08/06/15 14:13"

Nem sei quanto $ será restituído no acumulado de 89/95.

Estimei que, deverá acumular o "deposito judicial" por 36 meses...
No final de 36 meses, a média acumulada dos depósitos deve dar R$10.000,00 por Previano-Assistidos ou Participantes...
É MUITO ATRAENTE A SOMA que pode passar de R$500 Milhões.

Cortaram o BET - deram para a OAS > EikeX, PTroubrás, etc.
- é tanto desespero em aparelhar o STF, que não duvido que tenham desviado R$50 Bilhões só da Previ nesses 12 anos. ...R$500 Bi do BNDES ?
- e as "pedaladas contábeis" no Tesouro e nas Estatais ?
- até no PR que não pe PT tem pedala no último Desgoverno.
- Nas Campanhas Majoritárias gastam 10 x mais que o necessário (tudo pro bolso amigo).
- o PT quebrou, pq todo mundo meteu a mão no cofre do João.

Ab.
Rezem.
Muito.

Anônimo disse...

Colegas aposentados e pensionistas do PB1,

Como organizaremos nossa manifestação no mourisco sem a coordenação do Prof. e do Dr.?
Se fizermos uma manifestação contundente a palavra dos dois terá um peso maior nas reunões dos conselhos que participam. Quem está disposto a nos liderar? Sr. Gilvan, Sr. Rossi, Sr. Edgardo, Sr. Adair, Sr. Lydio, Sra. Rosalina, Sra. Cláudia do Rio...
Pessoal que foi à Novembrada, nos ajudem...
Sem sindicato, sem sindicalista, sem Cut, sem Anabb, sem Aafbb, enfim, sem oportunista

Wander

Carlos - Rio Pardo(RS) disse...

E o ES nada - Já se passaram 24 dias desde a reunião dia 15.05 em Goiânia. Vai completar um mês e aí pergunto: Onde estão os estudos avançados???????????
Nós também temos que fazer uns estudos e já estão em estágio avançados, mas é para ver como pagaremos nossas contas.

Anônimo disse...

Gente do Céu,

Li em um veículo da imprensa nacional, uma frase do Sr. Vice-presidente da República do Brasil, abre aspas =

" o Levy deve ser tratado como Cristo "

Vão torturar, crucificar e depois vão matar o Cara...

Haja ouvidos aguentar esses impropérios proferidos por uma "autoridade", por sinal a segunda da escala brasileira.

ZE ALVES disse...

SERÁ QUE OS MEUS TETRANETOS VERÃO O DESFECHO DA AÇÃO IR PREVI 1/3?

Anônimo disse...


ENROLADÍSSIMO FUNDO DO BANCO DO BRASIL????????????????????


Petistas são ousados, como mostram seus escândalos. Integra agora o Conselho de Recursos da Previdência Complemenar, o “Carf” dos fundos de pensão, Gema de Jesus Ribeiro Martins, mulher de Sérgio Rosa, que presidiu a Previ, o enroladíssimo fundo do Banco do Brasil.

http://www.diariodopoder.com.br/coluna.php

Anônimo disse...

Sr Ari esta acontecendo uma nova reunião não esta??? Que dia os aposentados saberão os resultados???

Anônimo disse...



A presidente Dilma anuncia amanhã a segunda etapa do Plano de Investimento em Logística (portos, aeroportos, rodovias e ferrovias). E lá se vai nosso dinheirinho do Plano 1.

E O NOSSO BOLSO CONTINUARÁ VAZIO

Anônimo disse...

Esse Sérgio das Rosas, mais conhecido pelos amigos por beiçola, não tem nada de bobo tirando a cara. É uma mala!

É extremamente contra nepostismo. Tamu bem de ex presidente, hein?

Anônimo disse...

Colegas,

Ouçam o Edgardo ele já foi bancário e BANQUEIRO.

Anônimo disse...

Sou a favor de qualquer manifestação em qualquer lugar, como o dinheiro não dá para deslocamentos poderíamos fazer o movimento nas cidades maiores num mesmo momento, o melhor seria numa praça movimentada, o importante é divulgar é tocar a mídia não precisa ser na porta do mourisco, pois os colegas cariocas estão lá e podem se encarregar, eu sou de Minas, vamos para a praça Sete e cada um no seu canto, sem gastar o que não tem.
De uma coisa tenho certeza, as coisas só mudarão para nós aposentados, quando todos se unirem para desvincular em massa da ANABB, que nos abandonou e certamente não sobreviverá sem os nossos r$ 35,61 mensais, a ANABB tem o dever de fazer por nós muito mais do que as novas associações estão fazendo, se fizermos um levantamento e marcarmos um compromisso de desvinculação em massa com a proposta de negociação, quem sabe a ANABB mudaria de lado e voltaria a cumprir o seu verdadeiro papel? Enquanto o pessoal da ativa acreditar nos sindicatos e nós aposentados, nas falsas associações estaremos sempre passados para trás.Se todos saissem da ANABB migrando para a ANAPLAB, esta certamente empregaria as nossas contribuições em movimentos e ações a nosso favor.

Anônimo disse...

Ao anônimo das 15:25,

O que nos prende à ANABB são as ações em andamento. Tenho uma há 20 anos (IR sobre venda da férias e licença prêmio) e 1/3 Previ, que apesar de já estar depositado no BB, trata-se de RPV, ainda dependo de alvará. O depósito foi efetuado em julho de 2014.

Anônimo disse...

Ao anonimo das 15:25
Vc. não é o único sofredor quer aguarda ação na ANABB. Também tenho( eu e mais 9), ação igual, desde 1997, aguardando boa vontade de desembargador de tirá-la da gaveta. Ficamos sempre na expectativa das notícias: " SAIU !" - "SAIU O ES! - "SAIU A AÇÃO ".Vivemos de expectativas.