BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

sexta-feira, 24 de abril de 2015

SEM RAZÃO DE SER

     Nós estamos sendo pouco estudiosos do assunto, estamos sendo manipulados por pretensos analistas, bem assessorados pelo nosso patrocinador que antes de mais nada, e acima de tudo, olha somente para o próprio umbigo. Refiro-me às contribuições para a PREVI.
     O Regulamento da PREVI que regula a matéria já foi retificado inúmeras vezes, sempre que há conveniência do patrocinador, JAMAIS para nos beneficiar. A última alteração se deu em 2013, com vigência a partir de 22.04 daquele ano. No Capítulo XIII, Artigo 76 §1º
"A contribuição do participante em gozo de benefício será descontada dos seus benefícios de aposentadoria."
Ora, este artigo devia inexistir pois ao trocar a sua Reserva Matemática pelo Benefício, o participante devia encerrar o seu ciclo de contribuição, tal como é feito na Previdência Oficial.
     Outra situação é espantosa: A primeira providência a se tomar quando há três anos consecutivos de superávit é suspender a cobrança de contribuições. Ora, a recíproca é verdadeira: só deveria haver volta das contribuições em caso de três déficits seguidos. Isso parece lógico e racional. No entanto, apesar de desde o ano de 2008 o nosso fundo NÃO ter registrado NENHUM déficit ( em 2010 houve o BET, em 2011 houve um superávit magrinho de 300 milhões, em 2012 deu 1 bilhão, em 2013 a Reserva Especial deixou de existir e em 2014 a mesma coisa: Não houve déficit nem em 2013 nem em 2014, apenas consumo da Reserva Especial que ficou abaixo dos 25%). Então raciocinemos, se não houve déficit nem por um ano sequer, por que voltar a contribuir?
     É o caso de se rever as decisões tomadas por Dan Conrado e seus pares de diretoria em 2013 sobre a equivocada decisão de volta das contribuições. Os diretores Cecília e Décio têm obrigação de voltar ao tema e defender os nossos direitos com unhas e dentes. E depois levar a decisão para o Conselho Deliberativo onde temos Carvalho e o Rafael. Outro Conselho que devemos usar é o Fiscal. Lá temos o voto de Minerva. Nunca vi o Conselho Fiscal barrar alguma coisa na PREVI. São uns cordeirinhos. Vamos barganhar ali meu amigo Williams! Vocês são nosso único meio de enfrentar o patrocinador! Façam como estão fazendo Eduardo Cunha e Renan Calheiros contra os projetos de Dilma Rousseff, confrontando os projetos e os decretos. Vocês do CF não podem aprovar um investimento, por exemplo, como o da Cia Vale (35% de nosso patrimônio em ações que são feitas através da LITEL). Acredito que vocês do Conselho Fiscal estão sendo usados como cavalo, se este soubesse a força que tem ninguém montava nele!
     O dado concreto é que aposentado não deve (e nem pode) mais contribuir. Ao contrário, os da ativa têm essa obrigação até se aposentar. E tem que ser do próprio bolso, nunca do Fundo Previdenciário!

DELENDA CARTHAGO - VAMOS ACABAR JÁ COM AS CONTRIBUIÇÕES DE APOSENTADOS! SE PRECISO FOR, ALTEREM O REGULAMENTO!


38 comentários:

Anônimo disse...

TAMU SUSTENTANDO ESSA QUADRILHA PETISTA!

C. H. E. G. A

FERNANDO disse...

Fecho com o relator. Se é para nos prejudicar, noutro dia o estatuto ou regimento da PREVI é alterado. CHEGA..CHEGA.

João Lopes Rodrigues disse...

Srs!

Muito apropriado o texto! É mais do que a hora certa para nos unirmos e buscarmos "mudanças efetivas" a nosso favor, nós aposentados e pensionistas. O tempo em que simplesmente abaixávamos a cabeça e dizíamos "amém" findou-se.

De fato, se tantas vezes já foi alterado o Regulamento, por que não mais uma vez? Nem digo para "nos beneficiar"; mas, para ser "justo".

Façamos todos nossa mobilização para buscarmos nossos direitos. Não creio que UM único patrocinador - mesmo com o tal "voto de minerva" -, possa ser mais forte que MILHARES de assistidos.

Chegou o momento de levantarmos a cabeça, de conversarmos "de igual para igual", de reivindicarmos nossos direitos adquiridos.

Acredito que, juntos, nós podemos fazer a pressão certa para mudarmos esse repetitivo jogo. Jogo "de cartas marcadas".

Vamos?

Era isso!

Anônimo disse...

Ari,

Agora, sim! O tema merece atenção de todos.


james

Marcelino Maus disse...

Sobre a Suspensão das Contribuições:

..."Enfatizou que as contribuições podem continuar suspensas porque NÃO DEPENDE da Reserva Especial, depende sim dos superávits, e por enquanto, não tivemos nenhum déficit que justificasse a volta das contribuições."

O Conselho Fiscal ou quem de direito deveria ANTES DE SUSPENDER, certificar-se e RETIFICAR o Regulamento para que APENAS HAJA SUSPENSÃO DOS APOSENTADOS/PENSIONISTAS ou APÓS A 360a. dos funcis na Ativa.

É UM ABSURDO que em 2007 a 2010 foram suspensas as contribuições dos ATIVOS...
No exclusivo proveito do BB que passou a não pagar OUTRA COTA ?!?!?!?!?!?

Quem ingressou no BB em 1998, pagou por 10 anos, suspendeu por 6, agora pagou 2... é uma festa!

E QUEM PAGOU mais de 360?
Está pagando de novo desde 2014 UMA VERGONHA).
NESSA HORA É IMPRESCINDÍVEL aplicar-se os cálculos atuariais, etc.

Pr.guima disse...

-Prof Ari, pra reflexão: Ao aposentar-mos temos a opção de sacar a reserva ou receber um benefício mensal vitalício. Se a opção for pelo saque da reserva, recebe-se parte a vista e parte em 10 anos em parcelas mensais (acredito que ainda é assim), não contribui, só recebe. Então porque no caso da opção do benefício deve-se contribuir?? Que lógica é esta, já que as contribuições da ativa formaram a referida reserva, que supõe-se, seria um montante, para custear nossa aposentadoria?

Anônimo disse...


O Danado deixou todo os aposentados e pensionistas na m.... e se aposentou. Diga-se, muiiiito bem aposentado às custas da Previ. Foi capacho do patrocinador e traidor ao acabar com o BET. Deveria pelo menos ter acabado com a cobrança das contribuições mensais à Previ para aqueles que já contribuíram por mais de 360 meses. Enquanto comemos aipim e bebemos água, ele come filé de salmon com champagne francesa.

Tomara que a Cecília e o Carvalho tenham consciência e nos ajudem, ou pelo menos, lembrem das promessas feitas durante a campanha da chapa 3. Está tudo anotado e vamos cobrar.

A propósito, pergunto se ainda temos a função de diretor de seguridade na Previ? Tá tão quietinho....

Anônimo disse...

Esta suspensão dos ativos foi para beneficiar o Banco já que ele paga contribuição de 1x1 que o ativo paga. É uma verdadeira vergonha o que fizeram com os aposentados.

Anônimo disse...

A PREVI com essas alterações nos estatutos e regulamentos, a bel prazer do patrocinador, virou uma "casa da mãe Joana".
Os descompassos entre os tipos de aposentadoria são os mais diversos.
Tem colegas que se aposentam após pagar durante todo o tempo de ativo e ainda continuam contribuindo sobre o complemento.
Outros, como já citado, mesmo na ativa não contribuíram por um período e ainda assim serão contemplados como se contribuintes fossem.
Outros, ainda, os famosos "sem-teto", recebem verdadeiras fortunas por determinação do patrocinador.
Mas a culpa foi nossa que, por omissão, permitimos a intervenção que extinguiu o corpo social.
Aliás, os aposentados, na sua grande maioria, nunca compareceram para a votação e agora se acham no direito de reclamar.
E, então, pagamos pela omissão.

Anônimo disse...



"" TEMOS NO BRASIL : BIPARTIDARISMO ,PLURIPARTIDARISMO OU UNI HIBRIDO ?"

Mestre Ari, ninguém pode contestar seu pensamento, mas vivemos uma si -
tuaçãp política tão esdrúxula que endoidece cientista político e cro-
nistas. Veja bem, até pouco tempo atrás (meses ) o PT nadava de bra-
çada , mandando a torto e direito, tendo o PMDB como acólito, com di -
reito de fazer coleta só durante a semana, pois nas missas de domin-
go, a féria era doPT; Os partidos da oposição dizem amém e não têm
outra opção. Entretanto houve o fortalecimento do PMDB por razões já
do conhecimento de todos e o poder vem sendo tomado do PT. Este último
partido perdeu e continua perdendo adeptos que vai ter de fazer algo
muito expressivo para continuar com alguma respeitabilidade e força p/
governar e é ai que pode estar nossa chance de reaver nossas perdas.
Na política, o mestre sabe mais que eu, : é dando que se recebe ! Em-
bora conhecendo minha turma há meio século tenho minhas dúvidas se o
PT receberá algo do universo previano.Enfim, penso que se o partido
dos trabalhadores continuar sendo engolido ,ele fará alguma graça p/
nós antes dos ulltimos estertores. Divany silveira- Sete Lagoas-mg

Angelo Christianini disse...

É dinheiro pro partido dos ptralhas.
Mais um direito que nos é tirado a força.

Anônimo disse...

Na ONU o poste defendeu os radicais islâmicos. Agora a PF investiga apartamento de elemento ex comissionado no governo do poste supostamente envolvido com grupos terroristas, conforme noticiado pela imprensa.
Qual será a próxima caca petista?
Será que o ET de Varginha levará a culpa?

A tampa do esgoto não quer voltar para o lugar e não para de sair m...

Anônimo disse...



Professor Ari
Quem vai nos mostrar o caminho para enfrentarmos, e derrotarmos todos os maleficios apontados nos blogs acima. QUEM/ QUEM/,
Nei Vaucher

ANTONIA disse...

Prof. Ari,
Sobre as contribuições, só nós associados, estamos pagando, pois o BB está usando o dinheiro que surrupiou de nosso plano (7,5 Bilhões), para pagar a parte dele. Como esse dinheiro é da PREVI mesmo, ele está pouco se incomodando com essa despesa e jamais autorizará a suspensão de NOSSAS CONTRIBUIÇÕES.Quanto mais dinheiro lá, melhor, prá quando ele for dar o bote outra vez.

Fuzinelli disse...

O Presidente Gueitiro estará na AFABB RS, boa oportunidade para as respostas que todos querem saber, será que o Medeiros vai cutucar o homem ou se contentará apenas com algumas fotos?

Roberto Martines 8670089-8 disse...

Quem ta pagando os maus feitos na PREVI são os pós/97, vamos fazer alguma coisa por esse pessoal que são quase 30% dos atuais aposentados Rio Brilhante MS 25,04,2015

Anônimo disse...

Prof. Ari,

Resolvi ser diferente igual ao
Divany das 5 Lagoas (2 o PT
roubou). Por que só ele po-
de escrever diferente dos
demais? Agora terá concor-
rência, ora bolas! Procura-
rei ser piadista também.
Sei que ele é inigualável,
mesmo assim tentarei co-
piá-lo mesmo sendo um sa-
co manter essa margem di-
reita reta. Cansei! Aff

Anônimo disse...

Parabéns Prof.Ari
Como já disseram o pior é para qum já pagou muito mais que 360.Se o novo Presidente está realmente bem intencionado a questão das contribuições (360/360) deveria ter sua atenção com prioridade absoluta.

Anônimo disse...

Com relação a visita do presidente da PREVI ao Dr. Medeiros, penso que prevalecerá a frase do Barão de Itararé:
"De onde menos se espera, daí mesmo é que nada sai."

Anônimo disse...

EMPRESTIMO SIMPLES: O pior emprestimo para os associados, vejamos esta clausula do contrato de emprestimo: CLÁUSULA NONA – Do Resíduo do Saldo Devedor – Eventual resíduo de saldo devedor existente ao final do prazo inicialmente contratado deverá ser quitado juntamente com a última prestação. A IRRESPONSABILIDADE DA PREVI quando aumentou o limite de emprestimo para os atuais R$ 145.000,00 para os associados criou uma situação onde nós somos os maiores prejudicados, para uma politica de emprestimos onde o PATRIMONIO DA PREVI que é emprestado para os associados que são os donos e onde são cobrados 5% de juros, onde nos esquecemos que além dos juros existe uma correção monetaria corrigida pelo INPC pos fixada, além de um fundo de QUITAÇÃO POR MORTE, este emprestimo tornou-se uma armadilha financeira. BASTAM PEGAR O SALDO DEVEDOR DO DEMONSTRATIVO DE EMPRESTIMO SIMPLES que vai ser utilizado para declarar o IMPOSTO DE RENDA e verifiquem que o saldo devedor em 31.12.2014 comparado com o saldo devedor que aparece quando voce entra na pagina de emprestimo simples não diminuiu mesmo depois de pagas as 4 prestações deste ano de 2015. Um verdadeiro absurdo este modelo de emprestimo COM JUROS GARANTIDOS DE 5% AO ANO, MAIS CORREÇÃO POS FIXADA PELO INPC FUTURO que ninguem sabe até aonde vai subir e o FUNDO DE QUITAÇÃO POR MORTE que garante a liquidação caso ocorra o óbito. No meu caso meu saldo devedor em 31.12.2014 é de R$ 145.710,00 em 31.12.2014 e agora nesta data de hoje, 25.04.2015 o saldo devedor é de 145.210,00 mesmo depois das 4 prestações pagas, uma vergonha.

Anônimo disse...

Este modelo do EMPRESTIMO SIMPLES esta completamente falido, não atende mais os funcionarios, hoje se toma emprestimos em condições melhores no cdc do BB com prestações fixas e sem saldo devedor ao final do emprestimo. Na PREVI, COM ESTES CALCULOS MIRABOLANTES ONDE A PRESTAÇÃO SOBE TODO ANO CORRIGIDO PELO INPC DEPOIS DE 12 PRESTAÇÕES PAGAS AINDA CORREMOS O RISCO DE AO FINAL AINDA TER: CLÁUSULA NONA – Do Resíduo do Saldo Devedor – Eventual resíduo de saldo devedor existente ao final do prazo inicialmente contratado deverá ser quitado juntamente com a última prestação.

Anônimo disse...

O DESESPERO E A ESPERANÇA

Espero que o presidente do nosso fundo de pensão vá para o RS com o firme propósito de resolver as grandes injustiças que estão ocorrendo com os aposentados do Plano 1 e que acabe de vez com as contribuições além das 360.
Tomara que não esteja viajando com o intuito de apenas convencer nossos líderes a se aliar a ele e o patrocinador, para nos prejudicar ainda mais.

TENHAMOS FÉ QUE ELE NOS TRAGA MELHORIAS EM SUA BAGAGEM CEREBRAL.

rafael campagnoli disse...

Não vejo nenhuma chance de vitórias na justiça via STJ: lá estão sentados o Luiz Felipe Salomão e o dr Otávio Noronha ( ex consultor jurídico do BB ) ... Talvez algum socorro que poderia ocorrer em benefício do Postallis, Funcef, Petros et é que poderá obrigar a Previc a rever alguma coisa, e daí seríamos beneficados por tabela ... Acho que era sobre isso que o Dan ado quis dizer numa entrevista para a Previ sobre o fim do BET ... No mais, é só "não".

Ari Zanella disse...

Com efeito, caro Rafael, o STJ é o nosso "gargalo". Foram eles que acabaram com a Cesta Alimentação, estão muito alinhados com o atual governo, estando por consequência devidamente "aparelhado" por Brasília. Você citou dois dois nomes mas tem mais.

Anônimo disse...

Prof. Zanella,
Com a vitória do funci da CEF na Cesta Alimentação Invalidez, existe agora jurisprudência? Ou depende de na mão de quem cair?
Obrigada


Anônimo disse...

Prof. Ari,

À margem de seu comentário, mas também em linha com o assunto. Me permito vagar, em texto abaixo, coisas que surgem quando um orçamento não tem em gestor firme para a sua execução:

Um pequeno histórico para entender o que acontece com as empresas midiáticas.

Hoje, por acaso, encontrei com um colunista/midiático Regional e Nacional.
Disse-me que não concordava com a grande mídia face as matérias políticas contra o Governo Central.
Explicou que, antes do governo Lula a mídia recebia, em demandas jornalisticas, o seguinte percentual de verbas publicitárias, do Governo Federal (Exemplo): 70% para as empresas jornalísticas do Sul e 30% para as outras regiões, inclusive o Nordeste.
Lula, após eleito, inverteu os percentuais. As empresas midiáticas do Sul ficaram com 30% das demandas publicitárias do governo Federal; o Nordeste e Norte com o restante das verbas.
Nesse pequeno histórico você pôde acompanhar o porquê de "Ranger" da imprensa, da grande imprensa, contra a política do Governo Federal.
A distribuição de verbas de publicidade do Governo Federal, com menos percentuais, à grande Mídia, detonou a incompatibilidade Governo X Mídia.
A Paz, outrora garantida, com os recursos Públicos, não prosperou com a nova grade de percentual aplicada à publicidade.
Desde então, há mais de 12 anos, que a "guerra" publicitária tenta ganhar/fazer a opinião da grande massa de brasileiros. Para isso, há um batalhão de políticos a defender o Status Quo, antes vigente.
O rompimento do "acordo" midiático também rompeu com o passado oculto de estratégias de muitos partidos/políticos.
Hoje vimos que muitos dos agentes públicos e políticos estão a descoberto por conta do rompimento do "acordo midiático" acontecido.
A Sociedade, à margem e a dependência dos orçamentos curtos e mal distribuídos, amarga o cotidiano sem uma infraestrutura adequada em serviços, saúde, segurança, educação, etc.
A contemporaneidade dos impostos cobrados, advindos das várias esferas de governo, não justifica a não inversão de seus valores em benefícios da população.
Muita estória ainda está por acontecer! As maracutaias palacianas, de divisão do orçamento público, em prol de uma minoria, estão sendo descobertas e devidamente punidas.
O Brasil não merece gestor incompetente e desonesto.

james

Anônimo disse...

Prof. Ari,

Faço uma correção ao texto que lhe enviei, se você quiser publicar.
onde se lê "incompatibilidade" leia-se "compatibilidade".

james

Anônimo disse...

Onde encontro este processo da cesta alimentação invalidez do funci da caixa economica federal.

Cláudio Augusto Falco disse...

Ao anônimo das 22:32 de 25/04/2015

Colega,

No site do TST, com data de 1º/10/2014, com o título de 'Aposentado da CEF obtém direito a auxílio-alimentação que recebia na ativa', lá no final aparece o Nº do processo: RR-651-10.2011.5.01.0029

Veja no link: http://www.tst.jus.br/noticias/-/asset_publisher/89Dk/content/aposentado-da-cef-obtem-direito-a-auxilio-alimentacao-que-recebia-na-ativa

Anônimo disse...

Ninguém se iluda.Há um maldito sistema que abocanhou a Previ e outros assemelhados e que se destina a sugar cada centavo novo.Entra presidente,sai presidente e tudo fica pior.Vejo isso há quase meio século.Se viver 500 anos,só verei re-edições de papo furado.A máfia manda e coloca seus asseclas em postos-chave para enganar-nos.
João Trindade

Anônimo disse...

Emérito Professor ZANELLA:


O Diretor de Seguridade SUMIU, depois que o seu TIMECO, o BRAGANTINO, do qual é TORCEDOR FANÁTICO, levou de 3 X 0 do CRICIÚMA, da ILUSTRE e SAGRADA terra de SANTA CATARINA, na COPA DO BRASIL, sem ter nem direito a segunda partida de volta. O dinheiro é dele, a vontade é livre, não é nada ilegal, faz o que quiser, mas se NÃO PERDEU GRANDE SOMAS apostando nesse MICO/BRAGANTINO, certamente perdeu, ao menos momentaneamente, o JUÍZO e A MEMÓRIA, pois a CACETADA FOI GRANDE!
Ó quanta felicidade, já bastava a derrota do time paulista para me deixar feliz, mas acrescente-se a isso, o RETORNO do RESPEITÁVEL LARÁPIO, HENRIQUE PIZZOLATO, cuja vaga na PAPUDA, já ESTAVA MILÊNIOS A SUA ESPERA, inclusive com faixa de recepção, contendo os dizeres WELCOME PIZZOLATO (o brasileiro dá muito valor as coisas estrangeiras, principalmente advindas dos EUA).

Anônimo disse...

Welcome Pizzolato. Bem feito pra ele, quem mandou ser mafioso.

Anônimo disse...

Mundo paralelo:

Farra das vagas nos conselhos de estatais
São 1,1 mil cadeiras em conselhos de 140 empresas ligadas à união. A busca para ocupar essas vagas se transformou num verdadeiro balcão de negócios entre privilegiados da Esplanada dos Ministérios e integrantes da base aliada do governo. O salário de um conselheiro de estatal pode chegar a R$ 30 mil para participar, muitas vezes, de uma única reunião mensal. Especialistas questionam a falta de critérios técnicos para as nomeações e consideram os cargos apenas cabides de emprego destinados a afiliados políticos.

Fonte:http://www.domtotal.com/manchetes/detalhes.php?manId=10494

Anônimo disse...

CAPA DO CORREIO BRAZILIENSE DE HOJE TEM COMO MANCHETE PRINCIPAL:

A FARRA DAS VAGAS NO CONSELHO DAS ESTATAIS

Dizem que o pião fatura 30 mil por mês para, na maioria das vezes, participar de uma reunião por mês.

Alguém sabe de alguma figura que se enquadre nessa situação? Ou é coisa da imprensa golpista

Anônimo disse...

E para os conselhos das participadas da Previ, pagam quanto ?
Quem participa ?

Anônimo disse...

Professor Ari,

Peço encarecidamente que o Sr. permita-me criticar os anônimos.

Obrigado

Ari Zanella disse...

Caro Zé,

Tudo bem, desde que você o faça com login.
"Zé" é igual a anônimo.

Zé disse...

Veja, outro Zé, como é fácil colocar qualquer nome.