BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

terça-feira, 28 de abril de 2015

GENSO NO SUL

     Matsuo esteve ontem na exuberante Porto Alegre em visita ao colega Medeiros, o qual tem os atributos de gaúcho perspicaz e extrema argúcia e de quem orgulho-me de ser discípulo.
     Ainda não estou a par dos temas debatidos mas se bem conheço o Medeiros, ES e a Cesta Alimentação não devem ter passado em branco. Gueitiro é técnico no corpo operacional, não foi indicado por vias políticas, pesou mais o perfil profissional do bom administrador, por isso, há renovadas esperanças de reais mudanças em nosso fundo.
     No plano piloto da PREVI com horizonte de seis anos (2015 - 2021) há a intenção em reduzir de 60 para 50% os investimentos em ações, e diminuir consideravelmente o apetite por infraestrutura. O rumo a seguir é este mesmo, aos poucos, fugir do alto risco porque teremos incremento no valor das aposentadorias pagas cujo pico está previsto para o ano 2021. Hoje o dispêndio com inativos é de 9,5 bilhões/ano podendo chegar em 2021 a 12 bilhões. Nada que assuste pois se o fundo rentabilizar apenas o atuário, ou seja, 5% de juros mais a correção do INPC, hoje na faixa de 8%, o que totaliza 13% sobre o patrimônio de 170 bilhões já perfaz a cifra de 22 bilhões e 100 milhões de reais. Estamos escrevendo de uma situação real, sem qualquer artifício, posto estar previsto no regulamento do fundo. Pergunto ao Marcel medroso em sofrer ínfimos prejuízos se são ou não são concretos estes dez bilhões de sobra já neste ano de 2015? E note-se que as despesas para este ano são de 9,5 bilhões o que na prática elevaria esse superávit para 12,6 bilhões. Alguns querem dizer que para conseguir este superávit é necessário correr muito risco! Imbecis, mais risco do que estamos correndo no mercado de ações? E é exatamente pelo mercado acionário que malogramos atingir sequer o atuário!
     Entrementes, nossa esperança é que Gueitiro Matsuo Genso é excelente técnico e deve estar a par de todas as más aplicações (políticas) feitas pela PREVI.

             PRESIDENTE DA PREVI GUEITIRO MATSUO GENSO

29 comentários:

Anônimo disse...



"ACHO QUE CONHEÇO ESTE MENINO !!! "

Mestre, entrei no seu blog e o Presidente já veio rindo pra mim;
não sei se em todos PCs acontece isto, mas no meu o homem tá fa-
liz de me ver.Como joguei muita bola em Marília na minha infancia
e lá tem muito nipônico. pode ser que ele esteja me reconhecendo
e mostrou discrição, mas isto não me preocupou pois os orientais
são tímidos, menos nos negócios. Vou pesquisar meus arquivos fu -
tebolisticos e voltarei ao assunto. Me aguardem. Divany Silveira
Sete Lagoas-mg

Anônimo disse...



DETERMINADOS ASSUNTOS NÃO PODEM SER ARQUIVADOS RAPIDAMENTE

Admirado , paciente e sofrido Mestre, mas sempre de pé, since -
ramente não sou de querer "aparecer" mas o Rafael Campagnolli
postou uma matéria sobre a ANABB que, infelizmente, ficou no
encerramento da postagem de ontem e que, na minha opinião, de -
ve ser lida por todos. O colega Rafael fala que a Anabb é mui-
to importante para nós e vou mais longe: pois a dita entidade
poderia ser uma grande e poderosa aliada nossa, mormente no
momento em que estamos lutando para interromper a contribui -
ção para a PREVI e o retorno do saldo do BET ou a devolução do
saldo que o "ratão" embolsou. O Rafael diz que há muitos aposen-
tados na Anabb, e eu vou dizer mais ,sem medo, nós aposentados
somos maioria absoluta e temos de valorizar nosso peso nas elei-
ções. Não sou pessoa de cuspir no prato que comi, mas o patroci-
nio de ações já não tem tanta importância, pois há blogs fa -
zendo isto com competência e , acreditem, Blogs sorteando ate
numerário entre os associados ( não me lembro o nome agora , mas
tem gente que já ganhou !). Rafael, meu caro, com 50.000 sócios
aposentados nos ganharemos qualquer eleição!Continue o s/" insight
sobre este tema. Desculpem .DivanySilveira-SeteLagoass-mg"

João Lopes Rodrigues disse...

Prezado Ari e demais colegas!

Não obstante as inúmeras expectativas sobre o atual presidente da Previ, sou da opinião de que não nos basta esperar por suas iniciativas. Há muito assistimos a apatia de alguns (milhares?) de aposentados e pensionistas que "esperam" melhorias na gestão do fundo.

Creio que é chegado o momento de "exigirmos" mudanças. Se somos (?) os donos do fundo, nada mais justo que o administremos a nosso favor.

Acredito que nenhum aposentado ou pensionista é leviano a ponto de querer mudanças que tragam eventual risco ao fundo. Penso que o que queremos nada mais é que uma administração "justa", "digna", sem as manobras escusas do patrocinador.

Assim, ainda que depositemos esperanças no atual presidente, não será demais se nos juntarmos, todos, na reivindicação de nossos direitos. Se a situação exigir, usemos a justiça a nosso favor.

Era isso!

Anônimo disse...

Colegas do PB1,

Eu acho que o japonês tem capacidade de ilusionismo de massas.
TOU com medo. Ui

Anônimo disse...

O DIDA está numa audiência pública de assuntos econômicos no Senado neste momento.
O óleo de peroba exala o cheiro até pela TV.
E por falar em peroba, isso me faz lembrar a Valdirene. Era a segunda madeira que ela mais apreciava. Ô Valdirene danada...

Anônimo disse...

Mestre Ari,

A Julgar pelo suspense do Nobre Dr.Medeiros, deve sair alguma novidade em relação a alguns pontos:

ES - PRAZO E LIMITES

CESTA ALIMENTAÇÃO - MEDIDAS PARA AMENIZAR O DESGASTE

APLICAÇÕES - MUDANÇAS PONTUAIS

BÔNUS - SERA MANTIDO

COMUNICAÇÃO - DEVE SER CRIADO EM BREVE A OUVIDORIA

CONSIGNAÇÃO 30% - DEVE SER MANTIDO E APRIMORADO, TIPO RETIRAR DE VEZ AS DEMAIS CONSIGNAÇÕES DA FOLHA DE PAGAMENTOS,TIPO CREDISCOOP E FHE POUPEX

No mais é tudo igual, pro forma, sem delongas.

Anônimo disse...

Querido Professor,

começou a corrida para a ANABB, esquenta os tamborins.

A turma do Camilo já botou sua pupila para o CD da ANABB.

Lá existe 2 grupos:

As próximas eleições serão primordiais para descobrir quem vai continuar mamando nas tetas da ANABB.

Equiparo a ANABB as raposas do SENADO FEDERAL E CAMARA DOS DEPUTADOS.

Anos de conhecimento em previdência complementar fizeram os doutos da ANABB.

Anônimo disse...

Fiquei triste pq o Marcel não acompanhou o Presidente. A sua simpatia para com aposentados e pensionistas fez falta. Como gostaria de encontrá-lo no octágono...

Anônimo disse...

Claro que a esta altura nosso mestre dos mestre já sabe qual paulada nova nos espera.

estamos próximo de completar um ano de chapa 3 e nada saiu do papel.

Acho que o Marcel deve liberar o novo ES-2015 em novembro com implantação em dezembro para que todos possa passar um ótimo natal e votar nele para as próximas eleições.

Já estou vendo na minha bola de cristal:

limite 160 mil.

Prazo 140 meses.

Anônimo disse...

Dileto Professor Ari,

Japonês cresce na vida porque não tem olho grande.

Anônimo disse...

http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2015/04/1622122-governo-recua-e-aceita-reduzir-carencia-para-pensao-por-morte.shtml

Anônimo disse...

O governo vai lançar um pacote para investimento em infraestrutura - aeroportos, rodovias, energia etc.- agora em 2015 em torno de 150 bilhões.
Com as construtoras em crise, com a economia patinando, onde estarão os investidores ?
A Previ pode até querer diminuir o "apetite por infraestrutura", mas não se pode afirmar que não vai participar do pacote.
Também não se pode afirmar que o presidente, indicado pelo patrocinador, não seja "político".
Ou que, em sendo técnico, não obedeça ordens superiores.
É cedo ainda. Mesmo com um pouquinho de mel na chupeta, é preciso aguardar.

Anônimo disse...

Vamos ver se não fica só no blá blá blá. Fica difícil entender porque os recursos existem para maracutaias milionárias, mas desaparecem na hora de reajustar benefícios?
Tudo é legal para investimentos Ad Eternum dos quais nenhum de nós usufruirá.
Tudo é dentro da legalidade na utilização de recursos em aplicações para atender os interesses de A,B ou C.
Quando é para exercer a finalidade da Previ, que é cuidar da melhoria do pagamento de aposentadorias e pensões, tudo se torna ilegal.



Já deu no saco

Anônimo disse...

Espero que venha alguma novidade em relação ao ES,eu simplesmente não consigo vislumbrar nenhuma saida para os colegas que estão endividados com o ES com prazo de 120 meses. Com o atual metodo do calculo da prestação que não está cobrindo os juros, correção monetaria e o fqm NÃO VEJO NENHUMA PERSPECTIVA COM RELAÇÃO A ESTE EMPRESTIMO, NO MES DE MARÇO E ABRIL O SALDO DEVEDOR AUMENTOU AO INVÉS DE DIMINUIR. E AGORA QUAL A SOLUÇÃO ???

Anônimo disse...

Caros Colegas,

MENTIRA ESTÁ SOLTA NESTE BRASIL .
MWENTEM, MENTEM, MENTEM E FICA TUDO COMO DE ABRANTES

Anônimo disse...

Tinha a impressão que fosse o sonho de todos os participantes do PB1, que a imprensa e a opinião pública virasse os holofotes para nós percebendo as injustiças a que somos submetidos.
Que oportunidade melhor as associações de aposentados acham que terão? Até a imprensa está nos colocando como vítimas ao invés de marajás. E olha que nem fazem idéia de como vivem nossas pensionistas. Que pessoas assistidas pelo bilionário fundo de pensão passam fome, não compram remédios necessários, são despejadas, etc.
Olha o time (tempo)

Ari Zanella disse...

Caros Colegas,

Prefiro não polemizar o caso da ANABB neste blog. Estou abrindo uma postagem no TERCEIRA VIA com a Nota publicada pela ANABB. Lá, inclusive, os comentários estão liberados. Verifico depois se há excessos, então deleto. Faço isso porque gostaria de preservar este blog dos debates políticos (o que é o caso da ANABB, disputa pelo poder).
Agradeço a compreensão de todos.

Anônimo disse...

estao acreditando em papai noel!!!!!!!!!!!!!!!!!o PT deu liberdade p o japones atuar?o BB vai parar de saquear a PREVI criando superavits p esse fim?teremos salarios compativeis com o enorme patrimonio de nosso fundo,que nem parece nosso?

Adaí Rosembak disse...

Ari Zanella,

Você foi extremamente objetivo em seus comentários.
Também coloco fé no novo presidente da PREVI.
Penso que virão mudanças por aí.
Precisamos estar de olhos abertos.
Adaí Rosembak

Ari Zanella disse...

Meu caro das 21:00

Cada um faz jus à sua reserva matemática. Você diz que há pensionistas passando fome, sem remédios, etc. Com toda razão. Se fosse possível faríamos o que você sugere. Chega a imprensa na PREVI e nada acha de errado. Certo ou errado eles estão cumprindo com os objetivos do fundo. Assim como existe pensionistas ganhando pouco, há outras com salários de 10, 15 mil.
O melhor que fazemos é apontar caminhos, sugerir, lutar por melhorias, propor mudanças no Regulamento, etc. Penso que você em vez de criticar, saísse do anonimato e viesse colaborar com ideias e sugestões factíveis. Se todos unidos lutarmos por mudanças, elas têm mais chances de acontecer.

João Rossi Neto disse...

A HIPÓCRITA POLÍTICA DA BOA VIZINHANÇA ACENADA POR INDICADOS PELO BB PARA A PREVI NÃO QUER DIZER NADA!

Votações de matérias no âmbito do Conselho Deliberativo da PREVI, quando terminam empatadas, são resolvidas pró-patrocinador BB mediante aplicação do Voto de Minerva. Já na Diretoria Executiva não ocorre empate, dado que o patrocinador-BB possui quatro votos, sendo três votos dos seus indicados (Presidente do Fundo e dois Diretores), mais o do Diretor de Seguridade que para lá se bandeou.
Portanto, seguramente nada de bom podemos esperar dos funcionários indicados pelo banco, os quais vêm com a missão inflexível de obedecer às ordens do patrão BB, pois sabem que o simples ato contrário, por insignificante que seja, aos interesses do patrocinador, é demissão sumária, o prejuízo financeiro é expressivo, de modo que ninguém é louco de colocar em risco o polpudo salário e os questionados bônus.
Dentro deste contexto, por conhecer que a índole dos executivos japoneses é de fidelidade canina, talhados para cumprir ordens, sem fazer concessão alguma aos considerados “adversários”, tenho plena convicção de que o Presidente Gueitiro fará as honras da casa de forma polida e cortês, contudo, sem arredar um milímetro daquilo que o BB lhe determinar. Certamente é mais um subalterno do banco que ouvirá, de bom grado, as nossas justas e legítimas reivindicações, prometerá análises e estudos, mas nunca teremos uma resposta positiva. As dezenas de antecessores foram assim, por que o nipônico seria um ponto fora da curva?
Nós, associados, vivemos à mingua em termos de defensores com poderes para modificar o panorama das mazelas que o Governo nos impõe, como a espúria Resolução 26, corte do BET, retorno de contribuições, travas técnicas exageradas para contratação do ES e manipulação dos nossos recursos para satisfazer desejos inconfessáveis, os quais redundam em prejuízos irrecuperáveis. Pelo atroz sofrimento, contentamo-nos com tão pouco que a simples visita de um dirigente (Gueitiro) chapa-branca vira motivo de festa e suscita, para alguns, falsas esperanças. Chega de ingenuidade!

Anônimo disse...

Colegas,

Pela minha experiência, vamos aguardar 90 dias.
Vocês já perceberam, não é mesmo? Todo casamento no dia da festa é mil maravilhas e parece que vai durar para sempre, sendo assim, sugiro aguardarem 90 dias. Caldo de galinha........ não faz mal a ninguém. Vamos ver!
Não torço por ele, ou melhor torço por nós aposentados. O alinhamento ter-se-á que dar dele conosco e não na via inversa
Mineirinho discunfiado!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Colegas,

NO MEIO DO CAMINHO TINHA UMA PEDRA, E TINHA UMA PEDRA NO MEIO DO CAMINHO.

NO MEIO DO CAMINHO ENTRE NÓS E O NOVO PRESIDENTE TEM UM BANCO! NÃO SE ESQUEÇAM!
Abs.
Mineirinho discunfiado!!!

Anônimo disse...

SENHOR JOÃO ROSSI NETO, faço minhas as suas palavras, com sua permissão é claro.
Faz muito tempo que a ingenuidade se faz presente em nosso meio.
Precisamos "abrir os olhos" e a mente.

Anônimo disse...

Concordo com o Rossi e outros colegas.Muita festa para uma simples visita.Eu trabalhei com um gerente no tempo em que o BB perseguia ferozmente os sindicalistas e ele ao contrário colocou a disposição deles uma sala ao lado da sua e os tratava com imensa (e falsa) cordialidade.Uma vez, questionado, ele disse: temos que ter bem perto os inimigos para sabermos o que eles estão tramando.Fingia estar do lado deles para poder atacá-los. Temos que ser otimistas, ingênuos nunca.

Marcelino Maus disse...

ANABB... disputa?
Qual a vantagem de ser Diretor da ANABB?
Ser PeTralha e receber por isso?

ANABB: tô fora, sempre foi podre.
o BB, a Previ e a ANABB sempre sacanearam o funcionalismo nas questões FISCAIS, não sendo pró-ativos, para depois mamar nas "AÇÕES".

PREVI - o BB levou só R$7,5 Bilhões?

Doutor Ari, favor solicitar um estudo no Jurídico da ANAPLABB para elencar QUEM pode requerer ao MPF uma AUDITORIA DA PF e da CGU...

A ANABB que tem a maior representatividade dos BBanos e Previanos, PODE ?

Anônimo disse...


O João Rossi diz com palavras apropriadas tudo aquilo que pensamos e temos conhecimento, mas não sabemos como expressar. Parabéns ao nobre colega.
Dentro da Previ reina o que podemos chamar de ditadura, misturada ao absolutismo, autocracia, despotismo, tirania, pois tudo é conduzido à favor do BB e do dos interesses do governo. Se não existisse o Voto Minerva e a maldita Resolução 26, a vida de milhares de aposentados seria melhor. Enquanto esses dois males não forem extirpados, não haverá melhorias para nós.
Se pelo menos nossos eleitos cumprissem o que prometeram nas eleições, a penúria de milhares de assistidos seria reduzida. Mas quem deveria nos representar de verdade, prefere ficar calado.

Anônimo disse...

O de cada dia:

Fundos de pensão e PT usaram gráfica de Vaccari
Com CNPJ do Sindicato dos Bancários de São Paulo, a Bangraf embolsou R$ 10 milhões para imprimir informativos da Previ, Petros e Funcef. Gráfica também serviu para imprimir propaganda política do PT e aliados
Fonte:http://www.istoe.com.br/reportagens/415870_FUNDOS+DE+PENSAO+E+PT+USARAM+GRAFICA+DE+VACCARI+?pathImagens=&path=&actualArea=internalPage

João Rossi Neto disse...

Caro Ari e colegas,

Como a podridão já contaminou Ministros da Suprema Corte (STF), o trabalho sério e honesto do Juiz Moro vai perdendo forças, ou seja, ele prende os delinquentes, mas os togados calcados na ideologia petista os solta.
O juiz Moro, em represália legal, poderia agilizar os julgamentos desses presos privilegiados pelo habeas corpus do Zavaski, Toffoli e Gilmar Mendes, sentenciando-os de imediato para que voltem à cadeia, lugar de bandido e de onde não deveriam ter saído.