BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

domingo, 29 de março de 2015

SEGUNDO PRÊMIO PONTUALIDADE

     Nosso segundo prêmio pontualidade ANAPLAB saiu para a cidade de Passo Fundo - RS e o feliz contemplado foi o colega Manoel Antonio Machado, o qual será devidamente notificado pela ANAPLAB. O valor líquido é de Mil Reais, livre de IR que é pago por nós. Comunicado já está em nosso site www.anaplab.com.br
Seja você também um sócio e poderá ser um dos próximos sorteados.
Parabéns ao Manoel! Nos alegramos com você!

PRÊMIO PONTUALIDADE ANAPLAB.


MANOEL ANTONIO MACHADO foi o associado ganhador do Prêmio Pontualidade do último sábado, 28 de março de 2015. O sócio, da cidade de Passo Fundo (RS), foi contemplado por manter as mensalidades da ANAPLAB em dia, e recebeu R$ 1 mil. O número da sorte foi 66.497.

Confira o resultado da extração nº 4957 da
Loteria Federal do dia 28/03/2015:

1º Prêmio: 63.487
2º Prêmio: 65.079
3º Prêmio: 43.554
4º Prêmio: 91.016
5º Prêmio: 76.226

Sobre o Prêmio Pontualidade.

O Prêmio Pontualidade contempla 01 associado com sorteio de R$ 1 mil no último sábado de cada mês. O valor premiado é recebido integralmente, pois já tem o Imposto de Renda descontado e pago pela ANAPLAB.


Como participar.

Para concorrer, basta você manter suas mensalidades em dia para concorrer automaticamente. A ANAPLAB faz, mensalmente, o acompanhamento da extração dos números pela Loteria Federal e divulga o nome do ganhador (a). O número premiado se dá com a união dos 05 primeiros algarismos de cada prêmio sorteado. No caso de não coincidir totalmente, o prêmio é pago ao adimplente cujos cinco primeiros números da matrícula mais se aproximarem da extração da loteria federal, na configuração explanada acima.

Gratos.

EQUIPE ANAPLAB



             "ANAPLAB - NÓS FAZEMOS MAIS POR MENOS."

5 comentários:

Anônimo disse...

PROFESS0OR ARI,
Se comparar o valor da mensalidade da ANABB com o da ANAPLAB, VERÁ QUE A DIFERENÇA É GRANDE.

ACHO QUE O SLOGAN DA ANAPLAB DEVERIA SER ASSIM: NÓS FAZEMOS MAIS POR MUITO MENOS

Anônimo disse...

Pô! Milão na altura do campeonato é prêmio de Mega Sena. Parabéns ao colega e à Anaplab.

E o ES 180 x 180?

E a suspensão da prestação?

Será que o lenhador de bonzai já fez a cabeça do pequeno samurai? Aprendeu sempre dizer não?

E ele foi eleito para transformar BET em BEP! Igualzinho as promessas de campanha da presidANTA

Rosalina de Souza disse...

Prezados Amigos deste Blog, e o administrador Ari que tão bem conduz o seguimento dos aflitos.

Estou de ideia de ir embora deste país, de abandonar tudo e seguir para onde minha filha caçula mora a mais de 10 anos, Malaga na Espanha.

Minha filha vive insistentemente me pedindo para ir ao abrigo dela, sempre relutei pois morar com filhos é sempre uma tarefa muito pesada, a sogra sempre não presta aos olhos do genro.

Mas vejo que a nossa luta é sempre em vão, nossos dirigentes sempre acha uma maneira de postergar soluções, mesmo sabendo que estamos no maior sufoco a mais de uma década.

Ignora o fato de estarmos vivendo de empréstimos a muitos anos, e de reunião em reunião continua a nossa triste realidade.

Se fosse uns poucos a passar dificuldades, poderíamos nos ajudar, tipo cooperativa mesmo, mas a situação é de milhares de colegas, alguns já em profunda depressão e sem ter o que por na mesa, a situação beira a insolvência total.

Tenho relutado muito em pensar na situação, mas acredito que é uma das minhas alternativas, estou cansada de tudo, de viver mendigando um socorro, uma promessa de que coisas poderia mudar, mas o fato é que 9 meses se passou da posse dos eleitos da chapa 3 e hoje só vejo teatro e mais teatro, enganação, tentativas de nos melar a boca com balinhas de festa, destas mais baratas que gruda na boca.

Penso em entregar meu cargo a disposição da ANAPLAB, como conselheira fiscal, e ir buscar meu ultimo resto de vida, bem longe, ao lado da filha e do genro, seria a oportunidade deu no final da vida me equilibrar financeiramente.

Tenho poucas esperanças de mudança, tenho visto sempre a mesma promessa mais nada neste país é serio, veja o caso da Faabb, por 18 anos o judiciário não definiu uma decisão e ao termino uma vergonha como estas, pessoas na velhice ser feito de bobos, ou tratados como pro lixo.

Não tenho esperança para o futuro, meus 69 anos por completar em 02 de maio próximo, me leva a crer apenas que estou caminhando para o final da minha vida, as doenças se complica, quando não somos mais capazes de comprar o estritamente necessário.

Então ao mais jovens um recado:

Lutem por ser direitos, agora, não espere envelhecer ainda mais, para buscar seus direitos.

Enfim não vejo mais luz no fim do túnel, e por motivos de saúde devo me afastar ainda mais dos assuntos diários dos blogs.

Não somos dignos de pena, apenas queremos nossos direitos respeitados, sem essa de reunião, de grupo de trabalho, de entrega de estudos técnicos que não leva a nada.

Hoje só existe um caminho, renuncia coletiva de todos os conselheiros e diretores da Previ, porque todos são enganadores, aproveitadores e só querem é mamar nas tetas da Previ/Cassi/Associações.

Atenciosamente

Rosalina de Souza
Pensionista
Matricula 18.161.320-4

Anônimo disse...

Pensamentos filosóficos que se assemelham tanto na forma quanto na essência:

Não entendo como pessoas idosas conseguem ter problemas financeiros. ( Filósofo Dhida - benefício 62 mil)

São velhos trambiqueiros. (Filósofo Olheira - recebe acima do teto)

Querem morrer sem quitar o ES. (Filósofo Baxin - recebe 100 vezes mais que o salário de PE qdo era sindicalista).

Não pude fazer nada porque a decisão é colegiada. (Filósofa Vhovó - recebe acima do teto e de inspiração Camiliana)




Percebam que esses grandes filósofos (menos um), mesmo tendo trajetórias diferentes, convergem num ponto que chamaremos de P. Ora, se P é a convergência então o resultado é igual a $$$$$$$ para os filósofos e 0,00 para nós outros.

Marcelino Maus disse...
Este comentário foi removido pelo autor.