BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

sábado, 28 de fevereiro de 2015

OVO DA SERPENTE

Antes da festejada Constituição de 1988, tida como “Carta Magna Cidadã”, em tese, o poder emanava do povo e em seu nome era exercido, depois dela, inovações modificaram o texto e passou a vigorar que: “Todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos da fabulosa Constituição vigente”.
De tudo isso fica o agravante: Nós elegemos os nossos “representantes”, aqueles que em teoria irão exercer o poder em nosso nome, só que eles não precisam prestar contas daquilo que fazem, pelo contrário, fazem o que querem, como querem e quando querem. Tudo o que os nossos “representantes” executam é em benefício próprio, seja recebendo propinas através de esquemas corruptos para comprar apoio político para garantir a governabilidade e se eternizar no poder, bem como, evidentemente, para locupletar-se via do enriquecimento ilícito.
Logicamente o ex-presidente Lula e a Presidente Dilma são os poderosos “Chefões”, conhecem toda a complexa engrenagem criminosa, sabendo onde os roubos continuados são executados, todo o modus operandi e como se dá a divisão do butim. As quadrilhas estruturadas sob a forma piramidal tem no topo, invariavelmente, um superior hierárquico de costas largas que avaliza as operações vilipendiosas e promete “impunidade” que não têm autonomia para cumprir, caso factual disso é o dos réus do Mensalão que naufragaram em aguas rasas, foram julgados, condenados e presos, resultando fictícia a pseudo garantia de liberdade.
Sentença punitiva análoga deverá se repetir no episódio do Petrolão, cujas investigações, em adiantado estágio, para  desespero dos lideres petistas envolvidos nos delitos que não poderão deter a marcha das apurações de todos os roubos assombrosos perpetrados pelo PT, PMDB e PP  e descobertos na Petrobras, por enquanto, algo realmente estarrecedor que, proporcionalmente, redundará em penas superiores a cinquenta anos de prisão em regime fechado, permitindo-nos antever que muita gente “famosa” vai ver o sol nascer quadrado, em breve, para o regozijo do povo brasileiro.
Após eleitos, os supostos representantes somem dos eleitores e as suas ações visam o benefício próprio, dentro da seguinte filosofia: “O povo, ora o povo”! Em português castiço dir-se-ia: que se lasque! O tal “representante” faz alguma coisa errada, por exemplo: Descumpre a lei de responsabilidade fiscal (Dilma recentemente fez isso) e os “companheiros-representantes” fazem uma outra lei para que a coisa errada deixe de ser errada para ficar certa. E o povo? Alguém presta contas dessa marafunda à sociedade?
Qualquer um do povo, em seu mundinho, quando percebe que a sua receita está menor que a sua despesa, imediatamente reduz a despesa para que esta caiba na sua receita. O grande empresário, por maior que seja, também faz o mesmo. Por outro lado, os nossos “representantes”, contrariamente à vontade dos seus representados, aumentam a receita através do aumento da carga tributária. E ai daquele representado que não prestar contas nos mínimos detalhes das suas receitas e despesas aos seus “representantes”, em obediência ao requisito pétreo intransponível: “O povo já preencheu a declaração do Imposto de Renda”?
Neste país tudo é muito louco ou, como já disse o poeta, caminha no rítimo do "samba do crioulo doido" e a coisa degringolou mesmo foi nos governos petistas com a roubalheira incontrolável e a sucessão de escândalos abomináveis. Aqui o representante não presta contas ao representado, mas é o representado que presta contas ao representante. Se o representante faz alguma coisa errada, os companheiros-representantes tornam a coisa errada em coisa certa. Se o representado paga um tributo e, sem querer, erra o código do tributo, passa o resto da vida em filas tentando explicar que não foi sonegação, que foi só um erro de digitação.
Precisamos urgentemente recuperar a posse do nosso país dos nossos “representantes” para que eles sejam, efetivamente, representantes. Esses que estão por aí usurpando e roubando as nossas empresas estatais (Petrobras) e, como de resto, o nosso país como um todo, atolando na lama da corrupção desenfreada o glorioso nome do Brasil e ainda querem que paguemos pelos estragos, merecem é mofar na cadeia!
Precisamos colocar as coisas nos seus devidos lugares. Não podemos aceitar, em hipótese alguma, o jugo petista, a ditadura bolivariana copiada de Cuba e da Venezuela, nações economicamente irrelevantes e que enfraquecem a democracia e o Estado de Direito. Sem dúvida, a esquerda petista adota a prática de resolver no grito, na marra e na violência as questões sociais, ameaçando-nos de colocar nas ruas o exército de bandidos do MST, sabidamente protegido pelo Lula em seus governos e agora acoberto pela Dilma.
Para que isso aconteça é preciso que o POVO, aquele de quem o poder emana, exerça esse poder. Chega de sermos escravos dos nossos representantes, sobretudo do PT! Vamos resgatar os bons princípios alinhados na boa e velha Constituição e fazer com que os tais “representantes” voltem a sê-lo simples mandatários. Vamos fazer o movimento inverso, ou seja, “todo o poder emana do povo, e em seu nome será exercido”, ou “fora representante safado”.
O bravateiro Lula, receoso de ser indiciado na Operação Lava Jato, deixa a máscara cair e libera o seu instinto animal, numa nítida demonstração de que o “ovo da serpente” eclodiu, ao destilar a sua verborragia inconsequente no discurso de defesa da Petrobras, onde esbravejou em estilo tosco, próprio da ausência de cultura, produzindo ilação infeliz e alucinada de comparar os delinquentes vermelhos do MST ao majestoso Exército Brasileiro. O Lula apela para a desobediência civil ao exortar o seus seguidores à violência, transformando-se em um agitador perigoso que deve ser punido pelo Judiciário, uma vez que faz apologia à bagunça e à anarquia com o uso de movimentos sociais inadequados (MST) que ferem a democracia e o Estado de Direito, fazendo reviver o seu tempo de militante sindical que muitas vivia à margem da lei. 
O PT tenta virar a mesa do jogo democrático na base da valentia, da ignorância e da força bruta, intimidando autoridades constituídas (PGR), e utilizando, como é do seu feitio, de expedientes sujos e condenáveis para atingir os seus objetivos. Certamente o Judiciário não vai se sucumbir às fanfarronices e bazofias do Lula, cuja finalidade exclusiva é de conturbar o trabalho exemplar, digno de encômios, muito bem feito pela PF e MPF, o qual merece ser fechado com chave-de-ouro e mostrar que o Brasil ainda têm bastiões da Justiça isentos de negociatas e que não ouvem o canto da sereia vermelha.
( Autor : João Rossi Neto ) 



39 comentários:

Unknown disse...

Estimado Prof. Ari Zanella,

Na forma usual o colega João Rossi Neto coloca com absoluta propriedade o caos que assola nosso país. O simples fato de o Congresso ter ficado de cócoras (palavras do Senador Aécio Neves) e aceitado ativamente -- pois os congressistas votaram a favor -- o não cumprimento pela Presidente da República da Lei de Responsabilidade Fiscal, já caracterizaria, a meu ver, a necessária intervenção da PGR, submetendo ao STF a inconstitucionalidade da inovação momentânea e consequente punição àquela que deveria dar a todos os brasileiros o melhor dos exemplos: cumprir as leis e não torce-las a seu favor, a bel prazer.

Luiz Faraco

Anônimo disse...

A VERDADE É QUE NINGUÉM SABE COMO ESTARÁ O BRASIL DAQUI SEIS MESES.
NEM CIENTISTAS POLÍTICOS, NEM ECONOMISTAS, NEM O TIRIRICA, NEM O SAPO, NEM A BRUXA, NEM OS TRÊS PORQUINHOS, NEM O GENERAL STÉDILE.

TALVEZ, ALGUM CAMIONEIRO

Anônimo disse...

Professor Ari Zanella,

Favor avisar aos colegas aposentados que estão pensando em morrer aguardar um pouco. É que a presidANTA abaixou o valor das pensões do INSS para 50%. Vamos esperar o congresso tentar reverter para depois retomarmos o descanso eterno em paz.
Obrigado pela atenção

Anônimo disse...

Será que o Medeiros está bem? Preocupada...

Anônimo disse...


A Dilma tá mais perdida que cusco em cima da ponte Rio-Niterói.

Ari Zanella disse...

Hipóteses e Suposições

Quem seria(m) o(s) autor(es) intelectual(ais) do estratégico assalto à casa do Procurador-Geral Rodrigo Janot, durante a sua estada nos EEUU?

Alguém teria uma ideia?

Analisemos:

A tropa de choque da Presidência da República, comandada por trama sórdida do "Encardido", "bolaram" um pseudo assalto onde o único objeto furtado foi o controle do portão eletrônico.

Não são ladrões muito espertos?

Com armas e munições lá dentro e outros objetos de grande valor, só levaram o mísero controle.

A que conclusão se chega?

"Vamos amedrontar o Procurador, dizendo que o nosso serviço de inteligência, detectou que Rodrigo Janot está desprotegido e corre sérios riscos".

"Com isso, ele, que tem um arsenal contra os políticos da Corte, podendo DENUNCIÁ-LOS ao STF, fica super cativo e em troca de proteção, deixa a turma "em paz".

Estou certo ou errado?

Já lher ofereceram "proteção" Dilma, Lula e José Eduardo Cardozo (Ministro da Justiça) encarregado do Planalto de "convencer" os procuradores.

Anônimo disse...

Parece que colocaram o BODE NA SALA para o Dr. Janot...

Anônimo disse...

Professor,

Tenho esperança na fala do procurador quando ele cita a pistola .40 com três carregadores. Não havia necessidade de mencionar isso. Poderia estar mandando um recado aos ameaçadores? O que estaria escrito nas entrelinhas?
Depois da ameaça do analfabeto em convocar o suposto exército, fica evidente que a batata dele tá assando. Atitude de desespero total!
Sinceramente não vejo clima para jogarem a sujeira para baixo do tapete.
Tudo é ainda uma grande interrogação (sem trocadilho)






Anônimo disse...

Numa das agências que trabalhei aconteceu um fato bastante interessante. Recordei disso ao ler no blog do Carvalho a boa impressão que teve do novo presidente da Previ.
Como ia dizendo, nessa referida agência foi empossado um novo gerente geral. Meticuloso, ao tomar pé da situação, ligou para AUDIT em Brasília solicitando uma auditoria imediata que comprovou inúmeras irregularidades culminando com demissões.
Com isso, o novo presidente da Previ deveria tomar a mesma atitude do precavido gerente. Toda essa conversa de confidencialidade não pode de forma nenhuma servir para encobrir irregularidades que não foram cometidas pelo japonês. Agora, se ignorar será conivente.

Jose Edson disse...

Prof. Ari,
O CONTRATO DE EMPRESTIMO SIMPLES-PREVI, na CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA-Do Vencimento Extraordinário-Alínea "e", prevê que o MUTUÁRIO que requerer a exclusão do Convênio INSS da sua folha de pagamento na PREVI, terá a sua dívida vencida antecipadamente e a imediata execução deste contrato.
Pergunto: A melhor opção é ingressar com a Ação dos 30%?

Ari Zanella disse...

José Edson,

A melhor solução é esta mesmo.

Rosalina de Souza disse...

Prezado Colega José Edson,

A Previ não inicia uma ação judicial após ser retirado a parte do INSS da folha de pagamento da Previ.

O que acontece é os descontos e a nossa margem consignável fica NEGATIVA,mas os descontos continua normalmente.

Faz mais de 3 anos que retirei a parte do INSS da folha da Previ e nunca parou os descontos, nem houve execução por parte da Previ.

Se ela tem o controle dos nossos vencimentos, porque teria razão para ir para uma briga na justiça se o restante das verbas repassadas por ela cobre os empréstimos em ser.

Em relação ao contrato pode ficar tranquilo que por parte da Previ não vão acionar o colega na justiça.

Pode fazer o requerimento sem medo, pois é um direito, alias quando firmaram o convenio com a DATAPREVI e no ato da concessão do benefício si quer nos avisam que temos o direito de receber em separado, pois a Previ alega que nos paga antecipadamente todo dia 20 e recebe posteriormente do INSS.

Quando pedi o desligamento da Previ, da parte do INSS, descontaram o valor que a previ antecipou de uma só vez, na Previ não tem compaixão quando o assunto é cobrar qualquer centavo que por ventura ache que estamos devendo.

Se esse for seu medo, pode pedir a exclusão sem receios,pois eu lhe asseguro que não fazem a antecipação do contrato e posterior ingresso na justiça.

Atenciosamente

Rosalina de Souza
Pensionista
Matricula 18.161.320-4

HELENO PINTO NOBRE disse...


GOSTARIA DE AGRADECER MAIS UMA VEZ O ARRAZOADO DO GRANDE JOÃO ROSSI NETO .

COMECEI LENDO E "DESCONFIEI" QUE DEVERIA REALMENTE SER DELE . AO CHEGAR AO FIM DA LEITURA ; NÃO DEU OUTRA .!!!

OBRIGADO MAIS UMA VEZ PREZADO COLEGA POR ESTA IMENSA CAPACIDADE DE DIZER A REALIDADE BANANEIRA .

CONTINUAMOS NA TRINCHEIRA EMBORA DOMINGO SEJA.

OS CAMINHONEIROS ESTÃO BRAVAMENTE LUTANDO E DAQUI DO SUL DO BANANÃO SABEMOS DE MUITOS QUE SE DESLOCARAM AS SUAS CUSTAS PÁRA A CAPITAL DO BANANÃO PARA TENTAREM DEMONSTRAR SUA INCONFORMIDADE COM TUDO O QUE VEM SENDO DESPEJADO NO CARROSEL DE MALDADES DA CAMARILHA PETRALHA CONTRA O POVINHO QUE VIVE NO BANANÃO .

DEVEMOS AGRADECER A ESTES HERÓIS ; POIS ESTÃO REALMENTE CANSADOS DE SEREM EXPLORADOS POR ESTE DES+GOVERNO ESPÚRIO OU EXPÚRIO QUE DESEJA SE PERPETUAR NO "PUDER" .!!
QUE POSSAM FAZER OU EXPRESSAR SUAS OPINIÕES EM LIBERDADE SEM REPRESSÃO .!!!

ESTAMOS SOFRENDO OS EFEITOS; MAS TEMOS QUE ESPERAR QUE A JUMANTA "APEIE" DO "PUDER" E QUE EU ACHO QUE ELA NÃO VAI QUERER DEIXAR DE CONTINUAR MAMANDO NAS TETAS DA PÁTRIA AMADA MÃE GENTIL ; QUE JÁ ESTA COM AS TETAS SECAS DE TANTA MAMAÇÃO E TANTA ROUBALHEIRA INSTITUÍDA .
O POVINHO SOMENTE QUER CONTINUAR ASSISTINDO E COMEMORANDO OS CARNAVAIS E FESTAS MIL .
O POVINHO É ALIENADO MESMO E POUCOS ESTÃO SE LIXANDO . DIA 15/DE MARÇO HAVERÁ UM GRANDE SUPOSTO MOVIMENTO DE PROTESTO .
SERÁ QUE O POVINHO ALIENADO VAI SE POSICIONAR ?
DUVIDO ; ENQUANTO A CACACA NÃO CHEGAR AO PESCOÇO ; DUVIDO QUE ESTA SUCIA SE MOVIMENTE .
EU PELO MENOS ENXERGO DESTA MANEIRA .
O POVINHO É POR DEMAIS FOLGADO .!!!
CONTINUO NO MEU BUNKER; EU NEM TENHO CONDIÇÕES DE ME MOVIMENTAR .
NEM TEMOS MAIS GASOLINA PARA NOS LOCOMOVER ;TODOS OS POSTOS DE COMBUSTIVEIS DA REGIÃO DE PELOTAS ESTÃO SECOS . O PROBLEMA SERÁ EM POUCO TEMPO O ALIMENTO QUE JÁ COMEÇA A ESCACEAR OU ESCASEAR .!!!
SERIA IMPORTANTE A JUMANTA ABDICAR COMO PESSOAS DE MUITO TEMPO ATRÁS FIZERAM EM PROL DE UMA VOLTA A GOVERNABILIDADE .
MAS ACHO QUE ELA NÃO VAI DEIXAR DE CONTINUAR MORDENDO "O OSSO DO PUDER" ;
ELES NÃO DESISTEM AINDA MAIS QUE ESTÃO PROMETENDO COLOCAR O EXÉRCITO DO MST NAS RUAS .

É MUITA CARA DE PAU DESTE MOLUSCO IRRESPONSÁVEL .
ESTE BANDIDO JÁ DEVERIA TER DESAPARECIDO DO CENÁRIO . PORQUE ELE NÃO VAI PARA A ILHA DE CUBA USUFRUIR DO QUE JÁ AUFERIU COMO O SEU "TRABALHO" ???
TENHO CERTEZA QUE O POVINHO AGRADECERIA ESTA ATITUDE .

Anônimo disse...

Mestres dos Mestres Ari Zanella.

Com o balanço fechado, a Previ neste momento já sabe o tamanho do Superavit, arrisco que ficou em 10 ou 11 bilhões.

O novo Presidente que chega, deve levar um tempo de maturação para as novas ações e por em pratica mudanças no cenário de distribuição de novos investimentos.

Segundo informação do mercado, o BB pode perder só na SETE BRASIL valor que chaga a 7 bilhões de reais, caso a empresa venha mesmo a falir.

Neste caso em especifico é mais vantajoso a Previ salvar o BB ou a Sete Brasil?

Olhe onde foi parar os nossos 7 bilhões do superavit 2010, querido professor.

O Banco esta certamente com muitas dessas contabilidades criativas, e realmente quando chegar a investigação BB/CAIXA/BNDS o lava jato da Petrobras sera apenas um regador de mão.

Esse japonês veio com a única missão, esconder ainda mais as montanhas de lixo que a Previ esconde e como escudo levar mais investimentos ao BB-GULOSO.

Não espere melhoras colegas, vem chumbo grosso por ai e nos é que vamos pagar a conta novamente.

Anônimo disse...

Professor Ari,

Temos o exercito de caxias,

Temos o exercito do MST,

Temos o exercito do PT/PMDB

Temos que articular o Exercito dos cabeças brancas da Previ.

Porque vão querer recapitalizar tudo com as nossas poupanças.

Anônimo disse...

Não poderia ter sido mais competente a capa da nova edição da revista The Economist, em sua edição para a América Latina, mostrando uma passista afundada num mar de lodo verde. Na chamada: “Brasil no atoleiro”. No texto, um festival de criticas a Dilma Rousseff.

Anônimo disse...

E nem poderia ser diferente: a edição online do Financial Times que, diariamente, tem dedicado matérias sobre o Brasil, registrou que dois ministros do Supremo Tribunal Federal, a mais alta corte do país, investiram contra a presidente Dilma Rousseff, que não nomeia o substituto de Joaquim Barbosa e prejudica os julgamentos. Por outro lado, estão mais que estremecidas as relações entre Dilma e Antonio Dias Toffoli, também presidente do TSE, que não admite intervenções da Chefe do Governo no tribunal.

Anônimo disse...

MESTRE ARI,

O Senhor arrisca um palpite de quem possa ser o próximo ministro do STF?

Anônimo disse...

Estamos desamparados. Pagamos tudo, não recebemos nada e ainda somos vítimas de pessoas que usam o poder do Estado pra nos massacrar

PROPOSTAS CHAPA 3 BOLETIM PREVI disse...

Um investimento para garantir o seu futuro
O seu voto na Chapa 3 – PREVI LIVRE, FORTE E DE TODOS vai render mais seriedade,
responsabilidade e rentabilidade na administração das suas reservas na Previ.
Com autonomia e independência em relação ao governo, partidos políticos, sindicatos e
patrocinador, os profissionais qualificados da Chapa 3 comporão uma gestão que buscará
aumento da eficiência administrativa (por meio, sobretudo, da valorização profissional da
equipe interna) e aumento da rentabilidade e da segurança dos investimentos.
É bom lembrar que para aumentar a rentabilidade dos investimentos e lutar por melhoria nos
benefícios precisa de uma gestão competente e alinhada com os interesses dos associados e
não com grupos de interesses diversos.
Isto significa que o seu voto na Chapa 3 é um investimento direto no seu próprio futuro!
CHAPA 3, por uma PREVI LIVRE, FORTE E DE TODOS!

LEMBRANÇAS DE CAMPANHA CHAPA 3 disse...

Caro colega,  
Gestão de riscos constante. Revisão e avaliação criteriosa e responsável dos investimentos. Auditoria
externa independente. Consulta prévia aos associados sobre quaisquer alterações que a
administração queira fazer em seu Estatuto e nos regulamentos dos planos. Fim do voto de minerva.   
Estes são alguns dos aspectos que nós, da Chapa 3, queremos implementar na Previ.  
Só assim conseguiremos proteger nosso patrimônio da ingerência política que tem gerado grandes
prejuízos aos fundos de pensão ligados a empresas estatais. Afinal, o seu futuro depende da
rentabilidade e da segurança dos investimentos realizados hoje pela Previ.
Para colocarmos estas propostas em prática, contamos com candidatos que reúnem capacidade
técnica e profissional, experiência e muita garra para transformar a Previ numa entidade realmente
LIVRE, FORTE E DE TODOS!    
Veja mais em www.previlivre.com.br.

AVIVANDO AS PROPOSTAS DA CHAPA 3 disse...

São algumas das propostas da CHAPA 3 – PREVI LIVRE, FORTE E DE TODOS:
- Atualizar o Estatuto da Previ e os regulamentos dos Planos 1 e Previ Futuro;
- Rever políticas de investimentos para evitar concentrações e projetos duvidosos ou inviáveis;
- Melhorar critérios, prazos e limites para concessão de empréstimos simples;
- Aperfeiçoar a Comunicação e o Atendimento;
- Aprimorar os sistemas de auditoria nos contratos, nos investimentos e na gestão da Previ.
No Conselho Fiscal, nosso candidato Williams Francisco da Silva vai fazer a diferença: tendo
iniciado no Banco do Brasil como Menor Aprendiz, graduou-se Contador, com MBA em
Técnicas Avançadas de Auditoria (USP) e Especialização em Finanças Internacionais (IBMEC).
Possui grande experiência em Auditoria Internacional, tendo trabalhado em países da América
Latina, Europa e Ásia.
Para saber mais sobre a nossa chapa, acesse www.previlivre.com.br.

Ari Zanella disse...

Eu concordo. É preciso que haja cobranças. Sempre!

humberto disse...

Prezado Ari, sou leitor diário do teu blog e temos considerável círculo de colegas aqui em Caxias do Sul, compartilhando os assuntos de nosso interesse.
Solicito informar email do colega João Rossi, pois pretendo solicitar autorização para divulgas seus textos entre os colegas.

Abs

Humberto Stumpf - Caxias do Sul

Ari Zanella disse...

Caro colega Humberto,

O Rossi já me deu autorização para quem quisesse repicar seus textos pode fazê-lo.
No entanto, repasso-lhe o email solicitado:

jrossineto1@uol.com.br

Anônimo disse...

Quando a chapa 3 vai começar a trabalhar e cumprir suas promessas? Já vamos para um ano da posse e nada de nada. E não venham falar sobre ES porque o que vale é o benefício. Chega de enrolacao! Entre voces e Dilma parece não haver diferença.

Anônimo disse...

ONDE O PT PASSA FICA O RASTRO DA DESTRUIÇÃO


Os aposentados do Governo do DF que sempre receberam suas aposentadorias em dia, depois da passagem do Agnulo-Pt, passaram a receber além de atrasado, FATIADO. Vejam no site do Correio Braziliense.

Cuidado Previ, tem petistas aí

João Rossi Neto disse...

Amigo Ari e colegas,

PROVIDÊNCIAS JUDICIAIS DA PGR SOBRE A OPERAÇÃO LAVA JATO.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, vai apresentar até a próxima quarta-feira, dia 3, pedidos de abertura de investigação e eventuais denúncias contra políticos suspeitos de envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras investigado na Operação Lava Jato.
As solicitações referentes a senadores e deputados serão analisadas pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), já que são cargos com foro privilegiado na Corte. Eventuais indícios de crimes cometidos por governadores serão investigados em inquérito sob a relatoria do ministro Luís Felipe Salomão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ).
Após receberem os documentos da PGR, os dois ministros decidirão se atendem o que foi requisitado por Janot.
É praxe, porém, os magistrados aceitarem a abertura de inquérito ou ação penal mediante o pedido do Ministério Público Federal.
A maioria dos pedidos de Janot deve ser de abertura de investigação (inquérito), mas nos casos em que houver provas suficientes de autoria do crime, o procurador poderá denunciar o suspeito diretamente, ou seja, pedir a abertura de ação penal sem que sejam necessárias outras investigações.
Se o ministro aceitar a denúncia, o político se tornará réu em processo penal e terá prazo para apresentar defesa. As ações penais deverão ser julgadas na 2ª Turma no STF, onde atua o ministro Teori Zavascki. Apenas presidentes de poderes terão o processo analisado em plenário.
“Acho que vai ficar na 2ª Turma. No caso de presidente do poder, a Constituição dá essa prerrogativa em prol do povo. Eles são representantes do povo, eleitos pelos seus pares [para presidir] a Casa legislativa. Não é só parlamentar, é presidente de uma casa legislativa. É pelo cargo de presidente", disse o ministro Luiz Fux, do STF.
CONCLUSÃO
Trocando em miúdos, o Rodrigo Janot (PGR) optou por dourar a pílula (abertura literal de pernas) e dar isonomia de tratamento aos políticos citados pelos delatores na Lava Jato, requerendo apenas à abertura de inquérito (investigação) para todos por julgar que não existem provas definitivas suficientes para respaldar a imediata abertura de Ações Penais.
Sei, não, mas parece que as pressões do PT com as fabricadas ameaças de morte tiveram êxito e que um acordo foi costurado às pressas para amenizar as ações da procuradoria-geral, mediante a transferência da responsabilidade de definir a terapia jurídica a aplicar sobre os atos delituosos para o STF, onde, sabidamente, quase todos os Ministros são adeptos a facção petista. Enfim, o esperado tiro de canhão do MPF não vai passar de um traque.
Todavia, nem tudo é desgraça, e ao contrário do processo tumultuado do “Mensalão”, onde todos os réus foram julgados no atacado, ensejando montanhas de recursos procrastinatórios e enorme demora, no Petrolão os julgamentos serão individuais, caso a caso, por grupos de cinco ministros, ao invés do pleno do STF (11 Ministros) e sem a transmissão pela TV, o que irá emprestar celeridade nas decisões e nas sentenças.



Ricardo M. disse...

Prezado Mestre Ari Zanella,

Será que não conseguiríamos uma reunião com o atual presidente da PREVI. Gentileza responder-me, em aberto no seu blog. Ninguém de nossas associações ainda não pleiteou essa possibilidade.Importante se faz tal reunião. Vamos participar-lhe promessas não cumpridas e demais reivindicações e covardias.

Anônimo disse...

Achei a última postagem do Dr. Medeiros preocupante. Precisamos ajudá-lo porque as coisas na Previ devem estar prestes a explodir.
Ele disse que na reunião no Rio meio que o colocaram para escanteio. E o Carvalho? E a Cecilia? O japonês deve ter vindo com a cartilha confeccionada pelo bb

Anônimo disse...

11:01, 11:04 e 11:06, concordo plenamente.Ja li inúmeras vezes as tais propostas e não me conformo.Desde a posse da chapa 3,quantas coisas ruins já nos aconteceu.........
E a diretora, o que faz?
Joga um post e some, o Carvalho idem.
Lamentável!!!!!!!

Anônimo disse...

Se o devedor mal consegue pagar a prestação do ES, dificilmente terá condições de arcar com a liquidação total antecipada. E a PREVI sabe muito bem disto. No meu caso, em que meu único bem é o imóvel em que resido com minha família -- financiado pela CARIM e já liquidado ao fim do prazo contratual de 30 anos, a Lei proíbe que ele vá à leilão.
E, além disto, a PREVI tem interesse é em receber as parcelas em dia, com respectivos encargos.

Anônimo disse...

Com a certeza que o caro Professor não tem rabo preso com ninguém, seria possível informar o que está acontecendo nos bastidores?

Anônimo disse...

Prezada Rosalina, muito obrigado pelos esclarecimentos. No início de fevereiro pedi a exclusão do meu benefício/INSS da folha de pagamento da PREVI e, parece impossível!- no dia 4 de março já recebo esse rendimento pela rede bancária, Banco Bradesco onde abri conta corrente com essa finalidade. Veja só: sem que eu pedisse, me deram limite de cheque especial,emprestimo pessoal e cartão de crédito, livro de cheques e um ótimo atendimento. Quanto ao empréstimo consignado INSS informaram-me que está à minha disosição para quando eu solicitar. Pelo menos, agora, tenho salvaguardados parte de meus rendimentos e a certeza de contar com um porto seguro -crédito- para o caso de uma necessidade urgente. Em relação à ação dos 30% vou aguardar os próximos contracheques, sem o benefício do INSS, para ingressar com a ação. Espero que muitos outros colegas tenham a coragem de seguir o mesmo caminho. ´

Anônimo disse...

O " promessinha " era o Marcel.
Foi desbancado.
Quem está dando as cartas ultimamente no Banco e Previ é a dinastia ME ou, em algumas regiões, também chamada de MA.
Aguardem mais escanteios.

Anônimo disse...

É deprimente a situação de um aposentado zero a esquerda como eu. Pelos poderosos sou tido como um otário. Pelas associações de aposentados sou um acomodado de pijamas.
Não tenho dinheiro para viajar para fazer manifestação. Totalmente desinformado dos fatos não consigo distinguir quando é arapuca de quando é direção correta.
Nas campanhas eleitorais as promessas sempre esbarram no futuro em códigos de ética, confidencialidade e outros jogos de palavras.
O pior de tudo isso é saber que faço parte da imensa maioria amarrada e amordaçada. Somos milhares dominados por meia dúzia.
Seremos dizimados sem se quer dar um sopapo

Anônimo disse...


Meu caro João Rossi, excelente
o seu texto, mas o Judiciário....
ah...o Judiciário, coitado de nós, não existe para nós, pobres mortais.

Anônimo disse...

Reitero meu reconhecimento ao trabalho do Prof.Ari e do Rossi mas infelizmente não posso dizer o mesmo dos integrantes da chapa 3 (com exceção do Prof.)

Anônimo disse...

10:49

Como o próprio Ari Zanella já comentou, o Doutor Medeiros também está fazendo a sua parte e muito bem. Ambos são bons de combate.