BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

sábado, 21 de fevereiro de 2015

ANAPLAB FAZ MAIS POR MENOS

     Havia outdoors na cidade há algum tempo, de uma escola de inglês que dizia "We do more for less". Hoje, a nossa querida ANAPLAB diz o mesmo no ramo de associações de aposentados: "Fazemos mais aos nossos associados por muito menos".
     Recebemos a boa notícia que um de nossos pleitos foi bem sucedido. A Ação 30% Consignado, ajuizada em 04.09.2014, de número 0301954-15.2014.8.19.0001, teve DEFERIMENTO de TUTELA ANTECIPADA por parte da MM Juíza Rosana Simen Rangel de Figueiredo Costa. No total são oito associados beneficiados que já foram devidamente cientificados por mensagem particular. Eis a Decisão judicial:


Processo nº:
0301954-15.2014.8.19.0001
Tipo do Movimento:
Decisão
Descrição:
1) Defiro JG. 2) Trata-se de ação de obrigação de fazer c/c ação indenizatória, na qual a parte autora alega que os associados, representados processuais, listados às fls. 04, celebraram com os réus contratos de empréstimo, cujas parcelas são debitadas em folha de pagamento. A autora alega, ainda, que os mencionados débitos ultrapassam 30% (trinta por cento) dos rendimentos dos associados, o que tem comprometido a subsistência dos mesmos e de suas famílias. Assim sendo, requer a antecipação dos efeitos da tutela, de modo que os réus sejam compelidos a limitarem os descontos realizados em seu contracheque a 30% (por cento) se deu salário. Examinados, decido. Da análise da inicial e dos documentos que a instruem, verifica-se que pleito antecipatório merece acolhida. Da análise da inicial e dos documentos que a instruem, a verossimilhança das alegações autorais restam demonstradas, pelos quais se denota que, de fato, os descontos promovidos pelos réus em seu contracheque ultrapassam o patamar de 30% de seus ganhos mensais. Do mesmo modo, o periculum in mora resta patente em casos desta natureza, eis que a continuidade da utilização do salário do autor diretamente para o pagamento da dívida compromete sua subsistência e a de sua família. Isto posto, DEFIRO A ANTECIPAÇÃO DOS EFEITOS DA TUTELA para determinar que os réus se abstenham de descontar da remuneração dos associados, indicados às fls. 04, qualquer quantia superior a 30% (trinta por cento) do valor líquido recebido, devendo ser observada a ordem cronológica dos contratos firmados, com a suspensão das prestações dos empréstimos mais recentes que somados excederem tal limite, aguardando-se a amortização dos mais antigos. Expeça-se oficio à fonte pagadora informando da limitação. Citem-se e intimem-se.


SE VOCÊ AINDA NÃO FAZ PARTE DA ANAPLAB, ASSOCIE-SE. VENHA USUFRUIR DAS NOSSAS VANTAGENS, DAS AÇÕES JUDICIAIS POR NÓS CUSTEADAS E DO SORTEIO DO PRÊMIO PONTUALIDADE. O PRIMEIRO SORTEIO ACONTECE JÁ NO DIA 28 DE FEVEREIRO PELA LOTERIA FEDERAL. POR ORA, SÃO R$ 1.000,00, CONTUDO PODE CRESCER E DOBRAR COM O CRESCIMENTO DO NOSSO QUADRO ASSOCIATIVO. NÃO ESTAMOS FAZENDO JOGO DE PALAVRAS QUANDO DIZEMOS:
FAZEMOS MUITO MAIS - POR MUITO MENOS!!!

www.anaplab.com.br
atendimento@anaplab.com.br

56 comentários:

Jurandir Passos disse...

São oito colegas que estarão saindo da escravidão das dívidas impostas por credores impiedosos.
Parabéns ANAPLAB! Que a Justiça prevaleça para os demais grupos que aguardam decisão.

Anônimo disse...

Parabens a todos Prof.Ari, Gilvan, Dra.Vania e aos colegas beneficiados.Que Deus ajude para que as outras ações sejam julgadas em breve com liminar como essa.

Anônimo disse...

Será que o lenhador de Bonzai gostou da nova presidência?

Ricardo disse...

Prezado Mestre Ari Zanella,

Antes de pré-julgamento e
tecermos comentários sem fundamentos, seria interessante marcamos uma reunião com o presidente escolhido da PREVI. Colocaríamos em pauta todas as promessas de um passado recente e outros assuntos : como ES, perdas salariais, etc. Moro na cidade de Muriaé (MG), cerca de 300 KM do Rio de Janeiro e 24 horários de ônibus entre saída daqui e em trânsito. Coloco-me à disposição para estar presente na probabilidade de contatarmos do atual Presidente Previ. Estarei sempre disponível para contatos e/ou reuniões com os dirigentes da PREVI. Desde, que agendadas previamente. Aliás, precisamos estar com o atual Presidente da Previ, urgentemente. Alguém, tem que nos dar ouvidos.

Anônimo disse...

1 milhão confirmam presença em atos pelo impeachment de Dilma http://ln.is/epoca.globo.com/colu/QGu5Y … via @RevistaEpoca

Anônimo disse...

Mestre Ari,

Alguém sabe dizer como é o transito do Marcel junto ao novo Presidente da Previ.

Porque sabemos que o Dan Conrrado era amigo do homem e atendia em muito seus pleitos.

Mas como a politica do Banco nunca muda deve continuar nossa peleja em relação as politicas da Previ com pessoal ativos e aposentados e pensionista.

Seu perfil jovem pode definir muita coisa dentre as quais a divisão em favor do grupo mais jovem de 60 anos abaixo.

Vamos aguardar, mas creio que estamos na mesma situação de antes.

Os Presidentes desde Sergio Rosa não tem nos dado trégua, apenas o jogo é feito de um lado do campo, a do Patrocinador/Governo.

Anônimo disse...

ANAPLAB mesmo pequena, bebe já fez mais que muitas gigantes, que na base do dialogo nos ferrou em acordos e mais acordos que não sai do papel.

Quantos anos mais vamos ter que continuar na peleja por melhorias, a justiça acode quem a busca, sinal para aqueles que ainda são reticentes contra entrar com pleitos contra BB/PREVI/COOPERFORTE.

Esta na hora de virarmos o jogo, e a Previ ainda só ouve os oficios dos tribunais, mesmo tendo um corpo jurídico dos mais capacitados.

Parabéns ANAPLAB e seu Corpo Jurídico.

Anônimo disse...

O JAPINHA deve estar vindo com um único proposito:

Devolver ao BB os bilhões perdidos e aos acordos de basileia 3 que vai fundir o BB-GULOSO daqui a pouco.

Não pense que a politica mudou, e se mandaram um técnico é porque a casa esta bagunçada.

Os eleitos sabe muito mais do que revela, e tem coelho grande dentro desta cartola.

Anônimo disse...

Ari Zanella,

Esta ação vai ser um tiro a mais para o Marcel e sua Equipe, limpar, varrer de vez as demais consignações da folha da Previ.

Agora vão para o salve-se quem puder, pois a determinação da juíza é para permanecer a ordem dos descontos, os mais velhos primeiros.

Ou minha interpretação esta equivocada, agora vão romper ou não vão romper com os demais contratos, tipo FHE,CREDISCOOP E FINANCEIRA ALFA.

Anônimo disse...

A manifestação contará com mais eleitores dela do que do Aécio. Os arrependidos são milhões, pois o bolsa família não vai dar nem para pagar a conta de luz

Rubens disse...

PARABENS Anaplab, Prof. Ari Zanella, colega Gilvan, PARABENS Dra. Vania, advogada do Setor Juridico da Anaplab, e que as outras ações com o mesmo propósito, obtenham êxito, nos proximos dias/meses com tutela antecipada , e muito obrigado por ter esta oportunidade de participar desta combativa Associação, a Anaplab e do seu competente corpo Jurídico, na pessoa da Dra. Vania. Tudo de bom, colegas aposentados e pensionistas, colega de Cambé-PR, Rubens.

Unknown disse...

Parabéns ao caro Presidente Ari Zanella e a toda sua equipe, pela iniciativa e perseverança na busca do melhor para os associados.
Aos poucos os que necessitam da medida irão colocando suas finanças em ordem.
E, antes de tudo, -- e que é o mais importante no momento -- não lhes faltará o mínimo indispensável para sobrevivência.

Forte abraço,
Luiz Faraco

José Ferrari disse...

Dr. Gilvan, passe a minha ação para essa juíza. A minha é dois meses mais antiga que essa e está parada lá.
Parabéns pela vitória. Espero que a minha também ande. Um grande abraço.

Anônimo disse...

Boa Noite. Entrei com a ação proximo dessa data. Na epoca o juridico informou que as dividas que ultrapasse 30% seria objeto da ação. Ontem a Juiza solicitou que junte ao processo CONTRA CHEQUE com os debitos em causa, inclusive débito junto ao Banco. Espero manifestação do juridico para segmento da propositura.

Anônimo disse...

Conforme comment que fizemos nesse blog em meados de dez/2014 o Soros Management Fund estava vendendo ADRs da Petrobras no quarto trimestre de 2014...Ver noticia publicada a dois dias...

WILSON LUIZ disse...


RASGANDO A FANTASIA, DEIXANDO CAIR A MÁSCARA

O governo petista perdeu toda noção de ética e decência,passaram a trabalhar abertamente para abafar o escândalo da Petrobras. O ministro da justiça recebe advogados das empreiteiras, e eles saem da audiência recomendando aos executivos presos que não participem da delação premiada, que a coisa vai ser aliviada; estão querendo editar decreto que daria à CGU e ao TCU poderes para firmar acordos de leniência com as empreiteiras envolvidas, tirando poder do Ministério Público; executivos de empreiteiras ainda soltos procuraram o ex-presidente Lula para que ele os ajude. Sobre isto, houve interessante comentário, em off, de um dirigente destas empreiteiras, que afirmou o seguinte:”acho que o Lula pouco pode fazer para ajudar as empresas, mas as empresas podem prejudicar muito o Lula”.

Não tem nada a ver com nada, mas a médica que estava cumprindo seis anos no regime semi-aberto, por ter mandado cortar o pênis de seu ex-noivo, fugiu da penitenciária Estevão Pinto, em Belo Horizonte. Estranho, ela deveria se sentir à vontade, naquele local.

Anônimo disse...


Caríssimo Prof.Ari

É com muita satisfação ver que essa Associação vem a obter no Judiciário o resgate daqueles associados que se encorajaram a buscar o que a lei lhe garante.
Tenho a convicção que a própria Previ é cumplice dessa situação falimentar a que estão submetidos muitos colegas.Os motivos são os mais variados e sua cumplicidade se estende ao Banco do Brasil.
Mas Prof. Ari gostaria que a bem da clareza, da transparência e tomando por base que muitos colegas não tem o domínio da área do Direito gostaria de suas considerações sobre a ação 30% que acredito todos já saibam que significa limitar a esse percentual os descontos em folha.
Porém, o que não será mais possível a partir do deferimento? Não se poderá mais contrair dívida ou refere-se só a consignados no contra-cheque Previ?
Esses credores não terão outra saída a não ser adaptar-se a Lei e nem poderão solicitar a inscrição em órgãos de proteção ao crédito mas a Previ cortará ES e Empréstimo Imobiliário para quem entrar com a Ação?
Como disse o colega Faraco o importante é colocar a vida em ordem e não deixar faltar o mínimo a nossa sobrevivência.
Parabéns a Anaplab e colaboradores.

Ari Zanella disse...

Sobre a Ação 30% eis uma pergunta e a resposta dada pela Equipçe Anaplab:

Prezado Zanella

não sou sócio, ainda, da ANAPLAB, e gostaria de saber detalhes desta ação do consignado.
Pago ao BB de empréstimos 800 reais mensais e de Previ (ES) 1700 reais mensais. Meu líquido é em torno de 2.200 reais.
veja vc, fui caixa, gerae e instrutor do DESED. triste né?
tenho 60 anos, mas trabalho ainda, sou professor, mas também ganho pouco (1.500 mensais sem carteira)
sou sócio da ANABB e AAPPREVI, mas simpatizo com seu trabalho e acompanho o blog.

abçs


Prezado Colega.

A ação 30% consignado visa proteger o trabalhador/aposentado do confisco de salário/benefício. A lei 10.820, de 17/12/2003, regulamenta a matéria que já se encontra pacificada no STJ.
De acordo com a lei 10.820 e o entendimento do STJ, todo e qualquer valor debitado na conta corrente onde se recebe salário/benefício a título de juros/prestações de financiamentos/empréstimos se assemelham a um empréstimo consignado.
A título de ilustração vejamos como se calcula a margem de 30% (valor máximo para pagamento de empréstimos/financiamentos):

BENEFÍCIO BRUTO: R$ 10.000,00
- CONTRIBUIÇÃO PREVI: R$ 480,00
- CONTRIBUIÇÃO CASSI: R$ 300,00
- CAPEC: R$ 250,00
- IR: R$ 2.750,00
= BENEFÍCIO LÍQUIDO R$ 6.220,00
MARGEM CONSIGNÁVEL 30% = 6.220,00 x 0,3 = R$ 1.866,00

Pelo exemplo acima, o trabalhador só poderá contrair obrigações até o limite de R$ 1.866,00.

Acionados pela Justiça, os credores deverão se adequarem ao limite máximo da margem, conforme os cálculos apurados pela perícia contábil.

Anônimo disse...


Caro Ari

Obrigado pela pronta resposta, clara e objetiva. Melhor impossível.
Anônimo 22:11

Anônimo disse...

Prezado Ary, sua explicação foi muito clara, porem porque a Juiza pediu novo contra cheque com os debitos que originaram a ação?

Anônimo disse...

Caríssimo professor, estou nesse embalo da ação dos 30%. Saltei fora com a verba do Inss, só ficam agora uns dois mil e tanto lá na Previ. Tirei td Cooperforte, Anabb, Aafbb. Afundei no consignado 30% no benefício do Inss que não mais transita no meu espelho. Como ficarão os descontos na folha da Previ e da Cooperforte? O meu líquido esse mês não chegou a 360,00. Estou sorrindo para não chorar. rsrsrs Quem quer andar para frente não pode olhar para trás. Tô com vcs.

Ari Zanella disse...

23:11

Nada sei do teu caso, porém vou arriscar um palpite: Penso que o documento escaneado não esteja bem legível (se a ação é nossa, o envio é somente pelo PJE (Processo Judicial Eletrônico). Neste caso se o documento original não estiver bem legível, o magistrado não tem como visualizar. Neste caso, ele vai pedir um novo contracheque.
De todo modo, se a ação for patrocinada por nós, solicito gentilmente que encaminhes e-mail para o Gilvan:

tesouraria@anaplab.com.br

que ele fará uma consulta às nossas advogadas.

Anônimo disse...

Boa noite Ari, muito boa a notícia da ação 30%, minha dúvida é sobre a iniciativa da PREVI na escolha de exclusão do débito da FOPAG no caso de exceder a PREVI mantem o débito do ES e exclui o débito da POUPEX, por exemplo, entendo que a PREVI tem responsabilidades com estes convênios , pois divulgou , propagou em nossos contra cheques, a juíza acertou quando se referiu a ordem cronológica é bem justo, nesse caso considera a data das renovações ou do inicio do contrato

Ari Zanella disse...

Anônimo das 01:11

Com efeito a Justiça considera todos os débitos de empréstimos CDC que são debitados em folha ou na conta-corrente. Não adianta simplesmente retirar da folha de pagamento.

Rosalina de Souza disse...

Prezado Ari Zanella e demais Colegas do Blog.

Verdadeiramente não entendo o posicionamento de muitos colegas, e até de dirigentes de associações de dono de Blog, dizer que a ação dos 30% consignado que a ANAPLAB move em favor dos seus associados prejudicou muitos colegas que por ter um benefício maior limitou os empréstimos em todos os distribuidores de dinheiro descontados na folha de pagamento, cujo o percentual ultrapassa e muito os 30%.

Me fica a certeza que os Senhores aposentados e pensionistas do PB-1 prefere a rolagem de dividas, o comprometimento maior que o permitido que o acerto desta anomalia, farra, liberada com a conivência dos gestores da Previ por mais de décadas.

Fica a impressão que é muito difícil agradar a DEUS e o DIABO ao mesmo tempo, pois para muitos o interessante é produzir mais e mais dividas impagáveis, ou paga a sigla do FQM(FUNDO QUITAÇÃO POR MORTE).

Não se faz um omelete sem quebrar os ovos, ou vamos barrar os descontos e sobreviver, ou vamos viver eternamente pedintes de EMPRÉSTIMOS, pois todos já chegaram no grau de degola sem volta, não tem margem e nem disposição para pedir, pedir,pedir e nunca ser ouvido, e a cada mobilização a coisa tente a piorar.

Não existe milagre, para quem deseja sair do endividamento, é a custa de muitos sacrifício, muita manobra para resolver esse problema sério que afeta a nossa saúde e nossa sobrevivência, e que foi denunciada através da abertura do BLOG DA CECÍLIA GARCEZ, que sempre foi um divisor de águas, neste sentido.

Foi com seu começo que muitos que hoje critica, criaram suas plataformas de mudança, mas muito pouca coisa foi feita até os dias de hoje em termos de resolver de vez esse problema de mais de 50% dos aposentados e pensionistas do PB-1 da Previ.

Quem faz a mudança somos nós, porque o problema é estrutural,perca do poder de compra, nossos benefícios estão a cada ano valendo menos, e os empréstimos consumindo 70% da nossa renda.

Enquanto a mentalidade não mudar, estamos divididos em GRUPOS, uns querem resolver o problema, outros querem continuar com os empréstimos, outros querem a volta do passado ou o passado de volta e assim a vida continua sempre com muita gente machucada pela imposição de meia duzia de cabeças pensantes que se dizem os salvadores dos cabeças brancas.

Estou farta desta situação, pois muitos beiram a insolvência alimentar, e mesmo assim ainda existe a apologia a continuidade do que ai esta, sem propor uma solução imediata e aplicável para o problema grave que é esses descontos acima da lei.

Se a lei fosse de fato cumprida a Previ jamais teria aprovado esses tantos descontos no contra-cheque, porque desde o primeiro recebimento meu que vejo propaganda da COOPERFORTE no nosso contra cheque.

O Melhor seria discutir propostas de melhorias, formas de resolver de vez esta questão, mas as fogueiras da vaidade ainda é o divisor de águas do nosso mundo do BB/PREVI/CASSI.

Saudações Cordiais,

Rosalina de Souza
Pensionista
Matricula 18.161.320-4

Anônimo disse...

SINTO-ME TOTALMENTE FELIZ E REALIZADO POR ESTES 08. BREVE SEREI TAMBÉM EU.
ABS.
PARABENS ANAPLAB. PARABENS ARY, PARABÉNS GILVAN.

TEM QUE FAZER PROPAGANDA MESMO!!!
O QUE É BOM MERECE SER VISTO.

Anônimo disse...

Há determinado(a) presidente de determinada associação que disse que isto era uma roubada. Gostaria de ver a cara deste dito cujo, agora!!
Tenho a mais pura e absoluta certeza de que o mesmo acompanha este blog e lerá o que acabo de postar.
Abs.

Rosalina de Souza disse...

Prezado Ari Zanella e Demais Colegas,

Para resolver o problema é muito fácil,bastaria vontade politica, e essa questão é pior que o próprio problema do endividamento.

Cada um quer levar o louros, e nos continuamos na mesma situação.

Aqui dou um recado claro aos Pensionistas da Previ, esta passado da hora de nos mobilizarmos, mudar os rumos no cenário, se queremos alguma melhoria de fato.

A Cassi esta a nos empurrar goela abaixo aumento de contribuição e nem direito a voto temos nesse plano de saude, mas pagamos igual a todos os demais aposentados e funcionários da ativa.

A Previ arrasta a novela do aumento do percentual das pensionistas a décadas, desde o primeiro superavit,mas sempre ficamos em segundo plano, pois tudo depende de superavit.

Todas as associações são de aposentados e pensionistas, mas representação mesmo poucas dão atenção as pensionistas, as pensionistas são apenas figuras decorativas,sem expressão nas decisões, com muita logica pois as mesmas não são unidas e não busca seus direitos de fato e de verdade, prefere que os outros o faça em seu lugar.

Somos hoje mais de 20 mil colegas pensionistas, temos um poder de fogo imenso, mas não temos conexão, cada um vive ao seu modo, sem procurar saber de fato seus direitos e suas obrigações, mas quando a conta vem, somos todos que pagamos.

O recado vale também para os aposentados, pois muitos vão lagar um imenso abacaxi, para suas esposas, muitos esconde a realidade de suas parceiras, prefere o velho jeito de vou dar conta, vou arrumar um jeito, quando a situação devia ser compartilhada, e a bomba só vem quando a morte chega e ai sim nos deparamos com a situação de impostos atrasados, problemas com o fisco, dividas que jamais sabíamos e agora é aprender a lidar com a situação.

Muitos pensam vou deixar um seguro para ela, vou deixar isso ou aquilo, mas na pratica não sentam com as mesmas para ensinar o como sera sem mim, e a triste realidade num momento fragilizado pela dor da perca e do novo rumo da vida.

Então vamos simplificar mais as coisas, para que menas pessoas sofra, menas pessoas se desgaste com coisas que pode e deve ser evitados.

Infelizmente ninguém nasceu para semente e todos um dia vamos partir e si podemos resolver questões pratica para que postergar o sofrimento alheio.

Pensionistas vamos a luta, chega de ficarmos dependendo dos outros.

Atenciosamente

Rosalina de Souza
Pensionista
Matricula 18.161.320-4

Anônimo disse...

Ari

Muitos serão os desafios para o futuro, conta de luz cara, governo desenfreado com corrupção, desinvestimentos, DESINVESTIMENTOS esse japonês deve estar vindo para a Previ para cuidar destas temáticas, pois todos sabemos que a Previ tem muitos MICOS para sanar.

Vale-minério em baixa

Petrobras- em péssima situação

Invepar- com sócio envolvido em corrupção, caso da OAS-Empreeiteira.

Mercado de alimentos em franca expansão, imagina que o Abílio esta comprando uma boa fatia do CARREFOUR, sinal que esta ramo esta em franca expansão.

So um convenio BB/BRF vai liberar mais de 4.5 bilhões a produtores da BRF.

As elétricas com dividas astronômicas, e os recursos do bolsa miséria/família, si quer vai pagar metade da conta de luz.

Imposto de renda sem definição, estamos pagando mais caro, bet não existe mais, superavit evaporou, bons resultados esta cada dia mais longe de ser batidos.

É nosso mundo esta ruindo, como castelo de cartas.

Anônimo disse...

Ari Zanella,

A ANABB vai fazer aniversário, 29 anos e quem ganha a festa somos nós aposentados e pensionista do PB-1 e Previ Futuro.

CASSI 4.5%.

Parabéns aos mais de 100 mil colegas que mantem o elefante branco e gordo e distribuindo muitos JETONS aos seus idealizadores.

Anônimo disse...

Na posse.
Vamos organizar a MAIADA !!!

Anônimo disse...

TETO DE REMUNERAÇÃO.

BENDINE GANHA 62.400 POR MÊS.

CASSI

VAI SER APROVADO O AUMENTO PARA 4.5% DAS CONTRIBUIÇÕES E DEVE VIR JUNTO UM EXTRA PARA QUEM TENHA QUE SER INTERNADO.

PREVI

AS MALDADES DEVE CONTINUAR, ES- SEM NOVOS LIMITES.

INVESTIMENTOS

DEVE CONTINUAR TUDO COMO ESTA, UMAS POUCAS MUDANÇAS, POIS A PREVI É DONA DE MUITAS AÇÕES, BILHÕES E BILHÕES INUNDA O MERCADO.

ELEITOS CHAPA 3.

VÃO CONTINUAR SEM VOZ NO PARLAMENTO DO PALÁCIO DE CRISTAL, BEM FEZ O DR.MEDEIROS DE SER SUPLENTE, SE NÃO JÁ TERIA FECHADO O BLOG AZUL.

Anônimo disse...

PROFESSOR ARI,

O SENHOR SABE DIZER SE O MARCEL, ESTA VIAJANDO PARA A LUA?

O HOMEM SUMIU E VIVE VIAJANDO, IMAGINO O PRESENTE QUE O MESMO DEVA DAR AO NOVO JAPA, CHEFE DA PREVI, AGORA ELE VAI FAZER O HOMEM ACREDITAR QUE A PREVI TEVE PREJUÍZO NA AÇÃO 30% CONSIGNADO, UNS QUASE 4 MIL REAIS.

ESSE DIRETOR É PREOCUPADO COM NOSSOS RECURSOS, VAI LONGE NO CARGO.

Anônimo disse...

Como os 30% são calculados após excluir IR e as outras verbas quem tem já mais de 65 anos e paga menos IR será prejudicado porque os descontos com empréstimos serão maiores.Lembrando que o cálculo dos 30% será sempre atualizado e quem ainda não tem 65 anos quando completar ficará na mesma situação.Resumindo o benefício do IR para os idosos ficará para os débitos com empréstimos.

Anônimo disse...

Pelo que consta o cálculo dos 30% é feito sobre a renda líquida que é a bruta menos os descontos obrigatórios.Capec não é obrigatório.Gostaria de saber se Cassi é obrigatória.

Anônimo disse...


Ari e colegas

Prestem muita atenção aos comentários da senhora Rosalina. São de uma clareza contundente. Quem não abrir bem os olhos enquanto possível, deixando o barco a deriva, encontrará águas perigosas e uma cachoeira a frente pronta a nos engolir.
Devemos parar de mendicância junto a esses credores nojentos, abrir o jogo para nossa família e partir a luta.
A única coisa que nos tira a vida é a doença e não os vampiros.
Amigos, se eu tivesse uma aposentadoria digna pelo menos não escreveria isso. Com esses dirigentes dos dias atuais, que só pensam nos seus altos salários e nos bônus que levarão não espero melhoria alguma para nós. Só ferro.
Ela tem toda razão na sua colocação.

WILSON LUIZ disse...

Cara Rosalina, 22.02, 09:27 hs.

Eu incluiria aqueles colegas que querem a limitação de 30%, e ainda pretendem seguir no caminho sem volta de novos empréstimos.Devem ser casos patológicos, tipo sado-masoquismo.

Anônimo disse...

Prezado Prof.Ari!

O empréstimo CARIM também entra na ação dos 30%? Estou pagando desde outubro de 1993, financiamento inicial com prazo de 20, anos mas tive que repactuar por mais 5 anos para não ter saldo devedor no final do prazo. A prestação gira em torno de R$l.700,00 e está me fazendo muita falta principalmente depois da perda do BET.
Já coloquei minha casa à venda para pagar dívidas mas vender imóvel pode ser demorado.
O que me deixa revoltada é saber que os diretores de PREVI além de receberem salários muito acima do valor permitido ainda ganham bônus de R$500.000,00 e penalizam os aposentados.
Este não é um governo sério!

Um abraço.

Ari Zanella disse...

Não, o financiamento imobiliário não entra.

Jurandir Passos disse...

Dá pena ver tantos colegas mendigando por empréstimos. A saída não passa por este caminho. Veja quanto o seu benefício valia em salários mínimos na época da concessão e quanto vale hoje. A queda é vertiginosa. Não vamos esperar pelo longo prazo. No longo prazo estaremos todos mortos(keynes).
A ação 30% consignado é apenas uma medida para dar sobrevida a um paciente terminal.
Precisamos de realinhamento dos benefícios e pensões. Sem esta medida o problema só se agravará. Uma casta de mendigos está sendo gestada pelo maior fundo de pensão da América Latina.

Anônimo disse...

Wilson Luiz,das 15:35hs

Não me identificarei porque tenho ação em andamento, mas não fale pelos cotovelos. Não fale daquilo que você não sabe.
VOU CONTAR-LHE: infelizmente por problemas de redução de minha aposentadoria 20% BET e 9,60% de contribuições estou passando dificuldades. Isto não quer dizer que ela também não bata à sua porta. Tomara que não. MAS PEÇO-LHE NÃO FALE DAQUILO QUE VOCÊ NÃO SABE E NEM CHAME DE INSANOS AQUELES QUE PASSAM POR DIFICULDADES FINANCEIRAS.
JÁ DIZIA MEU AVÔ: BOCA FECHADA NÃO ENTRA MOSQUITO.
RESPEITE A LUTA DOS OUTROS. NINGUÉM ENTROU COM ESTA AÇÃO DE 30% PARA PREJUDICAR OS OUTROS, MAS PARA ALIVIAR SUAS FINANÇAS.
E TEM MAIS: A lei que regulamenta já existe há algum tempo e não foi invenção da ANAPLAB. Por quê a PREVI não regulamentou isto desde a sua criação?
VOCÊ NÃO PEDIU, MAS VOU DAR-LHE UM BOM CONSELHO: ÀS VEZES É MELHOR FICAR DE BOCA FECHADA. OK???
Oportunamente identificar-me-ei.
Abs.

Anônimo disse...

Para Rosalina de Souza - 22/02 - 09:27 h

Se a lei dos consignados fosse realmente cumprida todos nós, aposentados (as) e pensionistas, deveríamos, também, respeitá-la, ou seja, limitar nossas consignações em 30% e não transferir esta responsabilidade, unicamente, para a PREVI. Outra coisa: quando um(a) colega ou pensionista busca um ES não significa, necessariamente, que está endividado(a). Conheço colega que contraiu ES para complementar sua disponibilidade financeira para aquisição de um imóvel. O certo é que se não houvesse a ação dos 30% contra a PREVI patrocinada pela ANAPLAB, cujo presidente é membro suplente da diretoria da PREVI, muitos colegas poderiam renovar o ES até mesmo para efetuar determinados investimentos.

Ari Zanella disse...

Meu caro 21:39

A ANAPLAB não é pioneira na Ação dos 30%. Antes que nós a patrocinássemos (e só o fizemos para atender pedidos de associados) centenas de exequentes obtiveram êxito, inclusive, na ocasião em que o Marcel me expôs, na PREVI, um caso de óbito de alguém que tinha obtido vitória na ação dos 30% e que a PREVI havia tido prejuízo; tal fato aconteceu no mesmo dia em que estava sendo implementado o novo sistema do ES (o atual). Esta ação não tinha sido promovida por nós da ANAPLAB.
Então, meu caro, as medidas de resguardo da PREVI não foram tomadas em função das ações da ANAPLAB. Está parecendo que você quer colocar o BODE na sala. Este nós conhecemos bem: o bode, na Maçonaria, é o oposto do Cordeiro ( Aquele que tira o pecado do mundo ).

Anônimo disse...

Rosalina admiro a sua inteligência e combatividade , como diretora da anaplab poderia sugerir um encontro da sra com o novo presidênte da previ , seja a nossa voz !!! com o seu conhecimento acho que estariamos muito bem representados , acho que como diretora de uma associação e tb como participante a senhora tem todo o direito de postular um encontro , como o prof ari tb é conselheiro ele pode agendar esse encontro , fica aqui uma humilde sugestão , admiro vc .

Anônimo disse...

SR. ARY,

1-COM A CRISE NA PETROBRÁS, A PREVI FOI AFETADA?
2-SE FOI, QUANTO FOI O VALOR?
3-SE FOI, QUAIS PROVIDÊNCIAS A DIRETORIA DA PREVI, ESTÁ TOMANDO PARA QUE OS ASSOCIADOS NÃO SEJAM PREJUDICADOS?
4-TENDO SIDO AFETADA OU NÃO, JÁ NÃO ERA TEMPO DE A DIRETORIA DA PREVI VIR A PÚBLICO, PRONUNCIAR-SE?
Qual é sua opinião?

Abs.

Minas Gerais

Anônimo disse...

A quem puder esclarecer :

meu irmão liquidou o financiamento imobiliário há 2 meses e a sua margem consignável não sofreu alteração.

Há alguma explicação para isso ?

Bom dia a todos.

Francisco

Anônimo disse...

Bom dia Sr Ari Zanella,
Sou pensionista do interior RS, gostaria de saber se posso ser sócia da ANAPLAB e se caso eu puder (que tenho muito interesse) tenho direito de entrar com a ação dos 30% sem custas ...
Ja entrei no site www.anaplab.com.br e vi que tem um cadastro...
Abraços e obrigada!!

Ari Zanella disse...

Cara Pensionista das 10:11

Pode sim. Envie-nos email no

tesouraria@anaplab.com.br

Que lhe daremos todos os pormenores.

Um abraço.

Anônimo disse...

Sr. Ari, poderia por favor me informar quando irá sair o demonstrativo do imposto de renda de 2014? Entrei no sati da PREVI mas não tem. Obrigada.

Anônimo disse...

Prof.Ari e colegas,
Não vamos mais dar espaço para aqueles qu insistem em criticar a ação 30%.Ou são infiltrados da Previ, ou são invejosos por conta do belo trabalho da Anaplab ou estão querendo estragar nossa felicidade.

Anônimo disse...

Caro Ari,
URGENTE - prazo até 02/03/15
AÇÃO IR 1/3 PREVI - COLETIVA
Repasso aqui, mensagem da ANABB, p/aqueles q são SEUS associados e ainda não enviaram a devida "AUTORIZAÇÃO"

Em 2010, a ANABB ajuizou ação coletiva, buscando a restituição do imposto de renda pago indevidamente sobre a complementação de aposentadoria (1/3), correspondente ao que já foi tributado sobre as contribuições vertidas pelos participantes no período de 1989 a 1995.

Para execução da ação, conforme postado no site da ANABB, WWW.anabb.org.br é necessário que o associado assine autorização e encaminhe para ANABB, até o dia 02/03/2015, conforme abaixo:

- Visualize e imprima a autorização: clique aqui.

- Imprima, preencha e assine a autorização e envie para a ANABB: pelo correio: SHC/Sul - CR - Quadra 507 - Bloco A - Loja 15 CEP 70351-510 - Brasília – DF ou por FAX (61) 3442-9655 ou ainda por e-mail no endereço acaojudicial@anabb.org.br.

Dada a relevância do assunto, solicito repassar esta informação a maior quantidade possível dos colegas aposentados.

rafael campagnoli disse...

FANTÁSTICO DA TV GLOBO DE ONTEM (22.02.15) Senador Agripino Maia (DEM) PI parece q está envolvido em pagamento de propina para aprovação de leis?? E em SP, deputado Barros Munhoz, há décadas lider do governo PSDB na AL de SP apareceu na mídia. Um desembargador do TJ SP acusado de engavetar por 3 anos processo contra ele quando prefeito em Itapira-sp ... Resultado: prescrição total!agora o CNJ abriu processo para averiguar. Conclusão: nos 20 anos de PSDB em SP não vinga nenhuma investigação, CPI etc. Talvez seja porque não tenha nada de errado, ok?

Ari Zanella disse...

Querida das 10:52

Geralmente sai depois do dia 28 de fevereiro. Um abraço.

Rubens disse...

É isso mesmo, concordo com o anonimo das 10 :54, não publicar comentario criticando a ação dos 30%, pois quem entrou com essa ação, como eu, e associado da abençoada Anaplab, é porque precisa... pare de criticar e cuidem de algo mais necessário, tais como : aplicações da Previ, questionar suas associações a respeito de direitos dos aposentados e pensionistas, participar mais das votações da Previ e Cassi, etc.

Anônimo disse...

Ao anônimo 23/02/15 06:45

A estimada Sra. Rosalina não é diretora da ANAPLAB, mas, sim, Conselheira Fiscal efetiva da Entidade.

Apesar de levar em consideração sua forte liderança em prol das pensionistas e demais assistidos, não vejo porque o interlocutor não deva ser nosso Presidente eleito, Prof. Ari Zanella.

Cumpre lembrar que o Prof. Ari exerce a função de suplente do Conselho Consultivo do Plano 1 da PREVI. Então já sabe, melhor do que nos, os meandros da Entidade.

Anônimo disse...

10:52

Não adianta pressa pois o Leão só vai disponibilizar seu programa a partir de 02 de março.