BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

PONTO FINAL, POR ENQUANTO.

     O assunto ES, pelo menos para mim, está esgotado. Em contato com a equipe técnica da PREVI, fui informado de que sempre houve a expectativa futura de correção pelo INPC. Antes não variava muito, porém agora, com a previsão de inflação alta, a variação subiu bastante. A Clarice sugeriu-me, então, que fizesse o ES-B (na escolha é o segundo) que não é renovação e sim um empréstimo novo. Neste caso, eu pude pegar o total de 8.492,00 ( fora as taxas, o que mais pesou foi o novo IOF de 286,00). Também não é possível "rolar" a prestação do ES antigo, posto que não é renovação. Enfim, o objetivo de pegar o valor possível pela MC de 123,00 foi alcançado. E não falo mais nesse cara que está na Seguridade. Quero distância e mandá-lo embora no longínquo 2016. Vai ser difícil passarmos este ano turbulento com falta de água, energia cara, recessão e escândalos.
     Aliás, por falar em escândalos, ainda não sei como a nossa presidente não foi impedida de governar, tendo em vista ser a responsável direta pela compra da refinaria de Pasadena, com prejuízo de dois bilhões de reais aos cofres da estatal - por extensão - ao Brasil. Parece que há um engessamento nos demais poderes que apenas assistem à banda passar.

  
FOTO POSTADA NO FACEBOOK

69 comentários:

WILSON LUIZ disse...

Caro Professor Ari,

Grande decisão, vamos parar de dar murro em ponta de faca, nos humilhando pedindo melhorias no empréstimo simples.

Vamos nos focar na solução definitiva, ou grande melhoria na situação econômica dos associados.

30% JÁ 30% JÁ. 30% JÁ.

WILSON LUIZ disse...


Gente, vamos parar de beber na taberna das ilusões perdidas(o Professor Ari sabe onde fica). Os próximos quatro anos já são jogo jogado. Da PREVI e seus diretores nomeados pelo Banco do Brasil, meros marionetes do patrocinador, nada podemos esperar. Melhorias de benefícios, por menor que sejam, ou suspensão das contribuições, somente com saldo na conta reserva especial para revisão do plano de benefícios, o que é muito difícil devido ao caótico estado da economia brasileira.

O empréstimo simples, que poderia ser melhorado por decisão administrativa, está cada vez pior.Vamos parar de nos humilhar, pedindo melhorias; não sei se é coincidência, mas toda vez que o ES se torna nosso assunto dominante, eles aparecem com uma nova maldade, deve ser sadismo.

Felizmente, temos uma solução bem viável, que a justiça tem decidido a nosso favor, e é bem melhor que nos afundarmos mais em dívidas. Falo do enquadramento dos empréstimos consignados no limite de 30% dos benefícios. Quem ainda não tem, deve dedicar todos seus esforços para conseguí-lo, e desistir de novos empréstimos. Como já se falou por aqui, quem não conseguir viver com esta redução de descontos, não tem salvação.

As pensionistas, cujos cônjuges ingressaram no Banco até 16.10.1966 devem insistir com a ação 100% pensionistas.

Sobre as ações que já tramitam na justiça, como ela anda a passos de tartaruga paraplégica, devemos orientar nossos netos como acompanhá-las. Mesmo que nós tivéssemos ganho de causa na mais importante delas, sobre a resolução 26, e que o Banco fosse obrigado a nos devolver os R$ 7.5 bilhões que roubou, este valor não cobriria nem o “rombo” da reserva de contingência que, em 30.06.2014 já era maior que R$ 8 bilhões.

Muitos sugerem que seja reduzida a reserva de contingência, para recebermos algumas merrecas de benefício provisório, e ainda dando metade para o Banco. No fechamento do balanço/2012, eu até era a favor, hoje sou totalmente contra, acho uma temeridade, considerando a evolução, nos últimos anos, desta reserva, que deve ser 25% da reserva matemática. Em 2012, era 25.9%; em 2013, baixou para 21.6% e, até junho/2014, estava em 18.1%. Alguns defendem a redução da reserva de contingência para 15%, é só ter calma que ela logo chega lá. Como perguntar não ofende, qual será o motivo pelo qual a PREVI não teve coragem de publicar o balancete do terceiro trimestre/2014? Com a palavra os diretores e conselheiros eleitos.
Será que este ano haverá a caravana da alegria, para percorrer o país mostrando, para nós, os “bons resultados”, e que eles merecem um novo bônus, de R$ 500.000,00 mais INPC?

Anônimo disse...

Certíssimo, Prof.!
ES acabou. Ainda tem a ação dos 30% mas quem achar que não deve ingressar fique como está.
A fila precisa andar.

Anônimo disse...

26/01/2015
Aposentados querem pressionar o governo
Fernanda Brigatti, enviada especial a Aparecida
do Agora

Aparecida - Reunidos ontem em Aparecida (180 km de SP), os representantes de associações e de federações de aposentados e pensionistas cobraram mobilização e "luta na rua" para pressionar o governo a atender suas reivindicações.

O dia de comemoração começou com uma benção durante uma missa, onde foi lida a "Carta de Aparecida", em que os aposentados pedem que "os governantes tratem os aposentados, pensionistas, idosos e toda a população com justiça."

O manifesto pede também a regulamentação da troca de aposentadoria para quem continuou na ativa e o fim das desonerações –que unificam o pagamento de impostos para setores da indústria.

A já tradicional "romaria dos aposentados" ocupou quase todos os espaços de um auditório no Santuário de Nossa Senhora Aparecida, durante uma plenária.

A pergunta é......quem seriam essas Associações e Federações que estão se movimentando?

Anônimo disse...

Além de tudo, as atendentes da PREVI não têm a menor noção do que estão falando. já falei com 5 (CINCO !!) delas, a respeito da apuração da margem consignável, e , pasmem! foram cinco respostas diferentes. Retirei a Cooperforte e paguei minha Crediscoop, cuja prestação era bem alta. Não adiantou. Pelas minhas contas, a PREVI considerou a AAFBB, a Cassi/PAF e até a Cassi/participação em consultas e me liberou apenas R$ 35,00. Uma merda!! Vamos nos livrar desse baixim maldito. Que seja po, pelo menos, uns 20.000 votos!

Anônimo disse...

30% já pelo amor de Deus!
Se um colega disse que conseguiu a liminar em 20 dias a ação da Anaplab está demorando muito.

Anônimo disse...

O senhor resolveu seu problema os que não conseguiram renovar o ES que se virem. Bonita atitude a sua botando ponto final no assunto ES. No mínimo egoista.

Ari Zanella disse...

14:40

Já dei a dica na postagem.
Fazer pela opção B conseguimos pegar mais dinheiro.
Quem quiser comentar sobre o ES, fique à vontade.
O que quero dizer é que não adianta malhar em ferro frio.

Anônimo disse...

Caro Professor Ari,

Minha dúvida sobre a opção B é que haveria sobreposição de prestações, diminuindo ainda mais o valor líquido no contracheque.
Já a renovação, mesmo sem receber nenhum, mas com aumento no prazo, reduziria a prestação, permitindo um valor líquido maior que, no final da contas, é o que mais interessaria. Ou estaria eu errado?

Anônimo disse...

Caro colega 26/01/15 14:38

Tenho uma ação que está conclusa a Ministro Relator no TST faz mais de dois anos. E o mérito ainda não foi julgado, pois foi a ele submetida em decorrência de agravo e/ou apelação.
Com o andar da carruagem, meu advogado já avisou que esta ciente do ingresso na relação de direitos e bens em possível inventário.
Cômico, se não fosse trágico.

Anônimo disse...

Prezado Ari,
Seria interessante se começassemos a discutir sobre a situação da CASSI.ES não leva a lugar nenhum. É muito melhor fazer uns cortes no orçamento, como eu já fiz.

Ari Zanella disse...

15:56

No fim dá tudo no mesmo. Veja meu exemplo:
-Prestação ES em ser (A) - 1.874,00
-Prestação ES novo (B) 123,00
Total..............1.997,00

No "B" peguei 8.492,00

No "A" pegaria 3.500,00

e teria uma prestação de 2.002,00

Anônimo disse...

Eu sei bem como é o problema da demora dos processos judiciais como disse o anon. 16:01. A minha reclamação trabalhista contra o BB levou apenas 12 anos (entrei em 1997 e recebi em 2009). No caso da ação 30% o andamento deve ter prioridade desde que todos tenham mais de 60 anos além da natureza alimentar.

Anônimo disse...

Obrigada Ari pela explicação sobre os emprestimos A e B. Valeu

Anônimo disse...


Analisando os comentários do Sr.WILSON LUIZ, que não de hoje defende a ação dos 30% consignado, imagino ser a atitude mais coerente para nossa situação de penúria salarial.
Nossa situação em nada deve mudar,então o jeito é mesmo limitar os descontos nesse percentual e tentar viver com as sobras. É preciso parar de se curvar aqueles que estão a rir pelas nossa costas. Devem rir mais ainda em suas salas de reuniões dizendo: os assistidos ainda se acham os donos disso aqui. Donos somos nós com nossos salários e bônus de primeiro mundo.
A Previ do passado não existe mais.
A Previ de hoje nos deu as costas.
A Previ do futuro só Deus sabe.

fernando moreira disse...

sr. ari, estranho esta projeçao de inflaçao deve ser de uns 1000% nos proxmos 10 anos, ai tem coisa muito esquisita.

Ari Zanella disse...

Meu Caro Fernando,

A projeção é sobre os próximos 12 meses, pois no 13º mês ela é contabilizada e a prestação reajustada. Mas é algo assim:

Saldo devedor 130 mil X 7% (projeção INPC) = 9.100,00, donde resulta um saldo devedor projetado de 139.100,00.

É lógico que as amortizações são consideradas, todavia, afeta (e muito) no líquido (diferença) que a sua margem permite tomar.

Ademar disse...

Devemos desde já começar e fortalecer a campanha contra o Diretor de Seguridade, que ocorrerá em 2016. Não devemos nunca apoiar a chapa da situação.
Estou aguardando ansiosamente 2016 chegar, para ter o prazer de votar contra o Marcel, que para ele pouco importará, pois já esta muito bem financeiramente. Que se dane os aposentados, assim ele pensará.

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.

REALIDADE IMERECIDA!
Prezados, Professor Ari e Wilson e 17:20h e 13:54h, apoiados: chega, basta, com um assunto política e irreversivelmente definido e que tornou-se inversão total do que DEVERIA SER: ótima opção, para quem usa dele, se comparado ao Mercado e ótima aplicação,para a Previ. A limitação do seu oferecimento aos associados É UMA DECISÃO CONTRÁRIA AOS INTERESSES DA ENTIDADE.
Comparações com outras EFPC provam isso.
Portanto, assim vejo que, por ora, perdeu a técnica e venceu a política.
É a realidade triste e IMERECIDA, para todos os que esperaram, à porta da Previ, há tempos e saíram de mãos vazias ou quase. A esses, eu solidarizo-me, em esperanças futuras e, sobretudo, na fé.
Eu excluo-me, porque já recebo, separadamente e há tempos, o Inss, fato que aniquila a MC.
Grato por tudo e PAZ E BEM!

"Senhor, olha do alto da tua santa morada e interessa-te por nós e inclina o teu ouvido e escuta.!!!"
Baruc 2,16.

Anônimo disse...



" HOMEM QUE É HOMEM URINA DE PÉS "

Mestre, o ato de urinar é cultura no norte de Minas. La, quando o
homem quer enfatizar que é macho, com M maiúsculo, ele diz que urina
de pé . Recentemente, li que na Alemanha um juiz deu razão ao inqui-
lino que se negou a urinar sentado para não pingar no chão do banhei-
ro que era de mármore. Eu sei que algum colega deve estar praguejan -
do : ora, Divany, nós lutando para melhorar o ES e você vem com um
assunto fora da pauta. Aparentemente, colegas, é isto mesmo, mas ve-
ja porque falei disto.Acho que se o Marcel tivesse nascido no Norte/
Nordeste de Minas onde Macho que é Macho só urina de pe,ele chutava
o pau (calma, gente) da bandeira pedia uma reunião da diretoria e
explicava que tinha um problema de consciência pois incentivara o
grupo a diminuir seus emprestimos existentes na folha de pagamento,
mesmo que contraindo mais dívida e que sua ideia gorou, gerando uma
crise sem precedentes no PB-1. Ninguém tem dúvida que se o Cara che-
gou,onde chegou, ele tem "bala na agulha" para mexer no ES, basta
buscar no âmago da alma algo de moral que aprendeu na escola ou com
a mamãe ,, se é que teve ( o que que eu falava ? ) ah,lembrei, mas
deixa prá lá !!!! Divany Silveira-Sete Lagoas-MG

João Rossi Neto disse...

Caro Ari,

RECORDANDO NORMAS CONTÁBEIS.

À luz das normas contábeis, somente as rubricas de “Receitas” e “Despesas” são classificadas como contas de “RESULTADOS” e, por regra pétrea, os seus saldos contabilizados no último dia do exercício, nos balanços, são “zerados” para efeito de apuração do superávit ou do déficit.
Quanto às reservas constituídas por força dos dispositivos regulamentares, tais como: Reserva Matemática, Reserva de Contingência e Reserva Especial, estas são efetivamente catalogadas como contas de “COMPENSAÇÃO”.
As duas primeiras (Reserva Matemática e de Contingência) têm crescimento linear, visto que a Matemática compulsa as provisões atuariais feitas para honrar os compromissos dos assistidos (também chamados de “aposentados”) e do pessoal da ativa a aposentar no futuro, após cumprir o interstício temporal.
Deste modo, crescendo a RM conforme explicado, a RC de 25% que incide sobre a RM aumentará automaticamente, levando-nos a certeira conclusão de que os saldos dessas reservas serão sempre ascendentes e contínuos, sendo invariavelmente corrigidos, atuarialmente, a cada nova demonstração contábil.
Situação inversa ocorre com a Reserva Especial, a qual só existirá e será constituída na medida em o superávit técnico for suficiente para acobertar os 25% da Reserva de Contingência e havendo “excesso”, este será destinado a esta RE na forma do artigo 20 da LC 109/2001, oportunidade em deverá ser feita a revisão do plano de benefícios.
Como exemplo didático, consideremos o superávit técnico de R$ 12 bilhões para o exercício de 2014, obviamente que ele não irá cobrir a RC que seguramente será superior a R$ 30 bilhões, do mesmo modo que o superávit de R$24.7 de 2013 não amparou a RC do período.
Nesta linha de raciocínio, é fácil observar que à medida que o superávit técnico sofre reduz pelas conjunturas econômicas adversas, o valor da RC também sofre a mesma queda e no exato momento em que a EFPC apresentar déficit técnico, a RC é reduzida a “zero”, vira “pó” no ato do resultado deficitário.
Assim sendo, não tem serventia alguma à propalada “Reserva de Contingência", a não ser como “redutor técnico” para conter as melhorias nos benefícios, as quais só podem ser realizadas em caso do superávit técnico for superior aos 25% da RC.
Para que isso ocorra, teríamos que auferir superávits gigantescos, da ordem de R$ 40 a 50 bilhões, vez que a RC hoje suplanta os R$ 30 bilhões, coisa que, convenhamos, no cenário econômico atual é praticamente impossível, sobretudo porque o desempenho das Bolsas de Valores é pífio e a PREVI com quase R$ 100 bilhões aplicados em ações e fundos de ações criou a sua própria armadilha e não tem como diversificar o seu portfólio nem em longo prazo.
Quem defende a manutenção da RC nos atuais 25% fixados pela PREVIC no artigo 8 da Resolução 26/2008 que nos explique a sua lógica e a hipótese em que a RC poderá ser utilizada para equacionar eventual déficit? Ao que eu saiba a RC nunca foi sequer cogitada para tapar perda alguma, dado que em caso de déficit é a primeira a se desintegrar!
Na minha ótica a RC é cabalmente inócua, inepta, artificial e sem emprego prático. Por tudo que expus, defendo a redução da RC para 15% (não seria exagero propor apenas 10%), isto na expectativa de termos daqui a alguns anos, superávit técnico que propicie sobra além dos 15% sugeridos a título de RC e que tal excesso constituísse a RE para revisão do plano e melhoria dos sacrificados e lesados associados, literalmente depenados pela Diretoria Executiva da PREVI.

Anônimo disse...

os garotos de hoje sao nem- nem, nem trabalham,nem estudam,nem se interessam pelo q acontece...........se quisermos um pais melhor, vamos ter q dar inicio aos movimentos.....nos, os aposentados e que lutam p ter uma vida melhor.e por que nao????

Anônimo disse...

--------------------------------------

Pouca sombra

e muito poder.

estamos copulados e mal remunerados.

REDUÇÃO DA RESERVA DE CONTINGENCIA disse...

O Rossi está coberto de razão.
A RC para amparar possível déficit do plano somente pode atender a interesse do patrocinador.
O aposentado, pode ter em algum momento, principalmente no início do afastamento um valor de reserva de matemática e de RC em valores no pico. Essa RC nunca será usufruído pelo titular uma vez que ao final de sua vida nada mais restará, "VIRA PÓ", considerando ainda que, NO TOTAL GERAL, AINDA APRESENTARÁ UM VALOR CRESCENTE EM RAZÃO TAMBÉM DO CRESCIMENTO DA RESERVA MATEMÁTICA. Para que, conforme questiona com toda razão o Rossi?
Então, vamos utilizá-lo em favor dos aposentados que estão passando por um período de muitas dificuldades, reduzindo talvez para os 10 por cento.
No meu caso, sou aposentado há cerca de 17 anos, período de expressivo crescimento das reservas citadas. Mas como disse, em nada melhorou meu benefício, cada vez mais defasado e a minha RC virando pó. Aposentei-me com o equivalente a 35 salários mínimos (previ + inss), mesmo com o benefício proporcional a 27 anos de BB. Hoje, nao chega a 20 SM.

Luiz

Blog do Ed disse...

A Senadora Marta Suplicy, do PARTIDO DOS TRABALHADORES, está hoje no Folha de São Paulo, afirmando que falta TRANSPARÊNCIA! Tudo é feito sem TRANSPARÊNCIA!... Lamento que só agora a ESCLARECIDA SENADORA haja descoberto isso!... Senadora, há muito, a CONSTITUIÇÃO FEDERAL manda que se dê aos Participantes PLENO ACESSO às informações da PREVI e tudo lá se faz sem que NADA saibamos... Também nada sei do que se passa na CASSI... Agora, na hora de pagar querem que SOMENTE EU PAGUE...
Edgardo Amorim Rego

ANTONIA disse...

Concordo com Ademar, vamos começar a Campanha para Diretoria de Seguridade 2016. Aceitamos sugestão de nomes CONTRA A SITUAÇÃO.

Anônimo disse...

Emérito Professor ZANELLA:


Para uns poucos, a quem o ES não importa ou não interessa, pois estão com as BURRAS CHEIAS, acham que existem coisas mais relevantes a serem discutidas no blog.
A RENOVAÇÃO do ES, que representa a minha própria sobrevivência, é a coisa mais importante e ÚNICO INTERESSE ATUALMENTE PARA MIM .
Vou lá ficar, feito UM NERD, discutindo Resoluções, Ações Civis Públicas, Bônus 500, melhora de benefícios, coisas INTANGÍVEIS e IRREAIS. ORA POIS, POIS...

Marcelino Maus disse...

Se um dia DEUS foi Brasileiro, já rasgou seu Passaporte - aliás o PT deve ter cassado seu visto de entrada.

NOSSA CONSTITUIÇÃO FEDERAL ESTÁ MORTA !
A Escritura Sagrada, que reporta as Leis de DEUS, se tornaram VERBO e jamais perecerão.
A Constituição Brasileira, que reporta as Leis dos HOMENS, estas NUNCA se tornaram VERBO e podemos considerá-la morta porque O TRÊS PODERES NÃO A RESPEITAM - temos uma CONSTITUIÇÃO MORTA !!!!!!!!!!!

SE a Igreja não se manifesta contra esse DESGOVERNO CORRUPTO, merece o dízimo?

Anônimo disse...

Bom dia,

Querido Ary,

Se meu marido está com uma margem consignável altíssima no negativo a previ não poderá cobrar a mais o saldo devedor dele, pois a margem consignável não cobriria.
estou certa !?
Ex.: margem - 1160,00
margem disponível 1032,00
que é o que paga pelo empréstimo, então não tem como subir o valor da prestação (depois da 13° mensalidade.
Um grande abraço



Anônimo disse...

Não estou interessada nessa b de ES. Quero mais que a minha ação dos 30% saia para que eu possa respirar um pouco, e levar uma vida com um pouco mais de dignidade.
E também que ande e tomem providencia quanto a ação dos 100% pensionista que anda a passos de tartaruga. Quase 4 anos nessa e nada. Acordam!!!

Ari Zanella disse...

Lú,

Mesmo com a margem negativa (que serve para contrair mais empréstimo, se estivesse positiva) as parcelas são cobrados no seu total. Ou seja, não será pela margem negativa que eles vão cobrar menos pelas parcelas.

Anônimo disse...

O comentário da Lu faz sentido.Ao implantar a nova margem consignável e a deixando negativa a Previ está admitindo que os empréstimos já contraidos não respeitaram o limite máximo e isso era responsabilidade dela.Margem consignável negativa só na Previ.

João Rossi Neto disse...

BRIGA DENTRO DA LEGENDA PETISTA

O PSDB é sempre frouxo e ineficiente na sua forma de fazer “oposição”. Uma verdadeira lástima!
Será que tem também o rabo preso na operação Lava Jato (“Petrolão”)?
No episódio do “Mensalão” fechou negociata e acordão com o PT, tanto que não fez pressão para a prisão do chefão (Lula) daquele esquema criminoso porque tinha o Mensalão Mineiro e queria salvar o companheiro Eduardo Azeredo, o que resultou na impunidade de ambos.
Podemos afirmar, sem medo de errar, que temos uma oposição pálida e de faz de conta no Brasil. Depois da enxurrada de escândalos escabrosos patrocinados pelo PT na Petrobras, o que será necessário ainda o Lula e a Dilma fazer para tirá-lo da ociosidade e da letargia, senador Aécio Neves?
Atualmente a senadora Marta Suplicy, sozinha, é mais oposição que o PSDB inteiro, ao criticar ferozmente o Governo da Dilma com verdades contundentes, expondo as suas entranhas, os pontos fracos e as mentiras de campanha, em especial quando a Dilma disse, no palanque, que não reduziria direitos e conquistas dos trabalhadores, nem que a “vaca tussa”, mas acabou fazendo os cortes pontuais recentemente divulgados, fato que deu oportunidade para a Marta Suplicy cunhar a metáfora: “A vaca da Dilma de tanto tossir, engasgou com as suas falsas promessas”!
Brigas e dissidências à parte dentro do PT, hoje, por incrível que pareça, quem mais faz “oposição à Dilma, sem dúvida alguma, é a sua ex-companheira e ex-ministra, Marta Suplicy. Continue dormindo, se puder, com esse barulho, PSDB!
O Aécio perdeu a eleição por moleza, displicência com o povo de sua terra natal – MG –, além da teimosia e estratégia equivocada de ficar defendendo o fracassado Governo do FHC.

Anônimo disse...

Prof. Ari, só mais uma perguntinha sobre o ES. Prometo que depois dessa, vamos discutir Cassi.
O amigo tomou um ES "novo" pela modalidade B, certo ?
Muito bem, pergunto: O amigo poderia também repactuar o ES modalidade A, em ser, por prazo maior p.ex., de 108 para 120 meses( permitido pela minha faixa etária) ?
Seriam duas operações simultâneas, a de novo credito e a da renovação sem credito novo.
Amos. attos. obros.(lembra disso teacher ?)

Anônimo disse...

Este emprestimo simples não resolve mais a vida de ninguem, eles da PREVI conseguiram complicar tudo que podiam fazer com os aposentados, tudo mesmo, a unica solução para esta porcaria da PREVI E DO BB é a ação de 30%. Não tem solução para isso. Esqueçam esta droga do ES e partam para viverem com 70% dos seus salarios, sem precisar mendigar e se stressar com os MARAJAS QUE RECEBEM r$ 50.000 POR MES.

Fuzinelli disse...

Prezado João Rossi, eu diria rabos entrelaçados. Veja o pacote de maldade do Governo do Paraná,do PSDB - aumento do IPVA em 40%, elevação do ICMS em mais de 95 mil itens (inclusive alimentos),isto tudo após a reeleição. São todos iguais, políticos corruptos e covardes,fruto de uma geração apática, sem rumo.

Anônimo disse...


Caro Professor Ari,

Sabe alguma informação sôbre os Autopatrocinados? Seria o caso de ação judicial?


Grande abraço.

Ari Zanella disse...

Quem sabe de tudo sobre as novidades de autopatrocinados é o meu xará ARY TAUNAY FILHO. Infelizmente não tenho nenhum endereço para contato com ele.

Ari Zanella disse...

15:06

Não sei te dizer. No meu caso, ela disse que se fizesse um, não poderia fazer o outro sem os 06 meses de carência.

Lucia Siza Siza disse...

Amigo Ari vc já leu a homenagem que a Previ postou para comemorar o dia do aposentado?Um mar de rosas o texto.

Anônimo disse...

Leitores,

Sei que este blog é de bancários, mais exatamente, pela leitura, é de aposentados do BBrasilS/A.
A existência de um financiamento por período extenso é algo interessante.
Ainda mais quando se pode segurar o valor financiado.
Bem, pelos comentários que aqui são feitos é de entender que os financiados devam, sempre estar tomados pelo total possível, dentro de suas capacidades financeiras.
Isto posto, a impressão que tenho é de que "todos" deveriam tomar o total disponível, mesmo que seus seguros paguem o que ficar após suas idas, ao encontro do Senhor.
Longe de pensar que isto seja a solução.
A solução está em AUMENTAR os valores mensais, a que cada um tem direito, pela sua contribuição durante a maior parte de suas vidas, de acordo com o montante dos balanços da empresa previ.
E fico a pensar, que quem dirige a entidade, é o que se lê, são sindicalistas, egressos do não "faz nada". Grevistas.
Se tivessem sido ou fossem competentes, teriam galgado, anteriormente: as chefias, gerencias, superintendências, outros cargos de direção/RESPONSAVEIS.
Pode ser isso, SE NÃO ME EQUIVOCO.
CÁ PRÁ NÓS, SINDICALISTA QUE SE DEU BEM FOI SÓ O APEDEUTA DE NOVE DEDOS.
Ainda sobre o volume de dinheiro da associação Previ é de se pensar onde enfiarão o volumoso patrimônio financeiro da entidade, nos próximos anos.
Me Desculpem o mau jeito...

Lázara Rabelo disse...

Caro Ari,

Eis o endereço da UPD- Ary Taunay

UPD - União dos Pedevistas e Demitidos do BB

Rua Uruguai Nº 35 Sala 347
Centro Histórico
Porto Alegre - RS
CEP 90010-140
Fones: (51) 3226-0668 (51) 3226-6525

WWW.UPD.NET.BR
E-Mail: upd@upd.net.br, e
marcelo@upd.net.br

Anônimo disse...

A Marta pode estar falando a verdade mas só está fazendo oposição porque não está tendo o que queria.Se oferessem algo em troca mudaria seu discurso.Já vimos esse filme um milhão de vezes.Tudo farinha do mesmo saco e por isso não merece o menor respeito.

Anônimo disse...

Sr Ari, se for possível queria que o Sr me informasse, baseando-se pelo ES-B levantado, qual o valor da prestação para cada R$1.000,00.

Ari Zanella disse...

19:58

Bem, é um cálculo aproximado, baseado em minha MC (123,42) e no montante levantado (8.492,00).

Então, segundo os meus cálculos matemáticos, 1.000,00 requerem uma margem de 17,57

Anônimo disse...

Professor,
Este mês, após 07 prestações pagas, minha margem é 27 reais e uns quebrados, negativa. Vou permanecer com essa margem até liquidar o empréstimo?

Desculpe abusar, mas já abusando de sua paciência, responda-me.

Anônimo disse...

Prezado Ari,

No que se refere ao ES, as novas normas adotadas pela PREVI, prejudicaram, sobremaneira, os mais idosos, de que sou exemplo.
Pelo sistema anterior, chamado de metodologia 170, um associado com 86 anos, poderia tomar emprestado, digamos, em julho de 2014, R$ 145 mil, prazo de 96 meses, TQM de 2,5% ao ano. Pela metodologia atuarial, a jóia inventada pelos luminares que comandam a PREVI, o prazo máximo foi fixado em 36 meses, apenas e a TQM em 3,5%. Em consequência, dito associado ficou impossibilitado de renovar seu ES, pois o valor da prestação absorveria mais da metade de seus proventos, isso se a margem consignável o permitisse. Entendo que cálculo atuarial se destina a mensurar valores de previdência privada com o propósito de adequar as mensalidades ao valor das reservas matemáticas necessárias para garantir o pagamento dos benefícios futuros. agora, para servir de parâmetro no caso do ES, é novidade, maldosa novidade, adotada com o propósito de impedir a renovação/concessão de empréstimo aos que contarem com mais de 82 anos de idade (60 meses), com 83 anos (48 meses), com 84 anos ou mais (36 meses). Os recursos pertencem aos associados, mas os milionários administradores, a quem pagamos polpudos pró-labore para geri-los com eficiência e zelo, agem como se fossem eles os proprietários, inventando artifícios para dificultar, se não impedir, a utilização dos recursos na modalidade de ES.
Autorizo a publicação se Você achar conveniente e oportuno fazê-lo.

Abraço

Valentim

Anônimo disse...

Prof a respeito da solicitação feita ao atual presidente da previ sobre o ES já obteve algum retorno ?

Anônimo disse...

Da formula 170 até o ES simplificado de 2015, houve um grande progresso.
A 170 sugerida já era ruim e aí então foi melhorada e aperfeiçoada, resultando a regra atual. Os criadores tanto da anterior quanto da regra atual "estão de parabéns".

Anônimo disse...

- cômico prá não dizer trágico: Renovei da última vez o meu empréstimo para R$97.000,00, passados os tempos já paguei l4 prestações e o saldo se apresenta no valor de R$93.700,00, alguém pode me explicar, se é que tem explicação.

Anônimo disse...

AO ANÔNIMO DE 17/01-17:25HS.

Também sou auto-patrocinado. Estamos aguardando um julgamento no STJ, para ingressarmos com a ação dos outros 20% do BET. A referida ação já teve ganho no TJMG.
Deixe aqui seu email e nome que lhe dou coordenadas a respeito.
Lembro-lhe de que a prescrição desta ação dar-se-á em 20/03/2016, pois completa-se 05 anos do primeiro recebimento.
OK?
Abs.

Anônimo disse...

SR. ZANELLA GOSTARIA DE SABER SE NESSES ENCONTROS, COM O "NOSSO REPRESENTANTE" DIRETOR DE SEGURIDADE MARCEL BARROS, NINGUÉM O QUESTIONA?

Anônimo disse...

Adoraria ver a nossa querida e guerreira Rosalina concorrendo para diretora da previ .

Anônimo disse...


ES: CRIME DE 'LESA APOSENTADO'

Está de parabéns a Diretoria de Seguridade da Previ pelas mudanças que efetuou neste produto tornando-o impraticável para 70% do universo de tomadores.
Nenhuma notícia na página da PREVI.
Explicações? Para que? Transparência?
É melhor mesmo o silêncio do que explicações mentirosas.
Devem estar esperando a poeira sentar.
E ponto final, digo 30%, nesse malfadado assunto!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Sr Ari o que tens a dizer para nos sobre o telefonema do presidente da previ em exercício?
O senhor achou que ele foi receptivo(hummmmm), não deu em nada( para variar)?????

Anônimo disse...

Aposentados e pensionistas:

a Anabb (vejam o site da própria) começa a experimentar do próprio veneno, ou seja, traição. Não querem defender quem a sustenta, mas deram caminho livre para parasitas e, agora, a conta está chegando.

Anônimo disse...

Anônimo das 16:52.

Não seria possível a candidatura da Rosalina, pois a mesma não tem PHD, nem tão pouco os demais requisitos minimos necessários para a inscrição da chapa em questão.

Acredito que Pensionista não possa si quer candidatar-se para cargos dentro da Previ.

Então vamos logo buscar outros nomes de peso para esse trabalho, com a ajuda da Colega Rosalina, que é sim uma fera em muitas questões que envolve o nosso mundo da Previ.

DIRETOR DE SEGURIDADE EM 2016.

ISA MUSA DE NORONHA

CARLOS VALENTIN

GILVAN REBOUÇAS

LAZARA RABELO

ARI ZANELLA

DENTRE OUTROS NOMES DE PESO.

Anônimo disse...

Prof. Ari,

Você disse que daria um ponto final nesse assunto de ES?

Por enquanto ainda tá valendo?

Sim ou Não?

O assunto tem que ser direcionado para a PREVI, especificamente ao Dr. marcel.

Anônimo disse...

Prof. Ari,

É trinte ver um relato como este de 10:30 H.

Como é que um ex bancário contesta um número como este?

Esqueceu tudo! Esqueceu até a taxa de juros e outras coisitas como correção, cadastro e acessórios.

Ari, mande estas pessoas se dirigir a Previ diretamente!

Ari Zanella disse...

20:04

O Marco Geovanne só me ligou naquele dia, depois esqueceu. Penso que se falou com o Marcel, obteve a mesma resposta que eu tive do corpo técnico que a correção pelo INPC futuro sempre aconteceu em todos os anos.
Esqueceu de me dar retorno. Já sei que não posso contar com ele mais.

21:15

Acho que não vou dar mais um ponto final. Este assunto dá bastante IBOPE para o blog. É isso que eu quero.

Anônimo disse...



' DIFERENÇA ENTRE O REI MIDAS E O GOVERNO DO PT '"

Grande Mestre, não quero ser ave de mau agouro , mas tem uma coisa
pairando no ar que não entendo. Parece que há uma corrente negativa
seguindo pessoas e entidades públicas e impedindo-as de fazer coisas
positivas e quase todas prometidas . Conversei com um padre amigo e
muito ligado às coisas de Deus e depois de ouvir meu relato,exclamou:
eu trabalho com problemas que dizem respeito ao nosso Deus, mas isto
que você expôs parece que é coisa do "dinho". Dito isto, despediu-se
num abrir e fechar de olhos e nem quis o café com biscoito frito, coi-
sa que ele nunca dispensou ! De que falo, perguntarão os mais apressa-
dos ? Falo do azar ou despreparo do PT que recebeu o país com uma in-
flação de gente civilizada, com um conjunto de leis de grande impor-
tância, com destaque para a lei de responsabilidade fiscal e tantas ou
tras que este espaço não permite registrar e, me lembro bem, com o pa-
is entre os primeiros na corrida para ficar como sexta economia das
maiores do mundo. A rede bancária fora saneada e os fundos de previ-
dencia seguros, enquanto o respeito ao Brasil era incontestável.
Pois bem, cabia então o PT mostrar no que ele é bom; enquanto esperá-
vamos, veio o Mensalão, que durou uns 3/4 anos. Quando enfim respira-
vamos melhor , eis que chega o Petrolão contaminando todo o governo
e a base administrativa e com suspeitas fundadas de que o problema é
da extensão da Belém-Brasília.Como parece que Deus perdeu a paciência
com a sigla, falta tudo no Brasil, começando por água, luz, chuva e
governo.Paro por aqui, sem falar na PREVI, porque o mestre ARI já deu
sinal que meu tempo acabou.Mas quanto à PREVI,se Deus não ajudar,ao in-
vés de ouro vai virar ,ah,lembrei, o homem perigoso tá muito roco ,por-
tanto vamos descansar!Divany Silveira- Sete Lagoas-mg


Carlos - Rio Pardo(RS) disse...

Sr. Ari - Concordo, não pode ser colocado um ponto final no caso do ES.
Reforçando uma sugestão que dei em uma de minhas últimas postagens, sugiro que a Previ estude conceder neste ano, um alívio nas prestações do ES, ou seja, uma suspensão, nem que seja de apenas 3 meses.
Pelo menos os não contemplados com a renovação, ao menos ganham um alívio temporário.
Abraço,Carlos

Anônimo disse...

Bah! Sr. Ari,

Equívoco, só por índice de frequência no blog.
Aí ficarei desiludido...
e os assuntos pendentes?
Aumento do valor das aposentadorias, adiantamento por conta de futuro superávit, redução de taxas, outros...
Por favor não mantenha o blog somente por frequência dos desesperados colegas.

rafael campagnoli disse...

O diretor de seguridade está para nós, aposentados, desassistidos, pensionistas etc, assim como estava o Adami no Novo Rosto! Ninguém conseguia convencê-lo ou demovê-lo de suas ideias ... Apenas o tempo colocou aquele pessoal no devido lugar. Teve um chefe de Cedip que aplicou com toda a força as determinações superiores que foi declarado persona non grata até na AABB que frequentava ... Acabou doente e solitário ... O grave de tudo é que as decisões erradas e perversas tomadas deixam sequelas, às vezes sem nenhuma chance de reparação ... Agora, invocam a tal solidariedade dos fundos de pensão para sensibilizar a justiça ... A sensação de abandono que nos encontramos é total ... Eles podem tudo! principalmente nos prejudicar e retirar direitos, benefícios ... Acham o máximo dizer à exaustão que "pagam direitinho as aposentadorias de quase 200 mil vidas ..." Ora, com 140 bilhões qualquer um faria ... A Previ anda sozinha ...

Anônimo disse...

Sr. Zanella,

Pergunta:

Por simples exemplo, se tenho margem para ES 1.000,00 ou para 5.500,00/6.000,00 , qual a razão de ficar limitado a R$ 145.000,00.
Olha é só por exemplo, pois os diretores tem margem quase ilimitada.
É só ver o caso do financiamento imobiliário retirado pelo Dr. Flores há tempos...

Marcelino Maus disse...

"...cabia então o PT mostrar no que ele é bom; enquanto esperá-
vamos, veio o Mensalão, que durou uns 3/4 anos. Quando enfim respira-
vamos melhor , eis que chega o Petrolão contaminando todo o governo
e a base administrativa e com suspeitas fundadas de que o problema é
da extensão da Belém-Brasília."

Caro Divany, concordo e acrescento:
o problema do Brasil é do tamanho da antiga linha do Telefone Vermelho da década de 1960 - Washington <> Moscow - que controlava o GIGANTE adormecido Brasil, situação que perdura até hoje: Obama e Putin só querem é dominar o Terceiro Mundo.
Nessa ótica, afirmo que o Brazil NUNCA foi do Brasil.
Ingerências Políticas no segundo escalão das Estatais e Ministérios, dá para entender, mas a Ingerência do CLUBE DOS DITADORES VERMELHOS (BRICS+América Latina) que resultou em $500 Bilhões desviados do BNDES, é de aniquilar todas as nossas esperanças de conquistarmos nossa SOBERANIA, que a Constituição Federal nos permitia a partir 1988, oportunidade que o CONGRESSO NACIONAL e os "SUPREMOS" jogaram fora a troco de algumas centenas de milhares de reais/ano.
Um (01) Diretor da PREVI ou da CASSI, custam mais de R$1.000.000,00 por ano... será que fazem jus a isso?
Os Conselheiros de Participadas poderiam fazer - mas alguém auditou a sua atuação nas empresas ?

Anônimo disse...

Ao anônimo de 28/01 - 20:51 h

Qualquer que seja o diretor de seguridade em 2016, a PREVI terá que cumprir a lei dos consignados para se defender das ações dos 30%......

Anônimo disse...

Não adianta discutir o que não dá mais. O limite de 30% é fato consumado e ninguém vai mudar porque não depende da Previ mas da lei.

Anônimo disse...

Ari Zanella, vcs sabem que a Previ e de Dilma, ela tem que organizar a Petrobras A energia ela gastou muito diheiro na campanha e outras coisas mas.kkkk então não podemos esperar nada da previ, somente respostas de protesto com os asociados .