BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

NOVAS REGRAS DO ES NO SITE DA PREVI

     Conversei nesta tarde com o Marcel sobre o novo ES que já está divulgado no site da PREVI.
     A minha dúvida maior era onde as consignações de terceiros influiriam na MC. Contou-me que elas pesarão na consideração da margem, caso não sejam retiradas do débito em folha. Assim, nós teremos uma melhor margem se não tivermos empréstimo nenhum autorizado para débito na fopag. Sairão do cálculo da MC as verbas debitadas em conta pelo P.A.S. do BB.
     Outro ponto será a criação de novas taxas percentuais do FQM. Antes eram três faixas, agora passam para cinco. As duas primeiras reduzem de percentual, enquanto há acréscimo nas três últimas. Deixo de informar aqui as novas taxas pois serão divulgadas no site da PREVI.
     Tudo está programado para entrar em vigor no dia 21.01.2015. 


COMPARAÇÃO ENTRE AS METODOLOGIAS 170 E ATUARIAL
Faixa de IdadeQuantidade máxima de prestações
InferiorSuperiorMetodologia 170 (anterior)Metodologia Atuarial (vigente a partir de 21/1)
zero50 anos120 meses120 meses
51 anos62 anos108 meses120 meses
63 anos74 anos96 meses120 meses
75 anos77 anos84 meses120 meses
78 anos84 meses108 meses
79 anos84 meses96 meses
80 anos84 meses84 meses
81 anos84 meses72 meses
82 anos84 meses60 meses
84 anos86 anos84 meses36 meses
87 anos98 anos72 meses36 meses
a partir de 99 anos60 meses36 meses

15 comentários:

Jeanne disse...

Prof Ari, nao entendi ainda a historia de melhor margem se tirar as comsignacoes da folha. Acho que so vou entender em janeiro 2015. Jeanne.

Jeanne disse...

Eu lim no site e ja entendi. Todas as consignacoes de emprestimos diminuirao a margem consignavel. Quero so ver quem vai conseguir retirar da folha alguma consignacao autorizada. Na minha opiniao menos pessoas conseguirao retirar o ES.

Henrique Soares disse...

Não tem jeito, não dá pra entender. Os mais novos não podem ter o prazo estendido. É uma falta de bom senso,chega a ser uma piada sem sentido. Desafio a qualquer um me convencer, quais as razões que justifiquem a ampliação no prazo para os mais jovens. Admiro o saco de quem nos representa, pra ir até o Rio de janeiro com esperança de ver qualquer mudança que nos deixe feliz. É uma vergonha.

Marcelino Maus disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Henrique Soares disse...

Retificando: Quero dizer: desafio a qualquer um, me convencer, quais as razões que justifiquem a NÃO ampliação no prazo para pagamento das parcelas.

Marcelino Maus disse...

Presente de Grego de Dilma ou de Lula:

"Metodologia 30%:
Consiste em calcular 30% do total de benefícios da folha (Complemento PREVI e INSS) deduzindo-se as contribuições mensais para a PREVI, Cassi e as prestações do Empréstimo Simples, além das consignações de empréstimo, financiamento e seguro de outras entidades. O valor resultante deste cálculo é a margem consignável de 30% disponível."

Quem tem débito da Cooperforte ou outra cooperativa, nunca mais vai renovar ES...

QUESTÕES para a Chapa 3 resolver:

Se as prestações de outras Cooperativas foram aceitas pela Previ ALÉM da Margem LEGAL de 30%, como pode a Previ, agora, querer expreme-las na MC de 30%

Vai gerar MC 30% NEGATIVA em uma infinidade de Espelhos e a PREVI, automaticamente terá de EXCLUIR a consignação em Folha das parcelas de CDC de outras Entidades.

Essa manobra da MC NEGATIVA é obra do DAN Marcel, amigo de Lúcifer, que aprendeu com o MANTEGA a nova Pérola da Economia Brasileira: "Superávit Negativo".

Assim como é inconcebível "Superávit Negativo", é IMPENSÁVEL "MC 30% Negativa"!

É preciso ajustar tudo pelo Decreto 4.840 que trata da MC 30% (descontos compulsórios, inerentes à Previ); que também trata da MC 40% que inclui descontos AUTORIZADOS...

Que embróglio !

Rosalina de Souza disse...

Prezado Ari Zanella,

Eu não sei mais como chamar os gestores da Previ.

Dissimulados,Super Espertos, ou representantes da Previ na Papuda.

Se o ES já era caso complicado agora então fecho o tempo de vez.

Me diz o que mudou, nada, simplesmente complicaram mais ainda o que já era difícil.

Aproveite que esta no Rio de Janeiro e peça para que a equipe do Marcel tome como base minha Folha de pagamento e faça cálculos, e me prove o que mudou?.

Mais uma mentira uma enganação real, pois qual financeira ou cooperativa vai retirar da folha suas consignações?.

Simplesmente fico indignada com a chapa 3 de aceitar uma poca vergonha desta área da Previ que parece não ter escrúpulos, hoje pago somados as cooperforte 300,00 crediscoop 766,00 e FHE poupex 911,00 somadas 1.977,00 reais mensais, e pago a previ ES 1.307,00 somadas todas as consignações apenas de empréstimos da 3.284,00 e sendo que seu pegar a diferença que me resta no es-145 mil quito todas as demais consigações e fico com uma parcela em 120 meses de 2.200.00 frente aos 3.284,00 que é descontado hoje direto na minha folha de pagamento.

É só maldade em cima de maldade e a chapa 3 não pede uma simulação para verificar o que estão votando.

Acho que varias simulações pode e deve ser feita a fim de evitar uma nova rota errada como foi a tal de FLEXIBILIZAÇÃO quando nós pagamos a vista a PREVI o que ela mesma tinha parcelado.

Ari desisto, to jogando a toalha, não tem jeito essa situação não muda é um verdadeiro afronte a nossa inteligencia esses novos parâmetros.

Atenciosamente

Rosalina de Souza
Pensionista
Matricula 18.161.320-4

Rosalina de Souza disse...

Prezado Ari, tome uma atitude,

Me prove que não enlouqueci, ou que não estou esclerosada, ou ai na Previ ninguém pega uma calculadora, para verificar os números apresentados.

Se nossa MC só com ES já era uma piada, imagina agora somados todos os empréstimos para obtenção da MC 30%, a Previ quer jogar sua culpa nas nossas costas e ainda por cima, limpar o ES de vez dos ENDIVIDADOS.

Não entendi nada sinceramente, e agora para mim é caso de justiça mesmo, sem do nem piedade, e de preferencia pedindo a PRISÃO PREVENTIVA DO SENHOR DIRETOR DE SEGURIDADE, MARCEL J.BARROS, por atentado de vulneráveis e pessoas idosas, e do CD DA PREVI bem como de toda a Diretoria.

Isso só pode ser brincadeira de muito mau gosto.

Não tem como ficarmos calados diante duma aberração destas.

Atenciosamente

Rosalina de Souza
Pensionista
Matricula 18.161.320-4

Marcelino Maus disse...

ES - Va´vula de escape:

"Os associados que tiverem empréstimos, financiamentos ou seguros em outras instituições e queiram aumentar a sua margem consignável devem requerer nessas entidades a exclusão do débito na folha de pagamento da PREVI."

Se a Cooperforte/Outras aceitarem, pode ficar difícil manter as cobranças (muitos querem continuar pagando)

É hora das Cooperativas ajudarem a resolver, sem perder suas garantias, mas uma MC desonerada na Previ, contribui para a saúde financeira dos Assistidos e repercutirá na adimplência nelas próprias.

RENATO AUGUSTO PEREIRA SILVA AUGUSTO disse...

Ilustre Mestre ARI ZANELLA:


Já estou com meu MANDADO DE SEGURANÇA pronto, caso às Associações de que sou sou sócio, nada façam para impedir que entre no CÁLCULO DA MARGEM CONSIGNÁVEL, TODAS AS CONSIGNAÇÕES DE TERCEIROS (COOPERFORTE, CREDISCOOP, POUPEX, etc.,). A PREVI NÃO PODE ALTERAR A SEU BEL-PRAZER, uma metodologia que já vem há MAIS DE 50 ANOS, na forma de calcular a margem consignável dos funcionários da ativa/aposentados/pensionistas. O INQUALIFICÁVEL SR. MARCEL, ALÉM DE NADA ENTENDER DE MARGEM CONSIGNÁVEL, TAMBÉM NADA ENTENDE DE DIREITO ADQUIRIDO, SÓ SABE É DESPERTAR O ÓDIO NAS PESSOAS! Ainda por cima, deu um PRAZO EXÍGUO, A FIM DE DEIXAR TODOS NÓS ENSANDECIDOS, para nos entendermos com as diversas Empresas, justamente no PERÍODO NATALINO, NO AUGE DAS FESTAS DE FIM E INÍCIO DE ANO! Que homem MAIS ABOMINÁVEL. Não quero culpar ninguém, mas o pessoal que queria reduzir tudo a 30%, que no fim resultou nisso tudo, não vai conseguir nada e ainda por cima levou na "bancarrota", quem sempre esteve ao lado deles. A SÚMULA 342, DO TST, permite descontos na FOPAG além dos 30%.

RENATO AUGUSTO PEREIRA SILVA AUGUSTO disse...

Ilustre Mestre ARI ZANELLA:


Aditando minha postagem de hoje, de 22:15 hs., deve-se salientar que À RETIRADA DAS CONSIGNAÇÕES DE TERCEIROS, DIFICILMENTE SE REALIZARÁ DE FORMA AMIGÁVEL E NO CURTO PRAZO DE TEMPO. Caso se consiga isso, OS JUROS DOS EMPRÉSTIMOS SUBIRÃO BASTANTE, pois o desconto na FOPAG, era uma GARANTIA e SEGURANÇA A MAIS PARA, o recebimento, LIVRE DE MAIORES RISCOS, de seus capitais em nós aplicados.

Unknown disse...

Pessoal,
Não sei se vocês atentaram, mas a Previ além de apertar na concessão do ES, ainda obriga as cooperativas de crédito a fazer o mesmo. Isso porque, mudado o cenário de inadimplência zero, o novo cenário de débito em conta obrigará a majoração das taxas de juros e de imputar novos limites.
Dessa vez a diretoria da Previ vai ser premiada com recepção de gala em Brasília: além de dificultar o ES ainda obrigou os demais emprestadores a fazerem o mesmo.
Vocês se lembram da expressão "mata o veio, mata! ". Pois é, agora a nova expressão é: mata os velhinhos, mata!!!
Sinceramente, que mundo é este o que vivemos hoje? Celio

Marcelino Maus disse...

Solicitação ao Luiz:

"Tenho pesquisado o assunto portabilidade, que teve a publicação da Instrução Conjunta n.1, recentemente pela SUSEP e PREVIC, mas nao tenho obtido respostas para minhas dúvidas.
Com a sua ajuda e de entendidos no assunto questiono se:
1- os aposentados do PB1 se enquadram nas condições previstas de portabilidade?
2- se positivo, teríamos incluído no valor, além da reserva matemática, parcela também da reserva de contingência, inclusive parte patronal?
3- Como obteríamos o valor a que teríamos direito? "

IMPORTANTE: aposentados devem recuperar de suas gavetas o último Demonstrativo de Reservas de POUPAAÇA e MATEMÁTICA para começo de analise.

Colega, também estudei essa possibilidade.

Penso que você deve consultar outra Entidade (BRADESCO, ITAU, ...) para obter informações das condições de benefícios nelas, em vista do Valor das Reservas a serem transferidas.

A ANAPLAB... que parece ser a mais isenta poderia pesquisar e opinar.

Infelizmente CETENAS de Advogados aposentados no BB nunca se posicionaram sobre isso, pois se limitam a impetrar desastrosas Ações de Revisão dos Benefícios da PREVI - que não cumpre as decisões judiciais... BORA para outro Fundo Privado.
BRADESCO + ITAU poderiam criar um FUNDO ESPECIAL para PORTABILIDADE da PREVI.

Será que os DANs e os DIDAs vão querem desgovernar esse Fundo também ?

RENATO AUGUSTO PEREIRA SILVA AUGUSTO disse...

Ilustre Mestre ARI ZANELLA:



Esse Sr., MARCEL JUVINIANO BARROS, deve sofrer um COMPLEXO DE INFERIORIDADE ATROZ! Deve ter tido uma INFÂNCIA PROBLEMÁTICA, CHEIA DE ASSÉDIOS E AGRESSÕES! NUNCA CONSEGUIU SUPERAR a transição da BOLA DE GUDE PARA O VIDEOGAME! É MAL- RESOLVIDO ATÉ HOJE! Aparentando atender nossos pleitos, NUMA FALSA BONOMIA, está na realidade procurando FRACIONAR A CHAPA 3 (PREVI LIVRE E FORTE), e DIVIDIR o nosso grupo, JOGANDO UNS CONTRA OS OUTROS, pois alguns querem que as consignações fiquem em até 30% e outros são a favor dos descontos para terceiros, ACIMA DESSE PERCENTUAL e que o CÁLCULO DA MARGEM CONSIGNÁVEL SEJA APURADO PELA METODOLOGIA ANTIGA! O homem é UM CASO PERDIDO! SUA MALDADE É CONGÊNITA! É A MALDIÇAO DE SENTIR-SE SÓ E REJEITADO! É CRUEL E ESTÚPIDO COM OS MAIS FRACOS! NEM FREUD EXPLICA!

Raiuga disse...

Medinho da SEC

A Petros vai recorrer da decisão da Comissão de Valores Mobiliários que a condenou a pagar multa de R$ 800 mil ao votar como acionista minoritária em assembleias da Petrobras em 2011 e 2012.

Os fundos Previ e Funcef, condenados pela mesma infração, devem seguir o mesmo caminho do recurso.

O que os fundos temem é que a mesma bronca da CVM se transforme em investigação e processo lá nos EUA, na Securities and Exchange Comission...
http://www.alertatotal.net/