BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

A PREVI É ISENTA DE INFLUÊNCIA POLÍTICA?

     O Manifesto lançado durante o 35º Congresso da Abrapp, em São Paulo, de 12 a 14 de novembro/14, assinado pelos representantes dos fundos PREVI (Eleitos independentes), PETROS E FUNCEF, provocou a ira do então presidente da PREVI, Dan Conrado e do diretor eleito de Seguridade Marcel J. Barros, culminando com divulgação pela ASCOM, de Nota de Repúdio, na qual afirmava "não haver qualquer tipo de ingerência política em nosso fundo, que as aplicações eram todas calcadas em decisões técnicas e na boa governança corporativa."
     O caso assim chamado de "petrolão", traz à tona certos investimentos que aparentemente reforçam a tese da defesa, no entanto, num olhar mais detalhado, escancara o viés político da operação. Senão vejamos: O então presidente da PREVI, Ricardo Flores, nomeado por Dilma em 2010, manda vender 2,1 bilhões de investimentos em renda fixa e aplica em ações (renda variável) da estatal Petrobras, para reforçar investimentos no pré-sal. Esta decisão teria partido dele ou teria vindo do Palácio do Planalto? Analisemos a notícia da época:
PREVI E PETROS PARTICIPAM DA CAPITALIZAÇÃO DA PETROBRAS


A Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, participou com R$ 2,1 bilhões da oferta pública de ações da Petrobras. Segundo o presidente da Previ, Ricardo Flores, o investimento está alinhado à estratégia do fundo. “A exploração da camada pré-sal será uma atividade de longo prazo, assim como devem ser os investimentos realizados pela Previ.” (Brasil Econômico)

Previ e Petros compraram  R$ 3,9 bilhões em novas ações da Petrobras. “A Previ acredita  na capacidade da Petrobrás enquanto um dos mais importantes agentes do desenvolvimento econômico e social do País, gerador de empregos e renda”, disse o presidente do fundo, Ricardo Flores, que se comprometeu a adquirir 2,1 bilhões em papéis da companhia*. A entidade, que já tinha cerca de 3% do capital da empresa, faz a compra para “obter boa rentabilidade com o investimento no longo prazo, tendo em vista o bom posicionamento e a tecnologia detidos pela empresa, especialmente para a exploração do pré-sal”. A Petros, que já possuia R$ 1,5 bilhão em ações da Petrobrás, está adquirindo mais R$ 1,3 bilhão, além de desembolsar R$ 500 milhões. (O Estado de S. Paulo)

Fonte: ABRAPP


(*) grifo do blog (comprometeu-se com quem?)

     A Sete Brasil do mesmo modo foi criada para suportar a exploração do Pré-Sal. Hoje é investigada na Operação Lava Jato. Entramos com 200 milhões (120 do PB1 e 80 de PREVI Futuro) que já é considerado como mico certo.
Também esta sugere uma aplicação política, aliás, tenho dito reiterada vezes que este Pré-Sal é mais um engodo do que um negócio viável. Todos tiraram dividendos políticos da "descoberta" -  dele saíram investimentos (através dos royalties) para a educação, à saúde e principalmente, na política. Contaram com o ovo no semblante da galinha e cadê o ovo??? Quem tem cacife e "know how" para retirar óleo a uma profundidade de 6 mil metros? Só enxergaram os bônus, esqueceram dos ônus... Mamma Mia!!!...
     Neste caso de investimentos na Petrobras até cabe um ação indenizatória por parte da PREVI, porém de difícil prognóstico posto o caráter de investimento sugerido no mercado de capitais. O álibi é o mau uso do dinheiro público, usado de forma fraudulenta pela diretoria da estatal para financiamentos de campanha dos políticos da base aliada do governo. É o que está a comprovar os depoimentos da Operação Lava Jato. O que deve ser feito é recuperar a parte possível do dinheiro subtraído ilegalmente, cuja boa parte se encontra em bancos no exterior. E lógico, a punição exemplar dos envolvidos, podendo chegar ao nível presidencial, caso não se prove inocência.
 JUIZ FEDERAL SÉRGIO MORO, UM DOS POUCOS DE QUEM NOS ORGULHAMOS, TRABALHA NA LINHA DE JOAQUIM BARBOSA.

28 comentários:

Anônimo disse...

No caso da Petrobras se a PREVI vender a posição hoje realizará prejuízo enorme. É preciso, então, aguentar firme o tranco até que as ações, com o tempo, voltem pelo menos a valor equivalente ao da época de compra (ou próximo a ele). E aí, sim, efetuar a venda, mudando o investimento de renda variável para fixa. Mas duvido que patrocinador deixe fazer isto, ou seja, desinvestir em estatal.

Anônimo disse...


Ainda sobre a Sete BR, empresa micada na qual a PREVI investiu R$ 200 milhões do dinheiro de nossas aposentadorias (R$ 120 milhões do Plano 01 e R$ 80 milhões do Previ Futuro), em valores de 2010, vocês sabiam que o seu primeiro presidente foi ninguém menos que Pedro Barusco, ex-gerente executivo na Petrobras e corrupto confesso investigado na Operação Lava Jato, que prometeu devolver nada menos de US$ 100 milhões de dinheiro por ele obtido criminosamente?

Anônimo disse...

Creio que o pré sal seja um bom investimento, senão empresas como a Shell não teriam entrado no leilão. O que essas empresas internacionais não esperavam é que a roubalheira é tanta, com certeza vem aí outro processo, se é que já colocaram dinheiro nesse negócio.
Temos é que tirar esses sujos ladrões do poder, e já.

Anônimo disse...

O BLOG PERGUNTA ;

A PREVI É ISENTA DE INFLUêNCIA POLITICA ?

Mestre, de influência boa , é ! Daquela influência que soma, que traz
progresso, que é positiva , é ! Quer um exemplo ? a chapa por nós elei
ta, na qual o mestre figura, tem influência positiva, porque vocês es-
tão lá para cumprir obrigação legal. O trabalho diuturno deste blog
combatendo, sugerindo, acompanhando, tem influência sadia e necessá -
ria pois visa proteger o interesse de milhares de pessoas que passaram
uma vida construindo este patrimônio. Agora, a companhia de determina
dos homens públicos, aquelas companhias que a mãe da gente dizia : "
meu filho, cuidado com essa gente ! " É a própria saúva , que tem in -
fluência NEGATIVA. Divany Silveira-SLagoas-MG

Anônimo disse...

A Associação dos Engenheiros da Petrobrás -AEPET - sugere que o Governo "recompre" as ações negociadas em Nova Iorque, já que os estrangeiros querem vendê-las.

Assim, o Governo aproveitaria que os preços destas ações estão baixos e estatizaria ainda mais a Petrobrás, daria mais credibilidade aos investidores nacionais, injetando otimismo e alavancando nossa estatal nº 1 !

Aproveitando a oportunidade, este governo poderá aceitar a aposentadoria de Graça Foster (40 anos de Petrobrás!)substituindo aos poucos toda diretoria, iniciando-se pelos petistas mal-intencionados que lá aportaram.

Então, abre-se uma oportunidade de ouro para os Fundos de Pensão, enfim, colocarem alguém responsável e competente na nova Diretoria e nos Conselhos desta Empresa estatal, afinal: se aplicamos BILHÕES nessa empresa, porque não temos um Conselheiro (suplente, que seja!)para ajudar a cuidar desta fabulosa petroleira ?

Basta querer: A oportunidade chegou !!!

Ari Zanella disse...

Como é bom receber manifestação como esta :
------------------------------------
Meus amigos, VIGILÂNCIA... sempre. Esse é o caminho e dele não podemos abrir mão.



Me parece que em muitos anos este de 2014 se destaca pelo posicionamento contrário dos ELEITOS em relação ao que vinha sendo feito na PREVI. Obviamente causou descontentamentos, tanto aos gestores indicados para defender o Patrocinador quanto

ao próprio - governo federal idem. Independentemente do fato de estar demissionário o atual presidente do banco que, de quebra, afetará a presidência da PREVI e seus indicados.



Isso é bom e demonstra que há quem se preocupa com ações efetivas na defesa do que é nosso (a própria PREVI). "Elles" não estavam acostumados com isso pois os dirigentes anteriores, tanto eleitos quanto nomeados, jogavam no mesmo time: contra nossos interesses. E essa demonstração iniciada com o Manifesto foi o início de uma nova era. Os dirigentes (Conselheiros, Diretores e Suplentes) que participaram desse ato, acredito, merecem nossos parabéns.



Acredito também que os "do outro lado" não vão aceitar isso assim, passivamente... Fato que implica na continuidade de seus posicionamentos em defesa do nosso patrimônio comum e, de nossa parte, além de incentivá-los a isso, manifestar nosso apoio e reconhecimento. Afinal, A PREVI É NOSSA - de todos nós, associados e assistidos.



Um @braço.



N A S S E R.

Anônimo disse...


Caro Ary,

com a proximidade do Natal e as festas do Ano Novo, sinto-me na obrigação de desejar ao amigo aposentado, pugnador dos direitos de seus colegas também aposentados e pensionistas da PREVI, saúde e melhores augúrios de felicidade ao lado de seus entes mais queridos: seus familiares. Aproveito o ensejo para agradecer sua atenção e sua generosidade permitindo a publicação ,em seu blog ,das mensagens que lhe enviei no decorrer deste nebuloso ano que se finda para nós, aposentados da PREVI. Williams Silva - 9.843.050-5 -E-mail:wj.silva@globo.com

Anônimo disse...

Fundos de pensão vão alavancar projetos
by Blog dos Bancários

BRASIL ECONÔMICO - SP | FINANÇAS Alessandra Taraborelli - ataraborelli@brasileconomico.com.br São Paulo Num cenário de restrição de crédito, as grandes fundações de previdência fechada, como Petros, passam a ser estratégicas para financiar investimentos privados no país Num cenário de possível restrição de crédito mais barato dos bancos públicos e com bancos privados mais seletivos

Marcelino Maus disse...

A CASSI é outro reino de Marajás:
- Seus Diretores também ganham R$58.000,00 por mês e BÔNUS R$500 mil?
- Esses Diretores também se aposentam com essa indecência na PREVI ?
- Alguém (ANABB, AFAAs) já auditou as obras das CLINI-CASSI ?

SE a Cassi está falida há mais de 10 anos, PORQUE construir CLÍNICAS que são muito mais caras para manter do que pagar os serviços ?

Alguém duvida que Diretores da Cassi estão metendo a mão ?

Tudo o que o PT e o BB tocam vira M.

Anônimo disse...

Professor Ari,

Se este post tivesse sido anexado ao manifesto à época teria caído como uma luva.

Agora uma dúvida: Certeza que a Graça Foster tem 40 anos de Petrobrás? Eu tinha a informação que seriam 400.

Ela é a cara da Madame Min (vejam Google imagens)

paraguassu disse...

Enquanto se discute o assunto PETROBRÁS, nossas mazelas são esquecidas, ou seja, reajuste pífio em janeiro de 6%, engodo do E.S., abono milionário para os dirigentes, pensionistas 60%, suspensão criminosa do BET, a volta das contribuições, atuação temerária do sr. MARCEL, res. 026 e outras tantas arbitrariedades que estão ocorrendo com nosso fundo de pensão. Alguém influente inicie um movimento, ou no Mourisco ou em Brasília para defender o que nos pertence ENQUANTO AINDA PODEMOS!!!!

WILSON LUIZ disse...

A Justiça Federal indiciou, por corrupção, Fernando Baiano, o operador do PMDB no petrolão, mais o ex-diretor Nestor Cerveró e seu belo olho de galã marciano.

Como perguntar não ofende, gostaria de saber por quê o operador do PMDB está preso, e o operador do PT, Renato Duque, continua solto, ele que foi acusado por dirigentes de empreiteiras, mais o Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef de ter recebido propinas milionárias, inclusive em contas no exterior. Ele pode seguir os passos do Pizzolato.

Até não acreditei, como nunca antes na história deste país, o ex-presidente Lula foi convocado a prestar depoimento na Polícia Federal, em Brasília, sobre o mensalão.

Marcelino Maus disse...

Sobre a postagem:

"paraguassu disse...
Enquanto se discute o assunto PETROBRÁS, nossas mazelas são esquecidas, ou seja, reajuste pífio em janeiro de 6%, engodo do E.S., abono milionário para os dirigentes, pensionistas 60%, suspensão criminosa do BET, a volta das contribuições, atuação temerária do sr. MARCEL, Res. 026 e outras tantas arbitrariedades que estão ocorrendo com nosso fundo de pensão."

Em vista do caso da Res.26 já ser objeto do PL, Ação do MPF (engavetada).

PELO MENOS uma dessas entidades:
Conselho Fiscal da PREVI, ANAPLABB ou ANABB deveria cobrar na PREVIC ou na Justiça, com Ação Cautelar por ser VERBA ALIMENTAR... que:

1) A Previ cumpra o Acordo de 2010 sobre o BET; ou
2) O BB devolva os R$7,5 Bilhões mais benefícios recebidos por esse "Acordo 2010".
3) Suspensão por LIMINAR dos BÔNUS de R$500.000,00; em vista da "MAQUIAGEM" do Superávit - cadê a grana?

A propósito, LULA, DILMA, MANTEGA, GRAÇA, DAN, MARCEL, estão parecendo donos de pensão de raparigas, diante de tanta "Maquiagem".

Cadê o Balanço Trimestral de 07-09/2014 ?
Qual maquiagem estão preparando ?
Faz parte do "Sigilo Corporativo" ?

Anônimo disse...

Tomara que o juiz Sérgio Moro seja do mesmo sangue que o juiz Aldo Moro que bagunçou a máfia italiana tempos atrás, mas tem que tomar cuidado pois se não me engano o mesmo foi assassinado pelos mafiosos.
Deus queira que a história não se repita e o nosso Moro consiga acabar com esta máfia.

Anônimo disse...

Prof Ari, tem alguma noticia sobre a retirada das consignacoes da folha de pagamento pela previ? Nao consigo retirar a crediscoop e a alphacash.

Carlos-Rio Pardo(RS) disse...

Sr. Ari - Complementando o comentário do anonimo das 16:32h, também gostaria de saber se não há novidade sobre a retirada de débitos da fopag da Alfacash.
Abraço,obrigado.
Carlos-Rio Pardo(RS)

Anônimo disse...

Prezado Prof.Ary,

Por favor me explique do que adianta tirarmos os débitos de empréstimos da folha de pagamento (no meu caso a Cooperforte), se o Sr. Marcel já disse que a margem de 30% continuará
NEGATIVA SE NEGATIVA ESTIVER.E que se não for retirada, ficará mais negativa. Como pode isso? Se este empréstimo e outros mais não influenciam na margem? Não há coerência nesta atitude.
Um abraço.

Ari Zanella disse...

Amanhã vou ligar para o Major sobre o assunto.

Anônimo disse...

E alguém tem duvida que as decisões da diretoria da PREVI sempre foram politicas? Para que sindicalistas do PT tomariam posse nesta diretoria se não fosse para seguir as ordens do governo ? Acho que estamos nos preocupando pouco com o que pode ter acontecido todos estes anos na PREVI. Peçam auditoria. Berrem contra o viés ideológico dos dirigentes. Peçam PROFISSIONALISMO ! O Brasil vai sofrer muito em 2015 por causa deste PT corrupto e funesto. Nós não merecíamos isso. Mas podemos brigar pela não continuidade deste massacre. Pensem nisso.

Marcelino Maus disse...

PASSOU DA HORA.

Que saudade do JOÃO BATISTA !

PORQUE a Anta não aproveita a onda da DELAÇÃO PREMIADA ?

Marcelino Maus disse...

Socorro MPF, Juiz Moro, OAB, Senado.

INTERVENÇÃO na Previ JÁ !

Na PeTeroubras não há mais o que usurpar.

2013: PeTeroubrás tinha 32% de falir.
Por isso o PT fez o SAQUE TOTAL em 2014 ? http://exame.abril.com.br/negocios/noticias/petrobras-tem-32-de-chances-de-ir-a-falencia-diz-macroaxis

WILSON LUIZ disse...

Caro anônimo 15.12,14:58,
Na verdade, foi Giovanni Falcone o juiz assassinado pela máfia. Aldo Moro foi ex-primeiro ministro da Itália, assassinado, por motivos políticos, pelas brigadas vermelhas. Parece que o multi-assassino Cesare Battisti, a quem Lula concedeu asilo político, tinha ligações com esta organização terrorista.

Anônimo disse...




" CORDIALIDADE FAZ O MUNDO FICAR MAIS SUAVE'

Mestre, pelos pequenos gestos se nota a grandeza de alguém ou de
uma entidade. De que falo ? Falo do lindo cartão que enviaram pelo
meu aniversário. Para aqueles que gostam de saber a idade dos cole-
gas, não tenho problemas em dizer que nasci no século passado e
sonho adentrar o próximo, com a anuência da PREVI.Saude para to -
dos ! Divany Silveira - Oito Lagoas (como tem chovido)-MG

Marcelino Maus disse...

O BB nos roubou o BET ?

Reunião do BET em 10/01/14:
"Dan Conrado esclareceu que, segundo a Resolução CGPC nº 26, o BET só poderia continuar sendo pago se a Previ tivesse terminado o ano de 2013 com patrimônio que superasse o montante de R$ 143,25 bi, equivalentes a soma da Reserva Matemática (R$ 114,6 bi) mais os 25% de Reserva de Contingência (R$ 28,7 bi), calculados com base na Reserva Matemática. Como finalizou o ano com apenas R$ 22,2 bi na Reserva de Contingência, faltaram cerca de R$ 6,5 bi para compor essa reserva."

BET-BB: R$7,5 Bilhões repassados ILEGALMENTE.

Quero(emos?) nosso dinheiro de volta - R$50 bilhões desde 2002 ?

rafael campagnoli disse...

A mais nefasta influência sobre a Previ e grandes fundos foi a edição das LC 108 e 109, período de sua alteza imperial FHC. Foi ali que começou a história cujo meio e fim estamos assistindo. Estava tudo dentro do bojo da "privatização" com os fundos comprando ou tomando a frente de tudo ... Daí a imensa exposição da Previ em renda variável ( Petrobras, Vale, Embraer e um monte de canoas furadas ... ). O que esperávamos era o PT derrubando essa legislação nefasta, porque o voto de qualidade é exigência da maldita LC 109!!! Foi uma corrente de ferro e aço que puseram sobre nós. A divisão entre PB1 e Previ Futuro também foi pensada pelo Novo Rosto, Boos Allem etc ... Tudo o que estamos vivenciando foi adredemente pensado e urdido nas noites estreladas do planalto central ... E tem muitos AP-1 desses tempos encastelados no BB e demais estatais!Como a Veja e Globo eram blindadas, o engavetador geral da República ( Brindeiro? de brindes?) não abria nenhum inquérito e a PF não tinha "estrutura" capaz de investigar qualquer coisa ... Sonhamos com o PT para acabar com isso tudo. Que nada. Gostaram de sentar no trono e inovaram ... Agora, somente saindo às ruas e votando em diretores e conselheiros que estejam do lado dos aposentados e assistidos para conseguirmos alguma coisa. E olhe lá!

Ari Zanella disse...

Ao grande colega Divany,

Neste dia em que comemoras mais uma efeméride natalícia, quero estender de todo o coração os mais efusivos votos de um Feliz aniversário e dizer-te que é muito agradável contar sempre com seus bem humorados comentários.
Um forte abraço ao amigo e obrigado por tudo que faz por nosso grupo. Você anima, diverte e ajuda pela nobre solidariedade. Que o Senhor lhe abençõe cada vez mais!

16-12-2014

Anônimo disse...

Passeando pelos blogs, alguns defendendo a compra de ações da Petrobrás, já que estariam com preços convidativos em função da desvalorização, eu acho uma ótima idéia, desde que seja com o dinheiro dos outros, com o nosso jamais, é difícil imaginar a recuperação dessa empresa com mais quatro anos "da coisa", temo pela sobrevivênca da Previ, atravessar esses quatro anos não vai ser fácil, quanto a Petrobrás acredito que a única saída seria a privatização, recuperar a confiança do investidor vai ser um trabalho hercúleo, acho quase impossível nesse mar de sujeira.

Anônimo disse...

SOCORRO SÉRGIO MORO!!!!! VAI LÁ NA PREVI

VAI LÁ NA PREVI

VAI LÁ NA PREVI