BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

terça-feira, 25 de novembro de 2014

VOZ DA NOSSA PENSIONISTA

de: Rosalina de Souza

para: diseg@previ.com.br

data: 23 de novembro de 2014 11:30

assunto: Empréstimo Simples 2015, 77 anos

enviado por: gmail.com



Prezado Diretor Marcel J.Barros,



Tem muito se falado nas redes sociais, sobre uma nova configuração para o Empréstimo Simples, que teria como base o fim do formula 170, dando então nova composição sobre a expectativa de vida, hoje em 87 anos.

Para todos que estão com até 77 anos de idade seria beneficiado, em poder renovar seu ES em até 120 meses, com limite fixo de 145.000,00.

Tenho que parabenizar sua equipe e o diretor, pois se for mesmo verdade, estaria corrigindo um erro grave, que foi a exclusão dos mais idosos, hoje com 69 anos de idade, eu seria uma das beneficiadas desta nova composição, pois voltaria a ter o prazo máximo das prestações dos mais jovens.

Mas uma iniciativa sua, que também lhe dou os parabéns se for mesmo verdade é a retirada das demais consignações da folha de pagamento da previ, mas se for de iniciativa dos mutuários, já lhe adianto que não prospera, pois nenhuma das cooperativas, fhe-poupex ou financeira alfa, aceitaria parar de descontar diretamente no contra cheque.

Sabemos que aceitamos assinar um contrato para descontos direitos, mas nossa situação beira a penúria, por completo e os demais eleitos o culpam por não ceder em propostas que nos beneficiam diretamente.

A previ na ultima revisão FLEXIBILIZAÇÃO só fez receber a vista as parcelas suspensas, quem aderiu pagou a vista todas as parcelas suspensas de uma só vez, engordando os lucros da Previ, nesta modalidade de investimento.

Não espero muita coisa do senhor, que tem se mostrado um aliado do Patrocinador, mais um membro a favor das decisões do banco e contra os seus eleitores, mesmo eu não o considerando legitimo ganhador com margem apertada de apenas 660 votos, fez valer a vontade da maioria, e suas decisões mancham sua historia que poderia ser brilhante, com um gesto que aliviasse boa parcela do nosso PB-1 de pessoas sobre-endividadas.

Para quem ganha muito como o senhor, não sabe o tamanho do sofrimento porque famílias inteiras passam, mesmo o senhor tendo uma opinião formada a nosso respeito e sabedor de suas obrigações, continua fazendo uma politica suja e nefasta contra os que o elegeram.

Seu gesto de boa vontade, poderia ser mostrado, já em 2014, fazendo com que muitas famílias tivesse ALIMENTO NA MESA, pois a merreca que estamos ganhando, não é digna de uma ceia, dos tempos do passado.

Sei também que o Ilustre Diretor não gosta que usamos deste canal, para fazer reclamações, prefere que usemos o "fale conosco", com respostas robotizadas, neste aspecto seu colega Sasseron era muito mais gentil, dando respostas oficiais, mesmo que contra nossas pretensões mas fazia com cordialidade.

Espero que algo mude na sua visão e nos seus pensamentos, elogio sua boa vontade, e se a Previ romper os contratos com terceiros, ficando apenas as consignações do ES,terá o meu respeito, porque para mim esse é o maior problema, mesmo que todos os contratantes tenha que resolver na justiça com processos judiciais, que é um direito dos emprestadores, mas mesmo assim louvarei sua iniciativa, honesta e verdadeira, porque estará cumprindo tão somente a lei, e resguardando os direitos da Previ.

Mas esta questão é muito complexa e divide as opiniões, de um lado os que estão ainda equilibrados e do outro lado da balança aqueles que já chegaram no fundo do poço.

Nunca me esqueço das suas palavras, quando disse a você numa das minhas cartas enviadas a diseg por e-mail que só um milagre na vida financeira poderia nos tirar da atual situação, e você me respondeu que não era o ES-PREVI que traria a solução.

Hoje passado um tempo, continuo na esperança de um milagre, com 69 anos de idade, cansada de tanto lutar, quero que Deus me dê vida e saúde para pagar tudo que devo, mas sinto que minhas forças tem diminuído, com tanto sofrimento, por ter que contar cada trocado para sobreviver, tive recentemente que me mudar, para um lugar mais distante para pagar um aluguel mais barato, sinto que a vida esta tão difícil, que só Deus pode nos aliviar, se bater em seu coração a misericórdia e a boa-fé ajudar a todos nós, seus colegas.

Faço votos que reflita, pense um pouco e tome uma decisão definitiva, para agradar a todos, aumente o limite do ES para 160 mil e estenda o prazo para pelo menos 136 meses.

Assim estaria dando condições de ajudar a todos, sem distinção, voltando a próxima renovação aos 120 meses, com carência de 12 meses.

Assim entregaria seu cargo, sem ter que ouvir falar em ES, pois a próxima renovação só seria possível daqui a 24 meses.

Ainda dá tempo para tomar esta decisão e por fim a esta situação por completo.

Sei das suas firmes posições em dar a esse empréstimo 10 anos, 120 parcelas, mas não custa ouvir a voz dos associados pelo menos uma vez.

Quem sabe o Papai Noel Marcel, pode nos proporcionar um natal mais encantador, em um ano de corte antecipado do Bet e problemas na bolsa que fatalmente dará deficit por problemas estruturais da nossa economia.

Atenciosamente,


Rosalina de Souza
Pensionista

Matricula 18.161.320-4

43 comentários:

Anônimo disse...

Dona Rosalina,

Apesar dos fundamentos de seu apelo, não acredito que ele encontre guarida no pensamento do Diretor Marcel.
Isto, aliás, ele já vem demonstrando ao longo do tempo.
Vamos é ter que aguentar até 2016 e continuar batalhando para que seja efetuada a revisão dos benefícios assim que reduzido o percentual de contigencia, simultaneamente à queda da Res. 26. Assim o patrocinador não vai conseguir saquear mais nosso fundo.

Jeanne disse...

Parabens Rosalina, obrigada por expressar nossas pretensoes de forma tao clara e objetiva! Jeanne.

Anônimo disse...

Bom dia Prof.Ari. Bom dia, também, Sra Rosalina. O testo postado pela a Sra. Rosalina, enérgico e ao mesmo tempo comovedor, diz tudo. Porém, esse velho trambiqueiro(lembrando Sancerom), não acredita em bondade por parte deste senhor. Dos meus 73 anos já vividos, nunca vi nada parecido com esta FIGURA. Mas, como cristão que sou, desejo que o menino DEUS, de a ele o NATAL QUE MERECE. Tarcísio Augusto Bulhões Martins, Uberaba(MG) bão.

Anônimo disse...

Faz mais pelos assistidos que muitos "defensores" e administradores remunerados do Fundo.

Anônimo disse...

Aos Velhinhos,

Se não der para aumentar o valor, por favor Sr. Diretor, aumente o prazo, diminuindo a parcela a pagar.
Se acarretará mais juros, pelo prazo mais dilatado, verdade, eu prefiro, pois terei mais folga mensal em meus recebimentos.
Desta maneira poderei arcar com as despesas imediatas, de subsistência, tais como alimentação e remédios.
Natal, Pascoa, aniversários já estão descartados de há muito, para uma grande quantidade de aposentados e pensionistas.

valdevino disse...

Estimado Professor Ari,
ASSUNTO ESPECÍFICO: “ES”
Pelo que conheço, toda reunião é composta de dia e hora marcados e apresentação de pauta, portanto, as reuniões do “CD” não poderiam ser diferentes.
As noticias que temos sobre o assunto são evasivas (parece que decidiram semana passada, foi apresentada tal proposta, etc.).
Caso as decisões não sejam MONOCRÁTICAS (Dr.Marcel), parece-me que deveriam ser tomadas em “Pleno”. Fica a indagação: nossos diretores e conselheiros, que sempre continuarão merecendo meu profundo respeito, não poderiam informar o resultado das decisões já tomadas ou em andamento ? No blog do nosso estimado conselheiro Carvalho, há várias postagens sobre “transparência”. Não seria hora de darmos o exemplo ?
A “bola” está com você nosso grande defensor, professor Ari. Ajude-nos.
Obrigado

Anônimo disse...

Querido Ary Zanella,

Um bom dia a você.
Li o texto da Sra. Rosalina e penso que deveria ser direcionado a Folha de São Paulo para que todos pudessem ver realmente o estado critico em que se encontram os associados da Previ.

Um grande abraço,

Lú.

Anônimo disse...



" TÁ RUIM E PODE PIORAR !!! "

Mestre, confesso que peço a Deus que isto não aconteça , mas infeliz-
mente as coisas estão caminhando para um período de vacas magras e
até de inanição. De um lado, a presidenta vai ter de tomar medidas
impopulares para tentar recuperar as finanças do país, bem como re-
encontrar o caminho da boa governabilidade. Assim, são esperados au-
mentos dos combustíveis, energia elétrica, fretes, impostos( a arre-
cadação está decepcionante. O novo Refis não diz ao que veio ! ) e
o novo salário mínimo que já foi anunciado é um complicador em vista
da estagnação da arrecadação. Se não bastassem tantos problemas já
previsíveis, os militares das forças armadas estão preparando um mo-
vimento para reajustar seus vencimentos, pois sabe-se que tem estado
remunerando cabos e sargentos melhor que a União , o que vem causan-
do mal estar nos quartéis. No seio das estatais reina revolta pela
inexistência de justiça na forma de remuneração de vários segmentos.
Há dias, conversava com funcionários da Petrobrás num evento e per-
guntei a um conhecido em quem votaria p/ presidente e ele respondeu :
minha alma pede para eu votar no Aécio, mas meu bolso está sendo
tão bem tratado que fico com a Dilma.A coisa tá muito boa pra nós !
Como se vê, ninguém entende isto, pois o único lugar que não poderia
haver euforia em nenhum setor é na Petrobrás.So com muita reza tere-
mos um ano razoável. Um abraço,Divany Silveira-Sete Lagoas-MG

Cristina pensionista disse...

Cara Sra. Rosalina


Maravilhosas palavras que traduzem toda a aflição de todos nós e em especial das pensionistas. Parabéns! a Sra. é uma guerreira.

Anônimo disse...

O QUE CUSTARIA TER INIBIDO O DÉBITO DAS PRESTAÇÕES DE NOV/DEZ? PARA QUEM RECEBE 41MIL POR MÊS FICA DIFÍCIL SE COLOCAR NO LUGAR DE QUEM FARIA UMA ENORME DIFERENÇA. O QUE IMPORTA UM NATAL MELHOR NÉ DIRETOR? VOCÊ NÃO TÁ NEM AÍ E SÓ SE ELEGEU COMO TODOS PETISTAS SE ELEGEM: mentindo

Julita disse...

Parabéns,querida Rosalina!! Voce disse tudo o que eu gostaria de dizer! A nossa situação esta critica, principalmente com essa merreca que recebemos como voce bem disse no seu email para o Sr Marcel!
Fazemos parte da maior Caixa de Previdencia do nosso Pais da qual recebemos 60% da pensão por morte sendo que todas as outras pagam 80%!
Vamos torcer para que o Sr Marcel atenda esse seu pedido que voce faz em seu nome para todos nós!!! Obrigada pela sua luta ! Que Deus a abençõe!!!!

Anônimo disse...

Atualmente a Previ calcula a margem em 30% da nossa renda e autorizou que outras financeiras tivessem margem de consignados superando mais de 60% da nossa renda.Se a Previ tirar os demais credores da folha fica confortável com os 30% que é o limite da lei e os outros débitos que ficarem fora pagaremos como? E mais: como a margem da Previ já está no limite não haverá aumento dela com a exclusão dos demais débitos da folha.Com todo respeito gostaria que fosse esclarecido o motivo do Marcel ter sido parabenizado por querer retirar os demais consignados da folha.Qual seria a nossa vantagem com a Previ e como ficaremos com os outros credores? Desculpem se não entendi e me esclareçam por gentileza.

Anônimo disse...

1. O atual capitalismo bursátil é uma espécie do gênero conspiração;
2. O verdadeiro fundamento da Bolsa atual é a exploração dos trabalhadores (leia-se: exploração dos aposentados e pensionistas);
3. A Bolsa brasileira está em tendência irreversível de baixa...

Assim, as três teses acima mencionadas se interpenetram se complementam.

Abaixo segue algumas pílulas do trabalho acima mencionado:

https://drive.google.com/file/d/0B9XGyMFsJ0D8bGhpNzNZeXo0Z0lUWmxqekQxc3JIZDd5VnpB/view?usp=sharing

Ajude-nos a recompor nosso fundo de pesquisa:

CEF - Caixa Econômica Federal
Agência - 1532
Tipo da operação - 013
Numero da conta - 14167.1

Anônimo disse...

O CAMPEÃO BRASILEIRO É O CRUZEIRO.
MAS HÁ UMA DISPUTA EM ANDAMENTO.
ATÉ 31.12.2014, OS SEGUINTES JOGOS ESTARÃO EMPATADOS:
1 - MÍDIA X PETROBRÁS
2 - MÍDIA X PREVI.
Serão tantas que a posição da Previ, em seu site, passarão a ser repetitivas por falta de argumento. Contra fatos não há argumento.

Anônimo disse...

E aquele caso da cooperativa habitacional dos bancários de São Paulo? Salvo engano o Vacari foi o mentor da Caca.

Dr. Marcel sua excelência conhece o Sr. Vacari?

Qual o grau de relacionamento de vossa excelência com o Sr. Vacari?

O Sr. Vacari visitou vossa excelência na Previ alguma vez?
Caso positivo, qual o motivo da visita do Sr. Vacari?

Sem mais perguntas

Tarso Garbelini disse...

Agradeço a você Rosalina por ser autêntica e corajosa, nunca se envergonhou de expor a verdadeira situação de penúria dos aposentados e pensionistas da Previ e luta por justiça persistentemente, você disse tudo guerreira Rosalina, vamos confiar que consigam ver que não sobrevivemos mais se algum acerto não for feito

Anônimo disse...

Agradeço a você Rosalina por ser autêntica e corajosa, nunca se envergonhou de expor a verdadeira situação de penúria dos aposentados e pensionistas da Previ e luta por justiça persistentemente, você disse tudo guerreira Rosalina, vamos confiar que consigam ver que não sobrevivemos mais se algum acerto não for feito

Fernando disse...

Mais um Natal nas minguas,,,,,
Não respeitam os Idosos
Nenhuma promessa cumprida do Sr Marcel e depois não quer que reclamemos.Me poupem Affff

Rosalina de Souza disse...

Prezado Colega das 12:37,

Parabéns sim ao Sr. Diretor de Seguridade,caso venha se confirmar a exclusão da nossa folha de pagamento dos débitos de terceiros,autorizado por nós diretamente no contra cheque.

Imagina o poder que estes operadores estão fazendo para continuar da forma que esta, com descontos que não podemos mais suportar.

Pela logica a Previ limitando em 30% nossos benefícios, quem tem que resolver a forma que vamos pagar somos nós que fizemos e assinamos os contratos, e renegociando com fiz com todos, a cooperforte cheguei a pagar a 3 anos atrás 1.300,00 reais mensais, hoje com acordo e usando parte do meu capital pago 300,00 por mês, renegociando a cada 6 meses, a continuação ou aumentando os descontos para quitar o debito.

Agora a lei deve ser cumprida, e o corpo jurídico da previ com certeza alertou que os juízes pode penalizar a Previ apos confirmar a agiotagem que nossa folha de pagamento é aplicada nos dias de hoje.

Quantos anos faz que denunciamos esses problemas, e só apos a Previ receber os primeiros lotes da ação 30% consignado da ANAPLAB foi que medidas estão sendo tomadas.

Não adianta para resolver os nossos problemas, temos que enfrentar as lides que virão, não existe outra saída, pois a repactuação dos débitos a Previ recusa a resolver e sem o corte ser feito pela Previ, nunca vamos ter esses descontos paralisados, ou alguém imagina que apenas com carta com AR esses agentes financeiros vão nos ouvir?

Só acredito se a Previ,como norma interna por fim nos descontos acima dos 30%.

Atenciosamente

Rosalina de Souza
Pensionista
Matricula 18.161.320-4

Anônimo disse...

Concordo que a Previ deve limitar os descontos em 30% não autorizando outros descontos daqui para frente.Para os consignados que já foram feitos com autorização da Previ o rateio dos 30% entre todos é a solução mais justa principalmente para nós.Nós assinamos os contratos mas a lei que limita os descontos é de 2003 e a Previ ignorou. O Judiciário tem sido bem claro em atribuir a responsabilidade pela não observância do limite a quem autoriza os débitos consignados.O PLS 283/2012 também tem esse entendimento.Logo a Previ é quem tem a responsabilidade pelos consignados que ela autorizou.

Anônimo disse...

A questão da retirada dos outros empréstimos é polêmica.Ficaremos com a Previ que já não pode oferecer mais nada. Eu sou contra e para mim pelo menos a Cooperforte smpre foi muito útil.Para diminuir os débitos a Previ deveria aumentar o prazo SEM AUMENTO DE LIMITE.Quem está na lona por causa de empréstimos não pode querer mais empréstimos.

Anônimo disse...

Caros Colegas,

Precisamos de aumento nas aposentadorias e então poderemos resolver nossas dívidas, por todos os lados.

Goulart disse...

Tambem entrei com a ação dos 30% consignado na Folha, e acho que a maioria que esta sufocada, graças a competencia da Anaplab, em nos ajudar. Muito obrigado por mais essa oportunidade de aliviar um pouco os nossos vencimentos, para nossa própria sobrevivência. Tudo de bom para todos nós aposentados e pensionistas, Aposentado do Paraná. E voce colega Rosalina, que Deus lhe de forças de organisar sua vida cada vez mais, e com sua vivência, pelo que voce passou, possa ajudar e orientar muitos de nós. Obrigado.

Anônimo disse...

Querida Rosalina, espero que a sua carta seja lida com carinho, que suas palavras sejam levadas em consideração. Que não seja mais um apelo em vão.
Parabéns! Você é uma guerreira!

Anônimo disse...

Chega ser dramática essa situação na Previ da banana comendo o macaco, ou da salsicha comendo o cachorro. Os donos do fundo tem que mendigar o empréstimo a juros do seu próprio dinheiro a pessoas colocadas pelos próprios. É cômico se não fosse trágico. Parece piada de português.

Anônimo disse...



Sra. Rosalina;

Que Deus te abençôe.

" O Bem sempre vence o Mal"

Anônimo disse...

Mestre Ari Zanella,

Observo que muitos mesmo acima do limite de 30%, quer continuar descontando os empréstimos de outras instituições.

Na verdade fica claro que muitos não quer saldar suas dividas e sim ter novos limites de endividamento.

Dona Rosalina foi muito clara, para termos de volta nossa dignidade e nossos benefícios tem que cortar tudo, para de renovar empréstimo, seja onde for e viver com 70% do beneficio, até a quitação total das dividas.

Os relatos são claros, para se chegar ao fim das dividas apenas com sacrifício.

Para aqueles que prefere o rateio a solução é mesmo a ação 30% anaplab, quem aderir vai ter o rateio justificado na ação.

Para aqueles que preferiu renegociar e mesmo assim pagar mais de 30% dos seus benefícios o faça diretamente através de Boleto, ou outra forma como desconto em C/C que é aplicado no contrato quando assinamos para ser sócios das cooperativas.

Nada vai mudar, quantas cooperativas no Brasil, são geradoras de lucros, vejo o caso da UNIMED que tem milhares de associados, é uma maneira da COOPERFORTE virar banco de verdade, com talão de cheque e cartão de credito.

Querendo ou não esses serão os próximos passos destas cooperativas, se não tem para quem emprestar, elas não existem de fato.

Tudo no começo é novidade, depois se aprimora e si chega ao consenso.

Anônimo disse...

Rosalina, parabens pela iniciativa. Infelizmente, para mim, so adianta acao dos 30%consignado. Ha dois anos ja tentei negociar com todos os meus credores e ninguem quis, ninguem quis sair do contracheque mesmo com AR e depois encaminhado para a Previ. Hoje eu ja nao quero mais renegociar com ninguem. O meu negocio e de acordo com a lei. So posso pagar 30 dos meus rendimentos rateados entre todos. Acredito que estejam pipocando acoes deste tipo na previ, por isso a fala do Marcel.

Anônimo disse...

Ari,

A resposta da Previ/Marcel é e será técnica.

Sem margem de crédito, não haverá aumento de crédito.

Simples assim, seja no fundo ou em qualquer Banco.

Se quer aumento no benefício, que é a solução, para todos, agora, antes de tudo, a parte política tem que ser maior que a técnica.

Vamos fustigar as forças políticas, acima dos diretores da Previ, para que corrijam o histórico de distorções no fundo Previ.

james

Anônimo disse...

Cara Rosalina,

Muito boa a sua postagem, colocou de forma bem clara a nossa situação e a das pensionistas. Que você seja ouvida.

Um outro assunto. A PREVI, que tanto se indignou com o manifesto dos nossos eleitos e de outros dirigentes, precisa ler o que se noticia sobre os fundos de pensão.

O blog http://tribunadainternet.com.br publica um artigo de Carlos Newton, que vale a pena ler.

Tentei incluir todo o artigo neste comentário, mas a limitação de caracteres impediu.

Então sugiro que acessem o endereço acima e leiam a publicação “SINDICALISTAS DO PT DILAPIDAM OS FUNDOS DE PENSÃO HÁ 12 ANOS”.

O artigo mostra que o aparelhamento é completo, e a PREVI ainda tem a ousadia de negar evidência tão contundente.

De novo outro assunto: Ari, eita caracteres complicados de ler...! Vou agora para a quarta tentativa, se for publicado é porque acertei nesta quarta.
Lydio

Anônimo disse...

Quando serão as próximas eleições na Previ para a DISEG? PT nunca mais! BET virar BEP? Mentira é igual a algumas pessoas: TEM PERNAS CURTAS - Qualquer semelhança não é mera coincidência

CHAPA 3 NELES TRAVEIS

Anônimo disse...

Conselheiro Ari Zanella,

um manifesto como este de uma pensionista, deve ajudar muito nossos eleitos da chapa 3.

Vi uma reportagem onde a presidente da anapar,diz que com a nova metodologia de calculo valido para 2015, os participantes tem que ser mais vigilantes e mais responsáveis em buscar dos eleitos expectativas na gestão.

Com nossa economia em péssimas mãos e ajustes certos para os próximos anos, devemos ter os dividendos afetados.

As aplicações é outro tema preocupante, pois a própria previ admitiu em sua nota que o planejamento esta nas mãos dos associados, ou seja nas mão do seu colega de chapa Décio, antes ocupado pela Cecília.

Ari o que podemos esperar em 2015, coisas boas ou ruins, teve com o homem e ele parece não deseja o mesmo que nós.

Apesar que quando fez a entrevista com a Leopoldina, disse que nós éramos donos, não assistidos.

Anônimo disse...

Não perdem uma chance mesmo:
"PETROBRAS CRIA CARGO DE DIRETOR CONTRA FRAUDES E CORRUPÇÃO".
FONTE:http://economia.ig.com.br/empresas/2014-11-25/petrobras-aprova-criacao-do-cargo-de-diretor-contra-fraudes-e-corrupcao.htm

Mais um cargo de livre nomeação. Imaginem de qual sindicato ou partido será o sujeito e a estrutura/penduricalhos de tal diretoria. Mais um trem da alegria para fazer a mesma coisa que o tribunal de contas, PGU, PREVIC, CGU e outros do gênero fazem, ou seja, nada...apenas onerar e aparelhar.

Anônimo disse...

Ari,

Uma pergunta básica, sobre o ES.

O Marcel disse que o ES tinha virado seguro em vida, e que o fundo de quitação por morte não era suficiente para cobrir todos os gastos.

A entrevistadora lhe retrucou:

Mas todos os participantes não vão morrer ao mesmo tempo.

Então com a pressão da chapa 3, vejo que alguma coisa mudou, e o Marcel esta sendo obrigado a modificar o ES, pois para ele engolir modificar a formula 170, deve ter ficado uma semana sem falar com esposa e filhos de tanto desgosto.

No congresso o homem estava alegre ou demonstrava reticente com as próximas novidades.

Conte um pouco mais dos bastidores Professor.

Anônimo disse...

Querido Professor Ari, afinal o ES foi ou não foi decido na Diretoria Executiva.

Antonio Carvalho disse...

Prezados Valdevino, Goulart e demais Anônimos:
Este assunto Empréstimo Simples vem sendo tratado e se arrastando na Diretoria a quem compete a decisão. Temos apresentado sugestões, inclusive de um colega que sugeriu renegociar os empréstimos imobiliários. Nosso desejo e nossa luta é no sentido de melhorias que atendam a todos. Não está sendo fácil.

Carvalho 25 de novembro de 2014 04:45

Ari Zanella disse...

Quando eu conversei com o Marcel, os estudos já estavam definidos. Pelo jeito aquele Manifesto deve ter irritado o diretor de Seguridade, mas não a ponto de ter interferido na ordem das votações. Vamos aguardar. Na outra terça vou ao Rio participar da última reunião do ano dos Conselheiros Consultivos, e vou me inteirar melhor.

Anônimo disse...

Poderia, também, haver refinanciamento de imóvel próprio. Eu, por exemplo, tenho um limite de R$ 120.000,00, que posso financiar em até 240 meses. Não me importaria em hipotecar meu imóvel quitado e pegar essa grana, mas a PREVI só me financia se o imóvel não estiver há pelo menos 3 anos no nome de meu filho, por exemp-lo. Uma pena.




´´ovel própiro

Anônimo disse...

Prof. li há pouco noticia que a Sette Brasil que vai comprar as sondas do presal e alugar para Petrobras tem um diretor ou ex-diretor também na lava-jato.A Previ e outros fundos e bancos mais a Petrobras são sócios na empresa. Ela adiantou milhões de dolars para estaleiros que iriam fabricar as sondas e eles não estão nem prontos.
Um dos fundos de pensões quer deixar a sociedade. Será que é a Previ que acordou?

Anônimo disse...

Rosalina querida, cada dia que passa mais eu te amo sabia? Vc tinha que está lá na PREVI nos representando. Parabéns!

Anônimo disse...

D.D. Eleitos da Chapa 3 - solicitação que enviei à PREVI:

Senhores Diretores Eleitos, Indicados, Membros do CD e do Conselho Fiscal da PREVI:

Assunto: desoneração da MC de 30% do Contra Cheque PREVI, ES 160/120.

Várias Instituições não consideram na MC de 30%, as contribuições a Planos de Saúde, por terem caráter de Investimento e desoneração das despesas de Saúde da Família, que evita a dependência exclusiva do SUS, sem maiores custos.
Inclusive as contribuições à CASSI, não deveriam ser consideradas DESPESAS, eis que proporcionam investimento/vantagem financeira na manutenção da saúde da família inteira, não apenas do Assistido.
Nessa análise, a verba C820, deveria ser desconsiderada na MC 30%.

Aproveitando: a cobrança da 13ª. parcela dos Planos de Saúde é ILEGAL, conforme a Súmula 126 do TST.

Vejam o Decreto da Assembléia Legislativa de SP, fato que se repete em várias UF:
- DECRETO Nº 60.435, DE 13 DE MAIO DE 2014 (Assembléia Legislativa SP)
...
“Artigo 5º - São consideradas consignações facultativas:
I - contribuição para plano de seguro em geral e plano de saúde, inclusive odontológico.”
http://www.al.sp.gov.br/repositorio/legislacao/decreto/2014/decreto-60435-13.05.2014.html

Então, Senhores Diretores, aguardo estudos e providências sobre o tema: MC 30%.
Sobre o Teto/Prazo do ES, sopesadas as questões da idade avançada, FGM, etc., venho registrar que cabe ES 160.000,00/120, cuja regulação será pela MC 30%, que deveria ser desonerada:
1 - De imediato, desconsiderar definitivamente a Verba C820 na MC 30%.
2 – Excepcionalmente em Dezembro/2014, desconsiderar a Verba C800, que corresponde a 4,8% do Benefício Bruto; cujo reajuste pelo INPC em Janeiro (6%) compensará com sobras a supressão provisória (em 2014) dessa Verba (C800).

Desonerar a MC 30%, elevar o Teto para R$160.000,00; ajuda MUITO os Participantes, não compromete o Investimento Rentável e Seguro da PREVI.
Não vislumbro nenhuma agressão a regulamento da Previ, situação que acaso ocorra o CD tem poder para modificar.

Dia 02/12, tem reunião do Conselho Consultivo.

Marcelino Maus
6752890

Anônimo disse...

Prezado Ari, desvinculei o beneficio INSS da PREVI há dois meses e percebi que a CASSI cobra sobre os dois, isso é correto?

Ari Zanella disse...

Está correto sim, é previsto no Estatuto. Acontece o mesmo com o nosso tesoureiro, o Gilvan, que também recebe os benefícios em separado.

Anônimo disse...

Obrigada Ari pela prontidão em nos responder, sou anônima das 08:02, seu blog nos é indispensável parabéns.