BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

domingo, 24 de agosto de 2014

SINUCA DE BICO

De: jrossineto1@uol.com.br
Enviada: Domingo, 24 de Agosto de 2014 15:55
Para: presi@previ.com.br
Assunto: BONECOS DE VENTRÍLOQUOS AGEM SEM ÉTICA NA PREVI.


Exmo. Sr. Dan Conrado.

Ilustre Presidente da PREVI.

Senhor Presidente,

 

                            Esse Conselho Deliberativo e Diretoria Executiva da PREVI efetuaram destinações da Reserva Especial (superávits), em três oportunidades, uma em 2005, outra em 2007 e a última em 2010 (R$15 bilhões), isto focando apenas o triênio que queremos destrinchar.

As duas primeiras (2005 e 2007) foram tranquilas, justas, honestas, com supedâneo na LC 109/200, onde 100% dos superávits foram canalizados corretamente para revisão do PB1 e revertidos em melhorias dos benefícios dos legítimos proprietários, já que a ILEGAL, desonesta, fraudulenta e vilipendiosa Resolução MPS-CGPC-26/008 só foi assinada pelo traidor José Pimentel em 29 de setembro de 2008.

                           Após a sua edição irregular e desrespeitosa, instalou-se o caos e emergiu o conflito de normas (antinomia) e oficializou-se o rombo nos nossos recursos financeiros para favorecer o patrocinador BB (R$ 7.5 bilhões em 24/11/10).

                          Contribuições foram suspensas no período de 01/2007 a 12/2013 e como na destinação de superávits em 2010, ninguém havia vertido nada a favor da PREVI nesse intervalo temporal, sobretudo o patrocinador BB, utilizou-se as contribuições vertidas nos últimos três exercícios (2004 a 2006) que antecederam a janeiro/2007, data do início da supressão integral, fato que ensejou a aplicação da “Proporção Contributiva” prevista no § 1º do artigo 15 da Resolução 26/2008, cuja redação foi reproduzida no final para facilitar o entendimento da matéria.

Portanto, utilizadas as contribuições do patrocinador BB  recolhidas nos anos de 2004 a 2006  para viabilizar a distribuição de superávits de 2010, caso não retomasse o pagamento das contribuições a partir de janeiro de 2014, mesmo estando a Resolução 26/2008 em vigor, as artificiais e irregulares manobras “Reversão de Valores” e ”Proporção Contributiva” não poderiam ser novamente computadas para efeito de recebimento dos 50% em futuras destinações das Reservas Especiais, a partir de 2014, posto que queimadas/consumidas na destinadas de 2010, usá-las novamente (contribuições passadas -2004/2006), efetivamente, seria empregá-las em duplicidade ou repetidas vezes, o que redundaria em absoluta IMORALIDADE, afora o fato de que soaria indevidas e inaceitáveis.

 

                           Os números da PREVI, uma vez fechados, os resultados técnicos dos balanços são analisados de forma isolada, ano a ano, sejam positivos ou negativos. Deste modo, concluo que a volta da cobrança das contribuições foi uma ordem do BB para não tisnar as normas e vetar a sua graciosa meação (50%) em futuros superávits.  De igual forma, acredito que o corte do BET também deriva de determinação do banco, sempre no seu papel de aproveitador, por vias tortuosas, de dinheiro privado, carimbado para  honrar os benefícios pactuados com o Fundo de Pensão.

                     De outra parte, nesse coliseu moderno, chamado de PREVI, os Leões são famintos, insaciáveis e os associados foram entregues as feras metafóricas. Pagam por erros administrativos equivocados dos atuais gestores, tendo como ponto estrangulador, a recalcitrante e desastrosa decisão de concentrar a maior fatia do dinheiro em “Rendas Variáveis” (+ de 60% do Ativo Total) e nós, associados, somos os únicos penalizados e submetidos, depois de velhos, aos altos e baixos das Bolsas de Valores, gerando clima de ansiedade, aflição, tristeza e angústia.

                          A situação financeira que já era péssima, insustentável, agravou-se e despencamos no abismo da insolvência total, sem margens de reabilitação e o corte dos 24,8% nos benefícios foi o pingo d’água que faltava para transbordar o copo, ratificado o adágio de que àquilo que é ruim pode piorar.

                      Os cenários econômicos do passado não servem para o presente. Antes as Rendas Variáveis produziam altas rentabilidades e mascarava a incompetência dos dirigentes, mas, hoje, a conjuntura hodierna é outra, as situações favoráveis ruíram em consequência das crises financeiras mundiais e os defeitos de gestão aparecem com o não atingimento das metas de rentabilidade (5% + INPC), evidenciando táticas negociais mal calibradas.

                     As aplicações em Rendas Variáveis (Bolsas de Valores) sempre foram e são negócios de elevadíssimos riscos, agora agravadas depois da emblemática crise de 2008, ainda não debelada, resultando em baixa rentabilidade e desinvestimentos complicados.

                          Desfazer-se de grandes volumes de Ativos descartáveis (ações) é quase impossível. Investimos exagerado em ações e criamos armadilha própria e intransponível. A sinuca é de bico e o preço para sair é alto, podendo redundar em expressivos prejuízos, caso a desmobilização não seja gradual. Inundar o mercado com ações negociáveis e fechar vendas é suicídio e efetivação concreto de prejuízo, eis que sai do déficit contábil, virtual, para uma realidade negativa, nua e crua.

 

                        O pior cego é aquele que não quer ver a tragédia iminente. Enfim, os tempos são outros, sendo imperioso adequar-se aos novos rumos do mercado mundial, diversificando as aplicações financeiras para coibir déficits.

                          Essa Caixa com essa insistência absurda e irresponsável de manter o grosso dos recursos em ações e fundos de ações, sem dúvida, transformou-se em uma máquina de fabricar doentes mentais. O Corpo Social está em processo de ebulição e pode explodir a qualquer momento, utilizando como arma democrática, o poder do “Voto” nas urnas contra as ações nocivas praticadas pelo Governo da situação, coadjuvado pelo seu lacaio BB.

                          Tomem medidas corretivas necessárias, enquanto podem, revisando a rota dos planejamentos estratégicos, minorando o massacre aos associados, tendo em vista que o Governo e o patrocinador BB não são donos da PREVI, as ordens deles emanadas são verbais, sem recibos, impressões digitais e outras provas cabais, suficientes para comprometê-los e são vocês, Diretores Executivos, que poderão ser processados, amanhã, por “Gestão Temerária”. Em suma, deem a César o que é de César, ou seja, ao Corpo Social o que lhe é de direito. Aguardamos análise e providências urgentes sobre o aqui exposto.

 

 “Da Proporção Contributiva

Art. 15. Para a destinação da reserva especial, deverão ser identificados quais os montantes atribuíveis aos participantes e assistidos, de um lado, e ao patrocinador, de outro, observada a proporção contributiva do período em que se deu a sua constituição, a partir das contribuições normais vertidas nesse período.

§ 1º Na hipótese de não ter havido contribuições no período em que foi constituída a reserva especial, deverá ser considerada a proporção contributiva adotada, pelo menos, nos três exercícios que antecederam a redução integral, a suspensão ou a supressão de contribuições, observada como limite temporal a data de 29 de maio de 2001”.

 (Correio eletrônico enviado a Dan Conrado, por João Rossi Neto)

51 comentários:

Anônimo disse...



" O PARAQUEDISTA, O CAMINHÃO , A PREVI E O VOTO DE MINERVA. E NÓS ?"

Mestre e amigos, lendo este brilhante trabalho de João Rossi, tão bom
ou melhor que os anteriores, lembrei de uma história dos meus tempos
de exército: era o primeiro dia de salto para os paraquedistas e o
sargento deu a seguinte explicação : pule do avião,conte até 03 e a-
perte um botão do lado direito do seu colete;se houver problema ,do
lado esquerdo há outro, mas, se o impossível acontecer e nenhum abrir
ainda tem um chamado "the last" que está no colarinho. Fiquem tran
quilos que lá embaixo tem um caminhão esperando vocês. O primeiro solda-
do que pulou apertou um botão, e nada,apertou o 2º e o 3º negativos ;
então ele resmungou, só falta o caminhão não está lá embaixo.Eu sei que
muitos colegas devem estar pensando: o mineiro deve ter bebido ou pirou.
Mas vejam bem, se não estamos na situação do paraquedista: o l° botão
seria o BET que foi surripiado, o 2° botão cujo ato não entendemos seria
o retorno da contribuição , para azucrinar , o último botão pode ser o
EMPRESTIMO SIMPLES cuja elaboração deve ter sido feita por sociopatas (
gente que só tem patas)e o caminhão ,perguntarão ? É o voto de Minerva
que é sempre a morte de nossos sonhos !!!Um abraço,DivanySilveira-SL

Anônimo disse...

Muito bom o texto do colega Rossi. Se antes de 1979/1980 (ou 1990 com inércia) a palavra chave era INCERTEZA, apos o período mencionado passou a ser CERTEZA a palavra chave. Entretanto, esta certeza se desdobra em dois resultados. Em outros termos, certeza de ganho até uns quatro anos atrás; e certeza de perda de uns quatro anos para cá.

Anônimo disse...

Sr. Presidente Dan Conrado

Cabe publicamente sua resposta em justificativa a este e-mail.
Nós aposentados, aguardamos.

Anônimo disse...

Eu fico sem fala cada vez que leio um texto do Rossi pela sua inteligência, conhecimento profundo e CORAGEM.Mas até choro de pensar que os ignorantes que controlam a Previ não dão a menor importância.Um dia isso vai acabar!!!!!!

tarcisio augusto bulhoes martins disse...

Prof. Ari bom dia. Graças à Deus que temos o CHICOTE NAS MÃOS CERTAS DO SR. JOÃO ROSSI, castigando sem dó esse (dan minúsculo, cara de bandoleiro mexicano), e seus quadrilheiros de plantão. E também, o post do Sr. Divany, com relato que nos desopila o FÍGADO. Tarcísio.

Anônimo disse...

Escandaloso e imoral é o Patrocinador (BB) assinar um acordo de cessão de funcionários, com a Previ, estipulando que a remuneração dos mesmos ( bônus e PLR) devem ser idênticas às dele ( Patrocinador), como se lá estivessem trabalhando ( mas não estão), e cujos signatários ( pela Previ) são os próprios interessados.
Será que todos aqueles cedidos recebiam no BB o que vão receber( ou receberam,)na Previ?
Eram todos Diretores e foram cedidos?

Ari Zanella disse...

HELENO PINTO NOBRE deixou um novo comentário sobre a sua postagem "SINUCA DE BICO":


SEM QUERER TRIPUDIAR E JÁ TRIPUDIANDO ; SERÁ QUE O 1o. MANDATÁRIO DA PREVI ; "DAN CONRADO" ; IRÁ ENTENDER O QUE LHE FOI DIRIGIDO ATRAVÉS DO EXPLANADO POR JOÃO ROSSI NETO ???
SINCERAMENTE EU RESPONDO . DUVIDO .!!!!

SEM MUITO A ACRESCENTAR ; DUVIDO QUE ELE ENTENDA O QUE FOI DISSERTADO .

VALEU PREZADO COLEGA ; JOÃO ROSSI NETO . COMO SEMPRE ; NÃO DEIXANDO FALTAR OS PINGOS NOS "is" .!!!

EU ESTOU AQUI DESDE SEMPRE; HPN; MATRIC. 3984740-3 ; JAMAIS ANÔNIMO ; EMBORA A MAIORIA NÃO GOSTE DE SE IDENTIFICAR . ATÉ A MORTE .!!!!

Humberto disse...

Prezado João Rossi, muitos colegas certamente já disseram anteriormente o que estou dizendo agora: teus comentários a respeito da Previ são muito lúcidos, pertinentes e nos trazem muitos conhecimentos sobre nossa entidade. Precisamos que outros colegas que também tenham tais conhecimentos nos esclareçam e tragam mais informações.

Considero ainda que devemos reunir, mesmo que através dos blogs do Zanella. Do Medeiros e do Carvalho, um grupo de colegas que se disponham a esmiuçar os normativos, estatutos e regulamentos da Cassi e Previ e propor mudanças nestes normativos, especialmente no caso da Previ onde existe previsão legal de consultas ao Corpo Social, obedecendo alguns requisitos.

De minha parte, acho que temos que acabar com as nomeações de Conselheiros em empresas participadas de pessoas que detenham cargos em outras instituições, seja Cassi ou Previ, bem como evitar acumular funções de Conselheiro ou outras quaisquer nessas empresas/entidades, evitando assim eventuais conflitos de interesses ou outras situações.

Exemplificando: um Diretor ou Conselheiro do BB, da Cassi ou da Previ não poderá exercer qualquer cargo nos quais a Previ tenha participação financeira. Antes da eleição ou nomeação ele terá que escolher em qual entidade vai desempenhar cargos ou funções.

Assim estabelecida essa condição, certamente vai democratizar essas nomeações/indicações, dando oportunidades a outros colegas detentores de conhecimentos e requisitos indispensáveis para melhor desempenhar tais funções.

Teria ainda outras sugestões, mas hoje ficamos por aqui,
Um abraço.
Humberto Stumpf - Caxias do Sul - RS

Anônimo disse...

Considero ainda que devemos reunir, mesmo que através dos blogs do Zanella. Do Medeiros e do Carvalho, um grupo de colegas que se disponham a esmiuçar os normativos, estatutos e regulamentos da Cassi e Previ e propor mudanças nestes normativos, especialmente no caso da Previ onde existe previsão legal de consultas ao Corpo Social, obedecendo alguns requisitos.
25/08/14 13h39min

Think different (Steve Jobs)...

Anônimo disse...

Sr. Anônimo Steve Jobs...

O Edgardo já detalhou tudo e mais um pouco.
Leia, por favor o blog do Ed e terás um rosário de exposições sobre os temas e com muita profundidade. É só pegar e levar aos causídicos.
Abraço

Anônimo disse...

Sr. JOÃO ROSSI NETO

O sr. falou certo,curto e grosso.
Gostaria de ver Dan responder coerentemente. Quem me dera se o fizesse, mas respondendo coerentemente.
Nós aposentados esperamos.
Abs.
CELSO BERNARDES
FORMIGA-MG

Anônimo disse...

Tem muita gente boa aposentada com capacidade suficiente para ajudar.

Professor Zanella, pq não propor um ENCONTRO NACIONAL DE APOSENTADOS BB, dirigido pela ANAPLAB, com grupos separados por assunto sob coordenação de quem domine o mesmo?

Apenas uma idéia

Zé Furtado

Anônimo disse...

Bolsa hoje subiu 2,27% atingindo o patamar de 59.735, se chegar a 60.000 teremos novo bet e a previ enriquece de vez.

Anônimo disse...

Nós ficamos batendo e batendo nos mesmos pontos. Bater pra valer em quem precisa ser batido não fazemos. por que sabemos de tudo e não conseguimos nada? Nosso advogados são medíocres ? os dos mensaleiros eram ótimos. Por que não pagamos a um bom causídico para que leve nossas reclamações à justiça? Não preciso mais que me apontem os erros. Preciso que me ajudem a apaga-los.

mary disse...

Certamente que com índice da IBOVESPA sempre alcando os 60.000 pontos e que logo irá a mais, Creio que a Previ logo terá um novo SUPERÁvit a Distribuir e Espero que da Próxima Vez nÃo Seja BET, mais em Benfícos e que aqueles que recebem o Minimo, Possa ser Reconhecido, Votei na chapa 3 Porque Reconheco a Capacidade da diretora Cecília, de Medreiros e de todos aqueles que Compõem a Chapa e Creio que Não Ião nos decepcionar. Está Escrto na Biblia que: O Choro pode Durar uma Noite, Mais a Alegria Chega ao Amanhecer. Deus Ilumine a Todos Voces, está Dificil Nossa luta sem o Bet e só Deus sabe o que Cada um Está Passando, Porque tem Os Necessitados que Ganham Pouco ou Pouquissimo e tem aqueles que ganham Razoavelmente Bem porém assumiram compromissos acima da sua capacidade. Porem Creio que Um Dia quem sabe, pode até Estar Próximo vai haver um Outro SUPERAVIT e aí Vamos ter a oportunidade de Vermos sentar na mesa de negociações e traçar um Plano Justo e digno, Não para beneficiar uns mais que Outros Como Foi o Bet, Porém que contenple a todos.

FRANCISCO JOSÉ DA SILVA NETO disse...

COLEGA ZANELLA,
SINCERAMENTE, GOSTEI DO SINUCA SEM BICO.MAS GOSTARIA QUE HOUVESSE UM BICO SEM A SINUCA EM QUE OS DIRIGENTES DA PREVI NOS METERAM.
EU MESMO JÁ PEDI A PREVI TODAS AS DEMONSTRAÇÕES PRESCRITAS NO ART.13 DOS ESTATUTOS DA PREVI. MANDARAM EU LER OS RELATÓRIOS ANUAIS. PODE? PODE. ELES PUDERAM MASCARAR TUDO E, MESMO CONCLAMANDO OS PARTICIPANTES, NENHUM APOSENTADO JUNTOU-SE AOS MEUS RECLAMES.
SABE O QUE FALTA PARA DERRUBARMOS OS DESMANDOS NA PREVI? UNIÃO ENTRE OS PARTICIPANTES. A MAIORIA RECLAMA MAS QUANDO CHEGA A HORA DO PEGA PRA CAPAR TODO MUNDO CORRE DA RAIA. MEU AMIGO, POR MAIS VONTADE QUE CARVALHO TENHA PARA DEFENDER-NOS, NAO VAI CONSEGUI SOZINHO.TODO DIA CONVOCO UM APOSENTADO E DOIS NEGAM ALIAR-SE A LUTA. FAZERO QUE?CONTINUA INSISTINDO UMDIA ACERTO NA LOTERIA DE VER A CONSCIENCIA DE TODOS APOSENTADOS ADERIREM.

Anônimo disse...

João Rossi, sempre superando, quem nos dera ter alguem assim lá dentro da PREVI, parabéns! muita saúde e muitos anos de vida!
Pergunto: seria de direito juntarmos comentários como este do Rossi e de muitos que aqui se expõeem e usá-los em ação judicial só para subsidiar a ação? Francamente morro de vontade de fazer isso, cobrar tudo que a PREVI me tirou, como não possuo o conhecimento necessário, usaria os esclarecimentos destes gênios como o Rossi, para conduzir o processo, isso é legal?

Anônimo disse...

PROFESSOR ZANELLA NÃO ESQUEÇA DE PUBLICAR A RESPOSTA DA PREVI. JOÃO ROSSI NETO PARABÉNS QUANTA SABEDORIA...

Anônimo disse...

A pergunta que como ignorante no assunto faço? Ibovespa vai para 60.000, adianta alguma coisa, pois 2013 interrompeu o terceiro ano de superavit. Acho que teremos que ter 2014, 2015 e 2016 de superavit, para haver novas negociações, com o BB e toda a camarilha, ou não? Com a palavra os entendidos, que muitas vezes não informam para nos iludirem.

Anônimo disse...

Ari e demais colegas,

Um colega anônimo, no post anterior, foi severo com a Cecília, criticando a sua participação em nossas manifestações.

Não entendi bem as razões que o levaram a pensar assim, respeito-as e penso que lhe cabe o direito de criticar.

Quanto a mim, não acho que a Cecília está deixando nossas causas de lado ou esquecendo dos aposentados e pensionistas.

A questão é que o trabalho dos eleitos dentro da PREVI não é nada fácil, as barreiras por lá, seja de regulamento ou de resistência por parte dos indicados, são enormes.

Temos é que nos unir e dar força prá ela e para os demais eleitos.

Se com eles já é difícil, imagine só, se nós mesmos, aposentados e pensionistas, começarmos a minar-lhes a força.

Nada disso, colega, coloquemo-nos ao lado deles e partamos prá luta, sempre firme e determinados.

É o que penso.
Lydio


Anônimo disse...

Concordo com o anônimo das 22:15.


Se houver SUPERAVIT 2014/2015 e 2016 em 2017 recomeça a ladainha de reunião e mais reunião, depois plebiscito, depois Dest,Ministério,Previc para no final em Dezembro de 2017, termos uma migalha novamente.

Reta Final da CHAPA 3,quando o Nobre Diretor Marcel já não sera mais nosso Eleito.

Pode nesse intervalo surgir outro tipo de proposta, como por exemplo a redução de 25% para 15% das reservas, mas tudo no campo da especulação.

Mas até lá muitas ações já terão sido julgadas, como por exemplo a 100% pensionista, e muitos já vão estar recebendo 70% dos seus contra-cheques, através da ação 30% consignado, e a Anaplab terá mais de 10 mil sócios.

Quem tiver vivo até pode sentir um alivio se o Superávit for distribuído em menas parcelas, já que a Resolução Pimentel 26 não aceita em valor integral e a vista.

Anônimo disse...

Se a PREVI futuramente vier eventualmente com alguma proposta de BET só tenho duas opções: a) SIM, se o pagamento for integral e imediato; b) NÃO, para qualquer outro tipo de proposição. E o NÃO também será o voto da vez se o patrocinador ainda tiver direito a 50%. Espero que até lá a malfadada Res. 26 seja extinta nos artigos que colidem com a Lei.

Anônimo disse...

O Medeirão cabra macho é o guru mesmo. O Ibovespa bateu nos 60.000, viram como foi proposital e maldade o corte do BET e a volta das contribuições por parte dos sacanas da PREVI. Sómente para nos fazer sofrer e passarmos um pouco mais de trabalho.

Mas, podem crer, o velhinho não joga mas fiscaliza, vamos aguardar outubro, e vamos ver a turma toda demitida a partir de janeiro (indicados), hehehe!!!

Anônimo disse...



"POR FIM, ANTEVEJO QUE A BOVESPA VAI BATER O SEU RECORDE"

Calma Mestre, não precisa me passar reprimenda que eu vou expli -
cara tim-tim por tim-tim , mesmo porque esta previsão é do nosso
amigo João rossi. Quer dizer, o homem faz um chamamento à PREVI
para se ater à lei vigente, porque não estamos no reino de Portu-
gal, onde, há seculos, só existia a palavra de João das Regras ,
o sabe-tudo que assessorava o rei. Pois bem, o nosso bom João ,
se não bastasse, ainda tem qualidades de vidente, desses videntes
que dá o sinal e deixa a porteira aberta, pois desde o dia que
"o espírito baixou " (desculpa João e amigos, mas me faltou um
termo mais adequado) a bolsa só sobe. Caro João, eu prometi não
brincar com você depois que eu vi seu curriculo, mas se você ti -
ver um sapato velho ou um blusa de frio que você usou no mês de
junho passado, manda pra mim, pois tudo que você toca tá virando
ouro. Aliás, ai em Goiás é terra de vidente bom. João,parabéns, ai
em cima há uma procissão cumprimentando-o merecidamente.Se fosse
político nós estariamos feitos. Saúde, João, não esquece minha en-
comenda. Cordialmente,DivanySilveira-SeteLagoas-MG-

Anônimo disse...

Ari, tem q juntar o Rossi, vc, Medeiros, Cecília, Ed, Carvalho, Juarez, Isa Musa, Leopoldina. E outros. E ir na Previ falar da retirada do BET e da volta das contribuições com o Dan. Do jeito que está, não da.
Ou juntamos TODOS e vamos.

Anônimo disse...

Colega das 18:08,

Pelo que entendo, o BET acabou. Ainda que haja superavit, ele não poderá retornar. Seria necessário haver a anuência de todos aqueles de sempre: Min. Fazenda, BB, Previc, etc...

Anônimo disse...

Anônimo disse...
A pergunta que como ignorante no assunto faço? Ibovespa vai para 60.000, adianta alguma coisa, pois 2013 interrompeu o terceiro ano de superavit. Acho que teremos que ter 2014, 2015 e 2016 de superavit, para haver novas negociações, com o BB e toda a camarilha, ou não? Com a palavra os entendidos, que muitas vezes não informam para nos iludirem.
25/08/14 22:15

- Adianta nada.
(1) As cotações bursateis estão “gordinhas”;
(2) O mercado está totalmente manipulado;
(3) A tendência da Bolsa brasileira é de baixa irreversível;
(4) O verdadeiro fundamento do novo capitalismo bursátil é a exploração dos trabalhadores* (aposentados ou pensionistas).
* Logramos demonstrar que o novo capitalismo bursátil é uma espécie do gênero conspiração.

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.
Prezado Professor Ari, permita-me reproduzir, aqui, um e-mail que enviei, hoje, 26, para o competente Gilvan Rebouças:
"Prezado Gilvan, saudações cordiais.
Bom dia.
Não era, ainda, 7h da manhã, a sua resposta já havia chegado.
Realmente, para o meu alívio, quanta atenção, quanta dedicação!
Deus lhe pague, com saúde e coragem, sempre!
Tenha uma ótima e abençoada terça-feira
PAZ E BEM!
Fernando"

Grato por tudo e PAZ E BEM!

"O agricultor que trabalha, deve ser o primeiro a participar dos frutos."
2Tm 2,1-7.

Anônimo disse...

Só uma perguntinha: A PREVI Não RESPONDE NADA???? só vejo publicado nos blogs as enviadas a PREVI e recebidas nunca vejo, gostaria muito de saber...

Anônimo disse...

O atendimento do Sr Giuvan é muito bom. Parabens a essa entidade;;;;;

Anônimo disse...

JOÃO ROSSI, excelente seu post, vamos aguardar a resposta do Don Conrado.

Concordo com os colegas que gostariam de formar grupos com as pessoas dos blogs para levar a Previ propostas para melhor conduzir nossas aposentadorias, não podemos tomar conhecimento de tantas atrocidades disparadas contra nossas vidas e não nos mobilizarmos para uma atitude concreta, assim acomodados só estamos dando mais poder para nossos algozes.

Anônimo disse...

Vários colegas já perguntaram e gostaria que alguém respondesse se os 60.000 pontos da bolsa trará algum benefício.

Anônimo disse...

Depois do calote que a Previ nos deu espero que no caso de alguma negociação de Superavit os nossos representantes não sejam ingênuos em aceitar pagamento parcelado.Para o BB foi parcela única.

Anônimo disse...

Em meio a esta crise sindicalista de que sofrem TODOS os fundos de pensão devidamente aparelhados por este governo gatuno, só nos resta ter consciência em 5 de outubro. Cremar e espalhar aos ventos as cinzas do PT, partido da perda total. Incluindo aí a velha Marina de guerra, aquela que deixou de ser petista sendo. Ou então queridos, continuaremos aqui a falar e falar sempre das mesmas coisas. Vamos por um ponto final nisso. Sindicalismo é doença grave. Temos que combate-la com todas as nossas forças.

Anônimo disse...

POR FAVOR, AS AVALANCHES DE INFORMACOES QUE ESTAMOS TENDO SAO TODAS OTIMAS POIS NUNCA FOMOS TAO BEM INFORMADOS ASSIM E ISSO DEVEMOS AOS ANJOS DA CHAPA 3, MAIS PRECISAMENTE PELO DR. MEDEIROS E SR.ZANELLA.
POREM PARA OS QUE NAO RECEBERAM QUASE NADA NA FOPAG DE 20 DE AGOSTO/14, HA ALGUM SOCORRO DE EMERGENCIA QUE POSSAMOS TER?
SE DE FATO TIVERMOS QUE ESPERAR ATEH NOVEMBRO OU JANEIRO DE 2015 PARA SERMOS SOCORRIDOS PRESUMO QUE NAO SERAH MAIS NECESSARIO. NAO DAH PARA ESPERAR MAIORES SUCESSOS NA BOLSA, MAIS DEPENDENCIA DE PREVIC, MINISTERIOS NAO SEI DAS QUANTAS, BOA VONTADE DE NAO SEI DE QUEM…..
HA ALGUMA COISA QUE OS ANJOS DA CHAPA 3 POSSAM FAZER EMERGENCIALMENTE?
POR FAVOR AGUARDO RESPOSTAS.

João Rossi Neto disse...

Caro Ari e colegas,

BOLSA DE VALORES MANTÉM VIÉS ASCENDENTE.

A Diretoria Executiva da PREVI, especialmente o Diretor de Seguridade, Sr. Marcel, deveria estar satisfeito com o bom desempenho da BOVESPA, na casa dos 60.000 pontos, mas, não, com a sua índole negativista, torce para que fique em patamar mediano (53/55 mil pontos), bastante para assegurar superávit ligeiramente abaixo da Reserva de Contingência de 25%, como ocorreu no balanço ano de 2013 que ficou em 21%.

Por que essa atitude pessimista? Evidentemente, porque a rentabilidade de hoje, em torno de 60 mil pontos na Bolsa de Valores provou que a decisão que cortou o BET e voltou das contribuições foi equivocada, eis que não tinha a urgência máxima invocada e empregada, culminando com a penalização açodada e precipitada do Corpo Social, a qual tem ares de retaliação.

Os inocentes pagaram pelos gestores pecadores (culpados), da PREVI, falhos e incompetentes.

Merece realce que a situação não comportava o pânico tresloucado, haja vista que não existia premência, pois, definitivamente não se tratava de sangria desatada. O remédio amargo – veneno – reduziu os benefícios em 24,8% e dizimou a maioria dos pacientes (associados).

Enfim, foi uma pexotada monumental. Burrice e asneiras andando juntas, em dose cavalar, só pode resultar em gestão desastrada, chegando ao absurdo de caçar formigas (participantes) e deixar passar ao largo os elefantes brancos (Empreendimentos micados de interesse do Governo Federal). A decisão da Diretoria Executiva não foi nada “genial” e sim “jeguial”.

Anônimo disse...

Queridos defensores dos oprimidos junto a Previ, o desespero por que estou passando e muitos colegas, pelo que tenho visto, requer que se faca "QUALQUER COISA URGENTE". Sabemos que eh preciso de recursos na reserva especial para revisao do plano, jah sabemos tudo sobre a resolucao 26, precisamos mesmo que seja derrubado o voto de minerva, MAS TUDO ISSO QUERIDOS DA CHAPA 3, pode pelo menos esperar um pouquinho mais. NO MOMENTO precisamos que voces imprimam todas as postagens de desespero da maioria dos aposentados e pensionistas e COLOQUEM NA MESA DO PRESIDENTE DA PREVI para que dai surjam algumas medidas NECESSARIAS E URGENTISSIMAS "AGORA", NESTA SEMANA. No meu caso especifico, nao estou pagando o condominio do unico imovel que tenho desde Abril/2014, tenho ido a feira no final do dia para comprar o restolho para alimentacao. Entao, POR MISERICORDIA, nao dah para ficarmos na esperanca que dias melhores virao. EH UMA QUESTAO DE SOBREVIVENCIA AGORA. Por favor, queridos da chapa 3, invadam o gabinete do Presidente da Previ e coloquem sobre a mesa dele tudo isso que estamos passando para vocdes. Nunca pensei em chegar a pedir dessa maneira, mas a PREVI com todo o patrimonio que possui, que tambem eh nosso, nao estah servindo para nada. POR FAVOR, ESTOU COM 71 ANOS E NAO TENHO MAIS FORCAS PARA PEDIR, IMPLORAR.
FACAM POR MISERICORDIA UMA REUNIAO DE EMERGENCIA COM TODOS DA CUPULA DA PREVI E ACHEM UMA MANEIRA DE SOCORRER-NOS HOJE, AGORA. NAO PODEMOS ESPERAR O COMECO DE 2015 OU FICAR NA ESPECTATIVA DE UM OUTRO SUPERAVIT. ESTAMOS MORRENDO AGORA.
OUTROS ASSUNTOS, EMBORA MUITO NECESSARIOS PODEM FICAR PARA DAQUI A ALGUNS MESES. A QUESTAO DE SOBREVIVENCIA ALIMENTAR EH AGORA. A SINDICA DE MEU EDIFICIO ESTAH SABENDO DE TUDO POIS TENHO LHE MOSTRADO OS BLOGS COM OS VARIOS COLEGAS NA MISERIA COMO EU, POREM ELA NAO PODE FICAR ESPERANDO. DISSE QUE TERAH QUE TOMAR ATITUDES JUDICIAIS. JAH PEDI QUE ELA CONVOQUE UMA ASSEMBLEIA PARA QUE EU POSSA CONTAR AOS OUTROS CONDOMINOS QUE O ATRASO NAO EH POR EU SER SALAFRARIO E PEDIR QUE ELES AUTORIZEM UM PRAZO MAIOR DE ROLAMENTO DE MINHA DIVIDA. NUNCA DEVI ANTES UM TOSTAO PARA O CONDOMINIO OU PARA QUALQUER PESSOA QUE SEJA. JAH NEM ESTOU LIGANDO MAIS PARA A MINHA MORAL POIS A ESTOU DANDO PRIORIDADE A SOBREVIVENCIA. POR FAVOR, FACAM ALGUMA COISA EMERGENCIAL AGORA, HOJE, JAH.
OBRIGADO

Anônimo disse...

Colegas, alguém poderia esclarecer o que é essa cobrança 'CASSI CO-PARTICIPAÇÃO LIMITADA' que veio descontada no contra-cheque do mês de Agosto? Já não chega extinguirem o BET, re-começarem a cobrança 'absurda' das mensalidades da Previ, nos ferrar com a não adesão ao ES, e agora mais essa contribuição para o buraco da Cassi? Continuar assim, daqui a alguns meses estaremos pagando (não sei como), para o contra-cheque.

Josué Jorge Junior
Castro PR

Anônimo disse...

Gilvan eh o cara Sr. Fernando. Besta foi quem perdeu ele. Aff... santa burrice.

Ari Zanella disse...

A PREVI nada respondeu aos que enviaram as perguntas e opiniões. Tenho certeza de que no momento em que o Rossi receber resposta, ele repassa aqui.

A bolsa aos 60.000 pontos parece não ter tanta importância para nós; tem mais importância para o patrocinador que está de olho nos 50%. É uma calamidade essa ingerência e o judiciário NÃO FAZ NADA PARA NOS AJUDAR. Recorrer a quem?

Ari Zanella disse...

Josué,

A coparticipação é a nossa parte em eventos como cirurgias, remédios, etc. Por exemplo:
-Em cirurgias a coparticipação do associado é de 10%.
-Em medicamentos é de 10% (genéricos) e 30% (de marca).
- Nas consultas fora da Cassi (credenciados) é de 30%

Anônimo disse...

Também quero agradecer ao Gilvan por ser tão prestativo e atencioso.Não o conheço pessoalmente mas o considero um amigo.

Anônimo disse...

Nem tudo que reluz é ouro…

PS. Uma bicharada atacou meu computer... Num sei por que isto ocorre?

Ari Zanella disse...

Eu somente aceitei o desafio de dirigir a ANAPLAB porque tenho o GILVAN a meu lado. Pessoa simples, de caráter irretocável, hiperprestativo, sensível, amigo, leal, honesto, probo, com grande cabedal de conhecimentos ( só lhe falta o diploma pois na prática já é um excelente advogado). Enfim, todo o mérito da credibilidade da ANAPLAB está diretamente ligado à conduta exemplar deste jovem cearense.

Anônimo disse...

Prezado Ari, nao ha co participacao em caso de internacao ou cirurgia. A cassi cobre tudo. Os medicamentos tomados no ambulatorio do hospital tambem sao cobertos inteiramente.

Anônimo disse...

Parece gozação a postura da Previ.Enquanto clamamos desesperados por uma ajuda seja de melhorias de benefício ou até mesmo empréstimos a Previ nem responde aos apelos e fica enviando emails de grande ofertas de carros, móveis, etc.
Sr.Presidente acorda! Temos colegas com contracheque que não cobriu sequer os débitos depois do corte do BET e a volta das contribuições.Os senhores vivem em outro mundo com suas rendas altíssimas e nem se preocupam em constatar o que ocorre com os participantes.

Rosalina de Souza disse...

Prezados Colegas do PB-1,

Esta Provado que os gestores ao ser diplomados e passar a ocupar cargos na Previ, fica mudo e surdo.

Passados quase 90 dias da posse dos Eleitos da Chapa 3, a promessa de ter um canal de comunicação ainda não saiu do papel, estão pagando para uma empresa efetivar o serviço e mesmo assim, os tais problemas técnicos não são resolvidos.

A equipe responsável pela comunicação da Previ, continua falando e fazendo abobrinhas as noticias são todas as mesmas sem nenhum papel importante na vida dos aposentados e pensionistas dos dois planos.

Veio a descoberta do Bônus, fez um certo barulho, mas nada de concreto foi resolvido, nem providencias definidas, apenas estão especulando qual ou quais medidas pode ser tomada, já que tudo é legal, do ponto de vista da Caixa Preta da Previ e seus estatutos da confidencialidade.

Em cada momento um fato novo, mas dinheiro no nosso bolso é que são elas, para voltar o bet só daqui a 3 anos, quando houver novos superavit.

Para ter melhorias no ES depende da boa vontade do Marcel e do Patrocinador, que já bateu o martelo nas 120 prestações.

Justiça é lenta e desanimadora, esta comprada ou vendida, com sentenças que por mais de 20 anos valeu, em um simples julgamento muda-se a regra e quem recebeu tem que pagar, aqueles que nada recebeu tem que pagar sucumbência e a Previ assim vai levando a situação a calamidade alimentar.

Nossas associações agora percebeu que ou vai ou racha, ou defende seus associados ou vai falir, quando seus sócios já estão falidos, e o remédio chega tarde, quando muitos suspende as consignações da mensalidade.

Reagir, ir para a porta da Previ esta provado que tem pouco efeito, muitos já não suportam mais essa situação, mas suas forças estão pequenas diante do tamanho do problema.

Cassi em colapso financeiro, e nós não podemos ajudar, pois também estamos a ser ajudados.

Sinceramente, não sei o que fazer, da Previ não espero mais nada, acho que o caminho é outras rendas, mesmo na idade é nossa única salvação da completa falência do sistema.

A Previ já não compara mais seus benefícios com os do INSS, porque nos últimos anos tem pago menos.

Saudações Cordiais,

Rosalina de Souza
Pensionista
Matricula 18.161.320-4

Anônimo disse...

Prezada Rosalina, e anônimo das 11:39, acho que estamos caindo na "real", a verdade é que apesar da boa intenção dos nossos eleitos nada mudou por que não pode mudar e não vai mudar nunca, o poder está nas mãos deles PREVI e BB . Nós os endividados somamos apenas 3000 que não interessa a nenhum grupo , está na hora de deixarmos a posição ridícula que estamos ocupando, mendigando todos os dias nos blogs que devem cumprir o papel de informar e não o de enxugar lágrimas nem oferecer o ombro, missão que o prof Ari , o Medeiros e o Carvalho teem realizado com muita generosidade. Sugiro, Rosalina que poderíamos com a sua orientação criar um canal de comunicação só nosso, com mais privacidade , onde trataríamos mais diretamente de assuntos pertinentes aos nossos problemas, trocando experiência com outros colegas, um canal aberto aos endividados irá nos favorecer também a auto-estima pois seremos iguais e se tivermos que ir para a porta da PREVI iremos com a cara e a coragem olhando nos olhos dos diretores milionários expor diretamente nossa situação miserável, se eles não quiserem nos receber aí seremos um caso de direitos humanos, porque até agora nenhuma associação acreditou que estamos passando por situação de miséria, o relato do anõnimo das 11:39 é a mais pura realidade de milhares de colegas."EU SOU UM DOS ENDIVIDADOS DA PREVI , LOGRADO PELAS AÇOES DO BANCO DO BRASIL, GOVERNO E PREVI, NÂO ME ENVERGONHO DE DECLARAR ENDIVIDADO, MAS NÃO ME CONFORMO COM SITUAÇÂO DE MISÉRIA, QUEM SERVIU AO BANCO DO BRASIL COM OBEDIENCIA, CREDULIDADE E RESPEITO POR TODA UMA VIDA.

Anônimo disse...

Caro colega anonimo das 11:39, como voce estão muitos dos aposentados, só que colocar as reclamações na mesa da Diretoria , pela forma como o Marcel vem agindo com o ES desde o ano passado fazendo-nos de palhaços, nada adianta, vamos pegar esses depoimentos e levar para os candidatos que estão aí soltos nas ruas dando tapinha nas costas, a imprensa está sempre presente é a nossa hora, ou então levamos até o Datena .Chega de acreditar em Pinochio e promessinha prá novembro, até lá já perdemos os políticos.

Anônimo disse...

Colegas,

Como é triste e dolorosa a situação dos aposentados do banco, coisa inacreditável, nunca imaginada no tempo da ativa.

Vejam os comentários da Rosalina e do colega anônimo das 11:39, chega a doer o coração.

Há alguns anos passamos a acompanhar mais de perto a administração da PREVI, a ligação incestuosa com o banco, as falcatruas e mazelas.

Em número/quantidade de colegas, quantos éramos em 2010, quando iniciou o pagamento do BET...?

Não sei dizer, mas imagino que atualmente esse contingente de aposentados é maior em pelo menos uns 50%.

Então o que temos pela frente?
Temos uma situação extrema, simplesmente caótica, de penúria, afligindo uma quantidade bem mais expressiva de pessoas, agora mais idosos, mais conscientes, mais sofridos, mais desesperados.

E o que caminho tomar...? Não sei, estamos absolutamente sem rumo. E quando não se sabe que rumo tomar, ruma-se por qualquer caminho.

Conclusão: a pressão está aumentando e se tornando perigosíssima. E aí aplica-se uma lei natural, uma lei da física: a pressão, quando supera o limite da resistência, explode.

O estouro da boiada pode acontecer a qualquer momento, é iminente. A manifestação do dia 20, mesmo realizada às pressas e sem uma clara liderança, foi apenas um indicativo do que está por vir.

É o que penso, simples assim.
Lydio


Anônimo disse...

Concordo com o Lydio, a indignação diante da situação de miserabilidade que o aposentado do Banco do Brasil está vivendo já se torna insuportável, no limite, transbordando...sem mais nada a perder.