BANNER

Acesse aqui!
atendimento@anaplab.com.br
Joinville/SC: (47) 3026-3937
S.J. Pinhais/PR: (41) 3035-2095

segunda-feira, 30 de maio de 2011

COLETIVA DO GOVERNADOR

Assessoria de imprensa do Gov. Raimundo Colombo anunciou nesta tarde que a coletiva seria sobre a viagem do Governador à Europa. Os jornalistas presentes disseram que o assunto deveria ser a greve dos professores.
No blog de Moacir Pereira (RBS), o Governador Raimundo Colombo e seu Vice Eduardo Pinho Moreira disseram que segundo o STF os professores têm direito a mais um reajuste de 22% a partir de janeiro/2012 sobre o piso mínimo de R$ 1.187,00.
Em consequência o piso terá o valor de R$ 1.448,00 em janeiro/2012. Se o Governo resolver manter esta política nefasta de reajustar somente o piso inicial, em janeiro um professor iniciante ganhará mais do que um professor em final de carreira. Para se ter uma ideia, este professor que vos escreve que possui licenciatura plena e pós-graduação, recebe o piso de R$1.300,00. Lembrando que o professor inicial precisa ter o curso Magistério, nível de 2º grau.

sábado, 28 de maio de 2011

EBC desiste de Série 'C' do Brasileirão

A Série C do brasileirão 2011 que terá a participação do nosso JEC - Joinville Esporte Clube, não terá mais as transmissões da EBC - Empresa Brasileira de Comunicação como ocorreu ano passado. A empresa alegou dificuldades financeiras e prometeu para o próximo ano estar novamente na "concorrência" das transmissões.

COLOMBO: NÃO SEJA TÃO PACIENTE

Senhor Governador,

                             Não espere mais. Tome uma decisão urgente, se possível ainda neste final de semana. Chame o Sinte para dialogar. Pergunte qual é a proposta deles para negociar. Negocie, governador. Retire a MP enviada à Assembleia Legislativa. Se não for possível implantar o piso em sua totalidade agora, vamos implantá-lo paulatinamente. Incorpore o Prêmio Educar ao salário. É uma providência que implica menos no gasto adicional. Acrescido a isso dê um aumento percentual linear que atenda todas as faixas do Plano de Cargos e Salários. Se, na opinião do sr. Marco Antonio Tebaldi, o atendimento global geraria uma despesa mensal de cem milhões que se dê agora 20% (vinte milhões/mês). Este valor o Estado suporta. O restante fica para 2012, 2013, 2014 e até 2015. Penso que os professores compreenderão a dificuldade orçamentária do Estado.
Mas, é preciso agir. Rápido e decididamente. Muito obrigado.

"DELENDA CARTHAGO - UMA SOLUÇÃO PRECISA SER ENCONTRADA"

sexta-feira, 27 de maio de 2011

MINHA PROPOSTA AO GOVERNO DE SC

Tentando dar minha contribuição para o término da greve do Magistério público de Santa Catarina, sugiro ao Governo a seguinte proposta:
1. Incorporação imediata do valor do Prêmio Educar ao salário.
2. Percentual escalonado para todas as faixas, a fim de minimizar o impacto na
    oneração da folha estadual. Como exemplo:
    -Imediatamente: Prêmio Educar(+ ou - 20% do VP) + 20% aumento.
    -Em 2012 - 20%;  em 2013 - 20% e em 2014 o restante.
Esta fórmula foi aplicada pelo governo do Rio Grande do Sul e aceita pelos professores de lá. Aqui temos a facilidade de "deslocar" o Prêmio Educar, fator que não traria grande soma financeira inicial.
Tudo pode ser resolvido com diálogo. Basta ter vontade política. O Fundeb também pode ajudar.
"DELENDA CARTHAGO - A GREVE PRECISA ACABAR."

segunda-feira, 23 de maio de 2011

COMO SERÁ O AMANHÃ?

Responda quem puder. Os salários mais baixos terão quase 100% de aumento. Também terão aumento gradual decrescente os outros graduados até o nível A9 da tabela que corresponde à Licenciatura Plena. Daí para cima (A10, A11, A12) nadica de nada. Ou seja, quem for mais graduado (pós-graduação, mestrado) que nada receberão por ora, terão fôlego para suportar uma greve mais longa? Responda-me quem puder. Duvido muito que os que foram agraciados com quase 100% (Curso Magistério e outros) não desistirão da greve. Igualmente os ACTs. A Medida Provisória do Governo já foi para ser aprovada pela Assembleia Legislativa.
A greve continuará? O Governo claramente quis dividir a categoria.
Envio um grande abraço ao Theo. Obrigado por comentar. Divulgue meu blog junto aos colegas. Obrigado.

A NOTA EMITIDA PELA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO

“A Secretaria de Estado da Educação apresentou ao Sinte- Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Santa Catarina a proposta de implantação imediata do piso nacional do magistério. Pela proposta apresentada pelo governo nenhum professor ganhará menos de R$ 1.683,75, ou seja, o piso de R$ 1.187,00 mais regência de classe (25%) R$ 296,75% e o Prêmio Educar. Isto representa um reajuste de 94,76% sobre o piso que estava valendo (R$ 609,46). Neste primeiro momento serão beneficiados 35.210 servidores ativos, inativos e ACTs (53% do quadro de pessoal) e o impacto na folha de pagamento será de R$ 14.034.655,62 por mês chegando ao final do ano com um gasto extra de R$ 140.564.851,48. Além disso, se aplicam outros benefícios conforme a carreira de cada servidor como tempo de serviço pelos quais recebem triênios e outras vantagens.
O piso como vencimento inicial será aplicado em todas as faixas que até então tinham um piso menor que o determinado pelo STF-Supremo Tribunal Federal. Esta concessão atenderá com aumento até a faixa denominada 9A para quem tem Licenciatura Plena que vai receber também R$ 1.683,75 mais os benefícios por tempo de carreira, representando um incremento de 19,52% sobre o piso que vinham recebendo.
Para as faixas salariais acima destes níveis, o governo propõe que seja formado um grupo de trabalho com representantes do governo e sindicato para buscar as melhorias, mas a partir do momento em que cessar a greve.
A proposta apresentada atende a legislação que manda aplicar o piso nacional e a recomposição de valores para faixas que ganham mais será retomada com o fim da greve.”

domingo, 22 de maio de 2011

HOJE É O DIA 'D'

A greve no Magistério Público de SC pode ser resolvida hoje. Queira Deus! Ela desgasta  todos os envolvidos. Espero que o Governo de Santa Catarina tenha bom senso, faça uma proposta aceitável cumprindo assim a Lei, exatamente como ele quer que todo cidadão deste modo proceda.
Aguardemos ansiosamente.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

PARALISAÇÃO ESTADUAL DOS PROFESSORES

Um professor que pede para não ser identificada envia o relato a seguir Do Blog do Moacir Pereira:


De um professor grevista que pede para não ser identificado, temendo represálias: “Caro jornalista Moacir Pereira,
Se a adesão dos professores à paralisação fosse realmente só de 34%, a DIDH/DIED não enviaria às escolas , no dia de ontem, um oficio/circular com 17 itens “objetivando manter a devida organização”. Transcrevo alguns: – 5º A partir de amanhã, a unidade escolar deverá encaminhar à Gered, diariamente, até as 14h, a relação nominal dos servidores que aderirem à greve. A GERED encaminhará esta relação à SED/DIDH até as 16h. Nos casos onde houver o período noturno, a relação de professores que trabalham neste turno deverá ser encaminhada no dia seguinte. Observação: Estes dados deverão ser informados no quadro enviado pela SED (em anexo) obedecendo-o regorosamente. No quadro deverá constar o nome do responsável, da unidade escolar e da GERED, pelo seu preenchimento, que responderá tanto pela veracidade quanto pela omissão dos dados informados.
- 13º Para professor ACT que aderir à greve e tiver o término do seu contrato em meio ao período da manifestação não será concedida prorrogação/renovação do contrato.
- 14º Para professor ACT que não aderir à greve e tiver o término do seu contrato em meio ao período da manifestação será concedida prorrogação/renovação do contrato somente comprovação da unidade escolar qe que o mesmo vem ministrando aulas regularmente.
- 17º: “ressaltamos que tanto o Diretor de Escola quanto o assessor de direção constituem cargos de confiança e, estrategicamente posicionados, representam peças importantes para a consolidação da política educacional proposta pelo Governo do estado. Portanto, este é o momento de exercer e fortalecer a liderança inerente ao cargo, atuando efetivamente como gestor da unidade escolar, buscando a organização em meio ao caos e, principalmente, correspondendo à expectativa que o Governo do Estado deposita em cada um de vocês.”
Assinam esse oficio/circular Elizete F. Mello e Gilda M. M. Penha.
Na minha opinião é resultado quem se sente ameaçado pelo movimento no Estado. Mais uma vez obrigada pela oportunidade.”

quinta-feira, 19 de maio de 2011

QUANDO SE PERDE, SE DÁ O DEVIDO VALOR


PACIÊNCIA
No
parque, uma mulher sentou-se ao lado de um homem.
Ela disse:
Aquele ali é
meu filho, o de suéter vermelho deslizando no escorregador.

- Um
bonito garoto - respondeu o homem - e completou: - Aquela de vestido
branco, pedalando a bicicleta, é minha filha.

Então, olhando o
relógio, o homem chamou a sua filha.

- Melissa, o que você acha de
irmos?

Mais cinco minutos, pai. Por favor. Só mais cinco
minutos!

O homem concordou e Melissa continuou pedalando sua
bicicleta, para alegria de seu coração.

Os minutos se passaram, o
pai levantou-se e novamente chamou sua filha:
 - Hora de irmos,
agora?

Mas, outra vez Melissa pediu:
 - Mais cinco minutos,
pai. Só mais cinco minutos!

O homem sorriu e disse:
 - Está
certo!

 - O senhor é certamente um pai muito paciente - comentou a
mulher ao seu lado.

O homem sorriu e disse:

- O irmão
mais velho de Melissa foi morto no ano passado por um motorista
bêbado,
quando montava sua
bicicleta perto daqui.   Eu nunca passei muito tempo com meu
filho e agora eu daria qualquer coisa por apenas mais cinco minutos com
ele.

Eu me prometi não cometer o mesmo erro com
Melissa.
 Ela acha que tem mais cinco minutos para andar de
bicicleta.
Na verdade, eu é que tenho mais cinco minutos para vê-la
brincar...

PARA OS PROFESSORES MAIS GRADUADOS, NADA!!!!

O MUITO BEM INFORMADO JORNALISTA MOACIR PEREIRA NOS DÁ ESTE PRENÚNCIO DE TRAGÉDIA.  O MOTIVO É A DESPESA DE 1 BILHÃO NA FOLHA. PODERIAM E DEVERIAM TER ALEGADO ESTE "MOTIVO" AO STF.

Blog do Moacir Pereira - Jornal Diário Catarinense (19.05.2011)

Governo estuda pagar piso sem reajuste na tabela

O governo vai pagar o piso. Isto parece cada vez mais certo. Não fala mais de remuneração, como no início. Há informações seguras no Centro Administrativo que a aplicação do piso de R$ 1.187,00, valor fixado pelo MEC, não poderá ter efeito cascata e repercussão na tabela salarial. Motivo: representaria acréscimo de um bilhão de reais na folha do pessoal. Há outro drama: 40% dos professores são inativos e o acréscimo de despesas recai sobre a chamada fonte 100, onerando o Tesouro, limitado aos patamares da Lei de Responsabilidade Fiscal. Além disso, Colombo foi alertado sobre os critérios da Secretaria do Tesouro Nacional. Se os limites da LRF foram ultrapassados, o governo não poderá contrair novos financiamentos e a dívida ativa para com a União sofre aumento na taxa de juros de 0,5%.
Os estudos feitos pelas autoridades estaduais continuam concentrados no secretário Marco Tebaldi e no Procurador Nelson Serpa. Eles definem as diferentes simulações com aplicação parcial do piso, incorporações de benefícios, etc. A fórmula é levada ao secretário Miltom Martini, que faz as projeções financeiras. Só depois vão a Secretaria da Fazenda.
Na Assembléia Legislativa dois registros singulares. A deputada Luciane Carminatti(PT) solidarizou-se com os professores e pediu ao governo que pague o piso. Os governistas deram apartes a favor do cumprimento da lei. Circulou a informação de que o governo estaria cogitando de uma medida provisória autorizando o pagamento do piso salarial. Considerando o piso vencimento básico. Mas só para aqueles professores que recebem hoje de vencimento, portanto, de piso, menos de R$ 1.187,00. Cálculos já foram feitos e indicam que o benefício abrangeria 50% dos mais de 60 mil professores. E a despesa seria suportável pelo Tesouro.
Nos bastidores fica a impressão de que o governo quer uma solução até segunda-feira, data da próxima reunião com os dirigentes do Sinte.

terça-feira, 17 de maio de 2011

MAIS SOBRE A GREVE DOS PROFESSORES SC

O laureado jornalista Moacir Pereira divulga em seu blog de hoje 17 de maio:

"O governo do Estado está fazendo uma aposta errada neste enfrentamento que vai ter a partir desta quarta-feira com os professores da rede estadual de ensino. Pela primeira vez na história, os mestres fazem greve para que o governo cumpra a lei do piso salarial. Isto é inédito. Pela primeira vez, ficou a impressão clara de que a movimentação é de toda a categoria, não de líderes ligados a este ou aquele partido de esquerda, como em paralisações anteriores.
E, para completar, os professores deverão contar com o apoio dos alunos, dos pais e da maioria da população. Por duas razões: o piso é uma lei de 2008 e o sentimento é de que o governo tem caixa para fazer uma proposta aos professores.
Anotem aí. Esta greve pode surpreender em vários aspectos. O governo só revelará surpresa se quiser. Legitimidade, justiça, legalidade é que não faltam nesta greve geral do magistério."

18 DE MAIO - GREVE JUSTA E INADIÁVEL

Nesta quarta-feira dia 18 de maio o Magistério Público de SC entrará em greve por tempo indeterminado, inclusive o autor deste blog. Não estamos reivindicando qualquer reajuste salarial. Até porque não temos data-base. Estamos apenas cobrando a implantação do PISO NACIONAL DO MAGISTÉRIO. Santa Catarina é um dos poucos estados da Federação onde o Piso não está implantado. E até agora não foi porque o Estado considerava Piso o TOTAL de rendimentos do professor(a), aí incluídos abonos, prêmios, vantagens ao longo da carreira, etc. Por conta disso em 2008 foi até o STF com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN). O julgamento ocorreu no dia 07.04.2011 sendo o veredito contra à pretensão do Estado e a favor dos professores. Piso no entender do STF é a verba inicial, ou vencimento-padrão de onde deriva todas as demais vantagens pecuniárias durante a vida laboral do servidor.
O Estado, apesar de grande perdedor, continua "empurrando com a barriga" como, aliás, estão fazendo desde que o Piso Nacional foi implantado em todo o território nacional.
JUSTIÇA JÁ - QUEM SABE FAZ A HORA NÃO ESPERA ACONTECER.

domingo, 15 de maio de 2011

RINDO DA NOSSA CARA

Vocês conhecem o Lula? Ex-metalúrgico que "acidentou-se" no trabalho ao perder o dedo mínimo, cuja falta lhe rendeu aposentadoria por invalidez para regiamente pelo INSS. Nada mais justo, vocês não concordam? Afinal, perder o dedo mínimo da mão realmente deixa qualquer pessoa inutilizada pelo resto da vida. Mas, depois disso foi ser sindicalista. Liderava greves e mais greves. Era piqueteiro de porta de fábrica. Quando se tornou presidente mudou seu estilo. Apoiou o capitalismo, as empresas tinham que dar lucro, principalmente aquelas em que o governo tinha companheiros do PT nos mais altos escalões. Encheu os sindicatos e as Centrais Sindicais de dinheiro com a recriação do Imposto Sindical cobrado de cada trabalhador brasileiro no mês de março de cada ano, com um dia de seu árduo trabalho. Todos os companheiros estão agora em ótima condição financeira, inclusive o Delúbio Soares que aguentou sozinho a barra dos mensaleiros. E Lula com José Dirceu e outros se safaram com a ajuda do ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos.
Agora o STF está libertando o grande ativista Cesare Batistti que Lula não quis extraditar. Vamos deixá-lo aqui, não é Lula? Livre e solto e bem de vida igual a toda a companheirada.

sábado, 14 de maio de 2011

BELA EXPLICAÇÃO!!! GOOD EXPLANATION!!!

“O órgão sexual é um ‘plus’, um bônus, um regalo da natureza. Não é um ônus, um peso, um estorvo, menos ainda uma reprimenda dos deuses”. (Carlos Ayres Britto, ministro do Supremo Tribunal Federal, no seu voto a favor da união estável entre pessoas do mesmo sexo.)
“The sex organ is a ‘plus’, a bonus, a gift from nature. It is not a burden, a heavy weight, a hindrance, let alone punishment from the gods above”. (Carlos Ayres Britto, Supreme Court Justice, voting in favor of same sex common-law marriage.)

terça-feira, 10 de maio de 2011

GAS PRICE IN BRAZIL

Beleza de país!
Composição do preço gasolina ( em reais) :
Gasolina ("A") 800ml (pura, vendida pela Petrobrás)       = R$ 0,80
Álcool Anidro 200 ml (os 20% misturados à gasolina)       = R$ 0,24

TOTAL = R$ 1,04 / Litro
+
CIDE - PIS/COFINS (Imposto Federal)                             = R$ 0,44
ICMS (Imposto Estadual)                                                = R$ 0,64
TOTAL DE IMPOSTOS (104% do Preço Bruto)                 = R$ 1,08

TOTAL (CUSTO + IMPOSTOS) = R$ 2,12
+
LUCRO DA DISTRIBUIDORA (Média por Litro)                 = R$ 0,08
FRETE (Média por Litro)                                                   = R$ 0,02
LUCRO DO POSTO (Média por Litro)                                 = R$ 0,25

FINALIZANDO:
VALOR NA BOMBA COM IMPOSTOS                                  
= R$ 2,47
VALOR NA BOMBA SEM IMPOSTOS                                    = R$ 1,39
Portanto, se você consome 200 litros de gasolina por mês, o bolo
fica dividido assim:

DONO DO CARRO (otário 01- Você, no caso....) GASTA: R$ 494,00

DONO DO POSTO (otário 02) GANHA: R$ 50,00
DONO DO CAMINHÃO (otário 03) GANHA: R$ 4,00
PETROBRÁS (gente que rala...) GANHA: R$ 16,00
GOVERNO (nem um pouco otário....gente de lobby....gente da corte.....
Gente picareta...
Gente privilégio reforma não... (Gente auto-salário) GANHA: R$ 216,00
Deveríamos comemorar a "auto-suficiência" em roubo também.
Nós produzimos nossos próprios corruptos...
BRASIL: UM PAÍS DE TOLOS!!!

domingo, 8 de maio de 2011

O QUINTO DOS INFERNOS


Durante o século 18, o Brasil Colônia pagava um alto tributo para seu  colonizador, Portugal. Esse tributo incidia sobre tudo o que fosse produzido em nosso país e correspondia a 20% (ou seja, 1/5) da  produção. Essa taxação altíssima e absurda era chamada de "O Quinto". Esse imposto recaía principalmente sobre a nossa produção de ouro.

O "Quinto" era tão odiado pelos brasileiros, que, quando se referiam a ele, diziam ... "O  Quinto dos Infernos".  E isso virou sinônimo de tudo que é ruim
.

A Coroa Portuguesa quis, em determinado momento, cobrar os "quintos  atrasados" de uma única vez, no episódio conhecido como "Derrama". Isso revoltou a população, gerando o incidente chamado de "Inconfidência Mineira", que teve seu ponto culminante na prisão e  julgamento de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário IBPT,  a carga tributária brasileira deverá chegar ao final deste ano de 2010 a 38% ou praticamente
2/5 (dois quintos) de nossa produção.

Ou seja, a carga tributária que nos aflige é praticamente o dobro daquela exigida por Portugal à época da Inconfidência Mineira, o que  significa que pagamos hoje literalmente "dois quintos dos infernos" de impostos...

Para que? Para sustentar a corrupção?? os mensaleiros?? o Senado com  sua legião de "diretores", a festa das passagens, o bacanal  (literalmente) com o dinheiro público, as comissões e jetons, a farra  familiar nos 3 poderes (executivo/legislativo e judiciário).

Nosso dinheiro é confiscado no dobro do valor do "quinto dos infernos"  para sustentar essa corja, que nos custa (já feitas as atualizações) o  dobro do que custava toda a Corte Portuguesa.

E pensar que Tiradentes foi enforcado porque se insurgiu contra a  metade dos impostos que pagamos atualmente!

(E vem de novo a CPMF !!!!)

sábado, 7 de maio de 2011

MAIS SOBRE A UNIÃO HOMOSSEXUAL

Vejam o que o colunista Giba Um disse na sua coluna www.gibaum.com.br de hoje dia 07.05.2011:

"Independente da alegria reinante entre as bibas, em decorrência da decisão do Supremo, evidencia-se um atentado à democracia, com a Alta Corte legislando no lugar do Congresso. O parágrafo 3º do artigo 226 da Constituição é taxativo: “Para efeito de proteção do Estado, é reconhecida a união estável entre o homem e a mulher como entidade familiar”. E isso só pode ser alterado pelo Congresso Nacional. Mais: em nenhum país do mundo a união civil homoafetiva foi aprovada por decisão de Judiciário."


Pois é. O nosso judiciário supremo intrometendo-se em assunto que não é de sua alçada. Como dizia o ex-presidente francês Charles De Gaulle: "O Brasil não é um país sério". Lamentavelmente ele tinha razão.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

SOBRE A UNIÃO ESTÁVEL DE HOMOAFETIVOS

Meus amigos:

O STF está julgando o direito de união estável de "casais" do mesmo sexo. Com certeza irá conceder este direito aos homoafetivos. Vai seguir a tendência da sociedade brasileira moderna onde até o INSS já reconheceu. Muita coisa discutível tem sido aceita no mundo atual.

Mas, o Criador do universo nos criou homem e mulher. E na bíblia nos abençoou dizendo: "Crescei e multiplicai-vos!". Para um bom entendedor estas palavras bastam. A sociedade humana é livre para criar leis e normas de conduta. Porém, se não for do agrado de Deus? A resposta também está na bíblia sagrada. Lá podemos ler a destruição de Sodoma e Gomorra. Por que estas cidades foram destruídas com sal e enxofre? Lá onde elas reinavam sobre a terra, na luxúria e na fornicação, hoje vemos o mar Morto.
Reflitamos sobre isso. Na oração do Pai-Nosso dizemos: "...seja feita a vossa vontade...". Será vontade de Deus que se unam homem com homem ou mulher com mulher?

domingo, 1 de maio de 2011

THING É "COISA"

Assim como BODY tem seus compostos; assim também, THING tem os seus:

EVERYTHING = Todas as coisas, TUDO.
SOMETHING / ANYTHING = Alguma coisa, ALGO.
NOTHING = Nenhuma coisa, NADA

Exemplos: "Everything she says is nothing" = Tudo o que ela diz não é nada.
                 "Did you see anything?" = Você viu alguma coisa?
                 "I really saw something that night." = Eu realmente vi alguma coisa naquela noite.